VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas

Barão de Itararé: “Pela mais ampla liberdade de expressão”

23 de setembro de 2010 às 23h39

Mais de duzentas pessoas ficaram de fora, nos corredores do sindicato, no saguão do prédio ou na rua Rego Freitas. A deputada federal Luiza Erundina (PSB) fez o discurso mais festejado pelos participantes. (Fotos de Conceição Oliveira)

do blog do Altamiro Borges

Pela mais ampla liberdade de expressão

Reproduzo documento do Centro de Estudos Barão de Itararé, lido durante o ato que lotou o auditório do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo na noite desta quinta-feira, 23 de setembro:

O ato “contra o golpismo midiático e em defesa da democracia”, proposto e organizado pelo Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé, adquiriu uma dimensão inesperada. Alguns veículos da chamada grande imprensa atacaram esta iniciativa de maneira caluniosa e agressiva. Afirmaram que o protesto é “chapa branca”, promovido pelos “partidos governistas” e por centrais sindicais e movimentos sociais “financiados pelo governo Lula”. De maneira torpe e desonesta, estamparam em suas manchetes que o ato é “contra a imprensa”.

Diante destas distorções, que mais uma vez mancham a história da imprensa brasileira, é preciso muita calma e serenidade. Não vamos fazer o jogo daqueles que querem tumultuar as eleições e deslegitimar o voto popular, que querem usar imagens da mídia na campanha de um determinado candidato. Esta eleição define o futuro do país e deveria ser pautada pelo debate dos grandes temas nacionais, pela busca de soluções para os graves problemas sociais. Este não é momento de baixarias e extremismos. Para evitar manipulações, alguns esclarecimentos são necessários:

1. A proposta de fazer o ato no Sindicato dos Jornalistas de São Paulo teve uma razão simbólica. Neste auditório que homenageia o jornalista Vladimir Herzog, que lutou contra a censura e foi assassinado pela ditadura militar, estão muitos que sempre lutaram pela verdadeira liberdade de expressão, enquanto alguns veículos da “grande imprensa” clamaram pelo golpe, apoiaram a ditadura – que torturou, matou, perseguiu e censurou jornalistas e patriotas – e criaram impérios durante o regime militar. Os inimigos da democracia não estão no auditório Vladimir Herzog. Aqui cabe um elogio e um agradecimento à diretoria do sindicato, que procura manter este local como um espaço democrático, dos que lutam pela verdadeira liberdade de expressão no Brasil.

2. O ato, como já foi dito e repetido – mas, infelizmente, não foi registrado por certos veículos e colunistas –, foi proposto e organizado pelo Centro de Estudos Barão de Itararé, entidade criada em maio passado, que reúne na sua direção, ampla e plural, jornalistas, blogueiros, acadêmicos, veículos progressistas e movimentos sociais que lutam pela democratização da comunicação. Antes mesmo do presidente Lula, no seu legítimo direito, criticar a imprensa “partidarizada” nos comícios de Juiz de Fora e Campinas, o protesto contra o golpismo midiático já estava marcado. Afirmar o contrário, insinuando que o ato foi “orquestrado”, é puro engodo. Tentar atacar um protesto dos que discordam da cobertura da imprensa é tentar, isto sim, censurar e negar o direito à livre manifestação, o que fere a própria Constituição. É um gesto autoritário dos que gostam de criticar, mas não aceitam críticas – que se acham acima do Estado de Direito.

3. Esta visão autoritária, contrária aos próprios princípios liberais, fica explícita quando se tenta desqualificar a participação no ato das centrais sindicais e dos movimentos sociais, acusando-os de serem “ligados ao governo”. Ou será que alguns estão com saudades dos tempos da ditadura, quando os lutadores sociais eram perseguidos e proibidos de se manifestar? O movimento social brasileiro tem elevado sua consciência sobre o papel estratégico da mídia. Ele é vítima constante de ataques, que visam criminalizar e satanizar suas lutas. Greves, passeatas, ocupações de terra e outras formas democráticas de pressão são tratadas como “caso de polícia”, relembrando a Velha República. Nada mais justo que critique os setores golpistas e antipopulares da velha mídia. Ou será que alguns veículos e até candidatos, que repetem o surrado bordão da “república sindical”, querem o retorno da chamada “ditabranda”, com censura, mortos e desaparecidos? O movimento social sabe que a democracia é vital para o avanço de suas lutas e para conquista de seus direitos. Por isso, está aqui! Ele não se intimida mais diante do terrorismo midiático.

4. Por último, é um absurdo total afirmar que este ato é “contra a imprensa” e visa “silenciar” as denúncias de irregularidades nos governos. Só os ingênuos acreditam nestas mentiras. Muitos de nós somos jornalistas e sempre lutamos contra qualquer tipo de censura (do Estado ou dos donos da mídia), sempre defendemos uma imprensa livre (inclusive da truculência de certos chefes de redação). Quem defende golpes e ditaduras, até em tempos recentes, são alguns empresários retrógrados do setor. Quem demite, persegue e censura jornalistas são os mesmos que agora se dizem defensores da “liberdade de imprensa”. Somos contra qualquer tipo de corrupção, que onera os cidadãos, e exigimos apuração rigorosa e punição exemplar dos corruptos e dos corruptores. Mas não somos ingênuos para aceitar um falso moralismo, típico udenismo, que é unilateral no denuncismo, que trata os “amigos da mídia” como santos, que descontextualiza denúncias, que destrói reputações, que desrespeita a própria Constituição, ao insistir na “presunção da culpa”. Não é só o filho da ex-ministra Erenice Guerra que está sob suspeição; outros filhos e filhas, como provou a revista CartaCapital, também mereceriam uma apuração rigorosa e uma cobertura isenta da mídia.

