VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Política

Leandro Fortes: Jobim, o ministro X-9


30/11/2010 - 19h11

por Leandro Fortes, no Brasília, eu vi

Uma informação incrível, revelada graças às inconfidências do Wikileaks, circula ainda impunemente pela equipe de transição da presidente eleita Dilma Rousseff: o ministro da Defesa, Nelson Jobim, costumava almoçar com o ex-embaixador dos Estados Unidos no Brasil Clifford Sobel para falar mal da diplomacia brasileira e passar informes variados. Para agradar o interlocutor e se mostrar como aliado preferencial dentro do governo Lula, Jobim, ministro de Estado, menosprezava o Itamaraty, apresentado como cidadela antiamericana, e denunciava um colega de governo, o embaixador Samuel Pinheiro Guimarães, como militante antiyankee. Segundo o relato produzido por Clifford Sobel, divulgado pelo Wikileaks, Jobim disse que Guimarães “odeia os EUA” e trabalha para “criar problemas” na relação entre os dois países.

Para quem não sabe, Samuel Pinheiro Guimarães, vice-chanceler do Brasil na época em que Jobim participava de convescotes na embaixada americana em Brasília, é o atual ministro-chefe da Secretaria Assuntos Estratégicos da Presidência da República (SAE). O Ministério da Defesa e a SAE são corresponsáveis pela Estratégia Nacional de Defesa , um documento de Estado montado por Jobim e pelo antecessor de Samuel Guimarães, o advogado Mangabeira Unger – com quem, aliás, Jobim parecia se dar muito bem. Talvez porque Unger, professor em Harvard, é quase um americano, com sotaque e tudo.

Após a divulgação dos telegramas de Sobel ao Departamento de Estado dos EUA, Jobim foi obrigado a se pronunciar a respeito. Em nota oficial, admitiu que realmente “em algum momento” (qual?) conversou sobre Pinheiro com o embaixador americano, mas, na oportunidade, afirma tê-lo mencionado “com respeito”. Para Jobim, o ministro da SAE é “um nacionalista, um homem que ama profundamente o Brasil”, e que Sobel o interpretou mal. Como a chefe do Departamento de Estado dos EUA, Hillary Clinton, decretou silêncio mundial sobre o tema e iniciou uma cruzada contra o Wikileaks, é bem provável que ainda vamos demorar um bocado até ouvir a versão de Mr. Sobel sobre o verdadeiro teor das conversas com Jobim. Por ora, temos apenas a certeza, confirmada pelo ministro brasileiro, de que elas ocorreram “em algum momento”.

Mais adiante, em outro informe recolhido no WikiLeaks, descobrimos que o solícito Nelson Jobim outra vez atuou como diligente informante do embaixador Sobel para tratar da saúde de um notório desafeto dos EUA na América do Sul, o presidente da Bolívia, Evo Morales. Por meio de Jobim, o embaixador Sobel foi informado que Morales teria um “grave tumor” localizado na cabeça. Jobim soube da novidade em 15 de janeiro de 2009, durante uma reunião realizada em La Paz, onde esteve com o presidente Lula. Uma semana depois, em 22 de janeiro, Sobel telegrafava ao Departamento de Estado, em Washington, exultante com a fofoca.

No despacho, Sobel revela que Jobim foi além do simples papel de informante. Teceu, por assim dizer, considerações altamente pertinentes. Jobim revelou ao embaixador americano que Lula tinha oferecido a Morales exame e tratamento em um hospital em São Paulo. A oferta, revela Sobel no telegrama a Washington, com base nas informações de Jobim, acabou protelada porque a Bolívia passava por um “delicado momento político”, o referendo, realizado em 25 de janeiro do ano passado, que aprovou a nova Constituição do país. “O tumor poderia explicar por que Morales demonstrou estar desconcentrado nessa e em outras reuniões recentes”, avisou Jobim, segundo o amigo embaixador.

Não por outra razão, Nelson Jobim é classificado pelo embaixador Clifford Sobel como “talvez um dos mais confiáveis líderes no Brasil”. Não é difícil, à luz do Wikileaks, compreender tamanha admiração. Resta saber se, depois da divulgação desses telegramas, a presidente eleita Dilma Rousseff ainda terá argumentos para manter Jobim na pasta da Defesa, mesmo que por indicação de Lula. Há outros e piores precedentes em questão.

Jobim está no centro da farsa que derrubou o delegado Paulo Lacerda da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), acusado de grampear o ministro Gilmar Mendes, do STF. Jobim apresentou a Lula provas falsas da existência de equipamentos de escutas que teriam sido usados por Lacerda para investigar Mendes. Foi desmentido pelo Exército. Mas, incrivelmente, continuou no cargo. Em seguida, Jobim deu guarida aos comandantes das forças armadas e ameaçou renunciar ao cargo junto com eles caso o governo mantivesse no texto do Plano Nacional de Direitos Humanos a idéia (!) da instalação da Comissão da Verdade para investigar as torturas e os assassinatos durante a ditadura militar. Lula cedeu à chantagem e manteve Jobim no cargo.

