VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Doleira que foi primeira presa da Lava Jato entrega o ouro: o objetivo era a cabeça de Lula
Reprodução
Você escreve

Doleira que foi primeira presa da Lava Jato entrega o ouro: o objetivo era a cabeça de Lula


07/08/2019 - 19h16

“O Lula era o assunto. Eu não sou PT, não estou falando sobre política e sim sobre crime. Todo crime precisa ter prova e não houve prova. Cadê o cadáver? Então, qual foi o objetivo?”.

A declaração foi dada hoje à rádio Bandeirantes pela doleira Nelma Kodama, a primeira presa da Operação Lava Jato.

Nelma foi detida no aeroporto de Congonhas com 200 mil euros na calcinha em 15 de março de 2014, quando pretendia embarcar para a Itália.

Ela foi condenada a 15 anos de prisão por corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

Nelma cumpriu três anos de prisão e teve a pena extinta por indulto presidencial de Michel Temer, em 2017.

Na entrevista, ela relatou os bastidores das delações na Lava Jato:

“Quando você está preso, você faz qualquer coisa. Chega a um ponto que você fala até da sua mãe porque a pressão é muito grande, e o sofrimento é muito grande. Nessa altura do campeonato, você acaba falando, às vezes, até o que você não tem e o que você não deve. Certamente [pessoas mentiram em depoimento], senão você não sai”.

O ex-presidente Lula foi condenado a partir da delação premiada do executivo Léo Pinheiro, da OAS. O empresário disse ter concedido vantagens a Lula em troca de um tríplex no Guarujá, apartamento que Lula nunca ocupou.

A Lava Jato não conseguiu especificar qual vantagem Lula teria dado à OAS.

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé do rolo

07 de agosto de 2019 às 21h38

O Moro e o dallagnol e todos da quadrilha a jato de Curitiba destilavam ódio para com o Lula isso era notório quando o Lula prestava depoimento quando o Moro ainda era juíz da quadrilha a jato de Curitiba.
O intuito da turma da quadrilha a jato de Curitiba e seus aliados é acabar com o Lula.

Responder

Jamilly kessia

07 de agosto de 2019 às 21h35

O depoumento e ou fala dessa doleira que foi detida pela turma da lava jato que na verdade é farsa a jato ou quadrilha a jato de Curitiba confirma com as mensagens trocadas entre o Moro e o dallagnol que estão sendo divulgada pelo site Intercept Brasil e a Folha e a veja.
A dupla Dallagnol e Moro armaram contra o Lula mesmo sem ter certeza das provas como fala o próprio Deltan Dallagnol nas mensagens trocadas com o Moro.

Responder

Zé Maria

07 de agosto de 2019 às 21h27

Nelma Kodama diz que havia delação premiada para quem entregasse Lula
Primeira presa na Lava Jato afirmou que certamente
pessoas mentiram em depoimentos com o objetivo
de conseguir a liberdade

“Quando você está preso, você faz qualquer coisa. Chega a um ponto que você fala até da sua mãe porque a pressão é muito grande, e o sofrimentoé muito grande. Nessa altura do campeonato, você acaba falando, às vezes, até o que você não tem e o que você não deve. Certamente [pessoas mentiram
em depoimento], senão você não sai”.

“O Lula era o assunto. Eu não sou PT, não estou falando
sobre política e sim sobre crime. Todo crime precisa ter prova
e não houve prova. Cadê o cadáver? Então, qual foi o objetivo? (da prisão)”,
afirmou Kodama em entrevista à Rádio Bandeirantes,
que ainda confirmou que a Lava Jato oferecia delação premiada para quem quisesse denunciar Lula.

https://noticias.band.uol.com.br/politica/noticias/100000966873/nelma-kodama-diz-que-havia-delacao-premiada-para-quem-entregasse-lula.html

Responder

Zé Maria

07 de agosto de 2019 às 20h51

“Delações Premiadas a la Carte”
https://youtu.be/jOsbd02U8TM?t=1620

Responder

Zé Maria

07 de agosto de 2019 às 20h29

O Moro e o Dallagnol devem ter
se arrependido horrores de haver
mandado a Kodama pra Cadeia.
Quando ela resolve abrir o bico,
ela abre mesmo, sem pestanejar.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.