VIOMUNDO

Diário da Resistência


A abertura do evento MILWEEK2021 –Cenários de um Brasil Pandêmico; vídeo
Desnudando a mídia

A abertura do evento MILWEEK2021 –Cenários de um Brasil Pandêmico; vídeo


24/10/2021 - 10h41

Por Eliara Santana*

Na leitura do relatório final da CPI, no dia 20 de outubro, o senador Renan Calheiros disse que a investigação era muito importante para que nós nunca nos esqueçamos do que aconteceu no Brasil.

E mais do que simplesmente não esquecer, precisamos refletir para saber como e por que o país mergulhou em uma avassaladora crise generalizada, com desdobramentos em vários campos da vida nacional – na saúde, na educação, na economia, na política.

A vida dos brasileiros se tornou mais e mais precária – a Covid ceifou mais de 600 mil vidas, a vacinação demorou a decolar, a crise política toma o fôlego da Nação, a economia não demonstra sinais de reação, há desemprego galopante e pessoas com fome, a inflação e a falta de renda obrigam os brasileiros a comerem pé de galinha.

É um cenário degradação. E exatamente em função da preocupação com essa realidade é que o evento “MILWEEK 2021 – CENÁRIOS DE UM BRASIL PANDÊMICO” se estruturou como palco virtual para propor discussões sobre os problemas do país e buscar entender como chegamos até aqui.

Comissão organizadora. Acima, da esquerda para a direita: Alexandre Le Voci Sayad, Anna Christina Bentes, Bianca Paiva, Cauã Borari, Claudia Wanderley, Ester Borges e Felipe Dornelas; abaixo, da esquerda para a direita: Jackeline Mendes, Lilian Rejane da Costa Minotto, Paula Vermeersch, Ricardo Vieira de Brito, Robson Rodrigues Monteiro e Eliara Santana. Fotos: arquivos pessoais

O evento começa amanhã e será totalmente online. Ele tem uma ampla programação síncrona e assíncrona (você pode conferir abaixo), com uma grande pluralidade de vozes, de diversas áreas do conhecimento, para buscar o diálogo, construir pontes e propor soluções para a reconstrução do Brasil.

Sejam todas e todos muito bem-vindos.

*Eliara Santana é jornalista e doutora em Linguística pela PUC/MG

Leia também:

Evento virtual reúne pensadores para debaterem o Brasil da pandemia





5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

25 de outubro de 2021 às 14h42

Cenário do Preconceito Burguês Histórico no Brasil

Rede de Farmácias São João confirma que
áudio com conteúdo Homofóbico, Gordofóbico,
‘Piercingfóbico’ e todo tipo de Preconceito
foi enviado por uma coordenadora regional da
empresa no Litoral Norte do Rio Grande do Sul

O que já se sabia, foi confirmado na sexta-feira, 22.
A Rede de Farmácias São João confirmou que o áudio
compartilhado em grupos de WhatsApp em que
uma mulher orienta a contratar apenas “pessoas bonitas”
foi mesmo enviado por uma colaboradora [gerente regional] da empresa no Litoral Norte.

A informação também foi repassada à Delegacia de Polícia de Imbé-RS, que havia aberto um inquérito para apurar o caso.

De acordo com o titular da Delegacia de Polícia de Imbé, delegado Antônio Carlos Ractz Jr., foi feito contato com Ricardo Breier, advogado da Rede de Farmácias São João, que confirmou a origem do áudio e que apresentará o diretor de Recursos Humanos da empresa para prestar esclarecimentos na delegacia.

O áudio foi enviado pela coordenadora regional da empresa no Litoral Norte, que era funcionária há 13 anos
da rede de farmácias.
Ela repassou as orientações para os gerentes das lojas
da região.

Na segunda-feira (18), a São João havia emitido uma nota
em que afirmava que o áudio não era de uma funcionária e atribuía a situação a uma fake news que tentava prejudicar
a empresa. Porém, com a descoberta por parte da
investigação policial, a empresa mudou o discurso
e informou agora que abriu uma sindicância interna,
apurou o caso e que a funcionária será demitida
por justa causa.

Em nova nota oficial, a empresa destacou que constatou-se
que o áudio foi enviado por uma colaboradora [SIC]
sem o conhecimento da direção e através de um canal
paralelo, não reconhecido oficialmente pela empresa.

O delegado adiantou que a coordenadora deve ser indiciada pelo crime de racismo. O crime tem pena de detenção de 2 a 5 anos em caso de condenação.

Outro inquérito tinha sido aberto pelo Ministério Público do Trabalho (MPT-RS).
O entendimento do órgão é de que a empresa também
é responsável no caso e será chamada a responder
na esfera trabalhista ou, ao menos, a firmar um compromisso de ajuste de conduta.
Esses documentos são conhecidos por TACs e costumam trazer medidas que as empresas se comprometem a cumprir para mitigar impactos em sociedade.

Íntegra do Áudio da Coordenadora Regional
da Rede de Farmácias São João no RS:

(https://youtu.be/gnoQncw6sFg)

Transcrição do Áudio:

“Bom dia, pessoal.
Os horários foram alterados.
A partir de sexta-feira, não teremos mais diferença
de horário no domingo.
Ou seja, vamos abrir às 7h30min e fechar no horário
que está colocado ali.
Precisamos alinhar esses horários das lojas.
E uma observação:
já estou ligando para as lojas para liberar as vagas
para esse mês ainda.
Porém, vocês sabem que feio e bonito é o mesmo preço,
né, gente?
Então, vamos cuidar muito nas nossas contratações.
Pessoas muito tatuadas, vocês sabem que a empresa
não gosta. [SIC]
A questão de piercing na língua, no nariz, na testa,
não pode, a gente lida com saúde.
Pessoas muito gordas, vocês sabem que…
Então assim, cuidem as aparências.
Cuidem as aparências.
Se pegar alguém, né, com todo o respeito, “veado”
e tudo mais, tem que ser uma pessoa alinhada,
que não vire a mão e fale… né.
Então, vamos cuidar as equipes que a gente vai pegar.
Vamos pegar gente com a aparência boa, com disposição,
com vontade.
Porque assim. Eu tenho feito as entrevistas para as lojas
de Imbé e tem muita gente boa disponível no mercado,
então, não esqueçam:
feio e bonito, a gente vai pagar o mesmo preço,
então vamos pegar os bonitos, né?
Que não somos bobos nem nada.
Então, por favor, conto com vocês.”

[Da Série: “Cenas do Brasil [nem tão] Profundo”

https://www.nbnoticias.com.br/noticia/24410/rede-de-farmacias-sao-joao-confirma-que-audio-discriminatorio-foi-enviado-por-uma-recrutadora-da-empresa

https://www.diariocachoeirinha.com.br/noticias/rio_grande_do_sul/2021/10/22/apos-dizer-que-era-fake-news-rede-de-farmacias-do-rs-confirma-que-audio-discriminatorio-e-de-funcionaria.html

Responder

Zé Maria

24 de outubro de 2021 às 17h10

– Acabou o Bolsa Família, talquei. E daí?

“Auxílio Brasil de Bolsonaro abandona mais de 20 milhões à própria sorte”

“Mesmo que consiga recursos para o programa que põe fim ao Bolsa Família, Bolsonaro só atingirá 17 mi dos 39 milhões que recebem auxílio emergencial”

https://t.co/qXw1mBtgum
https://twitter.com/ptbrasil/status/1452334071732920326

https://pt.org.br/auxilio-brasil-de-bolsonaro-abandona-mais-de-20-milhoes-a-propria-sorte/

Responder

    Zé Maria

    24 de outubro de 2021 às 17h16

    “Desigualdade de Renda no Brasil caiu de 2002 a 2015,
    aponta estudo” [Folha de S.Paulo]

    “A Folha só “esqueceu” de dizer que este foi o
    período em que Lula e Dilma governaram o país.
    Essa é mais uma prova de que a grande mídia
    tem muita culpa em relação aos milhões
    que passam fome hoje.”

    https://twitter.com/DeputadoFederal/status/1452279609253367813

    Zé Maria

    24 de outubro de 2021 às 17h42

    https://pbs.twimg.com/media/FCVpRn2WQAYNQtB?format=jpg

    Governadores mostram proposta que reduz preço da gasolina para R$ 4,50

    Em reunião com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco,
    governadores propuseram medida que foi praticada até 2016
    e que impedia disparada dos preços:
    a Capitalização do Fundo de Equalização dos Combustíveis.

    Governadores se reuniram na quinta-feira (21) com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM de saída para o PSD – MG), para que a discussão
    sobre o alto preço da gasolina, do diesel e do gás de cozinha volte à realidade
    e sejam adotadas medidas que realmente resolvam o problema.

    A proposta que saiu da Câmara para o Senado deve reduzir
    o preço da gasolina em no máximo 30 ou 40 CENTAVOS

    O projeto, que será analisado agora pelos senadores, foi uma clara manobra
    do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), para reforçar a fake news de
    Bolsonaro que adora culpar o ICMS pela alta dos preços e desviar a atenção
    da real causa do problema:
    a política de preços dolarizados praticada atualmente pela Petrobras.

    Segundo o governador do Piauí e coordenador do Fórum Nacional dos Governadores, Wellington Dias (PT), Pacheco concordou em chamar a
    Petrobras para o debate e ouviu as propostas dos Governadores.

    Após o encontro, Dias afirmou que o presidente do Senado concordou
    que o ICMS não pode ser apontado como o vilão, afinal a alíquota do
    imposto não é alterada há anos e só agora os preços dos combustíveis
    dispararam.

    “Antes, a gente tinha a alteração do câmbio, também do preço do barril
    do petróleo, e não havia essa subida brusca no preço nem da gasolina,
    nem do diesel, nem do gás de cozinha.
    Nós queremos solução para o preço do combustível e temos alternativa”, afirmou.

    Essa alternativa, explicou, é a capitalização do fundo de equalização do combustível.
    Criado para justamente impedir que os preços subissem para o consumidor,
    em caso de oscilação forte no mercado, esse fundo recebia recursos até 2016,
    pontuou Dias.

    Depois daquele ano, o mesmo do golpe que tirou Dilma Rousseff do poder,
    o fundo ficou descapitalizado.

    “O próprio ministro Paulo Guedes já admitiu que está com um grupo de estudo
    para fazer esta capitalização”, ressaltou Dias.

    De acordo com o governador, a capitalização do fundo reduzirá o preço do litro, que hoje chega a R$ 7, para algo em torno de R$ 4,50, mantendo-o nesse patamar.

    https://pt.org.br/governadores-mostram-proposta-que-reduz-preco-da-gasolina-para-r-450/


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding