VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

Batistas repudiam campanha político-religiosa contra o PT

17 de setembro de 2010 às 07h25

ELEIÇOES 2010: PRONUNCIAMENTO DA ALIANÇA DE BATISTAS DO BRASIL

do site da Aliança

A Aliança de Batistas do Brasil vem, por meio deste documento, reafirmar o compromisso histórico dos batistas, em todo o mundo, com a liberdade de consciência em matéria de religião, política e cidadania. A paixão pela liberdade faz com que, como batistas, sejamosum povo marcado pela pluralidade teológica, eclesiológica e ideológica, sem prejuízo de nossa identidade. Dessa forma, ninguém pode se sentir autorizado a falar como “a voz batista”, a menos que isso lhe seja facultado pelos meios burocráticos e democráticos de nossa engrenagem denominacional.

Em nome da liberdade e da pluralidade batistas, portanto, a Aliança de Batistas do Brasil torna pública sua repulsa a toda estratégia político-religiosa de “demonização do Partido dos Trabalhadores do Brasil” (doravante PT). Nesse sentido, a intenção do presente documento é deixar claro à sociedade brasileira duas coisas:

(1) mostrar que tais discursos de demonização do PT não representam o que se poderia conceber como o pensamento dos batistas brasileiros, mas somente um posicionamento muito pontual e situado;

(2) e tornar notório que, como batistas brasileiros, as ideias aqui defendidas são tão batistas quanto as que estão sendo relativizadas.

1. A Aliança de Batistas do Brasil é uma entidade ecumênica e dedicada, entre outras tarefas, ao diálogo constante com irmãos e irmãs de outras tradições cristãs e religiosas. Compreendemos que tal posicionamento não fere nossa identidade.

Do contrário, reafirma-a enquanto membro do Corpo de Cristo, misteriosamente Uno e Diverso. Assim, consideramos vergonhoso que pastores e igrejas batistas histórica e tradicionalmente anticatólicos, além de serem caracterizados por práticas proselitistas frente a irmãos e irmãs de outras tradições religiosas de nosso país, professem no presente momento a participação em coalizões religiosas de composição profundamente suspeita do ponto de vista moral, cujos fins dizem respeito ao destino político do Brasil.

Vigoraria aí o princípio apontado por Rubem Alves (1987, p. 27-28) de que “em tempos difíceis os inimigos fazem as pazes”? Com o exposto, desejamos fazer notória a separação entre os interesses ideológicos de tais coalizões e os valores radicados no Evangelho. Por não representarem a prática cotidiana de grande fração de pastores e igrejas batistas brasileiras, tais coalizões deixam claro sua intenção e seu fundo ideológico, porém, bem pouco evangélico. Logrado o êxito buscado, as igrejas e os pastores batistas comprometidos com as coalizões “antipetistas” dariam continuidade à prática ecumênica e ao diálogo fraterno com a Igreja Católica, assim como com as demais denominações evangélicas e tradições religiosas brasileiras? Ou logrado o êxito perseguido, tais igrejas e pastores retornariam à postura de gueto e proselitismo que lhes marcam histórica e tradicionalmente?

2. Como entidade preocupada e atuante em face da injustiça social que campeia em nosso país desde seu “descobrimento”, a Aliança de Batistas do Brasil sente-se na obrigação de contradizer o discurso que atribui ao PT a emergente “legalização da iniquidade”. Consideramos muito estranho que discursos como esse tenham aparecido somente agora, 30 anos depois de posicionamentos silenciosos e marcados por uma profunda e vergonhosa omissão diante da opressão e da violência a liberdades civis, sobretudo durante a ditadura militar (1964-1985). Estranhamos ainda que tais discursos se irmanem com grupos e figuras do universo político-evangélico maculadas pelo dinheiro na cueca em Brasília, além da fatídica oração ao “Senhor” (Mamon?).

Estranhamos ainda que tais discursos não denunciem a fome, o acúmulo de riqueza e de terras no Brasil (cf. Isaías 5,8), a pedofilia no meio católico e entre pastores protestantes, como iniquidades há tempos institucionalizadas entre nós.

Estranhamos ainda que tais discursos somente agora notem a possibilidade da legalização da iniquidade nas instituições governamentais, e faça vistas grossas para a fatídica política neoliberal de FHC, além da compra do congresso para aprovar a reeleição. Estranhamos que tais discursos não considerem nossos códigos penal e tributário como iniquidades institucionalizadas. Os exemplos de como a iniquidade está radicalmente institucionalizada entre nós são tantos que seriam extenuantes. Certamente para quem se domesticou a ver nas injustiças sociais de nosso Brasil um fato “natural”, ou mesmo como a “vontade de Deus”, nada do mencionado antes parece ser iníquo. Infelizmente!

3. Como entidade identificada com o rigor da crítica e da autocrítica, desejamos expressar nosso descontentamento com a manipulação de imagens e de informações retalhadas, organizadas como apelo emocional e ideológico que mais falseia a realidade do que a apreende ou a esclarece. Textos, vídeos, e outros recursos de comunicação de massa, devem ser criteriosamente avaliados.

Os discursos difamatórios tais como os que se dirigem agora contra o PT quase sempre se caracterizam por exemplos isolados recortados da realidade.

Quase sempre, tais exemplos não são representativos da totalidade dos grupos e das ideologias envolvidas. Dito de forma simples: uma das armas prediletas da difamação é a manipulação, que se dá quase sempre pelo uso de falas e declarações retiradas do contexto maior de onde foram emitidas. Em lugar de estratégias como essas, que consideramos como atentados à ética e à inteligência das pessoas, gostaríamos de instigar aos pastores, igrejas, demais grupos eclesiásticos e civis, o debate franco e aberto, marcado pelo respeito e pela honestidade, mesmo que resultem em divergências de pensamento entre os participantes.

4. A Aliança de Batistas de Brasil é uma entidade identificada com a promoção e a defesa da vida para toda a sociedade humana e para o planeta. Mas consideramos também que é um perigo quando o discurso de defesa da vida toma carona em rancores de ordem política e ideológica.

Consideramos, além disso, como uma conquista inegociável a laicidade de nosso estado. Por isso, desconfiamos de todo discurso e de todo projeto que visa (re)unir certas visões religiosas com as leis que regem nossa sociedade. A laicidade do estado, enquanto conquista histórica, deve permanecer como meio de evitar que certas influências religiosas usurpem o privilégio perante o estado, e promova assim a segregação de confissões religiosas diferentes. É mister recordar uma afirmação de um dos grandes referenciais teológicos entre os batistas brasileiros, atualmente esquecido: “Os batistas crêem na liberdade religiosa para si próprios. Mas eles crêem também na igualdade de todos os homens. Para eles, isso não é um direito; é uma paixão. Embora não tenhamos nenhuma simpatia pelo ateísmo, agnosticismo ou materialismo, nós defendemos a liberdade do ateu, do agnóstico e do materialista em suas convicções religiosas ou não-religiosas” (E. E. Mullins, citado por W. Shurden).

Nossa posição está assentada na convicção de que o Evangelho, numa dada sociedade, não deve se garantir por meio das leis, mas por meio da influência da vida nova em Jesus Cristo. Não reza a maior parte das Histórias Eclesiásticas a convicção de que a derrota do Cristianismo consistiu justamente em seu irmanamento com o Império Romano? Impor a influência de nossa fé por meio das leis do Estado não é afirmar a fraqueza e a insuficiência do Evangelho como “poder de Deus para a salvação de todo o que crê”? No mais, em regimes democráticos como o Estado brasileiro, existem mecanismos de participação política e popular cuja finalidade é a construção de uma estrutura governamental cada vez mais participativa. Foi-se o tempo em que nossa participação política estava confinada à representatividade daqueles em quem votamos.

5. A Aliança de Batistas do Brasil se posiciona contra a demonização do PT, levando em consideração também que tal processo nega o legado histórico do Partido dos Trabalhadores na construção de um projeto político nascido nas bases populares e identificado com a inclusão e a justiça social. Os que afirmam o nascimento de um “império da iniquidade”, com uma possível vitória do PT nas atuais eleições, “esquecem” o fundamental papel deste partido em projetos que trouxeram mais justiça para a nação brasileira, como, por exemplo: na reorganização dos movimentos trabalhistas, ainda no período da ditadura militar, visando torná-los independentes da tutela do Estado; na implantação e fortalecimento do movimento agrário-ecológico dos seringueiros do Acre pela instalação de reservas extrativistas na Amazônia, dirigido, na década de 1980, por Chico Mendes; nas ações em favor da democracia, lutando contra a ditadura militar e utilizando, em sua própria organização, métodos democráticos, rompendo com o velho “peleguismo” e com a burocracia sindical dos tempos varguistas; nas propostas e lutas em favor da Reforma Agrária ao lado de movimentos de trabalhadores rurais, sobretudo o MST; no apoio às lutas pelos direitos das crianças, adolescentes, jovens, mulheres, homossexuais, negros e indígenas; e na elaboração de estratégias, posteriormente transformadas em programas, de combate à fome e à miséria.

Atualmente, na reta final do governo de Luiz Inácio Lula da Silva, vemos que muita coisa desse projeto político nascido nas bases populares foi aplicado. O governo Lula caminha para seu encerramento apresentando um histórico de significativas mudanças no Brasil: diminuição do índice de desemprego, ampliação dos investimentos e oportunidades para a agricultura familiar, aumento do salário mínimo, liquidação das dívidas com o FMI, fim do ciclo de privatização de empresas estatais, redução da pobreza e miséria, melhor distribuição de renda, maior acesso à alimentação e à educação, diminuição do trabalho escravo, redução da taxa de desmatamento etc.

É verdade que ainda há muito a se avançar em várias áreas vitais do Brasil, mas não há como negar que o atual governo do PT na Presidência da República tem favorecido a garantia dos direitos humanos da população brasileira, o que, com certeza, não aconteceria num “império de iniquidade”.

Está ficando cada vez mais claro que os pregadores que anunciam dos seus púpitos o início de uma suposta amplitude do mal, numa continuidade do PT no Executivo Federal, são os que estão com saudade do Brasil ajoelhado diante do capital estrangeiro, produzindo e gerenciando miséria, matando trabalhadores rurais, favorecendo os latifundiários, tratando aposentados como vagabundos, humilhando os desempregados e propondo o fim da história.

Enfim, a Aliança de Batistas do Brasil vem a público levantar o seu protesto contra o processo apelatório e discriminador que nos últimos dias tem associado o Partido dos Trabalhadores às forças da iniquidade. Lamentamos, sobretudo, a participação de líderes e igrejas cristãs nesses discursos e atitudes que lembram muito a preparação das fogueiras da inquisição.

Maceió, 10 de setembro de 2010

Pastora Odja Barros Santos – Presidente

Pastores/as batistas membros da Aliança

Pr. Joel Zeferino _ Igreja Batista Nazaré – Salvador-BA

Pr. Wellington Santos – Igreja Batista do Pinheiro – Maceió-AL

Pr. Paulo César – Igreja Batista Bultrins – Olinda –PE

Pr. Paulo Nascimento – Igreja Batista da Forene – Maceió-AL

Pr. Reginaldo José da Silva – Igreja Batista da Cidade evangélica dos órfãos – Bonança-PE

Pr. Waldir Martins Barbosa – Ig. Batista Esperança

Pr. Silvan dos Santos – Igreja Batista Pinheiros – São Lourenço da Mata- PE

Pr. Marcos Monteiro – Comunidade de Jesus – Feira de Santana – BA

Pr. João Carlos Silva de Araujo – Primeira Igreja Batista do Recreio

Pra. Marinilza dos Santos – Igreja Batista Pinheiros – São Lourenço da Mata- PE

Pr. Adriano Trajano – Chã Preta – AL

Pr. Pedro Virgilio da Silva Filho – Serrinha BA

Pr. Gilmar de Araújo Duarte – PIB Brás de Pina – RJ

Pr. Alessandro Rodrigues Rocha – SIB Petrópolis, Petrópolis RJ

Pr. Nilo Tavares Silva – Igreja:Batista em Praça do Carmo, Rio de Janeiro RJ

Pr.Luis Nascimento – Princeton, NJ – USA

Pr.Raimundo Barreto – USA

Captura de Tela 2016-09-25 às 13.40.33
25 - set 7

Se houver, apuração da PGR sobre Michel Temer nascerá morta

Ileso Da Redação O relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, Teori Zavascki, agora que o impeachment foi consolidado, encaminhou a Rodrigo Janot o pedido de investigações preliminares sobre a delação do ex-presidente da Transpetro, Sergio Machado. Ao PGR caberá decidir se avança ou não nas investigações. As duas denúncias feitas por Machado […]

cut25
23 - set 2

Centrais podem convocar greve geral para o 28 de outubro

Prévia aconteceu em todo o Brasil

 

188 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

JAN PIN

15/10/2010 - 16h37

Deus fez a vingança que eu acho que era necessária:
Durante evento no Piauí, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva agradeceu aos eleitores do Estado por não reelegerem parlamentares que votaram contra a prorrogação da CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira) no Congresso, em 2007. O presidente culpou a oposição pelo fim do imposto e atribuiu a decisão de acabar com a contribuição à ideia dos adversários de prejudicá-lo. "Quero agradecer a vocês, porque vocês derrotaram duas pessoas aqui neste Estado. […] Me tiraram R$ 120 bilhões da saúde pensando que iam me prejudicar. […] Prejudicaram o povo pobre desse país. […] Como Deus escreve certo por linhas tortas, Deus fez a vingança que eu acho que era necessária

Responder

JAN PIN

24/09/2010 - 16h56

Alô Terra!
O Brasil está em luto.
A preocupação com a carreira pública de Erenice.
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quarta-feira ao portal Terra que a ex-ministra da Casa Civil Erenice Guerra jogou fora a chance de ser "uma grande funcionária pública no país".
Ela pediu demissão da chefia da Casa Civil após denúncias de tráfico de influência envolvendo seus filhos Israel e Saulo. A empresa da qual eles são sócios teria intermediado contratos entre o governo e empresas privadas mediante o pagamento de propina.
"Se alguém acha que pode chegar aqui e se servir, sabe, cai do cavalo. Porque a pessoa pode me enganar um dia, pode me enganar, sabe, mas a pessoa não engana todo mundo* todo tempo. E quando acontece, a pessoa perde. O que aconteceu com a Erenice é que ela jogou fora uma chance extraordinária de ser uma grande funcionária pública deste país", disse Lula.
* Pode enganar até o dia em que a policia federal, o ministério publico, a impressa denuncie e a “ficha cair”.

Responder

CARLOS LOPES

24/09/2010 - 10h01

Em 2010 vote bem, pensando em sua família cristã nos próximos anos, para que pensamentos como o de
Lyndon Johnson não se aplique ao Brasil.
“Há um IDIOTA no poder, mas os que o elegeram estão bem
representados”. ( Lyndon Johnson )

Responder

JANSER OLIVEIRA

23/09/2010 - 08h53

Arnaldo Jabor: 23/09/2010
Lula não é um político – é um fenômeno religioso. De fé. Como as igrejas que caem, matam os fiéis e os que sobram continuam acreditando. Com um povo de analfabetos manipuláveis, Lula está criando uma igreja para o PT dirigir, emparedando instituições democráticas e poderes moderadores.

Os fatos são desmontados, os escândalos desidratados para caber nos interesses políticos da igreja lulista e seus coroinhas. Lula nos roubou o assunto. Vejam os jornais; todos os assuntos são dele, tudo converge para a verdade oficial do poder. Lula muda os fatos em ficção. Só nos resta a humilhante esperança de que a democracia prevaleça.

Responder

JANSER OLIVEIRA

23/09/2010 - 08h31

NOS JORNAIS 23/09/2010 :
Hélio Bicudo, fundador do PT, do alto do púlpito da praça, ornada com duas bandeiras do Brasil.
"Na certeza da impunidade (Lula), já não se preocupa mais nem mesmo em valorizar a honestidade. É constrangedor que o presidente não entenda que o seu cargo deve ser exercido em sua plenitude nas 24 horas do dia".

Responder

Carlos Lopes

22/09/2010 - 08h58

Dilma já é presidente no prieiro turno!
Como a senhora vê o crescimento da sua candidatura nas pesquisas?

O povo brasileiro sabe escolher, é a continuidade do governo Lula, e após as eleições nós vamos dessarmar o palanque e estender os braços aos nossos adversários, o candidato Serra está convidado a participar do meu governo, porque nesta eleição nem mesmo Cristo querendo, me tira essa vitória, as pesquisas comprovam o que eu estou dizendo, vou ganhar no primeiro turno.

Responder

    lia vinhas

    24/09/2010 - 23h51

    Já foi desmentido tudo isso, já se sabe que essa mensagem é falsa e que a Dilma não declarou nada disso e, no entanto, continua sendo divulgado neste site.
    Uma coisa é a liberdade de expressão, a transcrição das declarações desses traíras da esquerda, Bicudo e o próprio Dom Evaristo Arns, mas reproduzir declarações fajustas, montadas pela direita, aí já é inadmissível.

Carlos Lopes

22/09/2010 - 08h47

Bom Dia Brasil da Rede Globo
Marina Silva
“Precisamos evitar o desvio. Quase 5% do PIB desaparece em corrupção. Quero que o investimento em educação passe de 5% do PIB para 7%. Não é aumentar gasto, é aumentar o investimento, uma questão de prioridade”, afirmou.
Também uma pesquisa indicou que 21% dos eleitores nordestinos aceitam vender seu voto. Ou seja, aceitam a corrupção desde que seja em beneficio próprio.

Responder

JANSER OLIVEIRA

21/09/2010 - 10h27

Mais uma VITÓRIA DO LULA!
Centrais sindicais fazem ato contra a imprensa:
SÃO PAULO – Depois de o presidente Luiz Inácio Lula da Silva acusar a imprensa de agir como partido político, as centrais sindicais, alguns sindicatos, partidos governistas e movimentos sociais farão na quinta-feira o "Ato contra o golpismo midiático", em São Paulo. O convite para o evento, divulgado pelo PT, acusa a imprensa de "castrar o voto popular", "deslegitimizar as instituições" e destruir a democracia. E não faz menção explícita à onda de denúncias de corrupção que atingem a Casa Civil da Presidência.
JORNAL O GLOBO VEJA: http://oglobo.globo.com/

Responder

JANSER OLIVEIRA

21/09/2010 - 08h55

DISCURSO DA VITÓRIA DO PRESIDENTE LULA!
Retirado do Jornal Estadão
Presidente critica imprensa e diz que não precisa de formadores de opinião
18 de setembro de 2010 | 15h 16
Vocês sabem que tucano come até filhote no ninho. Quando o Mercadante se eleger governador, vou criar um Bolsa Família para os tucanos não passarem fome.
Nós não precisamos de formadores de opinião. Nós somos a opinião pública", afirmou.
Nós vamos derrotar alguns jornais e revistas que se comportam como partidos políticos.
Depois, por Lula: "Onde tá o Temer?". Quando eliminamos o showmício, reclamaram que não haveria mais comício no Brasil. Mas hoje os comícios se repetem porque o governo Lula é um show.

Responder

magnus brandão

21/09/2010 - 07h45

O povo gosta mesmo é de ser enganado.fica esperando a salvação.(por meio de GOVERNOS, IGRAJAS,ETC.)
quando o povo realmente ENCARA A VIDA DE FRENTE, VIVERAR MELHOR EM TODOS OS SENTIDOS.
Vida : a palavra já fala duto è para ser vivida.
Politicos, só vivem porque o povo vota neles.

Responder

    JANSER OLIVEIRA

    23/09/2010 - 08h51

    Arnaldo Jabor :Lula não é um político – é um fenômeno religioso. De fé. Como as igrejas que caem, matam os fiéis e os que sobram continuam acreditando. Com um povo de analfabetos manipuláveis, Lula está criando uma igreja para o PT dirigir, emparedando instituições democráticas e poderes moderadores.

    Os fatos são desmontados, os escândalos desidratados para caber nos interesses políticos da igreja lulista e seus coroinhas. Lula nos roubou o assunto. Vejam os jornais; todos os assuntos são dele, tudo converge para a verdade oficial do poder. Lula muda os fatos em ficção. Só nos resta a humilhante esperança de que a democracia prevaleça.

Geraldo

19/09/2010 - 16h30

Hoje fui à missa de domingo (19.09.2010 – 11:15) e tive a infelicidade de escutar o Padre MÁRCIO ALEXANDRE VIGNOLI (Igreja da Agronômica/São Luiz em Florianópolis/SC) fazer campanha contra a Dilma.
Na sua prática, conclamou os ouvintes a não votar contra aqueles que são a favor do aborto. Quem votasse em alguém a favor do aborto seria um pecador.
Em seu comentário da primeira leitura (Amós, 8,4-7), que trata de comerciantes que enganam os pobres, na qual consta "dominar os pobres com dinheiro e os humildes com um par de sandálias", acrescentou "BOLSAS". Uma clara referência ao Bolsa Família.
Támbém comentou sobre aqueles que querem passar a "lei da mordaça".

Coitado do Padre Márcio Vignoli. Perdeu um dizimista que colaborava com R$250,00 todo o mês para as obras da paróquia.

Responder

    luciana

    19/09/2010 - 17h37

    quem perdeu a oportunidade de ser dizimista e receber bençãos do céu é o senhor, pois o dízimo não é para o padre e sim pra Deus, está na Bíblia!!!!

    Jan Pin

    19/09/2010 - 18h34

    Ridiculo! Falar até do valor do dízimo! Talvés perdeu um Dilmista.

    obede

    20/09/2010 - 15h39

    Caro Geraldo,

    Não te desanimes nem se furte de amparar ao próximo. Saudações Cristãs!

    JANSER OLIVEIRA

    21/09/2010 - 11h55

    Caro Geraldo você foi muito infeliz no seu comentário.

Ivete C. da Rocha

19/09/2010 - 15h43

A manifestação da Aliança Batista me devolveu a visão que eu tinha dos Batistas, como progressistas e capazes de acompanhar os novos tempos que vivemos. Sou de Curitiba e conheço o Pastor Piragine, o qual me surpreendeu profundamente com seu pronunciamento, pois se trata de um conceituado pastor em sua Igreja. Manifestei minha imediata contrariedade a todos os amigos batistas, ante o absurdo pronunciamento do referido Pastor, que fere a nossa inteligência e consciência política. Só um cego não vê os avanços que tivemos no governo Lula. Só alguém que nunca viu antes a miséria e injustiças sociais desse País, a entrega dos bens públicos pelo governo FHC, alguém que não viveu os tempos da ditadura mais cruel, poderia falar os absurdos que o Pastor Piragine transmitiu a seus fiéis. Aos que acreditaram nessa fala, por favor acordem e procurem se informar da verdade, não deixem que façam lavagem cerebral e política em vocês!

Ivete

Responder

    juliana

    19/09/2010 - 17h41

    Jesus Cristo também foi julgado e crusificado por se manifestar contra as obras e idéias que vão contra a mente de Deus enquanto esteve neste mundo

Guimarães

19/09/2010 - 10h58

Estão confundindo Alhos com Bugalhos!!!!!!!!!!!!!!!!
Eles não são Batistas e sim Petista, pelas suas declarações, e como tal, o Forum de privilégios é o próprio PT, através
das suas inscrições como partidarios, dando cor as suas convicções politicas à nação Batista, e exercendo com sabedoria, junto ao seu povo, o ministério, que a êles foi dado pelo Todo Poderoso Rei de Israel.

Responder

franklin

19/09/2010 - 09h42

Sou Batista Tradicional e, como tal falo; Se tem Pessoas com POTENCIAL de maior ESTRAGO ao povo Brasileiro, estão justamente na chamada coligação DEMO/TUCANO/PPS. Falo invocando o PASSADO deles, eles já provaram do que são e não são CAPAZES.

Responder

severino

19/09/2010 - 00h56

Seria ótimo saber do posicionamento da CBB-Convenção Batista Brasileira e da Ordem de Pastores Batista do Brasil. Qual o pensamento da liderança evangélica brasileira sôbre esse fato político do momento? Mesmo porque, uma Igreja filiada à CBB está sendo citada na mídia.

Responder

Scan

18/09/2010 - 21h44

Estranhamente este site dos Batistas saiu do ar esta madrugada e até o momento não retornou…

Responder

    @joelzef

    19/09/2010 - 00h02

    Oi Scan!
    Nosso site está de pé: http://www.aliancadebatistas.com.br/page/

    Fique a vontade pra visitar e divulgar.

    Abraços,

    Joel Z.

    Scan

    19/09/2010 - 11h58

    Obrigado, Joel.
    Não conseguia acessar ontem. Hoje está normal.
    Um abraço.

Eunice F. Souza

18/09/2010 - 19h34

Para mim, as igrejas não se modernizam. Parece que eles estão tapados por uma viseira. Tem que tirar as escamas dos olhos e ver que somos as mesmas pessoas, mas nos modernizmos. O PT não é isso que esses evangélicos imaginam: demônios e outras coisas. Eles são iguais a nós, tão cidadãos como a gente. Não importa se é PT ou se seja quem for, a gente tem que votar no melhor. Igreja não tem que ficar dando palpite, nem ficar vendendo voto. Eu sou evangélica da Assembléia, mas não concordo com a posição deles.

Responder

    Antonio A. Barbosa

    24/09/2010 - 11h40

    A senhora se diz evangélica, será que estar ciente dos projetos que andam tramitando na câmara e senado favorecendo àquilo que é contrário as leis divinas. Como é que a igreja não tem que se importar com isto?
    Pois as pessoas que serão eleitas influenciarão na aprovação ou não destes projetos.
    Como a senhora acha que pessoas que não nenhum compromisso com a palavra de Deus, com a manutenção da moral, exercerão seus mandatos?
    Será que a senhora é mesmo evangelica?

Marcela Godoy

18/09/2010 - 19h28

Um discurso lúcido e necessário. Respeitador daqueles que amam a Deus e o temem, como eu, mas sabem diferenciar os caminhos. Foi escrito "a Cesar o que é de Cesar, a Deus o que é de Deus". Pois que assim o seja. Que resolvamos entre nós as diferenças e deixemos o sagrado como o sagrado deve permanecer: inefável.

Responder

Joabe Cavalcanti

18/09/2010 - 19h08

Caro Azenha,
Obrigado por ter postado aqui o manifesto dos pastores da Alianca Batista. Eu sou sacerdote anglicano e tambem ja' havia escrito algo contra esse famigerado video e postei em meu blog: http://pastorrabugento.blogspot.com/2010/09/diga-
Vibrei e muito quando vi a mensagem dos meus irmaos batistas.
Parabens a esses pastores pela coragem em desmascarar a inquidade do Pr Priagini.
Grande abraco,

Responder

    Scan

    18/09/2010 - 22h14

    Joabe, postei um comentário lá (fouche).
    Um abraço.

    JoabeCavalcanti

    19/09/2010 - 20h49

    Oi Fouche,
    Valeu o comentario. Obrigado.
    Um abraco,

JORGE RODRIGUES

18/09/2010 - 18h24

Ja coloquei um comentario mas parece que esqueceram de publicar,mas eu quero dizer que é uma vergonha igreja ficar defendendo partido politico,quer ser este ou aquele,nós da congregação cristã no brasil ensinamos que o reino que almejamos é aqule que Deus nos dará quando Cristo vier buscar a sua igreja,aprendemos que somos obrigados a votar para cumprir a lei,mas que não devemos ficar defendendo e nem falando mal deste partido ou daquele e muito menos ficar discutindo política,não é certo igreja ficar misturada com política e muito menos deixar políticos usar o pulpito para fazer a sua propaganda,o povo evangélico tem que pregar a palavra de Deus.

Responder

    jussara

    19/09/2010 - 00h07

    A Palavra de Deus não é uma coisa eterea deve estar alicerçada na vida, porisso é preciso sim ter posições políticas. Jesus foi morto na cruz porque enfrentou a política dos poderosos de sua época. Veio para mostrar que os pequenos tem mais valor no seu reino, que os poderosos que não exergam a trave no seu olho, mas enxergam um cisco no olho dos outros. Jesus foi subversivo e socialista, pregou um mundo fraterno e não poupou críticas aos hipocritas!

Marcia Sil

18/09/2010 - 16h44

Um texto lúcido…sem hipocrisias. Gostei muito e parabenizo a Aliança pelo posicionamento a FAVOR da verdade.

Responder

Marcia Sil

18/09/2010 - 16h32

Um texto lúcido…sem hipocrisias. Gostei muito e parabenizo a Aliança pelo posicionamento a fazer da verdade.

Responder

Cesar Silva

18/09/2010 - 15h43

Leiam, é bastante interessante: Médico, membro da PIB de Curitiba e o posicionamento do Pr. Paschoal Piragine sobre as eleições 2010 http://blogdoedvar.blogspot.com/search/label/Pol%

Responder

neidivaldo alvino

18/09/2010 - 15h37

o bandido chefe parsa as orden para seus comandados no outro dia as manchetes estao no ar

Responder

Marilde Vianello

18/09/2010 - 15h27

Caro Azenha,
Em tempo gostaria de poder relatar que começam a lavagem cerebral por parte de Pastores Evangélicos no sentido de denegrir. macular e levar os seus fiéis a não votar na candidata Dilma, onde afirmam que a candiadata é a favor de morte de criancinhas ainda não nascidas, que defende e liberará o aborto depois de eleita. È lamentável assistir a crueldade com que homens que vivem a impunhar a Bíblia diante de seus fiéis faltem com a verdade, diante daqueles que os consideram homens que levam verdadeiramente a palavra de Deus. Sinceramente este Deus sinceramente não existe.

Responder

Marcos

18/09/2010 - 15h09

Como cristão e evangelico, me sinto feliz em saber que tenho vários irmãos de fé que compartilham o mesmo pensamento, o que este pastor do vídeo falou é a pura verdade, o estado é laico, é uma pena ver este pastorizinhos que mal conhece as sagrada escrituras falar tantas bobeiras, nem se quer tem um curso teológico e tenta fazer terrorismo religioso,
Parabens aos irmãos batista pela iniciativa de esclarecer a safadeza da mídia demotucana, parabéns aos blogs que estão mostrando a cara da velha midia, parabens Azenha pelo espaço cedido, em suma, parabens a todos nós de ter o privilégios de participar desta discussão saudável

Responder

Roberto A.P.

18/09/2010 - 14h47

Todos os pastores de qualquer igreja, que tentarem fazer suas "ovelhas" votarem contra o governo, irão para o inferno e ferverão no caldeirão do capeta até ficarem bem passados. Cuidado, as ovelhas que votarem como eles pedem,também serão castigadas e não poderão mais participar da sessão de milagres ou melhoria financeira.

Responder

    Renato

    21/09/2010 - 15h39

    Cite fontes biblicas para isso.

ivan

18/09/2010 - 14h31

Apesar de não compartilhar de sua fé, devo dar os parabéns à Aliança Batista do Brasil. Um belo exemplo de como a diversidade de nosso povo não é inimiga de uma unidade em prol da melhoria social deste mesmo povo.

Responder

assalariado.

18/09/2010 - 12h24

- Aloisio,aqui esta o video resposta do Pr. Paulo Kazão ao Pr. Pascoal Piragine.
– Não concordo quando ele diz que,a tv Record não faz parte do PIG(Partido da Imprensa Golpista).

– Aqui vai: [youtube vYSFFGN5GO0 http://www.youtube.com/watch?v=vYSFFGN5GO0 youtube]

Responder

felix

18/09/2010 - 12h11

Sou protestante. O texto é bom. Mas vale ressaltar quem é a "Aliança Batista do Brasil" é diferente da "Convenção Batista do Brasil" ou da "Convenção Batista Nacional". A primeira, evidentemente ecumênica. A segunda conservadora e a terceira de influencias pentecostais e neo-pentecostais.

Então, embora a ABB possa estar resgatando a identidade social e ecumênica que a Igreja Batista histórica tem (Martim Luther King era reverendo Batista, como todos sabemos), nada tem a falar em nome das demais convenções Batista aqui no Brasil, uma vez que, como mesmo é dito no texto, essas convenções tem seus meios burocráticos para se posicionar como um todo.

No final, cada congregação local (paróquia) terá seu posicionamento próprio. É notório que grandes igrejas Batistas, pentecostais (CBN), apóiam o PT e a Dilma. Outras, da mesma convenção, o demonizam.

Responder

Marlda Oliveira

18/09/2010 - 12h06

Realmente Azenha, não podemos aceitar que qualquer religião,crença, ou mito religioso, interfira na política. O Brasil é um Estado Laico, as crenças religiosas devem respeitá-lo, assim como o respeito também a seu povo que a todos sempre recebeu de braços abertos; – e hoje vemos o absurdo da exploração destas religiões ao povo carente, além de tentarem formar os Estados dentro dos Estados. Tomei a liberdade de publicar sua tese em: http://protogenescontraacorrupcao.ning.com/profil
Saudações,
Marilda Oliveira
São Paulo-SP-Brasil

Responder

Fabio V Ferreira

18/09/2010 - 11h30

Pois é Azenha, o problema não é com os Batistas ou outra manifestação qualquer, cristã ou não, o problema é que o cara que se diz pastor, que anda fazendo essas manifestações contra o Lula e o PT e contra a Presidente Dilma, é que o sujeito é de Curitiba, reduto serrista, e uma dos lugares mais conservadores e direitista do Brasil. Eu digo isso por que conheço lá, sou de lá.

Curitibanos, tomem vergonha na cara.

Responder

    João

    18/09/2010 - 14h43

    Reduto serrista o cacete. Por incrível que te possa parecer, aqui Marina esta mui bem cotada e a Dilma não fica atraz. Você
    dá suas opiniões baseado em estereótipos divulgados pelo PIG. Informe-se melhor.

easonnascimento

18/09/2010 - 11h29

Em todos os segmentos da sociedade enas igreja evangélicas não é exceção o povo tem se manifestado isoladamente ou através de seus dirigentes. Acredito que algum pastor de alguma ramificação da igreja protestante ou não católica no Brasil, se posicione a favor do candidato tucano. Nada demais até aí. Agora partir pra deminizar o PT ou a candidatura Dilma, já é ultrapassar os limites do direito democrático que acredito não encontra respaldo na maioria da classe evangélica no Brasil. este tempo de tentarem fazer com Dilma o que tentaram com Lula não vai mais funcionar. O povo viu o governo Lula e o que diziam dele seus inimigos. Não cai mais nessa. Entendeu dona Monica Serra?
http://easonfn.wordpress.com

Responder

ValmontRS

18/09/2010 - 11h05

Se Jesus Cristo vivesse hoje entre os mortais, seria crucificado pelos fariseus que conspurcam os altares para fazer campanha sórdida em favor dos endinheirados.
Esses que se intitulam pastores, verdadeiros lobos em pele de cordeiro, deveriam ser expulsos da igreja.
Jesus defendeu os pobres, pregou a igualdade e a fraternidade entre todos os homens. Os novos fariseus do século XXI, que fazem campanha dentro dos templos, são porta-vozes da exclusão, falam em nome de uma elite canalha que deseja manter os pobres brasileiros escravizados na eterna miséria.
Parabéns à Igreja Batista por desmascarar os embusteiros e reafirmar o seu verdadeiro caráter cristão.

Responder

    juarez

    18/09/2010 - 14h55

    Esse sr.que usa o púlpito pra fazer campanha pro-serra,será que ele tem conhecimento,será que ele sabe comparar, nós usamos,nósso senso crítico, para estabelecer algum tipo de relação, entre tempo,entre éra,ou período,isso para nós é muito simples,é exercício de leitura,esses dias estava lendo,até fiquei orgulhoso,dizia a notícia que aqueles mocos e senhores,cheirando channel,que ditavam ordem e rumos no palácio do planalto,a muito tempo não vemos por aqui,mas o que parece que para alguns deixou saudades,acho que só para aqueles,que sofrem da síndrome do pudo abandonado.

    Renato

    21/09/2010 - 15h41

    Cite fontes bíblicas. Leia a bíblia, depois conversamos.

Aloysio

18/09/2010 - 11h03

Senhores administradores, bom dia

Postem o link para o vídeo resposta do Pastor Paulo Kazão ao Pr. Paschoal Piragine. Tentei e não consegui.

Responder

Aloysio

18/09/2010 - 11h02

Não consegui postar o link para o excelente vídeo resposta do Paulo Kazão, pastor do ministério internacional graça sobre graça, ao pastor serrista Paschoal Piragine. Vale a pena pesquisa-lo no youtube.

Responder

Lau

18/09/2010 - 10h29

É outra sociedade !

A velha mídia ainda não se deu conta que o Brasil mudou, sua sociedade evoluiu !

Engraçado, ainda conheço muitas pessoas alienados… Mas com o tempo mudaram, igual eu mudei !

Responder

    JANSER OLIVEIRA

    21/09/2010 - 12h21

    DISCURSO DA VITÓRIA DO PRESIDENTE LULA!
    Retirado do Jornal Estadão
    sociedade evoluiu! Lula é a midia!
    Presidente critica imprensa e diz que não precisa de formadores de opinião
    18 de setembro de 2010 | 15h 16
    Vocês sabem que tucano come até filhote no ninho. Quando o Mercadante se eleger governador, vou criar um Bolsa Família para os tucanos não passarem fome.
    Nós não precisamos de formadores de opinião. Nós somos a opinião pública", afirmou.
    Nós vamos derrotar alguns jornais e revistas que se comportam como partidos políticos.
    Depois, por Lula: "Onde tá o Temer?". Quando eliminamos o showmício, reclamaram que não haveria mais comício no Brasil. Mas hoje os comícios se repetem porque o governo Lula é um show.

sergio

18/09/2010 - 10h20

Parabenizo a Aliança de Batistas do Brasil que de maneira sensata se posiciona diante de tanto oportunismo.

E que a paz de Cristo nos guie neste importante momento de consolidação dos direitos democráticos desta maravilhoe e profundamente injusto país chamado Brasil

Responder

@zeroka21

18/09/2010 - 10h16

Parabéns aos religiosos que firmaram o documento acima. Essa deve ser a posição de um cristão tolerante e não fanático como os mulçumanos que perseguem, em nome da religião, quem pensa diferente deles. Basta de intolerãncia religiosa!

Responder

Eli

18/09/2010 - 09h52

As igrejas protestantes chamadas históricas, como a Batista, Presbiteriana e Luterana são bem progressistas, se comparadas com as chamadas pentecostais e mais ainda se comparadas com as neo pentecostais, que pregam as tais "doutrinas de prosperidade". Parabéns aos Batistas.
Deus se manifestou a bastante tempo contra a injustiça social, através do profeta Isaias, quando este disse: "Ai de vós, que ajuntai casa a casa e campo a campo, até que não haja mais lugar e sejais os únicos proprietários da terra".

Responder

    Renato

    21/09/2010 - 15h42

    Versículo isolado e sem contexto histórico, cuidado para usar a bíblia com intuitos socialistas.

Preto Velho

18/09/2010 - 09h37

Embora o documento condene a utilização da Igreja como curral eleitoral, eu noto o nosso "ideário petista" nela. Para mim, deu a impressão de que a Aliança Batista se declara com a Dilma.

Menos mal, pelo menos não escolheram o "Anti-Lula" (mistura de Anticristo com Carlos Lacerda).

Mesmo assim, acho que congregações religiosas deveriam estimular os fiéis a entenderem o mundo, e não a votarem nesse ou naquele candidato. Li um folheto da CNBB e não notei nenhuma tendência a votar no Anti-Lula. Apenas vi uma discussão historicamente próxima do que a CNBB prega, em especial a questão da terra.

Nesta carta, acho que há uma defesa do PT. Embora digam coisas certas (como as conquistas sociais e econômicas), a Aliança deveria na minha opinião se limitar a incitar o fiel a pensar (assim como se faz num "culto racional"), e a "vigiar e orar". Esta seria a parte do "vigiar", pois nenhum cristão (eu incluso) pode se alijar do que está acontecendo com o mundo antes da vinda do Senhor.

Responder

Corações e Mentes

18/09/2010 - 09h34

Parabéns Azenha,pela publicação desse texto.Eu sou ateu,mas fiquei muito feliz com a lucidez da Aliança dos Batistas.Esses são cristãos que se propoem a pensar as questões dentro do ambiente democráticoque desejamos para o nosso país.Por outro lado ,aquele pastor piragine,de Curitiba, está apenas "vomitando LÚCIFER", numa atitude nada evangélica.Espero que esse tipo de igreja,com i minusculo,se esvazie.Eu,pelo menos,nunca porei os meus pés lá.

Responder

Elton Ribeiro

18/09/2010 - 08h30

Muitos pastores evangelicos estão convencendo seus fieis a não votarem no PT pelo fato de o mesmo fazer apologia ao homossexualismo segundo estes pastores. Mas os mesmo esquecem que segundo as proprias palavras do Senhor
Jesus não serão leis humanas ou qualquer outro tipo de força que fará com que qualquer pessoa siga as leis cristãs, mas segundo jesus é pelo seu espirito, pelo seu amor, pelas suas palavras…

Responder

lucia

18/09/2010 - 04h03

Muito lúcido o pronunciamento da Aliança Batista. Embora seja agnóstica, assinaria esta carta. O Estado é e deve permanecer laico. A Constituição Brasileira garante a liberdade religiosa e um Estado laico, qualquer outra disposição fere à CF.
. Toda vez na história em que o Estado se vinculou com credos religiosos os resultados foram lamentáveis , aliás na atualidade vemos muitos exemplos onde a fé religios ou diferenças étnicasa levam a sectarismos, perseguições e genocídios. Viva o pluralismo, liberdade e ao sadio embate de ideias
´É sempre triste vermos o uso da fé para defender a manutenção de privilégios das elites e esmagar a esperança e a luta do povo por uma vida melhor.

Responder

Antonio Edemberg

18/09/2010 - 02h46

Só falta os ex – Batistas do Mackenzie aderirem, não é fácil!

Ahh! O AP do FHC fica logo ali perto!

Acho que é por isso que gosto dos bares da Maria Antonia!

Responder

    Bruno Ferreira

    18/09/2010 - 14h00

    Caro, você pode gostar até do inferno.

    Só não seja injusto com uma instituição como o Mackenzie. Não há ex-batistas. Há presbiterianos. Eu, inclusive.

    Portanto, mais respeito.

    PS: Sou eleitor da Dilma e acho que todo mundo tem o direito de optar pelo que quiser, correto? Sua ironia não é tão fina como pretendeu ser…

GustavoEgito

18/09/2010 - 02h35

Texto maravilhoso.

Preciso, honesto, esclarecedor, emocionante, libertário, Inspirador. Sobretudo uma demosntração de amor e atenção em relação às mudanças pelas quais vem passando sua terra e os seus semelhantes.

Produto de quem tem O SENHOR JESUS CRISTO, O DEUS VIVO, no coração.

P-A-R-A-B-É-N-S-!!!

Responder

Daniela

18/09/2010 - 01h48

Sou da Universal (podem me criticar por isso, mas nao estou nem ai). Temos pouco mais de 8 milhoes de membros. A Universal nao e dividida como a Assembleia e a Batista e outras denominacoes evangelicas e posso dizer que cerca de 90% dos membros eleitores, votarao em Dilma.

Responder

    Renato

    21/09/2010 - 15h44

    Claro, a universal e record foram muito ajudadas pelo governo, (PR é da universal). Azenha olha ai a tua chefe.

    CARLOS LOPES

    24/09/2010 - 17h02

    Daniela para voce precisar mais passar por esse constrangimento vem para a Igreja Batista.

priscila presotto

18/09/2010 - 01h02

Finalmente um texto lúcido,parabéns aos Batistas.

Responder

ANNA

18/09/2010 - 00h37

Parabéns a Aliança Batista por se posicionar!
pois realmente tenho ouvido "borburinhos" de amigos que dizem aqui e alí que algumas Igrejas ( principalmente essas da teologia da prosperidade) estão espalhando a mesma baboseira e terrorismo da campanha Collor de 89.

Que as demais denominações que se propõe à seriedade também se posicionem, defendendo a democracia e a liberdade de pensamento e expressão,para construirmos um país mais justo e fraterno, pois o povo dessa terra já cansou de sofrer nas mãos desses algozes que só troxeram miséria e violência para as pessoas mais simples.

Responder

Carlos de Santana

18/09/2010 - 00h31

Caro, Azenha. Espero que vc esteja atento ao que acabou de publicar. Este documento é histórico.Nunca na historia desde país os evangelicos se manifestaram desta forma. Apesar de toda invisibilidade que têem, apesar da omissão da midia em geral que os esconde muitos são éticos, possuidores de uma cultura diferencia, consumidores, geradores de uma economia propria e cidadãos. E é surpreendente, como a cultura midiatica reza num catecismo monolítico, unilateral como se o Estado brasileiro não fosse laico, ou possuidor de uma religião oficial.

A postura da mídia é excludente diaramente, omitindo os fazeres e refazeres do universo religioso evangelico, e suas mil e uma vertentes. Um exemplo: Um dia voce liga a televisão e ouve – " A CNBB se reuniu, decidiu isso, decidiu aquilo, e opinou sobre isso ou aquilo…". Esconde-se a diversidade religiosa de matriz reformista europeia, americana ou as não cristãs de matriz africana ou oriental. Se quisermos ter um país plurial, igualitário e democratico, multiplicidade religiosa tem que ser a pauta. Parabens, mais uma vez.

Responder

Edson

18/09/2010 - 00h30

Excelente exposição . . . . . . eu me alinho a isto, tanto no que se refere à fé, quanto à cidadania . . . . . .

Responder

Cesar Silva

18/09/2010 - 00h26

Outro excelente texto está aqui http://www.novosdialogos.com/artigo.asp?id=268

Responder

Fátima Carozzi

18/09/2010 - 00h20

É desumano o que estes padres e pastores fazem com os seus fieis. Depois chamam a Dilma de terrorista. Não foi ela que instaurou a Inquisição, ou foi?

Responder

    Jairo_Beraldo

    18/09/2010 - 11h11

    Isso daria uma bela primeira página na FSP, Veja ou Época.

IV Avatar

18/09/2010 - 00h01

Quem decide estas questões é o Congresso Nacional e não presidente A ou B
Ponto final.
Parabéns aos batistas pelo espírito democrático.
Dilma
Com amor pelo Brasil

Responder

Marat

18/09/2010 - 00h00

É disso que precisamos: gente séria, honesta e lúcida!

Responder

O JUIZ

17/09/2010 - 23h58

Intreressante que o "pastor" daquela "rica igreja", mencionaou que há um movimento ecumênico para combater o que ele, só ele, chama de iniquidade. Essa religião sempre combateu a Igreja Católica pela adoração aos seus "santos".
Agora se junta à mesma igreja Católica para Combater o LULA. Esse cara não sabe nem o que fala. Usou o "altar" pra fazer propaganda política e se deu mal. Condenado! Sentença Proferida!

Responder

O JUIZ

17/09/2010 - 23h50

Fico deslumbrado com a reação do povo Batista Brasileiro. Dignidade !
Assisti o vídeo no Youtube do homem que se intitula "pastor", e dirige aquela comunidade onde congrega a "massa cheirosa" dos batistas da Capital Paranaense. Disse o referido lider, que em 30 anos de ministério nunca havia tomado uma posição política. Pois conseguiu um poucos minuitos jogar no lixo esses 30 anos em que, pelo visto, não aprendeu nada.Repugnante. Elite pôdre. colheu os frutos da discriminação, dentro de sua própria denominação. Deveriam "exonerar" essa cara, e mandar que se retratasse ao Povo Brasileiro. Pastor politiqueiro. Sentença Proferida!

Responder

leandro

17/09/2010 - 23h33

em porto seguro na bahia os evangelicos apoiam dilma rouseff para presidente.

Responder

    mess

    18/09/2010 - 01h22

    Sou evangélico a 30 anos e com muita convicção voto no PT há muito tempo.Eu, como milhares de evangélicos país afora, vão votar em Dilma 13, primeira presidenta do Brasil! Parabéns a meus irmãos batistas pela declaração de apoio a Dilma.

Ricardo Figueira

17/09/2010 - 23h19

Postura digna da igreja Batista. Não aguento mais o Ratzinger e sua igreja reacionaria e cheia de preconceitos e de padres pedófilos. A partidária da Rede Vida e seus padres pregando o voto no Serra, aquele que vai salvar os valores da família cristã segundo aquela coisa de Guarulhos.

Responder

    Maria da Glória

    18/09/2010 - 10h55

    Colega, deixe o Papa em paz e a Igreja Católica, também. Você não viu aqui nenhum católico atacando a crença de quem quer que seja. Eles (o Papa e a Igreja ) são problema exclusivo de nós católicos. Faça a sua parte e deixe a nossa que nós fazemos, se vocês nos permitirem. Ou será que ser católico agora é proibido?

    JANSER OLIVEIRA

    22/09/2010 - 08h29

    Quem é a Rede Vida diante da diante a potente TV Record do Edi M. que está apoiando a Dilma ?

ruypenalva

17/09/2010 - 23h17

O único Pastor que não gosta da Dilma é o Pastor Alemão

Responder

El Cid

17/09/2010 - 22h58

… aos bispos de Guarulhos e Taubaté: reflitam bem sobre a "missão profética" daquele que é batizado na Igreja Católica, assim como eu faço parte dela !!

Responder

Sérgio Vianna

17/09/2010 - 22h58

O texto da Aliança de Batistas do Brasil é alvissareiro.
Trata o tema, polêmico, com muita sabedoria, urbanidade e decência. Com muito respeito pela democracia e baseando seus argumentos finais nos fatos reais do Brasil de Lula, comparando-o ao país de antes.
Mais uma demonstração de que ninguém deve temer o crescimento do país, o surgimento natural de milhões de brasileiros e brasileiras que passaram a exercer sua plena cidadania, sem medo de ser feliz.
Emociona-me o desprendimento e a coragem da Aliança de Batistas do Brasil nessa muito digna manifestação.

Responder

    ValmontRS

    18/09/2010 - 12h14

    "Não existe religião superior à verdade" e "a verdade liberta". Eis aí dois bons princípios a serem observados por todos, inclusive e principalmente pelos falsos pastores e pela imprensa farisaica deste país.
    Conspurcar os templos em nome da campanha sórdida dos demotucanos é atentar contra a própria religião.

rubem

17/09/2010 - 22h44

Parabens aos Batistas, o texto é muito elucidativo e equilibrado.
Espero que a Igreja Presbiteriana do Brasil, tenha tambem a nobre atitude, como presbiteriano que sou espero.

Responder

Mauro

17/09/2010 - 22h43

A Assembléia de Deus é o reduto que o Serra está utilizando para manipular o fanatismo religioso a favor de manobra politiqueira.
Pastores e dirigentes de diversas unidades têm vociferado contra a Dilma a mando da cúpula, da hierarquia superior.
Claro que não deve ser unanimidade entre as AD's. Mas já ouvi de mais de um frequentador sobre a direção que os líderes estão tomando.
Lembro sempre que a direita religiosa elegeu Bush contra Al Gore porque o Democrata era a favor do aborto. No entanto as guerras de Bush mataram tanto quanto os abortos.
Por isto recomendo aos irmãos evangélicos que não decidam seus votos por preconceito ou por diretiva de líder. Procurem pensar em termos de projetos: os que querem voltar ao que foi FHC fiquem com Serra e os que querem manter o Lulismo votem em Dilma. Não se deixem levar por caluniadores e oportunistas.

Responder

    mess

    18/09/2010 - 01h25

    Amigo Mauro, Sou membro da Assembléia de Deus e voto em Dilma. Sempre votei no presidente Lula. Assim como eu, muitos evangélicos assembleístas votaram em Dilma. Não será posições inconsequentes de alguns líderes evangélicos que vão influenciar o votos de milhares de evangélicos que sabem o que melhor para o País. E o melhor é Dilma presidenta.

    Renato

    21/09/2010 - 15h48

    Isso….Isso….Quando A essquerda biaxar uma lei fechando as igrejas, (O Anticristo virá da esquerda), espero que vo"^e esteja aqui pós arrebatamento

    Malcolm L

    18/09/2010 - 10h10

    Uma coisa que precisa ser entendida é que, como evangélico, ainda que um líder indique, ele não é obrigado a votar em A, B ou C, ate porque a Bíblia não diz isso. E a Bíblia ensina claramente a separação entre Igreja e Estado. Tanto no Antigo quanto no Novo Testamento.

    No Novo Testamento, quando Jesus fala sobre pagar impostos e diz que devemos "dar a César o que é de César e a Deus o que é de Deus". Nos tempos de Jesus, Israel vivia sobre domínio romano, com César como dirigente do país.

    No Atigo Testamento, o Rei Davi de Israel era o Chefe de Estado e de Governo, mas o Profeta Natã era quem cuidava dos assuntos espirituais. Se fosse para ser unido, Davi era tanto rei quanto sacerdote.

João Vieira

17/09/2010 - 22h36

Não sou batista, mas sou cristão, e antes de tudo, humanista e democrático. Parabéns pelo posicionamento, Aliança de Batista do Brasil, vocês merecem nosso respeito.

Responder

Maria Thereza

17/09/2010 - 22h31

Não tenho religião, mas o texto é perfeito, sintonizado com os interesses e necessidades do País e não de grupelhos arcaicos, autoritários e que se acham os donos da verdade. Parabéns à Aliança Batista e aos batistas em geral, por pertencerem a uma congregação tão respeitosa para com as diferenças. E parabéns ao Azenha pela divulgação do texto.
Alguém tem o vídeo do Lula em Juiz de Fora? Se tiver, pode postar? Estão comentando que foi uma apoteose.
Dilma 51% serra na casa dos 20% e caindo. Isso não tem preço.

Responder

    Ana Maria

    18/09/2010 - 10h56

    Acho que o Tijolaço tem pelo menos o áudio.

zeluiz

17/09/2010 - 22h23

O texto é muito lúcido e se contrapõe de forma magistral às idéias oportunistas daquele vídeo do pastor de Curitiba, o homem da iniquidade seletiva. Parabéns a esses pastores batistas. O texto serve para quem professa religião e até para quem não tem religião alguma. É uma aula de democracia e de respeito.

Responder

Marcio

17/09/2010 - 21h49

O Blog "Sou da Missionária" de Maringá, adotou a mesma atitude.

Responder

Leonardo Câmara

17/09/2010 - 21h47

Chega a impressionar pela lucidez.

Responder

Angélica Vieira

17/09/2010 - 21h33

PARABÉNS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! A Aliança. ÓTIMO artigo. Temos livre arbitrio como cristãos, significa dizer, q como cristãos, sabemos fazer escolhas seja na política ou qq outro setor.Além do maiso esta na CRFB, q o nosso país é laico.

Responder

Leonardo

17/09/2010 - 21h00

Meus parabéns à Aliança Batista. Professo outra religião, mas posso dizer que me senti representado, como cidadão brasileiro e cristão, na manifestação emanada pela referida instituição. Não conhecia a referida instituição, mas certamente passo a lhes ter no mais elevado apreço e consideração.

Responder

    mess

    18/09/2010 - 01h30

    Sou cristão evangélico , encho-me de orgulho saber que meus irmãos batistas tiveram a coragem de usar da verdade, da sinceridade e se contrapor a discursos alienados que não representam em hipótese nenhuma boa parcela de evangélicos conscientes que não se deixam manipular por depoimentos completamente fora da realidade. Depoimento que seguramente podemos dizer baseados em mentiras, manipulação. Atitude assim, se configura uma atitude anticristã , antibíblica, pois irmanam com as forças do mal que tanto tempo levou nosso país a miseria, a falta de políticas públicas, roubando de milhões a possibilidade de vida decente. Isso sim, é satânico.

Nilva

17/09/2010 - 19h41

Ótimo artigo, excelente esclarecimento. Parabéns !

Responder

Neves

17/09/2010 - 19h08

Surgiro que entrem no site da CNBB e leiam as notas a respeito das eleições. Datada de 16/09, a CNBB emite nota em que fica claro que somente alguns órgãos podem falar em nome da entidade, o que coloca em xeque a carta dos bispos de Guarulhos e Taubaté. Pesquisando um pouco no site, há uma nota de maio/09, na qual fala do PNDH-3. Mostra a trajetória do programa (PNDH (1996) PNDH-2 (2002), ambos do governo FHC e o PNDH-3 (2009)) e cita que há vários pontos positivos e negativos e que devemos ficar alertas para as votações no congresso. Vê-se que a CNBB não se coloca de maneira arbitrária contra o PT e sua candidata. Por isso, não devemos nos emprenhar por qualquer notícia que recebamos por e-mail.

Responder

    Paulo Hercules

    17/09/2010 - 22h43

    Fui no site e constatei a informação. Muito boa a pesquisa. Também recomendo.

monge scéptico

17/09/2010 - 18h47

sejam abençoados por comprenderem que tudo isso é só para ganhar napernada
sujeira do zé trambique

Responder

Marcus

17/09/2010 - 18h36

Azenha, obrigado por ir atrás desse assunto que considero mais importante que os pseudo-escândalos que estão pipocando dia e noite.

A Igreja, quer queira ou não, tem um ponto comum com nós, eles militam com afinco!

Responder

Marcus

17/09/2010 - 18h35

Caro Luiz AlphaPlus, esse texto está claramente se referindo, entre outras coisas, a esse vídeo.

É claro que não há uma unidade de pensamento entre eles e o texto deixa claro isso, mas demonstraram o repúdio oficial a tal utilização da posição de pastor e o texto também deixa claro que os que assinam estão comprometidos com as questões sociais.

CREIO SER NOSSO DEVER DIVULGAR ESSA CARTA!!!

Por ser extensa, retirei os principais trechos (inevitavelmente, sob meu ponto de vista) e enviei para os meus colegas e para pessoas que tem mania de repassar emails para meio milhão de pessoas.

Isso é democracia participativa ou pelo menos uma das formas de.

Abraços

Responder

madalena ames

17/09/2010 - 17h52

Parabéns pela iniciativa.Isso contrdiz aqueles e aquelas que afirmam q tds os evangélicos sao politicamente "tapados".Nao sou evangélica mas respeito a opção religiosa de cada um.O compromisso é de nós tds lutar por um país mais justo e solidário.Entregar o nosso Brasil aos neoliberais é entregar o povo brasileiro a barbarie.

Responder

@joelzef

17/09/2010 - 17h51

Olá Azenha,

A Aliança de Batistas do Brasil fica feliz pela oportunidade de que a nossa voz tenha se ouvido aqui. Acreditamos que é através da oportunidade de múltiplas vozes se manifestarem com igualdade de condições que construiremos a cada dia uma democracia de fato em nosso pais. Aproveito para anunciar que gravamos um singelo vídeo, onde o Pr. Marcos Monteiro fala em seu nome e em nome da Aliança, defendendo o direito de cada pessoa, evangélica ou não, de votar segundo sua consciência, levando em consideração o conjunto de valores humanos, e sobretudo, o compromisso com a justiça e a solidariedade. O vídeo está disponível em: http://www.facebook.com/home.php?#!/video/video.p… e aqui: http://www.youtube.com/watch?v=AHlMgc_P6HA
Abraços,
Joel Zeferino.

Responder

    El Cid

    17/09/2010 - 22h48

    … Caro Joel, sou católico, e vejo que nesta carta, a missão profética do cristãos é denunciar a injustiça e a inquidade !!

    E que impere as discordâncias, no intuito de crescermos… e condenemos a discórdia, plantada pelo PIG (Partido da Imprensa Golpista) e seus vassalos !!

    Abraços Ecunêmicos !!

    Selma Pessoa

    18/09/2010 - 00h56

    Sou batista histórica (Convenção Batista Brasileiro) e infelizmente tenho visto posicionamentos que diferem dos postados pela Aliança Batista do Brasil.
    Conheço há anos o pastor Marcos Monteiro ( um dos signatários deste documento) e reitero que conheço sua luta por um Cristianismo consequente que pressupõe o engajamento na luta por justiça e solidariedade. Recomendo, portanto, o vídeo!

    ValmontRS

    18/09/2010 - 11h57

    Não conhecia muito sobre a Igraja Batista e confesso a minha grande surpresa com o pronunciamento do Pr. Marcos Monteiro no vídeo http://www.youtube.com/watch?v=AHlMgc_P6HA

    Não sabia da existência de pregadores tão brilhantes e conscientes.

    Por mais que eu me esforce para não aceitar em mim preconceitos contra qualquer religião, admito que estive muito enganado em relação à Igreja Batista. Ela é muito melhor do que eu pensava.

    Agradeço pelos pronunciamentos aqui neste espaço, pois ajudaram-me a afastar a idéia errônea que eu fazia dos batistas. Vejo que existem mentes muito à frente das minhas próprias concepções nessa congregação religiosa e que aquele falso pastor de Curitiba não tem nada a ver com o pensamento predominante nas igrejas batistas.

Gilberto Rozzoline

17/09/2010 - 15h53

Azenha,
Sou Pastor Batista e embora não faça parte da Aliança Batista, fiquei orgulhoso ao ler a nota acima. Parabenizo vc por ceder este espaço e publicar esta nota. Infelizmente devo dizer que o Cristianismo falhou como religião e agora está falhando como civilização. Após a grande cisão oriente/ocidente e a união com o Imperio Romano, os cristãos perderam o rumo. Ao estudar o Novo Testamento atentamente observamos que os grandes inimigos do cristianismo sempre foram os próprios cristãos. tenho dito sempre: o cristianismo é maravilhoso; o que estraga o cristianismo são os crentes. Abraço.

Responder

    Ary

    17/09/2010 - 17h09

    Gilberto, sou católico e estou completamente feliz com o posicionamento da Aliança Batista, que reconhece que as políticas públicas sociais vão ao encontro do evangelho. Me envergonho de bispos católicos, como os bispos de Guarulhos e de Taubaté, que lembram mais aqueles bispos da idade média que mandavam nos reis e açoitavam o povo, que homens religiosos que deveriam ser evangelizadores. Porém tenho a certeza que há outros bispos, padres e pastores que também concordam conosco. O problema é que ainda não tiveram a coragem que a Aliança Batista teve. Quem sabe, que deste manifesto surjam outros?

    Ana Maria

    17/09/2010 - 22h54

    Ary, Neve escreveu:
    "Surgiro que entrem no site da CNBB e leiam as notas a respeito das eleições. Datada de 16/09, a CNBB emite nota em que fica claro que somente alguns órgãos podem falar em nome da entidade, o que coloca em xeque a carta dos bispos de Guarulhos e Taubaté. Pesquisando um pouco no site, há uma nota de maio/09, na qual fala do PNDH-3. Mostra a trajetória do programa (PNDH (1996) PNDH-2 (2002), ambos do governo FHC e o PNDH-3 (2009)) e cita que há vários pontos positivos e negativos e que devemos ficar alertas para as votações no congresso. Vê-se que a CNBB não se coloca de maneira arbitrária contra o PT e sua candidata. Por isso, não devemos nos emprenhar por qualquer notícia que recebamos por e-mail".

    ROSI SOUSA

    17/09/2010 - 18h21

    Gilberto,

    Sou agnóstica e respeitadora de todas as formas de expressão religiosa.
    Orgulho-me de pessoas que saibam ser éticas, inteligentes e preocupadas com o bem-estar de todos, tendo ou não uma religião definida.
    Você é uma dessas pessoas.

denise abramo

17/09/2010 - 15h47

ótimo texto e iniciativa.
sou batista (de pai, mãe, tudo) e não apoio dilma por me situar politicamente à sua esquerda (creio que pouco muda para os trabalhadores se o capitalismo é administrado por a, b ou c…), mas é muito bom que alguns velhos ranços tradicionalistas e reacionários sejam confrontados em nosso meio.
o infeliz vídeo do pastor da PIB curitiba é um exemplo do que há de mais atrasado entre nós, batistas. então a "iniquidade" está nos avanços dos direitos civis das minorias etc., e não nas desigualdades sociais que dilaceram nossa sociedade?…
abraços.

Responder

assalariado.

17/09/2010 - 15h41

O grande divisor de aguas entre os humanos,religiosos ou não,esteve e esta ligado diretamente a exploração de um ser pelo outro,em nome de possuir acumulos e riquezas através da exploração do trabalho alheio ou da sua fé religiosa.

Mas tentando ajudar neste debate que,de uma forma ou de outra,tem haver com fé e politica,sim,Jesus jamais foi um alienado social,como a maioria das religiões "cristãs" se propõe a pregar -(muito pelo contrário)-,Jesus sempre questionou,à sua época,a injustiça daqueles governos com relação aos humildes,não àtoa,Jesus optou pelos pobres,em detrimento dos ricos.Ontem como hoje a luta pelo poder reflete a luta de classes,onde uma fica subjulgada a outra,por isso,a existência de pobre e ricos,ou como queiram (capital x trabalho),assim sendo,que posição tomaria Jesus,neste momento de luta pelo poder,entre um projeto de governo com clara opção social,embora não mexendo na estrutura do capital,e portanto(a injustiça ira continuar),e um outro projeto com clara opção pelos donos das moedas?

Responder

elielfj

17/09/2010 - 15h15

Azenha

parabéns por repercutir esse olhar da Aliança
certamente não representa, muito lamentavelmente, a visão e a opinião, da maioria, reacionária, dos Batistas no Brasil
mas é uma voz que clama no deserto

Responder

Cicera Araujo

17/09/2010 - 15h00

Este pronunciamento deveria ser colocado pago na TV em horário nobre pra todo mundo tomar conhecimento e o povão começar a refletir sobre o assunto. Parabens… um grande exemplo desses Pastores.

Responder

    O JUIZ

    18/09/2010 - 22h26

    Bem lembrado amiga Cicera.
    Por mais que o Youtube tenha se encarregado de fazer o devido estrago, o próprio PT deveria usar isso.
    Seria uma bela lição, para aquele despreparado não mais utilizar o sagrado altar de uma igreja para fazer policagem suja contra um Presidente que redimiu seu País.
    Esse "cara" deve estar com saudade daqueles que dircurssavam em cima de tanques de guerra.
    Será julgado pelo Juiz maior. E devidamente sentenciado.

monge scéptico

17/09/2010 - 14h27

ai está o que é bom senso. parabéns!!

Responder

Marcos Santos

17/09/2010 - 13h58

Sou assembleiano e militante do movimento social. O documento dos Batistas é importante por mostrar o contraponto daqueles que querem mostrar que evangélicos só se preocupam com questões morais. Nós estamos preocupados com país, decidindo nossa posiçaõ a partir de pontos que envolvem a construção de outra sociedade mais justa, solidária e ecomicamente sustentável.

Responder

    mess

    18/09/2010 - 01h36

    Caro Marcos, também sou assembleiano, Como vc me também tenho preocupações com as coisa "do céu", mas me preocupo também com as "da terra". Sou politicamente engajado na luta por uma sociedade, justa , democratica e solidária. Estes são valores que se coadunam com os princípios do Evangelho de Nosso Jesus Cristo.
    Minha alegria é saber, caro Marcos, que não somos poucos, somos muitos no meio que evangélico que pensamos e agimos assim. Graça e Paz.

Luiz - AlphaPlus

17/09/2010 - 13h50

Azenha e amigos,
Vejam esse video publicado no Youtube há 2 semanas pela PIB Curitiba (Primeira Igreja Batista de Curitiba), localizada no bairro do Batel, um dos bairros mais nobres da capital paranaense.
http://www.youtube.com/watch?v=ILwU5GhY9MI

Neste video, o pastor é claro em aclamar que seus fiéis não votem no PT e em seus candidatos de coligação.
Essa posição é coerente porque o PSC, partido evangélico, está apoiando o PSDB.

Agora a igreja batista quer dizer que isso não é verdade?

Responder

    Marcelo

    17/09/2010 - 14h34

    Caro Luiz,
    Este video não representa o pensamento batista. É a posição de um pastor local, direcionado a sua igreja local. O que lamentamos é um formador de opinião, usar de inverdades, mentiras e preconceito como este pastor piragine fez. Agora, politicamente, esse cara é um psdb irrustido, elitista e demagogo. Como diz o texo dos batistas da aliança, por que não usou voz profética quando do regime militar, quando das grandes injustiças desse país etc… cá pra nós: é um babaca… posso dizer, porque sou batista e pastor.

    Francisco

    17/09/2010 - 15h40

    Marcelo,
    Se você é pastor eu tenho muito pena dos que congregam na sua Igreja.
    vc costuma chamar de babaca todos que discordam de vc?

    Morvan

    17/09/2010 - 22h16

    Acredito que não, Francisco. Pela postura do colega acima, parece que só àqueles que utilizam (errônea e covardemente) o nome da Congregação para praticar baixarias. Mas, de qualquer modo, eu reitero: ele, este "pastorzinho", é um grande babasque e mais coisas que eu não devo dizer aqui, por respeito ao espaço.

    Abraços,

    Morvan, Usuário Linux #433640

    Leider_Lincoln

    17/09/2010 - 23h44

    Acho que ele só chama de babaca os babacas, Francisco. E tipo assim, fica coelho…

    Scan

    18/09/2010 - 01h53

    Não, Francisco, provavelmente ele chama de babacas gente como você.

    @joelzef

    17/09/2010 - 17h37

    Olá Luiz,
    Só para esclarecer, não existe uma "igreja batista", o que existem são "igrejas batistas" já que o sistema é congregacional; elas se reúnem através de associações, que não as representam absolutamente, e só podem falar em nome dela quando autorizadas em assembléia geral. Aliás, existem várias associações de igrejas batistas no Brasil. Entre elas, a nossa, que é pequenina, reúne algumas poucas igrejas e algumas centenas de pessoas e entidades espalhados por todo o país. Nosso pronunciamento visou justamente explicitar que existem vozes divergentes. Ele tem a dele, nós temos a nossa. E é isso. Um grande abraço.

    claudio rodrigues

    17/09/2010 - 22h12

    Caro Luiz, o i. comentador não pode tomar o todo pela parte. Especialmente depois deste pronunciamento público de um grupo significativo de representantes da Igreja Batista.

Fernando José

17/09/2010 - 13h30

Caro Azenha,
Sou Católico de pai e mãe, pertencendo inclusive a alguns movimentos da Igreja Católica. No entanto, devo reconhecer que os Batistas estão, à nossa frente. E muito. A Igreja Católica está se esquecendo que Jesus Cristo veio a mundo e escolheu aqueles que formam hoje o povão para divulgar o seu evangelho. Fico chocado quando vejo padres da Igreja divulgando mensagens que desconstroem não só da imagem da Dilma mas do PT que é essencialemente Povo. "Descem a ripa" naquele que mais tirou gente da miséria conduzindo o País conforme interesses dos menos favorecidos.
Ou seja: agiu seguindo o que o próprio Cristo disse: "tudo o que fizeres ao mais humilde dos irmãos é a mim que o fazes…." Ou não?
Aborto e homosexualismo são questões da consciência de cada um. Não é problema de governo decidir ou impor comportamento das pessoas. Não é criminalizando aborto ou homosexuais que se resolvem problemas de consciência de cada um.
E tomar partido político…..? Aí já é demais…
1 Abraço

Responder

    Ana Maria

    17/09/2010 - 22h57

    Neve, escreveu:
    "Surgiro que entrem no site da CNBB e leiam as notas a respeito das eleições. Datada de 16/09, a CNBB emite nota em que fica claro que somente alguns órgãos podem falar em nome da entidade, o que coloca em xeque a carta dos bispos de Guarulhos e Taubaté. Pesquisando um pouco no site, há uma nota de maio/09, na qual fala do PNDH-3. Mostra a trajetória do programa (PNDH (1996) PNDH-2 (2002), ambos do governo FHC e o PNDH-3 (2009)) e cita que há vários pontos positivos e negativos e que devemos ficar alertas para as votações no congresso. Vê-se que a CNBB não se coloca de maneira arbitrária contra o PT e sua candidata. Por isso, não devemos nos emprenhar por qualquer notícia que recebamos por e-mail"

    Janser Oliveira

    21/09/2010 - 18h22

    Tudo bem catolico mas não entra muito de cabeça não porque os apostolos foram fieisa Jesus até na cruz! Já os políticos se tiverem que escolher entre o dinheiro e a cruz a coisa muda né ?

Ubiratan Rosa Passos

17/09/2010 - 13h24

Parabéns a Aliança Batista! Sou batista, minha igreja local não é filiada a Aliança Batista, mas, enfim, vejo que os batistas, nas sua maioria, estão dando bom exemplo do que é ser cristão, separando a Igreja do Senhor de debates políticos partidários, ainda mais se utilizando do púlpito para tomar posição e domonizar UM partido poítico (no caso, o PT). Vergonha!
Nós temos é que evangelizar, cumprindo o ide de Jesus. Os membros de uma igreja não podem ser submissos a cabresto de pastor. Que tal sairmos e pregarmos as Boas Novas do Senhor Jesus, expondo, com ética, as nossas convicções? Púlpito não é lugar disso!

Responder

juarez

17/09/2010 - 12h51

O que faremos com esses"teolítico"de púlpito,que tentam usar seus fiéis,como massa de manobra,fóra jim jones,cartão vermelho neles.

Responder

william porto

17/09/2010 - 12h37

Os batistas se posicionaram corretamente. Parabéns para eles. Agora, é necessário também os católicos, através da CNBB, se posicionarem contra a demonização pelo PIG e demais setores fascistas da candidatura de Dilma Rousseff.

Responder

Idemir

17/09/2010 - 12h35

Acho que essa atitude está soando com um pouco de medo por parte dos batistas, ou será que estão consentindo com tudo isso?
Não duvido mais de nada!

Responder

    Néia

    17/09/2010 - 15h46

    Fala a verdade! Você é a Regina Duarte usando pseudônimo de Idemir, né?
    Regininha, você não cansa de repetir sempre o mesmo discurso do medo do PT, medo do Lula, medo da Dilma…
    Porque nós teríamos medo? Não devemos nada a ninguém, não nos apropriamos daquilo que não nos pertence, não queremos sobrepujar as demais convicções religiosas.
    Um conselho: Tá com muito medo? Toma dois tranquilizantes no dia 3/10 e dorme o dia todo. Quando acordar, toma mais dois pra não ter que ouvir a festa do povo brasileiro.

danieldantas79

17/09/2010 - 12h30

Meus companheiros da ABB estão de parabéns pelo posicionamento. Um abraço Odja!

Responder

Urbano

17/09/2010 - 11h49

Sem ser da religião, mas conheço uns Batistas que repudiar o PT, o Presidente Lula e Dilma Rousseff é o esporte predileto deles. Chega a dar pena, até porque não é ideológico, muito longe disso, mas por puro preconceito chinfrim e extremamente idiotizado.

Responder

    william porto

    17/09/2010 - 14h12

    Você tem razão Urbano, li agora a nota da CNBB, apenas genderalidasdes, parece até discurso de tucanos. É a doutrina Ratzinger em ação.

    Morvan

    17/09/2010 - 22h21

    Willian, falando em Ratzinger, ele hoje cometeu mais um desatino: comparou os ateus aos nazistas. Nunca pensei ser chamado de nazista… Mas, vindo de alguém da juventude nazista, não admira mesmo…

    Morvan, Usuário Linux #433640

    JANSER OLIVEIRA

    21/09/2010 - 12h00

    Acho que o Ratzinger tentou dizer: Todo nazista é ateu(não acreditam em Deus certo ? ) mas nem todos os ateus são nazistas!

    JANSER OLIVEIRA

    21/09/2010 - 11h52

    Nossa Igreja Batista está dividida até mesmo por causa de um partido! Lamentável não ? Talvez seja mais facil aliar-se a um ateu! Tudo nessa vida precisa ter limites e o nosso "deveria" chamar Jesus Cristo.

francisco.latorre

17/09/2010 - 11h49

enquanto isso.. na igreja católica..

ordem unida seguindo as diretrizes de ratzinger-opusdei.

mesmo na 'esquerda católica' [ existe isso? ].. silêncio.

pior.. papinho furado oportunista-útil. via plínio. o palhaçoburguês.

decadência. terminal. fim dos tempos. tempos da ignorância. da tutela.

enfim.. não farão falta.

viva a liberdade. abaixo a ignorância.

..

Responder

    Ane Brasil

    19/09/2010 - 20h29

    RApaz, eu não sou católica faz muito tempo… tampouco sou freqüentadora assídua de igrejas… mas conheço sim, quadros de uma esquerda católica.
    uma minoria, é claro, mas ainda resiste viva a chama da Teologia da libertação.
    Não vamos nós cometer os mesmos erros daqueles a quem acusamos. ´
    Essa é uma época de ânimos inflamados, mas temos que manter a serenidade e ter muito cuidado.
    Sorte e saúde pra todos – menos para os falsos pastores

    francisco.latorre

    20/09/2010 - 11h37

    o que incomoda é esse silencio. ensurdecedor. e obsequioso.

    a provocação é essa mesmo.

    onde está a 'esquerda católica?.. porque cala e consente?..

    ..

    paz a todos.

    e poder. a todos. e a cada um. sem mediação sobrenatural.

    ..

Irani

17/09/2010 - 11h37

Parabéns a Instituição em se pronunciar, pois qualquer cristão sabe que o que aquele Pr está a apregoar não é e nunca foi compatível com o cristianismo. Ademais, está manchando a IB enquanto instituição religiosa, pois como bem firmou o texto, é proseltismo barato.

Responder

Francisco

17/09/2010 - 11h31

Impressionante como vocês falam e não se posicionam sobre nada.
Vamos ao que interessa:
1) a questão do aborto. Como fica? vamos defender a tese de quem é a favor?
2) a questão da homosexualidade. Como fica? vocês vão casamento de pessoas do mesmo gênero?
3) a corrupção do governo federal, estadual, distrital e municipal. ninguém vai falar nada?
4) a lei da mordaça? vamos ficar calados?
É sobre isso que temos que discutir. ou estou errado?

Responder

    rudi

    17/09/2010 - 11h49

    não que seja certo ou erra. mas pulpito de igreja é para falar de salvação, dar consolo aos necessitados. não de ideologia politicas. Deus ou seja lá qual for a sua denominação, não precisa de policitos Deus quer salvar pessoas, tirar elas do lamação.

