VIOMUNDO

Diário da Resistência


Política

Mauricio Dias: As diferenças que contam


15/07/2011 - 14h09

por Mauricio Dias, em CartaCapital

Discursos do presidente prefaciados pelo mote “nunca antes na história deste país…” tornaram-se troça da imprensa com Lula e de Lula com a imprensa. Mas, afora essa curtição, bem ao gosto do coração corintiano do ex-operário metalúrgico, a frase expressava, em várias ocasiões, situações inéditas como a que pode ser extraída agora de um estudo recente do Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea) sobre “15 anos de Gasto Social Federal – de 1995 a 2009”.

O trabalho mostra como a política social praticada pelo petista na crise de 2009-2008, foi radicalmente oposta à prática dos governos tucanos nas crises de 1998-1997 e 2003-2002 (gráfico). Nos três momentos o País foi atingido por crises econômico-financeiras geradas muito além das fronteiras brasileiras.

Em 1998 e 2002, sob o governo de FHC, o Gasto Social Federal cai e acompanha a queda do Produto Interno Bruto (PIB). Em 2008, O PIB despenca e o GSF acelera em sentido oposto. A decisão política é concretamente definida: não sacrificar o investimento social do governo.

Nos gastos sociais considerados pelo Ipea está incluído o dinheiro “efetivamente gasto nas políticas sociais no total de recursos mobilizados pelo governo federal” em meio à disputa dos vários interesses legítimos, de inúmeros agentes, em torno do dinheiro público.

Para alcançar esse objetivo, o Orçamento foi desmontado e remontado, e analisada ação por ação no que se refere à destinação social do dinheiro, entre 1995 e 2009.

Eis algumas constatações comparativas no período analisado:

• O GSF cresceu 3,7% do PIB e 146% em valores reais, acima da inflação (IPCA).

• De 1995 a 2002 (oito anos de FHC) o crescimento do GSF foi de 1,7% do PIB.

• De 2003 a 2009 (sete anos de Lula) o GSF foi aumentado em 2,7% do PIB.

A crise de 2008-2009 mostra a firmeza da política social lulista. Com a economia freada, o governo tomou uma parcela maior do PIB para o GSF. Um salto expressivo de 14,9% (2008) para 15,8% (2009).

Lula, se de um lado valeu-se do velho pragmatismo para governar, por outro impôs um novo modelo para reduzir, mesmo que pouco, as diferenças sociais.

Essa política socialmente generosa, no desdobramento da inacabada crise 2008-2009, fornece a munição para os corifeus do coro conservador que se manifesta internamente com ataques ao que chamam de “herança maldita de Lula” e, externamente, nas páginas do Financial Times como ocorreu na edição da quarta-feira. O jornal, pouco britanicamente, fez avaliação rápida e rasteira naquele dia 13, dia agourento para alguns, sobre o “modelo lulista” que, segundo o próprio diário, apareceu “como uma possível solução para os problemas centenários de desigualdade na América Latina (…) ao qual se atribui a retirada de 33 milhões da pobreza”.

Vendo de longe, o desconfiado diário disse que “há temores de que ele (modelo) está chegando ao seu limite no Brasil”.

Por trás de tudo, estaria o superaquecimento da economia provocado, essencialmente, pela inclusão social.

Em certas partes do mundo há exemplos de que nos limites do próprio capitalismo é possível alcançar maior equilíbrio social. Para aqueles, claro, que não acreditam que os pobres estão condenados eternamente ao fogo do inferno material.





99 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

SILOÉ -RJ

16 de julho de 2011 às 21h18

E para evidenciar ainda mais as diferenças: LULA será o novo ganhador do premio NOBEL DA PAZ.
Quem viver verá.

Responder

    Klaus

    17 de julho de 2011 às 20h41

    E daí?

    Francion Justino

    27 de julho de 2011 às 07h08

    …que o sociólogo preferido do PIG corta os pulsos. Mesmo.

Henrique

16 de julho de 2011 às 19h36

Todos sabem que oparelhamento do estado começou com a instituição da reeleição.
Eu já acho que começou com o pai do valerioduto, aquele do AI5 da internet, o Eduardo Azeredo (o ex-presidente do PSDB.
Há uma pesquisa que confirma o aparelhamento do estado em SP. Também não precisa de pesquisa, basta ler o Diário Oficial de SP, para ver que, proporcionalmente, SP está mais aparelhado do que a União.
Alguém aí sabe como são contratados técnicos em Sampa?
Na época do Sr Enganador /Mais Cheiroso/Bolinha de Papel, São Paulo não tinha administrador competente, pois Serra (o Sr Enganador) nomeou o ex-dep-PSDB Ronaldo Dimas, mineiro que fez política em Tocantins, para o Conselho de Administração da CDHU, ganhando um jeton de R$4.500,00 para comparecer a somente uma reunião mensal da CDHU.
Para alguns e a imprensa isto não é aparelhamento – é 'competência'!

Responder

lauro oliveira

16 de julho de 2011 às 18h14

Outras diferenças:
aposentados FHC – vagabundos, LULA – antecipação de passivos do FGTS;
estatais FHC – "raias da irresponsabilidade", LULA – lei da partilha no petróleo;
relações exteriores FHC – Celso Lafer, LULA – Celso Amorim;
trabalho FHC – desemprego , LULA – quase pleno emprego;
relação com FMI FHC – devedor, LULA – credor

Responder

    klaus

    17 de julho de 2011 às 20h42

    E a reforma da previdência?

    Daniel

    18 de julho de 2011 às 10h08

    eu jogo a mesma pro período desgovernado do Efe-Gagá-Cê: E a reforma da previdência?

Ramalho

16 de julho de 2011 às 17h54

O "intelectual" FHC sob a lupa de Millôr Fernandes.

Diz FHc em livro notório: “É evidente que a explicação técnica das estruturas de dominação, no caso dos países latino-americanos, implica estabelecer conexões que se dão entre os determinantes internos e externos, mas essas vinculações, em que qualquer hipótese, não devem ser entendidas em termos de uma relação 'casual-analítica', nem muito menos em termos de uma determinação mecânica e imediata do interno pelo externo. Precisamente o conceito de dependência, que mais adiante será examinado, pretende outorgar significado a uma série de fatos e situações que aparecem conjuntamente em um momento dado e busca-se estabelecer, por seu intermédio, as relações que tornam inteligíveis as situações empíricas em função do modo de conexão entre os componentes estruturais internos e externos. Mas o externo, nessa perspectiva, expressa-se também como um modo particular de relação entre grupos e classes sociais de âmbito das nações subdesenvolvidas. É precisamente por isso que tem validez centrar a análise de dependência em sua manifestação interna, posto que o conceito de dependência utiliza-se como um tipo específico de “causal-significante’ — implicações determinadas por um modo de relação historicamente dado e não como conceito meramente “mecânico-causal”, que enfatiza a determinação externa, anterior, que posteriormente produziria ‘conseqüências internas’.”

Observaçõe de Millôr sobre a obra: "Qualquer leitor que conseguir sintetizar, em duas ou três linhas (210 toques), o que o ociólogo preferido por 9 entre 10 estrelas da ociologia da Sorbonne quis dizer com isso, ganhará um exemplar do outro clássico, já comentado na primeira parte desta obra: Brejal dos Guajas — de José Sarney."

Restante da crítica de Millôr em, por exemplo, em http://oleododiabo.blogspot.com/2010/04/fhc-por-m….

Responder

    SILOÉ -RJ

    16 de julho de 2011 às 20h49

    Eu consegui sintetizar e muito bem, sem falsa modéstia, mas dispenso o premio.
    É evidente que a explicação técnica das estruturas de dominação, implica em estabelecer conecções de EMBROMATION numa relação casual – analítica entre o externos e internos desse manicômio meramente mecânico -casual, com consequência interna causal – significante no cérebro de qualquer idiota que o lê.

    Nelson

    17 de julho de 2011 às 16h09

    Nem lo Zé Simão, com o Dicionário de Tucanês debaixo do braço conseguiria decifrar tanta enrolação do "ociólogo" FHC.

Fabio_Passos

16 de julho de 2011 às 17h32

Lula é a luta para resgatar os excluídos
<img src=http://materiajuridica.files.wordpress.com/2009/05/lula-povo.jpg?w=426&h=258>

fhc foi um boneco a serviço dos ricos
<img src=http://3.bp.blogspot.com/_Nj7k-NFjuzA/TT2W_7QjjrI/AAAAAAAAFzc/gYavIbok8O8/s320/fhc_clinton.jpg>

Responder

    SILOÉ -RJ

    17 de julho de 2011 às 00h43

    INTERPRETANDO AS FOTOS:
    1)- Caraca!!! Não acredito, você é mesmo o LULA???
    2)-Esse é o meu boneco do posto, vejam só como ele dança!!!

    Daniel

    18 de julho de 2011 às 10h09

    Isso dava uma boa "fotopotoca", à la Pasquim! :)

spin

16 de julho de 2011 às 16h53

O ódio do pig contra Lula tem, segundo ele(Lula), uma explicação: o pig o tem como um concorrente, o que é pura verdade, pois FHC falava falava e ninguém entendia, ao contrário de Lula, um grande comunicador, o povão entende o que ele diz
O ódio do pig contra Lula chega ao extremo
Vejam só do que eles são capazes
Para dar a entendenter que Lula teria beijado uma sindicalista na boca, o Globo manipulou uma foto de um de seus repórteres
Observem que foi fácil o truque, bastou escurecer um pouco a foto, vejam http://www.advivo.com.br/blog/iv-avatar-do-rio-me

Responder

    SILOÉ -RJ

    16 de julho de 2011 às 20h53

    Essa nem chega perto do "BOLINHA- GATE".

Henrique

16 de julho de 2011 às 14h15

Não é difícil perceber que foi a política/FHC de juros que gerou uma dívida do nada, que obrigou ao aumento dos tributos, à apropriação da base de arrecadação dos estados pela União, ao desestímulo à formalidade.

Este conjunto foi assustador: aumento da carga tributária para cumprir acordos do FMI, endividamento interno, vulnerabilidade externa = redução do crescimento.

PRECISAMOS SER ISENTOS, FOI O QUE ACONTECEU DESDE 1998.

Os críticos de plantão é que simplificam muito o discurso sem dar explicações nenhuma.

O problema é que o PSDB tem o benefício da impunidade pela imprensa e outras coisas mais.
Basta observarem a mesmice burra em SP que vai para duas décadas, onde o paulista, além de outros impostos, paga pela sua própria lavagem cerebral.

O Fermentado Hidrocanabinol Canabis – FHC gosta muito é do BraZil e não do BRASIL!

Responder

Antonio

16 de julho de 2011 às 13h38

As diferenças entre Lula e FHC:
Lula sai pelo Brasil para resolver problemas sociais e se diz cidadão brasileiro; FHC sai pelo mundo defendendo a maconha e se diz cidadão do mundo;
Lula defende até hoje e com todas as suas forças os interesses do Brasil e dos brasileiros; FHC traiu o Brasil e os brasileiros, vendendo as empresas do Estado para estrangeiros e dando dinheiro do povo (BNDES) para eles comprarem, além de toda corrupção embutida na coisa;
Lula pode ganhar em 2012 o Prêmio Nobel da Paz na Noruega; FHC foi chamado de corrupto por Clinton em Florença, na Itália, na frente de toda a comunidade internacional em 1999.

Responder

Fabio_Passos

16 de julho de 2011 às 13h26

Lula é democracia e participação popular.
fhc foi neoliberalismo e privilégios para os ricos.

Responder

Henrique

16 de julho de 2011 às 13h16

O plano econômico que o Itamar lançou, o Real, acabou com a inflação de 82% e, depois, alguns números do Itamar e do FHC:

– Itamar passa o governo para FHC e FHC passa o ministério para Malan, onde o Brasil tinha estes números: * 500 anos de história
* dívida pública em torno de 30% do PIB
* carga tributária em torno de 27% do PIB

8(OITO) ANOS DEPOIS

+ A DÍVIDA PASSOU DE 30 PARA 58% DO PIB
+ CARGA TRIBUTÁRIA PASSOU DE 27% PARA 36% DO PIB, para cumprir exigências do FMI
+ O PATRIMÔNIO DE 100 BILHÕES DE DÓLARES FOI VENDIDO
+ FHC VIVIA NO GUICHÊ DO FMI
OBS.:
– A dívida pública em oito anos dobrou do que foi feito em 500 anos.
– As privatizações foram 220 bilhões de reais (E A DÍVIDA PÚBLICA AUMENTOU!)
– Um terço dos MESTRES E DOUTORES das universidades públicas no período foram perdidos, pela destruição do Estado.
– A POLÍCIA FEDERAL DO FHC tinha, SOMENTE 5.000 homens operacionais (o objetivo era não funcionar mesmo)
– A brutal INCOMPETÊNCIA do APAGÃO.
….
E o Lula é o que não entende nada de nada!
Preconceito cega.
Isenção é bom para todos.

Responder

Henrique

16 de julho de 2011 às 13h05

DO livro "A ARTE DA POLÍTICA" DE FHC – que eu tive a PACHORRA de ler – onde ele reconhece a m…'caca' que foi seu governo – alguns trechos:
….
FHC – "O impacto da elevação abrupta das taxas de juros, em 1997, que demoraria a voltar a cair, colocou a dívida pública em uma trajetória de acelerado crescimento."
"Dobramos a taxa selic que passou de 22% para 44% ao ano"
"… aumento da carga tributária como o IR que de 25% passou para 27,5%."
FHC pergunta: "Por que não se tomaram as medidas cabíveis?" ( em jul/97 sua equipe econômica sabia e havia detectado o erro 'crasso' do plano real).
"As medidas tomadas no final de 1997 fez-nos perder oportunidades para rever a questão cambial no 1º quadrimestre/1998."

"FICAMOS IMÓVEIS NA CRISE"

FHC: " Hoje a situação é diferente, não há nem comparação. O câmbio é flutuante. As reservas internacionais são bem mais elevadas. O país não está vulnerável e também não está isolado.”
….
Esse é o intelectual que está entre os "10" mais!
E ainda chamam o Lula de analfabeto.

Responder

Fabio_Passos

16 de julho de 2011 às 13h01

Lula é representante do povo
fhc é um boneco da globo

Responder

Bernardino

16 de julho de 2011 às 11h52

SR EU NAO SABIA, o FHC entre os 10 mais é fraude,isso é premio dado por sionista para bajuladores da IMPRENSA como ele.Verdadeiro intelectual é CELSO FURTADO,30 livros escritos,professor titular da Sorbone e festejados nas universiddes sem ajuda da IMprensa calhorda.
Agora FHC presidente,antipatriota,bajulador da midia e conivente com corrupçao,faliu o pa[is,dilapidando o patrimonio do Brasil e suas divisas(dolar a 4,00 reais)Agora LULA,semi analfabeto,metalurgico consegui com u ma boa equipe arrumar o pais e distribuir renda,mas tambem nao deve ser endeusado como querem,ate pq seu governo foi conivente com a CORRUPÇAO,Aqui a esclha se da entre o ruim(PT) e o Pior(PSDB).É a herança MALDITA cultural PORTUGUESA e nao me venham com papo de Complexo de vira latas que nao tenho!!!!!

Responder

    Antonio

    16 de julho de 2011 às 19h04

    Lula é o cara. Com tanta coisa para arrumar no Brasil pós FHC, ele conseguiu milagres. Lula é o Cara. Pena que em São Paulo, Paraná, Minas, Santa Catarina ainda tenhamos a herança maldita dos traidores do Brasil. Esses são os que ajoelham com gosto em frente aos ianques para sei lá fazer o que. São os que entregam as riquezas e o povo escravizado para os estrangeiros deitarem e rolarem. São o esgoto do Brasil.

Julio Silveira

16 de julho de 2011 às 09h27

Quando vejo aqui os defensores do FHC até entendo, afinal sempre tem uma meia velha para um pé doente. Lula sempre, o melhor presidente do periodo democratico. O Homem que pegou um monte de limões deixados pelo seu antecessor e fez uma limonada saborosa para o Brasil.
O resto é recalque dos imprestáveis.

Responder

Rafael

16 de julho de 2011 às 08h54

A estabilização que o fhc disse que houve e eu não consigo entender isso até hoje, o país com fhc se endividou, o FMI praticamente pisava na nossa cara, a geração de emprego foi uma das menores da história, o pib não crescia, a pobreza só aumentava então o que o fhc estabilizou?
Única estabilidade alcançada no governo fhc foi a que a mídia gerou porque se não fosse o PIG fhc teria ocorrido um impeachment. Privatziação da Vale, compra da reeleição, privatização da telecomunicações só para começo de conversa. Fhc é o pior governo da história.

Responder

EUNAOSABIA

16 de julho de 2011 às 04h22

O Lula vai entrar na Sorborne… vai tentar uma vaga como arrumador de livros na biblioteca.

O maior lider intergalático de todo o universo.. bla bla bla… não passam de um bando de mentirosos medíocres… publicam um monte de ""dados"" com as mentiras mais deslavadas… pior de tudo que nem precisam… já que este ambiente é deles.. ou seja.. mentem pra eles mesmo…

Um monte de mentiras sobre universidades…. essas tais universidades desse sujeito demagogo e embusteiro nao passam de pedras fundamentais, pingos de solda e placa caida em terreno baldio.. como a de Osasco…. que hoje é um lixão a ceu aberto…. mentirosos descarados.. doentes… um bando de pelegos a soldo que vivem da propria farsa.

Responder

    Sergio F Castro

    16 de julho de 2011 às 19h30

    Calma…Calma… Toma cuidado que está babando na gravata rapaz, vai tomar un lexotan ou outra coisa pros nervos…

    Leider_Lincoln

    16 de julho de 2011 às 21h50

    Richard Smith, meu caro, deve doer ser massacrado pelos fatos,pelos dados, não é mesmo? Por falar nisso, não vi comentário seu sobre o caso de Ilhéus em que a prefeita, uma irmã (freira católica) está contratando pistoleiros para calar vozes dissonantes…
    Essa sua igreja Católica tá osso, hein? Aliás você é bem a cara dela.
    Morra envenenado pelo próprio fel!

SILOÉ -RJ

16 de julho de 2011 às 01h53

Esse artigo é uma exelente oportunidade para a "TROLHADA" tirarem os "ANTOLHOS".
Obrigada Mauricio Dias pela matéria.

Responder

Fabio_Passos

15 de julho de 2011 às 23h07

Lula é o Brasil internacionalmente respeitado.
fhc foi o Brasil humilhado… mendigando empréstimos.

Responder

Polengo

15 de julho de 2011 às 23h02

Isso pra não falar das escolas.

FHC em seus 8 anos de mandato: NENHUMA universidade, NENHUMA escola técnica;
Lula em seus 8 anos de mandato: 10 universidades e 214 escolas técnicas.

Responder

    EUNAOSABIA

    16 de julho de 2011 às 04h17

    Vocês não passam de um bando mentirosos tresloucados que mentem acima de tudo para si mesmo.

    Polengo

    16 de julho de 2011 às 12h05

    Então, põe aí o nome da escola que o FHC fez, sabichão.

    Lia

    16 de julho de 2011 às 19h36

    vc é mesmo tão ignorante, rancoroso, ignorante e infeliz quanto quer mostrar ou só esta fazendo tipo? Se é assim de fato recomendo procurar um bom psicanalista, talves o seu mal tenha cura

Fabio_Passos

15 de julho de 2011 às 22h39

Lula é o maior exemplo da capacidade dos trabalhadores brasileiros.
fhc foi o mais contundente fracasso da pior "elite" do mundo.

