VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Ailton Benedito, procurador da República, sobre petistas: “Ver os vermes estrebuchando é interessante”
Reprodução
Você escreve

Ailton Benedito, procurador da República, sobre petistas: “Ver os vermes estrebuchando é interessante”


31/03/2021 - 09h20

Vaza Jato: ‘Será impensável derrotar Lula’, disse procurador; força-tarefa tinha ‘apreço pelo sofrimento’ de petistas

‘Mas ver os vermes estrebuchando é interessante’, disse um dos procuradores do MPF em grupo no Telegram

Leonardo Miazzo, Em CartaCapital

A defesa do ex-presidente Lula protocolou no Supremo Tribunal Federal, nesta segunda-feira 29, uma nova leva de mensagens trocadas entre os procuradores da Lava Jato e obtidas pela Operação Spoofing.

Nela, os procuradores admitem a dificuldade que os adversários do PT teriam nas eleições presidenciais de 2018.

Segundo os advogados, os diálogos registrados no aplicativo Telegram reforçam que o “plano Lula” teria sido engendrado a partir da constatação de membros do Ministério Público Federal de que era “impossível” derrotar eleitoralmente o petista.

Em 28 de junho de 2015, o procurador José Robalinho Cavalcanti escreveu: “Lula eh franco favorito. Já disse. Enquanto não se discutir o meu nordeste será quase impossível derrotar o pt e praticamente impensável derrotar são Lula”.

CartaCapital manteve as abreviações e eventuais erros de digitação presentes nas mensagens originais.

À época, Robalinho ocupava o posto de presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República. Logo em seguida, o procurador Ailton Benedito respondeu: “Mas ver os vermes estrebuchando é interessante”.

Ele próprio, minutos depois, emendou: “Por isso aprecio o sofrimento dos eleitores de Lula, sem comiseração”. Benedito ainda escreveu que “afinal, o sofrimento alheio é muito salutar”.

Diante desse diálogo, a defesa de Lula argumentou que é “oportuno registrar, neste passo, que a ANPR, embora seja uma associação de procuradores da República, emitiu diversas notas sobre processos específicos envolvendo o Reclamante — comportando-se naquela época como verdadeira assistente de acusação contra o Reclamante. A direção da época da associação também usou essas notas para atacar os advogados do Reclamante”.





5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Christiano Pereira de Almeida Neto

03 de abril de 2021 às 14h20

A “alma” do Ministério Público Federal tem nas palavras deste senhor a sua caixa de ressonância, vê-se que há um espelhamento dos desejos mais sórdidos , a meu ver, de forma crua e direta nas palavras e desejos deste crápula do ‘Eu’ deste órgão. Aí de quem tiver pela frente um processo onde este procurador – especificamente falando do Aílton Benedito – o “defensor”(?) da lei. Tende piedade de nós, Senhor Deus, com gente tão má!

Responder

Zé Maria

31 de março de 2021 às 20h59

“Mas ver os vermes estrebuchando é interessante”.
“Por isso aprecio o sofrimento dos eleitores
de Lula, sem comiseração”.
“Afinal, o sofrimento alheio é muito salutar”,
disse o Procurador Ailton, do MPF;
ao que o também Procurador Robalinho, então Presidente da ANPR, respondeu:
“Kkkkk” …

https://image.slidesharecdn.com/13relatorio-210329143825-210331173142/95/13relatorio-210329143825-5-638.jpg

Responder

Zé Maria

31 de março de 2021 às 20h47

“A Desumanização do Inimigo”,
tratando-o como coisa ou nº.
Caso Típico do Nazi-Fascismo.

Responder

Henrique Martins

31 de março de 2021 às 14h29

Estarmos vivendo num regime de opressão disfarçado de democracia.
O atual detentor do poder se elegeu para ser ditador com o apoio direto dos generais de pijama, Steve Banon/Trump/EUA, extremistas e milicianos.
Não foi a toa que ele disse que não aceitaria outro resultado que não fosse a sua vitória e nem que está levantando a possibilidade de fraude de um pleito que ainda nem ocorreu para garantir um segundo mandato a fórceps. Não é a toa também que vive afrontando o STF ameaçando os ministros. Não foi a toa que cidadãos extremistas se elegeram junto com ele como Deputados para atuarem contra a democracia dentro do próprio Congresso.
A direita simplesmente nos jogou num regime de exceção com o golpe contra Dilma.
Aécio, PSDB, Moro e a republiqueta de Curitiba, Centrão e alguns ministros do STF asfaltaram o caminho para os militares de pijama – sob o comando do General Vilas Boas – tomarem o poder no país.
Mal sabe o mito que ele não passa de um fantoche que será deixado a beira da estrada como faz com todos uma vez que não seja possível manter sua imprestabilidade.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding