VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas

Intercept: Auditores querem de volta dinheiro de palestras que Senac pagou a jornalistas da Globo

10 de outubro de 2017 às 10h16

Da Redação

“Lula tinha toda condição de ser milionário, diante do preço que cobrava pelas palestras que diz ter feito a partir de 2010, mas precisa comprovar que elas existiram e que não eram alguma contrapartida de empreiteiras. A explicação fica complicada porque um dos diretores da Odebrecht afirmou ter sido preparado um esquema, com as palestras, para que o ex-presidente tivesse uma boa aposentadoria”,  escreveu o jornalista Merval Pereira, de O Globo, GloboNews e rádio CBN, sobre as palestras do ex-presidente.

Agora, o nome do global está metido num imbroglio entre a Fecomércio-RJ e a Confederação Nacional do Comércio (CNC), por causa de palestras contratadas sem licitação e fora dos objetivos do Senac.

O caso deriva de uma auditoria na gestão de Orlando Diniz, amigo do ex-governador Sergio Cabral, que dirige o Senac-RJ e o SESC-RJ.

O relatório, publicado pelos repórteres George Marques e Ruben Berta no Intercept, pode levar à intervenção no Senac local se o Conselho Fiscal do Senac nacional considerar que houve irregularidades.

Segundo o Intercept, desde janeiro de 2016 o Senac do Rio já demitiu mais de mil funcionários.

O relatório da auditoria chama a atenção por várias dúvidas levantadas.

Uma das principais diz respeito aos gastos com propaganda.

Segundo os auditores, em 2015 o Senac-RJ gastou R$ 89,9 milhões em sua principal missão institucional, educação profissional, e R$ 74,5 milhões em eventos e publicidade.

Uma empresa de intermediação de publicidade recebeu R$ 91,1 milhões adiantados nos anos de 2015 e 2016.

Seria dinheiro repassado depois a empresas de mídia. A Fecomércio-RJ é uma das patrocinadoras do RJ-TV, o principal telejornal local da Globo.

Outro ponto que chamou a atenção dos auditores foi o gasto com palestras sem a realização de licitação e fora dos objetivos da entidade — sempre de acordo com a auditoria.

O objetivo do Senac: “Promover educação profissional com objetivo de gerar empregabilidade, competitividade e desenvolvimento econômico e social para o setor de comércio de bens, serviços e turismo do Estado do Rio de Janeiro”. Os auditores sugerem que seja devolvido aos cofres do Senac-RJ o dinheiro pago por palestras fora deste âmbito.

A devolução caberia aos responsáveis pela contratação irregular, não àqueles que foram contratados.

Foram R$ 2,979 milhões pagos a jornalistas, comentaristas e analistas, todos ligados à Globo.

“Verificamos que a ligação dos prestadores de serviços com as Organizações Globo é uma das características singulares apresentadas com vistas a justificar a não observância do dever de licitar”, diz o texto da auditoria.

Quem mais recebeu em palestras foi Merval Pereira: R$ 375 mil.

Merval fez “análise prospectiva sobre o que o Governo Dilma pode fazer para evitar o impeachment no Congresso, e avaliação do que seria um novo governo de união nacional com a derrubada da presidente e a chegada de Michel Temer ao governo”.

O governo de “união nacional” é supostamente aquele liderado por Temer em parceria com o PSDB.

No caso de Giuliana Morrone, apresentadora do Bom Dia Brasil em Brasília, os auditores apontaram falta de “eficiência, economicidade e razoabilidade” do Senac-RJ, que aceitou romper contrato firmado e fechar um novo — com aumento de 94% no cachê das palestras.

Os auditores também questionam R$ 330 mil pagos à comentarista Cristiana Lobo, da GloboNews, “sem a comprovação da natureza singular dos serviços prestados”, o que exigiria licitação.

A auditoria também sugere que sejam devolvidos aos cofres da entidade R$ 464 mil referentes à Semana Fecomércio de 2013, realizada no Copacabana Palace, que contou com uma palestra do ex-presidente Lula.

Procurada pelo Intercept, a Fecomércio se disse vítima de perseguição política: “Desde 2011, temos a convicção de que a CNC, que tem como presidente Antonio Oliveira Santos e Gil Siuffo na tesouraria, patrocina uma perseguição política contra a Fecomércio-RJ”.

Depois, disse que já encaminhou um relatório de 238 páginas rebatendo ponto-a-ponto a auditoria.

Abaixo, os documentos da auditoria relevantes ao texto acima (íntegra aqui):

 

7 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Fábio Lopes Brandão

13/10/2017 - 22h41

Merval é falso democrata. Um olhar pouco mais atento revela sua descarada parcialidade.

Responder

Jardel

13/10/2017 - 02h29

Merval também conseguiu um bico nas tetas do governo… A Globo já vem mamando há tempos.
Para eles foi muito bom dar um golpe na presidente eleita e nos brasileiros que a elegeram.
Agora só falta acabar de colocar o Brasil de joelhos perante o FMI para completar o “serviço”.

Responder

leonardo-pe

12/10/2017 - 01h50

isso o lulipe não fala. pelo contrario: some feito rato quando vê o gato. esse é o tipo de gente infantil que essa globo e toda a imprensa brasileira criou! quer dizer, vivem falando da corrupção dos outros mas são tão corruptos quanto. e pior, nossa sociedade leva essa gente da imprensa a sério. não é a toa que estamos caminhando rumo a falência.

Responder

Elimar

10/10/2017 - 18h15

Esses canalhas depois vem falar de Estado falido, eficiência no serviço público e etc.Canalhas!!!

Responder

robertoAP

10/10/2017 - 17h07

O Merval não é um corrupto é um MEGA CORRUPTO, pois fez palestras falando sobre o sexo dos anjos, e recebeu a quantia absurda de 375 mil, assim como sua colega também Mega Corrupta Cristiana Lobo e mais uma dezena de funcionários corruptos da TERA CORRUPTA ,Globo.
Resta saber agora se vão todos pra cadeia, se vão sofrer Condução Coercitiva, se vão usar tornozeleira, e se vão sair no JN, com o bobalhão do Bonner fazendo aquela carinha de bunda murcha.

Responder

LUIZ ANTONIO CONCISTRE

10/10/2017 - 15h41

Jornalista??? Viomundo errou feio: é o (tirem as crianças da sala) merval. Que me perdoem os presentes, mas a verdade é nua e crua: É UM merval, por mais nojento que possa parecer.

Responder

luciano paulo sanfelice

10/10/2017 - 14h12

gente de má indole existe em todo lugar, o problema é quando este pessoal se arvoram de paladinos da decencia e falarem mal dos outros, ou seja, sempre sao os outros para eles eh tudo natural e normal, que vergonha os pais deles devem sentir, como eh facil manchar o nome da familia por tão pouco.

Responder

Deixe uma resposta