Agora, Nelson Jobim, ministro da Defesa do Brasil, foi pego servindo de informante da Embaixada dos Estados Unidos. Isso depois de Lula ter consolidado, à custa de enorme esforço do Itamaraty e da diplomacia brasileira, uma imagem internacional independente e corajosa, justamente em contraponto à política anterior, formalizada no governo FHC, de absoluta subserviência aos interesses dos EUA.

Foi preciso oito anos para o país se livrar da imagem infame do ex-ministro das Relações Exteriores Celso Lafer tirando os sapatos no aeroporto de Miami, em dezembro de 2002, para ser revistado por seguranças americanos.

De certa forma, os telegramas de Clifford Sobel nos deixaram, outra vez, descalços no quintal do império.



Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


81 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Mário SF Alves

05 de dezembro de 2010 às 01h19

P…! Não entendo mais nada. O que tem a ver o pensamento anti-americano do embaixador com a política do Itamarati? Uma coisa é o pensamento, outra coisa é ação prática da diplomacia do Órgão. A dúvida é: e era preciso ou necessário encaminhar esse tipo de informação ao conhecimento do Departamento de Estado dos EUA? O problema todo é que, a inferir pelos documentos já divulgados, a coisa obedece a um padrão, sim. Foi assim com o Brasil. Foi assim com HONDURAS; com a Argentina; com a Turquia; com o Chile; com a França; com a Líbia e com "n" outros Países. Isso já é quase que um padrão e, pelo visto, bem mais que um campeonato internacional de fofocas. Então… tratos à bola!

Responder

a barbosa filho

02 de dezembro de 2010 às 07h46

E a torcida grita (olha o ritmo!):

Jobim/
Vai por mim/
Pede prá sair!!!

Responder

Marcelo Fraga

01 de dezembro de 2010 às 18h22

Não importa o que ele fez a mais. O pior de tudo foi aquela chantagem para acabar com a Comissão da Verdade. Ali ele se mostrou capacho e totalmente à favor dos torturadores. E impediu o povo brasileiro de saber a verdade. E para mim, esconder a verdade do povo é uma das piores coisas que se pode fazer. É limitar o conhecimento das pessoas, é alimentar a sua ignorância (relativa e não total, claro, pois quem acha que o povo é de todo ignorante são os reacionários). É por esse motivo que sou tão à favor da democratização das comunicações, pois a imprensa faz a mesma coisa o que o Jobim, mente para o povo.

Responder

Luci

01 de dezembro de 2010 às 13h02

Quem será na verdade que determinou que as tropas invadissem o morro? O tráfico não foi extinto. Jobim apoiou a ação. Agora todas as ações (políticas) que ele aprovou estão sob suspeita?

Responder

barão da barão

01 de dezembro de 2010 às 11h44

O exército subiu o morro. E agora?
http://hypogrifo.blogspot.com/2010/12/o-exercito-

Responder

Artur

01 de dezembro de 2010 às 11h26

Também penso que o 'dito' foram as conclusões do embaixador.

Responder

marcel ribeiro

01 de dezembro de 2010 às 10h45

Não podemos esperar nada diferente do cara que fraudou a constituição do próprio país.

Responder

Oscar

01 de dezembro de 2010 às 10h26

Jobim me envergonha. O Brasil precisa se livrar desta gente que tanto mal faz ao país.

Responder

Taciana

01 de dezembro de 2010 às 10h15

FORA JOBIM X9! VAI PEDIR ASILO E EMPREGO AOS TEUS PATRÕES AMERICANOS. TRAIDOR DA PÁTRIA!!!!!!!

Responder

Gilson Raslan

01 de dezembro de 2010 às 09h29

Tudo isso está muito confuso.
Todo mundo sabe, inclusive o Tio Sam, que o embaixador Samuel Pinheiro Guimarães, não que seja um anti-americano, mas é um defensor ferrenho do não-alinhamento automático do Brasil com os EEUU.
Em nota, o Min. Jobim afirma que teve uma conversa com o embaixador Sobel e disse-lhe que o embaixador Samuel é um nacionalista.
Talvez, dessa afirmação do Min. Jobim, o embaixador Sobel tenha concluído que o embaixador Samuel é um anti-americano, para dourar a pílula.
O que me deixa em dúvida a respeito do telegrama do embaixador Sobel, onde afirmou que o Min. Jobim é um dos poucos amigos do Tio Sam no Governo Brasileiro, é o comportamento de nosso ministro na compra dos caças para nossa Força Aérea, que é notoriamente favorável aos caças franceses.
Por tudo isto, pensa que seja prematuro qualquer julgamento do Min. Jobim.
NOTA: não tenho nenhuma simpatia pelo Min. Jobim.

Responder

José Manoel

01 de dezembro de 2010 às 09h28

Azenha: se esse mala-sem-alça continuar no governo da Dilma, eu largo…………! Era só o que faltava!!!!!!!!!!!

Responder

dukrai

01 de dezembro de 2010 às 09h12

gente, o Nerson Bobin está desmoralizado e teve que soltar até uma nota, desmentindo o ex-embaixador dos EUA, o Wikileaks e falando bem do Samuel Guimarães. O bostéu tá balangando e se ficar no governo da Dilma a sua "inusual atividade" na política externa vai ser reduzida de 0,1% pra 0 absoluto.

Responder

Zeca

01 de dezembro de 2010 às 09h11

O Jobim é dedo de seta? Cagüeta? Assim não há amizade que dure.

Responder

Bernardo Felsenfeld

01 de dezembro de 2010 às 08h41

Se o digníssimo presidente LULA não demitir Jobim imediatamente, vou ficar com a sensação que Jobim é o CARA!( NÃO DÁ PARA SUPORTAR)

Responder

    wander

    01 de dezembro de 2010 às 12h01

    Meu caro você acha que os EUA iam dar um tiro no próprio pé? A repercussão da divulgação desses documentos no exterior é enorme. É claro que , como de praxe, os goverantes fingem que isso não vai trazer problemas para as relações entre os países, mas todo mundo sabe que isso não é verdade. Criou-se um clima de desconfiança.
    E as próximas revelações do WikiLeaks, podem não ser NADA agradáveis para o Presidente Lula. Aguardemos!

Fred

01 de dezembro de 2010 às 05h29

E de repente, as comunicações da diplomacia estadunidense passaram a ser verdades inquestionáveis, más "há mais coisas entre o céu e a terra do que supões nossa vã filosofia"…

O Wikileaks cometeu o erro de passar os dados apenas aos grandes órgãos da midia mundial que estão filtrando deliberadamente questões realmente comprometedoras dos EUA e países europeus. Essas divulgações esparsas, truncadas e a contra-gotas esvazia os estragos nas relações internacionais e preserva os interesses dos mesmos.
________________________________________
Comentário de 'Robson Br' no blog poder áereo:

Os EUA são muito espertos mesmo, estão difundindo essas besteiras de Wikileaks para os trouxas cairem!

Reparem como as informações, “nas entrelinhas”, sempre tem alguma coisa que beneficia eles…

Essa é a maior campanha de DESINFORMAÇÂO mundial que eu já vi! Só cai quem não tá “ligado”!

Alguns exemplos:

1) Rafale ultrapassado (claro vão perder o FX-2) …

2) Jobim disse que Secretário nacionalista “ODEIA” os estados unidos e é ANTI-AMERICANO…

3) Jobim que até outro dia detonava os americanos sobre a OTAN e atlântico sul agora é NOSSO MAIOR ALIADO(aliado dos EUA, diz o embaixador Sobel)

4) Cristina Kichner que se dá bem com o Brasil e com Lula, agora faz fofoca diplomática para conseguir atenção do EUA (os EUA querendo detonar as nossas relações na américa do sul)

5) A China que historicamente é a maior aliada da Coréia do Norte estava fazendo conchavo com os EUA e detonando diplomaticamente a CN, apoiando a reunificação das Coréias! Isso é absurdo! Nunca a China iria apoiar isso, pois ela mesmo é COMUNISTA e a CN é sua aliada umbilical! Mais uma jogada dos EUA para criar confusão e desconfiança da Coréia do Norte sobre a China!

É muita pilantragem mesmo, não caiam nessa. Pode ser que uma coisa ou outra seja verdadeira, mas a mensagem “subliminar ou não” é sempre a favor das jogadas que beneficiam de alguma forma os EUA.

O MOSSAD e a CIA já mataram diversos cientistas iranianos, porque não mataram os caras do WikiLeaks?

Fiquem alertas ao lerem essas últimas informações do WikiLeaks…

Responder

    macmonteiro

    01 de dezembro de 2010 às 10h45

    Dividir e Conquistar, como sempre.

    Há tempos eu digo que o Assange é mais útil à CIA e ao Mossad do que à verdade factual. Ele é mal intencionado? Ele é um fantoche e não sabe?

    Não interessa.

    A pergunta certa é "Quem se beneficia?"

    O resto é conversa fiada.

    FatimaBahia

    01 de dezembro de 2010 às 13h58

    Faz sentido o que você coloca,passado o primeiro impacto precisamos refletir.O danado é que a primeira denúncia veio logo com o Jobim,por quem todos nós já tínhamos desconfianças e antipatias.Dá pra perceber que ele foi até agora um importante interlocutor entre o governo e as Forças Armadas e teve realmente uma postura soberana no encontro da OTAN,mas tb o vimos fazer muita falcatrua e isso traz o medo de estarmos reféns dele e de quem ele representa.

    Não acho que a Wikileaks seja uma farsa,mas com certeza pode ser usada à medida em que os USA deixem vazar o que querem que as pessoas "comprem" e os grandes jornais do mundo selecionem do que seja verdadeiro,o que interessa aos seus governos e aos USA.

    Isso é jogo pra gente grande,a gente fica por aqui só tateando!

Beto Crispim

01 de dezembro de 2010 às 04h28

campanha: CAI FORA JOBIN

Responder

Beto Crispim

01 de dezembro de 2010 às 04h27

Você pagou com traição
A quem sempre lhe deu a mão

Responder

Beto Crispim

01 de dezembro de 2010 às 04h14

Fofoqueira
San Marino
Fofoqueira, fofoqueira ah!
Ela é uma fofoqueira
É o xodó da mulherada
Mas para os homens é uma fofoqueira
Repete
Minha vizinha é muito fofoqueira
É linguaruda é malvada sim
Quando a mulher me deixa só em casa
Pela janela ela cuida de mim
Não aguento essa vizinha
Pra ela um dia vou aprontar
Não sei se fala por fofoqueira
Ou se ela quer me separar
Fofoqueira, fofoqueira ah!
Ela é uma fofoqueira
É o xodó da mulherada
Mas para os homens é uma fofoqueira
Repete
Meus amigos de noitada
Meus amigos de bate-coxa
Falam que ela é feia de cara
Mas é muito mais boa de boca
Não aguento essa vizinha
Pra ela um dia vou aprontar
Não sei se fala por fofoqueira
Ou se ela quer me separar
Fofoqueira, fofoqueira ah!
Ela é uma fofoqueira
É o xodó da mulherada
Mas para os homens é uma fofoqueira
Repete

Responder

Diogo

01 de dezembro de 2010 às 03h00

#FORAJOBIM

caguete, P2, X-9, traíra!

a Dilma tem que chutar esse serrista ianque (redundância), esse que usou as forças armadas e inventou a "baba eletrônica" pra passar por cima de 2 grandes brasileiros (em episódios diferentes): Waldyr Pires e Paulo Lacerda

Campanha #FORAJOBIM !!!

Responder

Wanderson Brum

01 de dezembro de 2010 às 02h31

Eu sei é meio lombrosiano da minha parte – Deus é mais! Saravá! Shalom! – mais quando vejo esses caras que fazem beicinho, John Bean, Gilmar Dantas, Mangaba Unger entre outros meu desconfiometro começa apitar e eu e já começo a desconfiar que dai num pode vir lá boa coisa…

Talvez essa projeção beiçal, notem que é sempre o beiço inferior do individuo que se projeta em momentos nos quais o mesmo manifesta o animo de se impor perante os demais membros do bando, extenaliza um componente atavico existente em sua configuração frenologica. De modo a se manifestar – em sua formação moral – pelo mal caratismo latente apresentado por esses individuos que fazem beicinhos – em Latim "indocius beincius" – apresentado devido ao mal desenvolvimento cerebral das areas que processam a moral e a ética.

Responder

Beto Crispim

01 de dezembro de 2010 às 02h11

cai fora Jobin

Responder

alexei

01 de dezembro de 2010 às 01h50

Lula e Dilma usam a mesma tática de Mandela que ao assumir a presidencia colocou o antigo lider do apartheid como um dos seus ministros. Dizia o sábio lider sul-africano "Melhor ter alguns dos meus inimigos por perto para que eu possa ver o que eles estão fazendo, do que afastá-los todos, onde agirão fora de minha visão"

É estranho mas, dependendo do adversário que se está combatendo, tem lá seu sentido.
No nosso caso tupiniquim… vejamos…
Evita-se assim o confronto ao reduzir desconfianças e, de brinde, consegue-se escolher qual o lider inimigo que você possivelmente enfrentará. É uma jogada arriscada, mas que dá alguns resultados.

Lula não dá ponto sem nó. Ele deixa o Jobim ali porque se vier um golpe, ele saberá exatamente de onde o golpe virá.

Responder

FatimaBahia

01 de dezembro de 2010 às 00h43

Se a nossa militância na internet serviu para eleger Dilma,TEM QUE servir para impedir que Jobim continue como ministro no seu governo.Nem sei se a gente tem como imaginar o que realmente ocorre nos bastidores e que expliquem a manutenção e agora continuidade do Jobim,com certeza tem a ver tb com a atual ajuda das Forças Armadas nesse processo do Rio,mas deve ter muita pressão de bastidores.O que sabemos é que não queremos o próximo governo refém desse cara.

Responder

Pedro Luiz Paredes

01 de dezembro de 2010 às 00h13

Liberação de informações controlada! ! ! ! !

Muito estranho, muito pouco…

Responder

Eduardo Martinez

01 de dezembro de 2010 às 00h12

Uma coisa é a versão das embaixadas norte-americanas sobre as coisas. Outra, as coisas sem a versão norte-hollywoodiana a respeito delas. O conceito de terrorista, por exemplo. Para os Estados Unidos, terrorista é todo aquele que não se submete ao "american way of life". Ou seria death?. Não dá para fazer de conta que Lula e, agora, Dilma, possam aceitar atitudes de seus subordinados que não sejam coerentes com suas orientações. Seria considerá-los, Lula e Dilma, amadores e nós, especialistas sem os quais eles não seriam capazes de definir qualquer estratégia de ação, que é como alguns setores da mídia alternativa estão se comportando nesse momento. Se acreditarmos que Jobim disse o que teria dito, de acordo com os documentos vazados, pela mesma razão, também devemos acreditar e aplicar conceito norte-americano sobre terrorismo? Acho que não devemos ir com tanta sede ao pote do WikiLeaks para não cairmos na armadilha do simplismo reativo, à flor da pele. Qualquer informação vinda de qualquer setor público ou privado submisso ao que o governo norte-americano representa é, no mínimo, suspeita de ser parte de um processo subliminar que inclui o lançamento de fogos de artifício com a finalidade de distrair nossa atenção. É só lembrar do rolo compressor que desmoralizou a imprensa ocidental, que assinou embaixo a invasão do Iraque. Perguntas que não estão sendo feitas agora. Quem teria interesse em vazar os documentos sigilosos para a WikiLeaks? Um defensor dos direitos humanos infiltrado no coração da inteligência norte-americana? Como ele teria conquistado o privilégio de acesso a esses documentos? Quem protege a WikiLeaks da maior rede de espionagem de estado, com ramificações em todo lugar do planeta, formada pelas agências de inteligência como a CIA? Acho muito cedo para tirarmos conclusões sobre essas revelações? Assim como com a Bíblia de todas as religiões, o nome do livro é o mesmo, mas o conteúdo é alterado ou adulterado de acordo com as conveniências de cada uma, com as revelações da WikiLeaks devemos ter muito mais cuidado ainda por estarmos falando de informações vazadas por um sistema falido que precisa urgentemente mudar sua cara se quiser continuar vivo, respirando por aparelhos. Não duvido que esse processo todo, lá no final das contas, não vai criar uma bolha artificial onde o mercado continuará dando cartas marcadas com um novo baralho, como se o jogo recém estivesse começando. Posso estar redondamente enganado, mas até ter certeza, prefiro acreditar que este provável engano é meu reagente químico para confirmar a presença do sangue da vítima e do assassino na mesma cena do crime.

Responder

Junior

01 de dezembro de 2010 às 00h08

Agora vai dar para sentir se o Zepedagio estava certo ou errado: ela se mostra independente e chuta o delator ou atende ao mestre Lula acima de tudo e deixa-o no cargo? Primeira decisao da Dilma como presidenta.

Responder

Alex

01 de dezembro de 2010 às 00h04

"Um soldado da guarda presidencial adentra o gabinete do Ministro de uma republiqueta dum subcontinente aí qualquer e diz, esbaforido:
-"Señor Presidente,Señor Presidente, los gringos están a invadir!"
Ao que ouve como resposta:
– "Yes, i know!"
Fora jobim!

Responder

Alex

01 de dezembro de 2010 às 00h00

Depois do Fora meirelles, agora é Fora jobum! (os dois minúsculos mesmo)

Responder

Mc_SimplesAssim

30 de novembro de 2010 às 23h43

O "general" Nelson Jobim talvez seja um homem que sabe demais para ser simplesmente demitido do cargo.

A cobra vai fumar.

Responder

Sebastian Archer

30 de novembro de 2010 às 23h28

Este sujeito não é um ministro de estado, mas um projeto apurador da revista Caras.

Responder

vinícius

30 de novembro de 2010 às 23h25

Se não me engano o Jobim escreveu texto na CF 88 sobre o qual não houve de discussão.

Responder

ZePovinho

30 de novembro de 2010 às 23h24

Esse cabra já esteve envolvido em uma fraude à Constituição de 1988,justamente nos artigos que tratam do envidamento público externo e interno.Vejam aqui:
http://www.cic.unb.br/~pedro/trabs/fraudeac.html

No dia 10/10/2003 aconteceu um misterioso incêndio no Anexo II da Câmara dos Deputados,onde ficam guardadas as constituições do Brasil e os documentos da Assembléia Nacional Constituinte de 1987.Vejam uma reportagem no jornal lá embaixo no link.Tentaram apagar as evidências e os envolvidos que o link acima mostra como traidores do Brasil.
Aqui é o Milton Hayek/ZePovinho.Deixei de usar o "intensedebate" porque meu e-mail foi invadido aí de São Paulo.Avisei ao Azenha e ao Edu Guimarães.

