VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

1º de abril: Cordão da Mentira vai escrachar apoiadores da ditadura

30 de março de 2012 às 16h38

Do Cordão da Mentira

Depois dos assassinos e torturadores, agora é a vez dos apoiadores do golpe civil-militar de 1964 serem alvos de protestos.

Passando por jornais, empresas e lugares simbólicos do apoio civil à ditadura, o Cordão da Mentira irá desfilar pelo centro da cidade de São Paulo para apontar quais foram os atores civis que se uniram aos militares durante os anos de chumbo.

Os organizadores –coletivos políticos, grupos de teatro e sambistas da capital– afirmam ter escolhido o 1º de abril, Dia da Mentira e aniversário de 48 anos do golpe, para discutir a questão “de modo bem-humorado e radical”.

Ao longo do trajeto, os manifestantes cantarão sambas e marchinhas de autoria própria e realizarão intervenções artísticas que, segundo eles, pretendem colocar a pergunta: “Quando vai acabar a ditadura civil-militar?”.

O desfile do Cordão da Mentira acontecerá, portanto,  neste domingo, 1º de abril, dia da mentira e do Golpe Militar de 1964. A concentração será às 11h30, na frente do Cemitério da Consolação.

Venham todos e todas fantasiados para o Cordão da Mentira!

Sugestões de fantasia: médico legista, advogado, político, padre, bispo, policial militar…e não esqueçam, nossas cores são o vermelho e o preto!

O último ensaio será neste sábado, 31 de março, às 15h30, no Bar do Raí: Rua  Dr. Vila Nova  com  Gen Jardim, na Vila Buarque.

TRAJETO

A concentração acontecerá às 11h30, em frente ao cemitério da Consolação.

Em seguida, o cordão passará pela rua Maria Antônia, onde estudantes da Universidade Mackenzie, dentre eles integrantes do CCC (Comando de Caça aos Comunistas), entraram em confronto com alunos da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP. Um estudante secundarista morreu.

Dali, os foliões-manifestantes seguem para a sede da TFP (Sociedade Brasileira de Defesa da Tradição, Família e Propriedade), uma das organizadoras da “Marcha da Família com Deus, pela Liberdade”, que 13 dias antes do golpe convocava o exército para se levantar “contra a desordem, a subversão, a anarquia e o comunismo”.

Depois de passar pelo Elevado Costa e Silva –que leva o nome do presidente em cujo governo foi editado o AI-5, o mais duro dos Atos Institucionais da ditadura– o bloco seguirá pela alameda Barão de Limeira, onde está a sede do jornal Folha de S.Paulo. Segundo Beatriz Kushnir, doutora em história social pela Unicamp, a Folha ficou conhecida nos anos 70 como o jornal de “maior tiragem” do Brasil, por contar em sua redação com o maior número de “tiras”, agentes da repressão.

A ação da polícia na Cracolândia, símbolo da continuidade das políticas repressivas no período pós-ditadura, bem como o Projeto Nova Luz, realizado pela Prefeitura de São Paulo, serão alvos dos protestos durante a passagem do cordão pela rua Helvétia.

Finalmente, será na antiga sede do DOPS (Departamento de Ordem Política e Social), na rua General Osório, que o Cordão da Mentira morrerá.

TRAJETO

R. Maria Antônia – Guerra da Maria Antônia

Av. Higienópolis – sede da TFP

R. Martim Francisco

R. Jaguaribe

R. Fortunato

R. Frederico Abranches

Parada no Largo da Santa Cecília

R. Ana Cintra – Elevado Costa e Silva

R. Barão de Campinas

R. Glete

R. Barão de Limeira – jornal Folha de S.Paulo

R. Duque de Caxias – Cracolândia/Projeto Nova Luz

R. Mauá

Dispersão: R. Mauá com a R. General Osório – antigo prédio do DOPS

Parceiros:
– Bloco Carnavalesco João Capota Na Alves
– Brava Cia.
– Buraco d’Oráculo
– Cia. Antropofágica
– Cia. Estável de Teatro
– Cia. Estudo de Cena
– Cia. do Latão
– Cia. São Jorge de Variedades
– Coletivo Contra a Tortura
– Coletivo Dolores Boca Aberta
– Coletivo Desentorpecendo A Razão
– Coletivo Merlino
– Coletivo Político Quem
– Coletivo Zagaia
– Comboio
– Comitê Paulista de Verdade Memória e Justiça
– CSP – Conlutas
– Engenho Teatral
– Esquina da Vila
– Grupo Folias
– Grupo Milharal
– Grupo Tortura Nunca Mais/SP
– Kiwi Companhia de Teatro
– Luta Popular
– Mães de Maio
– Ocupa Sampa
– Os Aparecidos Políticos
– Projeto Nosso Samba de Osasco
– Rua do Samba Paulista
– Samba Autêntico
– Sarau do Binho
– Sarau da Vila Fundão
– Sindicato dos Advogados do Estado de São Paulo – SASP
– Sindicato dos Trabalhadores da Universidade de São Paulo – SINTUSP
– Tanq_ ROSA Choq_
– Tribunal Popular

O Cordão da Mentira conta com um grupo de sambistas, bateria e grupos de teatro que apresentarão músicas e encenações especialmente produzidas para o desfile da mentira!  Confira duas delas.



Leia também:

Cloaca News: Próximo da extinção, DEM lança novo logotipo

Artur Henrique: Salário alto causa desemprego?! Que absurdo!

Por favor, parem de ameaçar a União Europeia

Músico diz que pagou ao ECAD mas não recebeu de volta

O leitor, perdido entre a manchete e o fato

FT: As asas da galinha brasileira não vão crescer

Kassab inventa a concorrência sem concorrentes

 

79 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

João Cirino Gomes

28/05/2012 - 22h25

Os políticos, e a estória que o Vovô contava!

O Pescador e o Caçador!
Pescarino o pescador, batizou o filho do caçador, que gostava de comer rapadura com farinha, tomar cachaça e caçar!
Quando os dois compadres se acomodavam ao lado do fogão a lenha, as crianças se sentavam em volta, para escutar suas estórias!
Num belo dia; devido às estórias extravagantes do pescador, os dois se desentenderam e passaram a discutir!
Pescarino contou, que certa vez quando estava pescando, um peixe enorme havia quebrado sua linha e levado a isca!
Mas ele que era insistente, retornou mais tarde ao mesmo local munido uma linha mais resistente e uma isca maior!
Assim que jogou o anzol na água, o peixe engoliu a isca, quebrou a linha e fugiu; mas ele não desanimou: Na manhã do dia seguinte, voltou para a beira da lagoa com um anzol maior e uma linha mais grossa; colocou um frango no anzol e jogou na água, mas o peixe engoliu o frango, quebrou a linha e se mandou!
Então, ele voltou bravo para casa!
Pegou o maior anzol que encontrou, encastoou em uma linha mais resistente, colocou um peru de isca e jogou na água: Mas o peixe engoliu a isca, quebrou a linha e se mandou!
Ai sim, ele ficou maluco: Voltou para casa, arrumou um cabo de aço, fez um anzol, encastôo no cabo de aço, colocou um porco de isca! Quando jogou o anzol na água, o peixe engoliu o porco; e para não ser arrastado para dentro da água, o pescador soltou o cabo de aço e o peixe acabou fugindo!
Foi ai que ele teve uma grande idéia:- Vou conseguir um anzol e um cabo de aço bem forte; colocarei um novilho de isca e amarrarei no pára-choque do calhambeque: Desta vez vou tirar este peixe da água! E assim fez: Só que, quando a isca bateu na água, o peixe a engoliu e puxou com tanta força, que arrancou o pára-choque do calhambeque! Então o pescador, tomou a decisão, de que iria pegar aquele peixe de qualquer forma: Como o trem passava nas proximidades da lagoa às seis horas da tarde; ele comprou um cabo de aço bem forte, encastoou em um anzol imenso, colocou um boi de isca e ficou esperando; assim que o trem apitou na curva, ele fisgou o boi no anzol; empurrou para dentro da água, e rapidamente laçou o trem com o cabo de aço! Então começou a luta do peixe com o trem; um puxava para cá e o outro para lá, parecia uma briga sem fim; até que o peixe começou a se cansar, e o trem foi puxando a lagoa morro acima, mas o danado do peixe não saia da água!
Ai o torneiro mecânico caçador, tomou um gole de cachaça com garapa, deu uma cusparada, se arrepiou todo e falou; – compadre, isso não é nada: Ainda se lembra daquela vez que sua família me visitou e nós comemos doze faisões?
– Sim compadre, eu me lembro! Aqueles pássaros estavam muito saborosos, como eu havia de me esquecer?
-Então, o compadre também deve se lembrar que; enquanto o compadre proseava na sala, eu fui caçar, e pouco tempo depois voltei com meu embornal cheio!
-Sim compadre, eu lembro!
– Só que, antes de sair para caçar, eu que sou prevenido, contei as visitas, e como eram seis da minha família e mais seis da sua, separei doze caroços de chumbos; coloquei na minha espingarda, e fui em direção ao cafezal; lá chegando encontrei um bando de tico-tico! Então fiquei a matutar: – Não adianta eu atirar em pássaros pequenos, pois eu já trouxe os caroços contados, pelo fato de que, preciso levar mistura para doze pessoas!
Foi ai, que notei um bando de juritis, empoleiradas nos galhos de um imenso pé de café; então passei a contá-las! E como só tinha onze juritis, eu resolvi não atirar! Esperei por mais alguns instantes, até que olhei mais adiante e notei um bando de faisões pousando em uma arvore! Só fui contando… Assim que interou doze, eu arrastei o dedo; foi só pena que voou! Com a maior calma, eu caminhei até o local e comecei a colocar os faisões no embornal; mas a maior surpresa, foi quando já estava em casa, e passei a contá-los; só então, notei que havia somente onze faisões!
Ai eu achei estranho, e passei a matutar: – Eu sou bom na matemática, nunca erraria uma continha destas, além do mais nunca erro um tiro; e visita na minha casa não come sem mistura: Foi então que tomei a decisão, de voltar ao cafezal, pois precisava descobrir o que havia acontecido!
Quando cheguei embaixo da arvore, procurei, pelos cantos, revirei as moitas de capim e nada; mas quando olhei para o alto, o caroço de chumbo estava correndo atrás do faisão, que voava em torno de um galho! Então dei um grito com o danado; ele tomou um susto e o chumbo a alcançou!
– Mas compadre isso é mentira!
Mentira é o seu trem puxar a lagoa morro acima!
– Se não acredita compadre, eu ti levo na lagoa, e mostro onde eu peguei um peixe, que só a fotografia pesava cinqüenta quilos!
Disserto que acredito: – Uma noite eu sai para tomar um ar, e notei que o céu estava escuro, e ai eu vi uma enorme claridade pras banda da lagoa; até pensei que a lua havia caído na água, e quando mergulhei para salva-lá, encontrei um lampião aceso lá no fundo!
– Mas lampião aceso dentro da água compadre? Isso, é que é mentira!
– Mentira nada: Se o compadre diminuir o tamanho do seu peixe, eu apago o meu lampião!
Tanto o pescador como o caçador, são homens sérios e políticos!
E seus familiares, se tornaram gênios, milionários, fazendeiros e empresários!
E juntos; pregam em uma só voz, que condenam os enriquecimentos ilícitos e a corrupção; pois o que mais prezam e desejam; é justiça social, e a felicidade da Nação!

E vc dorme no barulho deles?

Responder

João Cirino Gomes

28/05/2012 - 22h19

A SINA DO PINÓQUIO

Muitos políticos para se candidatarem.
Deveriam se submeter à sina do Pinóquio.
Se isto um dia acontecer.
Alguns terão que andar em caminhões.
Em automóveis será impossível, transportar seus narigões.

Pinóquio contou uma novidade.
Disse que todo o crime de colarinho branco.
Aquele que leva o povo à miséria, se tornaria hediondo.
Depois caiu; havia tropeçado em seu narizinho, que cresceu dois metros.

Responder

João Cirino Gomes

28/05/2012 - 22h18

Entre as mentiras cabeludas que pregam, tem esta tal de democracia, ou seja, “sociedade democrática”! Pois nesta sociedade em que vivemos, na verdade quem impera e dita as regras, não é outro, senão o desenfreado capitalismo selvagem; que não por acaso, também é o maior responsável pelo alto índice de violência e criminalidade. Onde uma minoria é “privilegiada”, recebendo um tratamento diferenciado e se colocando acima da lei.
Na realidade, este é um sistema que favorece a poucos, deixando muitos sem dignidade ou opções de vida. Criando um bando de despreparados, que por falta de oportunidade, acabam desesperados e as margens. Aumentando a população; porem, com a maior parte pobre e endividada, vivendo a míngua, na miséria e dependência.
Imensas riquezas continuam se esvaindo; as madeiras e minérios desaparecendo, e a população mais humilde sendo escravizada. E tem quem fala em acabar com a fome, no país que devia ser o paiol do mundo.
Não será demagogia?
Se for um pensamento inocente, é elogiável. Porem pode se arrecadar todo o dinheiro, e toda a alimentação do universo. Enquanto os homens não abrandarem suas ganâncias e despertarem suas consciências, a fome persistira.
Temos como exemplo, a vergonhosa indústria da seca nordestina! “Onde pomposos hipopótamos” mergulhados em piscinas olímpicas, vêm de longas datas lesando os cofres públicos, enquanto a sede assola a população carente.
Triste é saber, que existe grande quantidade de demagogos, alienados a este bando de fidalgos.
Montados em verbas públicas apreciam o luxo e a beleza. Mas com suas hipocrisias gananciosas e desenfreadas, produzem somente a miséria, e a mendicância horrorosa. E quando tem oportunidade de fazer justiça; deixa-se contaminar pela conveniência, em manter o povo submisso e na ignorância. Os que entram, criticam os que saem, para em seguida se comportar igual ou pior; aumentando o circulo vicioso, e o descrédito do homem para com seu semelhante.
Enquanto isso, homens meninos ricos, deslumbrados com suas falsas riquezas, transitam presos em seus luxuosos carrões blindados. Com um medo da violência que se pelam.
Se tivessem boas vontades, abrandariam suas ganâncias e despertariam suas consciências, para a justiça social. Mas com as contas abarrotadas, em qualquer paraíso fiscal é lugar. Tanto em Nassau, como nas Ilhas Cayman, ou na Suíça… E depois de encher os bolso as meias e a cueca, que se dane a consciência.
Temos como exemplos às empresas que estavam com rombos, por serem cabides de empregos, e foram privatizadas. Antes, porém, pagaram suas contas com o dinheiro publico. E quem são hoje seus maiores acionistas? Não são os mesmos, que enriqueceram a população de esperanças, com polêmicas promessas?… E onde estão as vantagens pregadas antes das privatizações? O silencio e conformismo chega a causar indignação.
Mas continuam falando em progresso e desenvolvimento, mas de quem?
Se o progresso vem sempre desordenado, trazendo estruturas sociais injustas e enganosas, fazendo proliferar a pobreza, a miséria a mendicância e a violência!
E até quando uma fração desta classe conseguirá enganar, e na maior mordomia, falar em fraternidade, paz e justiça social; se com seus engodos, frustram até os sonhos dos seus semelhantes?
Sigo notando uma profunda ligação entre dependência, e alguns meios de comunicações, nos tirando o poder de crítica, e habituando-nos à passividade.
De tempos em tempos, entram sutilmente em nosso cotidiano e nos impõem suas idéias exibicionistas, atropelando nossos direitos, e induzindo-nos a acreditar em suas promessas mirabolantes, tentando nos fazer esquecer fatos recentes, e se esquecendo que temos vontade própria. A comédia é sempre a mesma. E a mídia, de olho no bolo chamado conveniência, entra em cena com críticos mascarados, distorcendo os fatos, e criando heróis até com o estrume do cavalo do bandido, que por ter costa quente não deve ser malhado.
Não estou defendendo afirmando ou desmentindo, mas faz parte da história. E nem sempre os heróis semideuses, criados pela mídia bajuladora, são os mocinhos. Em épocas pré-eleitorais, criam heróis para todos os gostos. Tem com o colarinho branco, o que rouba, mas faz, desvia dores de verbas, traficantes, lesa pátria; larapio de merenda escolar, papa anjo… Estamos bem servidos de heróis bem intencionados. A maioria em liberdade, tentando encontrar uma solução para nossos problemas. Até parece, que não estão somente de olho nas atrativas mordomias, que a vida publica oferece.
Antes de se elegerem, são todos Francisco de Assis. E apoiados pela mídia bajuladora e sensacionalista, pedem um voto de confiança a população carente.
A maioria daqueles que promete construir cadeias, e colocar policia na rua para acabar com a violência. Depois de eleitos, se transformam em semideuses, ou orgulhosos Mussolinianos, e com suas manias de grandeza, fazem mais o mal do que o bem. Mas para não ocuparem as mesmas cadeias por eles construídas, astuciosamente se refugiam sob o manto da imunidade, deturpando a democracia, e se colocando acima da lei.
E só tempos depois de terminarem seus mandatos, é que a população oprimida percebe, que deu credito á verdadeiros bandidos e larápios.
Indiscutivelmente é preciso uma revolução. Mas revolução cultural e ambiental. E o povo conta com…? Para dar o pontapé inicial.
Enquanto uns pregam, que todo país se desenvolve através de educação e tecnologia. Outros estão lambendo botas, ou pedindo benção, e doando nossos impostos atá a países de primeiro mundo visando vantagens pessoais, ou seja, conseguir cargo na ONU!
Depois dizem que não tem verbas para dar o aumento justo prometido aos aposentados, não tem verbas para educação, não tem verbas para a saúde!
E até uma criança prematura sabe para onde esta indo nossos impostos! Diga e ele seu menino; que dinheiro tem, o que falta é consciência e vergonha na cara.
Aproveite para dizer, que a honra, a ética e a dignidade, que deviam servir de exemplo, por serem preceitos valiosos, estão se tornando fúteis. Ou nossos antepassados, perderam tempo nos ensinando, que da semente que plantarmos virá o fruto que colheremos?
O povo deve escolher homens públicos, através de suas ideologias. Não através de partido, raça, ou credo. Só assim conseguira fortalecer a democracia, e se aproximar da justiça social.
Pena sermos tão desunidos!… Ao invés de ir procurar melhorias de vida no exterior, deveríamos nos unir e obrigar os políticos cumprirem suas obrigações.
Um programa de governo que me parece estar vingando, é o da fome zero, pois estão incentivando a plantação de cana e a construção de usinas.
Sinal que podemos dar adeus à reforma agrária; pois agora os grandes latifundiários vão se apossar de vez das terras dissolutas. Em compensação a população carente terá mais acesso a cachaça e rapadura!
E no melhor país do mundo, onde continua predominando a escravidão e a injustiça social, já comemoramos 512 anos de saques e rapinagem.
Enquanto não tiver fim a lei de imunidade parlamentar, e o fórum privilegiado, Liberdade; Democracia e justiça social não passam de demagogias, hipocrisias e falácias!
Abaixo-assinado pelo fim da imunidade! – Petição Pública Brasil
http://www.peticaopublica.com.br/?pi=Janciron

Responder

katiusca

14/04/2012 - 17h43

Vi a ousadia, a arrogancia, o autoritarismo atrás daqueles cabelos brancos. E ainda ofereceram o dedo,atrevidamente aos que ali cobravam por seus desaparecidos e torturados .Continuam impunes, festejando a barbarie .. Provocação a nossa Presidente,tambem. Há muitos ainda , como antigamente que justificam e apoiam, a propria midia não desaprovou o ato .Organizaram a festa e tinham apoio de amigos e familiares, os mesmos que marcharam com Deus em 64. A velhice não dignifica senhores que apoiaram a tortura e que rasgaram a nossa constituição, que mataram e seguem até hoje defendendo a arbitrariedade.A policia não merece respeito quando se posta ao lado deles e jogam spray no rosto de jovens e de pessoas que cobravam a punição destes assassinos e o governador que autorizou a ação da policia a nossa profunda vergonha.

Responder

abolicionista

02/04/2012 - 19h57

Vale lembrar que ele aumentou o salário dos subprefeitos em dezembro de 2011
http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,camara

Responder

Wildner Arcanjo

02/04/2012 - 08h13

Como foi o movimento do cordão da mentira?

Responder

    Ronald

    02/04/2012 - 10h18

    Deve ter sido um fiasco, ou não houve…não achei ninguém falando sobre! Que pena…

    Quitandinha

    02/04/2012 - 12h51

    Como assim ninguém falando sobre, meu amigo?Da uma pesquisada, mexe um pouquinho seu dedinho de moça

O golpe de 1964 e a educação no Brasil » Futuro Professor

01/04/2012 - 15h23

[…] (1º de abril), ocorrerá o Cordão da Mentira, uma iniciativa que irá apontar os agentes sociais que se uniram aos militares durante o período […]

Responder

Jose Mario HRP

01/04/2012 - 10h45

bolicionista · 15 horas atrás
Claro, a Igreja sempre prezou pela liberdade do pensamento. Gente, dá um tempo…

Por falar nisso, outro dia vi ótimas sugestões para adesivos:

"Jesus te ama, mas precisa de mais espaço na relação"

"Jesus te ama, ele sõ quer conhecer novas pessoas"

"Jesus te ama, mas precisa de um tempo para pensar nos seus projetos".

Cara, estamos falando de Protestar contra a Ditadura m as no meio me aparece um energumeno como esse e faz um bom samba do Crioulo Doido!
Camarada, por acaso voce já leu o Sermão da Montanha?
Já leu algo sobre a trajetória de Jesus e o significado de seus atos e vida?
Quem é voce para querer decifrar os designios de Deus, quando fuma , cheira, sacaneia os outros e vive odiando tudo e todos?
Será que nunca te extenderam a mão, não amou, não teve mãe?
Fala sério!
Uma coisa é certa o sujeito não sabe o que é livre arbítrio!
E está ainda naquelas de Deus fará por mim, Jesus me acolherá depois de minhas cag……
Acho que voce é velho por dentro, e pior, estéril!
Desculpem-me a audácia!

Responder

    abolicionista

    01/04/2012 - 18h34

    Nossa, estamos mesmo vivendo uma nova idade média. Desculpe, Jose Mario, mas me recuso a debater nesse nível de argumentação, acho que o fanatismo religioso o obrigou a sacrificar sua inteligência junto com seu senso de humor. A propósito, meu avô era pastor luterano. Era um homem muito culto, sabia latim, e grego, alemão, tenho-o como uma espécie de ídolo. Ele gostava particularmente de Lutero que, aliás, foi um grande crítico em sua época. Meu avô sempre nos divertia com trechos da Bíblia que não faziam sentido nenhum. Muitas vezes, comentava ele, isso era culpa das traduções. Outras vezes a incoerência decorria da falta de referências históricas com que nós, leitores modernos, lemos a Bíblia. Meu avô sempre aceitava nossas contestações e defendia como podia a bíblia. Ele sempre respeitava os adeptos de outras religiões bem como os ateus. Era um homem de espírito humanista e democrático. É claro que depois eu fui para a faculdade e li Descartes, Kant, Nietzsche e percebi que o dogma católico não é a único caminho para o estabelecimento de uma conduta ética e humanista, como você – de modo um pouco estabanado – parece sugerir. Embora eu não seja adepto da expressão, vale notar que a Idade Média não ficou conhecida como "idade das trevas" à toa. É triste ver como algumas pessoas ainda estão mergulhadas no mais profundo obscurantismo. Como legitimar uma democracia na qual os cidadãos não conseguem aceitar diferenças? Foi Schlegel quem disse que o homem sem educação é uma caricatura de si mesmo. Uma caricatura pronta para perseguir todo aquele que se mostrar diferente, a história nos impinge acrescentar. Um abraço.

    Jose Mario HRP

    01/04/2012 - 21h07

    Cara, voce é o tempo passado!
    Eme quer como voce!
    um ser sem alma!

    abolicionista

    01/04/2012 - 21h41

    Cara, acredite, você é tudo menos cristão. Dizer que quem não compartilha do dogma católico não tem alma vai contra tudo o que prega a Bíblia… Você precisa de tratamento, acredite…

    Jose Mario HRP

    02/04/2012 - 04h26

    nunca fui católico…..mais uma mancada sua!
    Fala muito e por isso só fala best…….
    Sou espirita , cristão e socialista graças a Deus!

    abolicionista

    03/04/2012 - 11h56

    Cada maluco que aparece… esse aí vai acabar matando alguém. Completamente pinel…

aurica_sp

31/03/2012 - 23h03

Apoio total pessoal !!!! De Vermelho hehehe……

Responder

Gerson Carneiro

31/03/2012 - 22h09

<img src=http://a5.sphotos.ak.fbcdn.net/hphotos-ak-ash3/555836_337862229603214_100001383207800_1048223_2140355432_n.jpg>

Responder

    Aline C Pavia

    31/03/2012 - 23h52

    Essa imagem vale mais do que 1 milhão de palavras.

    abolicionista

    03/04/2012 - 11h56

    Genial!

Laura

31/03/2012 - 20h08

Ao Viomundo:
Segue lista de 233 torturadores publicada pelo jornal "Em tempo", em 1975: http://hannaharendt.wordpress.com/lista-de-tortur
( reprodução de parte do “Relatório do Comitê de Solidariedade aos Revolucionários do Brasil”, com os 233 nomes dos acusados de praticarem tortura direta ou indiretamente:
RELATÓRIO DA IV REUNIÃO ANUAL DO COMTÊ DE SOLIDARIEDADE AOS REVOLUCIONÁRIOS DO BRASIL.
LISTA DE TORTURADORES)
Gostaria, se possível, que Viomundo a republique entre hoje e amanha, se possível!
Grande abraço!
Laurita Salles

Responder

VEridiana

31/03/2012 - 20h00

Faltou um roteiro… a Brigadeiro Luis Antonio, onde fica a sede do grupo Ultragaz !!1

Responder

Protestos e revival da truculência de tempos da ditadura | A Tal Mineira – Blog da Sulamita

31/03/2012 - 19h14

[…] pelas ruas da cidade. Concentração às 11:30 em frente ao Cemitério da Consolação – aqui, no Vi o […]

Responder

Wildner Arcanjo

31/03/2012 - 17h52

A história é o que convêm contar. não se engane disso. A verdadeira história vive na idéia dos que viveram, sobreviveram e puderam passar isso para os seus filhos.

No final das contas, o oprimido sempre se torna opressor de alguém. Infelizmente isso é uma característica humana que está cada vez mais difícil de ser mudada.

Se acreditarmos em Cristo (ou ao menos que os ensinamentos dele fazem algum sentido) pergunto: quem poderia amar ao próximo como a sí mesmo? E no mundo de hoje, quem pode?

Responder

    Aline C Pavia

    31/03/2012 - 23h21

    Posso enumerar?
    Madre Teresa de Calcutá. Gandhi. Mandela. Martin Luther King.

    – Mas passarinho, levas apenas algumas gotas d'água para apagar o incêndio na floresta! Não serás capaz de apagá-lo!
    – Mas para esta árvore, a água faz diferença. Para esta outra, a água faz diferença. Para mais esta, a água faz diferença – respondeu o passarinho.

Wildner Arcanjo

31/03/2012 - 17h38

Enquanto isso, notícias do nosso ocidente evoluído:
http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/iraquiana-es

É… não somos tão diferentes das feras que nos rodeiam…

Responder

    abolicionista

    01/04/2012 - 13h41

    Wildner, o que isso tem a ver com a reportagem. Se quer defender o regime militar, então faça isso abertamente, não fique tergiversando, ok? Tenha coragem de assumir suas posições.

PAP

31/03/2012 - 17h19

Os organizadores que me perdoem , mas faltaram outras paradas:

Estadão,Empresas e entidades que apoiaram o golpe e a cereja do bolo, A REDE GLOBO!

Responder

    Conceição Lemes

    31/03/2012 - 18h27

    Vc conhece São Paulo, Pap? Tem noção de onde fica a Globo e o Estadão? Bota quilômetros de distância da Consolação, Maria Antonia, DOPS. E muito mais quilômetros um do outro. DEixa o trajeto da São Silvestre no chinelo. abs

E S Fernandes

31/03/2012 - 17h18

Muito bom!
Mas temos de evoluir: a partida é detonar a milicada; mas temos de chegar a empresariada porca que financiou, apoiou e exigiu a ditadura. Vendeu nosso Brasil e soberania aos pilantras do norte. Sem falar no moralismo da classe média e sua marcha com deus pela família.

Responder

Arthur Schieck

31/03/2012 - 16h47

Como se faz para mudar homenagens a ditadores? Que tal um deputado federal começar um movimento de retirada dessas homenagens a começar, aqui no Rio, pela nossa ponte Presidente Costa e Silva, ou ponte Rio-Niterói. Imagine chama-la de Ponte Carlos Lamarca ou Ponte Vladimir Herzog. Garanto que isso atingirá os torturadores de pijamas muito mais do que qualquer comissão da verdade.

Responder

Elias

31/03/2012 - 16h26

"Você me prende vivo, eu escapo morto". Frase da canção: O Muro, de Paulo César Pinheiro/Maurício Tapajós.

Ditadores, facínoras, torturadores…a História não esquece jamais.

Responder

Paulo P.

31/03/2012 - 15h01

RECOMENDO A LEITURA.
———————————————————————————————————————
O holocausto dos negros
25.03.2012

Muito se fala sobre o holocausto, muito se escreveu sobre os atos chocantes de maldade, barbaridade, crueldade contra vários grupos de pessoas desde os Estados Bálticos, até Europa Oriental e Central e Alemanha. Mas por quê a Escravidão não ocupa um lugar igual nos anais da depravação humana?

23 de março foi um dia de lembrança, um dia de homenagem aos homens, mulheres e crianças que foram arrancadas de suas casas, suas famílias e entes queridos. Onde estava este dia na mídia internacional? Esquecido.

A humanidade se lembra, justamente, das atrocidades do passado, garantindo que ficam nas páginas mais negras da história e fazendo com que as gerações futuras obrigatoriamente se apercebem quão baixo o ser humano pode afundar-se, garantindo que nunca maus esses terríveis atos de crueldade podem acontecer novamente. Muito foi dito e escrito sobre o holocausto judeu, mas sobre o holocausto africano – Escravidão?

—————————————————————————————————-

CONTINUA EM… http://port.pravda.ru/russa/25-03-2012/33141-escr

Responder

    Wildner Arcanjo

    31/03/2012 - 17h51

    E sobre o holocausto palestino? O holocausto dos índios norte-americanos?

    A história é o que convêm contar. não se engane disso. A verdadeira história vive na idéia dos que viveram, sobreviveram e puderam passar isso para os seus filhos.

    No final das contas, o oprimido sempre se torna opressor de alguém. Infelizmente isso é uma característica humana que está cada vez mais difícil de ser mudada.

    Se acreditarmos em cristo (ou ao menos que os ensinamentos dele fazem algum sentido) pergunto: quem poderia amar ao próximo como a sí mesmo? E no mundo de hoje, quem pode?

Horridus Bendegó

31/03/2012 - 14h43

Como gostaria de estar nesse cordão!

Responder

Mauro Julio Vieira

31/03/2012 - 12h05

Como explicar que, como todos nós que sempre fomos contra a ditadura militar, Frei Beto, Boff e Chico Buarque apoiam outra ditadura?

Responder

    abolicionista

    31/03/2012 - 14h06

    Caro Julio, você combateu a ditadura? Quais foram suas atividades? Por favor, não deixe de responder, não queremos deixar a impressão de que você é mentiroso, né? Poderia relatar suas atividades pró-democracia durante a ditadura?

    Wildner Arcanjo

    31/03/2012 - 18h03

    Bem ele não disse que combateu a ditadura. Ele disse que é CONTRA a ditadura. Agora é proibido se expressar aqui, sobre pontos que não são confortáveis a linha de pensamento do dono do blog (e dos seguidores de sua linha de pensamento)? Será uma nova ditadura?

    abolicionista

    31/03/2012 - 19h47

    Leia com cuidado, Wildner: ele disse que "sempre foi contra a ditadura". Se você não entendeu, o que está implicado na afirmação é que, ao contrário de Boff, Frei Beto e Chico Buarque, Mauro de fato defendeu a democracia, enquanto os citados defendiam regimes totalitários. Argumento extremamente falacioso porque coloca na mesma balança os monstros que se favoreciam com a ditadura e cometiam suas barbaridades e pessoas que tinham uma simpatia com o projeto socialista. Você pode até discutir a questão dessa afinidade ter sido um equívoco político, mas esse tipo de reducionismo já morreu de velho. Além disso, se você estava na ditadura e era a favor da democracia, por que não agiu? Teve medo, tudo bem , mas não venha desancar quem arriscou a vida, sofreu torturas e foi exilado para acabar com essa atrocidade. Você pode se expressar livremente mas não quer que a resposta seja equivalente? Vá ao blog do Reinaldo Azevedo, lá ele censura quem não está de acordo..

Fabio_Passos

31/03/2012 - 10h44

Muito justa e bem humorada homenagem.

As viúvas da ditadura merecem a lembrança.

Responder

João

31/03/2012 - 09h17

Por falar em golpe militar, ditadura e todas essas aberrações ao que o povo brasileiro foi submetido, não esta na hora de uma mobilização para que mudemos nomes de logradouros públicos da cidade de São Paulo? Elevado Costa e Silva é demais né? E tem muito mais aqui na capital, mudança já!!

Responder

    francisco niteroi

    31/03/2012 - 10h23

    acho que tem que ser um movimento nacional…
    a ponte rio-niterói se chama ponte pres. costa e silva (toc toc toc)

    Wildner Arcanjo

    31/03/2012 - 18h04

    Que fique assim mesmo, nem só de coisas boas de nossa vida deveremos lembrar. As coisas ruins é que, geralmente, nos fazem não repetir o mesmo erro.

    abolicionista

    31/03/2012 - 19h36

    Claro, desde que se chame "ditador costa e silva"…

Lucy

31/03/2012 - 01h01

"Pára de mentir, canalha – para admitir a falha – Pára de omitir que a dita foi dura demais. Pára de fugir do Ustra. – pra difundir a face impressa nos jornais."

Frevo da Falha – Cuca e Everaldo

Eu quero ver isso chegar a milhão e milhões nas ruas, fazendo até a tropa policial se contagiar e dançar com a galera.

Linda Hildegard Angel além de tudo ainda nos dá exemplo de serenidade. Ora nessa calma, pois tem uma grande emissorinha pequena de tv doida pra noticiar manchete palhaça 'tumulto pára o trânsito'.

"Pára de mentir, canalha!"

PS: Lembra o quê a emissorinha fez com a Polícia no RJ qdo da greve, PM? Bóra dançar frevo com a gente?

PS II: "Eu pergunto a vc (de pijama) como vai se esconder da enorme euforia? Como vai proibir quando o galo insistir em cantar?" (Chico Buarque)

Responder

mariaana

30/03/2012 - 23h55

Até nessa hora você procura ofender a Igreja Católica, não é Azenha? De que Bispo você quer que eu me fantasie? Dom Helder ou Paulo Arns? Frei Tito ou Frei Beto? Para você fazer o seu trabalho não precisa ofender ninguém.

Responder

    Jose Mario HRP

    31/03/2012 - 08h08

    Talvez Leonardo Boff!?
    Todos valentes lutadores pelo povo, pela Pátria, pela democracia!
    Talvez o Azenha tenha algo com Deus, Cristo e não tenha lido os livros do Marcel Souto Maior!
    Ou seja só um engano !
    Ou se generalize aqueles que acreditam em Deus como anti comunistas!?
    Ou alguém tenha esquecido que o PT foi fundado com apoio daqueles que pregavam a Teoria da Libertação, nascida dentro da cristandade, com Leonardo Boff a frente(FREI)!
    Ou que LULA agradeceu a Deus recentemente por estar livre do cancer!
    E Graças a Deus temos ainda o LULA, para lutar pelo povo pobre, fazer nosso povo ter autoestima, ter esperança no futuro de seus filhos, fazendo universidades federais, financiando os que estudam nas particulares!
    Ou alguém acha que muitos como eu, jamais aceitei a ditadura, sou e serei sempre socialista e espirita, acreditando em Deus e votando na esquerda?????!!!!!
    Bom dia aos homens de boa vontade e aos patriotas!
    E DITADURA NUNCA MAIS!
    Alguém lembra desse mote???????

    abolicionista

    31/03/2012 - 14h08

    O Boff foi pribido pelo vaticano de abrir a boca. Assim é a igreja católica, Pio XII pode falar o que quis e o Boff deve ficar quetinho. Sem mais.

    Aline C Pavia

    31/03/2012 - 23h16

    Silêncio obsequioso. O mesmo imposto ao padre Marcelo Rossi. É triste ver, mais do que nunca, que o único senhor a que a Igreja Católica serve é o vil metal. Povo? Ora, o povo. Que o povo se exploda. Que comam brioches.

    Wildner Arcanjo

    31/03/2012 - 17h46

    Cuidado, estão querendo nos forçar a uma ditadura do pensamento. Se somos contrários, sempre somos tachados de reacionários.

    abolicionista

    31/03/2012 - 19h35

    Claro, a Igreja sempre prezou pela liberdade do pensamento. Gente, dá um tempo…

    Por falar nisso, outro dia vi ótimas sugestões para adesivos:

    "Jesus te ama, mas precisa de mais espaço na relação"

    "Jesus te ama, ele sõ quer conhecer novas pessoas"

    "Jesus te ama, mas precisa de um tempo para pensar nos seus projetos".

    P Pereira

    31/03/2012 - 15h16

    Tá em duvida? Fantasie-se de Luiz Gonzaga Bergonzini,

    Silvio - Sampa

    31/03/2012 - 15h38

    Mariaana, você faz parte da "liga das senhoras católicas"? cruis credo!

    mariaana

    31/03/2012 - 22h26

    Silvio, você é da "liga fascista", aquela que não aceita opiniões contrárias à sua?

    Alexandre Bitencourt

    31/03/2012 - 18h17

    “Cuidado com os falsos profetas: eles vêm até vós vestidos de ovelha, mas por dentro são lobos ferozes.
    16.Pelos seus frutos os conhecereis. Acaso se colhem uvas de espinheiros, ou figos de urtigas?
    17.Assim, toda árvore boa produz frutos bons, e toda árvore má produz frutos maus.
    Mateus 7, 15-17
    O fruto daqueles que apoiaram o golpe foi a ditadura, mortes, desaparecimentos forçados, tortura, etc.
    Não dá pra colocar todos no mesmo saco, mas é evidente que boa parte da cúpula da Igreja Católica apoio tal regime.

    Aline C Pavia

    31/03/2012 - 23h13

    Boa parte, muito bem dito, mas nem todos.
    O prefácio de "Brasil: Nunca Mais" é de dom Paulo Evaristo Arns.
    Depois da cagada da irmã dele à frente da Pastoral da Criança, acabando com o trabalho da Multimistura (a 3 reais a lata) e entregando de mão beijada para a Nestlé (a 30 reais a lata), Dom Paulo retirou-se da mídia e das atividades eclesiásticas e missionárias.
    Ele abria a sacristia dele para abrigar os "guerrilheiros subversivos comunistas" (não é mesmo EUNAOSABIA?). A Teologia da Libertação praticamente foi extinta depois dos últimos 2 ou 3 papas.
    Ainda bem que uma Igreja não tem o tamanho de seus pastores. E ainda bem que a fé – qualquer uma – segue sendo ainda maior do que qualquer igreja.

    Wildner Arcanjo

    02/04/2012 - 08h07

    Melhor impossível!

    Gerson Carneiro

    01/04/2012 - 07h41

    Eu vou "imitar" o Azenha e vou fazer meu trabalho te ofendendo.

    Quero te sugerir a leitura desse livro:

    <img src=http://images.quebarato.com.br/T440x/o+papa+de+hitler+vila+velha+es+brasil__64278_1.jpg>

    "O Papa de Hitler – a história secreta de Pio XII" – John Corbwell

    Mas cuidado, leia escondido do padre.

    Boa leitura!

    Soares

    01/04/2012 - 07h57

    Se fantasia de bisbo de Guarulhos esta tranqueira…. da igreja. Tá de bom tamanho……

Armando do Prado

30/03/2012 - 22h58

Faltou a sede de bancos que financiaram a ditadura, assim como o consulado norte-americano.

Quem nos causou agonia tem que pagar pelos crimes!

Responder

    jaime

    31/03/2012 - 15h53

    Concordo. Principalmente em relação ao consulado norte americano, porque foi a fonte da grana – alta grana que comprou parlamentares e sem a qual nada funciona – e também porque os norte americanos já vinham fazendo isso desde o tempo de Getúlio Vargas. Não há nada de verdadeiro nas alegações sobre João Goulart; qualquer nacionalista seria visado do mesmo jeito. Por fim, note-se que o balaço na cabeça do Kennedy foi obra de um norte americano!

Lenin

30/03/2012 - 22h53

Estou cá,no interior da Bahia;mas,como sempre nesses casos,estarei por lá em pensamento.

Responder

Marat

30/03/2012 - 22h02

Faltou uma fantasia: Pijamas…

Responder

pperez

30/03/2012 - 21h49

Certamente a Folha terá um merecido destaque, pelos grandes beneficios proporcionados ao país na implantação da ditadura!

Responder

dukrai

30/03/2012 - 20h56

enquanto isto aqui em BH está uma efervescência de sonrizal, acho que vou pra Lavras tomar umas pinga.

Responder

Ananda

30/03/2012 - 20h40

Muito bom, São Paulo precisa tanto disso, manifestações lúdicas ocupando toda a cidade, informação comprometida com a verdade, linguagem acessível a todos, arte a serviço da sociedade.

Responder

Cultura e Política: Cultura Política, o Cordão da Mentira e os Apoiadores do Golpe Militar de 1964 « Ficção e Não Ficção

30/03/2012 - 20h17

[…] No Vi o Mundo, mais informações sobre o ato, postagem sob o título de “1º de Abril: Cordão da Mentira vai Escrachar Apoiadores da Ditadura”. […]

Responder

Juréia Z Alves

30/03/2012 - 19h19

Estou triste pois não vou poder participar.
Mas estou feliz com o novo Brasil que está surgindo.
Parabéns.

Responder

Fabio SP

30/03/2012 - 18h20

Fantasiado de vermelho e preto? Flamenguista? To fora…

Responder

    abolicionista

    31/03/2012 - 14h09

    Você só vai se estiver vestido de despacho, fascistinha!rs

    Abdula Aziz

    31/03/2012 - 15h02

    Cuidado com a Polícia Militar. Ela pode aparecer de surpresa e descer o sarrafo em todo mundo, como fez na USP com moradores do Pinheirinho e professores da rede pública.

    abolicionista

    31/03/2012 - 19h49

    Sem esquecer da graninha que a a PM recebe do PCC todo mês lá na USP.

    Thiago Mendonça

    31/03/2012 - 22h33

    Estamos em São Paulo e não no Rio e vermelho e preto é a cor da luta anti-fascista. Ainda bem que você está fora. Nem todo mundo é bem vindo.

marcosomag

30/03/2012 - 18h13

Infelizmente, fica um pouco fora de mão em relação ao trajeto; mas, os manifestantes poderiam passar pela Associação Cívica Feminina (Av. Francisco Matarazzo, ao lado do Parque da Água Branca). A inclusão da ACF no roteiro poderia ilustrar o financiamento da CIA à conspiração contra João Goulart pois a ACF foi uma das organizadoras da MCDPL, o principal ato público da direita, às vésperas do Golpe. A antiga sede do "Estadão", na rua Major Quedinho (hoje, sede do Diário de São Paulo) poderia ilustrar um dos pretextos para o AI-5: o atentado de bandeira trocada (os militares jogaram a bomba, e atribuíram o ataque a Esquerda) contra a antiga sede do jornal. O Sistema Globo de Rádio, também participante da conspiração contra Jango, e apoiador da Ditadura, fica na Rua das Palmeiras. Bem próximo à sede da Folha de São Paulo.

Responder

Ronald

30/03/2012 - 17h11

E a Globo? Vai ser lembrada pelo menos?

Responder

    Elton

    30/03/2012 - 18h31

    Deveria!

    Elvys

    30/03/2012 - 21h25

    A sede da Globo fica muito longe do trajeto, praticamente nas vizinhanças do Morumbi.

    angelo

    30/03/2012 - 22h36

    Momento preciso e preciso pra Record exibir 'Além do Cidadão Kane'.

    Rodrigo

    31/03/2012 - 16h45

    Seria ótimo. Assim a globo voltaria a exibir as estripolias do querido Edir Macedo e voltariamos a divertidissima guerra que tinhamos na Tv dos anos 90.

    E antes que me chamem de "Piguista", pouco me lixo para record ou globo, esquerda ou direita e o diabo que seja. Só quero ver o circo pegar fogo.

    E S Fernandes

    31/03/2012 - 17h12

    Muito bem lembrado.
    Precisamos divulgar este documentário.

Deixe uma resposta