VIOMUNDO

Luciana Genro: “Lula se tornou agenciador de empreiteiras corruptas”

09 de março de 2016 às 15h34

luciana-genro-600x350

O PT entrou no esquema, agora paga o preço

por Luciana Genro, via sua assessoria de imprensa*

Alguns petistas têm classificado as posições de PSOL como oportunistas. Tenho enorme respeito pelos petistas honestos, inclusive sou filha de um deles.

Mas outros não têm sido honestos e nem respeitosos no debate e precisam fazer uma reflexão.

Oportunistas são os que dizem ser contra a corrupção, mas acham que se ela for feita pelo PT deve ser tolerada – pois, afinal, a corrupção do PSDB nunca foi investigada.

Eu lutei, aliás como petista, contra a corrupção do PSDB durante o governo FHC, e sigo lutando agora.

Também tenho lutado muito pelo amplo direito a defesa como advogada criminal, coisa que os acusados pobres não têm e nunca tiveram de fato.

A condução coercitiva do Lula foi desnecessária, autoritária e pode até ser entendida como ilegal. Isso, entretanto, não é novidade no Brasil.

Pessoas presas sem julgamento são 30% da massa carcerária do país. Lula não foi preso, e foi tratado com dignidade pelos policiais, coisa que não acontece com os acusados pobres.

O espetáculo midiático também é uma constante com os acusados pobres, é só assistir aos programas sensacionalistas para vermos os “bandidos” sendo expostos das formas mais vexatórias imagináveis. Então o problema não é só com o Lula.

O que ocorre é que as elites políticas e econômicas estão sendo vitimas, na operação Lava Jato, do mesmo tipo de sistema penal que a maioria do povo já conhece há tempos. Eu luto contra isso, e não só para o Lula, mas para todos. Mas ser contra este tipo de tratamento aos acusados não significa defender o Lula.

O mais grave não está recebendo a atenção devida.

A principal revelação dos últimos dias é que, entre 2011 e 2014, R$ 20,7 milhões foram doados pelas mesmas empreiteiras envolvidas na corrupção da Petrobras para o Instituto Lula, além de mais R$ 10 milhões em pagamentos por palestras do ex-presidente.

Além disso, que é comprovado, há a suspeita de que ele recebeu presentes destas mesmas empresas, como a reforma no sítio, o armazenamento de seus pertences e talvez até um apartamento.

Se Lula cometeu ou não diretamente o crime de corrupção, ainda está por ser provado. Mas que ele transformou-se em agenciador dos interesses de empreiteiras corruptas não há a menor dúvida. Não há dúvida também que ele deve ser investigado.

O direito à ampla defesa de Lula deve ser garantido. E devemos criticar qualquer excesso, como devem ser criticados todos os excessos que são cometidos contra qualquer acusado.

Como diz a resolução divulgada pelo Movimento Esquerda Socialista¹, corrente do PSOL da qual faço parte: “Não há dúvidas sobre a parcialidade da grande mídia e da justiça a respeito dos processos de investigação. A espetacularização das denúncias dos aliados do governo, enquanto são abafados outros escândalos, é evidente, como demonstram a morosidade da justiça e a seletividade com que a imprensa aborda, por exemplo, o desvio de verba da merenda ou o bilionário ‘trensalão’, envolvendo dirigentes do governo do PSDB paulista.”

Mas o que seria de esperar desta mídia? Que ela seguisse tratando bem o PT depois que este partido perdeu sua função principal para a burguesia? Os governos Lula e Dilma foram tolerados porque tinham a capacidade de conter os movimentos sociais e aplicar os planos do capital, distribuindo as bordas do bolo mas deixando intacto o seu recheio, os lucros dos bancos e especuladores. Isto não é mais assim, junho de 2013 e a crise econômica mudaram esta situação e, portanto, a burguesia prefere governar com seus filhos “legítimos”, como Aécio Neves.

Mas então é preciso perguntar por que o governo petista seguiu e segue alimentando a “mídia golpista” com fartas verbas publicitárias?

Estima-se que para a Globo foram mais de R$ 6 bilhões nestes 12 anos.

Por que, também, Lula se derramou em elogios à Globo e à Roberto Marinho quando do falecimento deste? Por que não trabalharam para diminuir o poder destes meios de comunicação que são verdadeiros diários oficiais das elites?

Talvez pelo mesmo motivo que não trabalharam para desmantelar os esquemas de corrupção que já existiam no Petrobrás e em todas as esferas públicas. Entraram no esquema, ao invés de tentar destruí-lo.

A adaptação do PT ao sistema não é algo novo, nem é criticada apenas pelo PSOL. Dentro do próprio PT há lideranças históricas que criticam os rumos do partido, como os dois ex-governadores do Rio Grande do Sul, Olívio Dutra e Tarso Genro. Infelizmente, há outros que preferem ignorar essa realidade.

Há em curso uma tentativa de desmoralização da esquerda. Mas quem abriu este flanco não foi o PSOL, que vem há 10 anos lutando contra a maré para construir uma alternativa de esquerda autêntica e coerente.

É resultado da política do próprio PT, que abandonou as bandeiras da esquerda, governou com o que tem de mais podre na política, usou os mesmos métodos que sempre combateu e se entregou para banqueiros e empreiteiras, que foram os que mais ganharam nestes 12 anos.

Não se enganem, os programas sociais representam 1% do que foi para os cofres dos bancos e empreiteiras, seja em juros da dívida pública, seja em obras superfaturadas.

O PT perdeu a chance de desmantelar este sistema corrupto, se moldou a ele, e agora as elites estão descartando o PT.

Por isso temos que construir uma alternativa, para que, se não agora, mas no futuro, seja possível uma esquerda autêntica governar o Brasil. E não será defendendo um líder sustentado pelas empreiteiras corruptas que vamos conseguir por de pé esta alternativa.

¹ É preciso refundar a República: construir uma alternativa de esquerda combatendo as “castas” corruptas e o ajuste contra o povo -

* Em resposta ao artigo Stalinismo nos olhos dos outros é refresco, de Antônio David, publicado no Viomundo.

Leia também:

O tratamento desigual de O Globo para Dilma e Aécio

 

54 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Sergio Govea

11/03/2016 - 12h47

-
O texto da Luciana não convence.

É o típico texto cata-votos. Justamente os votos órfãos da esquerda.

E é oportunista, porque acusa o PT de ter-se moldado, mas não diz como faria, se estivesse no lugar do PT.

Todas as vezes que eu me encontro com um petista desiludido, surge a grande pergunta: sair do PT e ir para onde?

Aliás pergunta que Tarso Genro também faz.

O PSOL seria uma alternativa ?

Não, porque o PSOL se apresenta repleto de inconsistências no que tange à real possibilidade de implementação das suas propostas.

Não existe guinada à esquerda sem Parlamento à esquerda.

É isso aí.

-

Responder

Carlos Lima

11/03/2016 - 10h17

Caro Azenha chega de dá espaço para gente transloucada, essa moça ou senhora, não agrega valor nenhum, além de dissimulação. Ela é portentosa apenas no oportunismo, é a mistura de ouro de tolo com gogó da ema. só tem gogó e pouca ou quase nada de massa cinzenta só individualismo e o considerá ser sua verdade a verdade absoluta, aprendiz de ditador, isso é hora dessa moça falar tanta asneira?

Responder

adilson

10/03/2016 - 15h01

Se essa é a opção de esquerda que o Brasil tem, a direita tem motivos de sobra para gargalhar…

Responder

Mark Twain

10/03/2016 - 12h04

A Luciana se comporta como uma freirinha. Eu acho que ela não deseja, mas no final acaba fedendo a água benta. O que me assusta nela é a incapacidade de lidar com a contradição humana, ou ainda: a negação da contradição humana de maneira oportunista e no fundo suicida; sempre no limite por uma esquerda que não tenha outra alternativa a não ser jacobina ou stalinista. No fundo aqui ela assume um papel parecido com o do Moro que é ser o Savonarola, neste auto de fé psicopata que está rolando no nosso país…

Responder

Sérgio Rodrigues

10/03/2016 - 11h51

Coisa de trotskista, nada mais!….

