VIOMUNDO

Diário da Resistência


TV

Torcedores matam e ficam impunes, gerando mais violência


21/02/2015 - 12h47

Livro do Luiz Carlos Azenha
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet



2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Urbano

17 de julho de 2015 às 14h29

Os justiceiros da oposição ao Brasil têm mais o que fazer… É que perseguir gente honesta como o Eterno Presidente Lula, a Presidenta Dilma Rousseff, o ex-Ministro Guido Mantega e por extensão o PT é infinitamente mais lucroso… Só para que se tenha uma ideia do descaso das violências dos vândalos que se dizem torcedores, em Pernambuco a Companhia de Trens Urbanos, através de um dos seus dirigentes para uma estação de TV, declarou que se não houver as devidas medidas pelas autoridades competentes, serão suspensas as atividades no horário dos jogos, haja vista o enorme prejuízo com a depedração de trens.

Responder

    Urbano

    17 de julho de 2015 às 15h14

    Só para reforçar: agora vá o trabalhador brasileiro fazer uma passeata de protesto, no intuito de reivindicar melhores salários e melhores condições de trabalho, para desabar sobre os mesmos a maior truculência como o emprego de spray pimenta nos olhos, cachorros, bala de borracha atiradas de todo jeito e forma. Os casos de solicitação de melhores condições de trabalho não vêm a ser mise-en-scène não, pois mais das vezes não há o mais premente e elementar instrumento de uso para a própria empreitada a ser desenvolvida. A maior decência vista nos últimos tempos são situações em que faca serve como bisturi em autópsias, doentes acomodados em sanitários, colete a prova de balas com validade pra lá de vencida, verdadeiras taperas como Delegacia, o funcionamento de um único banheiro em uma determinada escola, tanto para os meninos, quanto para as meninas; e o mais prosaico desse fato é, pasmem, a total ausência de porta.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!