Responder

    FatimaBahia

    01 de dezembro de 2010 às 01h13

    Milton,
    Como vc sabe qu seu e-mail foi invadido pelo intense debate?Te pergunto pq recebi um e-mail de um tal de "Homero Mattos Jr" (que eu não conheço)com o título "As pedras e os prínspes do Reino (parte 1)" e fiquei com essa exata sensação.Você acha que tem a ver?

Joseph Shafan

30 de novembro de 2010 às 23h17

Xels9n X9bim…

Responder

FrancoAtirador

30 de novembro de 2010 às 23h02

.
Plantão RGTV: Fundador do Wikileaks é filiado ao PT. Petista é responsável pela quebra do sigilo de embaixador norteamericano. #FORAJOBIM
.
Documentos confidenciais revelam: JOHN BEEN É SOBRINHO DO TIO SAM ! #FORAJOBIM !
.
Dilma nomeará JoABIN embaixador do Brasil nos EUA ? Ou Obama nomeará John Been embaixador dos EUA no Brazil ? De toda forma, #FORAJOBIM !
.

Responder

Miguel

30 de novembro de 2010 às 22h58

Eis um teste importante para a Dilma: com base nessas denúncias excluir Jobim de seu governo. O país só tem a ganhar.

Responder

Orlando Bernardes

30 de novembro de 2010 às 22h56

Seria muita estupidez manter este traíra no cargo, antes destes escândalos. Imagine agora!

Se a Dilma mantê-lo no cargo ou em qualquer outro, é sentença de fragilidade e estupidez.

Responder

wander

30 de novembro de 2010 às 22h55

Lula, com suas declarações estapafúrdias, está dando aval a Nelson Jobim. Esses documentos são informe oficiais de diplomatas americanos para seu governo, por isso tem de ser considerados.
Lula, nesse caso, tá pisando na bola.

Responder

    FatimaBahia

    01 de dezembro de 2010 às 01h14

    Ele tem que bancar seus ministros em público,isso eu acho totalmente normal!Não poderia dar endosso públicamente a essa denúncia,até pq não sabe o que ainda vem pela frente!

    Marino Piccoli

    01 de dezembro de 2010 às 17h00

    E vamos acreditar no que um memorando, escrito por um funcionário da casa branca, diz??

    Há que se ter muita calma pra descobrir os reais interesses por parte destes vazamentos todos.

    Porque justamente o Jobim está sendo o alvo desta 1a leva? Uma pulga atrás da minha orelha me assoprou no ouvido que tem algo a ver com a compra dos jatos pela aeronáutica..

    Os EUA são capazes de armar conspirações assombrosas para atingirem seus objetivos. Podemos estar nos deparando com mais uma delas.

    Muita calma nessa hora…

Gisele Oliveira

30 de novembro de 2010 às 22h47

Com todo respeito, Presidente Lula, mas os documentos secretos divulgados pelo WikiLeaks, não são "insignificantes" como o senhor afirma. As vezes, acho que Lula não tem noção real dos acontecimentos, ele brinca com a inteligência das pessoas..
Depois dessas declarações do Presidente, Jobim , o traíra, pode ficar tranquilo que será mantido no cargo. Pobre Brasil!

Responder

    FatimaBahia

    01 de dezembro de 2010 às 00h58

    Que ele mantenha até 31 de dezembro,mas depois é novo governo e não podemos admitir que o Jobim continue.

Ramiro

30 de novembro de 2010 às 22h41

Mas até tumor na cabeça do Evo o Johnbim arrumou! Barbaridade! O cara é mesmo do mal!
A Hillary pode tirar o cavalinho da chuva . Essa descoberta da WikiLeaks está correndo o planeta e fazendo furor!
É presente de Natal para todo um mundo que já está mais do que cansado das diabruras de Tio Sam.

Responder

Cesar Ferreira

30 de novembro de 2010 às 22h29

Essa não… Isso aqui não pode virar Estadão… Esse texto está cheio de afirmações com prejulgamento:

-o Jobim ia pra falar mal!!!

“Nelson Jobim, COSTUMAVA almoçar com o ex-embaixador dos Estados Unidos no Brasil Clifford Sobel PARA FALAR MAL da diplomacia brasileira e passar informes variados.”

-ia pra agradar, se mostrar, menosprezar!!!

“PARA AGRADAR o interlocutor E SE MOSTRAR como aliado preferencial dentro do governo Lula, Jobim, ministro de Estado, MENOSPREZAVA o Itamaraty.”

-a versão VERDADEIRA é a do Sobel!!! (acho que aqui o autor cometeu um ato falho por mostrar em qual lado ele acredita e talvez esteja a serviço)

“é bem provável que ainda vamos demorar um bocado ATÉ OUVIR A VERSÃO de Mr. Sobel sobre o VERDADEIRO teor das conversas com Jobim.”

Responder

Adroaldo Lima L.

30 de novembro de 2010 às 22h24

caiu a ficha! por isso que o Azenha estava proponto inicio de debate sobre uma esquerda de verdade!!!

Responder

MirabeauBLeal

30 de novembro de 2010 às 22h16

.
Documentos confidenciais revelam:

JOHN BEEN É SOBRINHO DO TIO SAM !
.

Responder

Messias Macedo

30 de novembro de 2010 às 22h12

… Depois desta “dica” do Jobim, realmente está na hora do presidente Lula desencarnar da Presidência!
Deixa a mulher trabalhar – e com liberdade e autonomia!
Agora é Dilma Rousseff!

República de ‘Nois’ Bananas
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

jucanapoleão

30 de novembro de 2010 às 22h12

Uma vez aquí na Cidade do Salvador-Ba, respondi a um Norte-americano radicado e com filhos Brasileiros:
– Gente é igual em qualquer lugar.

Responder

Messias Macedo

30 de novembro de 2010 às 22h12

FALA MATUTO!
… É bom não esquecermos aquelas imagens deploráveis: o recém empossado Nelson Jobim, trajado a rigor, acomodado em uma escada magiro… Tentou ferir de morte o conspícuo e digno Waldir Pires!…
Nós estamos ainda submetidos a uma sub-democracia, é certo! No entanto, esta história – propugnada pelo presidente Lula, de que "é fundamental [manter o Serrista Nelson Jobim] para evitar crise numa área delicada” – é, no mínimo, um acinte a nós militantes…
Realmente, nós [militantes] só servimos para comer poeira e ouvir desaforos dos adversários ideológicos!…

Um respeitoso recado à presidente Dilma Rousseff: do ponto de vista ideológico, o Nelson Jobim é tão pragmático e confiável que seria ministro do governo DEMotucano José (S)erra, caso esta tragédia tivesse nos acontecido! É bom pensarmos em conjecturas e refletirmos sobre pontos futuros, ainda que hipotéticos!…

República de 'Nois' Bananas
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

Marcio Dreux

30 de novembro de 2010 às 22h07

Será um péssimo início de governo se Dilma confirmar Jobim como Ministro da Defesa. Nelson Jobim não!

Responder

LULA VESCOVI

30 de novembro de 2010 às 22h07

Se a Dilma não desconvidar o Jobim,o que virá por aí?O mesmo medo de sempre.Eu tõ fora.

Responder

FrancoAtirador

30 de novembro de 2010 às 22h05

Afinal de contas:

É a Dilma que vai nomear o John Been embaixador do Brasil nos EUA ?

ou

Vai ser o Obama que vai nomear o John Been embaixador dos EUA no Brazil ?

Responder

Roberto Locatelli

30 de novembro de 2010 às 22h03

Já mandei minha mensagem na página "fale com o presidente" – http://www.presidencia.gov.br/presidente/falecom/ – pedindo a demissão de Mr. JohnBin.

Responder

    FatimaBahia

    01 de dezembro de 2010 às 00h54

    É isso o que temos a fazer,todos nós que elegemos Dilma e a ajudamos pela net.Vamos encher essa caixa postal com o pedido de "desconvite" do Jobim.
    Obrigada pelo endereço.

vanraz

30 de novembro de 2010 às 21h57

Pessoal, por essa niguém estava esperando:

De Sanctis diz que vai manter independência como desembargador. Azenha, ele aceitou!

Vejam: http://www.vanraz.wordpress.com

Responder

Gerson Carneiro

30 de novembro de 2010 às 21h55

O Jobim é uma mistura de nada com coisa nenhuma.

Era caguete sim, era caguete sim;
Eu só sei que a polícia pintou no velório e o dedão do sujeira apontava pra mim.

[youtube cxvYkDfYVPc&feature=related http://www.youtube.com/watch?v=cxvYkDfYVPc&feature=related youtube]

Responder

    GABRIELA

    01 de dezembro de 2010 às 09h09

    Não seria "Cacuete"?

    Gerson Carneiro

    01 de dezembro de 2010 às 11h24

    O certo mesmo é "alcaguete" (com trema, não sei se foi extinto) mas na gíria utiliza-se "caguete".
    Procurei no dicionário Aurélio e não encontrei "cacuete".

FAFerreira

30 de novembro de 2010 às 21h54

Por muito menos ministros foram demitidos.
Esse ministro Yanke tem mais é que renunciar.
Presidenta Dilma, diga para o CARA, que assim não dá para manter esse tucano serrista no governo.
Presidenta nos diga, qual o ministro que vai trocar confidências com um X – 9, a sra pode confiar num auxiliar destes.?
Não me decepcione a mim e a milhões de brasileiros, este sr. não merece as companhias que tem no Planalto.

