VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Eliara Santana: Jornal Nacional silencia Gilmar Mendes para defender a Lava Jato
Desnudando a mídia

Eliara Santana: Jornal Nacional silencia Gilmar Mendes para defender a Lava Jato


02/10/2019 - 23h12

 Eliara Santana*, postado em rede social

A primeira matéria do Jornal Nacional não trouxe a notícia mais importante do dia: a votação do STF que coloca em xeque decisões da Lava Jato.

Ao contrário, a primeira matéria foi EXATAMENTE sobre ações de “sucesso” da Força Tarefa.

Matéria grande, mostrando a prisão de servidores da Receita Federal que negociavam propina com empresas autuadas.

Expuseram bastante o combate à corrupção, mostrando em detalhes imagens de muito dinheiro, o “fruto” da corrupção apreendido pela incansável Lava Jato.

A segunda matéria foi a votação no STF. Abriram com o voto de Marco Aurélio, dando amplo espaço para seu voto, destacando trechos em que ele questiona e critica o Supremo e onde diz que a “sociedade vinha aplaudindo a Lava Jato”.

Trecho em destaque mostra ainda que a “guinada do Supremo não inspira confiança e gera descrédito” (boa ideia a ser lançada contra o Supremo, não acham?).

Depois da fala ampla e contundente de Marco Aurélio, o repórter anuncia que Toffoli fez a defesa do Supremo, e abre-se espaço para uma fala literal do ministro (mais curta que a de Marco Aurélio).

O repórter, então, encerra a cobertura da votação dizendo que o placar ficou em 7 x 4.

NÃO HÁ ESPAÇO PARA A FALA DE GILMAR MENDES. O ministro que criticou duramente a Lava Jato em seu voto sequer é citado na edição do JN.

Não tem nem os míseros sete segundos da edição passada. A matéria se encerra com um resumo da votação dos encaminhamentos. Nada mais. Nenhuma repercussão. Nenhuma voz externa.

A terceira matéria informa que a terceira turma do STJ decidiu colocar em liberdade uma hacker.

Na sequência, matéria sobre a posse do PGR, com amplo destaque para a fala de Aras, sempre ressaltando o combate à corrupção, “para que o povo viva em paz”.

No discurso, ele também está fazendo uma ampla defesa da Lava Jato, elogiando o ministro Sérgio Moro e destacando o papel e a “onipresença” do MP.

Na matéria, espaço também para a fala de Bolsonaro, mostrando bom humor e fazendo um apelo cordial ao MP para buscar o entendimento antes de denunciar o governo (nenhuma repercussão sobre essa fala estranha).

INTERNACIONAL VEM PARA O PRIMEIRO BLOCO

Na sequência, após as questões de justiça, amplo destaque para a crise no Peru, com a renúncia da vice.

A matéria recapitula tudo o que já havia sido dito em relação ao país e ao problema institucional e de governo, na edição passada, só acrescentando que “juízes sob suspeição” é que vão decidir o futuro (bom direcionamento para interpretações).

Estranhamente, a economia entra nesse bloco, com uma nota rápida afirmando que as bolsas caíram no mundo e no Brasil por causa da China e do Brexit. Sem imagens.

PREVIDÊNCIA É ENQUADRADA NO ÂMBITO DA “ECONOMIA PARA O GOVERNO”

Matéria no segundo bloco mostra a vitória mas sem grande contentamento, pois o Senado manteve um destaque que “diminui” a tal economia esperada pelo governo.

Mostram bastidores da votação, quem foi contra e a favor, mas NADA sobre o significado da reforma – a não ser a propalada economia.

A imagem ao fundo para falar da reforma é de uma carteira de trabalho…

Mostraram o ministro da Economia, Paulo Guedes, em imagens apenas, e o repórter afirma que o governo refaz as contas por causa desse resultado.

Alcolumbre fala afirmando que o governo não cumpriu o “pacto federativo” (ninguém explica ao telespectador de que se trata).

Explora-se muito o descontentamento com o governo (não se fala em “negociações”, e nenhuma voz externa comenta o absurda do toma lá dá cá – pois é disso que se trata).

Na sequência, de novo, Aras aparece em “entrevista” exclusiva para comentar sobre a questão das informações sigilosas.

Depois, uma matéria ampla e desnecessária sobre as brigas da realeza britânica com a imprensa sensacionalista. Matéria com destaques e espaço par a realeza.

No terceiro bloco, O BRASIL NA LIBERTADORES. Muito esporte para acalmar os ânimos

RESUMO DO BRASIL, SEGUNDO O JN:

1. Lava Jato segue firme e é a maior operação contra corrupção no mundo. Portanto, inquestionável

2. Peru e EUA têm graves problemas institucionais, nós não temos, pois as nossas instituições funcionam. A realeza britânica também tem problemas

3. Economia está um pouquinho ruim – só por causa da queda da bolsa -, mas isso é um problema do mundo, caiu em todo lugar. Culpa da China que teima em brigar com os EUA

4. PGR é nosso novo herói

5. Bolsonaro pode ser manso e cordial

6. Lula não existe. Aliás, nunca existiu

Boa noite.

*Eliara Santana é jornalista e doutoranda em Estudos Linguísticos pela PUC Minas/Capes.

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

04 de outubro de 2019 às 21h38

Pedro Cardoso leciona aos Analfabetos Políticos [e Religiosos]:
https://youtu.be/Xy9KW705jFo

Responder

Zé do rolo

04 de outubro de 2019 às 04h04

essa cambada do JN e cúpula da globo lixo sabe que nunca existiu lava jato e sim farsa a jato de Curitiba pois todo o conteúdo divulgado pelo site Intercept Brasil em parceria com a veja e folha é VERDADE ou seja o Moro e o dallagnol e demais procuradores da lava jato que na verdade é farsa a jato de Curitiba armaram pesado contra o Lula e o Janot com suas declarações e seu livro a ser lançado só comprova que nunca existiu lava jato e sim farsa a jato de Curitiba.

Responder

wendel

03 de outubro de 2019 às 20h07

Materia apenas destinada aos Homer Simpson como o Bonener gosta de chama-los!
Quem gosta que faça um bom proveito.
Manipulados idiotas !!!!!!!

Responder

Mário

03 de outubro de 2019 às 08h48

Um belo resumo, vou mandar para o meu pai, um dos milhões de Homer Simpson que assistem diariamente o panfleto disfarçado de noticiário, mas acho que ele não vai entender…

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.