VIOMUNDO

Diário da Resistência


Fontana: Paulo Guedes cometeu corrupção financeira ao manter R$ 51 mi em paraíso fiscal
Fotos: PT na Câmara e Fernando Frazão/Agência Brasil
Você escreve

Fontana: Paulo Guedes cometeu corrupção financeira ao manter R$ 51 mi em paraíso fiscal


05/10/2021 - 18h56

Por Henrique Fontana*, em perfil de rede social

O ministro da Economia Paulo Guedes cometeu corrupção financeira ao manter R$ 51 milhões em conta offshore no paraíso fiscal das Ilhas Virgens para ganhar muito dinheiro com a especulação contra a moeda brasileira e com o aumento absurdo do valor do dólar, resultado da política econômica que ele mesmo conduz.

Ao contrário do que ele já afirmou, dólar alto não é bom pra ninguém.

Dólar alto significa ganho na especulação para quem tem dinheiro em offshores, como ele, e muitas perdas para a população brasileira que tem que suportar uma enorme inflação, com explosão de preços dos alimentos e dos combustíveis.

É imoral e criminoso o ministro da Economia ganhar dinheiro com especulação em paraíso fiscal. Paulo Guedes não tem mais condições de permanecer no cargo e deve ser afastado imediatamente!





9 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

06 de outubro de 2021 às 15h29

“Enquanto escrevo, o dólar está R$ 5,51.
Do início do dia até aqui,
Paulo Guedes ganhou + de R$ 300 mil
aplicando em paraíso fiscal.
O Ministro da Economia se
beneficia da alta do dólar,
enquanto 19 milhões de
brasileiros estão na
extrema pobreza.”

Perpétua Almeida
Deputada Federal (PCdoB=AC)
https://twitter.com/perpetua_acre/status/1445782334679044103

Responder

Zé Maria

06 de outubro de 2021 às 09h37

Excerto e Adendos

“O ministro da Economia Paulo Guedes cometeu corrupção financeira
ao manter R$ 51 milhões em conta offshore no paraíso fiscal [refúgio de
dinheiro sem pagar impostos] das Ilhas Virgens [Britânicas] para ganhar
muito dinheiro com a especulação contra a moeda brasileira e com o
aumento absurdo do valor do dólar, resultado da política econômica
que ele mesmo conduz.”

Será que foram só R$ 51 Milhões (9,55 Milhões de Dólares) ?

Responder

Henrique Martins

05 de outubro de 2021 às 23h08

Ué Guedes, que tal doar todo o excedente que o senhor ganhou com a variação cambial na sua off shore desde que assumiu o ministério da economia para os pobres para provar suas boas intenções e ainda entregar esse maldito boné, heimn?

Não subestime a nossa inteligência não, meu senhor. Ninguém está lhe perguntando se o senhor mexeu ou não nos seus ativos enquanto está ministro da economia. O que nos interessa é que quando o senhor deixar o cargo vai poder gastar milhões auferidos indevidamente em razão da política adotada no cargo. É isso que nos interessa.

Responder

Henrique Martins

05 de outubro de 2021 às 19h42

Complementando o comentário anterior:

Não se enganem, a pessoa mais poderosa do mundo não é Mark Zuckenberg, e sim a figura oculta a quem ele vendeu sua alma.

Responder

Henrique martins

05 de outubro de 2021 às 19h18

Complementando o comentário anterior:

Que tal vocês lerem o livro Fortaleza Digital, de Brown. Garanto que nele tem algumas dicas sobre o servidor da internet. Pena que não tem na obra a localização da tal fortaleza o que já seria pedir muito né.

Responder

Riaj Otim

05 de outubro de 2021 às 19h12

se ele avisou particularmente ao presidente antes de ser nomeado, não há a ser culpado. E não é crime aplicar o seu dinheiro onde achar melhor, a nossa legislação é que criminaliza o que não deve

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding