VIOMUNDO

Diário da Resistência


Política

Gilmar Mendes criminaliza doações de petistas a condenados


04/02/2014 - 16h54

Foto: Carlos Humberto/ SCO/STF

04 de Fevereiro de 2014•15h29 • atualizado às 16h01

Ministro do STF defende investigação sobre doações a petistas

Gilmar Mendes vê indícios de lavagem de dinheiro em campanha que pagou multa de condenados

Gustavo Gantois, no Terra

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), defendeu nesta terça-feira que o Ministério Público investigue as doações de dinheiro feitas para o pagamento de multas impostas aos petistas condenados no julgamento domensalão. Para Mendes, haveria inclusive indícios de lavagem de dinheiro, uma vez que não há qualquer controle sobre as transferências que já ultrapassam R$ 1,7 milhão.

“Essa dinheirama, será que esse dinheiro que está voltando é de fato de militantes? Ou estão distribuindo dinheiro para fazer esse tipo de doação? Será que não há um processo de lavagem de dinheiro aqui? São coisas que nós precisamos examinar. E se for um fenômeno de lavagem? De dinheiro mesmo de corrupção? As pessoas são condenadas por corrupção e estão agora festejando coleta de dinheiro. É algo estranho”, disse o ministro antes do início das sessões nas turmas.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, já havia se manifestado sobre o caso. Segundo ele, no entanto, não cabe à PGR iniciar uma investigação porque não há autoridades envolvidas com as supostas irregularidades. Para Gilmar Mendes, contudo, o episódio deve ser investigado mesmo pelo Ministério Público de primeira instância.

“O Ministério Público tem que olhar isso. Isso mostra também o risco desse chamado modelo de doação individual. Imaginem os senhores, com organizações sindicais, associações, distribuindo dinheiro por CPF. Agora vem esta brincadeira com a multa. Interessante isso. Arrecadar R$ 600 mil num dia, são coisas que precisam ser refletidas. A sociedade precisa discutir isso”, completou Mendes.

O ministro ainda lembrou o episódio envolvendo a oferta de emprego ao ex-ministro José Dirceu. O petista, que receberia R$ 20 mil como gerente administrativo, acabou desistindo da vaga. Ainda assim, Mendes criticou as incongruências envolvendo o caso.

“Se formos olhar o episódio do hotel em que alguém oferece um emprego de R$ 20 mil para um suposto reeducando, com propriedade no Panamá. Ele era também dono do hotel? Era empregado e empregador? Veja quanta coisa está sendo colocada”, disse.

Leia também:

Operação Banqueiro: Dantas, “um grande credor” do PSDB, contou com a ajuda de Gilmar Mendes





76 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Pitagoras

19 de fevereiro de 2014 às 22h30

Esse cidadão é mesmo sem noção…

Responder

Tiago Souza

07 de fevereiro de 2014 às 22h29

E a sonegação rede Globo, ele não vai investigar???
E a farra da Siemens e Alstom em São Paulo…não ouvi ele comentar algo.

Responder

elizabeth pretel

06 de fevereiro de 2014 às 19h21

Não vai prestar, pois segundo a “foia”, além do ex ministro do stf Nelson Jobim, o jurista Celso Bandeira de Melo, (também segundo a foia) igualmente contribuiu. Será que ele vai mandar investigar os dois????

Responder

Ted Tarantula

06 de fevereiro de 2014 às 16h36

eu não sei de onde veio o dinheiro de que falam..mas sei uma coisa: esse esquema de fazer aparecer dinheiro via doações anonimas na internet é igualzinho, sem tirar nem por, o método que o Saul Goodman explicou ao Walt White num dos episódios iniciais, quando ele precisava usar uma grana obtida com a produção de metanfetaminas para pagar seu tratamento de câncer..quem viu Breaking Bad sabe do que estou falando…

Responder

    Conceição Lemes

    06 de fevereiro de 2014 às 16h56

    Não são anônimas. Todos os doadores estão identificados com CPF, RG, endereço, telefone. As listas e os comprovantes estão à disposição do STF e do MPF a qualquer momento. sds

    Mário SF Alves

    07 de fevereiro de 2014 às 10h12

    Pois é, Conceição Lemes, as aranhas estão por aí mesmo. Sempre na expectativa de caçar incautos com sua rota teia de falsos argumentos.
    _____________________________

    Obrigado por esclarecer.

Guillermo

06 de fevereiro de 2014 às 07h08

É uma aula de imparcialidade.

Responder

Bonifa

05 de fevereiro de 2014 às 18h13

Gilmar sabe muito bem que o dinheiro das doações não vem de corrupção. Mas a repercussão positiva das doações foi tão grande que incomodou muito todos os setores da oposição, seja nos partidos, seja no judiciário, seja na mídia. Solidariedade tamanha era coisa que há muito tempo não se via. A intervenção midiática de Gilmar Mendes deve ser compreendida dentro deste contexto, como uma resposta política da oposição que visa tentar neutralizar o enorme efeito positivo que esta solidariedade aos réus causou aos próprios petistas, a seus simpatizantes e à opinião pública em geral. Se não fosse por isso, os oposicionistas não teriam coragem de apelar para o Gilmar, o único que se aventuraria a tal extremo. Eles sabem que a credibilidade do Gilmar anda cada dia mais escassa.

Responder

Mário SF Alves

05 de fevereiro de 2014 às 17h57

Guardemos os comprovantes de depósito das doações, nesno porque a indenização por danos morais não há de ficar barata.

Ah, mas pena que no frigir do ovos a conta cai sempre no colo da viúva, ou seja, no de todos nós.

No entanto, dando tratos à bola, e partindo da premissa de que o causador do dano é que tem de arcar com as custas e com os custos do processo, incrível será a surpresa ao se verificar as fontes de uma improvável vaquinha de doações feitas a ele.

Responder

Mauricio Bernardi

05 de fevereiro de 2014 às 14h10

Gilmar Mendes está procurando chifre em cabeça de cavalo. Não perca tempo, doutor: isso é coisa de militante. O PT tem 1.423.063 filiados e alguns milhões de simpatizantes. Eu mesmo mandei uns trocados para conta do Genoíno. Mandarei mais se necessário. Alguns petistas dizem que não contribuirão com Dirceu porque ele não precisa. O que está em questão não é situação financeira do ex-ministro, competente consultor empresarial, mas a força da nossa militância. Gilmar Mendes vai ficar perplexo quando descobri-la.
http://www1.folha.uol.com.br/colunas/ricardomelo/2014/02/1406579-a-quem-o-povo-assusta.shtml

Responder

sergioa

05 de fevereiro de 2014 às 14h09

Realmente o PT esta acovardado. Tá levando porrada de todo o lado e não se defende.
Está esperando que só os militantes os defendam.
Oh meu … os politícos são vocês … são vocês que ganham sejam como vereadores, deputados, senadores, prefeitos … presidente.

Vocês tem que se defender e defender a militância.

Do jeito que o carcará insinuou, toda pessoa que contribuiu passou a ser laranja de corrupto, e estão ajudando da lavagem de dinheiro sujo.

Os militantes ajudam o partido e o partido se acovarda vergonhosamente …

CUIDADO, de tanto se esconderem da luta, uma hora os eleitores e até os militantes e simpatizantes não vão achar vocês nas eleições.

Responder

Hell Back

05 de fevereiro de 2014 às 14h07

Se gilmar dantas acha isso, quero que ele me prove isso. O ônus da prova recai sobre o acusador.

Responder

    ana13

    12 de fevereiro de 2014 às 23h58

    Hell back, depois da AP470 isso mudou: agora o ônus da prova fica por conta do réu e não mais do acusador , lembra-se ?

Urbano

05 de fevereiro de 2014 às 13h56

E a contribuição do Estado brasileiro ao istitute? O embostonado falando de um pseudo pum…

Responder

ronaldo silva

05 de fevereiro de 2014 às 12h12

Que tal enviar os comprovantes de depósito para o email do magistrado para que ele possa fazer suas investigações?

Responder

    Mauricio Bernardi

    05 de fevereiro de 2014 às 14h11

    Não vale a pena perder tempo com esse causídico.

Vitor

05 de fevereiro de 2014 às 11h14

se fosse de banqueiro ele teria reclamado?

Responder

Jose C. Filho

05 de fevereiro de 2014 às 09h51

Gilmar Mendes, homem despreparado, arrogante e ridículo. Não se comporta como um juiz de suprema corte. envergonha o Brasil.

Responder

Jose C. Filho

05 de fevereiro de 2014 às 09h48

Afinal, o que é o Gilmar Mendes? Procurados de justiça, delegado de polícia, agente da CIA, jornalista da globo ou da veja, ou ainda político em campanha? O que ele menos parece ser é juiz de suprema corte. Homem despreparado, ridículo, uma vergonha para o Brasil.

Responder

Jorge Portugal

05 de fevereiro de 2014 às 01h58

Não muda a história se não mudar os personagens.

Responder

nelton

05 de fevereiro de 2014 às 01h54

Institucionalmente, o PT tem de começar a dar porradas, também.
As coisas estão num estágio muito crítico. O que se vislumbra é um golpe.
Mobilizar previamente é preciso e para isso se faz necessária a identificação dos inimigos da democracia (mídia venal, STF e larga parcela do MP).

Responder

FrancoAtirador

05 de fevereiro de 2014 às 01h37

.
.
Sua Excrescência o ministro do STF indicado por FHC.

Essa indicação criminosa do PSDB só foi equivalente,

em prejuízo a toda população trabalhadora do Brasil,

às privatizações ilícitas da Vale e das telecomunicações

e à quebra do monopólio estatal da Petrobrás, nos anos 90.

Foi esse indivíduo que partidarizou o Poder Judiciário.
.
.

Responder

    FrancoAtirador

    05 de fevereiro de 2014 às 03h21

    .
    .
    27/03/2002 – 17h08
    O Documento – Uma Impressão Digital
    Cuiabá-MT

    Política

    Ato de inauguração da ponte pênsil “Ministro Sérgio Motta” reúne cerca de seis mil pessoas

    CLÁUDIO MORAES
    Da Editoria

    Numa das solenidades mais concorridas e disputadas da história de Mato Grosso, o governador Dante de Oliveira (PSDB) e o presidente da República, Fernando Henrique Cardoso (PSDB), inauguraram há pouco a ponte pênsil “Ministro Sérgio Motta”.

    Cerca de seis mil prestigiam a inauguração da ponte, que vai interligar o Cristo Rei, em Várzea Grande, ao Praeirinho, em Cuiabá.

    A tendência é que o número de pessoas no local aumente nas próximas horas em virtude do sohw gratuito do cantor sertanejo Daniel.
    O show popular está previsto para às 20 horas no lado de Cuiabá da ponte.

    O ato reuniu os principais líderes políticos estaduais e também nacionais.

    Dentre eles os pré-candidatos ao Governo do Estado senador Antero Paes de Barros (PSDB)

    e prefeito de Cuiabá, Roberto França (PPS), prefeitos, deputados estaduais, federais e veredaores.

    Os ministros de Estado e familiares do ex-ministro das Comunicações, Sérgio Motta, falecido há quatro anos.

    Os ministros das Comunicações, Pimenta da Veiga [PSDB-MG],

    e dos Transportes, Alderico Lima [PFL];

    o Advogado Geral da União, Gilmar Mendes [!!!],

    e os governadores de Goiás, Marconi Perilo [PSDB],

    e de Sergipe, Albano Franco [PSDB], também vieram para o ato.

    (http://odocumento.com.br/materia.php?id=14747)
    .
    .

Jeová Oliveira

05 de fevereiro de 2014 às 00h35

Gilmar Mendes,
“Que concedeu liberdade ao médico Roger Abdelmassih acusado de 56 crimes sexuais e condenado a 278 anos de prisão
Que concedeu habeas corpus que libertou o banqueiro Daniel Dantas e sua irmão Verônica Dantas e mais nove pessoas ligadas ao banqueiro.
Que concedeu habeas corpus que libertou Naji Nahas e e mais nove pessoas ligadas ao banqueiro.
Que concedeu…..”
Vem dar uma de paladino da moral, é muita cara de pau para uma criatura só!

Responder

Marat

05 de fevereiro de 2014 às 00h10

O Gilmar é bipolar…
Com relação ao PT é boquirroto;
Com relação ao PSDB é mudo!

Responder

    Geysa Guimarães

    05 de fevereiro de 2014 às 19h26

    E com essa de bipolar, vou é gargalhar.
    kkkkkkkkkkkkk

Marat

04 de fevereiro de 2014 às 23h51

Com relação ao Mensalão Tucano, o boquirroto fica calado!

Responder

Leo V

04 de fevereiro de 2014 às 23h30

O interessante é o seguinte. Se ele acha que que tanto dinheiro não pode ser arrecadado tão rápido por pessoas comuns então ele está dizendo que a multa dada foi totalmente desproporcional à condição financeira dos condenados.
Ele chama de “dinheirama” na hora que foi arrecadada, mas não na hora que foi posta como pena. É muito cara de pau. E claro, a grande imprensa reverbera tudo que ele di sem questionamento.

Responder

Enio Barroso Filho

04 de fevereiro de 2014 às 22h54

Vou na mesma linha do Gilmar Mendes –> “A PGR deveria investigar a venda de sentenças e liminares no STF” …
quem aprende a ler os sinais acha “muito esquisito” o fato de condenados terem conseguido LIMINARES tão rapidamente.

Responder

marcosomag

04 de fevereiro de 2014 às 22h49

E aí, “coroné” de Diamantino: você sempre foi bobo assim ou está fazendo tipo?

Quem doou tem o DARF para mostrar. E a Globo, tem o DARF? Você vai cobrar o DARF da Globo? O Brasil tem um ministro do STF chamado Gilmar ou apenas um palhaço vestido com punhos de renda?

“Veja quanta coisa está sendo colocada.”

Responder

Danilo Guedes

04 de fevereiro de 2014 às 22h45

Sugiro uma enxurrada de cartas com comprovante de depósito para o STF endereçadas ao Gilmar Mendes:

STF – Supremo Tribunal Federal
Praça dos Três Poderes, s/n – Zona Cívico-Administrativa
Brasília – DF, 70175-900

Responder

Messias Franca de Macedo

04 de fevereiro de 2014 às 22h41

… Este energúmeno *”supremo” [o Gilmar Mendes] foi o mesmo que “plantou” – em conluio com “o Caneta da Veja” – a farsa pitoresca (sic) do [inédito!] ‘grampo sem áudio’, tendo como protagonista coadjuvante “o ilibado” DEMoTUCANO DEMÓstenes Torres! Dito isto, torna-se desprezível qualquer outra consideração!…

*”supremoTF”; aspas monstruosas e letras submicroscópicas! No ‘brazil’, “o supemo” é absolutamente ÍNFIMO! O que não deixa de ser um risco iminente à nossa subdemocracia de bananas! Prova insofismável desta premissa representada pelo ‘golpe jurídico-mediático ora em curso, inclusive televisionado plim plim’!…

Lá isso é judiciário? Lá isso é democracia tampouco civilidade? Lá isso é oPÓsição, sô?!…

República da [eterna] ‘Anã’ oPÓsição ao Brasil! “O cheiro do PÓ ‘cheiroso’ e dos cavalos ao do povo!”
Bahia, Feira de Santana

Responder

JORGE

04 de fevereiro de 2014 às 22h35

A resposta adequada é algum deputado federal encaminhar requerimento ao COAF/BANCO CENTRAL/RECEITA FEDERAL para informarem A ORIGEM DO DINHEIRO PARA O PAGAMENTO MILIONÁRIO (mais de 8 milhões) QUE O MINISTRO FEZ PARA O EX-SÓCIO DE UMA ESCOLA PARTICULAR.

Responder

    Messias Franca de Macedo

    04 de fevereiro de 2014 às 22h43

    Boa!

pierre

04 de fevereiro de 2014 às 22h28

A covardia do PT é de dar pena. Nenhuma vivalma apareceu para defender o maior patrimônio que o partido tem, a sua destemida e coesa militância. O site do partido parece muito com a revista Caras, não diz nada de nada. Sobrevive de notícias amenas e fora da realidade em que vivemos. Fotos, apenas, dos astros que mandam no partido e que serão cassados, se Deus quiser, na próxima eleição. O PT não tem representantes no congresso nacional. Nas eleição temos substituir essa turma de deputados e senadores por petista de primeira linha.

Responder

Messias Franca de Macedo

04 de fevereiro de 2014 às 22h28

… ‘vaquinha’ para o gilmar DANTAS: 1- bezerro recém-nascido nas fazendas dele; e/ou 2- [indecorosos e CRIMINOSOS] habeas corpus notívagos em favor do banqueiro bandido e condenado, o daniel dantas; em favor dos COVARDES assassinos da freira Doroth Stang; em favor do MÉDICO MONSTRO ESTUPRADOR do nome difícil &$ demais “cheirosos”!…

República da [eterna] ‘Anã’ oPÓsição ao Brasil! “O cheiro do PÓ ‘cheiroso’ e dos cavalos ao do povo!”
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

Francisco

04 de fevereiro de 2014 às 22h15

Como foi a movimentação bancária desse senhor quando dava habeas corpus a banqueiros, estupradores e assassinos de fiscais do trabalho?

Se ele tem o direito de desconfiar, creio que o contribuinte também tem.

Com uma diferença: o nosso direito é fundante de todo o Direito e o direito que ele esgrime e meramente concedido – e não o é por voto…

Responder

Darci

04 de fevereiro de 2014 às 21h58

Como se faz para encaminhar o processo por calunia e difamação? Eu doei e faço com o dinheiro do meu trabalho o que quiser. Não recebo diária de dinheiro público em férias. Como o ministro ficou nervoso com o júri popular, que mostrou a indignação com a sentença do STF. Por que será? Já li o Código de Ética da Magistratura Nacional (art. 12 e 13) Alô? Cadê a OAB? Gente, enquanto isso é preciso continuar a assinar a petição contra o ministro Joaquim Barbosa, que rolava pela internet.

Responder

renato

04 de fevereiro de 2014 às 21h47

Para quem devo doar de novo.
Onde esta a conta para Dirceu e
João…
O meu dinheiro tenho que colocar
par secar sim.
Depois de um dia de trabalho, ele
umedece no bolso.

Responder

Messias Franca de Macedo

04 de fevereiro de 2014 às 21h45

… Nós, brasileiros e brasileiros honestos(as), que de forma límpida, lídima, cívica e democrática participamos das doações aos companheiros vitimados pelo julgamento Inquisitório de exceção da farsa do MENTIRÃO temos a obrigação moral e histórica de processar esse INFAME caluniador que responde pela alcunha de Gilmar Mendes &$ o comparsa dele, o deputado DEMotucano bochechudo!…

República da [eterna] ‘Anã’ oPÓsição ao Brasil! “O cheiro do PÓ ‘cheiroso’ e dos cavalos ao do povo!”
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Maceco

Responder

Luís Carlos

04 de fevereiro de 2014 às 21h40

Gilmar Mendes.
Fiz pequena doação para ajudar a pagar mutua de José Genoíno. Tenho comprovante do pagamento, e posso provar isso. Mas o desafio, se tiveres coragem, o que duvido, de provar também que és ou era proprietário de empresa privada de educação no DF e de como conseguiste comprar imóvel com sua renda de ministro do STF. Além disso, o desafio provar que não recebeste dinheiro da lista de furnas e que a lista é falsa, ambas informações veiculadas por matérias da revista Carta Capital.

Responder

    Luís Carlos

    04 de fevereiro de 2014 às 23h15

    Ministro Gilmar Mendes
    Deverias exigir que a Globo mostrasse a DARF e comprovasse pagamento de impostos supostamente sonegados, conforme afirma Receita Federal. Naquele caso sim parece ter ocorrido lavagem de dinheiro, ou Vossa Excelência não entende assim? Deverias, na condição de ministro do STF também “desconfiar” da operação da Globo e exigir comprovação, mas creio que não tenhas coragem nem interesse nisso.
    Deverias ainda Ministro, exigir pagamento de impostos sonegados pelo banco Itaú, conforme Receita Federal também afirma. Creio que não terias coragem nem isenção, sequer compromisso profissional para isso. Incoerência Ministro Gilmar? Em casos em que órgão competente afirma ter havido sonegação, Vossa Excelência se cala, se omite. Em caso em que nenhuma autoridade competente sugere fraude, sugeres que deva ser averiguado? Covardia?

Gerson Carneiro

04 de fevereiro de 2014 às 21h27

Esquisito mesmo foi a concessão de dois habeas corpus, em tempo recorde, do Gilmar Mendes ao Daniel Dantas.

Responder

Marat

04 de fevereiro de 2014 às 21h24

Será essa mais uma manobra diversionista, depois de saber que o livro Operação Banqueiro tem sido um grande êxito de vendas?

Responder

    Luís Carlos

    05 de fevereiro de 2014 às 07h41

    Miruna postou link com mais de dois mil nomes que doaram para pagar multa de Genoíno. E agora Gilmar? Ficarás mudo? Ou terás mínimo de decência e dignidade assumindo que estavas errado? Seria pedir demais de Vs. Excelênca?

Lucinda

04 de fevereiro de 2014 às 21h20

A ideia de mandar os comprovantes ao ministro é excelente, como ela vai explicar as respostas dos brasileiros que contribuíram para o pagamento da multa aplicada aos petistas. A situação seria um deboche merecido com este senhor.

Responder

souza

04 de fevereiro de 2014 às 21h17

difícil entender alguns seres humanos.

Responder

ricardo silveira

04 de fevereiro de 2014 às 21h10

Uai, aquela montanha de dinheiro para delegado não prender o banqueiro, conforme vídeo, áudio e o próprio dinheiro mostrados em Jornal Nacional, era o quê?

Responder

Gerson Carneiro

04 de fevereiro de 2014 às 21h06

“Dinheirama”?!

Oras, é apenas o montante imposto como multa.

Na hora de estipular a multa não a julgou exorbitante.

Responder

    renato

    04 de fevereiro de 2014 às 21h45

    Eita cabecinha boa!!!

Norberto Fonseca

04 de fevereiro de 2014 às 20h55

O Gilmar tá achando muito se arrecadar 600 mil em um só dia. O Teleton em um só dia arrecadou mais de 20 milhões. Será que foi lavagem ?

Responder

Lindivadlo

04 de fevereiro de 2014 às 20h40

Ihhh!
Nada bom: o gilmar que denuncia e o pig que replica!
É a eterna estratégia de uma armação tucana…
Ou a mais pura revelação de algo maquiavélico que em breve virá à tona.

Será, pois, que o PSDB aprontou mais uma em cima do PT?
Por acaso, alguns bandidos, contratados pelo PSDB, doaram valores altos?
Se for isso, prepare o fígado: encontrarão uma maneira de espichar o mensalão até as eleições.
Até lá, vai ser uma manchete atrás da outra: a justiça “apurando” e o PIG estampando a mentira, procurando atolar PT na lama.

Acredito que o PT, ressabiado, deve ter controlado as origens das doações…
Porém, sei lá: o gilmar nunca dar murro em ponta de faca e é doutor em maldades e artimanhas…

Responder

Fabio Passos

04 de fevereiro de 2014 às 20h35

O fato é que estes pulhas da direita medem os outros pela própria régua…

Chupa, coronel de diamantino!

Responder

José BSB

04 de fevereiro de 2014 às 20h28

E a escolinha de direito de sua excelência quando será investigada?

Responder

Cícero

04 de fevereiro de 2014 às 20h17

Eu gostaria de ouvir algum Senador com colhões pronunciar algo sobre as atitudes de alguns dos Supremos Ministro.

Responder

Bacellar

04 de fevereiro de 2014 às 20h11

O roto…

Responder

Enio Barroso Filho

04 de fevereiro de 2014 às 19h57

Gilmar Mendes com uma imensa pilha de roupa suja SUA pra lavar fica aí zanzando de mídia em mídia fazendo futrica. O povão sabe que a justiça é lenta porque juízes do STF ao invés de agarrarem no batente pelo qual são MUITO bem pagos pra trabalhar, preferem fazer políticagem o tempo todo.

Responder

    Fabio Passos

    04 de fevereiro de 2014 às 20h38

    gilmar dantas está em competição com joaquim “plim-plim” barbosa para ser reconhecido como capacho-mor da casa-grande.

Marcos FErreira Lima

04 de fevereiro de 2014 às 19h43

Ministro Gilar Mendes:”uma vez que não há qualquer controle sobre as transferências que já ultrapassam R$ 1,7 milhão.
Essa dinheirama, será que esse dinheiro que está voltando é de fato de militantes? Ou estão distribuindo dinheiro para fazer esse tipo de doação?”
Será que o ex-ministro Nelson Jobim, recebeu dinheiro do PT para depositar na conta do ex-deputado José Genoino, ou a imprensa divulgou sem ser verdade o depósito feito por ele?

Responder

Magno Medeiros

04 de fevereiro de 2014 às 19h42

Esse cidadão não sabe o que é militância. A farsa da AP 470 vai unir o PT ainda mais. Aguardem!!! Fiz doação e não estou lavando dinheiro. Senhor ministro, parece que bate um desespero com a possibilidade do tornar publico o conteúdo do inquérito 2474?

Responder

Marcos FErreira Lima

04 de fevereiro de 2014 às 19h42

Mimistro Gilar Mendes:”uma vez que não há qualquer controle sobre as transferências que já ultrapassam R$ 1,7 milhão.
Essa dinheirama, será que esse dinheiro que está voltando é de fato de militantes? Ou estão distribuindo dinheiro para fazer esse tipo de doação?”
Será que o ex-ministro Nelson Jobim, recebeu dinheiro do PT para depositar na conta do ex-deputado José Genoino, ou a imprensa divulgou sem ser verdade o depósito feito por ele?

Responder

Patricio

04 de fevereiro de 2014 às 19h30

Então prende nós, general.

Responder

Spok da Silva

04 de fevereiro de 2014 às 19h17

Imoral é um ministro do STF fazer esse tipo de ilação, colocar sub suspeição milhares de brasileiros honestos que contribuíram contra o arbítrio. Quando o Congresso vai tomar providências contra esse tipo de crime?

Responder

Eudes Hermano Travassos

04 de fevereiro de 2014 às 19h15

Proponho que todas as pessoas que fizeram a doação como eu entremos afim de interpelá-lo.

Responder

Wagner Martos

04 de fevereiro de 2014 às 18h57

Gastar meu tempo com Gilmar Mendes é algo que não faço.
Mas, nesse caso, fica uma pergunta que estarrece qualquer cidadão: “como fica a segurança jurídica?”
Como é que algum cidadão brasileiro pode se sentir seguro quando um ministro do STF levanta, de forma leviana, uma falsa acusação como essa?
Não seria o caso de pedir o impeachment dele?
Ou teremos que conviver com esse desrespeito ao cidadão comum que depositou, a custa de muito esforço, sua parcela de contribuição para pagar uma multa injusta?
Não creio que seja possível, depois dessa leviana acusação, outro caminho se não o impeachment desse ministro.

Responder

JOSUE MECENAS

04 de fevereiro de 2014 às 18h47

Ver um Ministro do STF fazendo política e se pronunciando acerca de um tema que poderá tornar-se um processo judicial por provocação dele mesmo é absurdo!

Responder

Gersier

04 de fevereiro de 2014 às 18h42

Mede os outros pelo metro dele e da sua turma.Gilmar,nos explique onde conseguiste OITO milhões para calar a boca do seu sócio?

Responder

Ed

04 de fevereiro de 2014 às 18h41

Que moral esse cara tem para falar em lavagem de dinheiro??????????????

Responder

walter rodrigues

04 de fevereiro de 2014 às 18h17

É, Gilmar Ministro. Queria ver você pedir investigação acerca do CRIANÇA ESPERANÇA da gLOBO, pois alí tem….! e mais, aproveita e peça pra justiça federal admoestar a gROUBO a mostrar o DARF.

Responder

Tião Macalé

04 de fevereiro de 2014 às 18h06

.
.
Primeiro: envie o comprovante do deposito ao Genuíno, ao Delúbio ou ao José Dirceu para o email do JB: [email protected]

Segundo: Processe-o por calúnia e difamação

Terceiro: Sente-se e dê risada de vê-lo estrebuchando para responder mais de 1000 processos em vários tribunais pelo país…kkk

Responder

    Emilio

    04 de fevereiro de 2014 às 19h48

    Gostei da idéia. Vou mandar o meu.

Joao Carlos

04 de fevereiro de 2014 às 17h20

Gilmar e a soja no MT está boa de Preço?????

Responder

    FrancoAtirador

    04 de fevereiro de 2014 às 20h34

    .
    .
    Pois é, João Carlos.

    Vamos ter de investigar isso a fundo.

    Como são os negócios desses latifundiários sojicultores?

    De que forma ocorre o financiamento para o plantio?

    Onde está a dinheirama obtida com a exportação dessa soja?

    Os impostos, tarifas e taxas estão sendo recolhidos?

    Pode ser que esteja havendo sonegação e evasão de divisas.

    E se for um fenômeno de crime contra a ordem tributária?

    Pode ser que criem empresas fictícias em paraísos fiscais,

    para desviar valores das vendas em leilões de commodities.

    Será que não há um processo de lavagem de dinheiro aqui?

    São coisas que nós precisamos examinar.

    Isso mostra também o risco desse chamado

    modelo individual de produção capitalista.

    O Ministério Público tem que olhar isso.

    A sociedade precisa discutir isso…
    .
    .

    FrancoAtirador

    04 de fevereiro de 2014 às 21h58

    .
    .
    Apenas uma dica ao Ministério Público Federal:

    O ex-senador tucano Antero Paes de Barros (PSDB-MT)

    [(http://migre.me/hIEok) e (http://migre.me/hIEsa)],

    ex-presidente da CPI do BANESTADO (http://migre.me/hIEvi),

    sabe de tantas coisas, que poucos podem imaginá-las.

    Os jornalistas Amaury Ribeiro Jr. e Rubens Valente,

    autores de ‘Privataria Tucana’ e ‘Operação Banqueiro’,

    respectivamente, conhecem bem do que está se tratando.

    O PGR poderia oferecer ao Antero uma delação premiada.

    (http://www.cvm.gov.br/port/inqueritos/2004/rordinario/inqueritos/08_01.asp)
    .
    .

    FrancoAtirador

    04 de fevereiro de 2014 às 23h42

    .
    .
    Pode ser que tenha havido prevaricação, peculato…

    Ou até crime de responsabilidade de ministro do STF.

    (http://migre.me/hIFNE)
    .
    .

Tomudjin

04 de fevereiro de 2014 às 17h15

Aos poucos a gente vai começando a entender como o Brasil conseguiu sobreviver, por mais de 500 anos, sem nenhum nível de desenvolvimento. Eram os “cabeças pensantes” que nunca souberam administra-lo desde então.
Os bandeirantes subiram a serra há muito tempo, mas seus simpatizantes ainda insistem em usar arcabuz sob suas longas capas, mesmo nos dias de hoje.

Responder

Deixe uma resposta para Marat

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Blogs & Colunas
Mais conteúdo especial para leitura