Responder

Fabio_Passos

15 de julho de 2011 às 22h29

Lula é um líder político do Brasil.
fhc é um capacho dos ianques.

Responder

    Klaus

    15 de julho de 2011 às 23h08

    Ianques go home! A luta continua! O povo unido, jamais será vencido!!! cheiro de naftalina no ar!!!!

    Junior

    16 de julho de 2011 às 12h38

    Realmente ridículo, esse playboy só tem esse discursinho de DA de faculdade. Paga pelo papai classe média, claro.

    Fabio_Passos

    16 de julho de 2011 às 17h10

    você ficou realmente magoado, não é?
    que azar o seu…

Henrique

15 de julho de 2011 às 21h24

O que FHC fez foi um "falho" ajuste fiscal e a estabilização da miséria, pois não havia políticas sociais robustas e integradas.
O crescimento econômico era sofrível.
O que FHC fez, realmente, além de viver no guichê do FMI foi uma perversa estabilidade da miséria.
Mas, ainda há pessoas que não querem enxergar as mudanças.

Responder

Henrique

15 de julho de 2011 às 21h22

A intelectualidade de FHC – é só para poucos:
– Lei 9.649/98: PROIBIA a expansão do sistema federal de educação profissional. No artigo 47/parágrafo 5º…'a escola deixaria de ser federal, mas estadual, municipal ou privada.
OBS.: o congresso tentou aprovar o parágrafo 6º que faria com que as unidades de ensino da união já concluídas não se aplicaria esta lei. FHC alegando falta de recursos para a EDUCAÇÃO vetou o dispositivo.
– Decreto 2208/97, PROIBIU a oferta de ensino médio integrado a educação profissional.
– Portaria 646/97, fixou metas para a DIMINUIÇÃO da oferta de ensino médio pelas escolas federais (então Min Educação Paulo Renato).
– De 95 a 98 NÃO FOI CONTRATADO nenhum técnico ou docente para as 140 escolas.
– Em 98 o orçamento era UM MISERÁVEL 856 milhoões.
– FHC autorizou o funcionamento de APENAS 10 escolas técnicas federais em 8 anos (5 não tinham quadro pessoal).
– São Paulo adotou essas regras e perdeu entre 2003 e 2004, 131 mil matrícula no ensino médio do total de 137 mil do país – 96% do total.

iNTELECTUALIDADE POUCA É BOBAGEM!

Responder

    João PR

    16 de julho de 2011 às 01h26

    E ainda teve gente que disse que o Paulo Renato foi um grande Ministro da Educação!!!

    Valha-me Deus, que ele vá acertar suas contas do outro lado da vida (se houver este outro lado).

    FJP

    27 de julho de 2011 às 07h19

    Amigo, o Sr. Paulo Renato devia ter sido preso, junto com o seu mentor e guia espiritual, por crime de lesa pátria.

Henrique

15 de julho de 2011 às 21h10

Não é necessário desfazer do governo FHC – ele mesmo o fez.
Por exemplo:
Se analisarmos, com a ajuda dos historiadores políticos (isentos e apartidários), encontraremos duas demonstrações de brutal e inacreditável INCOMPETÊNCIA em todos os governos do Brasil, que são:
– em 12 de novembro de 1823, com a dissolução da Assembléia e a expulsão de José Bonifácio (o pai da Pátria) e
– em 2001, com o abominável APAGÃO.
Este último, quebrou literalmente o já ínfimo crescimento do País na época. A desculpa das crises externas foi balela de intelectuais e/ou masturbações sociológicas apoiadas pela mídia.

Responder

Henrique

15 de julho de 2011 às 21h06

Pois é, o Lula, que não está em nenhuma lista de intelectuais, que não entende de sociologia, levou 32 milhões de miseráveis e pobres à condição de consumidores.
Pois é, o Lula, que não está em nenhuma lista de intelectuais, que não entende de economia, pagou as contas de FHC, zerou a dívida com o FMI e ainda empresta algum aos ricos.

Responder

Henrique

15 de julho de 2011 às 20h58

Uma das intelectualidades de FHC que o fez estar entre os 10 importantes intelectuais vivos do mundo:
Em agosto de 2007, na revista Piauí, disse FHC:
“Em restaurantes em Buenos Aires sou aplaudido quando entro. É que eu traí os interesses da pátria, então eles me adoram.”

Prá quem gosta é um prato cheio!

Responder

Klaus

15 de julho de 2011 às 20h42

FHC é tão importante, mas tão importante, que mais de 8 anos depois que ele saiu do governo é um dos assuntos preferidos da blogosFERA progreçista. É duro desfazer seu governo, mas vão tentando, vão tentando…Good luque!!!

Responder

    Alexei_Alves

    15 de julho de 2011 às 20h57

    Tão duro que ele nunca mais ganhou uma eleição desde que saiu…..

    EUNAOSABIA

    15 de julho de 2011 às 21h28

    Klaus, você pode me dizer qual é o cartório onde encontro registrado o Plano Econômico de Lula para acabar com a hiper inflação??? aquela de 82% ao mês??? é que os tocadores de tuba nunca me responderam isso.

    Lula queimou nota de Real na TV.. Lula entrou contra a LRF no STF… demorou dois anos para ser aprovada… essa turma não tem a menor condição de atribuir a si qualquer êxito do Brasil.. eles eram contra tudo.

    SILOÉ -RJ

    16 de julho de 2011 às 02h37

    Sai dessa lama enquanto há tempo de sair por si só, Klaus.
    Não sei não, mas os formadores de sua cabeça; o PIG, já está se rendendo a realidade dos fatos e aos poucos estão mudando de opinião. É só observar nos detalhes e nas entrelinhas.
    Daqui a pouco eles farão sua cabeça DE NOVO, e adivinha quem vai bater palmas pro LULA e pra DILMA???

    Klaus

    16 de julho de 2011 às 19h38

    E vc Siloé, quem faz sua cabeça?

    SILOÉ -RJ

    17 de julho de 2011 às 01h03

    Com certeza não é o PIG.
    São muitos anos na estrada da vida, lendo, pesquisando e observando muito, tudo. Mesmo assim reconheço que é dificil separa o joio do trigo.
    O que me faz ter a certeza de que estou do lado certo, politicamente falando: é essa minoria da qual você faz parte, que não deixa que a maioria da qual eu faço parte, seja unânime, para não ser burra.

    Scan

    16 de julho de 2011 às 23h11

    hahahaha!
    FHC é o único idiota que consegue a façanha de ter seu índice de popularidade em queda quase 10 anos após deixar o poder.
    Não é qualquer "jênio" que consegue isso, não.
    A esperança de FHC seria o Çerra ganhar as eleições, pois este outro cretino poderia fazer sombra sobre seu inesquecível péssimo governo.
    Como Çerra levou trolha, FHC será sempre lembrado pelo que é: um babaca boca mole e incompetente (até filho ele faz pela metade: só assume a paternidade).
    Hahahahahaha!

EUNAOSABIA

15 de julho de 2011 às 20h33

82% de inflação ao mês… qual era o Plano Econômico de Lula para acabar com uma taxa de inflação assim?

Alguém sabe?

Responder

    Roger

    16 de julho de 2011 às 06h34

    Aposto que você tem o livro da Miriam Leitão, autografado por ela, não tem?
    Você dá uma lida nas pausas entre as matérias do Reinaldo Azevedo?

    Antenor L. Moreira

    16 de julho de 2011 às 09h30

    Se Lula tivesse ganhado de Collor o Brasil não precisaria de plano algum para acabar com a inflação de 82%, pois esta não existiria.
    Lula simplesmente faria o dever de casa, como fez sobre uma economia desorganizada e deu tudo certo.
    Não precisou de um Plano Real que deu de presente às nações ricas o que restava de patrimônio do povo acumulado à custa de muito sacrifício.

    Edfg.

    16 de julho de 2011 às 12h39

    hahahaha…. se o Lula de 89 tivesse ganhado do collor, por mais pílantra que este tenha sido, isso aqui seria o Haiti, meu filho.

    Pedro1

    17 de julho de 2011 às 14h53

    Qual era o de FHC você sabe? Copiar o que fez a equipe econômica de Itamar ou obedecer as ordens do FMI não conta.

Fabio_Passos

15 de julho de 2011 às 19h03

Lula é a rede
fhc é globo, veja, fsp e estadão

Responder

    EUNAOSABIA

    15 de julho de 2011 às 20h43

    Pagou levou , rapaz…pagou o cara é saudado como se fosse doutor de verdade mesmo…vai dar aulas onde mesmo???

Fabio_Passos

15 de julho de 2011 às 18h57

Lula é Nelson Mandela.
fhc é Pieter Botha.

Responder

    EUNAOSABIA

    15 de julho de 2011 às 19h39

    Fernando Henrique é o Fernando Henrique…(um dos 10 intelectuais vivos mais importantes do mundo, segundo publicação especializada internacional… Lula entra onde nessa lista???)))

    Lula é somente o Lula mesmo…( o cara… qua qua qua qua))..brincalhões…

    Duas surras em primeiro turno… quieto… essa vocês levar pro resto de suas vidas ….

    Oliveira

    15 de julho de 2011 às 20h34

    FHC é o "intelectual" que pediu para esquecessem o que ele havia escrito. É também o "intelectual" que não pisa mais na Universidade. E o "intelectual" que sabe menos que "um analfabeto".

    Abraço troll!

    EUNAOSABIA

    15 de julho de 2011 às 21h24

    Triste vida de que nunca vai poder dizer… ""esqueçam o que eu escrevi""..

    E olhe que essa é mais uma mentira dos petistas…não há registro algum de que FHC tenha dito isso… isso é mais uma mentira dos tralhas e seus bate pau na rede…. ainda que fosse verdade… a vida é dinâmica…

    Mas deve ser triste mesmo alguém que nunca vai ter a capacidade de dizer… ""esqueçam o que eu escrevi"""… pelo menos FHC pode…

    Tchau tocador de tuba..

    SILOÉ -RJ

    16 de julho de 2011 às 02h06

    Você que é tão fã dele e não sabe o que ele diz, foi plubicado em todos os jornais do PIG é só pesquisar no google.
    Quanto ao LULA mesmo que ele peça, jamais esqueceremos o que ele FÊZ, viu? Eu disse FÊZ.

    anna db

    15 de julho de 2011 às 20h35

    http://www.youtube.com/watch?v=MeAOen8vyiQ&fe
    Bill Clinton HUMILHOU o intelectual ,que ficou CALADO!!!Nem pras negas dele, incluindo o eunucosabe, fhc ta com essa bola
    Nas todos no mundo sabem quem é Lula, o CARA.

    Rosangela

    15 de julho de 2011 às 21h09

    Foram duas surras, mais no final saiu nos braços do povo com mais de 80% de aprovação.
    Falou mané, me responda quem ganha mais com palestra depois que deixou o governo???
    E o CARA é considerado mesmo sendo pião está entre as personalidades mais importanyes do MUNDO

    Polengo

    15 de julho de 2011 às 22h58

    Já te falei, mas você esqueceu.
    Ele levou duas surras de vocês, mas deu três de volta, e foram as três últimas.

    Quem está ganhando mesmo?

    ZePovinho

    16 de julho de 2011 às 00h42

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    SILOÉ -RJ

    16 de julho de 2011 às 01h45

    O que adianta ser intelectual e ser corrupto, venal e lesa-pátria???

    João

    16 de julho de 2011 às 13h09

    Lula NÃO É Mandela!!!!!

    Mandela passou 30 anos preso, Lula passou 30 dias!
    Mandela estudou na prisão, Lula nem dentro e nem fora!
    Mandela, ao sair, pregou a UNIÃO da Africa do Sul, Lula quer a divisão do país!
    Mandela é pobre, Lula está rico!
    Mandela teve 1 filme feito por outro pais, Lula teve 1 "clip chapa branca"

    Mandela é do bem!!
    Lula é a síntese da mediocridade premiada!

    Fabio_Passos

    16 de julho de 2011 às 17h13

    pfff… chupa, afrikaaner!

Fabio_Passos

15 de julho de 2011 às 18h55

Lula é Tiradentes.
fhc é joaquim silvério dos reis.

Responder

    Fabio_Passos

    18 de julho de 2011 às 21h49

    pfff… chupa, entreguista!

EUNAOSABIA

15 de julho de 2011 às 17h36

Lula não passa de um farsante e um usurpador de obra alheia.

Se dependesse desse incompetente desse Lula o Brasil ainda estaria vivendo em híper inflação, foram cotra tudo, o Real, a LRF, PROER, superávit primário, metas de inflação, vocês não têm moral alguma em criticar nada, não passam de usurpadores de uma obra que foram contra.

Penam que enganam quem pelegos a soldo?

Responder

    anna db

    15 de julho de 2011 às 20h39

    Que o diga o falecido Itamar Franco, que sabia muito bem quem era o usurpador or da obra alheia .https://www.viomundo.com.br/politica/plano-real-fhc-no-devido-lugar.html

    AILTON

    15 de julho de 2011 às 21h12

    EUNÂOSABIA vc é o cara mais babaca que vi.
    è duro ter que engolir um semi analfabeto, fazer para o PAÍS, muito mais que um sociologo conseguiu fazer ahahahahahaahah

    Antonio Abreu

    15 de julho de 2011 às 21h34

    Só você não sabe que o govêrno Itamar criou o REAL e o Genérico, que o FMI EXIGIU o câmbio flutuante para emprestar bilhões de dólares ao Brasil três vêzes quebrado pelo intelectual FHC. O mesmo ocorreu com o programa de metas de inflação. Fique com seu midiático FHC que o pôvo brasileiro e o exterior ficam com o CARA!

    Gustavo

    16 de julho de 2011 às 04h55

    A tá, o FHC fez o Sol, fez a Lua, Os planetas, o Serra, fez o resto, e caso falem diferente é trololó pestista….

    El Cid

    16 de julho de 2011 às 18h52

    O Dvorak era um troll mais decente do que você, babaca !!

    Junior

    17 de julho de 2011 às 12h26

    Nervozinho esse aí, hein?

    El Cid

    17 de julho de 2011 às 16h15

    … mais um tomando as dores do babaca acima !!

Martins Andrade

15 de julho de 2011 às 17h24

FHC é para ser eternamente lembrado como a maior pústula política já produzida nesse país.
Oportunista, vendilhão, traidor.
Basta nunca esquecer que escrevia os discursos de Rúbens Paiva.
Rubens Paiva foi morto pela ditadura acusado de Subersivo. O escritor de seus discursos, FHC, vivinho da silva
Nunca esqueçam!

