VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Biden “improvisa” SUS, Fauci prevê vida quase normal nos EUA em outubro — mas alerta para variantes da África do Sul e do Brasil
Reprodução
Você escreve

Biden “improvisa” SUS, Fauci prevê vida quase normal nos EUA em outubro — mas alerta para variantes da África do Sul e do Brasil


21/01/2021 - 18h45

Da Redação

O imunologista Anthony Fauci, chefe do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas, previu hoje que os Estados Unidos poderão voltar “praticamente ao normal” em outubro, se der certo o plano apresentado pelo presidente Joe Biden para acelerar a imunização dos norte-americanos.

O plano prevê 100 milhões de doses aplicadas nos primeiros 100 dias de governo.

Para isso, a Casa Branca quer criar uma estrutura equivalente à do SUS, no Brasil, com a montagem de milhares de postos de vacinação e a utilização da rede de farmácias.

Os Estados Unidos não dispõem de uma rede nacional de Saúde centralizada. As instalações, públicas ou privadas, atuam na base do cada um por si.

Em entrevista esta tarde na Casa Branca, no entanto, Fauci alertou para as variantes do vírus encontradas no Reino Unido, na África do Sul e no Brasil.

A primeira delas já foi identificada em 20 estados americanos, dobrando a chance de contaminação.

Fauci disse que os cientistas norte-americanos estão monitorando de perto as variantes do vírus encontradas na África do Sul e no Brasil.

Segundo ele, há indícios de que as vacinas hoje existentes sejam menos eficazes contra elas.

Se for o caso, afirmou Fauci, as vacinas poderiam ser modificadas.

Seja como for, ele afirmou que é urgente a vacinação em massa, pois quanto menos casos da doença houver menor é a chance de o vírus se replicar com mutações.

Os Estados Unidos tiveram hoje mais de 110 mil casos de covid. Foram 4.367 mortes no dia 20 de janeiro.

Ao anunciar o plano esta tarde, o presidente Biden disse que o pior ainda está por vir. Ele disse que os EUA devem atingir meio milhão de mortes no mês que vem.

Para Fauci, a maior dificuldade não é logística, mas convencer as pessoas a tomar a vacina.

Eleitores do ex-presidente Trump são os mais reticentes quanto a isso. Trump teve 70 milhões de votos em novembro.

Se os Estados Unidos não atingirem 85% da população imunizada, afirmou Fauci, a volta à normalidade pode demorar mais, pois ela depende de o país atingir a chamada imunidade de rebanho.

Mortes por dia nos EUA




1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

26 de janeiro de 2021 às 03h15

Mais de 100 Milhões de Casos de COVID-19 com 2 Milhões e 150 Mil Mortos no Mundo.
Esta é a Gripezinha que. não atinge os BolsoAsnos Atletas.

https://www.worldometers.info/coronavirus/#countries
https://www.worldometers.info/coronavirus/country/brazil/

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding