VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

Rodrigo Vianna: Em andamento, a Operação Barbosa

16 de novembro de 2013 às 20h21

A Operação Barbosa: de olho em 2014 (título)

por Rodrigo Vianna, no Escrevinhador

Ficou evidente a manobra eleitoral embutida na decisão do STF, de antecipar a prisão dos condenados no “Mensalão” nesse 15 de novembro. A maior parte dos juristas concorda que o normal seria esperar o “trânsito em julgado”; ou seja, só depois dos embargos infringentes (que devem ser julgados no fim do primeiro semestre de 2014) é que as prisões deveriam ser executadas.

Pimenta Neves, assassino confesso [foto acima], só foi para a prisão depois de todos os recursos esgotados. Para os líderes petistas, a regra não valeu.

Por que a pressa? Por que mais esse atropelo? Já não bastava o fato de lideranças do PT terem sido condenadas sem prova, como afirmou Ives Gandra Martins (que não tem nada de petista) sobre a condenação de Dirceu? Há quem diga que o governo Dilma teria se empenhado na aceleração do processo: interessaria a ela “liquidar’ agora esse assunto, para não criar “embaraços” durante o período eleitoral. Não descarto essa possibilidade (ainda mais num PT e num governo absolutamente dominados pelo pragmatismo). Mas há outras hipóteses.

Por que Barbosa suspendeu a sessão de quinta (14/11), em que o colegiado do STF avaliaria a decisão do dia anterior? Ora, porque era preciso que Barbosa faturasse sozinho as prisões.

Executadas em 2014, as prisões poderiam gerar algum alvoroço eleitoral – sim. Mas talvez surgissem tarde demais, do ponto de vista de uma oposição que precisa de um terceiro candidato para levar o pleito presidencial ao segundo turno.

Está claro, claríssimo, que Joaquim Barbosa (e seus aliados midiáticos) contam com essa hipótese. Juizes têm a prerrogativa de se filiar a partido político até seis meses antes da eleição (abril/maio de 2014, portanto).

Se as prisões ocorressem em julho/agosto de 2014, haveria duas possibilidades: ou Barbosa estaria nesse momento vinculado ao STF, sem poder “faturar” as prisões. Ou já se teria lançado candidato em abril/maio, perdendo a chance de usar politicamente o espetáculo judicial/midiático. As prisões agora dão-lhe o tempo necessário para faturar e avaliar politicamente o quadro.

Hoje, com Aécio e Eduardo Campos, a oposição não conseguiria levar a eleição ao segundo turno. Ah, mas Marina pelo PSB seria candidata forte, e poderia encampar o discurso moralista (Aécio não pode, pelos telhados de vidro mineiros).

Ok. Só que há um risco em contar com isso: Eduardo controla o partido, e mesmo com 10% ou 15% nas pesquisas (contra 20% ou 25% de Marina) pode forçar uma candidatura, deixando Marina de fora. Eduardo não se importa em ganhar ou perder agora; precisa é nacionalizar seu nome, pensando em 2018.

Por isso, a opção Joaquim Barbosa ganha força. Não tenham dúvida: ele estará nas próximas pesquisas (especialmente no DataFolha) como opção…

Barbosa pode fazer o discurso do moralismo, e tem a imagem do “homem negro que veio de baixo e venceu o preconceito”. Talvez tire votos de Aécio, mas tira algo de Dilma também.

Não creio (e certamente os tucanos e seus aliados midiáticos também não acreditam) que Barbosa tenha capacidade para ir a um segundo turno. Mas se conquistar algo em torno de 10% ou 15% dos votos (Aécio deve obter algo em torno de 20% ou 25%, e Eduardo cerca de 15%) , Barbosa pode significar o empurrão de que os tucanos precisam para conseguir um segundo turno.

Ah, mas Barbosa não tem estrutura nem palanques regionais. Não precisa. Basta um partido médio ou pequeno (PTB ou PPS), que lhe garanta dois a 3 minutos no horário eleitoral. O discurso — com um pé no janismo e outro no autoritarismo a la Eneas – é o que basta nesse país onde as identidades partidárias se dissolvem.

A operação Barbosa foi lançada nesse 15 de novembro. Pode não vingar, a depender dos telhados de vidro miamescos, e das lembranças de contextos familiares tumultuados e algo violentos no passado. Mas o juiz que condena sem provas ficará no banco de reservas – para atender aos apelos de uma classe média sedenta por superheróis do falso moralismo.

Pode-se dar ao luxo de esperar. A depender das pesquisas, sobe mais o tom ali por abril ou maio. E aí sim vem – oficialmente – para a disputa política, onde já ocupa lugar de destaque usando (e abusando) da tribuna judicial.

Leia também:

Memória: Globo ficou com 5,5 milhões do Visanet

 

91 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

robson omara de assis

22/11/2013 - 12h41

Foi muito rápido ao pote. O domínio do fato vai pega-lo. Não confio em quem, ao falar com seu interlocutor, não o olha, com firmeza, nos olhos. Vai exterminar, juntamente com Aecio, a corrupção? Já dois filmes iguais, com dois atores, cada um no seu papel: Janio e Collor. O Joaquim vai cair do cavalo, antes do que se espera, se utilizar o domínio do fato somente na política, por que tem cara e comportamento de um janízaro, basta relembrar o tratamento que dispensa aos pares e aos jornalistas.

Responder

francisco.latorre

19/11/2013 - 17h06

jânio durou sete meses na presidência.

collor chegou a dezoito.

serra. não foi eleito.

esse barbosa.. nem emplaca a candidatura.

..

Responder

Joaquim Barbosa e os black bloc midiáticos na campanha de 2014 - Viomundo - O que você não vê na mídia

19/11/2013 - 16h50

[…] chamam carinhosamente de Quincas, Joaquim Barbosa, o presidente do Supremo Tribunal Federal. Rodrigo Vianna escreveu um artigo interessante sobre o cálculo político que Barbosa talvez tenha feito ao decidir, de forma açodada, pela […]

Responder

Eduardo

19/11/2013 - 10h35

A intimidade é muito negativa e o publico é extremamente questionável.Raça não é qualidade e não ganha eleições.Todas as raças,sem distinção,sabem que predicados essenciais são confiabilidade, temperança e respeitabilidade.Não parecem confirmados estes predicados no caso em discussão.

Responder

pedro - ba

18/11/2013 - 20h54

Tem sentido as duas hipóteses. Sendo agora pode gerar quebra no PT que terá tempo para se recuperar. Para o Joaquim a chance se fazer politicamente é grande porém não significativamente a ponto de elegê-lo num pleito direto. O seu comprometimento com a direita golpista, a sua ação voltada para os holofotes geram uma rejeição sobretudo quando se fala numa candidatura ao lado do Aécio Neves, fato que comprova o excessivo empenho no julgamento e condenação dos petistas e demais réus do processo. Se fosse o ano que vem, os resultados poderiam causar prejuízos ao PT e não haver tempo para a recuperação. Por outro lado o Joaquim continuaria ministro e poderia até participar no julgamento do mensalão mineiro, onde Aécio – pelo domínio do fato – -está completamente comprometido.

Responder

fatimacoelhosantanna

18/11/2013 - 18h26

Joaquim Barbosa é a vergonha da nosso justiça Brasileira .covarde

Responder

Wilson Lima: Aécio não descarta Joaquim Barbosa como vice em 2014 - Viomundo - O que você não vê na mídia

18/11/2013 - 11h59

[…] Rodrigo Vianna: Em andamento, a Operação Barbosa […]

Responder

JURIDICO

18/11/2013 - 11h53

servir-se das autoridades sob sua subordinação imediata para praticar abuso do poder, ou tolerar que essas autoridades o pratiquem sem repressão sua;

DEVIDO OS CRIMES COMETIDOS POR JOAQUIM BARBOSA O PEDIDO DE IMPEACHMENT E FUNDAMENTAL… SUGIRO UM MOVIMENTO NESSE SENTIDO

Responder

Luis Antonio

18/11/2013 - 00h55

Caro Rodrigo Viana,
Se esse senhor emplacar na esplanada, o povo brasileiro terá um arremedo de Idi Amin Dadá ou Papa Doc fazendo valer suas loucuras contra a nação brasileira. A ascendencia do personagem sobre os pares é tamanha, que os inibe de fazer valer suas idéias, Uma espécie de hipnose coletiva, como ocorria com o Fuher (veja o Triunph des willens de Leni Rieffensthal, de 1934). Teremos carne humana nos banquetes de brasília? ou a ocupação do Paraguay (sob o pretexto de proteção de itaipu), da bolivia (para assegurar o gáz), do uruguay (porque foi território brasileiro), etc…
Precisamos cortar o mal pela raiz, antes que seja tarde.
Que tal uma campanha massiva de filiação de todos os simpatizantes do PT, como resposta!
LA

Responder

sergio

18/11/2013 - 00h51

Mais um fantoche da mídia.
Não serve nem para juiz, já que condena sem provas.

Responder

cassio

17/11/2013 - 23h58

O Buraco é + embaixo. Vamos ser sinceros, Barbosa não tem condições de ser candidato, nem presidente de um país. Mas tem condições de servir de trampolim para outras figurinhas carimbadas que não decolam. Sim, estou falando justamente do Serra. Barbosa se filiará a um pequeno partido, já mencionado acima por Rodrigo Vianna, terá sim os seus 10%, 15%.. Este partido fará aliança com o PSDB/DEM, definindo Barbosa para presidente e Serra para vice. Se ganharem as eleições, Barbosa não fica um ano no cargo de presidente, pede afastamento por doença …… é galera!! Serra presidente enfim.. o jogo é este.. acreditem, o jogo é este..

Responder

    Socrates

    18/11/2013 - 18h04

    CARO CÁSSIO, faz sentido sim a sua teoria! Até que enfim o SERRITLER concretizaria o seu sonho! MAS o SERRITLER é vaidoso d+ p/ entrar numa chapa como vice. É uma possibilidade.

Isidoro Guedes

17/11/2013 - 22h15

Rodrigo Viana matou a charada, e eu concordo plenamente com sua linha de raciocínio:

“…A maior parte dos juristas concorda que o normal seria esperar o “trânsito em julgado”; ou seja, só depois dos embargos infringentes (que devem ser julgados no fim do primeiro semestre de 2014) é que as prisões deveriam ser executadas.

Pimenta Neves, assassino confesso [foto acima], só foi para a prisão depois de todos os recursos esgotados. Para os líderes petistas, a regra não valeu. (…)

(…) Se as prisões ocorressem em julho/agosto de 2014, haveria duas possibilidades: ou Barbosa estaria nesse momento vinculado ao STF, sem poder “faturar” as prisões. Ou já se teria lançado candidato em abril/maio, perdendo a chance de usar politicamente o espetáculo judicial/midiático. As prisões agora dão-lhe o tempo necessário para faturar e avaliar politicamente o quadro. (…)

(…) Só que há um risco em contar com isso: Eduardo controla o partido, e mesmo com 10% ou 15% nas pesquisas (contra 20% ou 25% de Marina) pode forçar uma candidatura, deixando Marina de fora. Eduardo não se importa em ganhar ou perder agora; precisa é nacionalizar seu nome, pensando em 2018.

Por isso, a opção Joaquim Barbosa ganha força. Não tenham dúvida: ele estará nas próximas pesquisas (especialmente no DataFolha) como opção…

Barbosa pode fazer o discurso do moralismo, e tem a imagem do “homem negro que veio de baixo e venceu o preconceito”. Talvez tire votos de Aécio, mas tira algo de Dilma também. (…)

(…) Barbosa não tem estrutura nem palanques regionais. Não precisa. Basta um partido médio ou pequeno (PTB ou PPS), que lhe garanta dois a 3 minutos no horário eleitoral. O discurso — com um pé no janismo e outro no autoritarismo a la Eneas – é o que basta nesse país onde as identidades partidárias se dissolvem.

A operação Barbosa foi lançada nesse 15 de novembro. Pode não vingar, a depender dos telhados de vidro miamescos, e das lembranças de contextos familiares tumultuados e algo violentos no passado. Mas o juiz que condena sem provas ficará no banco de reservas – para atender aos apelos de uma classe média sedenta por superheróis do falso moralismo.

Pode-se dar ao luxo de esperar. A depender das pesquisas, sobe mais o tom ali por abril ou maio. E aí sim vem – oficialmente – para a disputa política, onde já ocupa lugar de destaque usando (e abusando) da tribuna judicial”.

No ponto Rodrigo, no ponto. A conferir!

Responder

Maria Rita

17/11/2013 - 21h14

O Marco Aurélio já insinuou que JB quer ser candidato. O Merdal vive insuflando o ego do cara. Se ele fez essa marmota em pleno feriado gastando desnecessariamente o dinheiro público para fazer o show eleitoreiro num jato para trazer os réus para Brasília, fica uma pergunta para a ministra Carmem Lúcia: isso não é propaganda eleitoral e um crime por usar dinheiro público? Ele pode ainda ser candidato? Para mim, já é um ficha suja.

Responder

Consequências do rito acelerado de Barbosa para prender no 15 de novembro - Viomundo - O que você não vê na mídia

17/11/2013 - 21h01

[…] Rodrigo Vianna: Em andamento, a Operação Barbosa […]

Responder

Falcão

17/11/2013 - 13h43

O “PODER PELO PODER” nos dias atuais, na minha opinião, não vinga. O STF, através do seu presidente, mexeu em um tremendo vespeiro. Aguardem os desdobramentos…A Dilma do “país das maravilhas” certamente sairá da sua inércia…utilizando suas prerrogativas constitucionais….imagino ..

Responder

maria do carmo

17/11/2013 - 13h32

Tenho pena dos ministros impolutos, sao poucos mas existem, nao queria estar na pele deles!

Responder

Jose Mario HRP

17/11/2013 - 12h34

Pode ser pode ser…..Já deu certo com o louco Collor(certo e depois um puta dum chiru ), então custa tentar colocar outro bodão no meio da sala e logro afrodescendente!, como o caso do Celso Pitta…..e deu naquela m@@da toda!!!!!!
Pobre Barzil…..

Responder

maria do carmo

17/11/2013 - 11h31

Edno Lima outro machista nasceu de chocadeira , Pimenta Veiga deu um tiro nas costas da namorada e depois de caida andou ate proximo do corpo e deu um tiro na cabeca, tudo friamente, esta defendendo o Barbosa que ja bateu em mulher e o assassino que matou um ser humano indefeso, espero que nao tenha filhas e netas que vergonha! Alem de tudo ignorante , julgamento sem provas com dominio se fato, nao permitiu desmembramento julgamento dos reus em pacote, porque e o partido dos trabalhadores, ja banqueiro ladrao teve tres Hs.Cs. e esta soltinho, medico tarado apos condenacao de mais 150 anos de prisao, Hs.Cs. para fugir. Reus milionarios juizes bonzinhos… Rapaz ate opositores do PT, sabem que o julgamento foi de excessao, reconhecem embrolhio juridico, Ives gandra que nao e partidario do PT reconheceu. Desinformado, leia sobre pesquisa os de esquerda sao mais inteligentes. ACORDE! Aliaz, tem outros desinformados fazendo comentarios idiotas, mas nao vou perder tempo, so que comparar Pimenta da Veiga com acao 470 nao da para calar.

Responder

Marcos

17/11/2013 - 10h47

Joaquim Silvério do Reis.

Responder

Romanelli

17/11/2013 - 10h28

não entendo assim não..

Pelo que entendi os caras estão indo pra cadeia por condenações que NÃO tem mais chance de apelação ou de reanalise via os tais embargos protelatórios (*)

e cá entre nós, quem de vós acha mesmo que o julgamento do Pimenta (que nos olhos dos outros é Neves) foi algo que devemos nos orgulhar e usar como balizamento pra futuras condenações?

Daqui a pouco então teremos gente apelando pra imunidade do Paulo Maluf pra se ver livre de todo tipo de acusação ou..

ou, quem sabe uma minoria BARULHENTA comece a se pedir de direitos pré republicanos, digamos, ao se pedir de favores e benefícios de acordo com a côr da pele e/ou sexo do camarada

Responder

    Romanelli

    17/11/2013 - 10h34

    ups ..desculpe, falha minha ..aqui, pelas Cotas Raciais, esta pratica RACISTA, já e dada como favas contadas nesta moda de coitadismo em que nos meteram..

    ..e a boiada antes orgulhosa por não ser como a turma dos EUA, hoje adormecida, nem se apercebeu que nos argumentos de defesa, até o NAZISMO se valeu (reparo histórico, busca entre inocentes vivos pra pagarem pela culpa de algozes mortos – tipo crianças brancas pobres), e critério de selecionamento eugênico, por exemplo).

    ih, ó eu nesta foto da década de 30 ..de braços cruzados

    Romanelli

    17/11/2013 - 11h46

    pra quem se interessar, pra mim mais um belo exemplo de equilíbrio vindo de BOB Fernandes

    http://terramagazine.terra.com.br/bobfernandes/blog/2013/11/15/comentario-o-combate-a-corrupcao-no-brasil-nao-e-sincero-diz-haddad/

Mariano

17/11/2013 - 10h08

Eu imagino o Barbosa sendo bombardeado no programa eleitoral gratuito com histórias como esta:

– Ele comprou um apartamento em Miami por 10 reais (ou terá sido 10 dólares; preciso me informar bem direitinho disso)

– Barbosa de vez em quando dava umas porradas na cara da ex-mulher, que provavelmente caiu fora por causa disso.

– Barbosa mentiu e escondeu provas que poderiam favorecer os réus, durante o julgamento do mensalão.

É pouco ou quer mais.

Responder

    edir

    17/11/2013 - 18h10

    Viajou de jatinho da FAB de Brasilia para o Rio só para assistir um jogo das confederacöes, com o filho foi para o camarote do Huk. De lá o filho saiu com o emprego no Projac. Vergonha, vergonha vergonha vergona. Só no Brasil que magistrado fazem isso, aparecem interminavelmente na mídia. Homem sem pudor, näo tem respeito pelos trabalhadores que bancam seu sla´rio de 30.000 reais e seu apartamento com 4 banheiros, suas mordomias, suas viagens. Precisamos passar o Brasil a limpo, acabar com essa vergonha de mordomia para o judiciário e outros funcionários público.

    Gersier

    18/11/2013 - 09h51

    E o PIG cretino escondeu isso,e como sempre cínicos que são,condenou e ainda condena,políticos que não rezam na cartilha desses salafrários,quando os mesmos pegam carona nos aviões da FAB.A sonegadora é mestra nisso.

Vanilton Alves

17/11/2013 - 10h02

Ele, o Joaquim Barbosa, ganhou agora e sempre meu total repúdio e desprezo. Venha quem vier, sou Dilma.

Responder

    Gersier

    18/11/2013 - 15h23

    O seu,o meu e de milhões de brasileiros.Hoje ouvi de uma senhora de meia idade que indignada disse a seguinte frase: “a injustiça brasileira acrescentou mais um P na sua lista.E quem fez isso foi um P que bajula brancos safados como ele”.Respondi pra ela que ele fez isso para livrar a cara de outro P,o P dos emplumados.

Ana Cruzzeli

17/11/2013 - 08h45

Barbosa tá frito, a ultima carta de barganha para ser nota de apreço na Rede Golpe ele gastou justamente agora?
Eu sinceramente achava que Barbosa fosse dar uma de louca em março, primeiro para ter efeito politico proximo a sua saida do STF e março é o mês de aniversário do Dirceu.
Na minha ingenuidade achava que Barbosa tivesse pelo menos senso de sobrevivência. Pelo visto estava redondamente enganada, o cabra não enxerga um palmo diante do nariz ou a Globo faz dele gato e sapato.

Que a direita precisa de um 3º candidato, está clarissimo haja visto que o PSDB e PSB nem fizeram cocegas na candidatura de Dilma, mas a resposta ao sofrimento da direita não será Joaquim e a direita parece que já caiu na real.

Por que então o Joaquim faria aquela pataquada de pedir a prisão naquela semana? Por que ele gastaria sua melhor ficha em momento tão distante?
Eu posso estar enganada, mas acho que a Rede Globo ficou muito incomodada com a homenagem a Jango e pediu ao Joaquim que fizesse o que fez.
Ela precisava de um fato que nublasse aquele evento aqui em Brasilia. Aquilo, a homenagem ao presidente deposto, exilado e morte em pais estrangeiro era demais para Rede Globo. Que cerimonia linda foi aquela!

A prisão foi uma ordem da Rede Globo nada além disso..
Joaquim sairá candidato se a globo pedir, o Joaquim ficará no STF se a globo assim MANDAR. Joaquim vai andar de 4 se a globo obrigar, Joaquim é o que a Globo quiser que ele seja
Joaquim foi enviado naquele aeroporto para ter uma conversa com o Frei Beto por que alguém assim determinou. Joaquim é pau mandado escolhido a dedo
O mensalão poderia ter sido aceito em 2005 no STF só não foi por que o Joaquim não seria o relator e por aí vai.

Responder

    Luís Carlos

    17/11/2013 - 19h09

    Concordo. Rever Jango foi deveras insuportável para os golpistas. Na Rádio Gaúcha de Prto Alegre (do grupo RBS, seguidores da Globo) apresentadores estavam preocupados com ” discursos políticos” que poderiam render a exumação de Jango, ou seja, estavam preocupados com o resgate da história e a publicização do real papel que a grande mídia teve no golpe contra Jango e contra o país.
    Revistaram o passado duas vezes esta semana e não mudaram os papéis. Uma vez golpistas sempre golpistas.

Amélia

17/11/2013 - 08h35

NEFASTO, NEFANDO

Este é o “grande” ministro Joaquim barbosa, brincando com a vida das pessoas que foram condenadas sem provas, em função de seus interesses.

Tomara que ele se candidate. No horário eleitoral nós vamos mostrar direitinho quem é esta figura “impoluta”. Um dia a casa cai, senhor Barbosa.

Responder

Tiao Macalé

17/11/2013 - 07h57

Esses são os funcionários da Rede Bandalheira !!!

Olhem as idiossincrasias que esse camarada escreve no twitter: https://twitter.com/DaniloGentili

Eu, se fosse a Rede Bandeirantes, teria vergonha de ter uma pessoa dessas como meu funcionário.

Responder

    Dinho

    17/11/2013 - 11h28

    Fala-se muito do reacionarismo da Globo e esquecem o da Bandeirantes, que tem muito mais reaça por metro quadrado que a vênus platinada. Aliás, essa concentração de reaças naquela emissora se deve à rejeição que sofreram da Globo, que é o sonho deles.

pereira

17/11/2013 - 07h44

O feitiço vai virar contra o feiticeiro, observe o barbosa agora tem que dar conta dos tucanos do aécio, esse Brasil e um poço de impunidade, e agora assassinatos todo os tipos de crime vamos pedir ação do barbosa, ele não pode fazer nada, mas o povo não entende disso, a ir o feitiço vira contra o feiticeiro, qualquer coisa cadê o barbosa, só prende petista, o bicho vai pegar.

Responder

Francisco

17/11/2013 - 03h41

Só o que Barbosa não pode fazer é inventar de ser “justo”: ai dele se ele tocar no mensalão tucano!

Responder

Guanabara

17/11/2013 - 01h12

Óia, gostei da história do JB ser operador global no supremo. Mas não é o único. Sim, ele tá com o cetro na mão, mas a vaidade, ah, a vaidade… E quanto aos 2 ou 3 minutos de propaganda de um PPS da vida seriam apenas o complemento dos MUITOS minutos que uma detentora de concessão pública usaria para promovê-lo (enquanto for útil, obviamente). Não digo que irá acontecer, mas que há a chance, ah, isso há.