Responder

adão paim

10/03/2016 - 11h46

Tudo verdade oque a sra. escreve. Assino embaixo. Só acho que, é altamente inoportuno e sem nenhum benefício pra sra. e para o Psol seu texto. Pelo contrário, o povo enxergará a todos no mesmo balaio nas próximas eleições. Quem é o inimigo deputada Luciana?
Salute.

Responder

Lukas

10/03/2016 - 11h25

Impressionante a cegueira dos petistas. Nem se Lula confessar eles acreditam…

Ler os comentários deste post me deu imensa alegria. Estou do outro lado destes. Que alegria!

Responder

10/03/2016 - 11h13

Esquerda pequeno burguesa é uma desgraça!

Responder

Carlos Lima

10/03/2016 - 10h51

Luciana, tão pura, a cabeça de certas pessoas é difícil entender, não conseguem entender quem está perdendo é povo, um episódio desses é ícone para referendar opressão ao cidadão comum, o negócio dela é só riscar fosforo. A Luciana de mim nem apreço pelo pai que tem. Cá pra nós no antigão, tem orelha de burro, tem rabo de burro, tem cabeça de burro, tem patas de burro, porque não é burro, porque? Porque só é simplesmente oportunista, simples assim oportunista.

Responder

Sérgio

10/03/2016 - 09h17

Má hora, sra Luciana.

Responder

Leandro

10/03/2016 - 08h50

Esse é o problema de Partidos que nascem na sombra do oportunismo, conduzidos pelo personalismo e egos.
Partidos como o PSOL que representam uma classe média revolucionária enlatada, que transformou num estilo de vida, onde o meio se tornou o fim, principalmente explorando o serviço público, dá nisso. Hoje, por falta de discurso para a massa trabalhadora, pois não tem origem nela, se tornaram os animadores de torcida pra direita.
Nem preciso lembrar o quanto tempo durou a “unidade” entre Heloísa Helena e Luciana genro, a guerra de vaidades dessas caricaturas políticas falou mais alto.
Partidos sem origem na base da pirâmide não representam a grande massa de trabalhadores, ainda mais quando são partidos urbanóides. Os problemas vão além do funcionalismo público, as pautas vão além de salários dos funcionários públicos, o Brasil é muito maior e quem não o conhece não tem como dar soluções para ele.
Quem o PSOL representa ????

Responder

Julio Silveira

10/03/2016 - 08h43

Luciana, o momento é impróprio para isso. Combata o Lula de forma correta sem fazer tabelinha com a direita. Observe como a direita procede e veja se aprende alguma coisa.

Responder

Jorge

10/03/2016 - 08h33

Tinham me contado que ela estava ao lado dos golpistas, agora vejo que sim.
que vexame para o Psol. Depois querem ser levados a sério.

Responder

maria joaquina

10/03/2016 - 00h34

Ainda bem que a Sra. não me representa….. até para ser de esquerda é preciso pensar grande, ou seja, sair do próprio umbigo e olhar um pouco ao redor. Se continuar embrulhada em sua teia de ressentimentos vai continuar se amesquinhando cada vez mais até o momento que não haverá diferença entre o seu pensar e o do/da coxinha ali da esquina. Quase sempre é melhor calar, do que falar besteira.

Responder

    Pafúncio Brasileiro

    12/03/2016 - 05h34

    É incrível a Luciana. Crítica à mídia bandida e faz uso das divulgações desta própria mídia familiar, para ferrar a esquerda e dar gás para a direita. A Luciana, além de não ter maturidade emocional, ainda carece de inteligência .

Dimas J Trindade

09/03/2016 - 23h21

Não esqueceu. Ela diz que a crise do PT nos atinge a todos. E isso é o mais injusto porque não é toda a esquerda e nem mesmo todo o PT que se lambuzou. Mas todos (esquerda) responderemos por isso.

Responder

Alexandre Tambelli

09/03/2016 - 23h11

A Luciana Genro precisa estudar um pouco mais sobre os conceitos de Imperialismo e de nacionalismo.

Falar do tema corrupção é um acessório, apenas uma fuga utilizada pela Direita política com votos e microfones hoje, porque ela precisa fugir da discussão essencial: Projeto de Nação.

Lula está sendo perseguido pelo fato de representar um Projeto de Nação em defesa do nacionalismo, da Indústria nacional, de nossa soberania, de termos um projeto de desenvolvimento que alia interesses do empresariado nacional e um mercado consumidor interno.

Os que perseguem Lula estão à-serviço do Imperialismo. Querem a total desindustrialização do Brasil, a quebra da Petrobrás, das grandes empreiteiras nacionais, da Indústria pesada, até a não continuidade dos programas de defesa em benefício das forças armadas para nossa segurança de futuras invasões ou guerras, etc. e perseguem para a retomada do Poder e voltar a subserviência do Governo Federal aos interesses do Império do Norte e dos países desenvolvidos.

A luta política hoje está entre Imperialismo X Projeto nacional de desenvolvimento.

Imperialismo que tem no País uma marca registrada: a Lava-Jato!

Se perdermos de vista isto vamos aceitar que o papo de corrupção mereça destaque, que empreiteiras com capacidade de ganhar licitações mundo afora sejam destruídas, por uma discussão secundária que é a corrupção.

Não há outra briga hoje senão destruir a imagem de LULA por ser uma figura central no modelo de desenvolvimento soberano do Brasil, de adentrar no Mundo dos negócios internacionais de cabeça erguida, de não sermos subservientes aos interesses do Capitalismo central, por ser Lula uma personalidade que projetou o nome do Brasil pelo Mundo afora como uma Nação independente e que teve a coragem de dizer não à Alca e sim aos BRICS.

Sem contar que este passo foi significativo para a consolidação de uma nova ordem mundial, tendendo sair unipolaridade do fim da Guerra Fria para um Mundo multipolar, sendo o Brasil, atualmente, uma potência hegemônica dentro da América Latina. E com condições de projeção internacional em áreas da América Latina, África e Ásia que necessitem de obras de engenharia, projetos agrícolas, etc.

Corrupção se resolve com leis. Destruição do capital nacional e do desenvolvimento soberano do Brasil são outros quinhentos. Falar mal, querer destruir o patrimônio de um empresário que diretamente cria 180 mil empregos, como o dono da Odebretch serve a quem?

Ao Imperialismo. E é o Imperialismo quem patrocina sua destruição e de outras grandes empresas brasileiras através de seus prepostos: Velha Mídia, PSDB e Judiciário morista.

As esquerdas não podem tergiversar. Tem de estar unidas e saber quem são os inimigos do Brasil e deixar o puritanismo de lado.

O Brasil de 2016 está numa encruzilhada.

Querem tomar de assalto a chance de continuarmos, mesmo que aos trancos e barrancos hoje, no caminho de um desenvolvimento soberano e nacionalista.

Quem se perder no acessório vai ajudar o principal desejo do Imperialismo acontecer que é a transformação do Brasil num País agrário-exportador de commodities e de recursos naturais,

Luciana Genro não chegou a este estágio de entendimento pelo que parece.

E, acaba por servir de apoio para o Imperialismo vencer.

É isto e mais nada!

Responder

    marco

    10/03/2016 - 02h47

    perfeito

Giordano

09/03/2016 - 23h05

Porra, guria, por que non te callas?

Responder

FrancoAtirador

09/03/2016 - 23h03

.
.
Quem entregou a Petrobras?
.
Por Raul Pont, no Sul21
.
(http://www.sul21.com.br/jornal/quem-entregou-a-petrobras)
.
.

Responder

Bernardo

09/03/2016 - 22h17

A Sra. Luciana Genro merece todo o respeito por suas posições contudo, no presente momento vivido pelo país, deveria somar e não dividir, mesmo porque há uma diferença abissal entre ser da oposição e depois ganhar eleições e governar. O PT está calejado nesse particular e o PSOL talvez um dia chegue lá e aí poderá ver que a realidade é outra. O sistema politico brasileiro obriga os partidos a ceder e negociar para governar. Intransigência não funcionará o sistema for esse e não há perspectiva de mudança radical no médio prazo. Portanto resta construir para as próximas gerações alternativas para que o sistema seja corrigido de baixo para cima. Argumentos como o da ex deputada só faz o jogo da direita e dos inimigos do país que buscam ardentemente um golpe. Luciana deveria refletir e ter ais juízo. Veja o exemplo do pai.

Responder

Wilson Trajano

09/03/2016 - 22h04

“Eu lutei, aliás como petista, contra a corrupção do PSDB durante o governo FHC e continuo lutando…” Francamente, você poderia lutar contra algo mais significativo e estrutural: a manutenção dos mecanismos de reprodução da desigualdade no governo FHC, a transferência do patrimônio do Estado para instituições privadas (o que não implica, necessariamente, corrupção), a falta de um projeto nacional e a alimentação da perda da auto-estima cultural…. Mas não, o voltamos o mesmo mi-mi-mi do discurso contra corrupção. Esta é uma categoria viciada, de forte impacto emocional em certos setores da sociedade, sempre sacada quando a realidade da mudança (pequena mudança, mínima mesmo) aflora. Vivemos num sistema social repetitivo, avesso à mudança. Quando ele começa o por a cabeça pra fora, de vários lados vêm as rebeliões para que tudo siga na mesma, vem pedidos de juízo como os do Kotscho. Ah, Max Gluckman, que falta você nos faz!

Responder

Antonio

09/03/2016 - 21h17

E por falas como essa que a direita leva mais essa.
Essa moça que deve se considerar Virgem de Convento que pegar o que vai sobrar da destruição do atual governo e seu projeto.
Pensa que vai crescer!
Vai!

Responder

Pedro Henrique

09/03/2016 - 21h15

É uma coitada professora da lingua yankee. Uma aliada de Bolsonaro. Uma aloprada.

Responder

Felipe Souza

09/03/2016 - 21h04

A análise dela não é errada. Sim, o PT pecou e peca por ser a esquerda conservadora. O problema se encontra na conclusão da análise.
Na verdade o plano de L.Genro e de grande parte do Psol é se tornar o PT, ou seja: não há um pingo de sentido revolucionário ou demolidor no plano do partido.
Bem disse o prof. Chico Oliveira!

Responder

Eduardo

09/03/2016 - 21h04

O PSOL Não existe, a luciana é uma fotografia na parede

Responder

O por tunista

09/03/2016 - 20h49

Fazer declarações desse tipo numa hora destas só pode ser oportunismo.
Será que a filhota da esquerda (?) não sabe o que está em jogo?
Claro que sabe… Mas considera os projetos seus e do seu partido mais importantes do que o retrocesso democrático em que estão jogando o país.
imaginam que vão fazer um butim com o espólio do PT, se este for destruído.
Ledo engano. Vão ser lembrados como aliados e cúmplices da direita golpista.

Responder

mineiro

09/03/2016 - 20h19

agora que me desculpe acusar o lula , ela tem que ter prova, e se fosse verdade mesmo o que ela disse, o lula ja estaria , ai de verdade. eles estao inventando as coisas para prende-lo ,imagina com uma prova na mao.

Responder

mineiro

09/03/2016 - 20h16

o que ela disse é tudo verdade sim , o lula , o pt e o poste maldito de pres. ta pagando sim por ser conivente com eles. é verdade , o lula pactualizou -se com eles. é so olhar a foto dele no meios dos ratos do pmdb do rio , para ver se nao é verdade. a hora que a batata assa eles correm para o lado da esquerda e os movimentos sociais , mas na hora de governar , é com a elite facista. tem culpa sim no cartorio o lula , o pt e a pior de todas , o fantoche de pres. vamos ver de agora em diante o que vai dar, o rumo que o pt vai tomar junto com o lula , so isso que me insteressa.

Responder

Marcelo

09/03/2016 - 20h02

Como diria o saudoso estadista e governador Leonel Brizola, o PSOL e Luciana Genro são a esquerda que a direta gosta…

Responder

marco

09/03/2016 - 19h41

Essa VIGARISTINHA,travestida de ESQUERDA,está fazendo o discurso de seus amigos,os FASCISTAS NACIONAIS.A MIM,NUNCA ENGANOU,E EMPORCALHA O NOME do TARSO e do ADÉLMO,além de SEUS VIZINHOS.Quem afirma que a fruta nunca cai,longe do pé,tem um exemplo diverso do ditado popular.

Responder

Maria de Fátima de Souza Rocha

09/03/2016 - 19h20

Luciana “Helena”,

Só uma coisa a declarar: mirando no exemplo da Marta, sempre, Suplicy?
Caras e Partidos…

Responder

Luiza

09/03/2016 - 19h04

Que tragédia essa tal de Luciana Genro… Quanta pequenez e visão estreita.
O país dela sendo ocupado, destruído e ela entra no jogo dos que querem colocá-lo de joelhos rasgando a sua constituição e impondo um Estado de exceção.
Luciana Genro não enxerga um palmo à frente do nariz. Não se trata de defender o governo ou atacar as suas lideranças ou Lula, mas sim de defender a legalidade e a democracia, aquilo que chamam de Estado Democrático de Direito.
Como pode ela não ter um terço da lucidez do pai? Como uma pessoa que concorreu a eleição à Presidência do Brasil pode ser tão alienada, irresponsável e pobre de espírito como ela?
Nunca vou me esquecer dos rostos e dos nomes dos golpistas e simpatizantes que estão aí. Eles estão escrevendo o seu nome no lugar que a história reserva à escória, aos covardes e inimigos da liberdade.
Luciana Genro, você colherá amanhã o que está plantando hoje. Depois, não reclame. O seu espírito é pequeno demaiss.

Responder

Igor

09/03/2016 - 18h33

Prezada Luciana Genro:

Se você tem provas contra o Lula, devia ter publicado no texto o protocolo de suas denúncias ao MP ou a polícia.

Se tem as provas e não denunciou, é cúmplice, vai presa também. Talvez consiga uma delação premiada, talvez não.

Se não tem as provas, devia responder por calúnia. Mas não acho que o Lula vai te denunciar. Você é filha do Tarso Genro.

O fato é que ha mais de 20 anos muita gente acusa o Lula, mas nunca há prova suficiente pra prendê-lo. E você, com mais acusações, sem provas, convenhamos, não ajudou muito.

Esquerda pra mim é ajudar o povo e o trabalhador.

Talvez eu não tenha percebido algo, mas a imagem do PSOL é um pouco difícil de associar à favela, aos sindicatos e à periferia. Já a do Lula…

Responder

    Ninguém

    09/03/2016 - 19h38

    Perfeita a resposta. Luciana Genro é só mais uma oportunista. Da mesma laia da Marina, Heloísa Helena e Marta. Como dizia o bardo inglês: “Hell hath no fury like a woman scorned.” (O inferno não conhece fúria como a de uma mulher rejeitada.) Aqui, claro, estou me referindo à rejeição política.

    Mônica Regina dos Santos

    11/03/2016 - 11h39

    Sensacional, Igor!

Jotage

09/03/2016 - 17h43

“…meio século do Grupo RBS para falar da qualidade do trabalho desenvolvido na televisão, no rádio, na Internet por profissionais que são altamente qualificados e que, no dia a dia desse trabalho, colocam sua alma, sua dedicação em cada reportagem, em cada matéria que desenvolvem.

Dona Luciana, tome tento.
Quando você vai dizer: “Esqueçam o que eu disse”.

Responder

Babi

09/03/2016 - 17h41

A Esquerda do futuro: uma sociologia das emergências

Boaventura de Sousa Santos

http://www.cartamaior.com.br/?/Editoria/Politica/A-Esquerda-do-futuro-uma-sociologia-das-emergencias-/4/35257

Responder

Babi

09/03/2016 - 17h30

Luciana Genro é uma defensora das “primaveras” e das “revoluções coloridas” que destruíram o OM e leste europeu. Apoiou o golpe neonazista na Ucrânia, financiado pelos EUA e chamou o golpe militar no Egito de revolução, quando viu que deu m**** disse só que não deu certo…

Já recebeu dinheiro de campanha da Gerdau (faz parte do Millenium) e do grupo Zaffari e suas explicações para tentar justificar são de chorar.

Apoiou a farsa do mensalão, usando o mesmo discurso da direita.

