VIOMUNDO

Diário da Resistência


Educadores de Minas vencem na Justiça: Governo tem que pagar o salário integral até o 5º dia útil; leia a decisão
Divulgação Sind-UTE/MG
Política Você escreve

Educadores de Minas vencem na Justiça: Governo tem que pagar o salário integral até o 5º dia útil; leia a decisão


20/07/2018 - 18h02

Divulgação Sind-UTE/MG

Professores ganham queda-de-braço com governo; Justiça determina pagamento integral no 5º dia útil

do BHAZ

O Estado de Minas foi colocado nesta quinta-feira (19) contra a parede com decisão liminar do Tribunal de Justiça, que determina o pagamento integral dos salários dos servidores da educação até o quinto dia útil do mês sob pena de aplicação de pena diária de R$ 30 mil limitada a R$ 3 milhões.

Desde fevereiro de 2016, o governo de Minas vem parcelando os salários dos servidores públicos após decretação de calamidade financeira.

A alegação é o déficit bilionário herdado do governo anterior e, somado a isso, uma queda na arrecadação causada pela greve dos caminhoneiros.

A decisão é da desembargadora Maria das Graças Silva Albergaria dos Santos Costa, da 3ª Câmara Cível de Belo Horizonte que afirmou:

“Não se pode admitir que uma medida, a princípio excepcional, se torne permanente, sem perspectiva de solução, causando enorme prejuízo aos servidores que dependem da verba salarial, de natureza alimentar, para fazer frente às suas despesas e à subsistência de sua família, não raramente surpreendidos com a alteração ou mesmo descumprimento das escalas de pagamento”.

Ao decidir, ela disse ainda que

”o fracionamento dos salários e o atraso dos pagamentos, sem previsão de normalização, ofendem os princípios da boa-fé, segurança jurídica e dignidade da pessoa humana – também componentes do ordenamento – colocando as classes mais necessitadas do funcionalismo público em situação de franca necessidade”.

Antes mesmo de ser notificado da liminar, o procurador-geral do estado, Onofre Batista, informou que vai recorrer da decisão. “O Governo não escalona salários porque quer, mas porque não tem o recurso. Nesse compasso, seremos obrigados a recorrer, mesmo cientes de que a vontade nossa era a de que tudo ocorresse no prazo. Entretanto, temos uma verdade que suplanta tudo: a realidade financeira do Estado”, afirmou.

Livro do Luiz Carlos Azenha
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet



2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Eduardo

24 de julho de 2018 às 23h42

Medida correta! Não fez mais que sua obrigação! Decisão óbvia! Se acaso a decisão fosse diferente caberia talvez prender a Juiza e o Governador.Pelo que circula nos meios políticos e jurídicos, tem dinheiro desviado por Aécio, Andreia e Oswaldinho Borges mais que suficiente para pagar o funcionalismo em dia. Pelo dito, polícia, MPE, Judiciario mineiro todos sabem, mas não querem e fingem não saber! Êta Minas Gerais que tem vagabundo sô!!!

Responder

alvaro f

21 de julho de 2018 às 22h53

Nada como ter um Governo do PT… até a ‘justissa’ dá ganho ao trabalhador.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

Últimas matérias
Preso, Paulo Preto vai para Curitiba e “escapa” de matada no peito de Gilmar; Aloysio tinha cartão de crédito ligada a conta milionária

Paulo Vieira de Souza é preso em nova fase da Lava Jato Por Elaine Patricia Cruz – Repórter da Agência Brasil São Paulo A 60ª fase da Lava Jato, deflagrada na manhã de hoje (19) pela Polícia Federal de Curitiba, prendeu Paulo Vieira de Souza, também conhecido como Paulo Preto, apontado como operador de esquemas […]

Ler matéria