5- Neste ato, não queremos apenas desmascarar o golpismo midiático, o jogo sujo e pesado de um setor da imprensa brasileira. Queremos também contribuir na luta em defesa da democracia. Esta passa, mais do que nunca, pela democratização dos meios de comunicação. Não dá mais para aceitar uma mídia altamente concentrada e perigosamente manipuladora. Ela coloca em risco a própria a democracia. Vários países, inclusive os EUA, adotam medidas para o setor. Não propomos um “controle da mídia”, termo que já foi estigmatizado pelos impérios midiáticos, mas sim que a sociedade possa participar democraticamente na construção de uma comunicação mais democrática e pluralista. Neste sentido, este ato propõe algumas ações concretas:

— Desencadear de imediato uma campanha de solidariedade à revista CartaCapital, que está sendo alvo de investida recente de intimidação. É preciso fortalecer os veículos alternativos no país, que sofrem de inúmeras dificuldades para expressar suas idéias, enquanto os monopólios midiáticos abocanham quase todo o recurso publicitário. Como forma de solidariedade, sugerimos que todos assinemos publicações comprometidas com a democracia e os movimentos sociais, como a Carta Capital, Revista Fórum, Caros Amigos, Retrato do Brasil, Revista do Brasil, jornal Brasil de Fato, jornal Hora do Povo, entre outros; sugerimos também que os movimentos sociais divulguem em seus veículos campanhas massivas de assinaturas destas publicações impressas;

— Solicitar, através de pedidos individuais e coletivos, que a vice-procuradora regional eleitoral, Dra. Sandra Cureau, peça a abertura dos contratos e contas de publicidade de outras empresas de comunicação – Editora Abril, Grupo Folha, Estadão e Organizações Globo –, a exemplo do que fez recentemente com a revista CartaCapital. É urgente uma operação “ficha limpa” na mídia brasileira. Sempre tão preocupadas com o erário público, estas empresas monopolistas não farão qualquer objeção a um pedido da Dra. Sandra Cureau.

— Deflagrar uma campanha nacional em apoio à banda larga, que vise universalizar este direito e melhorar o PNBL recentemente apresentado pelo governo federal. A internet de alta velocidade é um instrumento poderoso de democratização da comunicação, de estimulo à maior diversidade e pluralidade informativas. Ela expressa a verdadeira luta pela “liberdade de expressão” nos dias atuais. Há forte resistência à banda larga para todos, por motivos políticos e econômicos óbvios. Só a pressão social, planejada e intensa, poderá garantir a universalização deste direito humano.

— Apoiar a proposta do jurista Fábio Konder Comparato, encampada pelas entidades do setor e as centrais sindicais, do ingresso de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) por omissão do parlamento na regulamentação dos artigos da Constituição que versam sobre comunicação. Esta é uma justa forma de pressão para exigir que preceitos constitucionais, como o que proíbe o monopólio no setor ou o que estimula a produção independente e regional, deixem de ser letra morta e sejam colocados em prática. Este é um dos caminhos para democratizar a comunicação.

— Redigir um documento, assinado por jornalistas, blogueiros e entidades da sociedade civil, que ajude a esclarecer o que está em jogo nas eleições brasileiras e o papel  que a chamada grande imprensa tem jogado neste processo decisivo para o país. Ele deverá ser amplamente divulgado em nossos veículos e será encaminhado à imprensa internacional.

 

109 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Henrique Nunes

25/09/2010 - 20h02

Grande momento pro jornalismo brasileiro. Espero que esta união continue, em busca da defesa da profissão, da desregionalização e, claro, da liberdade de expressão, além dos blogs. Torcendo ainda que, para isso, inclusive, tenhamos um congresso também mais democrático, em dia com os legítimos anseios de liberdade do povo brasileiro.

Responder

Maria Edilene

25/09/2010 - 16h03

Eu também estive lá!

Responder

joõ ribeiro júnior

25/09/2010 - 04h14

E para quem tem uma senha do Globo, Folha, Estadão, Jornal do Commercio do Recife… etc… uol… terra… ig… divulgue para seus amigos. Crie uma senha simples: leiasempagar e passe para que todos tenham acesso de graça e esses empresários sejam afetados pelo bolso…é onde dói neles.

Responder

    Raquel Porangaba

    25/09/2010 - 13h16

    Cara, adorei a iniciativa! Você já tem algum login? Quero divulgar… E vou criar um também! beijo

Marcel Brasil

25/09/2010 - 00h02

A propósito, alguém sabe dizer o que se passou lá no Clube Militar?
Quero dizer, como foi, o que foi dito etc

Responder

Marcel Brasil

25/09/2010 - 00h00

Apoiado.
Temos que multiplicar as manifestações, temos que apoiar o plano de banda larga, temos que apoiar Carta Capital , temos que ampliar o alcance das revistas e veículos sérios (já faço isso há muito tempo).
Mas precisamos, antes de mais nada, entender que é urgente a mobilização de todos os setores da sociedade, em apoio a democracia e ao Presidente Lula.
Acredito que o desespero dos cães raivosos se deve ao fato de perceberem que não há volta no caminho iniciado pelo Lula.
Percebem que a informação começa a se desfragmentar e abrir canais diretos com o público.
o povo começa a buscar por respostas e ter uma maturidade política maior, esse processo está em andamento em toda a América Latina e eles sabem disso, portanto, a fúria dos desesperados é sempre perigosa e uma possibilidde de golpe não é nenhum delírio (é só lembrar de 2005 e tantas outras datas).
estou a disposição e em breve lanço o meu Blog
MArcel Portella – publicitário

Responder

José Fernandes

24/09/2010 - 22h57

queria está la´, mas não deu, mas fiquei torcendo, pelo exito do encontro. tenho certeza que foi algo singular e tomara que tenhamos masi encontro desees não protestar mais paar descutir soluções, troca de idéias.

