VIOMUNDO

Diário da Resistência


Coronavírus: 105 personalidades globais lançam manifesto para futura vacina ser gratuita à toda população do planeta; Lula é um dos signatários
Você escreve

Coronavírus: 105 personalidades globais lançam manifesto para futura vacina ser gratuita à toda população do planeta; Lula é um dos signatários


28/11/2021 - 20h45

Lula se une a abaixo-assinado internacional para que a vacina contra o coronavírus seja de graça e para todos

Lula.com.br

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é um dos signatários da iniciativa do Yunus Centre, do Nobel de Economia Muhammad Yunus,  para que uma futura vacina contra o coronavírus seja  um bem comum global, distribuída gratuitamente para todos os seres humanos.

O abaixo-assinado foi lançado neste domingo (28) por 105 personalidades globais, entre ex-chefes de estado, prêmios Nobel, empresários, líderes religiosos e ativistas como Malala Yousafzai, Bono Vox, Anne Hidalgo, Adolfo Pérez Esquivel, Mikhail Gorbachev,Mary Robinson, George Clooney, Desmond Tutu, Mo Ibrahim , Matt Damon, Leymah Gbowee, Romano Prodi, Vicente Fox e Samuel Khan, entre outros.

Você pode assinar o manifesto no site http://www.vaccinecommongood.org/ que traz a lista de todos que apoiam esta iniciativa.

O objetivo do apelo unificado é que as Nações Unidas, a Organização Mundial de Saúde, governos, fundações, entidades filantrópicas, comunidade científica e empresas se juntem para que uma vacina contra o coronavírus não seja um produto de um país ou empresa, mas um direito, e que seja desenvolvido um plano global para que todos os seres humanos sejam protegidos dessa doença, sem nenhum tipo de discriminação.

Leia abaixo (em inglês) a carta de Muhamamd Yunus:

Muhammad Yunus, Desmond Tutu, Mikhail Gorbachev, Malala Yousafzai, Bono, Richard Branson, Lech Walesa, Jody Williams, Mahathir Mohamad, Lula, George Clooney, Sharon Stone, Forest Whitaker, Leymah Gbowee, Mary Robinson, Tawakkol Karman, Ratan Tata, Azim Premji, Shabana Azmi, Anne Hidalgo, Thomas Bach, Andrea Bocelli and other World Leaders Appeal To Declare Corona Vaccine A Global Common Good.

105 World Leaders including 18 Nobel Laureates, 32 former Chief of State and Governments, Political Leaders, Artistes, International NGOs and Institutions have signed a call initiated by Yunus Centre to declare COVID-19 Vaccines as a global common good.

The Appeal says:

A pandemic clearly exposes the strength and weaknesses of healthcare systems in every country and highlights the obstacles and inequities in gaining access to healthcare. The effectiveness of the upcoming vaccination campaign will depend on its universality.

We appeal to governments, foundations, philanthropists and social businesses to come forward to produce and/or distribute the vaccines all over the world for free. We invite all social, political, and health entities to re-affirm our collective responsibility for the protection of ALL vulnerable persons without any discrimination whatsoever.

We are pleading to all world leaders including the Secretary-General of the United Nations, Director General of the World Health Organization, religious leaders, social and moral leaders, leaders of research laboratories and pharmaceutical companies and the media to join hands and ensure that in the case of a COVID-19 vaccine, we have a global consensus that it must be deployed as a global common good.

We invite everyone to join the pledge at VACCINECOMMONGOOD.ORG .

I hope your esteemed institution will do its best to spread this message and join our pledge.

Professor Muhammad Yunus





2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Riaj Otim

29 de novembro de 2021 às 10h33

basta ver o que aconteceu aqui. Bilhões para outras corrupções não preocupa ninguém, um pouquinho para comprar vacina para o povo, por amor ao povo, tome CPI

Responder

Henrique martins

29 de novembro de 2021 às 00h22

Antes que a nova cepa da Covid – omicrom – se instale definitivamente no país eu quero dizer que são as pessoas que têm problemas cardíacos que correrão risco de vida se forem infectadas por ela.
Isso porque essa cepa pode aumentar a frequência cardíaca e provocar arritmias o que é um plus para quem já tem algum tipo de problema cardíaco..

Acreditem se quiser agora ou depois que essa faceta do vírus for comprovada. Fica a critério de vocês.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding