VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Bob Fernandes identifica jovem que chamou Chico de “um merda”: é filho de usineiro
Política

Bob Fernandes identifica jovem que chamou Chico de “um merda”: é filho de usineiro


24/12/2015 - 02h14

“Eu queria ouvir da tua boca: você é um merda!”, disse um jovem a Chico Buarque numa esquina do Leblon, no Rio de Janeiro, quando o compositor deixava um restaurante com um grupo de amigos em busca de um táxi. O rapaz estava com outro herdeiro, Alvarinho, filho do banqueiro Alvaro Garnero, num grupo de pessoas.

O jovem que xingou Chico foi identificado pelo jornalista Bob Fernandes, em comentário na TV Gazeta, como Guilherme Junqueira Motta, herdeiro da Usina Açucareira Guaíra, em Guaíra, na região de Barretos, interior de São Paulo.

No final de sua fala, Bob faz referência ao trabalho duro dos canavieiros. Talvez esteja se referindo ao fato de que o condomínio Otávio Junqueira Motta Luiz e outros, na Fazenda Rosário, em Guaíra, que controla a usina, foi condenado em segunda instância a extinguir a jornada 5 x 1. Pela jornada, são 5 dias de trabalho — inclusive domingos e feriados — e um de folga, o que significa que os trabalhadores têm os domingos livres apenas uma vez a cada sete semanas.

Na ação, movida pelo Ministério Público do Trabalho, a juíza considerou que esse tipo de jornada prejudica a vida social dos trabalhadores. Os condenados recorreram ao Tribunal Superior do Trabalho (TST).

No LinkedIn, Guilherme Motta se apresenta como executivo gestor da Central Energética Guaíra Ltda, que produz energia a partir do bagaço de cana. Ele informa ter formação em Bioenergia pela Fundação Armando Álvares Penteado, a FAAP, em São Paulo.

Em outro trecho do bate boca com Chico Buarque, Guilherme diz que a vida é fácil para o compositor porque ele “mora em Paris”. Na verdade, Chico mora no Rio de Janeiro.

Guilherme parece desfrutar de uma vida boa. No Facebook, postou fotos em Orlando e Aspen, nos Estados Unidos, e na ilha de Capri, na Itália.

Captura de Tela 2015-12-24 às 01.34.21

Depois do episódio, Chico Buarque, em sua página no Facebook, postou apenas um link para a música “Vai Trabalhar, Vagabundo”, de sua autoria.

O rapper Tulio Dek, que estava entre os jovens, esclareceu no Facebook não ter vínculo com o grupo:

Com relação ao episódio envolvendo o cantor Chico Buarque afirmo que mantive uma legítima, civilizada e democrática discussão partidária. Não concordo com nenhum tipo de manifestação agressiva, principalmente com um dos maiores artistas do Brasil. Em momento algum eu xinguei ou desrespeitei qualquer pessoa ali presente. Não tenho nenhum vínculo com nenhuma das pessoas que aparecem no video.

Guilherme Motta, por sua vez, reproduziu na rede social postagens críticas ao compositor.

Uma delas faz referência a supostos financiamentos obtidos por Chico, parentes e namorada através da Lei Rouanet. O compositor apoiaria o PT não por convicções ideológicas, mas pelo dinheiro, sugere.

Num comentário a uma postagem de Guilherme, um amigo se refere a Chico como dependente “de todo trabalhador que o sustenta”, em outra aparente referência à Lei Rouanet, através da qual são financiados projetos culturais com renúncia fiscal.

No twitter, @rafaelmartelo apontou para este link da Copercana, segundo o qual a usina fundada pelo avô, pai e tio de Guilherme Motta recebeu financiamento de R$ 80 milhões do BNDES.

O BNDES empresta dinheiro público com juros subsidiados.

Captura de Tela 2015-12-24 às 02.00.06

Veja também:

O vídeo do cerco a Chico Buarque e quem são os outros envolvidos no bate boca

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



32 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Bernardo

26 de dezembro de 2015 às 17h33

Uns bobos e despreparados. São desprezíveis do ponto de vista da educação e cínicos. Não merecem nenhum comentário. Só o fazemos para repudiar as agressões grosseiras contra Chico Buarque e mostrar que esta “valentia’ deles vale nada. Coxinhas, só isso!!!

Responder

Neusa Marques

25 de dezembro de 2015 às 18h46

Ah Chico, se um dia Deus me desse a graça de encontrá-lo na rua, eu queria abraçá-lo tanto, tanto…

Responder

Helena/S.André SP

25 de dezembro de 2015 às 16h20

Conheço Guaíra (SP) pois tenho dois tios, por parte da minha mãe, que moram na cidade desde a década de 40. Aliás um dos meus tios já morreu, inclusive meu primo e minha tia, mas os netos desse meu tio continuam com a fazenda herdada. A minha tia que mora lá ainda já tem 90 anos e sua filha foi uma das primeiras funcionárias dessa Usina de Guairá, que começou a operar na cidade por volta da década de 70. Depois que essa usina se instalou na cidade, praticamente todas as fazendas de lá passaram a se dedicar só a plantação de cana de açúcar. Hoje, a usina deve arrendar essas fazendas, como a fazenda herdada pelos netos do meu tio. Guaíra é uma cidade pequena que conta hoje com pouco menos de 40 mil habitantes. Há muito tempo não vou mais para lá mas estive na cidade várias vezes e posso dizer que Guaíra é uma cidade muito provinciana, todos que lá moram se conhecem. Então, esse tal Guilherme Mota deve ser um típico almofadinha de Guairá que se acha o “dono” da cidade, como muitos filhos de fazendeiros que lá vivem. Portanto, não me admiro nada com esse comportamento infantil desse Guilherme Mota. Deve ser igual os filhinhos de papai rico de Guaíra que vivem contando vantagens e que adoram humilhar os outros que não possuem tanta grana quanto os seus pais. Esse Guilherme não trata bem os que são favoráveis ao PT mas Guaíra tem tido prefeitos do PT há muito tempo, inclusive o atual. A minha tia que lá ainda mora fala muito bem da administração petista da cidade, principalmente na área da saúde, uma vez que ela depende da saúde pública para tratar suas enfermidades.

Responder

    L. Souza

    26 de dezembro de 2015 às 11h59

    Deve ser por isso que esse tal de Guilherme odeia o PT. A ideia de seus governos é trabalhar para os humildes.

dinarte

25 de dezembro de 2015 às 02h19

Gostaria de saber qual a marca de açucar que eles comercializam,para que eu possa boicotar, caso seja alguma das que eu consumo.

Responder

roberto

24 de dezembro de 2015 às 23h53

O cara é vagabundo, e não vai trabalhar não.
O papai , que é um tremendo otário, vai continuar dando dinheiro para o inútil. E quando morrer,o imprestável vai torrar até o último centavo da família.

Responder

CaRLos

24 de dezembro de 2015 às 19h59

A direita e a extrema direita é assim. E sempre será. Não tem discussão com esse pessoal. Eles gostam de intimidar; falar grosso; falar alto; “partir pra cima”; gritar com os outros. É tolice pensar que sai alguma coisa. Eles são nossos inimigos; não são adversários. O próximo que for agredido por eles, tem que chamar o camburão. Não pode deixar barato isso não. Eles não respeitam ninguém; acham-se os tais. Não tem conversa com essa gente. Parem de ilusão, pensando que uma boa conversa resolve. Com essa gente não resolve não.

Responder

    Guará Matos

    25 de dezembro de 2015 às 19h41

    Caríssimo a Direita + Esquerda + Extrema Direita + Extrema Esquerda são iguais na falta de pudor e honestidade. A questão brasileira é Moral! Partidos políticos e quase todos políticos ali encostados são vagabundos! O melhor “matou a mãe a chutes”.

Alisson da Silva

24 de dezembro de 2015 às 18h02

Ui ui ui!! Chico Buarque foi hostilizado no LEBLON (como todo mundo sabe,é um bairro super “proletariado” no RJ… SQN!) e foi acusado de ser exatamente aquilo que é… Um PETISTA! Tá bem que o cara chamou ele “merda”,mas qual a diferença entre ser um “merda” é ser um petista?! É uma pergunta que,somente anos de financiamento via leis governamentais e votos abertos em candidatos da estrela amarela,pode responder. Realmente,é muito difícil ser alguém do “povo” e quem pensa no “social” enquanto janta em um restaurante do Leblon ou num apartamento em Paris. Ladrão que rouba ladrão todo mundo sabe o que é,mas playboy que ofende playboy é o que?!