Responder

Mielo M Guidelo

24/09/2010 - 22h30

Ô Mário! Ainda hoje escrevi a mesma coisa sobre fazermos boicote a esses jornais e revistas golpistas.
Disse que já tinha cancelado a minha assinatura há vários dias e aconselhava a todos nós, que somos milhões, fazermos uma limpa na imprensa do país.
Claro escreveste com mais propriedade do que eu, inclusive fiz uma cópia do teu comentário, mas no fundo a ideia é a mesma.
Quero ver os 4% manterem essa gente escrevendo mentiras… Nós podemos ajudar a nossa Dilma usando a força de consumidores desses veículos.
Acho que essa é a melhor iniciativa a ser usada. Vamos espalhar por todos os blogs e até nos comentários dos jornalões essa iniciativa de todos nós.
Se eu fui repetitivo, não reparem, é que depois do discurso do PT, encerrando a campanha em Porto Alegre, fiquei um pouco eufórico.
Agora vamos partir para convencer os amigos e parentes que estejam na dúvida. Vou deixar a minha bandeira na janela e vou sair por aí…
Um abraço a todos, e dia 03/10 vamos fazer "aquela" festa…

Responder

Glecio_Tavares

24/09/2010 - 20h22

http://ultimosegundo.ig.com.br/eleicoes/vox+popul

Eita que uma semana é muito tempo ainda.

Ah estou postando o resto dos filmes. Dessa vez não perdi um unico trecho dos discursos sequer. http://www.youtube.com/user/GlecioTavares?feature

Responder

Marcos

24/09/2010 - 19h56

Azenha, vamos organizar o plantão anti GOLPE,
se o PIG jogar com alguma mentira ou terrorismo,

nesta reta final da campanha,

nossa turma “Itararé” em campo via internet e
“outros medios” e detonamos os bandidos!

Não vamos deixar esta turma jogar impunimente,
vamos por a turma do Lula nas ruas já!

Responder

Orellano Paz

24/09/2010 - 19h05

Apoiado. Longa vida ao Barao de Itarare' , a informacao e a democracia. Alguem ai' pensou em um jeito de os internautas assinarem apoio ao documento? Que tal juntarmos alguns milhoes de "assinaturas"? Grande abraco

Responder

El Cid

24/09/2010 - 18h09

… e lá no Clube Militar, o Merval Pereira e o Reinaldo Azevedo participaram de um evento no qual se discutia “o cerceamento à liberdade de imprensa”. Isso é o mais puro golpismo. Dupla de jornalistas inescrupulosos, aliam-se ao que há de mais retrógrado nos meios militares e ficam cogitando teses golpistas! E ainda posam de vestais e democratas!
Esses, sim, são um perigo à democracia e não aqueles jornalistas que participaram do movimento do Barão de Itararé, cujos objetivos eram, precisamente, denunciar a velha mídia (PIG) por sua parcialidade nesta campanha. Refiro-em aos ataques contínuos contra Dilma e Lula e seu engajamento pró-Serra.
Congratulo-me, portanto, com os verdadeiros patriotas que não se submetem a este jogo sujo!

Responder

braz

24/09/2010 - 17h51

Profundamente oportuno esta manifestação contra o golplismo da midia oficiosa e isto porque com Dilma, o enfrentamento
a esses monopólios do pensamento que quer fazer de tudo para que seja unica, temos que, juntos como "esquerda", oficializar ou seja, legalizar os setores de comunição socio-popular como radios,tvs e outras que ainda, mesmo no governo Lula, as que começam a pensar, fazer programação diferentes são brutalmente fechadas.Por isso este tipo de momenetos voltando para a ruas, devem ser ampliados porque o proximo governo vai receber muitas pressões, perseguições etc
E também expresso minha solidariedade a todo pessoal da Cartacapital, Carta Maior e demais setores que querem avançar a democracia direta na sociedade brasileira,e isto enfrenta diretamente todo tipo de monopólis e de golpista. A guerra esta começando.

Responder

Marcio

24/09/2010 - 16h57

Azenha, faz uns dois dias que o site Brturbo mantém uma chamada de matéria: "Juca Chaves diz…..legalizar o aborto…" Algo me diz que está ali como senha, a próxima semana será a das baixarias da religião. Os e-mails que estão pululando na rede, os sermões de pastores das seitas evangélicas mais vinculadas à direita (e são muitas, mas não todas) estão encaminhando o ataque para a pretensa falta de religiosidade da Dilma, etc., etc. Aqui na minha cidade (uma das mais conservadoras do Brasil), estão distribuindo material na rua que vincula literalmente Dilma ao Diabo.

Responder

Valdete Lima

24/09/2010 - 16h30

Meu caro Azenha!!!
Quero parabenizá-lo por ser um dos precursores da blogesfera Juntamente com Paulo Henrique, antes correspondentes estrangeiros que tiveram a grande visão de que só poderiam viver a grande imprensa como tal, através dos blogs. E deu no que deu. A população superbem informada, chamando o povo à luta e tendo esta resposta maravilhosa! Com isso, parabenizo os tantos outros que através de você conheci. Meu folder de favoritos é acrescentado a cada dia pela sua indicação. Esse forum de blogueiros foi – imagino – porque não estava lá, infelizmente, – a oroação dos grandes jornalistas, amantes da verdade. Deus abençõe a voces, levando às suas mentes brilhantes, ações como estas para informar cada vez mais ao povo brasileiro.

Responder

Pérola

24/09/2010 - 16h25

Emocionante!!!

Responder

Claudia Fonseca

24/09/2010 - 15h37

Azenha, esse pessoal da direita ultrapassou todos os limites do aceitavel. Tem blog pregando abertamente o assassinato do presidente Lula. Onde vamos parar com esse vale-tudo?
http://migre.me/1oqWv

Por favor, divulguem, façam alguma coisa!

Responder

    El Cid

    24/09/2010 - 18h00

    Cláudia:

    "não espere dos demônios, as virtudes dos anjos…"

    Bonifa

    24/09/2010 - 20h12

    O que é sensacional é ver o manifesto dos democratas, com assinaturas de Hélio Bicudo, Dom Evaristo Arns e do grande ex-cineasta Jabor, ocupando um lugar de honra no blog que prega cortar com uma faca a garganta do presidente Lula. E ainda temos direoito a um intróito do Caetano Veloso defendendo o partido Democratas da sanha extirpadora do lulismo.

Mario

24/09/2010 - 15h16

Urge a criação de jornais, rádios e TVs alternativos à grande mídia, mas com capacidade de atuação em escala local, regional e nacional.
O crescimento continuado da economia e a inclusão social crescente trarão novos consumidores aos shoppings – é verdade -, mas também os farão usuários, leitores, telespectadores e ouvintes dispostos a uma comunicação mais honesta.
Indispensável e urgente a extensão da banda larga, como e para os fins mencionados.
Muito apropriada a sugestão de campanhas de solidariedade e de assinaturas da Carta Capital, Revista Fórum, Caros Amigos, Retrato do Brasil, Revista do Brasil, jornal Brasil de Fato, jornal Hora do Povo, entre outros.
Sugiro: divulgação de uma rede de Blogs e Sites comprometidos com a democratização da informação.
E acrescento: uma campanha de BOICOTE aos veículos do PIG, incentivando o cancelamento de assinaturas e a não aquisição desses veículos.
Tal boicote também contribuirá para a existência de leitores, ouvintes, telespectadores e usuários interessados nos meios alternativos cogitados.

Responder

IV Avatar

24/09/2010 - 15h08

Muito bom
Vamos divulgar ao máximo este documento

Responder

Raimundo Rêgo Lima

24/09/2010 - 14h54

Muito oportuno este ato em favor da democracia e a liberdade de imprensa. A grande mídia deixou de ser formadora de opinião para transformar-se em uma espécie de imprensa mexeriqueira, fuxiqueira, onde a mentira, a calúnia e a difamação fazem parte de seus editoriais mais importantes. Tenho nojo da revista veja, do jornal o globo do estado de são paulo e muitos outros, assim como de jornalistas como Dora Kramer, Arnaldo Jabor, Diogo Mainardi,dentre e outros.
Sou assinante da Revista Carta Capital.

Responder

Sagarana

24/09/2010 - 14h32

Uai, eu não vi a Erenice. Será que ela não foi?

Responder

Maria Dirce

24/09/2010 - 14h14

http://www.youtube.com/watch?v=cz4w2uuv2YM&fe

Responder

Célia Maria Ribas

24/09/2010 - 14h14

Apoiado!

Responder

Celso Marcondes

24/09/2010 - 13h29

CartaCapital agradece a solidariedade dos presentes ao Ato. Continuamos aqui, sem aceitar intimidação e tentando praticar o bom jornalismo.
Celso Marcondes, editor do site da Carta

Responder

Ato público em defesa da democracia « Política e Verdade

24/09/2010 - 13h20

[…] jornalista Altamiro Borges leu um manifesto, que deixou claro os objetivos da manifestação. O alvo claro era o “denuncismo” que tomou […]

Responder

Um Ato Público em defesa da democracia « CartaCapital

24/09/2010 - 12h57

[…] jornalista Altamiro Borges leu um manifesto, que deixou claro os objetivos da manifestação. O alvo claro era o “denuncismo” que tomou […]

Responder

Sergio Cambara

24/09/2010 - 12h21

Azenha, disponibilize em seu site o abaixo assinado:

"A manifestação, organizada pelo Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé, defendeu a mais ampla liberdade de expressão e criticou a postura da grande imprensa comercial brasileira que tenta transformar de forma falaciosa as críticas dirigidas a ela como um "ataque à democracia".
Ao final do encontro foi divulgado um manifesto à nação, que estará recebendo assinaturas de adesão nos próximos dias. Para assinar o manifesto: ''
http://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/708

Responder

    lairton

    24/09/2010 - 13h12

    como faço para assinar o abaixo assinado

    Sergio Cambara

    24/09/2010 - 15h00

    Acesse o link acima, basta colocar o nome completo e e-mail.

Donizeti - SP

24/09/2010 - 12h03

Como sempre o Movimento dos Sem Mídia – MSM, que de forma pioneira com sua fundação, ações e atos iniciou no ano de 2007 este processo de denúncia dos abusos da grande mídia brasileira, está na linha de frente de enfrentamento dessa mídia que perdeu sua ética e noção do que é o bom jornalismo.

Estive lá também, junto com o Eduardo e dezenas de outros membros do MSM e de centenas de militantes da comunicação, blogueiros e cidadãos, foi uma festa cívica pela verdadeira defesa da liberdade de expressão, de imprensa e pela democratização da mídia brasileira.

Eduardo, assistí ao vídeo da sua fala e realmente foi muito boa, parabéns amigo.

Como diz o slogan do Movimento dos Sem Mídia – MSM: QUE A MÍDIA FALE, MAS NÃO NOS CALE !

Responder

Marcelo de Matos

24/09/2010 - 11h45

Como diz a mídia, ocorreu um “suposto” furto no prédio do Ministério Público Estadual em Campinas. Foi furtado um computador que armazenava informações sobre suposta organização criminosa que fraudava licitações. E daí? Agora acaba a investigação? O MPE não tinha back-up das investigações? A suposta organização já fraudou pelo menos R$ 615 milhões. Entre os investigados estão servidores públicos de vários municípios e Estados, incluindo prefeitos, secretários, deputados, um governador e um procurador geral do Estado. Certamente, esse governador (tem de ser de São Paulo, Minas ou Tocantins, já que esse é o âmbito da investigação) não é do PT porque, se fosse, a investigação já teria vazado, como sói acontecer. Quem será? Por que tanta discrição agora? A patuléia não tem o sagrado direito de ser informada? Como fica a liberdade de imprensa? Quem é esse procurador geral do Estado? Será que, mais uma vez, é o Lula que está tolhendo a liberdade de informação?

Responder

Eduardo

24/09/2010 - 11h38

Gostaria de fazer valer a minha LIBERDADE DE LEITOR DA IMPRENSA ou LIBERDADE DE OUVINTE DE RÁDIO ou LIBERADE DE TELESPECTADOR DE TV para me informar mais sobre o escândalo do deputado do PSDB envolvido com o governador aliado do Serra em Mato Groso do Sul ensinando um secretário municipal a transacionar propinas, inclusive com o ministério público e tribunal de justiça. Mas, infelizmente, não pude, pois a liberdade de imprensa permite que ela mude de assunto a qualquer hora, conforme melhor lhe convier. Todos dizem que a liberdade pressupõe responsabilidade. Porque isso não pode valer também para os meios de comunicação? Aliás, eles são concessões públicas! É apenas isso que gostaríamos de ver: responsabilidade nos meio de comunicação. Concluo que o ato na Faculdade de Direito do Largo S. Francisco quis apenas legitimar essa irresponsabilidade em nome da democracia, é claro. Provavelmente, se a Dilma ganhar, tudo isso será esquecido, continuando apenas uma perseguição a ela durante o seu governo. Mas se o Serra ganhar, tudo iso passará para a história como mais uma página vergonhosa de nossa democracia, também em nome da democracia.

Responder

Gerson Carneiro

24/09/2010 - 11h37

Quem pensa por si mesmo é livre
E ser livre é coisa muito séria
Não se pode fechar os olhos
Não se pode olhar pra trás
Sem se aprender alguma coisa pro futuro

Quero ser prudente
E sempre ser correto
Quero ser constante
E sempre tentar ser sincero

Eu sei porque você fugiu
Mas não consigo entender
Eu sei porque você fugiu
Mas não consigo entender

L'Avventura – Legião Urbana

[youtube _aREl_qHkI4 http://www.youtube.com/watch?v=_aREl_qHkI4 youtube]

Responder

Zilda

24/09/2010 - 11h29

Essas manifestações sempre me comovem. Parece que foi tudo muito lindo. Parabéns para todos

Responder

Helio

24/09/2010 - 11h19

Pessoal, estou longe mas vibrando igual. Nossa que fato maravilhoso, talvez o maior ato em prol da democracia e da dignidade depois das diretas já. Se a imprensa, nas palavras do arnaldo jabour, quer a guerra pensandso que vamos nos acovardar, se enganaram redondamente. O povo CANSOU de ser manipulado. A verdade é que estes golpistas estão tremendamente apavorados diante desta nova realidade irreversível que é a internet engolindo o mercado deles. Acho que pelo menos os jornalistas mais experientes não deveríam ter aderido à este jôgo sujo, mas infelizmente entre a ética e o emprego, preferiram o segundo, demonstrando incompetência para viver com dignidade fora das redações golpistas. Bem, cada jornalista tem o jornal e o patrão que merece.

Responder

kimparanoid

24/09/2010 - 11h12

Parabéns pelo ato realizado e pelo documento redigido!
Eles simbolizam a luta para que a "opinião pública" brasileira seja cada vez menos um monopólio dos "formadores de opinião", mas seja também a opinião do povo.

Responder

Ato Público contra a Midiacracia | Midiacrucis's Blog

24/09/2010 - 11h03

[…] G1 cobriu o evento e publicou matéria.Mais fotos no Vi o Mundo. O Óleo do Diabo teve acesso à vídeos da abertura do evento de outro […]

Responder

Cecilia

24/09/2010 - 10h54

Muito importante e altamente necessária a iniciativa. Sugiro preparar novas manifestações em praça pública, imprimir este Documento e distribuir à população. Estou enviando por email a todos os meus contatos, além de divulgar o blog, pedindo que conheçam "o outro lado". Quem só lê Veja e assiste a Globo, fica com "lavagem cerebral"!
Parabéns a todos que organizaram, mas saibam, isto é só o começo, será preciso muita perseverança porque os ataques vão continuar depois da Posse de Dilma. Boa Sorte!

Responder

edu marcondes

24/09/2010 - 10h52

Feliz e infelizmente não consegui entrar no auditório, mas foi muito bom ver aquela massa de gente em apoio à democracia e em repúdio a cxerta imprensa golpista.
Viva nóis!!!!!!!!!

Responder

redson

24/09/2010 - 10h45

Parabéns a todos pela realização do ato em defesa da liberdade.

Responder

Raphael Tsavkko

24/09/2010 - 10h39

Cá estão os vídeos do ato de ontem!=)

Discursos do Miro, Guto, Erundina, Gilmar Mauro (MST), Eduardo Guimarães e Palhares.
http://tsavkko.blogspot.com/2010/09/ato-publico-c

Responder

Tavares

24/09/2010 - 10h38

A mídia porca já passou da conta há muito tempo. Precisamos dar um basta. É humilhante para o povo brasileiro ter de suportar isso calado.

Responder

Marcia Costa

24/09/2010 - 10h17

Deve ter sido muito emocionante. Parabéns aos organizadores, aos participantes,e a todos nós, amantes da verdadeira liberdade!

Responder

Ivan Moraes

24/09/2010 - 10h08

Viva os blogueiros progressistas!
Abaixo o Golpismo Midiático!
http://migre.me/1ofDc

.

Responder

Antonio Silva

24/09/2010 - 10h08

Foi ótimo !
Pena que (aínda) não organizaram um ato igual a este aqui no RJ .
Que no próximo evento a coordenação encontre um espaço maior .
Retornarei à SAMPA no comício final .

Saudações Socialista !

Responder

    Jairo_Beraldo

    24/09/2010 - 10h50

    Progressistas, Antonio. Fica mais atrativo, iluminado e acende a ira da elite!

priscila presotto

24/09/2010 - 10h07

Azenha,não pude ir,sem parecer piegas ,chorei com seu post.

Viva a Democracia e uma nova mídia ética e verdadeira!

Responder

Marat

24/09/2010 - 10h00

Força e perseverança, amigos!!!!!!!!!!!!!! Todo meu apoio ao Barão de Itararé!

Responder

Café na Política » Ato deflagra militância contra o golpismo midiático

24/09/2010 - 09h57

[…] Conceição Dias – blog Viomundo.com.br) Durante o ato em protesto contra o golpismo midiático, o abuso das grandes redes de TV, jornal e […]

Responder

ana

24/09/2010 - 09h51

Oi Azenha não consegui entrar fiquei só ouvindo a empolgação do povo do outro lado da rua .

Responder

Juliana Paiva

24/09/2010 - 09h49

Começando a sexta-feira bem depois de ler esse post…
Q lindas imagens tb. Fico feliz com a repercussão q teve.
Parabéns ao C.E. Barão de Itararé e a todos os blogueiros q divulgaram. Momento histórico esse!

Responder

Fernando Souza Jr.

24/09/2010 - 09h38

Precisamos ir às ruas, no centrão de SP, à luz do dia, durante a semana. Que tal uma passeata da Praça da República até a Barão de Limeira e protestar na porta da Folha, como o pessoal do Eduardo Guimarães fez na época da ditabranda? E vamos fazer isso na semana que vem, antes das eleições.

Responder

jose marcos

24/09/2010 - 09h31

O triste foi ver o Helio Bicudo discursando numa manifestação de direita golpista. Alguem sabe o e-mail do Helio Bicudo????

Responder

    Zé Francisco

    24/09/2010 - 10h09

    Será que é por isso que o Hélio não foi cassado, preso ou torturado pela ditadura? Será que é por isso que o Hélio pôde investir contra o Fleury? Será que é por isso, os milicosa já sabiam que o Hélio nasceu e sempre morou na "casa grande"?

    E a gente? Só descobrimos agora rs?

Aracy_

24/09/2010 - 09h28

Assino embaixo!

Responder

maria paula

24/09/2010 - 09h24

Muito bom! Assino em baixo

Responder

Sonia

24/09/2010 - 09h21

Eu tambem fui !! E consegui entrar.O calor estava forte,mas todos estavam firmes..Estavacom minha camiseta Dilma 2010 Ditadura nunca mais! Valeu muito ter ido!!

Responder

Francisco Figueiredo

24/09/2010 - 09h20

Foi bonita a festa, pá
fiquei contente
'inda guardo renitente, um velho cravo para mim

Canta a Primavera, pá
cá estou carente
manda novamente algum cheirinho de alecrim.

Responder

Leirton Leite

24/09/2010 - 09h19

Parabéns aos organizadores do ATO . Pela liberdade de expressão ampla e irrestrita, todoapoio a este MOVIMENTO. Quanto ao documento sensacional e emocionante. Assino embaixo.

Responder

Donizeti - SP

24/09/2010 - 09h17

Muito bom o documento final, pegou todos os pontos fundamentais da atuação da mídia partidarizada a serviço do candidato demo/tucano José Serra. Mas não é somente a atuação dessa mídia no processo eleitoral que fere a constituição brasileira, é sua atuação desde janeiro de 2003 produzindo crises em série para atrapalhar um governo legitimamente eleito pelo povo e prejudicando o Brasil que também deve ser colocado.

Mas é urgente a elaboração do documento a ser encaminhado à imprensa internacional para denunciar o que a midia conservadora brasileira está fazendo nesta campanha eleitoral.

Isso tem que ser feito antes do dia 3 de outubro, o mais urgente possível, porque a direita política e sua mídia aliada vão aprontar alguma coisa muito grave e séria semana que vem, antes do primeiro turno para tentar levar esta eleição presidencial para um segundo turno, PODEM ATÉ SIMULAR UM ATENTADO COM MORTOS E FERIDOS E ACUSAR O PT COMO RESPONSÁVEL, ESSA GENTE NÃO TEM LIMITES.

Responder

marcello antunes

24/09/2010 - 09h15

viomundo. Mandei esse comentário para o blog de Josias. Como está dando problema, envio para vocês. Seguinte. O Marquito do Estadão repudiou o fato de o sindicato abrigar esse movimento contra os bons princípios da família, da tradição e da propriedade jornalística. Mas ele está correto em defender sua convicção e é um direito o Marquito repudiar. Ele proibiu alguém da redação do Estadao ir ao evento? Esse não pode. Pode o do movimento Cansei…?Acontece que o Marquito viu alucinação nesse ato e fez uma crítica barata ao sindicato. Interessante é que ele critica mas não dá as caras na Rego Freitas, acho eu, há uns vinte cinco anos. Do jeito que criticou, pode ser o patrono do troféu Velha Mídia. Aliás, que tal o viomundo lançar o troféu Velha Mídia semanal?

Responder

Jairo_Beraldo

24/09/2010 - 09h01

"Centenas de pessoas se aglomeravam desde a noite desta quinta (23) diante da casa de Joaquim Roriz, em Brasília, à espera de um pronunciamento do candidato após o julgamento, o que não aconteceu.O assessor Paulo Fona disse que Roriz "ficou surpreso" com a suspensão porque tinha expectativa de que a decisão fosse dada ao final do julgamento. Um trio elétrico e um painel com a imagem de Nossa Senhora Aparecida (PASMEM – grifo meu) tinham sido instalados diante da casa para que Roriz discursasse, independentemente do resultado do julgamento.O presidenciável Levy Fidelix (PRTB) esteve na casa de Roriz durante o julgamento. Ele disse que o candidato assistiu à sessão em um telão. Segundo relatou, os presentes se deram as mãos e rezaram."(G1)

CORDEIRO DE DEUS QUE TIRAIS OS PECADOS DO MUNDO, TENDE PIEDADE DE NÓS!

Responder

vania maria

24/09/2010 - 08h55

eu fui!!!!
tambem fiquei no corredor…mas valeu!!!
agora dia 3 de outubro finalizaremos o nosso ato colocando para fora todos que impedem o crescimento e a democracia do nosso pai!!! forademotucanalhadapigzexuxu….voces vao perder.

viva o Brasil!!!
Viva o Lula!!! Dilma arrasando no primeiro turno!!!
Avante Mercadante!!!

Responder

Orlando Bernardes

24/09/2010 - 08h49

Bravo!

Precisamos mesmo continuar nesta luta para a democratização da mídia brasileira. O povo brasileiro não admite mais tanta manipulação. Vamos à luta! Vamos pro " mãos à obra " para que todos estes pontos sejam colocados em prática.

Responder

lindivaldo

24/09/2010 - 08h46

Parabéns,
Apoio total!

Responder

Rosangela P. de Lima

24/09/2010 - 08h43

Parabéns aos brasileiros e brasileiras que cerram fileiras na defea da democracia e do direito a livre informação!
Estou com voces, e não abro!!!

Responder

@prixcapuano

24/09/2010 - 08h18

Eu tava lá… fisicamente tava igual superlotação de metrô/trem, mas ahhh que bom seria se os usuários desses meios tivessem 1/3 da mobilização daquela gente, da minha gente… foi ótimo se ver no Outro!!

Responder

Raquel Adornato

24/09/2010 - 08h17

Eu apoio incondicionalmente este movimento. E acrescento ainda de fazermos um movimento de boicote geral aos telejornais das emissoras golpistas, especialmente os da Globo!

Responder

Fátima

24/09/2010 - 08h03

Parabéns aos organizadores do ato de ontem no sindicato. Também estive lá mas não consegui entrar, nem mesmo a uma distância que me permitisse ouvir algo. Mas, valeu, a simbologia do auditório Vladimir Herzog diz tudo. Não podemos deixar que a direita fascista, apoiadora da ditadura, tome para si a defesa da democracia. Quem sempre defendeu e defende a democracia somos nós que queremos uma sociedade plural e uma cobertura noticiosa equânime. Liberdade de expressão ampla e irrestrita!

Responder

Gerson Carneiro

24/09/2010 - 07h57

Agora tem que organizar um evento na rua, em praça pública, à luz do dia, para que a população nos enxergue.

Responder

    Jairo_Beraldo

    24/09/2010 - 08h35

    Isso seria bom, cumpadi, depois de efetivar Dilma no Planalto. Sei que vai dizer-"chutar cachorro morto é fácil"-. Mas aí, seria para selar a Ley de Médios.

J_Amaro

24/09/2010 - 07h38

Movimento apoiado.
Nunca tantos do partido da imprensa golpista sacanearam tanto o bom jornalismo.

Responder

dulce

24/09/2010 - 07h32

Eu também estive lá. Excelente!

Responder

Archibaldo S. Braga

24/09/2010 - 07h27

Como diz um velho amigo: TAMOS AÍ, PRO QUEW DER E VIER!!!! A. S. Braga

Responder

Jairo_Beraldo

24/09/2010 - 07h17

Fico pensando, sobre um cara que vi na foto ao lado da Erundina. Tem uma filha com sérios problemas de saúde, vive na labuta que nada tem a ver com estes espaços, e está sempre pronto e tomando iniciativas que outros em "melhores" situações não o fazem. Eduardo Guimarães. Sei que ele não busca reconhecimento, apenas luta por um Brasil melhor para suas crias e para todos os brasileiros. Fica aqui meu respeito e aplausos para este grande e bravo lutador, às vezes sozinho e incompreendido. Parabéns cidadão cidadania.com!

Responder

    Eduardo Guimarães

    24/09/2010 - 18h41

    Agradeço, Jairo. Você é gentil. Mas ninguém estará sozinho enquanto tiver leitores como você.

marcelo batista

24/09/2010 - 07h07

Porque até veiculos como o sbt, tentar desmerecer o evento? Se fosse o outro grupo estariam apoiando , mesmo sendo no sindicato. Porque insistem em dizer que é um movimento contra a imprensa? Ta complicado.

Responder

deliciosasinecura

24/09/2010 - 06h57

Estação Imprensa do Metrô!

Mais "formadores de opinião" (bah!) por metro quadrado do que o PiG jamais sonhou ter!

Uma noite quente…

Responder

El Cid

24/09/2010 - 04h43

… eis a entrevista do Lula para o portal Terra, para baixar (acabei de fazer o upload):
http://www.megaupload.com/?d=FR7MAS48

divulguem !!

Responder

    Gerson Carneiro

    24/09/2010 - 08h06

    Que entrevista! Que entrevista! Valeu, El Cid.
    Como pode ser contra o Lula? Não entendo.

    Jairo_Beraldo

    24/09/2010 - 08h36

    Ora cumpadi, não são contra o Lula…são contra o Brasil.

giovannigouveia

24/09/2010 - 04h41

Oncô assino?

Responder

SAMUEL

24/09/2010 - 04h07

Grande Azenha,

Faltou a foto em que aparece um cara segurando uma faixa escrito a FOLHA MENTE da uma olha e publica http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_secao=8… esta foi a melhor foto do ato

Responder

Flávio

24/09/2010 - 03h55

Eu fui ao evento, peguei 3 metrôs na pior hora, 7 da noite, e infelizmente (ou felizmente, porque se não tivesse ninguém aí sim seria preocupante) não consegui nem chegar perto da porta de entrada. Estava muito cheio e assim como eu, uma pancada de gente não conseguiu entrar. Sugiro reservarem um lugar maior da próxima vez, se possível transmitirem ao vivo para algum telão ou pela internet.

Responder

Jarir Almansur

24/09/2010 - 03h27

Estive lá, como na morte do Herzog, como na prisão do Diaféria, e tantas outras ocasiões. Dessa vez, não consegui entrar, chato para mim, mas um jubiloso dia para a democracia. Avante!

Responder

Gerson Carneiro

24/09/2010 - 01h47

Acabei de enviar esse texto a um editor de um jornal de Campinas-SP (não citarei o nome aqui para não fazer propaganda) que havia publicado reportagem intitulada "O PT organiza manifestação contra a imprensa em SP”.

Eu já havia enviado uma mensagem para ele denunciando que a informação trazida pelo jornal estava errada, e portanto não era verdadeira. Pelo desenrolar da história ele não gostou da minha interferência. Além disso eu indiquei para ele o endereço do blog do Centro de Estudos Barão de Itararé.

Ao que tudo indica, opinião minha naquele jornal: já era. Vou chorar…. Snif… Snif…. Buáááááááá….

Responder

    Jairo_Beraldo

    24/09/2010 - 08h37

    É assim mesmo cumpadi…mas não se avexi…não tem nada como um dia após o outro.

eliane

24/09/2010 - 01h29

parabéns Luiza Erundina você ganhou no minimo mais 5 votos da minha familia,me sinto honrada como mulher ter voce como representante e digo mais posso ser leviana, o que conheço de sua biografia graças a minha mãe. Era você que deveria estar concorrendo a presidência.

Responder

SérgioFerraz

24/09/2010 - 01h19

Estive lá e não consegui entrar no auditório, tinha muita gente.
Tenho certeza que este é apenas o primeiro passo de um grande movimento nacional.

Responder

DIRCEU ALVES

24/09/2010 - 01h05

O que temos visto é a grande imprensa fazendo jogo sujo, forjando provas, montando documentos falsos, tentando induzir o povo a erro, como fizeram em 1964. Hoje temos como combater o golpismo da elite. Documentos falsos forjados pela imprensa são inaceitáveis. Julgamentos unilaterais sem respeitar o contraditório são inaceitáveis. Falsas acusações, que são desmentidas no dia seguinte são inaceitáveis. Comportamento irresponsãvel e anti-democrático da grande midia. Tentativa de repressão aos blogs e revistas como Carta Capital são inaceitáveis. Repressão de chefes de redação aos jornalistas livres pensadores são inaceitáveis. Jornais e revistas sendo subornados por José Serra é inaceitável.
Liberdade de imprensa não é permissão automatica para a mentira e a falsidade.

Responder

silvia macedo

24/09/2010 - 00h57

O documento ficou excelente. As iniciativas de caráter concreto como assinaturas, moções, propostas jurídicas também são instrumentos que ganham muita visibilidade. Enfim o ato acertou porque deu uma resposta séria e na justa medida à campanha golpista da velha mídia.

Responder

Wilma

24/09/2010 - 00h50

Que dia glorioso!! Vamos derrubar o PIG safado!!!

Responder

    Jairo_Beraldo

    24/09/2010 - 07h08

    Nas urnas, em 03/10. Espero que os paulistas tenhm juízo e virem o jogo lá!

Amorim

24/09/2010 - 00h37

Sou metroviário e não pude deixar de comparecer a este ato, cheguei às 19 horas como estava marcado, mas infelizmente não consegui entrar, estava muito cheio, espero que este seja apenas o primeiro de muitos e muitos atos que faremos neste país pela defesa incondicional da nossa democracia e contra essa mídia que só distorce os fatos que não a interessa. Acredito que o nosso povo está mais maduro, graças a esses valentes blogueiros que nos informam a realidade dos fatos. Parabéns Blogueiros. Contem comigo.

Responder

Cleusa

24/09/2010 - 00h24

Salve a verdadeira informação…Vamos nos mexer e fazer um movimento realmente democrático!!!!

Responder

Carlos

24/09/2010 - 00h22

uma grande caminhada começa com o primeiro passo…
Que grande primeiro passo!!!!

Responder

Indignada

24/09/2010 - 00h20

COISAS ESTRANHAS

Vejo o tempo todo
Coisas estranhas…
Me assusto, soluço
Me deito, debruço
Penso e não escuto

Vejo nas esquinas
Nas ruas, nas latrinas
Pessoas cansadas, agitadas
Correndo, movendo
Morrendo, vivendo
Mutantes… ausentes
Sem personalidade

Ciúmes estranhos
Invejas mais estranhas ainda
Comportam-se diferente
Sem pensar, estranhamente

Me confundo com os agentes
Que rangem os dentes
Mostrando as garras
Que antes escondiam atadas

Agora nada
Não importa mais
Está tudo exposto
Uivando… latindo… mordendo
Com raiva… com ódio…

O homem mostrando a fera
Que sai de dentro
Atrás dele o tormento
De não ser o quer
De fugir de si mesmo
E se encontrar no abismo
Sem certezas, só "achismo"

Não entendo mais nada
Desisto … vou dormir…

Autora – Glória Cunha
Publicado em : http://www.versosdeamor.prosaeverso.net/visualiza

Responder

rafaela buonarrotti

24/09/2010 - 00h17

É isso aí…. amanhã mesmo vou fazer minha assinatura. Chega de acessar a revista apenas virtualmente. O último ítem também é excelente. É preciso divulgar amplamente em todos os meios alternativos de comunicação e especialmente na imprensa internacional. Imaginem jornais e revistas de diversos países estampando em suas capas a seguinte manchete: "A DEMOCRACIA AMEAÇADA: Presidente Lula e sua candidata sofre com ataques da oposição e setores da mídia." ou então: "Golpe midiático: donos da imprensa no Brasil tentam desqualificar Dilma com mentiras." O resultado? Lula ganhando o prêmio Nobel pela competência, popularidade, bravura e resistência à tentativa de golpe.

Responder

O_Brasileiro

24/09/2010 - 00h17

Estou fazendo a minha parte. Divulgando os blogs progressistas no Facebook, Orkut e Twitter!

Responder

    gloria

    24/09/2010 - 08h01

    eu tambem..meu faceb ate dia 03 é só posts dos blogs sujos.

Eduardo

24/09/2010 - 00h17

Imunidade parlamentar. Quantos parçamentares se utilizaram deste instrumento democrático para cometer crimes? Liberdade de imprensa é essencial sempre! Pena que alguns meios de comunicação querem usá-la para confundir, peneirar a realidade e determinar o destino de uma nação! Ou deixem claro a quem apoiam, quem querem eleger por afinidade ideológica, pois isso seria legítimo, ou não venham com esse papo de liberdade de expressão para esconder outros interesses velados, sempre velados, que não se expressam por vergonha! Vide contratos!

Responder

iamoraes

24/09/2010 - 00h17

CONGRATULACOES! A todos os envolvidos, congratulacoes.

Responder

Maralina Matoso

24/09/2010 - 00h04

Eu estive lá. Foi de arrepiar. Maravilhoso.

Responder

ruypenalva

24/09/2010 - 00h00

Se chamam a grande mídia marrom de imprensa inté, por que não vamos dar ouvidos aos bravos jornalistas, blogueiros, advogados, demais membros da Barão de Itararé?

Responder

Rivaldo, de Salvador

23/09/2010 - 23h59

Parabéns aos participantes do ato público pela liberdade de imprensa e de expressão.

É preciso deixar muito claro ao povo e aos eleitores que liberdade de expressão não se confunde com liberdade dos donos de veículos de comunicação de massa.

PS: finalmente consigo postar comentários no blog novamente.

Responder

Regina

23/09/2010 - 23h54

Apoiado!

Responder

Deixe uma resposta