Responder

Terezinha

17/11/2013 - 00h24

Eu gostaria muito que o Joaquim Barbosa se candidatasse a presidência da republica. Seria muito bom para descortinar todo o seu saber. Aquele que ele não tem. Ele que não foi escolhido para o STF por seus conhecimentos ajudaria a dividir a babação da grande imprensa a favor do Aécio, da Marina. o invés de apoiar e fazer a campanha de dois a mídia teria que fazer a campanha de três candidaturas. Bem divertido seria também ver a cara dos banqueiros e do grande empresariado, pois o Joaquim serve para ser instrumento e não para ser protagonista.

Responder

Álvares de Souza

16/11/2013 - 23h52

É, é não crer que o Brasil mudou, sobretudo nos últimos dez anos. Imaginar que o povo brasileiro é o povo alienado que votou em Collor e Fernando Henrique, é subestimar os avanços que o governo de Lula e de Dilma promoveram Brasil afora,sob todos os aspectos. Imaginar que as classes secularmente excluidas que puderam ascender social e economicamente nos últimos dez anos, que tem muitos de seus filhos nas universidades, que tem empregos e renda razoável, que estão realizando o sonho da casa própria, que começam, nos rincões mais distantes, a serem assistidas por médicos capazes, responsáveis, humanitários, não se darão conta de que estarão colocando em grave risco tantos benefícios alcançados caso não reelejam Dilma, é uma enorme besteira. Se deixarem seduzir pelos discursos e pela propaganda das candidaturas de Aécio, Eduardo Campos, da Madre Terezae Calcutá e de Idi Amim Dada. Além de tudo, a audiência das novelas da Globo e do Jornal Nacional desce em desabalada carreira ladeira abaixo.

Responder

Lindivaldo

16/11/2013 - 23h47

Sempre votei em candidatos mais à esquerda!
Inclusive em muitos do PT – Lula, Dilma…

Em 1989, ainda empunhei bandeiras vermelhas pelas ruas; e
Pus estrelas no peito!

Mas, nunca quis me filiar a nenhum partido,
Para que pudesse exercer críticas com mais liberdade.

Porém, depois deste julgamento de exceção promovido por um tribunal político-partidário, sob o comando de uma imprensa golpista, percebi:
a fragilidade de nossa Democracia;
o tamanho e o modo do golpe que está por vir até 2014; e
o quanto o projeto do PT ainda contraria as elites.

Daí, indignado, estarei me filiando ao PT;
e dedicarei doravante meu suor e sangue
pela reeleição da Dilma,
pela redemocratização dos meios de comunicação;
pelo questionamento do STF, PGR; e
pela desqualificação deste julgamento.

Não tenho poder nenhum, mas a minha determinação é grande!

Responder

    Mário SF Alves

    17/11/2013 - 16h19

    Esse é o exemplo. Filiação massiva como reação à ação dos que mais uma vez se acovardam ante a responsabilidade, o direito e o dever de construir uma Nação.
    _____________________________
    Mas… será que só a filiação nos basta?

    edir

    17/11/2013 - 18h17

    Desde 1989 voto no PT, trabalhei em várias campanhas de políticos do partido: José Genuíno/Luiza Erundina/até mesmo a Soninha para vereadora, isso mesmo até para Soninha. Votei em Lula/Dilma sem nunca ser filiada ao partido, mas estarei me filiando. Acho que todos que votam no PT mas näo é filiado, deveriam fazer.

Professor Aglailson

16/11/2013 - 23h28

Será que nenhuma entidade jurídica vai se manifestar diante dessa calamidade que o Joaquim Barbosa conseguiu realizar? Porra! O cara deita e rola, diz, fala o que quer, toma decisões arbitrárias e ninguém do Judiciário Isento se manifesta! Desculpe-me o desabafo, mas é muito estranho isso tudo. Enquanto líderes históricos são presos devido à manipulação da grande mídia, os verdadeiros corruptos estão rindo! Vamos cobrar dos juristas honestos uma manifestação!

Responder

Mariza

16/11/2013 - 23h21

JB para presidência? pode até ser bem pensado, mas a militância, no caso petista se erguerá com muito mais força.Não desejamos esse injusto nem como síndico do meu condomínio, mas ele poderá se candidatar onde ele comprou o AP via empresa fantasma, sem declarar devidamente como manda a lei.Já imaginaram como presidente do Brasil? Quando ele julgará o mensalão TUCANO?

Responder

Liz Almeida

16/11/2013 - 23h20

Caso o joaquim barbosa se afaste do stf (minúsculo mesmo, é muita indignação) para se candidatar, e perca, ele ainda poderá voltar ao supremo?

Caso NÃO possa mais voltar, ficarei torcendo com todas as forças para que se candidate; a derrota seria humilhante, e ainda nos livramos desse toglodita no stf (quem sabe um dia eu consiga voltar a escrever em maiúsculo).

Responder

Gerson Carneiro

16/11/2013 - 22h46

Meu voto Joaquim Barbosa não tem.

https://fbcdn-sphotos-h-a.akamaihd.net/hphotos-ak-frc3/1461804_10201551541244573_2006809296_n.jpg

Responder

Fabio Passos

16/11/2013 - 22h20

Vote joaquim barbosa.
Um capacho a serviço da “elite” branca.

Vice luciano hulk

Responder

Eddy

16/11/2013 - 22h17

É um espetáculo. Barbosa será ovacionada até onde interessar para a direita, quando terminar o serviço sujo, será desprezado, ou alguém acha que a direita vai colocar o governo do Brasil na mão de um sujeito temperamental e vaidoso desse modelo aí???. No Executivo, onde as decisões tratam de economia, jamais vão deixar nas mãos dele, correriam o risco da criatura voltar-se contra o criador. No judiciário, ele cumpre o papel que eles querem, ou sejam, molestar os princípios democráticos do direito, cometer arbítrios, abrir caminho para esse tipo de prática. Porque não mandou o Dantas para cadeia???? e o Cacciola???? e o escândalo do PSDB de São Paulo??? e de Minas??? – nem tudo que reluz é ouro…..

