VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Política

Itamar Franco colocou Fernando Henrique Cardoso no devido lugar


03/07/2011 - 12h28

Sugestão do Midionauta e do ZePovinho





107 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Airton

10 de abril de 2012 às 08h24

Lamentável ingratidão de Itamar Franco, o falecido trapalhão, que deu essa entrevista apenas para se promover perante a sociedade e se eleger em novo cargo político.
FHC foi sim, o grande responsável pelo Plano Real (e que deu certo até hoje, 2012). E quando FHC deixou o ministério para ser candidato à Presidência, deixou tudo muito bem estruturado e programado para acontecer, como de fato, em julho de 1994, a moeda foi implantada e a inflação finalmente foi domada.
Lula e Dilma aproveitaram um excelente período de inflação baixa e progresso brasileiro, graças ao antecessor.

Responder

Dr Luiz Augusto

10 de julho de 2011 às 04h07

Não sou PSDB, nem seguidor de FHC ou qualquer cacique político, todavia eu discordo de todas as opiniões contrárias à eficácia do Plano Real.
Antes de sua implementação,
o Brasil estava mergulhado na hiper inflação e não vislumbrava nenhum sinal de luz no fim do túnel.
Era o país do investimento na especulação e naquele período, até os mais pobres opinavam pelo desemprego e faziam acordos com os patrões para depositarem o dinheiro de suas recisões trabalçhistas numa caderneta de poupança e torcerem para que no aniversário desta, a inflação elevasse o índice da caderneta.
O dólar aumentava tres vezes ao dia e os ricos ficavam cada vez mais ricos, investindo na moeda americana e também em papéis tipo Overnaight, RDB etc. O Olano Real estabilizou a economia e valorizou a moeda nacional, fazendo com que a dívida externa (em dólar) parasse de crescer diáriamente.
Se o Plano Real é uma farsa, porque o gioverno do PT não acabou com ele ?

Responder

Neco

05 de julho de 2011 às 12h17

Política reversa (de minha autoria).
Repararam no novo jeito de governar da presidente Dilma? Ela sopra um boato(meia verdade), a mídia se perturba todo, faz o maior auê, no fim ela faz exatamente como planejou fazer.
Muito esperta esta senhora.
Quietinha, sem bater de frente com ninguém, sem pirotecnias, sem nenhum apoio da mídia, sequer da base (pelo contrário: só pancadarias!).

Responder

SILOÉ -RJ

04 de julho de 2011 às 21h00

Com medo do ITAMAR vir puxar suas pernas, FHC resolveu, via JN/GLOBO ,lhe fazer justiça e reconhecer que: Ele não é PAI tambérm do PLANO REAL, OOOOHHHHH!!!!!!!!!!! Que revelação bombástica!!!!!!!!!!!
Muito bem FHC, melhor assim.
Antes tarde do que nunca.

Responder

    Roberto S.

    05 de julho de 2011 às 14h04

    Numa entrevista dada à BBC, o FHC afirmava que Itamar Franco era responsável pelo plano Real. Só aqui no Brasil, por motivos obviamente eleitoreiros, ele usurpava a responsabilidade pelo plano. Na verdade, FHC não é pai do Real e nem é pai de seu filho bastardo. O verdadeiro pai do Real eu não sei quem é, só sei que o FHC foi para os EUA e voltou com ele pronto e por coincidência era muito parecido com o plano econômico aplicado na Argentina.

Feira de hipocrisia: no velório, FHC volta a se apropriar do Real | africas

04 de julho de 2011 às 20h23

[…] “Plano Real: Itamar Franco colocou Fernando Henrique Cardoso no devido lugar”. […]

Responder

Feira de hipocrisia: no velório, FHC volta a se apropriar do Real |

04 de julho de 2011 às 20h01

[…] “Plano Real: Itamar Franco colocou Fernando Henrique Cardoso no devido lugar”. Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente. ← GDF se recusa a negociar e servidores da saúde prometem radicalizar GostoBe the first to like this post. […]

Responder

Feira de hipocrisia: no velório, FHC volta a se apropriar do Real | Conversa Afiada

04 de julho de 2011 às 19h50

[…] Não é isso que o Itamar Franco diz neste vídeo:“Plano Real: Itamar Franco colocou Fernando Henrique Cardoso no devido lugar”. […]

Responder

Feira de hipocrisia: no velório, FHC volta a se apropriar do Real Portal Cwb

04 de julho de 2011 às 19h38

[…] Não é isso que o Itamar Franco diz neste vídeo:“Plano Real: Itamar Franco colocou Fernando Henrique Cardoso no devido lugar”. […]

Responder

Nelson

04 de julho de 2011 às 17h59

Por que razão os governos dos Estados Unidos fizeram de tudo, ou ainda estão fazendo, para detonar com a Nicarágua, Cuba, Vietnam, a Iugoslávia, o Chile de Salvador Allende, o Irã dos aiatolás, a Líbia de Kadhafi, a Venezuela de Chávez, o Equador de Correa, a Bolívia de Moráles? Porque eram governos que não respeitavam os direitos democráticos de seus povos? Não. Isso é “conversa prá boi dormir”.
Era, ou ainda é, preciso detonar os governos desses países porque estes procuravam ou procuram um caminho alternativo, mais autônomo, independente. E isto significa, por exemplo, não se submeter aos ditames do duo FMI/Banco Mundial.
Então, vale perguntar outra vez. Será que se o Plano Real impulsionasse nosso país a um desenvolvimento verdadeiramente autônomo e independente, que é o que precisamos, esse duo, secundado pelos governos dos EUA e outros países ricos, teria rasgado tantos elogios a tal plano?

Responder

    anna db

    04 de julho de 2011 às 21h41

    FHC assumiu o país na oitava posição da economia mundial. Entregou na décima quinta. Mesmo assim a tucanada insiste em dizer que ele salvou a economia brasileira. So otario acredita.

    Nelson

    04 de julho de 2011 às 22h50

    É isso aí, Anna.
    Por isso, é preciso que desconstituamos toda essa aura criada em torno do Plano Real. É por isso também que temos de repetir, à exaustão, se preciso, tudo o que de nefasto trouxeram este plano e o governo dos tucanos para o povo brasileiro.

    Pedrosa

    05 de julho de 2011 às 21h58

    Dr. Nelson,
    Parabens!
    O 'duo' FMI/Banco Mundial, com a 'garras' em punho, aguardam a hora para CONTROLAR FINANCEIRAMENTE a nossa GRÉCIA por uma bacatela de 27 bilhões de euros…
    O BRASIL COM O GOVERNO DE FHC PASSOU POR ISSO – realizou vários empréstimos
    no 'duo' FMI/Banco Mundial, que, o PRESIDENTE LULA com autoridade e competência BANIU…e FHC AINDA CRIOU A 'CPMF' no valor de 40 bilhões de reais anuais, para a SAÚDE, que o Presidente Lula manteve, até a extinção no Congresso pelos apátridas oposicionistas (DEMOS/TUCANOS) !

Nelson

04 de julho de 2011 às 17h46

Foi surfando na imensa popularidade que obteve graças ao Plano Real e uma avassaladora propaganda, que Fernando Henrique Cardoso conseguiu cometer o descalabro que foi seu governo. Descalabro para a grande maioria do povo brasileiro, é óbvio, porque, para o grande empresariado, os grande proprietários, seu governo foi uma maravilha.
FHC, e seus assessores, todos mestres ou doutores em economia e administração, conseguiu multiplicar a dívida pública interna por dez, ao mesmo tempo em que privatizava quase 70% do patrimônio público pertencente ao povo. A dívida interna era de R$ 68 bilhões em janeiro de 1995 e, quando FHC entregou o poder ao Lula, em janeiro de 2003, seu montante chegava a R$ 687 bilhões.
O Plano Real não é só a redução da inflação e a quase estabilização dos preços, que é, sem dúvida, algo bom.
A privatização, ou melhor, doação, do sistema de telefonia, do fornecimento de energia elétrica, da Vale do Rio Doce, de vários bancos estaduais, do restante da siderurgia, etc, tudo isso também é Plano Real. Tudo isso foi bom somente para uns poucos que assumiram as empresas públicas/estatais. Ao povão restou o imenso desemprego gerado pelas medidas embutidas no Plano Real – desemprego do qual até hoje não nos recuperamos -, e tarifas muito, mas muito mais caras mesmo.

Responder

beattrice

04 de julho de 2011 às 14h23

Muito já se falou sobre as supostas "qualidades" do plano "irreal", fato que é que este engodo neoliberal arrrastou o país para a privataria e a perda de fato, ou de direito, através de concessões eternas, do patrimônio construído por gerações de trabalhadores.
Para entender o plano IRREAL e seu golpe contra a economia brasileira, bem como seus clones anteriores e posteriores convém ver e rever INSIDE JOB ou Trabalho Interno, oscar de melhor documentário e que desmonta e escancara a crise ainda em curso na economia americana e mundial: http://docverdade.blogspot.com/search?q=inside+jo

Responder

    José Ferraz

    04 de julho de 2011 às 15h06

    Beattrice, magnífico seu texto. Ví o filme Inside Job. Pena que poucos o tenham assistido. O capitalismo
    é autofágico. Quem viver verá.
    Mauricio.

    João

    04 de julho de 2011 às 20h43

    acho q vc não entendeu o filme…

    a crise (e o filme retrata isso) não tem nada a ver com capitalismo e sim com CRIME, MANIPULAÇÃO, DESREGULAMENTAÇÃO, FRAUDE e afins…

    em relação ao Plano Real, foi um sucesso!

    sucesso q os petistas do "quanto pior melhor" lamentam até hj, olha q coisa…

    Nelson

    04 de julho de 2011 às 22h47

    João.
    Lembro de uma frase, de autoria do Alfred Neumann, que li na revista Mad há muitos anos. Ela resumia de forma clara, por demais, o que é o capitalismo:
    "Um país capitalista se faz com homens corruptos e livros caixas rasurados".
    O Neumann acertou em cheio. Não precisa acrescentar mais nada.

