VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Professor diz em carta que O Globo mente sobre Venezuela

18 de abril de 2013 às 16h49

Foto de “Chávez” na capa do El Pais. O jornal espanhol bebe na mesma fonte de O Globo.

via Marco Aurélio Mello, Doladodelá

Prezada Senhora Sandra Cohen

Editora de Mundo de O Globo

Já é sabido que o jornal O Globo não nutre qualquer simpatia pelo governo do presidente venezuelano Hugo Chávez, e tem se esforçado a formar entre os seus leitores opinião contrária ao chavismo – por exemplo, entrevistando o candidato Henrique Caprilles sem oferecer ao leitor entrevista com o candidato Nicolás Maduro em igual espaço. Isto por si já é algo temerário, mas como eu não tenho a capacidade de modificar a linha editorial do jornal, resigno-me.

O problema é que o jornal tem utilizado sistematicamente dados um tanto quanto estranhos na sua tarefa de formar a opinião do leitor. Sou professor de Economia da Universidade Federal Fluminense e, embora não seja “especialista” em América Latina, conheço alguns dados sobre a Venezuela e não poderia deixar de alertá-la quanto aos erros que têm sido sistematicamente cometidos.

Como parte do esforço de mostrar que o governo Chávez deixou a economia “em frangalhos”, o jornalista José Casado, em matéria publicada em 15/04/2013 (“Economia em frangalhos no caminho do vencedor”) informa que o déficit público em 2012 foi de 15% do PIB.

Infelizmente, as fontes desta informação não aparecem na reportagem (apenas uma genérica referência a “dados oficiais e entidades privadas”!!!), uma falha primária que nem meus alunos não cometem mais em seus trabalhos.

Segundo estimativas apresentadas para o ano de 2012 no “Balanço Preliminar das Economias da América Latina e Caribe”, da conceituada Comissão Econômica para América Latina e Caribe (Cepal), o déficit foi de 3,8% do PIB, ligeiramente menor do que no ano anterior, mas muito inferior ao apresentado pelo jornal.

Caso o jornalista queira construir a série histórica para os resultados fiscais para a Venezuela (e qualquer outro país do continente), pode consultar também as várias edições do “Estudio Económico” também da Cepal.

Para poupar o seu trabalho: a Venezuela registrou superávit primário de 2002 a 2008: 2002: 1% do PIB; 2003: 0,3; 2004: 1,8; 2005: 4,6; 2006: 2,1; 2007: 4,5; 2008: 0,1; e déficit nos anos seguintes: 2009: -3,7% do PIB; 2010: -2,1; 2011: -1,8; 2012: -1,3.

O déficit é decrescente, mas bem distante dos 15% do PIB publicados na matéria.

Afirmar que o déficit público na Venezuela corresponde a 15% do PIB tem sido um erro recorrente, e também aparece na matéria intitulada “Onipresente Chávez”, publicada na véspera, também no caderno “Mundo” do jornal O Globo em 13/04/2013.

A este propósito, tenho uma péssima informação a lhe dar: diante de um quadro fiscal tão saudével, o presidente Nicolás Maduro não precisará realizar ajuste fiscal recessivo, e terá condições de seguir com as políticas de seu antecessor.

A matéria do dia 15/04/2013 possui ainda outros erros graves. O primeiro é afirmar que existe hiperinflação na Venezuela, e crescente. Não há como negar que a inflação é um problema grave na Venezuela, mas O Globo não tem dispensado o tratamento adequado para informar os seus leitores.

A inflação na Venezuela tem desacelerado: foi de 20% em 2012, contra 32% em 2008 (novamente utilizo os dados da Cepal). Tudo indica que o jornalista não possui conhecimento em Economia, pois a Venezuela não se enquadra em qualquer definição existente para hiperinflação – a mais comumente utilizada é de 50% ao mês; outras, mais qualitativas, definem hiperinflação a partir da perda da função de meio de troca da moeda doméstica, situações bem distantes do que ocorre na Venezuela.

Outro equívoco é afirmar que “não há divisas suficientes para pagar pelas importações”. A Venezuela acumula superávits comerciais e em transações correntes (recomendo que procure os dados – os encontrará facilmente na página da Cepal).

Esta condição é algo estrutural, e a Venezuela é a única economia latino-americana que pode dar-se ao luxo de não precisar atrair fluxos de capitais na conta financeira para financiar suas importações de bens e serviços. Isto decorre exatamente das exportações de petróleo.

O problema, Senhora Sandra Cohen, é que os erros cometidos ao expor a situação econômica venezuelana não se limitam à edição do dia 15/04, mas tem sido sistemáticos e corriqueiros.

Como parte do esforço de mostrar que o governo Chávez deixou uma “herança pesada”, a jornalista Janaína Figueiredo divulgou no dia 14/04 (“Chavismo joga seu futuro”) que em 1998 a indústria respondia por 63% da economia venezuelana, e caiu para 35% em 2012.

Infelizmente, a reportagem comete o erro primário que o seu colega José Casado cometeu: não cita suas fontes.

Em primeiro lugar, a informação dada pelo jornal é que a Venezuela era a economia mais industrializada do globo terrestre no ano de 1998. Veja bem: uma economia em que a indústria representa 63% do PIB é super-hiper-mega-industrializada, algo que sequer nos países desenvolvidos foi observado naquele ano, nem em qualquer outro. E a magnitude da queda seria digna de algo realmente patológico.

Como trata-se de um caso de desindustrialização bastante severo, procurei satisfazer a minha curiosidade, fazendo algo bastante corriqueiro e básico em minha profissão (e, ao que tudo indica, o jornalista não fez): consultei os dados.

Na página do Banco Central da Venezuela encontrei a desagregação do PIB por setor econômico e lá os dados eram diferentes: a indústria respondia por 17,3% do PIB em 1998, e passa a representar 14% em 2012. Uma queda importante, sem dúvida, mas algo muito distante da queda relatada por sua jornalista.

Caso a senhora, por qualquer juízo de valor que faça dos dados oficiais venezuelanos, quiser procurar em outras fontes, sugiro novamente a Cepal, (Comissão Econômica para América Latina e Caribe).

As proporções mudam um pouco (21% em 1998 contra 18% em 2007 – os dados por lá estão desatualizados), mas sem adquirir a mesma conotação trágica que a reportagem exibe. Em suma: os dados publicados na matéria estão totalmente errados.

O erro cometido é gravíssimo, mas não é o único.

A reportagem ainda sugere que a Venezuela é fortemente dependente do petróleo, respondendo por 45% do PIB. Novamente, a jornalista não cita suas fontes.

Na que eu consultei (o Banco Central da Venezuela), o setor petróleo respondia por 19% do PIB em 1998, contra pouco mais de 10% em 2012.

Como a Senhora pode perceber, a economia venezuelana se diversificou. Não foi rumo à indústria, pois, como eu mesmo lhe mostrei no parágrafo acima, a participação desta última no PIB caiu. Mas, insisto, a dependência do petróleo DIMINUIU, e não aumentou como o jornal tem sistematicamente afirmado.

A edição de 13/04/2012, traz outros erros graves. Eu já falei anteriormente sobre os dados sobre déficit público apresentados pela matéria assinada pelo jornalista José Casado (“Onipresente Chávez”).

A mesma matéria afirma que a participação do Estado venezuelano representa 44,3% do PIB.

O conceito de “participação do Estado na economia” é algo bastante vago, e por isso era importante o jornalista utilizar alguma definição e citar a fonte – mas isto é algo, ao que tudo indica, O Globo não faz.

Algumas aproximações para “participação do Estado na economia” podem ser utilizadas, e as mais usuais apresentam números distantes daqueles exibidos pelo jornalista: os gastos do governo equivaliam a 17,4% do PIB em 2010 (contra 13,5% em 1997) e a carga tributária em 2011 era de 23% (contra 21% em 2000), nada absurdamente fora dos padrões latino-americanos.

Enfim, no afã de mostrar uma economia em frangalhos, O Globo exibe números simplesmente não correspondem à realidade da economia venezuelana. Veja bem: eu nem estou falando de interpretação dos dados, mas sim de dados que equivocados!

