VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Bolsonaro: “Nosso barco pode estar indo em direção ao iceberg”
Reprodução
Você escreve

Bolsonaro: “Nosso barco pode estar indo em direção ao iceberg”


22/05/2020 - 20h04

A fala inicial de Bolsonaro

Da Redação

A fala inicial de Jair Bolsonaro na reunião ministerial de 22 de abril mostra um presidente na defensiva, com medo de sofrer impeachment, e descontente com seus ministros por supostamente não defenderem o governo tanto quanto ele.

O presidente falou por cerca de 20 minutos e cobrou especificamente o ministro da Justiça, Sergio Moro, por não se manifestar ativamente contra supostas decisões de prefeitos de mandar prender pessoas que teriam desobedecido as medidas de isolamento social.

A reunião foi para acertar detalhes do lançamento do programa Pró-Brasil e Bolsonaro mostra preocupação com o fato de que o isolamento social adotado por prefeitos e governadores poderia prejudicar seu governo — ele em nenhum momento fala nas mortes causadas pela pandemia de coronavírus, que eram 2.924 então.

O presidente revela preocupação de que o custo político da pandemia poderia ser atribuído ao governo pelo Congresso, protesta contra pedidos de impeachment e revela que o uso de nome falso em exame seria para evitar manipulação política — ele disse que, em farmácia de manipulação, usou nome falso para não correr o risco de envenenamento.

“Vou interferir, ponto final”, diz ele ao afirmar que não estava sendo bem assessorado pelos serviços de informação.



Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

23 de maio de 2020 às 04h28

A Golden Shower
de Jair Bolsonaro
no Sérgio Moro:

“Eu não vou esperar foder
a minha família toda,
de sacanagem,
ou AMIGOS MEU [sic]*,
porque eu não posso trocar
alguém da segurança
na ponta da linha [leia-se: Superintendente da PF]
que pertence a estrutura nossa.
Vai trocar! Se não puder trocar,
troca o chefe dele [leia-se: Diretor-Geral da PF] !
Não pode trocar o chefe dele?
Troca o ministro [da Justiçal]!
E ponto final!
Não estamos aqui pra brincadeira”.

*Amigos ou Amigo?
[Queiroz? Adriano?]

Responder

Zé Maria

23 de maio de 2020 às 01h58

“Na forma e no conteúdo, a tal reunião ministerial
revela um repertório inacreditável de crimes,
quebras de decoro e infrações administrativas.
Além de uma imensa desmoralização
e perda de legitimidade desse tipo de gente
no comando da nossa Nação.”
https://twitter.com/FlavioDino/status/1263932343036841984

Responder

Zé Maria

23 de maio de 2020 às 01h52

“Se a preocupação do presidente fosse com a segurança da família,
ele não se referiria a “F**** AMIGO MEU”. Não há dúvida.
PF não faz segurança de amigo.
Nem vou falar do nível do governo.
Sem condições!!”
https://twitter.com/Haddad_Fernando/status/1263948553975709696

Responder

Zé Maria

23 de maio de 2020 às 01h44

“No Brasil de Bolsonaro o ministro da Ciência e Tecnologia
participa de Ato Contra a Ciência e o Isolamento Social.
É a cara de um governo que tem um Ministro da Ignorância na “educassão”,
um criminoso ambiental no Meio Ambiente, um terraplanista nas relações exteriores.”
https://twitter.com/ErikaKokay/status/1262199471565426688

“Tem que vender essa porra (Banco do Brasil) logo” (Guedes).
“Aproveitar a pandemia para ir passando a boiada (destruição da Amazônia)” (Salles)
“Eu, por mim, botava esses vagabundos todos na cadeia. Começando no STF” (Weintraub)
Baita equipe!!
https://twitter.com/Haddad_Fernando/status/1263956445734764545

Responder

Zé Maria

23 de maio de 2020 às 01h09

O Serial Killer do Cercadinho, Genocida do Planalto, é um ditadorzinho de
meia-tigela que se borra nas calças de Medo da Ação da Polícia Federal
que vai desbaratar a Quadrilha Miliciana Carioca do Clã dos Bolsonaro.

Nathália Queiroz! Fabrício Queiroz! Micheque 24 Mil! Búúúú! …

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!