VIOMUNDO

Diário da Resistência


Wadih: Lula pede à militância que, no dia 27, faça o lançamento da pré-candidatura dele em todo País
Foto: Eduardo Matysiak agência PT
Política

Wadih: Lula pede à militância que, no dia 27, faça o lançamento da pré-candidatura dele em todo País


21/05/2018 - 14h54

WADIH DAMOUS: LULA CONVOCA MILITÂNCIA PARA O LANÇAMENTO DA PRÉ-CANDIDATURA NO DIA 27

Da Assessoria de Imprensa  de Wadih Damous

Após visitar hoje (21/05), pela manhã, o ex-presidente Lula na Superintendência da Polícia Federal (PF) de Curitiba, na condição de seu advogado, o deputado federal Wadih Damous (PT-RJ) falou com a imprensa e .

Wadih retransmitiu o recado que ele mandou para militância;

“O presidente Lula me pediu que enfatizasse a todos, aos militantes do PT sobretudo, que no dia 27 de maio, na próxima segunda-feira, em todo o Brasil, vai ser muito importante que, em cada cidade brasileira onde o PT está organizado, que se faça o lançamento da pré-candidatura dele.

Pouco importa se, em cada ato tenha 10 pessoas, tenha 5 pessoas, tenha 500 pessoas. O importante é o somatório em todo o Brasil de cada um desses atos, para deixar claro que o presidente Lula é o nosso candidato a presidente da República”. 

O relato foi feito por meio de um megafone para falar aos militantes do Acampamento Marisa Letícia, nos arredores da sede da PF.

Segundo o parlamentar, o presidente Lula está bem. “Tá bem abrigado, tá bem agasalhado, tem praticado exercícios, tá bem humorado, agora é claro que ele tá indignado com essa perseguição que se abate sobre ele, todos os dias, por parte do Judiciário brasileiro”, pontuou.

Para o advogado a indignação do presidente é pelo fato de que eles foram muito rápidos em condenar, mas os recursos que o presidente Lula interpôs para o STJ e STF, “esses não andam, ficam engavetados lá no TRF-4. Então ele manifesta a sua indignação com o fato do Judiciário continuar perseguindo e continuar prejudicando a sua tentativa de se defender e mostrar que é inocente”, explicou.

Sobre a questão de possível indulto, Lula afirmou “que não quer saber de indulto, mas, sim, do reconhecimento da sua inocência. Quer que seja demonstrado que esse processo não passou de um ato de perseguição política e quer ver a sua inocência provada e declarada”.

Damous disse ainda que Lula está lendo muito, “continua refletindo sobre as coisas do Brasil, muito preocupado com o país em que a escalada de ódio e intolerância vêm se afirmando e deixou claro que será candidato pelo Partido dos Trabalhadores e quer ver o seu direito de concorrer, já que ele é o preferido da grande maioria do povo brasileiro”.

Por fim, o advogado advertiu que, se Lula não puder se candidatar “vai se tratar de mais um atentado à Constituição dos muitos que o Poder Judiciário tem praticado nos últimos tempos. Então, Lula reafirma a sua inocência e reafirma a sua vontade inabalável de ser candidato à presidência da República”, concluiu.

 

Livro do Luiz Carlos Azenha
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet



3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

João Lourenço

21 de maio de 2018 às 22h24

Isso tem duas situações ,se prova que Zanin não tem competência e a outra mais certa é que Daumos vai enterrar mais fundo o Lula no esgoto que se encontra ! Daumos não tem sangue petista e nem vontade pra isso!

Responder

Morvan

21 de maio de 2018 às 22h17

Boa noite.

Manchete fala dia 27 (Domingo). No enunciado, temos:

“O presidente Lula me pediu que enfatizasse a todos, aos militantes do PT sobretudo, que no dia 27 de maio, na próxima segunda-feira, em todo o Brasil, vai ser muito importante que, em cada cidade brasileira onde o PT está organizado, que se faça o lançamento da pré-candidatura dele.

Afinal, qual o dia certo?

Saudações, mais do que nunca, necessariamente democráticas</code.,
Morvan

Responder

Salvador Ferreira

21 de maio de 2018 às 15h14

Sugestão:
Para que se torne mais prático evitar a volta dos gatunos, entreguista e
outros tantos apátridas, que tal os blogs nacionalistas, de vez em quando
publicar a relação de patifes que o povo não deve votar?

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!