Responder

sironn

15 de julho de 2011 às 15h36

Obviamente que o modelo lulista de governar, instensificando os gastos sociais para a redução da desigualdade é digno do mote "nunca antes…", mas o modelo adotado é certamente limitado. É só falar com qualquer economista ou pensar um pouquinho além dos preconceitos ideológicos de qualquer matiz. A redução da desigualdade se deu por trê principais políticas: aumento real de salário mínimo, bolsa-família e micro-crédito. Contudo, para a União sustentar esse tipo de política vai precisar cada vez gastar mais proporcionalmente para que os efeitos continuem tendo este mesmo impacto apontado. Para isso, não dar para continuar a política do "todo mundo ganha", vai precisar mexer na estrutura da distribuição de renda, ou seja, retirar de quem tem muito para dar para quem tem só um pouquinho. Isto quer dizer taxação de grandes fortunas, por exemplo. Aí, eu quero ver este pacto nacional permancer…

Responder

Bruno

15 de julho de 2011 às 15h16

Vocês não esquecem o FHC, não é mesmo?

Responder

    Orellano Paz

    15 de julho de 2011 às 17h29

    Claro que não: ele quebrou o Brasil!

    ernesto

    15 de julho de 2011 às 20h03

    Nao se pode esquecer do PIOR politico que este país já teve, esse canalha consegue ser pior que os ditadores porque destruiu até o pouco que os ditadores deixaram de patrimonio ao país (empresas e só), ele deve ser lembrado todo dia para que esse satã jamais volte, nem ele nem os que seguem sua cartilha traidora entreguista covarde e alienigena. EU ODEIO THC!

    Antonio

    16 de julho de 2011 às 13h26

    Ernesto, ele não é o pior sozinho. Se-erra é um igual.

    Marcio H Silva

    15 de julho de 2011 às 20h31

    3 vezes!

    Renato

    15 de julho de 2011 às 18h06

    Não. Não se deve esquecer nunca do homem que quase quebrou o país.

    Scan

    15 de julho de 2011 às 18h13

    Por motivos diversos nem FHC nem Lula serão jamais esquecidos. FHC por ter sido e ser ainda o maior canalha que o país produziu, Lula por ter feito o melhor governo que um sujeito de 50 anos pode se lembrar.
    Assim, por motivos diametralmente opostos, ambos serão eternamente lembrados.
    A explicação é simples: o ser humano opera com diferenciais e quanto maior o diferencial, mais fácil se torna a operação.
    Entendeu?

    Alexei_Alves

    15 de julho de 2011 às 18h24

    Jamais!!!!!
    Ja imaginou o perigo que seria uma figura dessas retornar?
    Nada disso. É preciso que todos lembrem, e lembrem muito bem, as humilhações diante do FMI, as privatizações fraudulentas, o suborno para a reeleição, a arrogância intelectual, o engavetamento de escândalos, a escalada da dívida e dos juros, e do desemprego também, o sucateamento das universidades públicas, o arrocho salarial, a vista grossa ao desmatamento, a crise energética, a insignificância internacional, a repressão aos movimentos sociais, e por aí vai….

    Esquecer, jamais!!!!!!!!!

    José Silva

    15 de julho de 2011 às 19h15

    Quem bate (FHC e seus apoiadores) esquece, quem apanha (Lula e o povo) não esquece jamais!

    anna db

    15 de julho de 2011 às 20h42

    Nem podemos e nem devemos esquecer os traidores da pátria, para não se repetir o mesmo erro. Na proxima eleição sepultaremos o PSDB, com a ultima pá de cal.

    Polengo

    15 de julho de 2011 às 23h00

    Claro que não!
    Ele mandou esquecer tudo o que ele já tinha escrito, não foi?
    Você acha que eu vou seguir o conselho de um fracassado como esse?

    Melhor se lembrar direitinho de como se saiu esse derrotado, pra nunca mais deixar acontecer desgraça semelhante.

    Klaus

    15 de julho de 2011 às 23h09

    Bruno, FHC ganhou de Lula, o pai dos pobres, duas vezes. No primeiro turno, lembra? Doi.

    Helio Aguiar Filho

    15 de julho de 2011 às 23h30

    Pois e, que chato, ne?
    O povo tem memoria longa..e dificilmente muda de ideia.
    Pode aumentar seu estoque de Olcadil.

    João PR

    16 de julho de 2011 às 01h27

    Não dá para esquecer o cara que enfiou o Brasil no buraco, que quebrou o Brasil três vezes, e tem a maior cara-de-pau de posar de estadista.

    SILOÉ -RJ

    16 de julho de 2011 às 02h15

    Bruno foram tantas mazelas, tantos desmandos, tanta corrupção jogada pra debaixo do tapete, que fica difícil esquecer muito menos perdoar.


Deixe uma resposta para SILOÉ -RJ

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding