VIOMUNDO

Na manchete, delator Cerveró “liga Lula a contrato”; lá embaixo, “fala em propina sob FHC”, que hoje equivale a R$ 650 mi

12 de janeiro de 2016 às 08h08

Captura de Tela 2016-01-12 às 08.02.20

Governo FHC recebeu US$ 100 milhões de propina da Petrobras, diz Cerveró

SEG, 11/01/2016 – 19:11

do GNN (com reprodução da capa da Folha, ilustrações do Geo Política e do Tijolaço)

O vazamento só ocorre após busca em gabinete do senador petista Delcídio Amaral, onde documentos citando o ex-presidente tucano foram apreendidos. Cerveró ainda cita o envolvimento do ex-presidente argentino Carlos Menem

Jornal GGN – O ex-diretor da área Internacional da Petrobras e um dos primeiros delatores da Operação Lava Jato, Nestor Cerveró, disse que uma das negociações envolveu uma propina de US$ 100 milhões ao governo tucano de Fernando Henrique Cardoso (1995-2003), ou 650 milhões em reais atualizados.

As informações são parte de um resumo do depoimento que Cerveró prestou ao MPF antes de fechar seu acordo de delação premiada. Só vieram à tona com o mandado de busca e apreensão no gabinete do senador Delcídio Amaral (PT-MS), no dia 25 de novembro — entre os documentos, estava esse resumo.

O acordo de delação premiada de Cerveró com os procuradores foi acertado no dia 18 de novembro, a nível de última instância, nas investigações que tramitam no Supremo Tribunal Federal (STF) para os detentores de foro privilegiado, e não com a equipe do juiz de primeira instância do Paraná, Sergio Moro.

O vazamento de que a venda da petrolífera Pérez Companc envolveu propina ao governo FHC de US$ 100 milhões, ocorreu somente após a apreensão de investigadores no gabinete do senador petista Delcídio Amaral, ex-líder do governo no Senado.

À época, suspeitava-se que o parlamentar estava tentando impedir o acordo de Cerveró, obstruindo investigações e com o oferecimento de dinheiro para a família do ex-diretor da estatal. Delcídio continua detido em Brasília.

O documento ainda inclui o envolvimento de Oscar Vicente, principal operador do ex-presidente argentino Carlos Menem (1989-1999), que teria se beneficiado com US$ 6 milhões.

“A venda da Pérez Companc envolveu uma propina ao Governo FHC de US$ 100 milhões, conforme informações dos diretores da Pérez Companc e de Oscar Vicente, principal operador de Menem e, durante os primeiros anos de nossa gestão, permaneceu como diretor da Petrobrás na Argentina”, disse Cerveró.

“Cada diretor da Perez Compancq recebeu 1 milhão de dólares como prêmio pela venda da empresa e Oscar Vicente 6 milhões. Nos juntamos a Perez Compancq com a Petrobras Argentina e criamos a PESA (Petrobras Energia S/A) na Argentina”, contou o ex-diretor já condenado na Lava Jato.

De fato, a estatal sob o comando do presidente Francisco Gros comprou 58,62% das ações da Pérez Companc e 47,1% da Fundação Pérez Companc, em outubro de 2002, representando um total de US$ 1,027 bilhão de remessa para a então maior empresa petrolífera independente da América Latina.

Em fevereiro do último ano, Fernando Henrique Cardoso disse que a corrupção da Petrobras começou com o PT. “Trata-se de um processo sistemático que envolve os governos da presidente Dilma (que ademais foi presidente do Conselho de Administração da empresa e ministra de Minas e Energia) e do ex-presidente Lula. Foram eles ou seus representantes na Petrobras que nomearam os diretores da empresa ora acusados de, em conluio com empreiteiras e, no caso do PT, com o tesoureiro do partido, de desviar recursos em benefício próprio ou para cofres partidários”, havia afirmado.

Agora, FHC defendeu que declarações “vagas como essa, que se referem genericamente a um período no qual eu era presidente e a um ex-presidente da Petrobrás já falecido (Francisco Gros), sem especificar pessoas envolvidas, servem apenas para confundir e não trazem elementos que permitam verificação”.

PS do Viomundo: A manchetona da Folha diz respeito a suposta transação, envolvendo pagamento de empréstimo de R$ 12 milhões do PT, que resultou na nomeação de Cerveró à diretoria da Petrobras pelo ex-presidente Lula.

Leia também:

Jean Wyllys diz ser “desonesto e irresponsável” falar que Israel comete genocídio

Investigação VIOMUNDO

Estamos investigando a hipocrisia de deputados e senadores que dizem uma coisa ao condenar Dilma Rousseff ao impeachment mas fazem outra fora do Parlamento. Hipocrisia, sim, mas também maracutaias que deveriam fazer corar as esposas e filhos aos quais dedicaram seus votos. Muitos destes parlamentares obscuros controlam a mídia local ou regional contra qualquer tipo de investigação e estão fora do radar de jornalistas investigativos que trabalham nos grandes meios. Precisamos de sua ajuda para financiar esta investigação permanente e para manter um banco de dados digital que os eleitores poderão consultar já em 2016. Estamos recebendo dezenas de sugestões, links e documentos pelo [email protected]

R$0,00

% arrecadado

arrecadados da meta de
R$ 20.000,00

90 dias restantes

QUERO CONTRIBUIR

 

31 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Nelson

12/01/2016 - 23h45

A mídia hegemônica é podre e corrupta em todo o país.

Há duas semanas, aqui no Rio Grande do Sul, surgiu a informação de que o Ministério Público possui uma gravação de uma negociação envolvendo o deputado Mário Jardel e o governo estadual de José Sartori.

Nessa negociação, o governo estaria oferecendo 10 cargos no executivo estadual ao deputado em troca do voto favorável do mesmo aos projetos enviados à Assembleia Legislativa por Sartori.

Pois a RBS, maior rede de comunicação do Estado, divulgou uma única vez a notícia. Ainda assim, “à boca pequena”, em pouquíssimo espaço de tempo e sem maiores ênfases; crítica, então não se viu uma sequer.

Se comprovada a negociação, as votações da AL estarão sob suspeição e passíveis de anulação. Portanto, uma questão gravíssima. Porém, a grande mídia simplesmente “esqueceu” do caso.

Qual o motivo dessa tolerância da grande mídia – RBS à frente – para com Sartori?

Simples. Sartori está fazendo um governo conforme o grande empresariado exige. Está ferrando com os funcionários do Estado, acabando com os serviços públicos e, desta forma, abrindo mais espaço para que a iniciativa privada possa atuar e extrair lucros.

Além disso, como solução mágica para os problemas do Estado, Sartori deverá oferecer o que resta de patrimônio público à privatização. CEEE, Corsan, Sulgás e até mesmo o Banrisul pode entrar no leilão, para deleite do grande empresariado.

Então, a lógica é a seguinte: um tal governo pode se corromper à vontade, desde que faça tudo o que o grande capital mandar. Em sendo assim, com todo o seu poder e sua influência, a direita vai providenciar para que nem a mídia, nem o Ministério Público, nem o Judiciário, para que ninguém meta mão com este governo.

Quanto ao governo que ousar sair da linha traçada pelo grande poder capitalista, que prepare seu couro.

Responder

mz

12/01/2016 - 18h52

Criaram um escarcel com o negócio da Petrobrás com Pasadena, distorcendo os fatos para emplacar a retórica pigal. Segundo o Jornal GNN em abril 2014 Pasadena teria um valor contábil de US$3bi. Opera com lucro, tornou-se rentável e está estrategicamente localizada.
O Estadão publicou em 17 out 2002 sobre a compra da Perez Companc por US$1,027 bi por 58,62% da companhia, esta com dívida de US2bi, a Petrobrás tinha plano de investimento de US$2 bi em 5 anos.
Ano passado a Petrobrás recebeu oferta da YPF por US900 milhões por 67% empresa segundo o La Nacion.

http://jornalggn.com.br/noticia/valor-contabil-de-pasadena-pode-chegar-a-us-3-bi
http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,petrobras-compra-perez-companc-por-us-1-027-bilhao,20021017p39462
http://www.lanacion.com.ar/1834345-ypf-se-bajo-de-la-compra-de-petrobras-al-desistir-de-aumentar-su-oferta

Responder

Messias Franca de Macedo

12/01/2016 - 18h01

O incrível interrogatório sem perguntas de Cerveró

Por ínclito e impávido jornalista Fernando Brito
12/01/2016

(…)
Cerveró – Então eu fui indicado para a diretoria da BR Distribuidora por reconhecimento do Presidente pela ajuda que prestei para resolver aquele problema do empréstimo da Schahin –
Procurador – Sim, o como é que o senhor soube do reconhecimento do presidente Lula a isso?
Cerveró – …. (silêncio)
(…)

FONTE [LÍMPIDA!]: http://tijolaco.com.br/blog/33410-2/comment-page-1/#comment-249662

LÁ VEM O MATUTO QUE SENTE CHEIRO DE GOLPE DESDE O DIA EM QUE NASCEU EM PINDORAMA

E se o presidente em tela for o [presidente] da Petrobras?!
E se o presidente em tela for o [presidente] do Flamengo do [eduardo] ‘CU(nha) do ‘Aécio Furnas Forever’?!
E se o presidente em tela for o [presidente] da Escola de Samba Mangueira sob o patrocínio da estatal petrolífera?!
(…)

E continuemos assistindo ao clássico PIG X Razão Futebol Clube!

Responder

    Messias Franca de Macedo

    12/01/2016 - 18h16

    … O que dá raiva também:
    esses procuradores de merda, almofadinhas alienados, são descompreendidos!
    Deveriam lavar a boca com creolina e desinfetante bactericida de última geração antes de proferir o nome [presidente] Lula com a tentativa torpe, inútil e criminosa de enxovalhar a história de um dos maiores líderes da nação brasileira!
    Asquerosos!
    [Reles] Golpistas!
    Escroques!
    Nojentos!…

Messias Franca de Macedo

12/01/2016 - 17h38

… A página principal do portal uol/Folha já se encarregou de cumprir a profecia mais trivial do século: a de ‘vazar’ para o Inferno do esquecimento a propina bilionária concedida ao governo FHC nos áureos tempos do Petrolão…

São 16:00 em Brasília!
E até hoje ‘nois’ não sabemos que país é este!

Responder

    Messias Franca de Macedo

    12/01/2016 - 18h36

    ESQUEÇAM A PROPINA BILIONÁRIA DE FHC! Ou, ‘Os golpistas não saem em férias’!

    “‘Quolé’ Conversinha mole do Pedro Corrêa!
    Agora – como nunca dantes (sic) – é Dilma”, afirma o PIG!
    Entenda

    #############

    Delator entrega registro de hotel para comprovar reunião com Palocci

    De São Paulo
    12/01/2016 17h29

    O operador de propinas Fernando Antonio Falcão Soares, o Fernando Baiano, entregou à Polícia Federal cópia dos registros de entrada e saída do hotel em que se hospedou em Brasília, em junho de 2010, ocasião que teria participado de reunião entre o ex-ministro Antonio Palocci e o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa. No encontro, ele afirma que foi acertado o pagamento de R$ 2 milhões para a campanha da presidente Dilma Rousseff.
    (…)

    CACHOEIRA – perdão, ato falho -, FONTE: http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2016/01/12/delator-entrega-registro-de-hotel-para-comprovar-reuniao-com-palocci.htm

mz

12/01/2016 - 17h30

Dei uma pesquisadinha nesta história e em artigo do Estadão de 17 out 2002 informa que a Petrobrás iria investir mais US$2 bilhões na Perez Companc em 5 anos. A PECOM tinha uma dívida de US$2 bilhões renegociada com os bancos.
No Diário da Manhã de 07 out 2015 relata que a YPF desistiu de comprar a subsidiária da Petrobrás por falta de acordo de preço, a YPF ofereceu US$900 milhões, a Petrobrás queria US$1,2 bi.
Depois falam de Pasadena? Em 28 abr 2014 o Portal GGN publicou que o valor contábil de Pasadena poderia chegar a US$ 3bi.

http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,petrobras-compra-perez-companc-por-us-1-027-bilhao,20021017p39462
http://www.dm.com.br/economia/2015/10/ypf-desiste-de-comprar-subsidiaria-da-petrobras-na-argentina.html
http://jornalggn.com.br/noticia/valor-contabil-de-pasadena-pode-chegar-a-us-3-bi

Responder

Messias Franca de Macedo

12/01/2016 - 17h16

TRAIDOR-mor e vice decorativo, AMIGO DE FHC, (S)erra, ‘CU(nha)’ do [Aécio] ‘Never’ et caterva agora posa de golpista arrependido!
ENTENDA “o cartista”, arrivista e cínico!

$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

Aliados dizem que Temer se arrependeu de carta enviada a Dilma

Brasília

12/01/2016 13h07

O vice-presidente Michel Temer tem reconhecido a interlocutores que teria se precipitado ao enviar uma carta de desabafo à presidente Dilma Rousseff no início de dezembro, poucos dias após a abertura do processo de impeachment da petista na Câmara. Na opinião de auxiliares, o peemedebista dá sinais de que reconhece que a forma como escreveu alguns trechos do texto foi equivocada.
Segundo um aliado, Temer avalia que poderia ter redigido a carta de maneira diferente….
(…)

FONTE: http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2016/01/12/aliados-dizem-que-temer-se-arrependeu-de-carta-enviada-a-dilma.htm

Responder

Nelson

12/01/2016 - 17h13

Se minha memória não me trai, foi em um livro do Eduardo Galeano que eu li. Alguém escreveu no túmulo de Anastácio Somoza Filho, ditador da Nicarágua (*):
“Aqui jaz Somoza: um pouco mais podre que em vida”.

Na mesma toada, eu diria que a mídia hegemônica comete a proeza, inimaginável, de ficar um pouco mais podre a cada dia que passa.

(*) Somoza foi um dos tantos ditadores, e é preciso que enfatizemos bem isto, que recebeu todo apoio, financiamento e patrocínio dos governos dos Estados Unidos para oprimir, reprimir, prender e matar seu povo. Governos dos EUA que ousam receitar lições de democracia e de respeito aos direitos humanos ao restante do mundo.

Responder

Messias Franca de Macedo

12/01/2016 - 15h17

O ÁLIBI PARA FHC

$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

Amigo de Lula é acusado de receber US$ 100 milhões de propina

TER, 12/01/2016 – 13:19

(…)

FONTE [LÍMPIDA!]: http://jornalggn.com.br/noticia/amigo-de-lula-e-acusado-de-receber-us-100-milhoes-de-propina

Responder

FrancoAtirador

12/01/2016 - 13h36

.
.
Menem voltou com o Nome de Macri na Argentina.
.
.

Responder

Eduardo

12/01/2016 - 12h32

É mesmo a desmoralização da Polícia Federal tucana que achaca querendo independencia de comando e orçamento! A policia pretende servir-se do dinheiro público sem ninguém para policiá-la? Se se prestam e são sérios e úteis à nação e não a si mesmos, investigarão o Governo FHC desde o mensalão mineiro e Furnas. Para cumprir a missão para a qual foi criada, está provado que não pode a polícia possuir a independência que deseja. Se escolhem a quem investigar não possuindo independência, imagine-se o contrário!

Responder

Messias Franca de Macedo

12/01/2016 - 10h59

… E esse quadro danoso, pernicioso e totalitário expressa também mais um elemento que se arrasta desde o antanho do julgamento de exceção do Mentirão:
Para os nazifasciterroristas da [eterna] oPÓsição ao Brasil, o golpe não tem retorno! Mesmo porque [o golpe] é questão de sobrevivência!
Senão vejamos: a escrota ‘Folha’ dos salafrários Frias publica ainda que a presidente Dilma foi citada junto com o Lula e o Renan!
Ou seja, os bandidos apostam “todas as fichas podres” em mais um ano de turbulências e safadezas!
Dane-se a recuperação econômica!
Os(as) desempregados(as) que se explodam!
As Olimpíadas que sejam transferidas para as Barramas!
Ou para Miami!
Às favas qualquer resquício de ética e pudor!…

E viva o ‘braZ$&l’!
Da eterna e IMUNDA e sórdida e impiedosa… &$ [mega]Corrupta Casa Grande nativa – e festivamente impune!

Responder

    Messias Franca de Macedo

    12/01/2016 - 11h00

    [“NUMDISSEMOS?!”]

    De modo análogo ao egrégio e intrépido jornalista Fernando Brito, o conspícuo e impávido jornalista Paulo Henrique Amorim também já matou a charada grotesca encenada pelos mafiosos golpistas!

    ##############

    Cerveró sobre FHC era uma cilada

    Agora o Moro prende o Lula até o Carnaval!

    publicado 12/01/2016

    (…)

    FONTE [LÍMPIDA!]: http://www.conversaafiada.com.br/brasil/cervero-sobre-fhc-era-uma-cilada

    Messias Franca de Macedo

    12/01/2016 - 11h01

    “Uma cilada da turma do III Reich, que mira no Wagner, antes de mirar no neto da Dilma.” Por conspícuo e impávido jornalista Paulo Henrique Amorim

Messias Franca de Macedo

12/01/2016 - 10h57

… Considerando que – mais do que nunca dantes (sic) – o criminoso conluio miserável PIG/’miniSTÉRIO’ Público/*PTF irá centrar todas as baterias “na cobertura da mais recente delação do Cerveró”, ‘FHC R$ 01 bilhão’ irá evaporar mais cedo do que esperávamos…
*PTF: Polícia Tucana Federal – sob os auspícios do ‘Zé Tucano’ da Justiça!
Justiça?!

De tão vulgar e previsível, ‘o golpe jurídico-midiático que se arrasta desde o antanho do mentirão’ mais parece a versão medieval do Parque dos Dinossauros!

E o nosso nariz de palhaço padrão ITU em paroxística crise existencial!
Em algum divã do SUS, óbvio?:

E o ‘Aécio Furnas Forever’?
Em Miami junto com a Família do piloto Felipe Massa!
Provavelmente, aos fins de tarde, um “papo reto” com o joaquim barbosa!
Em algum boteco chique à beira-mar!

Responder

    Messias Franca de Macedo

    12/01/2016 - 10h58

    … Falta ao PIG revelar se o “mimo” dado pelo presidente Lula ao ‘Nestor do Delcídio da era FHC Cerveró’ foi entregue enrolado em papel de presente ou numa sacola com o logotipo da Petrobras!…

    Messias Franca de Macedo

    12/01/2016 - 10h58

    “Que, com todo o prazer, entrega-se à Operação Conta-Gotas e se acumplicia aos objetivos políticos de seus mentores.”
    Por conspícuo e impávido jornalista Fernando Brito

    Em outras palavras:
    A Operação ‘Lava [Tucano a] Jato’ transformou-se numa escumalha da pior extração – e comandada por bandidos de altíssima periculosidade!
    ABIN, Ô ABIN, e a Lei de Segurança Nacional?!…

Messias Franca de Macedo

12/01/2016 - 10h56

A operação “Conta-Gotas” da Lava Jato chegou onde queria: acusar Lula

POR FERNANDO BRITO · 12/01/2016

(…)

FONTE [LÍMPIDA!]: http://tijolaco.com.br/blog/a-operacao-conta-gotas-chegou-onde-queria-acusar-lula/comment-page-1/#comment-249612

Responder

Cleiton do Prado Pereira

12/01/2016 - 10h19

Desde o começo desta armação chamada Vaza a Jato venho alertando o PT que, não estão tratando com partidos políticos. PSDB/DEM/PPS e parte do PMDB, não são partidos políticos. Cheguei a ilustrar contando uma estória do caipira que viu pela primeira vez uma locomotiva numa ferrovia perto de suas terras.
Certa vez um caipira indo a cavalo para a cidadezinha perto de suas terras, deparou-se com uma locomotiva, não teve dúvida pegou o laço no cavalo e laçou a chaminé da locomotiva, foi arrastado por diversos metros, depois de vários meses de convalescência, voltou a cidade e, ao entrar numa loja de brinquedos, deparou-se com um trenzinho que rodava no meio da loja, pulou em cima dele o esmagou sob suas botas. O dono da loja ao ver a cena correu em direção a ele e perguntou: Por que fez isto? Ao que prontamente respondeu o caipira:
“Moço este troço, tem que matar enquanto é filhote, depois que cresce não dá não!”
Moral da estória, deixaram a Vaza a Jato crescer e agora não dá mais, é o fim dos sonhos dos brasileiros.