    João

    05 de julho de 2011 às 11h44

    já eu lembro de uma frase de Churchil sobre as diferenças entre capitalismo e comunismo…

    "no capitalismo, o homem explora o homem… no socialismo, é justamente o contrário!"

    rsrsrsrsrsrs

    João

    05 de julho de 2011 às 14h53

    errata…

    a frase citada não é de Churchil e sim de John Kenneth Galbraith, economista americano…

    beattrice

    04 de julho de 2011 às 23h08

    O capitalismo vem se sustentando graças a crimes, manipulações, desregulamentações e fraudes.
    Aliás, o tal plano irreal foi uma grande fraude, inclusive eleitoral.

    João

    05 de julho de 2011 às 11h46

    q bobagem, menina…

    sobre o plano Real, foi uma "fraude" q deu certo, né?

    sei sei…

    deve mesmo ser dificil pra alguns aceitar o sucesso de outros!

    Virgínia

    10 de julho de 2011 às 22h45

    é João, ainda existe uma militância anacéfala que acredita que o comunismo é a redenção da humanidade. Através da memória seletiva esquecem como era o Brasil antes do Plano Real e como ficou depois, principalmente em relação à superinflação. Também não enxergam o aparelhamento e a corrupção desse governo que está aí, acham que a política é como futebol, o partido é uma porcaria, rouba o dinheiro deles e eles não abandonam o partido, (antes que algum militante diga alguma coisa, não sou do psdb e nem de nenhum outro partido).

    Acho deprimente como algumas pessoas em nome de preferências políticas e partidárias, deixam de lado valores e princípios éticos…

    Jésus Araújo

    11 de julho de 2011 às 18h21

    Virgínia
    Não aceitar o plano real é ser comunista? Donde tirou isto? Outa coisa: em ciências sociais não existe uma única solução; o fato social (ao contrário dos fenômenos naturais) é complexo. O técnico é o que sabe como funciona e propõe as diversas soluções e os prováveis resultados decorrentes; o político (que pode ser o próprio técnico, se entender da questão) escolhe a solução mais conveniente a ele e ao seu grupo, e aí entram interesses pessoais e de classe, compromissos etc., ou o intresse coletivo, se é político correto e ético. Ciência social não é ciência exata; lembre Collor confiscando a poupança e justificando que era o único meio de acabar com a inflação. O plano real saiu muito caro para o povo brasileiro, apesar do benefício da estabilização econômica, e tais consequências perversas perduram. Não sei se você estudou ciências sociais. Melhoraria muito sua análise, já que possui uma confessa boa condição: não ter partido político e, portanto, não ser levada por paixões políticas.

    Jésus Araújo

    11 de julho de 2011 às 18h40

    Respondi para Virgínia. E pergunto: por que os e-mails dos comentarista não devem ser expostos? O Brasil precisa de que seus cidadãos debatam os problemas do país, e a internet é o melhor e mais propício instrumento para isto; o e-mail (opcional, alguns querem apenas pronunciar um diktat) permitirá maior aproximação e diálogo (muitos comentaristas não voltam a ver a página de seu comentário, muitas vezes substituída por outra de outra questão).

    João

    13 de julho de 2011 às 10h25

    evidentemente q não aceirar o plano Real não é sinonimo de comunismo… mas é sinonimo de PARTIDARISMO… o mesmo q o Sr alega não ter!

    tinha outras opções melhores q o Plano Real? quais? pq não foram oferecidas e implantadas ANTES?

    o Plano Real saiu muito caro pra quem? pro POVO? quem disse isso? qual foi o "preço" q o povo pagou pelo Plano Real? quais as "consequencias perversas"?

    o Sr já ouviu falar em "imposto inflacionário"? e sabe quem paga? O POVO!!!!!!!

    o Sr tb parece ter boa condição e pelo visto deve ter estudado "ciencias sociais", pelo jeito q fala q isso muda a vida da gente…

    pena q isso não melhorou o seu poder de análise!

Marcelo de Matos

04 de julho de 2011 às 11h27

Sempre pensei que planos como Cruzado, Verão, Bresser e Collor fossem criação de economistas. Nem seriam obra de uma única cabeça. O Plano Real, a meu ver, deve ter tido a mão de Pedro Malan, Gustavo Franco, Pérsio Arida, entre outros. É como a invenção do computador que surgiu de uma soma de contribuições individuais. Disputaram ou disputam a paternidade do Real o sociólogo FHC, o engenheiro civil Itamar Franco, o bacharel em Direito Rubens Ricupero (o das parabólicas). Vai ser difícil encontrar o verdadeiro pai do Real. Não é difícil, porém, ver quem foi seu maior beneficiário: FHC, eleito duas vezes nas pegadas da nova moeda.

Responder

ZePovinho

04 de julho de 2011 às 10h48

Enquanto FHC se pavoneava por aí,o mineirinho comia quietinho e corneava FHC,mais uma vez.Como é triste a vida de Corno de Quenga!!!

[youtube LSMCeqMs_fc http://www.youtube.com/watch?v=LSMCeqMs_fc youtube]

Responder

Klaus

04 de julho de 2011 às 08h27

Ao lembrar Getúlio Vargas, Itamar Franco disse: "Lula tornou-se um mito, mas mitos e muros também são derrubados."

Responder

Estrela

04 de julho de 2011 às 05h58

O Plano Real foi o mesmo feito na Grécia que hoje está em estado de calamidade.
No Brasil, só não chegou a isso porque Lula assumiu e desviou-se do neoliberalismo e das privatizações.

Caso contrário seríamos nós a fazer revolução nos dias de hoje porque o Brasil estaria no esgoto.

Responder

SILOÉ -RJ

04 de julho de 2011 às 02h26

Itamar foi tão FP… que nos deixou de herança no seu lugar, um dos maiores corruptos de MG.
Que a terra lhe seja tão pesada quanto essa cruz que teremos que carregar.

Responder

SILOÉ -RJ

04 de julho de 2011 às 02h12

Cuidado SARNEY e FHC, O melhor que vocês têm a fazer é ir pra casa curtir os netos.
A fila está andando, hein!!!

Responder

    João

    04 de julho de 2011 às 19h59

    bom…

    Lula tb é ex… e deve ter um figado bem castigado!

    rsrsrsrs

    SILOÉ -RJ

    04 de julho de 2011 às 20h45

    Sim, mas é bem mais jovem e como dizem que cachaça conserva… Periga um de nós tomármos o seu lugar na fila.

Alberto

04 de julho de 2011 às 01h51

HUauhauhahuahuauh esse lugar é patético

Responder

Jose Soberano

04 de julho de 2011 às 01h01

itamar nunca passou de vice de collor,,,
plano real foi plano para paizes desenvolvimento como brasil, argentina, venezuela, equador, fillipinas, turquia, colombia, etc etc,,,

collor fez parte impopular, tirar liquidez, (mesmo valores inclusive que na argentina) parte que indexacao ao dolar que momentaneamente traria um ganho, derrubaram collor e botaram fhc,,,,

itamar? quem foi,,,,

Responder

ZePovinho

04 de julho de 2011 às 00h07

FHC!!Está senil,é um mentiroso contumaz e deve se borrar nas calças frequentemente.Como se diz na minha terra:-Todo cagado!!!!!!!!!!!!!

Responder

damastor dagobé

03 de julho de 2011 às 22h47

Por que Dilma ama FHC
Depois dos afagos mútuos, a presidente e o ex estreitam relações, enquanto tucanos e petistas torcem o nariz. Agora ela se prepara para escalá-lo em missões de Estado, assim como fez com Lula

Responder

    SILOÉ -RJ

    04 de julho de 2011 às 22h42

    Ótimo, quanto mais longa e distante melhor. Faço votos para que ele se saia muito bem e possa ir a várias.

Gerson Carneiro

03 de julho de 2011 às 22h24

Detalhe: FHC não compareceu no velório do Itamar Franco.

Responder

    Estrela

    04 de julho de 2011 às 05h55

    Ele deve ir em Belo Horizonte ao lado de Dilma.
    Vai ter mais visibilidade para os pombinhos.

    Antônio de Sampaio

    04 de julho de 2011 às 10h03

    Mas aqueles que tentaram derrubá-lo compareceram.

    Antônio de Sampaio

    04 de julho de 2011 às 11h12

    Me refiro a Lula e aos petistas… pra quem não lembram (essa turma costuma ter memória seletiva), o PT, comandado por Lula, levantou a tese de que Itamar deveria ser cassado junto com Collor, ou seja, Lula e o PT tentaram derrubar Itamar.

    Lula também foi contra o Real e todas as medidas para garantir a estabilização da economia levadas a cabo por Fernando Henrique (no poder, se apoderaram de todas elas), mas isso é outra história.

    riorevolta

    04 de julho de 2011 às 13h05

    O Plano Real foi um crime econômico astronômico. Durou uns 3 anos e quebrou o país. Depois de 1997 do Plano mesmo só tinha o nome, todos os pressupostos econômicos que ele usou foram largados e novas decisões foram sendo erroneamente tomadas (quebrando o país duas vezes novamente). Vale lembrar que o que chamam de 'década perdida' (os anos 80) tiveram similar média de crescimento econômico que os 'gloriosos' anos ultra-neoliberais de 92 a 2002.

    O plano real não foi muito diferente dos planos de austeridade que esmagam a grécia atualmente. Só que aqui nos venderam como a reinvenção da roda, dilapidaram nossa industria de base e de consumo em nome do controle da inflação que já vinha em drástica queda no mundo inteiro (vale lembrar que inflação alta não era exclusividade brasileira nos anos 80, todos os países ricos tinham inflação de 2 dígitos naquela época.

    Recomendo o livro do mestre Theotonio dos Santos "Do Terror à Esperança: Auge e Declínio do Neoliberalismo".

    Virginia

    10 de julho de 2011 às 22h52

    Ah sim, e seu "mestre" comunista deve também acreditar que o lula que arrumou a economia brasileira, que antes dele não existia nada, que a superinflação de antes do Plano Real era coisa do imperialismo norte-americano. Seu "mestre" deve achar também que foi o presidente lula que regorjitou o pré-sal na bacia de santos… nem precisa-se ler o livro de seu "mestre"para saber quais são as intenções por trás de tanta sabedoria…

    beattrice

    04 de julho de 2011 às 10h47

    FHC só vai ao velório dele daqui pra frente.

    Janah

    04 de julho de 2011 às 17h14

    Estava ao lado da Dilma em BH

Artur

03 de julho de 2011 às 21h43

Escrevo para este site porque aqui no Paraná não há jornalismo e jornalistas éticos e comprometidos com seu juramento profissional. Vejam o que o "Procurador do Estado" que quer ser membro do Tribunal de Contas do Estado fez para tirar o irmão do Requião (eleito legalmente pela Assembléia) do cargo:
Por sorte há, aqui no Paraná, um jornalista sério e comprometido. Vejam a matéria em que o procurador plageia e comete um crime de mentira: http://www.gazetadopovo.com.br/colunistas/conteud….

Este procurador é o preferido do atual governador-enganador, Beto Richa. Aquele que censura blogs e pesquisas eleitorais. Aliás, o Bonilha tem sobrenome de instituto de pesquisa daqui do Paraná. Mas este não foi censurado nas últimas eleições.

Mas o que me dá um alento é saber que na Bíblia diz que os canalhas serão todos desmascarados. E eu creio nela.

Responder

    beattrice

    04 de julho de 2011 às 13h55

    Está aí uma excelente pergunta: quais são os critérios técnicos que deveriam ser, enão saõ, obedecidos apra nomeações no Tribunal de Contas dos Estados.
    No RJ por ex, recentemente, foi membro do TCE o senhor Cabral, pai do mesmo, pode?

SEBASTIÃO FACA

03 de julho de 2011 às 21h35

Já havia assistido a esse vidio, para quem ainda não viu, eis aí o testemunho ainda em vida da maior injustiça praticada pelo PIG contra um presidente que deu fim a suprinflação no BRASIL, publicou incontaveis mentiras sobre a altoria do plano real que opovo brasileiro manipulado verdadeiramente acredita que o FHC, é o verdadeiro idealizador e dono do plano REAL..
Agora vejam o carater do FHC, nunca veio a público se dignar a dizer a verdade, eis aí um verdadeiro usurpador, um traira da melhor qualidade, ferrou o homem do topede sempre que pode, comprou o pmdb, comprou a reeleição, acabou com as pretenções politicas do itamar, e tem mais, isso tudo depois que o itamar o ressuscitou para a politica , pois o mesmo na época estava em portugal na prateleira do esquecimento, o pagamento que ele deu? cuspiu na mão de quem o tratou como amigo, Tucanos são sempre assim.

Responder

Marcia

03 de julho de 2011 às 21h27

Piadinha infame: na mesma semana, FHC perdeu a paternidade genética do filho da jornalista da Globo e do plano real, já que Itamar morto virou o legítimo "pai da estabilidade econômica". Só mesmo abrindo a mente pra tragar tamanha despaternização!

Responder

Fabio_Passos

03 de julho de 2011 às 20h52

Gostava do Itamar.
A oposição, que já era uma merda, agora não tem sequer um representante que valha a pena prestar atenção.

Itamar cometeu muitos erros quando presidente.
Cedeu aos interesses da gangue privata do psdb para vender a CSN, por ex.

E seu erro mais terrível, que ele mesmo admitiu, foi ter apoiado fhc para presidente.

Itamar deixou o governo com imensa aprovação.
Seu sucessor, joaquim silvério dos reis, o pior presidente da história do Brasil, deixou o governo rejeitado pela população e hoje, se der as caras em um bairro popular, corre risco de levar pedradas.

Responder

PAULO

03 de julho de 2011 às 20h22

NÃO AO AI-5 DIGITAL!!!!
NO UOL SAIU MATÉRIA COMO QUEM NAO QUER NADA MOSTRANDO OS 'BENEFICIOS´ DA REGULAMENTACAO DA INTERNET, ELES JA ESTAO EM CAMPANHA E NÓS VAMOS COMER MOSCA COMO O GOVERNO E DEIXAR PARA CHORAR O LEITE DEPOIS DE DERRAMADO?

Responder

ZePovinho

03 de julho de 2011 às 19h43

O Corno de Quenga FHC,agora,foi corneado por Itamar- que riu por último.O Corno de Quenga sempre dizendo que o Plano Real era dele e Itamar era o pai.KKKKKKKKKKKKKKK!!!!!!!!!!!!!!!!
Eu não concordo em tudo com o Plano Real,mas adoro mostrar que FHC roubou mais um ideia dos outros.

Responder

MGsemcensura

03 de julho de 2011 às 19h34

Itamar, mesmo presidindo o BDMG, indicado por Aécio, sempre se referia ao choque de gestão como conversa fiada! Seu governo foi retaliado por FHC e Aécio, seja como deputado federal, seja como presidente da Câmara (2001-2002) se aproveitou disso para se impor como candidato.

Responder

Midionauta

03 de julho de 2011 às 19h05

Parabéns, FHC.
:D

Responder

Taques

03 de julho de 2011 às 18h42

O devido lugar de FHC na história brasileira está bem descrito na carta enviada pela presidente Dilma.