Responder

simas

16/11/2013 - 22h14

…risos Ivan Valente. Ahhh!… Paciência. O Rodrigo Vianna tem razão; A oposição, onde se inclui a mídia, canalha, não tem pra onde apelar. Nem a jogada junina, tipo “facebook”. conseguiu acrescentar algo de consistente à luta da direita, conservadora, por alcançar mentes e corações do eleitor brasileiro. Até a sujeira da espionagem americana, pintou no ambiente, político, desfavoravelmente… E, ainda, com reforços da tal bisbilhotice, mundo afora; contando pontos valiosíssimos pra Presidenta, em seu vigoroso discurso na ONU. Não havia de onde sacar, mágicas prodigiosas, favoráveis. Salvo… na cartola do Supremo: O Quincas foi requisitado, mais uma vez, pra cortar a evolução, avassaladora, dos números pesquisados em favor da Presidenta.
Ora, minha gente. Qtas vezes no Brasil, um elemento do Supremo formou junto aos golpistas, de plantão?… O Rodrigo está corretíssimo em sua avaliação, sobre a sacanagem, quero dizer sacada do Ministro Joaquim, em mandar prender, correndo, em pleno dia 15, a cúpula do PT. Convenhamos; nunca a grde imprensa curtiu um dia da Proclamação da República, qto agora, desde a decisão do Marechal Deodoro… E olha, q o Quincas nem gosta de política… Aliás, tem verdadeiro horror aos políticos e às políticas – em igual intensidade às críticas proferidas pelos personagens, marcantes, da elite conservadora, nacional.

Responder

Maria Rita

16/11/2013 - 22h04

“Barbosa pode fazer o discurso do moralismo, e tem a imagem do “homem negro que veio de baixo e venceu o preconceito”. Lembrei daquela frase bíblica “Do pó viestes, para o pó retornarás”. Só que do JB o que subiu foi a carcaça enfeitada por ternos e gravatas de grifes famosas e caras e os maneirismos que caem por terra numa simples provocação. Virou um yuppie, quem diria? A mentalidade não avançou e quanto aos preconceitos, assimilou o que há de pior da casa grande e do seu verniz de cultura fake. Não quero ofender Fernando Pessoa, mas o que fica disso tudo é que nada vale a pena se a alma continua pequena. Esse homem não tem asas para voar e nunca me representará.

Responder

Edno Lima

16/11/2013 - 21h54

somente nos crimes em que os condenados apresentaram embargos infringente, seria necessário aguardar a análise do recurso, quem são Rodrigo Vianna e a maior parte dos juristas para discordar?

Responder

    Elisa

    17/11/2013 - 07h20

    São brasileiros justos,que não suportam ver asassinos livres e inocentes indo para a cadeia. Só isso.

Edno Lima

16/11/2013 - 21h51

Rodrigo Vianna está misturando alhos com bugalhos. Caso os petistas tivessem respondido pela prática de apenas um crime, tal qual Pimenta da Neves (homicídio acrescido das qualificadoras – ele não formou quadrilha para matar a namorada), teriam todos o mesmo tratamento ,mas os petistas responderam por ao menos dois crimes e um deles “CORRUPÇÃO ATIVA” transitou em julgado. Não cabendo mais recursos quanto a um dos crimes, não são razoáveis os muchochos do jornalista pela prisão dos mensaleiros. E se Lewandowisk, o único destemido dos ministros supremo entendeu

Responder

    Elisa

    17/11/2013 - 07h31

    É verdade, ele SÓ cometeu um crime, o de assassinar friamente um ser humano indefeso, ele deu um tiro na Sandra Gomide pelas costas e depois que estava caída deu um tiro na cabeça para matar, os pais dela, pois era a única filha, ficaram sem assistência nenhuma porque eram idosos e ela era a única filha que sustentava a casa, mas que importância tem isso, não é mesmo? Esse criminoso ordinário do Pimenta Neves foi condenado a 19 anos de regime fechado, com todos os recursos que o Supremo deu, ele pegou dois anos, depois de 13 anos de condenação, ficou 2 anos e meio em uma cadeia que ele mesmo chama de um lugar bom (cadeia para ricos, resumindo) e já está em regime semiaberto.

    Walter

    17/11/2013 - 07h40

    Edno, o que vc fala não procede.

    As punições que o Supremo definiu para José Dirceu são as seguintes:
    Formação de quadrilha: 2 anos e 11 meses de prisão.
    Corrupção ativa relativa a pagamento de propina a parlamentares: 7 anos e 11 meses, mais multa de R$ 676 mil, o equivalente a 260 dias-multa no valór de 10 salários mínimos (no valor vigente à época, de R$ 260

    Se transitou em julgado a de corrupção ativa , corresponde a 7 anos e 11 meses.

    Diz a lei:

    b) o condenado não reincidente, cuja pena seja superior a 4 (quatro) anos e não exceda a 8 (oito), poderá, desde o princípio, cumpri-la em regime semi-aberto;

    Enfim, a execução não foi ilegal, porém o regime fechado transgride a lei .

    Se já houvesse a decisão sobre os embargos relativos a condenação por formação de quadrilha , aí sim o regime seria fechado.

    O Batman quis aparecer na TVI , isso sim. E escolheu até uma data. Como todo ególatra psicótico ..Uma decisão que enlameia o Poder judiciário brasileiro.

    Luís Carlos

    17/11/2013 - 09h46

    Edno
    Um defensor de assassinos de mulheres e perseguidor de petistas? Deve ter gostado da aula de seu “mestre” que liberou estuprador Abdelmassih.

jacinto

16/11/2013 - 21h46

De onde estou pouco posso fazer, mas o simples eu farei, não só o boicote a globo JN, mas a UOL,Veja,Estadão, JP, Folha e Band.

É pouco mas feito por muitos pode virar uma nova Onda.

Todos juntos surfando nesta ONDA.

A audiencia traz o retorno financeiro, vamos atacar os bolsos deles.