Responder

Roberto Locatelli

12/01/2016 - 08h53

Nossa polícia federal tucanal, nossa “justiça” e nossa gloriosa mídia estão unidas com um único objetivo: criminalizar o PT. Provas não importam. Vale qualquer mentira, distorção e falsificação para impedir que o PT vença em 2018.
Por outro lado, o PT se encolhe e não se defende. O que está em jogo é a democracia.
Na Argentina, a direita venceu as eleições e está mostrando qual seu objetivo: tirar dos pobres para aumentar a riqueza dos ricos. No Brasil, há fortes chances de termos na presidência, Aécio, Eduardo Cunha, Alckmin ou Sérgio Moro.

Responder

FrancoAtirador

12/01/2016 - 08h25

.
.
Ninguém menciona que até 2002, época dos Fatos (e dos 100 Milhões de Dólares),
.
Delcídio Amaral era Filiado ao PSDB e ocupou o Cargo de Diretor de Gás e Energia
.
da Petrobrás, entre 1999 e 2001, por nomeação de Fernando Henrique Cardoso.
.
.

Responder

    FrancoAtirador

    12/01/2016 - 08h29

    .
    .
    E tem mais aquela Gorjeta de R$ 10 Milhões da Alstom:
    .
    (http://www.midiamax.com.br/politica/fhc-possivel-corrupcao-governo-dele-foi-questao-pessoal-delcidio-283874)
    .
    .

    Luis

    12/01/2016 - 09h19

    Essa corrupção começou na investigação das contas C 5 em foz de Iguaçu no gov. FHC na qual o delegado Castillo foi afastado. A soma atingiu U$ 134 bilhões. Havia envolvimento de pelo menos 70 doleiros, entre os quais o Yousself. Colocaram uma pedra em cima das investigações, pq envolvia tubarões do Gov. FHC. Assista esse relato pelo Sen. Roberto Requião em plenário.

    JOHN J.

    12/01/2016 - 12h34

    O EX-PRESIDENTE DO GOVERNO MAIS CORRUPTO DE TODOS OS TEMPOS NO BRASIL, O FHC: “‘”N”ÔO”””V”E”M”””A”O”””C”A”S”O”””
    A MÍDIA TUCANA É TÃO CORRUPTA QUANTO SÃO OS TUCANOS E POR ISSO SE PROTEGEM MUTUAMENTE.

    FrancoAtirador

    12/01/2016 - 12h57

    .
    .
    Tucanos adoravam “BEACON HILL”.
    .
    Talvez por isso o FHC se dava tanto
    .
    com o Bill da Hillary nos Anos 1990.
    .
    .

    FrancoAtirador

    12/01/2016 - 13h00

    .
    .
    O processo de investigação de lavagem de dinheiro por meio de remessas CC5
    começou em maio de 1999, quando o então procurador da República em Cascavel (PR),
    Celso Antônio Três, conseguiu a quebra do sigilo, na Justiça Federal, das remessas CC5
    de janeiro de 1992 a dezembro de 1998.
    .
    Na época, o montante enviado para o exterior somava US$ 124 BILHÕES.
    .
    Criada em maio de 2003, a força-tarefa CC5 do BANESTADO ultrapassou o objetivo original,
    que era investigar remessas feitas para o exterior utilizando a agência de Nova York
    do banco paranaense, privatizado em 2000.
    .
    Com uma ação conjunta com órgãos de fiscalização da Justiça dos Estados Unidos,
    as investigações foram estendidas para a Conta-Ônibus “BEACON HILL”,
    mantida no JP Morgan Chase, de Nova York, e para contas de brasileiros
    mantidas no MTB, hoje CBC, também de Nova York.
    .
    (http://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc1908200420.htm)
    .
    .

Deixe uma resposta