Volto a repetir: em seu curto governo, Itamar, antes de nomear FHC, fracassou na condução da economia tendo nomeado para a Fazenda os senhores Gustavo Krause, Paulo Haddad e Elizeu Rezende que, juntos, não ficaram mais do que seis meses no comando da pasta.

São fatos.

PS: O choro continua livre, portanto, fiquem à vontade. Abraços.

Responder

    tulio

    03 de julho de 2011 às 20h17

    O lugar do THC na história pode ter qualquer contexto, mas o importante mesmo é o que o POVO sente por ele:
    ÓDIO E DESPREZO! BASTA.

    Taques

    03 de julho de 2011 às 21h35

    Qual povo, companheiro ???

    O mesmo que o elegeu e o reelegeu com votações maciças em 1º turno contra Lula ???

    Como já disse, o choro é livre …

    Aline C Pavia

    04 de julho de 2011 às 01h16

    O mesmo povo que elegeu Lula 2 vezes e Dilma uma vez. 3 x 2, portanto.
    Com uma vitória esmagadora de Dilma sobre Serra em MG de troco pra vc.

    ana

    04 de julho de 2011 às 05h24

    Não, o povo que o desprezou ao acordar para a realidade, reprovando seu governicho. Em maio de 2000, FHC amargava 53% de rejeição. Em junho de 2000, atingiu o recorde de avaliação negativa de seu segundo mandato: 59%. Por que FHC não compareceu ao velorio de Itamar, o pai do plano real?
    Para não levar uma sonora vaia.

    Janah

    04 de julho de 2011 às 17h20

    Ele estava ao lado da Dilma em BH

    Juca

    04 de julho de 2011 às 05h34

    Sim, o mesmo que derrotou os candidatos de FHC (Serra, Alckmin e Serra), por lavada, nas eleições de 2002, 2006 e 2010. Se o cornão "diamante" (a mais alta categoria de corno) se candidatar agora não ganha nem pra vereador.

    Gerson Carneiro

    04 de julho de 2011 às 07h24

    O mesmo povo que hoje não quer FHC nem pintado de ouro.

    "choro é livre", Taques.

    Taques

    04 de julho de 2011 às 13h27

    FHC 2 x 0 Lula.

    Zé fini !!!

    Virginia

    10 de julho de 2011 às 22h55

    Pois é, pensando assim, o pt pode roubar a vontade, aparelhar todo o estado, destruir os valores éticos da sociedade, mas o que importa é ser popular… quanta hipocrisia

    Gerson Carneiro

    04 de julho de 2011 às 07h26

    Aqui o Taques faz um esforço tremendo para desdizer o que o próprio Itamar diz.
    O Taques querendo desdizer o Itamar. É uma piada, né.

    PS: O choro continua livre, portanto, fiquem à vontade. Abraço.

    priscila presotto

    04 de julho de 2011 às 10h38

    Taques, vc é ótimo contando piadas!!!!!!!!
    Por favor conte mais!!
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

assalariado.

03 de julho de 2011 às 18h01

Ora,caros assalariados, não sejamos ingênuos. O plano real foi bom para o capital mundial, justamente, porque os donos dos meios de produção, para se perpetuar como modo de produção capitalista, tem que ter um minimo de estabilidade econômica, para que, as elites do capital internacional naveguem ao sabor certeiro dos seus lucros. O Brasil, era e é, continua sendo, um dos países onde os exploradores capitalistas mais extraem (MAIS VALIA), dos colaboradores por metro quadrado, no planeta.

Por outro lado,menos ruim para os explorados e os assalariados em geral porque, o equilibrio do deus mercado, desta forma, poderemos escolher se queremos sermos explorados nos salários, miseráveis, com inflação ou sem, é isto que esta aí! E ainda temos que agradecer os nossos algozes mercantilistas pela "bem" feitoria (do plano real), pela burguesia capitalista e seus gerentes/ governos, de plantão.É o mesmo que dizer para os assalariados,voces querem morrer mais rapido,ou devagarinho. Vamos dar vivas a santa burguesia por ter nos dado mais alguns dias de vida. Começou pelo Itamar, passou por FHC, o seu Lula assinou embaixo e a dona Dilma foi no embalo. Realmente são ótimos gerentes do capital. Para a classe trabalhadora nunca tem dinheiro, já para os capitalistas da globalização…

Responder

Rafael

03 de julho de 2011 às 17h46

Só acho o seguinte por que no momento em que aconteceram os fatos o Itamar não se manifestou?

Responder

Gerson Carneiro

03 de julho de 2011 às 17h23

A casa caiu, FHC.
Perdeu playboy.

Responder

    beattrice

    04 de julho de 2011 às 13h58

    Ele deve preferir no idioma da Sorbonne, aquele no qual ele de fato não sabe sequer dar bom dia:
    "la maison est tombée".

José DF

03 de julho de 2011 às 17h07

O Fernando Henrique levou duas eleições em cima do Lula com essa lorota de criador do plano real.
O Serra bem que tentou seguir o caminho da manipulação e da mentira ao se apresentar aos incautos como
inventor dos medicamentos genéricos, programa de combate a aids e pasmem, seguro desemprego.
Os tucanos são assim. Como não tem idéias próprias, tentam se apropriar das dos outros. E acabam passando por esse vexame que o vídeo revela: uma fraude consumada.

