VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Eu e a onda, ou a brisa

12 de junho de 2018 às 14h17

foto: Kristin Smith/Free Images

por Marco Aurélio Mello

As opiniões estão divididas nas redes sociais.

Como é de costume.

No campo progressista, há os que votam no Ciro, mas há os que não votam de jeito nenhum.

Nos gramados da Rússia há os que vão torcer pela seleção brasileira e há os que não.

E há, claro, todos os outros, com seus modos e argumentos.

Respeito.

Democracia é isso!

Ninguém quer que todos pensem do mesmo jeito e tenham as mesmas razões.

Quem quer unidade são os regimes imperiais e totalitários, as ditaduras, tenham ou não fardas.

A história é feita de avanços e retrocessos.

Mas, por incrível que pareça, no final das contas, estamos sim evançando.

É que quando o pêndulo volta bate aquele desespero.

A onda que quebra na praia primeiro espalha a água, que depois drena, reflui e torna a voltar como onda outra vez.

Resistir é enfrentar como rochedo a braveza e a leveza do mar.

Nosso processo histórico pode ser, ou de aprofundamento do desmonte, ou de redução de danos.

Dividir só é bom para quem lucra com isso.

Cada um na sua onda e na sua brisa.

Precisamos insistir num mundo unido pela diversidade de marrons, pretos, brancos, pardos, amarelos, vermelhos, arco-íris e furta-cores.

Podemos nos regozijar vendo um gol do artilheiro.

Ou não.

E que mal há nisso?

Apoie o VIOMUNDO

Crowdfunding

Veja como nos apoiar »

O lado sujo do futebol

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Entre os mais vendidos da VEJA, O Globo, Época e PublishNews. O Lado Sujo do Futebol é o retrato definitivo do que acontece além das quatro linhas. Um dos livros mais corajosos da história da literatura esportiva, revela informações contundentes sobre as negociatas que empestearam o futebol nos últimos anos. Mostra como João Havelange e Ricardo Teixeira desenvolveram um esquema mafioso de fraudes e conchavos, beneficiando a si e seus amigos. Fifa e CBF se tornaram um grande balcão de negócios, no qual são firmados acordos bilionários, que envolvem direitos de transmissão e materiais esportivos. Um grande jogo de bolas marcadas, cujo palco principal são as Copas do Mundo.

por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet.

Compre agora online e receba em sua casa!

26 - jul 1

Boa sorte a nós todos

Este é o meu desejo sincero

24 - jul 0

E se seu chefe visse isso?

Acho que muitos são incapazes de alcançar

23 - jul 1

Onde ninguém nos alcança

Este sim é o lugar

 

Um comentário escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

ana s.

12/06/2018 - 17h13

Sei lá…. Mil coisas.

Responder

Deixe uma resposta