VIOMUNDO

Diário da Resistência


Bohn Gass: Ao vender refinarias, direção da Petrobras age como despachante de interesses estrangeiros
Foto G7
Você escreve

Bohn Gass: Ao vender refinarias, direção da Petrobras age como despachante de interesses estrangeiros


19/06/2018 - 12h50

Foto G7

A Petrobras na mão do vizinho

por Elvino Bohn Gass*, exclusivo para o Viomundo

Você tem o trigo, o moinho, produz a farinha e é dono da padaria.

Mas compra trigo e pão do vizinho sob o argumento de que a concorrência é boa para o seu negócio.

Não faz sentido.

Entretanto, é exatamente isso o que o desgoverno Michel Temer está fazendo na Petrobras ao colocar à venda as principais refinarias da empresa no Brasil.

É no refino que se agrega valor ao produto petróleo.

Mesmo assim, no dia 19 de maio deste ano, quatro refinarias (os “moinhos”) da Petrobras, que respondem 37% de toda a capacidade de refino de petróleo no Brasil – Refap no Rio Grande do Sul, RLAM na Bahia, RNEST em Pernambuco e Repar no Paraná – foram postas à venda.

Declara-se sem a menor cerimônia que o objetivo é “proteger a empresa contra a ação do governo” para “atrair novos investidores para o setor”.

Falta de lógica

Ora, mesmo que a tal “ação do governo” sobre a Petrobras fosse, por exemplo, no sentido de forçar uma baixa nos preços, ainda assim isto só poderia ser feito por meio de contrato ou convênio com custos e receitas discriminadas, com a devida divulgação.

Daí que não atende a nenhuma lógica tentar justificar a venda de refinarias para ter um sócio que ajude a protegê-la de seu acionista majoritário e controlador.

Se o objetivo é atrair recursos, o mais razoável, congruente e racional seria manter as refinarias da estatal e convidar os concorrentes a construir novas unidades, ainda mais que com a demanda crescente no País.

Tudo isso seria óbvio se a Petrobras estivesse a serviço de seu maior acionista, o Estado brasileiro.

No entanto, o governo pôs na direção da empresa um grupo que não defende os interesses do Brasil, mas dos acionistas privados, em especial os dos Estados Unidos.

A atual direção da Petrobras age como uma espécie de despachante de interesses estrangeiros.

Esses acionistas não têm participação apenas na Petrobras, mas, também, em outras petrolíferas mundo afora, e encontraram serviçais no atual governo para que seus interesses prevalecessem, em detrimento dos do povo brasileiro.

No governo ilegítimo Temer, foi graças a esta gestão desastrada que a maior empresa brasileira deixou de ser a reguladora de preços nacionais dos combustíveis para se tornar uma engrenagem a serviço dos acionistas minoritários estrangeiros, maximizando lucros e levando o caos ao Brasil, com a recente greve dos caminhoneiros.

Doação do pré-sal

Quem pode ter interesse em reduzir o tamanho, a força e a importância da Petrobras no mercado petrolífero, senão os seus próprios concorrentes?

Basta ver quem já aparece na lista de possíveis compradores das refinarias.

Lá estão, por exemplo, a Shell, a Chevron, a Exxon e outras petrolíferas multinacionais com sede no exterior, já beneficiárias da verdadeira doação do petróleo do pré-sal depois que Temer assumiu.

No caso das refinarias, é uma verdadeira farra às custas do povo brasileiro, pois construir novas refinarias, gasodutos, oleodutos e terminais é caro e demanda anos de construção, investimentos até sua operação.

Muito mais fácil, seguro e barato é comprar o que já foi construído a preço de banana.

Assim, a Petrobras, ao abrir mão de ativos lucrativos como as refinarias, está escandalosamente beneficiando as outras gigantes petrolíferas mundiais, toda concorrentes da estatal brasileira construída com o sangue e o suor dos brasileiros.

A atual direção da Petrobras, sob o olhar complacente do governo Temer, está agindo de forma antinacional e contra os interesses do povo brasileiro, que é o maior acionista da empresa, via União.

Ceder por preços irrisórios ativos construídos ao longo de décadas, fatiar a empresa e abrir mão do comando para concorrentes que não têm compromisso com o povo brasileiro é simplesmente um crime de lesa-pátria.

*Elvino Bohn Gass é deputado federal (PT/RS) e presidente da Frente Parlamentar em Defesa das Refinarias da Petrobras

Leia também:

Após 2 anos de investigações, delegado e equipe concluem: Nilton Monteiro é inocente

Livro do Luiz Carlos Azenha
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet



1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Getúlio

19 de junho de 2018 às 15h09

O Brasil vai voltar rapidinho para o início dos anos 80 e vai virar de novo freguês do FMI.
O povo acha que o preço da gasolina vai baixar. Ah, vai ! Vai baixar igual o da energia elétrica baixou com a privatizacao da eletropaulo.
O refino e a parte mais lucrativa do negócio petróleo.
Ainda não existe nada em abundância capaz de substituir esse recurso energético estratégico. Quem tem petróleo e rei e dita o preço do mesmo, quem não tem paga o que pedirem.
Refinar lá fora beneficia única e exclusivamente os americanos. Brasileiro se ferra porque o povo acredita em tudo o que é lorota de jornalistas da mídia mal intencionados. Afinal, o governo Temer aumentou e muito a verba de publicidade em todos os jornais, revistas e TVs da mídia pig, sendo assim a mídia não vai falar mal do governo.
O dinheiro que falta na segurança, na saúde, na educação vai para o caixa da Globo, veja, folha. E aí nenhum jornal crítica o governo, salvo exceção de raros jornalistas de esquerda desses veículos.
O governou comprou o silêncio desses grupos de mídia que já não são muito honestos.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!