Responder

    roberto

    25 de dezembro de 2015 às 00h16

    Somente a música “A Banda” do Chico ,foi gravada em mais de 20 idiomas ao redor do mundo.
    A música que já era um sucesso retumbante até então,foi gravada pela banda instrumental americana,incrivelmente famosa Herb Alpert & The Tijuana Brass,em 1968 no disco “Ninth”, com um arranjo espetacular,monumental. Aí a musica teve outro boom que durou anos, e a versão do Herb foi tocada e imitada por outras bandas,em todos,… “todos” os países do mundo. No Reino Unido e toda a Europa, o grupo da nata dos músicos britânicos com o nome Pancho Gonzalez,deu mais um impulso no sucesso monumental criando um arranjo para o arranjo do Herb Alpert, para a música do Chico. O Chico Buarque de Holanda, o cara que o imprestável filho de papaizinho riquinho,ofendeu , porque é avançado,talentoso e famoso, ao contrário do inútil mal educado.
    E estou falando somente de uma de suas centenas de músicas e sucessos.
    Ele é petista e pode morar no Leblon ou em Paris se quiser,pois seria com o dinheiro que ganhou com a sua arte.
    Já o pessoal do PSDB,não tem talento algum, mas compra apartamentos em Paris, só que com dinheiro alheio.
    Fica a pergunta: quem é merda nessa história ,o talentoso do PT, ou o boca suja da oposição ?

    Felipe

    25 de dezembro de 2015 às 00h17

    A diferença é que o Chico Buarque não é um “merda”.

    anac

    25 de dezembro de 2015 às 06h13

    Ui ui um da silva se achando elite. Só se for lavando latrina.
    O coxinha vomita sua ignorância, estultice em todos os blogs. Vade retro, analfabeto.

Marat

24 de dezembro de 2015 às 17h22

Faz-se urgente o uso de exame antidoping aos reaças!

Responder

Heloísa Coellho

24 de dezembro de 2015 às 16h22

O BNDES não devia financiar empresas não competitivas como essa aí de cana-de-açúcar. Choque de capitalismo já! Meritocracia! A usina deve vencer e sobreviver por seus méritos, e não por sugar dinheiro público. Isso é coisa de comunista. Capitalismo atrasado esse do Brasil. Eu acho os capitalistas atrasados uns merdas.

Responder

lulipe

24 de dezembro de 2015 às 16h13

CHICO

Perdoe se minha admiração não é irrestrita. Você apoia quem rouba, quem roubou e quem tem roubado, não tem discussão.

De Paris, você não se importa em ver a Pátria Mãe, tão distraída, ser subtraída em tenebrosas transações. Afasta de ti esse cálice, Chico!

O que será que lhe dá pra defender quem não tem decência, nem nunca terá, quem não tem vergonha, nem nunca terá, quem não tem limite?

Cantei cada uma de suas canções como se fosse a última!

Olhos nos olhos, dói ver o que você faz ao defender quem corrompe, engana e mente demais.

Não é por estar na sua presença, mas você vai mal. Vai mal demais.

Eu te vejo sumir por aí, arruinando sua biografia, que se arrasta no chão, cúmplice de malandro com aparato de malandro oficial, malandro investigado na Polícia Federal.

É, Chico, você tá diferente, já não te conheço mais. Quem te viu, quem te vê!

Trocando em miúdos, pode guardar as sobras de tudo que não conseguirem roubar.

Apesar de você e do PT, amanhã há de ser outro dia.

Grato, Daniel D’Dane!

Responder

    FrancoAtirador

    24 de dezembro de 2015 às 17h57

    .
    .
    RÓGER
    .
    INÚTIL! A GENTE SOMOS INÚTIL!
    .
    .

    Mauricio Gomes

    24 de dezembro de 2015 às 18h45

    Parabéns, ganhou de natal o prêmio de comentário mais estúpido da semana. Prêmio merecido, apesar de você!

    anac

    25 de dezembro de 2015 às 06h15

    Pelo nickname escolhido dá para ver que chafurda na lama o MALANDRO.
    Vai Trabalhar, Vagabundo!

Luís CPPrudente

24 de dezembro de 2015 às 13h59

Para os filhotes dos Garneiros, para o herdeiro de Jairo Andrade Bezerra e o herdeiro de Otávio Junqueira Motta Luiz: vão trabalhar vagabundos!

Responder

Urbano

24 de dezembro de 2015 às 12h51

Tava mais para banqueteiro…

Responder

    Urbano

    24 de dezembro de 2015 às 12h55

    Precisa se dizer quem sempre pagou a conta?…

jossimar

24 de dezembro de 2015 às 10h28

A Dilma foi feliz quando afirmou que seus adversários não resistem a ma vusca no google.
O mesmo se pode afirmar deste bando da fascistas que saíram do armário recentemente.
Todos, sem exceção são mamadores nas tetas do governo ou querem exclusividade no usufruto das verbas e programas públicos.

Responder

    anac

    25 de dezembro de 2015 às 06h18

    Os netinhos e filhotes não aguentam uma busca no google. Família metida em pilantragem, corrupção, uso ilícito do dinheiro publico.

FrancoAtirador

24 de dezembro de 2015 às 10h25

.
.
“PEDRO PEDREIRO” 50 ANOS
.
(https://youtu.be/ukyJzG9IePI)
.
(http://migre.me/svCRn)
(https://pt.wikipedia.org/wiki/Pedro_Pedreiro)
(http://www.dicionariompb.com.br/chico-buarque/dados-artisticos)
.
(https://letras.mus.br/chico-buarque)
(http://www.cifraclub.com.br/chico-buarque)
.
(http://www.vagalume.com.br/chico-buarque/discografia)
(https://pt.wikipedia.org/wiki/Chico_Buarque#Discografia)
.
PEDRO PEDREIRO (1966)
(Chico Buarque de Holanda)
.
Pedro pedreiro penseiro esperando o trem
Manhã parece, carece de esperar também
Para o bem de quem tem bem de quem não tem vintém
Pedro pedreiro fica assim pensando
Assim pensando o tempo passa e a gente vai ficando prá trás
Esperando, esperando, esperando, esperando o sol esperando o trem, esperando aumento desde o ano passado para o mês que vem
.
Pedro pedreiro penseiro esperando o trem
Manhã parece, carece de esperar também
Para o bem de quem tem bem de quem não tem vintém
Pedro pedreiro espera o carnaval
E a sorte grande do bilhete pela federal todo mês
.
Esperando, esperando, esperando, esperando o sol
Esperando o trem, esperando aumento para o mês que vem
Esperando a festa, esperando a sorte
E a mulher de Pedro, esperando um filho prá esperar também
.
Pedro pedreiro penseiro esperando o trem
Manhã parece, carece de esperar também
Para o bem de quem tem bem de quem não tem vintém
Pedro pedreiro tá esperando a morte
Ou esperando o dia de voltar pro Norte
Pedro não sabe mas talvez no fundo espere alguma coisa mais linda que o mundo
Maior do que o mar, mas prá que sonhar se dá o desespero de esperar demais
Pedro pedreiro quer voltar atrás, quer ser pedreiro pobre e nada mais, sem ficar
.
Esperando, esperando, esperando, esperando o sol
Esperando o trem, esperando aumento para o mês que vem
Esperando um filho prá esperar também
Esperando a festa, esperando a sorte, esperando a morte, esperando o Norte
Esperando o dia de esperar ninguém, esperando enfim, nada mais além
Da esperança aflita, bendita, infinita do apito de um trem
.
Pedro pedreiro pedreiro esperando
Pedro pedreiro pedreiro esperando
Pedro pedreiro pedreiro esperando o trem
Que já vem…
Que já vem
Que já vem
Que já vem
Que já vem
Que já vem
.
(http://www.naraleao.com.br/index.php?p=discografia/1966-nara-pede-passagem)
.
.

Responder

Gerson Carneiro

24 de dezembro de 2015 às 10h01

Aprendiz de escravagista querendo dar opinião sobre Democracia.

Esse sim é um merda.

E o marmanjo “Alvarinho” declarou após o episódio lamentável que poderá voltar para Londres.

– Se meus pais decidirem, terei que voltar.

Outro merda.

Responder

FrancoAtirador

24 de dezembro de 2015 às 08h07

.
.
Tudo porque Alguém de Esquerda falou
.
em “Taxar Heranças e Grandes Fortunas”.
.
.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.