Seria importante oferecer ao leitor de O Globo uma correção dessas informações – mas não na forma de errata ao pé de página, mas em uma reportagem que apresente ao leitor a economia venezuelana como ela é, e não o caos que O Globo gostaria que fosse.

E, por favor, nos próximos infográficos, exibam suas fontes.

Atenciosamente,

Victor Leonardo de Araujo

Leia também:

Leonardo Severo: A mídia privada e a “guerra psicológica” na Venezuela

 

57 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Os EUA ainda pretendem vender "inteligência" ao Brasil? - Viomundo - O que você não vê na mídia

20/04/2013 - 22h46

[…] Professor diz em carta que O Globo mente sobre a Venezuela […]

Responder

Eduardo Guimarães: E isso quando os mortos eram chavistas... - Viomundo - O que você não vê na mídia

20/04/2013 - 20h56

[…] Professor diz que O Globo mente sobre Venezuela […]

Responder

bento

20/04/2013 - 18h07

Ideologicamente falando…

Para a rede goebbels… a mentira é a sua verdade…

Responder

A denúncia sobre os banheiros de Joaquim Barbosa - Viomundo - O que você não vê na mídia

20/04/2013 - 18h04

[…] Professor escreve carta dizendo que O Globo mente sobre Venezuela […]

Responder

Fabio Passos

20/04/2013 - 11h36

A globo mente demais. Um barato a completa desmoralizacao da reporcagem. rsrs

Olha esta:

“A reportagem ainda sugere que a Venezuela é fortemente dependente do petróleo, respondendo por 45% do PIB. Novamente, a jornalista não cita suas fontes.

Na que eu consultei (o Banco Central da Venezuela), o setor petróleo respondia por 19% do PIB em 1998, contra pouco mais de 10% em 2012.”

O PiG esta com o cotovelo estuporado pela sequencia de derrotas nas urnas…

Responder

Messias Franca de Macedo

20/04/2013 - 10h52

Dzhokhar Tsarnaev é preso em Boston. Viva a polícia do império global!

“Quem faz este tipo de papel em geral não é quem tem poder, mas quem precisa mostrar que tem poder. Ou quem já teve e está perdendo.
Um suspeito. Milhares de policiais. Milhares de jornalistas. Um suspeito.
A ação de caça do FBI e da polícia de Boston ao jovem de 19 anos não é uma demonstração de força. Este show é uma declaração de fraqueza.”
*Síntese brilhante proferida pelo ínclito e intrépido jornalista Renato Rovai. Parabéns! Felicidades! Hasta la Victoria Siempre!
*em http://revistaforum.com.br/blogdorovai/2013/04/20/dzhokhar-tsarnaev-e-preso-em-boston-viva-a-policia-do-imperio-global/#comment-165960

… AINDA SOBRE AS ORGANIZAÇÕES(!) NOTICIOSAS DO PIGolpista MUNDIAL!…

##############

Ex-repórter da CNN afirma que recebeu ordens para manipular notícias a fim de demonizar Irã e Síria

SEXTA-FEIRA, 19 DE ABRIL DE 2013
em http://blogdomello.blogspot.com.br/2013/04/ex-reporter-da-cnn-afirma-que-recebeu.html

###############

CÂMBIO: de alguma Central Telefônica de um hospício/manicômio qualquer! E somos ‘NOIS’ os loucos!…

Mundo de ‘Nois’ [suspeitos(!)] Bananas!
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

Messias Franca de Macedo

20/04/2013 - 09h49

… AINDA SOBRE AS ORGANIZAÇÕES(!) NOTICIOSAS DO PIGolpista MUNDIAL!…

##############

Ex-repórter da CNN afirma que recebeu ordens para manipular notícias a fim de demonizar Irã e Síria

SEXTA-FEIRA, 19 DE ABRIL DE 2013
em http://blogdomello.blogspot.com.br/2013/04/ex-reporter-da-cnn-afirma-que-recebeu.html

###############

RESCALDO: e depois os loucos somos nós!…
CÂMBIO: de alguma Central Telefônica de um hospício/manicômio qualquer! E somos ‘NOIS’ os loucos!…

Mundo de ‘Nois’ [suspeitos(!)] Bananas!
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

Haroldo Cantanhede

19/04/2013 - 22h10

Ler esse jornaleco golpista (desde sempre) é de dar náusea; eu so vejo as capas ou títulos de algumas páginas, quando estendo jornal no chão para a nossa cadela fazer cocô nele. Só a leitura dos chamadas de capa já dão uma boa idéia do esgoto que flui ali dentro. Agradeço ao professor pela iniciativa, especialmente por enfrentar a insalubridade de ler essa porcaria. Trabalhemos para fazer, à nossa volta, o que for possível para mostrar às pessoas quão tóxica pode ser a leitura de tantas mentiras.

Responder

Urbano

19/04/2013 - 14h04

Fosse só contra a Venezuela… Mas sendo quem não reze a cartilha dos fariseus do Norte, a mentira deita e rola na groubonoma. Nem fazem mais questão de esconder.

Responder

Leonardo

19/04/2013 - 13h16

Será que é essa a liberdade de imprensa – a de mentir – que eles tanto defendem? Cadê a lei da democratização da mídia Dilma?

Responder

Tadeu Colares - Recife

19/04/2013 - 13h09

Professor Victor Leonardo de Araujo,
Você deu um exemplo típico do comportamento, no mínimo imoral da maioria de nossa midia. Daí a necessidade urgente de uma Lei da Imprensa algo parecido ou similar á Lei Italiana que no parágrafo segundo do artigo 2º da Lei Profissional 69/1963 da Ordem dos Jornalistas que diz textualmente: ” devem ser retificadas as notícias que sejam inexatas e reparados os eventuais erros”. Vejam que esta lei é de 1963…

Responder

Julio Silveira

19/04/2013 - 11h26

O professor não diz nada novo. A Globo mente e muito, em algumas ocasiões mentiu e destruiu, como no caso da escola base. Mas a questão é que esse tipo de imprensa, completamente militante, que esconde defesa de interesse financeiro, de classe, produz muito mal a grande parte da cidadania mais fragil deste país. A cidadania que tem dificuldade de distinguir um seu inimigo interno. E o pior não temos quem nos defenda disso, quem deveria falar em nome da maioria se omite, ajudando a reforçar o poder dessa minoria que oprime pela força de sua palavra vendida a peso de ouro e comprada pela rotina que cria zumbis.

Responder

Mardones

19/04/2013 - 09h04

Haja barulho da imprensa financiada pela Dilma. Só a presidenta deve dormir com tanto ruído.

Alguém que já disse que o PIG não tem leitores, mas vítimas.

Parabéns ao Professor Victor.

Responder

Jose Mario HRP

19/04/2013 - 08h31

Off Topic:
Suspeito de ser o autor do atentado em Boston foi preso e teve suas roupas despidas e após ser algemado levado para um carro de policia, sendo que depois disso chegou a um hospital morto / baleado!
A Rota e a Meganha paulista fazendo escola!

Responder

Zanchetta

19/04/2013 - 08h29

“Já é sabido que o jornal O Globo não nutre qualquer simpatia pelo governo do presidente venezuelano Hugo Chávez…”

Mas peraí! Hugo Chávez não é aquele senhor que morreu há 1 mês e meio?!?!

Já é história!!!

Responder

    renato

    19/04/2013 - 13h13

    Esqueça! Chaves não morre mais.
    Acha que desaparece assim, como
    um passe de mágica….?

ma.rosa

19/04/2013 - 07h43

Parabéns Professor! Isto chama-se Educar,com ética,honestidade e responsabilidade. Parece-me que o “Tal Jornaleco”, sua Editora, a Sra. Sandra e seus jornalistas: José Casado e Janaína Figueiredo, desconhecem estes princípios.

Responder

renato

19/04/2013 - 07h42

É obvio, que o Chaves é boneco de vodú.
A direita que ganha com a desgraça do
Povo brasileiro, esta realmente preocupada
em falar mal da Venezuela, e com isto bate
por tabela em LULA, PT e em todos que são
admiradores de Chaves, com certeza uma pitada
de sal da Cia.
Mas se isto é verdadeiro, passar informações
falsas para um Mecanismo da Democracia, deveria
ser crime punivel com cadeia.
Mas que é o Orgão que não a Promotoria Publica
para prender este jornalista e seu Redator Chefe.
Redatores agem como Deuses do Olimpo, tudo sabem
tudo veem, tudo ouvem.Tudo matam…Deuses do Olimpo
nada criam.
Isto é bandidagem.
Pergunta. Maduro teria direito de Resposta aqui no Brasil!
A OEA não lhe garante isto…..
Acho bom se mexer, tudo o que acontecce na Venezuela respinga
diretamente em nosso Governo.
Ou alguem tem duvidas, que lá não pode virar uma daquelas rebeliões
onde daqui a pouco veremos Maduro, jogado num galpão morto com sua
família…bem do tipo dos mercenários estadudinenses.
Ou enforcado, ou radionizado, ou cancerinizado.
Apesar de que Maduro tem um cara melhor que ele para substituí-lo,
em caso de Gripe HkjTxc45-CHUSA 6º cepa.

Responder

Notívago

19/04/2013 - 02h09

A REVOLUÇÃO BOLCHEVIQUE NA VENEZUELA

Conceição Lemes, eu lhe peço, tente resgatar o vídeo cujo link se encontra abaixo. Eu lhe garanto, ele fará o maior sucesso no Vi o Mundo.

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=0wlVQLZPcvM

Responder

    Conceição Lemes

    19/04/2013 - 09h27

    Obrigada pela dica, Notívago. Já postei. abs

Jotace

19/04/2013 - 00h57

Parabéns à Universidade Federal Fluminense por ter no seu distinto quadro de docentes o Professor Victor Leonardo de Araujo. A ele expresso minha grande admiração e respeito pelo louvável trabalho de desmistificar com sua sabedoria e tenacidade ao tenebroso e vende-pátria jornal O Globo. Aos alunos do Prof. Victor, minhas sinceras congratulações por contarem com mestre tão honesto e capaz, que deve figurar como um dos destacados exemplos para os professores universitários do país. Jotace

Responder

Jose Neto

19/04/2013 - 00h22

Os rola bostas do globo ao invés de consultar a CEPAL eles foram perguntar no posto ipiranga.

Responder

Mário SF Alves

18/04/2013 - 22h56

Sim, o PiG adota, sistematicamente, a fofoca/crítica descontextualizada como estratégia de enfrentamento de tudo que não lhe é igual. Por igual, entenda-se: tudo que soe distante ou contrário aos interesses da pior elite do mundo e, por consequência, do sui generis subdesenvolvimentismo capitalista “estadunidense-nacional”.
____________________________________

… É que narciso acha feio tudo que não seja espelho.

_______________________________________________________

Em tempo: Parabéns, professor.

Responder

Abel

18/04/2013 - 21h48

Depois da Wikipédia (onde citar as fontes é ponto de honra), até mesmo a revista “Superinteressante” começou a colocar notinhas de rodapé onde informa onde foi buscar os dados que apresenta em algumas matérias (não todas, mas já é um começo). Gostaria muito de ver outras publicações adotando o mesmo critério. Quem não fizer isso, deveria ser motivo de suspeição…

Responder

Marat

18/04/2013 - 21h43

Eles (os da pigosa Globo) são malandros, porém burros, pois sua argumentação só engana quem for realmente muito estúpido. Ontem, no morfético jornal da globo (olha que para assistir aquilo sem vomitar é muito difícil), ouvi tanta boçalidade que gargalhava… O tal de Sardenberg é ridículo. Talvez tenha feito algum curso rápido (por correspondência) de economia básica. Ele não convence com aqueles gráficos e aqueles trejeitos, sem contar que apela muito para frases de boteco, do tipo “nos países importantes…” Importantes para quem? para o povo afegão? iraquiano?… Ao final de tão idiota edição, a cereja estragada do bolo rançoso: entrevista com Vargas Llosa… acho que nem preciso comentar… esse ultradireitista entrevistado por nem mais nem menos o ultra lambe-botas do Império, William Waak. Lógico que só se falou mal do chavismo e das esquerdas, e teceram-se loas aos que são empregados do império e do capital assassino e ladrão… Bom, eu não esperava nada diferente da globo que a cada dia se afunda mais na lama, na escória!

Responder

    ma.rosa

    19/04/2013 - 07h53

    Marat, não substime o povo afegão e ou o iraquiano! O que os “PIGOSAS” dizem, deslumbra os “Bobãos, digo “GLOBÃOS”!!!!

    Marat

    19/04/2013 - 20h27

    Ma.Rosa, talvez eu tenha me expressado mal… na fala do Sardenberg, sobre os tais países “importantes”, na visão dele Sardenberg e dos lambe-botas… usei de ironia, para dizer que são “importantes” aos bravos e valorosos povos afegão e iraquiano, tão massacrado, humilhado e ofendido pelos invasores da OTAN… para o Sardenberg e a gentalha de seu jaez, talvez os invasores queiram impor à força, sua “importância”… Abraços

janete ENSA

18/04/2013 - 21h43

O jornal da Globo deixa definitivamente explicito que não é a favor do sistema da Venezuela implantado por Hugo Chávez que governava para a maioria(pobres) proporcionando uma qualidade de vida melhor,o jornal da globo defende as ideias das elites(ricos) que priorizam seu poder, assim por meios dos jornais ele tentam mudar as opiniões e concepções das pessoas. O único jeito de não deixar que jornais façam as pessoas de fantoches devemos então buscar diferentes classes de jornais, se informar mais para que possamos criar a nossa própria opinião e podendo assim fazer a nossa própria crítica.

Responder

Fabio Passos

18/04/2013 - 20h54

” E, por favor, nos próximos infográficos, exibam suas fontes. ”

rs

O professor simplesmente humilhou o jornaleco da famiglia marinho…

Responder

nana

18/04/2013 - 20h43

Toda vez que eu abro um jornal ou leio o site de um grande jornal/revista tenho a sensação que estou lendo uma obra de ficção, uma novela ou romance político e deixo de lado pra ler um livro de boa qualidade. Eu andava preocupada pensando que havia perdido o gosto pelo jornalismo mas agora entendo porque isso ocorria comigo!!

Agora faço uma campanha para que os publicitários mudem os slogans dos jornalões e revistas. Ajudem a salvar a leitura neste país, dê o nome correto ao gênero das publicações. Algumas ideias:

Não perca a mais recente ficção da realidade do Brasil e do mundo nesta edição!

A novela mais dramática do Brasil e do Mundo você encontra aqui!

Manipulação e você: tudo a ver!

Já nas bancas o último capítulo da novela de extremadireita.

Responder

clodoaldo

18/04/2013 - 20h19

Puxa vida o PIG é perverso com seus leitores e o pior é que coitados acreditam no que lhes é dito. O pior é que ainda pagam por isso.

Responder

    Abel

    18/04/2013 - 21h49

    São o “Homer Simpson”, lembre-se do Bonner…

João-PR

18/04/2013 - 19h47

Depois os jornais piguentos não sabem porque estão com a credibilidade em baixa, demonstrada na queda de tiragem dos jornais

Responder

Luís Carlos

18/04/2013 - 19h36

Parabéns pelo artigo Victor. Esclarecedor e desmistificador.

Responder

Professor diz que O Globo mente sobre Venezuela | Conversa Afiada

18/04/2013 - 19h24

[…] Professor diz em carta que O Globo mente sobre Venezuela […]

Responder

    Ivam Cassemiro

    18/04/2013 - 23h17

    Vocês estão é de gozação.
    O Globo e a Venezuela não têm a importância que
    que pretendem. O lunático Hugo Chávez deve ter se
    inspirado no filme “O rato que ruge” para governar.
    É isso, na história do mundo a Venezuela é república
    de bananas.

    Claudio Dode

    19/04/2013 - 11h00

    Caro Ivan:

    Te enganas em acgar que é exagero a atuação do Globo, a cpacidade financeira de aatuação em todos os espaços de midia dá um poder inimaginável, que é pelo que eles lutam para ter, a tal liberdade de expressão é esta “pouca vergonha” que todo mundo pode ver, o tal quarto poder.

    E isto se consegue é com jornalistazinhos de meia pataca como este tal de Casado (deve ser casado mas é com a mentira) escrever o que o “pagante” quer, sem compromisso com o leitor, ou com o pais, ou com a verdade.

Luís CPPrudente

18/04/2013 - 19h20

A famiglia Marinho e os três porquinhos como sempre querem enganar a sociedade.

Alguém já ouviu falar nos nomes dos três porquinhos? São três porquinhos mentirosos e charlatões.

Responder

    Abel

    18/04/2013 - 21h54

    Um deles, pelo menos, tem nome: João Roberto Marinho. É o mentor ideológico das Organizações Globo. Há um verbete muito revelador sobre ele na Wikipédia, mas infelizmente, só em inglês ou espanhol.

Valdeci Elias

18/04/2013 - 19h07

Depois não entendem porque , as pessoas estão deixando de comprar jornal.

Responder

    Ivam Cassemiro

    19/04/2013 - 00h10

    Ora meu amigo, as pessoas estão lendo mais portais.
    E os mais acessados são de novo da grande mídia, que
    tem compromisso com a informação. Blogs ao contrário,
    só emitem opiniões, e em direção única.

João Alexandre

18/04/2013 - 18h35

Também duvido que vão se retratar, mas considero muito importante continuar denunciando o tipo de “jornalismo” que é praticado pela sucursal do Departamento de Estado dos Estados Unidos da América.

Responder

Wanderson Brum

18/04/2013 - 18h26

O patrão “oferece” os dados, o redator a cabeça da matéria, o repórter só faz preencher o formulário e assinar a pedrada…Coitado dos incautos que consomem essa “JUNK NEWS”!

Responder

Fabio Passos

18/04/2013 - 18h20

A globo mentindo sobre um governo de esquerda, chorando por mais uma derrota de”elite” branca no continente e torcendo por um golpe… por que sera que nao me surpreendo? rs

O PiG tem de se afogue na propria bilis.
Chupa, racistas!
Chupa, PiG!

Responder

Bernardino

18/04/2013 - 18h19

Isso nao é novidade eles mentem descaradamente se consideram os donos do País e sao mesmo com governos frouxos que sempre tivemos inclusive os esquerdinhas do PT e congeneres onde iremos parar?O REQUIAO exemplificou o caso do Porto de Paranagua eles colocaram imagens da decada de 90,quando o Requiao ja governador estava em 2006.

Nao vejo nenhuma campanha de qualquer parlamentar ou organizaçao visando um projeto de lei de Iniciativa POPULAR pra regulamentar a IMPRENSA,alias prefiro esse termo a MIDIA ate porque para os ignorantes do paìs que sao maioria MIDIA significa Meio-dia e o proprio Joseph Pulitzer usava a palavra IMPRENSA quando dizia que a mesma era cinica,corrupta,manipuladora e eu acrescento ANTIPATRIOTA!!
Parece que nem uma CHUVA DE PASQUIM conseguira mudar a Cabeça do brasileiro frouxo e acomodado para tal iniciativa!!

Responder

Gerson Carneiro

18/04/2013 - 18h03

Professor Victor Leonardo de Araujo,

Temos agora a chance de bancar quem faz Jornalismo de verdade. É só participar.

É perda de tempo ficar correndo em busca de reconhecimento de “erros”, correção, pedido de perdão e etc, dessa imprensa partidária, sempre aliada aos interesses de governos norte-americanos.

A forma de combater isso é deixá-los de lado e ganhar nosso espaço. Temos que ser o contra ponto. A realidade não mudará se não nos mobilizarmos.

Yes, we can!

Responder

Leonardo Meireles Câmara

18/04/2013 - 17h56

Na ânsia de agradar o patrão, permite-se aos fatos escorrer pelas mãos.

Responder

    Fabio Passos

    18/04/2013 - 18h16

    Patrao manda e os pistoleiros atiram pra tudo que e lado. rs
    A globo ilude poucos tolos… e pensa que ninguem percebe.

Willian

18/04/2013 - 17h53

As notícias mais próximas da realidade sobre a saúde de Chávez foram dadas por Merval Pereira.

Responder

    FrancoAtirador

    18/04/2013 - 21h34

    .
    .
    “notícias mais próximas da realidade”

    não são notícias nem realidade, são boatos,

    sugestões, elucubrações, conjecturas, teses,

    hipóteses ou fofocas, factoides e mentiras.

    Olha só quem foi a fonte ‘fidedigna’ do Merval,

    para dar “notícias mais próximas da realidade”

    sobre o estado de saúde do presidente Chávez:

    “A difícil situação de Chávez
    O estado de saúde do presidente Hugo Chávez, da Venezuela, é considerado crítico, e as perspectivas não são nada boas. Os exames, analisados por médicos brasileiros, indicam que o câncer está em processo de metástase, se alastrando em direção ao fígado, deixando pouca margem a uma recuperação. Como a eleição é em outubro, é provável que ele chegue perto da reta final em condições físicas muito difíceis para manter uma campanha eleitoral competitiva com candidatos da oposição unificada.”
    (Merval Pereira, na rádio CBN e O Globo; 17/2/2012)

    “As informações (SIC) vazadas através de alguns twitters
    e na coluna do jornalista NELSON BOCARANDA
    indicam que o tratamento em Cuba teve vários erros,
    até mesmo queimaduras na radioterapia,
    e por falta de equipamentos alguns exames tiveram,
    que ser enviados para hospitais no Brasil
    e até nos Estados Unidos.
    O jornalista venezuelano diz que uma equipe precursora
    já partiu de Caracas para preparar a visita de Chavez ao Brasil,
    e que ele se submeterá a um exame de scanner
    no Hospital Sirio eLibanês em São Paulo.”
    (Merval Pereira, na coluna do jornal O Globo; 06/4/2012)

    MENTIRAS DESLAVADAS: ABSOLUTAMENTE NADA DISSO ACONTECEU!

    É o Jogo da Direita Midiática Latino-Americana,

    com dados lançados de Washington, via Miami, USA.

    BOCARANDA & MERVAL SÃO FUNCIONÁRIOS DO CASSINO.

    NESSE JOGO MACABRO, TUDO NÃO PASSOU DE UMA APOSTA.

    E CHEGARAM A PENSAR QUE HAVIAM GANHADO, MAS PERDERAM.

    HUGO CHÁVEZ TINHA UMA CARTA NA MANGA: NICOLÁS MADURO.
    .
    .
    Venezuela
    Terça, 16 Abril 2013 13:08

    Plano desestabilizador avança:
    hordas fascistas assassinam chavistas
    e incendeiam sedes do PSUV

    A ORDEM DE ATAQUE A CDIs* VEIO DO JORNALISTA OPOSITOR NELSON BOCARANDA,

    QUE ORDENOU AOS SEUS 1,2 MILHÕES DE SEGUIDORES NO TWITTER ATACAR UM CDI

    COM O SUPOSTO PRETEXTO DE QUE MÉDICOS CUBANOS OCULTAM CAIXAS COM VOTOS.

    *CDIs = Centros de Diagnóstico Integral

    (http://www.diarioliberdade.org/artigos-em-destaque/408-direitos-nacionais-e-imperialismo/37578-plano-desestabilizador-avan%C3%A7a-hordas-fascistas-assassinam-chavistas-e-incendeiam-sedes-do-psuv-na-venezuela.html)
    .
    .

    Wilson das Neves

    20/04/2013 - 18h51

    Muito bem dito companheiro. Hugo Chavez não morreu, ele foi para Cuba.

    Abel

    18/04/2013 - 21h55

    Ele previu que Chávez iria morrer… algum dia ;)

    Willian

    19/04/2013 - 10h47

    Não, ele não previu. Ele disse que a saúde de Chavez era bem pior do que o governo venezuelano divulgava.

    FrancoAtirador

    19/04/2013 - 14h21

    .
    .
    Com as doenças que acometeram Lula e Dilma fizeram a mesma coisa.
    .
    .

lando carlos

18/04/2013 - 17h17

e não consigo ententender, como que uma pessoa pode comprar um jornal para ler mentiras algun estudioso pode me explicar?

Responder

Caracol

18/04/2013 - 17h05

Sem comentários.
Precisa?

Responder

Marcio H Silva

18/04/2013 - 17h02

Falar o que. Todos sabemos como age nossa Imprensa Golpista…..e nunca irão se retratar pelos “erros” cometidos. Até porque não regulamentamos a lei……..

Responder

Deixe uma resposta