VIOMUNDO

Diário da Resistência


Deputados denunciam à PF mentiras espalhadas por redes sociais e pedem investigação: “Extremamente graves”; vídeo
Foto: Lula Marques
Você escreve

Deputados denunciam à PF mentiras espalhadas por redes sociais e pedem investigação: “Extremamente graves”; vídeo


22/05/2019 - 18h33

Deputados denunciam mentira espalhada por redes sociais e pedem investigação à PF

PT na Câmara

O líder do PT na Câmara, deputado Paulo Pimenta (RS), e a deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ), líder da Minoria, denunciaram hoje (22) na Polícia Federal mensagens que circulam em grupos de WhatsApp e que têm sido replicadas em redes sociais usando o nome deles e dos deputados Alessandro Molon (PSB-RJ) e Glauber Braga (PSOL-RJ) como mentores de supostos atentados no próximo dia 26.

Em encontro com o diretor da PF, delegado Igor Romário de Paula, eles entregaram um dossiê com as postagens e pediram abertura de investigação para processar e punir os responsáveis pela mentira.

Pimenta pediu que a PF não só apure a disseminação das mentiras — qualificadas por ele como “extremamente graves” — como também use o serviço de inteligência para checar se há uma articulação terrorista por trás do autor das mensagens.

O líder do PT destacou que o conteúdo das mensagens é totalmente “absurdo”, mas se insere numa escalada de ódio estimulada pelo próprio presidente Jair Bolsonaro (PSL), seus filhos e apoiadores radicais de extrema direita. No domingo (26), estão programadas manifestações pró-Bolsonaro.

Criminosos das redes sociais

O delegado afirmou que a partir da tarde desta quarta-feira começarão as investigações para apurar a origem criminosa das mensagens. Ele observou que as redes sociais têm sido inundadas de ataques a autoridades de todos os poderes, incluindo ministros e parlamentares.

O coordenador-geral de Defesa Institucional da PF, Roberto Milaneze, reconheceu que a tarefa é árdua e que o fenômeno é mundial, mas frisou que há instrumentos para se chegar a disseminadores de mentiras pela internet.

Democracia

Jandira Feghali destacou que os quatro parlamentares acusados pelas mensagens apócrifas têm histórico de defesa da democracia e do Estado de Direito e abominam qualquer atividade que “destoe do figurino democrático”.

Ela também é de opinião que a inteligência da PF tem que ser utilizada para apurar o que há por trás das mensagens, em defesa da própria população.

Pimenta e Jandira pediram que internautas que receberem a mensagem não as repliquem e ajudem a denunciar os autores da mentira.

O texto com a mentira, que passou a viralizar no último domingo, tem autoria desconhecida. Além de citar os quatro parlamentares, menciona também jornalistas e blogueiros críticos a Bolsonaro.

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

22 de maio de 2019 às 19h58

“Deputados Rejeitam Recriação do Ministério do Trabalho”

Mais uma Prova de que o Desemprego
é uma Política do Atual (des)Governo

https://www2.camara.leg.br/camaranoticias/noticias/ADMINISTRACAO-PUBLICA/576962-DEPUTADOS-REJEITAM-RECRIACAO-DO-MINISTERIO-DO-TRABALHO.html

Responder

Zé Maria

22 de maio de 2019 às 19h44

https://www2.camara.leg.br/atividade-legislativa/comissoes/comissoes-permanentes/ctasp/reunioes/videoArquivo?codSessao=77183&codReuniao=55612

A Professora Marcivânia, Deputada do PCdoB do Amapá, denunciou no Plenário
da Câmara que a Milícia do Váintraub propositalmente tumultou a Reunião da
Comissão de Educação que recebeu o Ministro da (des)educação, impedindo
que os representantes [email protected] Estudantes se Pronunciassem na oportunidade.
As Olavétes, de Má-Fé, cercearam a palavra das Entidades Estudantis (UNE/UBES),
forçando o encerramento precipitado da Reunião da qual o Váintraub se retirou.

https://youtu.be/elPQQ0zCWwk?t=13004

https://www2.camara.leg.br/atividade-legislativa/comissoes/comissoes-permanentes/ce/reunioes/videoArquivo?codSessao=77183&codReuniao=55600

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.