VIOMUNDO

Francisco Luís: Por que a oposição sabe que o impeachment é golpe

27 de março de 2016 às 20h18

Cunha-dollar-04-11-2015-2

Foto: Lula Marques/Agência PT, via Fotos Públicas

por Francisco Luís, especial para o Viomundo

O pedido de impeachment contra a presidenta Dilma tramita atualmente na Câmara é sobre “pedaladas” fiscais.

Se ele for adiante, 16 governadores podem passar pelo mesmo processo, destacou recentemente o Valor Econômico.

O pedido de impeachment deve ser feito com base no atual mandato da presidência da presidenta.

Ou seja, só pode ser de 2015 para frente. Por isso, a oposição refez o pedido e incluiu dados do Tribunal de Contas da União (TCU) sobre as pedaladas de 2015.

Ocorre que, no final de 2015, o governo anunciou que zerou todas as chamadas pedaladas.

Logo, se o governo pagou, não há mais crime. Portanto, a própria oposição sabe que que não há base legal para o impedimento da presidenta.

Claro sabemos que o processo do impedimento é político. E isso é importante, já que o processo pode ser anulado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), além de gerar  grave conflito político e dar base para o PT renascer das cinzas nos próximos anos.

Sabendo disso,  o presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha, incluiu ao arrepio da lei,  a delação do senador Delcídio do Amaral.

Mas esse golpe de Cunha acabou sendo evitado pelos deputados de esquerda e pela presidenta Dilma, que ameaçaram paralisar o processo e irem novamente ao STF . A delação foi retirada.

Sabendo também da fragilidade do atual pedido de impedimento da presidenta Dilma, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) resolveu apresentar um novo pedido, do qual destaco este trecho:

“O relatório, assinado pelo advogado Erick Venâncio, acusa a presidente não só por ter autorizado as chamadas “pedaladas fiscais” (atraso no pagamento a bancos para maquiar as contas públicas); mas também a renúncia fiscal concedida à Fifa para a Copa do Mundo de 2014; e uma suposta interferência na Operação Lava Jato, inclusive com a nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Casa Civil”

Ora bolas, a Copa do Mundo é do primeiro mandato da presidente e a delação de Delcídio sequer pode ser usada com denúncia. Flávio Dino, juiz e governador do Maranhão (PCdoB-MA), chama a atenção para o absurdo da situação, ao afirmar que estão usando prova ilegal.

A posição do  governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) é sintomática do desespero, visto que ele era contra o impedimento com base em pedaladas fiscais.

A mudança de sua posição é explicada pela  luta por espaços dentro do PSDB com Aécio e Serra, por um lado; por outro, porque pode ser atingido pela delação da Odebrecht e pelo virá em 2017, quando o Cade trará à luz finalmente a verdade sobre o propinoduto tucano e o cartel dos trens.

A cada dia fica mais claro que o golpe midiático, jurídico e político pretender promover um grande acordo que pode, na verdade, ajudar os acusados de corrupção e garantir seletivamente a impunidade.

Pior ainda.  Além da instabilidade crescente,o ódio e a  intolerância que geram.

Lamento profundamente os ataques de fascistas ao ministro Teori Zavascki, do STF.

Lembro que nos últimos dias a esquerda perdeu três vezes no Supremo e ninguém foi a porta da casa dos ministros Gilmar Mendes, Rosa Weber e Luís Fux fazer protestos. Estes ataques são, na verdade, contra a democracia e o Estado de Direito.

Leia também:

Encontrado morto policial que denunciou Aécio Neves

Investigação VIOMUNDO

Estamos investigando a hipocrisia de deputados e senadores que dizem uma coisa ao condenar Dilma Rousseff ao impeachment mas fazem outra fora do Parlamento. Hipocrisia, sim, mas também maracutaias que deveriam fazer corar as esposas e filhos aos quais dedicaram seus votos. Muitos destes parlamentares obscuros controlam a mídia local ou regional contra qualquer tipo de investigação e estão fora do radar de jornalistas investigativos que trabalham nos grandes meios. Precisamos de sua ajuda para financiar esta investigação permanente e para manter um banco de dados digital que os eleitores poderão consultar já em 2016. Estamos recebendo dezenas de sugestões, links e documentos pelo [email protected]

R$0,00

% arrecadado

arrecadados da meta de
R$ 20.000,00

90 dias restantes

QUERO CONTRIBUIR
2 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Urbano

28/03/2016 - 14h13

Os bandidos da oposição ao Brasil nunca usaram pedaladas para as necessidades mais urgente da Nação; o forte deles sempre foi a utilização de super escavadeiras. E não era para as tais urgências, não. Os escroques da oposição ao Brasil sempre agiram na condição de bandido enquadrando o cidadão.

Responder

FrancoAtirador

28/03/2016 - 00h34

.
.
Ora, Ora, Ora…
.
É escandalosamente Óbvio, que uma Organização Criminosa (OC),
como essa que foi constituída numa Parceria Público-Privada (PPP),
.
atua de Má-fé, com Plena Consciência desse Crime de Lesa-Nação
que pratica, para premeditadamente promover um Golpe de Estado
.
pela Destruição dos Valores Nacionais, Materiais e Espirituais do Brasil,
tendo como Alvo um Governo Social-Trabalhista legitimamente Eleito.
.
.

Responder

Deixe uma resposta