VIOMUNDO

Diário da Resistência


Por 10 a 1, STF derruba transferência de Lula que site pró-Moro havia anunciado em junho
Você escreve

Por 10 a 1, STF derruba transferência de Lula que site pró-Moro havia anunciado em junho


07/08/2019 - 17h52

O Antagonista, um braço midiático de Sérgio Moro, citado nas conversas obtidas pelo Intercept como aliado da República de Curitiba, já havia antecipado a transferência de Lula para Tremembé em junho deste ano! Um dia, toda essa história será contada! Deputado federal Reginaldo Lopes, sobre post do dia 29.06.2019, com o título Lula em Tremembé

Maioria do Supremo veta transferência de Lula de Curitiba para SP

Justiça autorizou transferência do ex-presidente; defesa e PT criticaram

Reynaldo Turollo Jr., na Folha de S. Paulo

A maioria dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu na tarde desta quarta-feira (7) vetar a transferência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para São Paulo, o que havia sido autorizado pela manhã pela Justiça Federal.

Lula está preso desde 7 de abril de 2018 em uma cela especial na sede da PF na capital paranaense.

O ministro Edson Fachin atendeu ao pedido da defesa do ex-presidente e suspendeu a sua transferência para uma penitenciária em São Paulo.

Fachin concedeu uma liminar, durante a sessão plenária da corte nesta quarta (7), para impedir a transferência ou, caso ocorra, para que Lula vá para uma Sala de Estado Maior —em razão de sua condição de ex-presidente da República.

Em seguida, o plenário do STF começou a votar se referenda ou derruba a liminar de Fachin.

A maioria dos ministros do tribunal já votou acompanhando o ministro, o que já define que a transferência de Lula para a penitenciária de Tremembé, no interior paulista, está suspensa.

A análise entrou às pressas na pauta do plenário desta tarde porque o presidente da corte, ministro Dias Toffoli, apresentou a petição de Lula para ser julgada imediatamente — no jargão jurídico, o magistrado levou o caso em mesa.

A transferência de Lula foi um pedido do superintendente da Polícia Federal, Luciano Flores, que argumenta que a prisão do petista altera a rotina do prédio da PF.

Tanto o PT como a defesa de Lula criticaram a autorização, ao apontarem ausência de direitos e de segurança pessoal ao ex-presidente.

Até hoje, o único precedente de detenção de um ex-presidente da República em São Paulo é o de Michel Temer (MDB), que ficou seis dias preso no último mês de maio.

À época, a Polícia Federal afirmou que não tinha um espaço adequado para abrigá-lo. Temer passou quatro noites na sede da entidade, na zona oeste da capital, em salas improvisadas.

Depois, foi transferido para o Comando de Policiamento de Choque da PM, no centro da cidade, onde há uma sala de Estado-maior, compatível com a condição de ex-presidente.

PS do Viomundo: O resultado da votação foi 10 a 1. O voto contrário foi do ministro Marco Aurélio, que afirmou que o caso deveria ser analisado pelo TRF-4, de Porto Alegre. O superintendente da PF em Curitiba é subordinado ao ministro Sérgio Moro. A juíza Carolina Lebbos, que acatou o pedido dele, proibiu Lula de dar entrevistas. O juiz paulista que autorizou em algumas horas a transferência de Lula para Tremembé, em São Paulo, é Paulo Eduardo de Almeida Sorci, indicado por Moro para o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária. Meras coincidências.

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



8 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

07 de agosto de 2019 às 21h57

íntegra da Sessão do Pleno do STF que referendou a Concessão
de Liminar que suspendeu a Transferência Arbitrária de Lula:
https://youtu.be/T2mwHs7OZAw?t=3213

Responder

Admar

07 de agosto de 2019 às 19h31

É possível crer que a Esperança pode vencer o Medo? Que a Verdade pode vencer a Mentira? Que a Justiça pode vencer a Injustiça? Que a Democracia pode vencer o Fascismo? Que a Luz pode vencer as Trevas? Que a Liberdade pode vencer a Escravidão? Que a Paz pode vencer a Guerra? Que a Tolerância pode vencer a Intolerância? Que o Amor pode vencer o Ódio???????????????

Responder

Francisco de Assis

07 de agosto de 2019 às 19h24

O PS do Viomundo tem um equívoco: a juíza “copia e cola” é a Gabriela Hardt, não a Carolina Lebbos.

Responder

    Luiz Carlos Azenha

    07 de agosto de 2019 às 21h54

    Obrigado pela correção.

Francisco de Assis

07 de agosto de 2019 às 19h20

Em 13 de fevereiro, recém-empossados, os vermes Doria e Bolsonaro se entenderam em transferir a cúpula do PCC, inclusive o chefão Marcola, para um presídio federal subordinado a Sergio Moro e seu ministério da justiça, em Porto Velho, Rondonia. No mês seguinte, em 22 de março, nova transferência de Marcola e outros do PCC, desta avez para a Penitenciário Federal de Brasília, onde estão, há quase 5 meses, pertinho de adoradores de “plea bargains” and “other bargains”. Por que será que o governo estadual, tão logo assumiu, “entregou” tais criminosos para Moro/Bolsonaro? Por que será que o governo federal quer estas figuras sombrias tão pertinho de si, em Brasília?

Como se sabe, Marcola e sua turma mandam na criminalidade da São Paulo do PSDB de Doria, inclusive dentro dos presídios estaduais. Também cumprem com autoridades paulistas um “acordo criminoso de paz para o tráfico” que já dura 13 anos. Por que não barganhariam um serviço sujo com os porões sanguinários da extrema direita ora comandando São Paulo e Brasília? Afinal, o preço que o outro lado pode oferecer hoje em dia não é pequeno.

Responder

Zé Maria

07 de agosto de 2019 às 18h21

juizecos colocaram um bode na sala
para abafar a #VazaJato e aprovar
a Defórma do Guédes numa boa.
E ainda deixaram o STF na linha
de fogo da Fascistada Bolsonariana.

Mas estejam preparados,
eles não vão parar …

A Organização Criminosa, na base
do Aparato Judicial, é maior do que
se pensa, inclusive com participação
de jornalistas …

Responder

Lino César

07 de agosto de 2019 às 18h01

O TRF 4 e a lava jato através Moro querem jogar a opinião pública contra o supremo. Em outras palavras o MPF através da lava jato e o Moro através do TRF 4 tão dizendo no bom português ao STF quem manda. E pondo o supremo na fogueira pra jogar o povão e a mídia contra o supremo. Se eu fosse o supremo enfiava até as bolas no TRF 4 e no MPF.

Responder

Luciene

07 de agosto de 2019 às 17h59

Estou chorando de felicidade e alívio. Acho que se Lula for solto no dia 13 vou enfartar. Mas morreria da maior felicidade que já senti em minha vida.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.