Responder

    Rafael

    03 de julho de 2011 às 17h45

    Interessante que nada dessas criações tiveram idéia ou até participação dos tucanos, depois que o filho nasce e vê que é bonito daí é pai.

    SILOÉ -RJ

    04 de julho de 2011 às 02h20

    Engano seu, Rafael. Nem de filho bonito eles são os pais , vide FHC.

@ggalvao61

03 de julho de 2011 às 15h39

Realmente colocou no lugar que ele quis: a Presidência da República. Ao aceitar a ilegalidade da assinatura do FHC na cédula do Real, deu o mote para a campanha presidencial dos tucanos.

Responder

Carmem Leporace

03 de julho de 2011 às 15h04

Qual era o Plano Ecnômico de Lula para acabar com a híper inflação?

Tá registrado no cartório de Garanhus ou São Bernardo?

Responder

    Leider_Lincoln

    03 de julho de 2011 às 16h08

    Está registrado num cartório da Rua Domingos Fernandes, na Vila Nova Conceição, aí mesmo em São Paulo…

    edv

    03 de julho de 2011 às 16h20

    De novo, seu Carmen?!
    Muda o disco…
    O FHC se apropria até de filho que não é dele,e assina nota que não fez…
    Pra que cartório?
    Mas que lenga lenga!

    yacov

    03 de julho de 2011 às 16h41

    Carmem , vai chupar um cactus, vai minha filha… Deixa de ser besta, manézona!!! O Plano Real acabou com a hiperinflação porque já havia um movimento deflacionário no mundo, o que não havia antes, por isso os outros planos não deram certo. Além do mais, o Plano Real nivelou salários por baixo, desrespeitando reajustes, datas bases e direitos dos trabalhadores, e os preços por cima. Mesmo assim , os "mais-preparados & CHeirosos" canalhas jogaram os juros nas alturas, para conter a inflação e nem assim conseguiram fazê-lo. Em 2002 a inflação estava em 12,5%. O plano do LULA para acabar com a inflação foi fazer o básico, distribuir a renda e trabalhar os fundamentos da macroeconomia de forma eficiente, séria e honesta. Só isso, coisa que os babacas dos CHICAGO BOYS DO FDP, DIGO, fhc, nunca conseguiram fazer!!! OTÁRIA..

    "O BRASIL PARA TODOS não passa na glOBo – O que passa na glOBo é um braZil para TOLOS"

    Nelson Menezes

    03 de julho de 2011 às 19h05

    ValeuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuYACOv

    ana

    04 de julho de 2011 às 05h27

    Carmem, a Trolltaria desonesta!

    ROBERTO

    03 de julho de 2011 às 19h21

    Carmem,

    Plano para acabar a hiperinflação (grafia correta), é um bom mote para a campanha de 2014… Só me resta saber se capitalizará votos para os entregadores do Brasil. Tenham paciência, você, as viúvas e os órfãos dos demotucanos. Na verdade, o que assusta todos vocês é que Dilma será muito melhor que Lula e aquele discurso preconceituoso não terá mais nenhuma eficácia.

    BERTOLDO

    04 de julho de 2011 às 09h18

    pô Carmem,vc parece aquela atriz que dizia ter medo,e agora ela ainda tem medo?

Fabio SP

03 de julho de 2011 às 14h56

"Itamar Franco colocou Fernando Henrique Cardoso no devido lugar"

Colocou ele como presidente?

Responder

    Leider_Lincoln

    03 de julho de 2011 às 16h04

    Não, quem fez isso foi a Globo! Com apoio da Miriam Dutra…

    Scan

    03 de julho de 2011 às 19h46

    A Globo com a ajuda dos demais retardados como o senhor Fabio…

Gustavo Pamplona

03 de julho de 2011 às 14h41

Analisem esta "reporcagem" aí
http://g1.globo.com/videos/jornal-nacional/v/inte

E de novo… A Dilma "obedecendo" ao PIG. É ou não é uma coisa interessante.

—-
Desde Jun/2007 analisando reporcagens do PIG no "Vi o Mundo"! ;-)

Responder

Nelson

03 de julho de 2011 às 14h11

Uma perguntinha simples.
Fosse o Plano Real bom mesmo para o Brasil e seu povo como um todo, teria recebido elogios do duo FMI/Banco Mundial e dos governos dos países ricos?

Responder

    Werner_Piana

    03 de julho de 2011 às 15h20

    Matou a charada, Nelson.
    E não se fala mais nisso…

Nelson

03 de julho de 2011 às 14h09

Já afirmei isto aqui e volto a repetir: o Plano Real foi, possivelmente, o pior, o mais deletério plano econômico impingido ao povo brasileiro. O Plano Real não foi apenas aquilo que aparece, de bom: a redução da inflação e quase estabilidade no preços. Quase estabilidade, eu digo, diante de índices de 15%, 20%, 30% ou mais mensais que chegamos a ter na década de 1980.
Mas, o que não é debatido, mostrado, discutido, é a situação caótica em que o Brasil foi jogado a partir de tal plano. Além de privatizar – doar, para ser mais preciso – quase 70% do patrimônio do povo brasileiro embalado no sucesso do Plano Real, FHC multiplicou por dez a dívida pública interna e pôs o país inteiramente genuflexo diante do grande capital financeiro, nacional e estrangeiro.
Genuflexão que, possivelmente, levaremos décadas para dela escapar – se conseguirmos -, pois o Brasil ficou quase que completamente enredado por aquilo que chamaram poposamente de liberalização de desregulação da economia.
Em suma, o Plano Real foi, como os anteriores, Cruzado, Bresser 1 e 2, Verão e Collor, mais um plano econômico arquitetado para garantir que os donos do capital, os grandes proprietários, o grande empresariado, pudessem seguir engordando seus lucros e mantendo seus privilégios.
Portanto, para mim, o Sr Itamar reivindicar a paternidade do Plano Real significa um, ou mais um, ponto negativo em sua carreira política.

Responder

    francisco.latorre

    03 de julho de 2011 às 19h28

    isso. aí.

    ..

    Hell Back™

    03 de julho de 2011 às 23h35

    E além do mais, o tal do neoliberalismo, não deu certo nem no seu país de origem. O melhor exemplo disso é a recente crise imobiliária americana.

Uélintom

03 de julho de 2011 às 13h48

Rapaz, digaí

A bruxa tá solta pro lado dos ex-vice-presidentes, ein! Primeiro José Alencar, agora Itamar.

Será que o Marco Maciel já encomendou a benzedeira?…

Responder

    ZePovinho

    03 de julho de 2011 às 15h35

    Fala não,Uéliton.FHC está com 80 anos e………………………..

    Hell Back™

    03 de julho de 2011 às 23h52

    Olha Zé, se depender de mim, vai ter uma semana de carnaval se o FHC "vestir o pijama de madeira".

Marco A.

03 de julho de 2011 às 13h31

Não encontrei o link da matéria no G1 mas, segundo o JN de ontem, Itamar colaborou com seu ministro (FHC) na implantação do plano econômico.

'As favas, com a história do País.

Responder

ricardo silveira

03 de julho de 2011 às 13h18

Dois embusteiros: FHC e Serra, o primeiro com o Plano Real e o segundo com os genéricos. São gente muito fina!

Responder

Davi Neves

03 de julho de 2011 às 13h16

Gde coisa … o Itamar era patético. Por causa dele e das parabólicas o FHC ficou 8 anos no governo e este quase acabou com as pesquisas científicas no país … No Brasil, depois que morre vira santo mesmo. No caso do Paulo renato eu fiquei surpreso com a coragem dos alunos de sua geração … todos manifestamos a péssima figura política que este foi, já no caso do Itamar vejo pessoas da "esquerda" vibrando com as atitudes do Itamar, como o caso Furnas … esquecem estes que foi Furnas (cuja diretoria foi posta por Itamar-93) que financiou a campanha dos espancadores de professores: Aécio e Serra em 2002 … além de um jovem de Varginha que já está em Brasilia: Dimas Fabiano (PP). Itamar, mais um pilantra mineiro: come quieto!

Responder

    M. S. Romares

    03 de julho de 2011 às 13h56

    É sempre lembrar de quem fez o que, Davi. Suas lembranças são muito boas e agora o patético "topetudo por dinheiro" vai virar santo. Eita memória curta essa nossa.

    yacov

    03 de julho de 2011 às 16h48

    Concordo que o Itamar era um cara cheio de contradições… Mas não se pode negar o seu nacionalismo. De qualquer maneira penso que ele está mais para "inocente-útil" do que para ENTREGUISTA safado, com são todos os PIG-DEMo-TUCANALHAS e as "zelites Maiz-preparadaz & Cheirozaz" do braZil.

    "O BRASIL PARA TODOS não passa na glOBo – O que passa na glOBo é um braZil para TOLOS"

ZePovinho

03 de julho de 2011 às 13h16

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia

Jaime Sautchuk: O uso do Agente Laranja na Amazônia

Grande parte das 4 toneladas de agrotóxicos apreendidas pelo Ibama semana passada, na fronteira de Rondônia com o Amazonas, é do reagente 2,4D, que vinha sendo usado para desfolhar floresta, antes do desmate completo. Só que este é um dos dois principais componentes do Agente Laranja, que fez atrocidades no Vietnã, na década de 1960.

Por Jaime Sautchuk

Responder

Benny

03 de julho de 2011 às 13h09

Isso passou na Globo? Quanta inocência minha……

Responder

    Hell Back™

    03 de julho de 2011 às 22h53

    Rede Globo? Não conheço essa emissora. É uma rede ianque?

    Aline C Pavia

    04 de julho de 2011 às 01h20

    Ariano Suassuna falou quase exatamente isso sobre a Globo e o Big Brother. Faz-se luz aos poucos, ainda hei de ver o fim desse lixo e da Editora Abril, se Deus quiser, de camarote.

ZePovinho

03 de julho de 2011 às 13h06

O crédito,naturalmente,é do Midionauta.O Azenha foi generoso comigo.Valeu,Azenha!!

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding