VIOMUNDO

Diário da Resistência


Dia do pato da Fiesp na Paulista fez Dallagnol e Moro, “apolíticos”, vibrarem: “Parabéns a todos nós”
Wikipedia
Você escreve

Dia do pato da Fiesp na Paulista fez Dallagnol e Moro, “apolíticos”, vibrarem: “Parabéns a todos nós”


10/06/2019 - 12h47

Da Redação

No turbilhão de denúncias do Intercept Brasil sobre os bastidores da Operação Lava Jato, um detalhe parece ter escapado à maioria dos analistas.

Eram 22h19 da noite de 13 de março de 2016 quando Deltan Dallagnol, o procurador-chefe da Força Tarefa da Lava Jato, dirigiu-se ao juiz Sérgio Moro pelo aplicativo Telegram para comentar as manifestações do dia, que haviam levado cerca de 3 milhões de brasileiros às ruas pelo impeachment de Dilma Rousseff.

“Seus sinais conduzirão multidões”, escreveu um procurador que deveria ser apartidário, a um juiz que contribuiu diretamente com as manifestações, ao divulgar ilegalmente um grampo captado fora do horário em que as interceptações poderiam ser feitas pela Polícia Federal.

Moro atropelou o STF, a quem deveria ter encaminhado a escuta por envolver uma presidenta da República em exercício.

Posteriormente, de forma cínica, apresentaria suas “escusas”.

Mas à época os brasileiros não sabiam o que Moro escrevia nos bastidores, nem quem era destinatário das mensagens — um procurador do qual deveria se manter equidistante em relação à defesa dos réus: “Parabéns a todos nós”, respondeu Moro a Dallagnol.

Teceu considerações que jamais caberiam a um juiz imparcial e apolítico tecer. “Não sei se o STF tem força suficiente para condenar tantos e tão poderosos”, acrescentou em sua pensata.

Condenando Lula num processo que jamais deveria ter corrido em Curitiba, Moro tirou o ex-presidente da corrida eleitoral, e ainda durante a campanha de 2018, recebeu a oferta de um superministério de Jair Bolsonaro, a quem hoje serve como ministro da Justiça com a promessa de uma vaga no STF no ano que vem.

Um complô engenhoso, uma tramóia.

Notem que, no dia seguinte, o veículo oficial da Lava Jato frisou o impeachment imediato de Dilma Rousseff como meta — de Moro e Dallagnol, diga-se.

O significado de 13 de março de 2016

Do Antagonista, o veículo oficial da Lava Jato

Foi um dia glorioso para o Brasil.

A maior manifestação ocorrida no país em todos os tempos deu recados inequívocos:

Os brasileiros querem o impeachment imediato de Dilma Rousseff.

Os brasileiros querem que Lula pague pelos seus crimes.

Os brasileiros repudiam o PT.

Os brasileiros apoiam a Lava Jato.

Os brasileiros não aguentam mais tanta corrupção e tanto cinismo.

Os brasileiros não suportam mais tanta incompetência.

Os brasileiros querem que os políticos parem com o seu balé indecente e ajam em favor do Brasil.

Os brasileiros querem o seu país de volta.

13 de março de 2016 entrou para história.

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

10 de junho de 2019 às 14h05

Tudo isso e ainda não apareceram as conversas do Moro com o Gebran.

Responder

Sônia Martins

10 de junho de 2019 às 13h20

Acho que a carreira desse picareta que exerceu o cargo de juiz federal foi para o saco, está acabada.
Nao se elege nem para vereador de Curitiba.
Será amplamente explorado pelos adversarios politicos tudo isso que veio a tona. Esqueça a presidencia da republica de vez e até o Supremo.
Sempre disse que ele era um picareta, arrogante, mentiroso, pavao exibido.
Nao deu outra.
Se acha o senhor dos aneis, se acha mais esperto e inteligente que o Brasil inteiro.
Mesmo que nao seja desfeita a maldade que fizeram com o Lula e a Dilma, esse picareta está completamente liquidado. Se fodeu.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.