Responder

naiaraplima

30 de novembro de 2010 às 21h52

Absurdo…

Responder

Regina

30 de novembro de 2010 às 21h49

Jobim o Tutor ,agora reconhecido mundialmente…Amorim o Libertador e Pensador…Agora,homenageado…Com quem ficar Presidente Dilma?

Responder

broz

30 de novembro de 2010 às 21h47

Jobim: seu tempo acabou! Dilma, demorô, corte o mal pela raiz, sem dó e sem dor! E mais: coloque Guimarães nesta pasta.

Responder

Léo

30 de novembro de 2010 às 21h43

É muito grave saber que ele comenta assuntos tratados entre chefes de Estado com representantes diplomáticos de outras nações. Um "fofoqueiro" no cargo de Ministro da Defesa é no mínimo uma tremenda aventura.

A Dilma, se for sensata, substitui o Jobim em um momento oportuno (não agora, fica meio estranho). Só aqui mesmo, um Ministro da Defesa que joga contra o time…

Responder

    broz

    30 de novembro de 2010 às 22h00

    verdd, bem dito isso, fogo amigo na defesa é coisa feia!

    broz

    30 de novembro de 2010 às 22h03

    pior, quando se trata de política externa a coisa tem que ser muito sensata, não pode colocar um picareta lá, como jobim tem se mostrado.
    Aliás, pq será que a compra dos caças franceses não sai logo. E submarino nuclear da Marinha, o pré-sal taí e nada de submarino nuclear! Meu, nós tamo comendo bola. Demorô já, vamo agilizar a coisa, o BRasil tem preça, Atlantico Sul já tá produzindo navio, o pré-sal tá produzindo petróleo.
    Sem falar no VLS, pô!!!

El Cid

30 de novembro de 2010 às 21h42

… perto desta, os sapatinhos do Ministro Lafer foram fichinha!

Responder

Fabio_Passos

30 de novembro de 2010 às 21h41

O PHA tá chamando o sujeito de "Johnbim".
Muito apropriado.

Responder

El Cid

30 de novembro de 2010 às 21h32

… o mais capacitado, o mais bem informado, o mais confiável, tanto aqui dentro como pelo mundo afora, para Ministro da Defesa é… CELSO AMORIM. Basta a DILMA querer! Aposto que até os chefes e subordinados militares aplaudiriam a troca de um traidor por um patriota nacionalista!

Responder

El Cid

30 de novembro de 2010 às 21h29

Nelson Jobim adora o poder, nas eleições, segundo o PIG admitiu integrar um governo çerra…

Responder

Peterson

30 de novembro de 2010 às 21h28

To decepcionado

Responder

alexei

30 de novembro de 2010 às 21h26

Algumas pessoas estão duvidando da credibilidade do Wikileaks (o que é, aliás, uma prática saudável). Creio que seja importante lembrarmos os muitos casos anteriores de atrocidades e crimes de guerra denunciados pela Wikileaks, e que foram rigorosamente verificados e comprovados, para que as pessoas saibam melhor o que é essa organização, pelo que luta, e contra quem ela luta, para que a relação vítima-agressor não seja invertida injustamente.

Responder

El Cid

30 de novembro de 2010 às 21h25

"Ainda de acordo com a Folha, os telegramas indicariam que Nelson Jobim, o ministro da Defesa, é visto pelos EUA como um aliado, em contraposição ao Itamaraty. O ministro é elogiado e descrito como “um dos mais confiáveis líderes no Brasil”. Jobim será mantido no cargo, a pedido de Lula e como forma de agradar as Forças Armadas." Lamentável esse cidadão permanecer no cargo, acorda DILMA!!!

Responder

sergio

30 de novembro de 2010 às 21h24

Foi bom que agora Dilma manda esse mala para casa. Jobim go home!

Responder

Roberto Locatelli

30 de novembro de 2010 às 21h22

John Bean, GO HOME!

Responder

Jobim, fofoqueiro, enfiou tumor na cabeça de Evo Morales. | Viomundo - O que você não vê na mídia

30 de novembro de 2010 às 21h12

[…] Fortes diz que Jobim é um X-9 gringo plantado no coração do futuro governo […]

Responder

Gersier

30 de novembro de 2010 às 21h10

"De certa forma, os telegramas de Clifford Sobel nos deixaram, outra vez, descalços no quintal do império"

Revoltado sou obrigado a concordar.E pra variar,tinha que ser um TUCANO.Ser entreguista está no DNA deles.Presidente Dilma,pelo amor de Deus,não decepcione seus milhões de eleitores que fizeram de tudo para elege-la.Sou com muito orgulho, um deles.

Responder

Roberto Ribeiro

30 de novembro de 2010 às 21h05

Jobim o quinta coluna.

Responder

Unabomber

30 de novembro de 2010 às 20h59

Essa Nelson Xupim vendeu-se para os Estados Unidos, não pode mais ser considerado brasileiro. Agora temos um ministro americano no nosso ministério.
Que zica.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!