VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Fiocruz declara “o maior colapso sanitário e hospitalar da História do Brasil”; veja gráficos e vídeo
Reprodução
VIOMUNDO na Pandemia Você escreve

Fiocruz declara “o maior colapso sanitário e hospitalar da História do Brasil”; veja gráficos e vídeo


16/03/2021 - 23h28

Observatório Covid-19 aponta maior colapso sanitário e hospitalar da história do Brasil

Por Regina Castro (CCS/Fiocruz)

Diante do atual cenário da pandemia, a Fiocruz divulga, nesta terça-feira (16/3), mais uma edição do Boletim Extraordinário do Observatório Covid-19 Fiocruz.

A análise chama atenção para os indicadores, que apontam uma situação extremamente crítica em todo país.

Na visão dos pesquisadores que realizam a análise, trata-se do maior colapso sanitário e hospitalar da história do Brasil.

O Boletim mostra que, no momento, das 27 unidades federativas, 24 estados e o Distrito Federal estão com taxas de ocupação de leitos de UTI Covid-19 para adultos no Sistema Único de Saúde (SUS) iguais ou superiores a 80%, sendo 15 com taxas iguais ou superiores a 90%.

Em relação às capitais, 25 das 27 estão essas taxas iguais ou superiores a 80%, sendo 19 delas superiores a 90%.

Os dados são das secretarias estaduais de Saúde e do Distrito Federal, e secretarias de Saúde das capitais.

As novas informações apuradas foram adicionadas à série histórica já apresentada pelo Boletim.

O mapeamento traz dados obtidos desde 17 de julho de 2020.

A fim de evitar que o número de casos e mortes se alastrem ainda mais pelo país, assim como diminuir às taxas de ocupação de leitos, os pesquisadores defendem a adoção rigorosa de ações de prevenção e controle, como o maior rigor nas medidas de restrição às atividades não essenciais.

Eles enfatizam também a necessidade de ampliação das medidas de distanciamento físico e social, o uso de máscaras em larga escala e a aceleração da vacinação.

O município de Araraquara, em São Paulo, é apresentado no Boletim como um dos exemplos atuais de como medidas de restrição de atividades não essenciais evitam o colapso ou o prolongamento da situação crítica nos serviços e sistemas de saúde.

Com as medidas adotadas pelo município, Araraquara conseguiu reduzir a transmissão de casos e óbitos, protegendo a vida e saúde da população.





4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

18 de março de 2021 às 15h55

Seis entidades do “Pacto pela Vida e pelo Brasil” –
Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB),
Ordem dos Advogados do Brasil (OAB),
Comissão de Defesa dos Direitos Humanos
Dom Paulo Evaristo Arns (Comissão Arns),
Academia Brasileira de Ciências (ABC),
Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e
Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) –
publicam manifesto intitulado “O Povo Não Pode Pagar
Com a Própria Vida”, dirigido à Sociedade Brasileira,
em que afirmam que “negacionismo mata”, e “é hora
de estancar a escalada da morte!”, e que “a ineficiência
do governo federal, primeiro responsável pela tragédia
que vivemos, é notória”; além de declararem apoio aos
esforços de governadores e prefeitos para garantir
o cumprimento das medidas sanitárias de proteção,
paralelamente à imunização rápida e consistente
da população, frente ao quadro de agravamento da
pandemia do novo Coronavirus e das suas trágicas
consequências na vida do povo brasileiro, do
Sistema Único de Saúde (SUS) e do Brasil.

Íntegra do documento em:

https://www.geledes.org.br/o-povo-nao-pode-pagar-com-a-propria-vida/
https://www.cnbb.org.br/wp-content/uploads/2021/03/O-povo-na%CC%83o-pode-pagar-com-a-pro%CC%81pria-vida.pdf

http://www.ihu.unisinos.br/607532-entrega-do-documento-o-povo-nao-pode-pagar-com-a-propria-vida-ao-coordenador-do-forum-nacional-de-governadores

Responder

Zé Maria

18 de março de 2021 às 01h38

Conass registra mais de 3 Mil Mortes por COVID-19 nas últimas 24 horas.
Brasil se aproxima dos 100 Mil Casos Diários.

https://www.redebrasilatual.com.br/saude-e-ciencia/2021/03/pior-colapso-sanitario-brasil-3-mil-mortos-covid-24-horas-100-mil-casos/

Responder

Zé Maria

17 de março de 2021 às 21h24

Laboratórios Farmacêuticos Multinacionais estão tentando destruir a credibilidade da vacina de Oxford/AstraZeneca para abocanhar fatia do Mercado de Imunizantes.
As Farmacêuticas dos EUA querem se livrar dos estoques antes que surja uma Cepa resistente às Vacinas.
E a Mídia Venal está a serviço desses Laboratórios Privados.

Responder

Mancini

17 de março de 2021 às 16h00

E seguimos sem governo nessa área, melhor, em todas as áreas! https://refazenda2010.blogspot.com/

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding