VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Dilma: Miriam Leitão foi uma das maiores porta-vozes do golpe de estado, junto com seus patrões da Globo
Divulgação
Política

Dilma: Miriam Leitão foi uma das maiores porta-vozes do golpe de estado, junto com seus patrões da Globo


24/01/2021 - 13h32

NOTA SOBRE O ARTIGO DE MIRIAM LEITÃO

Por Dilma Rousseff, em seu site

Miriam Leitão comete sincericidio tardio em sua coluna no Globo de hoje (24 de janeiro), ao admitir que o impeachment que me derrubou foi ilegal e, portanto, injusto, porque, segundo ela, motivado pela situação da economia brasileira e pela queda da minha popularidade.

Sabidamente, crises econômicas e maus resultados em pesquisas de opinião não estão previstos na Constituição como justificativas legais para impeachment.

Miriam Leitão sabe disso, mas finge ignorar.

Sabia disso, na época, mas atuou como uma das principais porta vozes da defesa de um impeachment que, sem comprovação de crime de responsabilidade, foi um golpe de estado.

Agora, Miriam Leitão, aplicando uma lógica aburda, pois baseada em analogia sem fundamento legal e factual, diz que se Bolsonaro “permanecer intocado e com seu mandato até o fim, a história será reescrita naturalmente. O impeachment da presidente Dilma parecerá injusto e terá sido.”

O impeachment de Bolsonaro deveria ser, entre outros crimes, por genocídio, devido ao negacionismo diante da Covid-19, que levou brasileiros à morte até por falta de oxigênio hospitalar, e por descaso em providenciar vacinas.

O golpe de 2016, que levou ao meu impeachment, foi liderado por políticos sabidamente corruptos, defendido pela mídia e tolerado pelo Judiciário. Um golpe que usou como pretexto medidas fiscais rotineiras de governo idênticas às que meus antecessores haviam adotado e meus sucessores continuaram adotando.

Naquela época, muitos colunistas, como Miriam Leitão, escolheram o lado errado da história, e agora tentam se justificar.

Tarde demais: a história de 2016 já está escrita.

A relação entre os dois processos não é análoga, mas de causa e efeito.

Com o golpe de 2016, nasceu o ovo da serpente que resultou em Bolsonaro e na tragédia que o Brasil vive hoje, da qual foram cúmplices Miriam Leitão e seus patrões da Globo.





5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Felix

25 de janeiro de 2021 às 10h17

Essa veia é de uma cara de pau imensa de grande. Baba ovo de patrão, baba ovo do Roberto Marinho.
E tem outros jornalistas tipo o Reinaldo Azevedo que TB é baba ovo de político e de dono de jornal e tv. Eles que insulflaram o povo contra a Dilma e contra o PT e agora dão uma de João sem braço.
O objetivo da Globo e outros é desconstruir o Bolsonaro e reconstruir a imagem bastante cagada do Moro. O Moro será o candidato da Globo.
O Bozo cortou verba da Globo e aí o capim do Bonner e outros diminuiu.
Os milicos devem detestar essa veia.

Responder

Aécio Guion

25 de janeiro de 2021 às 00h08

A Miriam leitão continua empregada num excelente emprego. Deve ganhar uns 100 mil por mês no mínimo. Já os cabeças fraca que se juntaram aos empresários e políticos para derrubar a Dilma devem uns 50% ou mais estarem desempregados. Talvez coitados até sem dinheiro para comprar comida para os filhos.
O que resolveu ou adiantou para o pobre tirar a Dilma. Nada. O Brasil andou a passos largos para trás. O salário de todo mundo diminuiu pq reduziu-se o poder de compra. Muita gente viajava para a Europa e EUA principalmente e com o dólar a uns 6 reais não dá para viajar como antes. Os produtos ficaram mais caros e isso ajuda a corroer o dinheiro.
Resumindo o povo foi passado para trás pelos ricaços do Brasil.
Muita gente perdeu o emprego. Um técnico de mecânica por exemplo tá ganhando hj mais ou menos uns 40% ou 50% menos. Ou seja, a metade do que ganhava em 2012 ou 2013.
E aí descobriram um monte de mulher virgem pura no puteiro chamado Brasil.
Deu super certo o impeachment da Dilma. Éramos 6° economia no mundo e agora somos 13° economia.
Se lascamos nós mesmos de verde e amarelinha da CBF.
Povo que só assiste a tv globo. É o povo do canal único, da opinião padrão ditada pela Globo.
Que empresa estrangeira multi rica e seria vai investir numa zona dessa. Numa bagunça dessa que de repente no meio do jogo muda todas as regras do jogo ou regras do campeonato.
Fala sério !!!
O risco Brasil multiplicou por 10 com a instabilidade jurídica do país.

Responder

CLÁUDIO PEREIRA PINHEIRO,

24 de janeiro de 2021 às 21h20

“ARREPENDIDINHOS E ARREPENDIDINHAS”
“É O HOLOCAUSTO VERSÃO “BOLSOLIXO, NÉ!?”
E MAIS, ESSE INDIVÍDUO NÃO ENGANOU A NINGUÉM, NÉ!?
“APRENDI A MATAR, EU SEI É MATAR, NÉ!?” “DISSERA ELE, ALTO E BOM SOM, NÉ!?
“ENTÃO ESTÁ AÍ O SEU PROJETO GENOCIDA INSTITUCIONALIZADO, NÉ!?”
“A CAMINHO DE 300.000, TREZENTOS MIL CRUÉIS ASSASSINATOS DE BRASILEIRINHOS E BRASILEIRINHAS!”

Responder

Zé Maria

24 de janeiro de 2021 às 18h40

O que tem de Antipetista Arrependido é uma Enormidade!

Madalena Leitão é mais uma que tardiamente faz Contrição.

Responder

abelardo

24 de janeiro de 2021 às 18h16

Miriam Leitão é uma das nuvens negras que cobre o céu da Globo.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding