VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Ciro Gomes e Luciana Genro trocam farpas nas redes sociais por causa de declaração que a Folha turbinou para ganhar clicks

21 de outubro de 2017 às 08h55

da Redação

O presidenciável Ciro Gomes, do PDT, polemizou com a ex-candidata do PSOL ao Planalto, Luciana Genro, nas redes sociais, por conta de uma declaração que ele não deu.

Falando sobre a conjuntura política, Ciro declarou:

Não vejo ela [Marina Silva] com energia, e o momento é muito de testosterona. Não elogio isso. É mau para o Brasil, mas é um momento muito agressivo e ela tem uma psicologia avessa a isso. Não sei, eu tô achando que ela não é candidata.

Ciro não disse que faltava testosterona na política, nem que o momento exigia testosterona, nem que Marina não poderia se candidatar por não ter a taxa de testosterona adequada, mas sim que ela é avessa à agressividade decorrente de um momento carregado de testosterona.

Porém, Luciana Genro embarcou numa manchete dúbia da Folha e partiu para o ataque.

Em sua página no Facebook, ela escreveu: “O pré-candidato à Presidência Ciro Gomes, do PDT, disse que o momento político do país exige muita testosterona. Na sua visão machista, uma mulher não poderia estar à frente dos processos de mudança no Brasil. Gravei este vídeo para responder a mais uma afirmação infeliz e misógina do Ciro Gomes. As mulheres sempre estiveram à frente dos avanços da humanidade. O Brasil não precisa de testosterona, precisa de um projeto libertador de transformação política, emancipação social e desenvolvimento econômico sob novas bases. E as mulheres podem, sim, liderar este processo!”

O perfil de Ciro foi à página de Luciana e, depois de chamar a psolista de descuidada oportunista, esclareceu: “Leu num despacho do jornalão dos banqueiros e já foi ser a demagoga oportunista. Eu nunca disse isto que foi publicado. O que falei, DENUNCIANDO, era que o Brasil estava vivendo um momento politico de muita agressividade e ódio e de testosterona que, neste contexto quer dizer o mesmo, ou seja agressividade. O oposto de dizer que o Brasil precisa de testosterona”.

Genro rebateu Ciro dizendo que a “atitude agressiva” dele no caso demonstrava que ele “faz o que critica”.

Apoiadores de ambos trocaram farpas. No caso de Ciro, a página do pedetista chegou a publicar uma foto do candidato ao lado de Dilma Rousseff para demonstrar que ele apoiou a primeira mulher eleita para o Planalto.

Ciro é vítima de um cerco midiático que tende a enfatizar que se trata de um candidato emocionalmente despreparado para conduzir o Brasil. Tudo o que se encaixa neste preconceito acaba sendo difundido com grande destaque pela mídia, negando ao pedetista a oportunidade de debater as questões sobre as quais ele poderia dar grande contribuição — educação e economia, por exemplo.

A reportagem da Folha, neste caso, reproduziu a fala de Ciro e em seguida narrou outros episódios “polêmicos”, para reforçar que era mais um momento de um candidato descontrolado.

Hoje os repórteres e editores trabalham pensando em manchetes que possam gerar clicks nos portais e nas redes sociais, que é uma forma de ganhar repercussão para o próprio trabalho e agradar aos patrões — que com isso ganham dinheiro.

A manchete da Folha que Luciana Genro reproduziu diz: “Ciro fala de Marina e diz que momento é de testosterona”. Uma junção que sugere que Ciro disse o que ele de fato não disse.

Dada a enxurrada de informações a que todos estamos submetidos, é comum ver gente que lê e às vezes opina apenas a partir das manchetes (são as manchetes que levam o leitor a clicar atrás do conteúdo).

Se fosse “Ciro critica momento de testosterona na política brasileira”, não chamaria tanta atenção, mas refletiria o que de fato o candidato declarou.

Leia também:

Damous: Temer e Aécio, irmãos siameses

 

18 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Paulo

22/10/2017 - 16h29

Essa Luciana Genro é uma caricatura!

Responder

Lâmpada

22/10/2017 - 14h01

Esses dois falam demais !!!
E Marina, fala de MENOS !!!

Responder

    JOHN J.

    22/10/2017 - 23h40

    Marina fala menos e quando fala só diz besteiras e ainda apoia velhos corruptos contra a HONESTÍSSIMA DILMA.
    MARINA NUNCA MAIS.
    Marina apoia Aécio, um dos maiores corruptos do Brasil:> https://www.youtube.com/watch?v=SeragQsedW4

O JUIZ

22/10/2017 - 11h26

São dois merdas.
Ao invés de irem para as ruas liderar a revolta popular contra os ladrões que assumiram o poder do País, ficam fazendo briguinha de ego de crianças.
É por isso que essa esquerda de merd…a não vai pra frente.
Ciro é um pulha, que quis fazer fama falando mal do LULA.
Se ferrou e não vai passar dos 5%.
Um homem que poderia ser um governante brilhante, se tornou uma céfalo.
Da outra, nem vamos falar nada, que é tempo perdido.

Responder

Renan

21/10/2017 - 20h48

Mulher é cheia de Mimimi, qualquer coisinha de nada ofende elas, mas elas se esquecem que também erram e ofendem os homens.
A folha e o estadao e o globo são mais sujos do que os tais ” blogs sujos “.
Infelizmente temos jornais no Brasil de baixo nível técnico e pior que isso é ser mal caráter.
Ciro Gomes e Luciana Genro estão gastando energia a toa e no lugar errado.

Responder

cezar

21/10/2017 - 19h12

https://youtu.be/inJ-hkJTBj4

Responder

cezar

21/10/2017 - 19h03

Ciro é o mais preparado de todos os presidenciáveis..Se não o conhecem deveriam assistir suas palestras para ter uma aula

Responder

cezar

21/10/2017 - 19h02

A Luciana e o PSOL é o tipo de esquerda que a direita gosta: afoitos, nada cuidadosos, sempre falando pra inglês ver..O PSOL nunca governou nada..Não sabe de nada..É uma UDN de calça curta..

Responder

David

21/10/2017 - 18h01

Mais uma vez Luciana Genro e sua ingenuidade.
Ou será imbecilidade mesmo?

Responder

lulipe

21/10/2017 - 14h33

A hipocrisia dos esquerdopatas é ilimitada. Quer dizer que o fato do “Coronel” Ciro Gomes ser misógino é da Folha??? Imagina se fosse o mito que tivesse dito isso!!! É melhor JAIR se acostumando…

Responder

Oblivion

21/10/2017 - 13h36

Parece que começo a entender o termo “esquerda que a direita gosta”. Luciana Genro sempre se baseando em “notícias” dos porta vocês da plutocracia tupiniquim viciada em dinheiro público para atacar pessoas com ideias progressistas.

Responder

Atenágoras Souza Silva

21/10/2017 - 12h43

Tendo a ser defensor da esquerda socialista. Acho que a esquerda tem de ir além de PT/PDT/PCdoB.
O PSOL, junto com PCB, PSTU PCO etc repreentam, a parte da esquerda que, embora divergentes, estão comprometidos com o socialismo, superando o naciona-desenvolvimentismo em que a esquerda “mainstream” ainda aposta.
Entretanto, acho a forma como a Luciana Genro agiu neste episódio um desastre. Distorcer declarações e criar um factóide não deveria ser o modus operandi das forças socialistas. Espero que as propostas socialistas do PSOL e da candidata fiquem mais em evidência do que as falsas polêmicas da influência do pós-modernismo no feminismo e nas pautas da esquerda em geral.

Responder

luiz roberto

21/10/2017 - 12h12

O ciro é machista e a a luciana é idiota..Deviam ser presidente e vice..Da puta que os pariu..

Responder

    Mark Twain

    21/10/2017 - 17h55

    E pariu você também, a pátria amada Brasil.

Pablito

21/10/2017 - 11h22

Por mim, botava os dois na lata de lixo. Imprestáveis!!

Responder

    Mark Twain

    21/10/2017 - 17h56

    Por você.
    Bem dito.
    Fale por si.

BRENO

21/10/2017 - 10h15

A esquerda nao tem que brigar e sim se unir cada vez mais. Assim fica como os adversários gostam. Gosto dos dois e nada de ficar brigando porque a esquerda precisa criar um modelo único de alternativa de governo. Luciana não leve muita consideração destes jornais…Ouça ou leia a versão de Ciro que é a mais verdadeira. Luciana não leia muitos estes jornais. Pessoas conscientes de um outro pensamento não faz consumo destes jornais. Leia os blogs sujos como eles dizem

Responder

    Mark Twain

    21/10/2017 - 18h02

    Falou e disse Breno!

    Ainda que a discussão sobre o machismo seja relevante, não podemos mais cair em armadilhas divisoras réles como esta, não podemos perder o foco da pauta principal!

Deixe uma resposta