Responder

    Walter

    17/11/2013 - 07h47

    Prezado jacinto!sua visão é deveras simplista.
    O que mexe nos bolsos desses caras não ê audiência e sim a verba pública milionária que o governo federal do PT enfia lá.
    Não assisti-los vai fazer um bem enorme a sua saúde.
    Quanto à verba publicitária milionária enfiada na Globo e seus asseclas pelo governo do PT , essa eu não sei o que fazer para mudar.
    Aceito indicação de um candidato para votar juntamente com seus parlamentares congêneres.
    Eu sei que no PT , que é gila ao PSDB. Eu não voto mais.

José Souza

16/11/2013 - 21h45

Alguém precisa deter o Barbosão. Não sei quem tem esse poder mas ele não pode continuar onde está e muito menos continuar a fazer o que vem fazendo contra a justiça e a democracia brasileiras. Tornou-se necessário e inadiável tal decisão. Alguém precisa detê-lo.

Responder

Luís Carlos

16/11/2013 - 21h40

Barbosa não tem coragem de sair do paraíso chamado STF e se expor em campanha política. Não tem coragem para se submeter a julgamento público. Déspota não admite ser avaliado pela população. A vaidade não permite.

Responder

Jayme Vasconcellos Soares

16/11/2013 - 21h38

Vejam como nos envergonha este nosso judiciário?! Um juiz sustentado midiaticamente por espetáculos circenses, apresentando falsas acusações contra brasileiros íntegros, pretendendo entrar na disputa para Presidente da República de nosso País!!! Barbosa é um ser desprezível, que o povo brasileiro deve execrar; a sua indicação para cargo político deveria eticamente ser proibida pela justiça eleitoral, pois o eleitor brasileiro merece respeito, e não quer ser governado por um titeri da mídia conservadora, que está a serviço de interesses estrangeiros. Cuidado, minha gente, o povo já não é mais bobo, e as reações de uma massa, agora mais esclarecida, é imprevisível!

Responder

Carlos

16/11/2013 - 21h32

Caros,

Nos termos do art. 84, XII, compete privativamente ao Presidente da República conceder indulto e comutar penas, com audiência, se necessário, dos órgãos instituídos em lei.

Ou seja, se a Presidenta Dilma estivesse convicta de que José Dirceu, José Genoíno e outros foram condenados injustamente, bastaria que utilizasse do poder que o Povo e a Constituição lhe deram e publicasse um decreto indultando ou comutando as penas.

De nada adianta chorar, a última palavra não é do STF, é da Presidenta Dilma,

Cabe a ela usar ou não poder que lhe foi concedido.

Abraços,

Carlos

Responder

    Luís Carlos

    17/11/2013 - 09h53

    Muito fácil não é Carlos? Barbosa faz a “M” e colocas nas costas de Dilma. Fácil aliviar a cara de um déspota e chicaneiro.

    Marcus Vinicius

    17/11/2013 - 11h06

    Perceba o momento histórico. Punhos cerrados, lei dos meios de comunicação, Supremo em check mate no saber: mandato de 6 anos?; Financiamento Público em campanhas políticas(proibição explícita do Privado), Fim do caixa-2, Quebra do jogo sujo da política em SP …
    Tá chegando a hora. Há outros meios, menos autoritário de se fazer justiça. O tiro deles saiu pela culatra. É um momento histórico.

lauro c. l. oliveira

16/11/2013 - 21h30

Isto bate com o vinho do Merval!

Responder

    Marat

    16/11/2013 - 23h29

    Sim. O vinho que Merval vale: Sangue de boi, safra 2013!

Marat

16/11/2013 - 21h25

Ah, um recado de alguém que faz parte da “opinião pública”: Senhores do STF, quando se dará o julgamento do mensalão do PSDB? Nossa paciência já se esgota!
Outra coisa, senhor Joaquim Barbosa, eu acredito ser imoral um seu filho ganhar emprego na Rede Globo. Pega mal, muito mal!

Responder

Marat

16/11/2013 - 21h21

No caso de Barbosa vir a ser mais um candidato do PIG e da direita incorrigível brasileira, temos que torcer (e muito) para que as (poucas) cabeças pensantes do PT mostrem todo o desmazelo, os vícios e as manobras utilizadas por JB no julgamento do mensalão… Creio que não seja tão difícil assim. Até alguém com mentalidade mediana poderia compreender o acerto entre o PIG e o STF.

Responder

Marcos Marques De Sousa Trindade

16/11/2013 - 21h11

Estou torcendo pela candidatura Barbosa.

Eliminaria dois problemas: tiraria um ditador da Presidência do STF e o faria passar vergonha pelo julgamento da população em torno de seu nome, já que ele não teria chance de vitória e seria abandonado logo após pela mídia. Sentiria na pele o desprezo dessa elite racista que persiste no país.

Responder

ricardo

16/11/2013 - 21h06

De onde o articulista tirou essa estória? Eita imaginação fértil! Se soubesse escrever, faria fortuna como ficcionista.

Responder

    Aluisio Pessoa

    17/11/2013 - 00h54

    Você é o RICARDO Sérgio ou o Mauro RICARDO???

    Luís Carlos

    17/11/2013 - 09h58

    Ricardo estå incomodado porque Barbosa está sendo desmascarado. Aliás, o filho dele continua empregado na Globo? E o apartamento em Miami que ele comprou com migalhas? Seu ídolo tem “pés de barro” Ricardo e vaidade gigantesca. Escrutínio popular não é para covardes.

José X.

16/11/2013 - 21h02

Não acredito numa candidatura do Barbosa.

Primeiro porque fora do STF ele perderia seus super-poderes. Mesmo sendo protegido pela Globo e tendo aliados no STF, fato é que ficaria mais vulnerável às cobranças sobre o banheiro de 90 mil reais, o ap que comprou (?) por 10 dólares em Miami, o fato de confraternizar com advogado de quem julgou causa, e assim por diante.

Segundo porque a Globo ficaria sem um operador dentro do STF, e um operador importantíssimo nesse ano eleitoral de 2014, porquê está presidindo o STF, e portanto é o dono da burocracia do STF. Não acredito que a Globo o libere para uma aventura eleitoral.

A hipótese aventada pelo Rodrigo Vianna é interessante, Barbosa seria usado para levar a eleição para o segundo turno. Mas eu considero uma jogada muito perigosa para ele, Barbosa, já que após as eleições, sem o poder que dispõe hoje no STF, perderia a utilidade para a Globo e seria jogado para escanteio. A não ser que ele queira se aposentar e gozar a vida logo em seguida, não acredito que ele se arrisque a uma aventura eleitoral que muito provavelmente iria perder.

Responder

    Rafael

    16/11/2013 - 21h53

    Joaquim teria que explicar muita coisa. E sem Joaquim Barbosa pode os ministros do STF levar a diante o processo do mensalão tucano. A situação é arriscada. Eu como cidadão to pegando nojo por esse modo que as eleições são tocadas. Chega ano de eleições começa as vacas a voar, os postes a mijar nos cachorros. Digo como cidadão que tá na hora, já passou da hora, de uma lei de telecomunicação que dê um freio na globo. Tá demais. Eles acham que estão acima da lei.

    simas

    16/11/2013 - 22h45

    Como, não acreditar? O homem já comprou, aproveitando oportunidades q lhes surgiram, um apto, no exterior. Ora! O cara se aposenta e pronto; vai curtir a vida, na maior, nos “states”… sonho de qq mortal de nossa elite, mundana.
    Cara, vc tem de considerar, inclusive, q o tipo não é dono daquelas condições, intelectuais, do saber, incontestável… necessárias. Apenas um carreirista, de cor negra, q pintou na frente de um Presidente, preocupado com a dívida social do País. Ademais, eu q nem leio jornais, já li várias das “qualidades” do elemento; o q dá pra acreditar, sim, em mtas coisas, sobre a peça.
    Buenas

    José X.

    17/11/2013 - 11h54

    Pelo que andei lendo, outros fatores que poderiam ter estimulado a decisão monocrática (“eu tenho a força”) do barbosa sobre as prisões, além do aspecto simbólico do 15 de novembro (que por sinal foi um golpe militar), seriam seu uso como represália ao fato do Haddad ter mexido no vespeiro que é o “ninho, ao propinoduto tucano em SP acobertado pelo ministério público, e, aqui acho eu, à reabilitação póstuma de João Goulart.

Johnny

16/11/2013 - 20h52

Logo, logo, o Joaquim Barbosa será sumariamente cuspido pelo PIG. Já foi uma vez, quando discutiu com o Gilmar Mendes, lembram-se?
Para o PIG é: ” Já fez o que devia, agora recolha-se à senzala.”

Responder

Leilane

16/11/2013 - 20h50

Oxalá, ele se candidate, somente assim ficaremos livres de tão triste figura, completamente fora da vida pública (renúncia ao STF e com certeza não recebe votos nem p síndico de prédio) . Claro que com os salários da aposentadoria pagos por nos, contribuintes.

Responder

geniberto paiva campos

16/11/2013 - 20h49

Triste e pobre Oposição que precisa lançar mão desses expedientes eleitorais de alto risco. Ou se descolam da mídia ou vão perder todas.
E agora, adiciona-se o “fator Pizzolato”. É a política, estúpidos… aprendam!

Responder

Rodrigo Leme

16/11/2013 - 20h44

Eu acho tão engraçadinho todo mundo falar de “julgamento midiatico”, especialmente ao ver que o Dirceu deu sua última declaração pré-cadeia para a Globonews. Lembrem-se daquele disco famoso: O CHORO É LIVRE.

Responder

    Marcilio Serrano

    16/11/2013 - 20h52

    Rodrigo Leme,

    E máfia Tucana em SP nenhuma palavra ou você só entende de MKT??? Não se esconda como de costume continue afirmando seu voto no Ivan Valente…como sempre digo risível…

    Luís Carlos

    16/11/2013 - 21h35

    Ele não anda de trem em SP. Possivelmente tem novo herói chamado Rodrigo de Grandis.

    Frank

    16/11/2013 - 21h50

    Ah! quer dizer que o Rodrigo Leme acredita em papai Noel, quer dizer, na mídia brasileira… Ser escroto é assim mesmo Rodrigo.

    J.R.

    16/11/2013 - 22h22

    Barbosa tem telhado de vidro, a história nebulosa das ligações do filho dele com aquele caso que empurraram para baixo do tapete (ou seria da toga) e aquela compra de apartamento em Miami usando empresa de fachada (por sinal, só mesmo no Brasil um ministro da suprema corte faz uma dessas e não é escorraçado no dia seguinte) são munição suficiente para ele pensar duas vezes antes de largar a segurança do tribunal do STF e partir para a aventura de uma corrida ao planalto.

Anibal Paz da Silva

16/11/2013 - 20h29

Oba, vamos todos ao primeiro comicio do joaquim com nossos bat-bodoque….

Responder

    lukas

    16/11/2013 - 20h41

    De preferencia com camisetas do PT, para deixar bem claro quem vocês são.

    Luís Carlos

    16/11/2013 - 21h37

    Nenhum petista de esconde. Todos deixam claro que são petistas. Você deixa claro sua posição? Ou é daqueles que se envergonha dos atos de seu partIdo e tem medo das críticas?

    edir

    17/11/2013 - 18h32

    Dá uma pena desse lambe bota. Ele retru ca em todos blogs da esquerda. Deve ser um recalcado que nem o blogueiro da veja aguenta.

    Zanchetta

    17/11/2013 - 00h33

    Batman 1 x 0 Superman…

    Luís Carlos

    17/11/2013 - 10h06

    Barbosa não tem espaço na alega da Justiça. Tá mais para o Duas Caras. Aliás o filho do teu herói continua naquele emprego enjambrado na Globo?

    Luís Carlos

    17/11/2013 - 10h07

    Disse: não tem espaço na Liga da Justiça. Tá mais para Duas Caras.

Deixe uma resposta