E fez um estranho pedido de apoio a Fernando Henrique Cardoso em 2015, contra a lei da mordaça. (quando convém, né?)

Em 2013, Randolfe Rodrigues apoiou para presidência do senado o mesmo candidato do DEM e PSDB. Também foi acusado no mensalão do PSOL (parece que ganhava mesada do Governador João Capibeiribe para votar a favor de suas propostas), com fartas provas.

Marcelo Freixo defende as UPPs no Rio.

Heloísa Helena recebeu apoio dos líderes PSDB do Alagoas, e é contra a descriminalização do aborto (uma das bandeiras do PSOL!). Ano passado deixou o partido e se filiou a REDE.

O ex dirigente do partido em Goiás, Martiniano Cavalcante, pegou dinheiro emprestado do bandido Carlinhos Cachoeira, numa história super mal contada.

Janira Rocha ex presidente do partido no Rio foi acusada de caixa 2.

O partido é um balaio de gatos, com candidatos pró-israel (Solange Pacheco); que defendem a intervenção militar (Toninho da Elétrica); que chamam a presidenta de terrorista e são contra à descriminalização do aborto (Avilete Cruz); e tem ainda o surreal Cabo Daciolo, autor da PEC dos Apóstolos: em vez de determinar que “todo o poder emana do povo”, como é atualmente, estabeleceria que “todo o poder emana de Deus”.!

Apesar de ter 10 anos o partido tem 1 única prefeitura, 5 deputados federais (pra exemplificar: PT/70; PMDB/66; PSDB/54) e 12 estaduais (PMDB/142; PT/108; PSDB/97) e o único senador eleito migrou para a REDE. Também não elegeu nenhum governador. Imaginem se fosse um partido maior e com mais poder.

A verdade é que ela nunca superou a expulsão do PT.
E se o partido continuar golpista assim e sem uma identidade real, esse balaio de gatos nunca vai deixar de ser apenas um partideco que serve aos interesses da direita.

Responder

Patrice L

09/03/2016 - 17h07

Muito me impressiona, mas não surpreende, a Luciana Genro se valer de recortes para fazer a sua narrativa. Narrativa de alguém que só tem um mísero ínfimo da representatividade que o Lula tem (ela tem espelho em casa?). Basta ver a inexpressiva votação que alcançou nas eleições. Não descarto a justeza de certas críticas, mas o principal no caso é o que a move. Se tem alguém a aderir a alguma coisa aqui, é a Luciana aos golpistas – e não é a primeira vez. A Luciana e a Marina, de maneira enviesada, quando não diretíssima, não têm economizado esforços na busca de indecentes atalhos.

Responder

lulipe

09/03/2016 - 16h42

Na realidade os petistas estão pouco se lixando pra os corruptos do partido, no pensamento enviesado deles, se outros se corromperam então “nóis” também podemos, tanto é que ainda mantém filiados ao partidos criminosos condenados, como o Zé Dirceu, que, se for preso mais uma vez já poderá pedir música do fantástico…A birra é pelo fato de que outros possíveis suspeitos não são investigados, não conseguem entender, alienados que estão, que alguns petistas da cúpula do partido cometeram crimes graves e não erros ou malfeitos como cinicamente apregoam. Felizmente a grande maioria do povo brasileiro já percebeu que foi engano e dará a resposta nas urnas em 2016 e colocará a pá de cal em 2018. PT nunca mais!!!!

Responder

    Mauricio Gomes

    09/03/2016 - 21h42

    Você é um idiota e com grave problema de microcefalia política. “A grande maioria” a qual você se refere é aquela massa ignara que tira selfies com policiais assassinos, que aplaude práticas da ditadura e pede a volta dela, que entoa loas a corruptos crônicos como Aébrio e CÚnha e que acha o fascista BolsoASNO um mito. PT nunca mais? E vai votar em quem seu paspalho? No “íntegro” Aéreo “um terço” Neves, no Geraldo “sumiu a merenda” Alckmin ou no BolsoASNO, o Führer tupiniquim? Vá se tratar que é melhor…

    Giusepe

    09/03/2016 - 22h34

    No seu comentário encontrei uma pérola; ” Se for condenado mais uma vez, já pode pedir música no fantástico” .
    Plim, plim……

    Ricardo JC

    11/03/2016 - 10h33

    Caro lulipe
    Na verdade, o seu texto todo é uma pérola…de má fé. O que você escreveu caberia perfeitamente para vocês coxinhas, que fingem, hipocritamente, que a corrupção existente no país é culpa do PT. Quanto aos outros nada? A questão é esta mesmo. Onde está sua indignação pelo não indiciamento do Aécio, depois da apresentação de fartas provas e depoimentos (aliás, ele já pode pedir musiquinha no Fantástico…foi citado mais de 3 vezes na Lava-Jato, por diferentes delatores)? Neste caso, quem está pouco se lixando para os corruptos é você. Hipocrisia pouca é bobagem…que corrupção que nada, os fatos mostram que você está se lixando para isso, o que você não aguenta é pensar que o país pode ser muito melhor com governos progressistas do que com os governos conservadores que você apoia. Por isso, o golpe. Na democracia, com eleição, vocês não tem vez.

    Mônica Regina dos Santos

    11/03/2016 - 11h38

    Antes do Lula e do PT o Brasil era o próprio paraíso (você não se lembra? Nunca leu em lugar nenhum?) e vai voltar a ser assim que os santos do psdb/pmdb assumirem o governo novamente! Pode acreditar, foi a gROUBO que falou!

FrancoAtirador

09/03/2016 - 16h34

.
.
Curiosidade
.
O PSoL aceitaria uma Coligação com o PT,
.
mantendo a Luciana como Cabeça de Chapa,
.
nas Eleições Municipais em Porto Alegre-RS?
.
.

Responder

    Walter

    10/03/2016 - 14h44

    O PT escolheu a treze anos atras com quem faria aliancas preferenciais. Como dizem os petrancas indignados, questao descabida para o momento….

Mauricio Gomes

09/03/2016 - 16h15

Falou, falou e falou e não disse nada que preste. O PSOL quer governar com quem? Com o PSTU?

Responder

Nelson

09/03/2016 - 16h11

Sem dúvidas, a dona Genro aponta corretamente muitos erros do PT. Porém, esquece-se de que quem está pagando o preço não é apenas o PT, mas toda a esquerda. Mais que isso, toda a sociedade está a pagar o preço, porque, quando se ofende o Estado Democrático de Direito, todos sofrem.

A Dona Genro esquece-se, também, não sei se convenientemente ou por falta de capacidade de análise, de que o problema com o PT não é a corrupção existente entre muitas lideranças do partido. Corrupção essa que tem que ser combatida como a de qualquer outro partido.

Se o PT fosse 70% ou 80% ou totalmente corrupto, não haveria todo essa perseguição midiática. Então, eu digo que o problema é a parte boa do PT. Um partido que tem o tamanho que tem o PT e que ainda guarda compromisso com o povo – deveria ser muito mais fiel do que é ao povo brasileiro – tem que ser desconstituído, desconjuntado.

Se o PT não for destruído por completo, deve, pelo menos, tornar-se nanico como o é o PSOL da Dona Genro. Nos parlamentos “democráticos”, não há lugar para partidos grandes que tenham compromisso com o povão. Partidos grandes, só devem existir os que estão sob controle do sistema dominante.-

Para terminar, eu digo que, fosse o PSOL no lugar do PT, mesmo que cada membro seu adotasse uma conduta rigidamente ilibada, o sistema dominante estaria a perseguí-lo implacavelmente para destroná-lo. Mas, a uma conclusão como essa parece que a Dona Genro não consegue chegar. Por conveniência ou por falta de capacidade de análise? Não sei dizer.

Responder

    Dimas J Trindade

    09/03/2016 - 23h19

    Nelson, Ela não esqueceu não. Leia direito o texto e perceba que a crise do PT

FrancoAtirador

09/03/2016 - 15h53

.
.
Não É Só Por Uma Jararaca
.
“A Burguesia prefere governar
com seus Filhos ‘Legítimos’,
como Aécio Neves”
.
.

Responder

Deixe uma resposta