    Joaõ Grillo

    17/09/2010 - 12h01

    MAS QUE DROGA DE MORDAÇA É ESSA QUE PERMITE TANTA BAIXARIA NAS TVS GOLPISTAS? PORQUE NÃO SUICIDAS? QUANTA BABOSEIRA E AINDA SE QUESTIONAM DO PORQUE DE TANTA REJEIÇÃO! ADEUS, CORJA!!!!!

    @GriloD

    17/09/2010 - 12h04

    1) Os religiosos terão a postura de acordo com a crença. E podem ou não aplicar a crença na hora de votar. E podem ou não manifestar sua opinião durante as votações.
    2) Não há intenção de projeto de lei obrigando pessoas a frequentar casamentos homossexuais. Quem quiser ir, vá, quem não quiser (ou for impedido por motivos religiosos, não vá.
    3) O texto é sobre o uso da igreja como curral eleitoral. Todos, religiosos ou não, devemos nos posicionar contra a corrupção, em todas as esferas, de todos os partidos. Menos os que concordam com ela.
    4) Não há lei da mordaça. Há a criminalização de um crime, que é a discriminação e incitação à discriminação. Ninguém será impedido de ter opinião nem de expressá-la, mas será impedido de negar direitos a pessoas por raça, origem, orientação sexual e também religiosa. Isto é constitucional, correto e necessário.
    Deve-se discutir o que se achar importante. No caso deste texto, discute-se a desinformação e a exploração política da fé.
    Abraços,
    Grilo D

    Antonio

    17/09/2010 - 12h11

    VOCÊ ESTÁ ERRADO SUJEITO. Quem tem que nos colocar se é contra ou a favor disso ou daquilo são os polítcos que concorrem aos cargos em entrevistas e debates. Serra não tem projeto (suas colocações de presidenciavel parecem o samba do criolo doido).Ele não debate nada. Ele só acusa. O PSDB – Partido da Sarjeta Do Brasil – não discute nada, ele só semeia inverdades e boatos, típico da estratégia norte-americana de dominação. Tem ignorantes e menos avisados que caem na história a cada 4 anos. Mas os mais ignorantes não vão cair mais nessa história, pois essa direita subterrânea, de esgoto, corrupta, safada e entreguista está em estado terminal, como seu maior ícone, o Zé Pedágio.

    Francisco

    17/09/2010 - 15h17

    Antônio, Obrigado pela sua resposta.
    Mas veja, o político tem suas idéias e propostas. Se vc vota em um político que defende o aborto, vc está concordando com ele.
    Você está dizendo que nos últimos 4 anos os ignorante e menos avisado cairam na história do Lula?
    Quando vc chama de direita subterrânea, de esgoto, corrupta, safada você tá falando do Sarney, Collor, Jader Barbalho e Renam Calheiros? Ou será que tem alguem que é mais de direitas dos que os novos/velhos companheiros de Lulla?

    Rios

    17/09/2010 - 12h31

    Debater sim… e não dizer que a Dilma é assassina de criancinhas. isso é debate?

    Lucia Fernandes

    17/09/2010 - 12h39

    Parabens. Lamentavelmente é isso que vemos dentro da famosa "onda lulista", tal e qual os ratos do flautista de Hamleim vão atrás mas não sabe nem aonde estão indo…

    Renato

    17/09/2010 - 20h44

    que onda lulista, voce não entendeu???????

    El Cid

    17/09/2010 - 22h56

    Lacerdinha, cadê você ?? traz o seu chá pra essa trollana !! que nervosinha…

    Valdemir Sulz

    17/09/2010 - 12h50

    Ei Francisco, estamos numa democracia, o governo deve ser laico para o bem de todos. O aborto é uma questão de saúde pública, não um assunto religioso. A lei da mordaça para os homossexuais pode? Por quê não direitos iguais para todos, num país que não vive sob um regime totalitário? Não esqueça, a igreja esta situada no Brasil, ela não é o Brasil, então, a mesma liberdade que você advoga, é que outros grupos também advogam e não são menos importantes que seu grupo aos olhos de um governo que não governa para um ou outro grupo. Nos governos passados não tiveram corrupção? O governo do FHC foi o mais corrupto de toda a história e sobre os olhares complacente da grande mídia e não vi um clamor religioso contra. De montanhas de dinheiro em privatizações escuzas a compra de votos para aprovar a reeleição etc, etc, etc, tudo aceito numa boa. Ter uma religião e querer que ela seja tratada com respeito é compreencível, mas querer prevalecer sobre os demais querendo um governo tendêncioso é gravissimo!!!

    Francisco

    17/09/2010 - 15h10

    Valdemir,
    Permita discordar de você.
    O governo é laico só no discurso e quando é conveniente. Veja, pq na esplanada tem uma Cadetral católica? pq nas repartições públicas tem imagens? Pq a sociedade tem que restaurar e manter templos de diversas igrejas? e por ai vai.
    Aborto é uma questão de vida. É onde a vida começa.
    O que os homosexuais precisam é o mesmo que todo cidadão precisa. Todos temos que ter cidadania e não privilegios para quem quer que seja.
    Todo governo tem corrupção. A diferença é o tratamento que se dá ao assunto. Na era FHC tinha os seus corruptos e o Lula tem os mensaleiros e os sanquesugas (entre estes muitos evangélicos, lembra?)
    Ninguém quer um governo tendêncioso. Queremos um governo justo e honesto que respeite a vida e os cidadãos. Será que é pedir demais?

    Jan Pin

    19/09/2010 - 18h21

    Concordo com o Francisco: Calados, mudos e surdos. Sim para a omissão! Nunca vi tantos omissos juntos.

NELSON NISENBAUM

17/09/2010 - 11h27

Sou judeu, sempre admirei as posturas dos Batistas, e este texto é uma verdadeira iluminação. Meus sinceros agradecimentos aos autores e signatários, verdadeiros homens de D'us.

Responder

Olney Queiroz Assis

17/09/2010 - 10h38

Conheço vários batistas e sei que os compromissos deles se sustentam nos ensinamentos de Paulo, o apóstolo, e, por isso, compromissados com a liberdade (livre arbítrio) que os conduzem à principal virtude cristã: cáritas (amor desinteressado). A partir dessa virtude cristã, os batista estabelecem princípios que estão expressos no texto da Aliança (acima transcrito) e que vão AO econtro das propostas da candidata do PT (Dilma). Penso que os batistas (esses que conheço) precisam se manifestar ( de forma rigorosa e insofismável) no âmbito das suas igrejas. E que façam isso nesse próximo domingo. É o que espero dos meus amigos batistas.

Responder

Heber

17/09/2010 - 10h37

O cidadão medianamente informado sabe muito bem que em tempos de eleições o eleitor é bombardeado por mensagens que devem ser criteriosamente analisadas com a lupa do bem senso e da serenidade.
Oportunistas, impostores, aqueles mesmos que vendem lugar no paraíso, que encenam milagres na televisão, que “sobem no monte”, que vendem água do Rio Jordão, etc. etc, angariando com seus embustes vultosas quantias de milhares de fanáticos ou de ingênuos de boa fé, vêm agora dizer na rede mundial o que o eleitor deve fazer, e com a maior desfaçatez tentam induzir milhões de brasileiros a tomar determinada opção partidária.
Melhor fariam se deixassem seus púlpitos para aqueles que realmente têm uma mensagem que resgate conceitos e valores corroídos pela decadência dos dias atuais. É preciso dar um “basta” a esses tolos que se julgam donos da verdade.

Responder

pedravila

17/09/2010 - 10h35

Para saber quem esta apelando e só ver qual candidato trouxe um GURU Indiano.

Responder

Jorge Pimentel

17/09/2010 - 09h53

Bem faz a minha igreja que manifestou sua isenção e proibiu toda e qualquer manifestação político partidária dentros de nossas capelas e templos e assim está sendo, dedicamo-nos exclusivamente a celebração da palavra de DEUS, nós como igreja não temos enganjamento, simpatias, referências nem compromissos com nenhum patido político. Apenas recomendou-se que tenhamos responsabilidade de votar em candidatos com compromisso com a verdade, liberdade, progresso, assistência aos mais necessitados. Há seis anos passados um pastor da Assembléia de Deus, afirmou em rede nacional que se Lula assumisse a presidência implantaria o comunismo e fecharia todas as igrejas evangélicas, etc… Gostaria que este senhor tivesse a hombridade, de vir a público nos mostrar apenas uma única igreja que Lula tenha mandado fechar. Lamentavelmente a grande maioria das igrejas evangélicas, na confusão e ânsia de "puxar saco" de políticos esaqueceran dos ensinamentos constantes no livro de Tiago (por exemplo) e tornaram-se hipócritas e mentirosas. Por esta razão dou vivas e declaro meu eterno amor pela Igreja de Jesus Cristo dos Últimos Dias.

Responder

Jarde J. Souza

17/09/2010 - 09h15

"Enfim, a Aliança de Batistas do Brasil vem a público levantar o seu protesto contra o processo apelatório e discriminador que nos últimos dias tem associado o Partido dos Trabalhadores às forças da iniquidade. Lamentamos, sobretudo, a participação de líderes e igrejas cristãs nesses discursos e atitudes que lembram muito a preparação das fogueiras da inquisição."

É DESSA FORMA QUE AS COISAS ACONTECE!
A HISTÓRIA COMPROVA ISSO!
TODA VEZ QUE RELIGIÃO SE MISTURA COM POLITICA!
ESSE PASTORES AI SÃO OS VERDADEIROS CÃES QUE CRISTO CITOU NA BIBLIA!! APOSTO QUE DEVE TER ALGUM DEPUTADO DA OPOSIÇÃO OU MEMBRO OU PASTOR QUE QUER ENFIAR A MÃO NO DINHEIRO PUBLICO!!
HAMMMM CONHEÇO ESSA CAMBADA!!
QUE DEUS TENHA MISSERICORDIA DE NÓS!!

Responder

Marcelo

17/09/2010 - 09h15

Sou pastor batista, não filiado a essa aliança, porém, endosso em sua grande maioria o texto desse protesto e faço isso em nome de um dos mais caros principios batistas: a liberdade de expressão.

Responder

Marcia Costa

17/09/2010 - 09h03

Esses são cristãos. Aprenderam bem a lição e tem o meu respito e minha admiração.

Responder

Rômulo Vita Filho

17/09/2010 - 09h03

Maravilha de texto !!!, sou assumidamente ateu e parabenizo a Aliança de Batistas do Brasil por essa tomada de posição esclarecedora, ao mesmo tempo q denuncia e repudia esse complô partidário/ideológico/midiático levado a cabo por setores(uma minoria felizmente) inconformados com a derrota acachapante q se avizinha, do modelo político/econômico por eles defendidos.

Responder

    Benito

    17/09/2010 - 10h49

    Faço minhas as suas palavras, cara…

    Francisco

    17/09/2010 - 15h25

    Rômulo,

    O modelo olítico/econômico do Lula é o mesmo de todos os que lhe fazem oposição. Ou você acha que o Lula fez algo diferente? Lula ampliou os beneficios sociais, ajudou as classes menos favorecidas, mas manteve exatamente a política economica. Nunca na história deste pais os bancos ganharam tanto dinheiro, as empreiteiras ganharam tanto dinheiro, o governo foi tão endividado. O Lula fez muitas coisas boas, mas viveu um momento bom, estável e de crescimento. Se o Lula tivesse ouvido os economistas do PT a situação não seria essa que vivemos. E você sabe disso.

    Ana Dias

    17/09/2010 - 22h20

    O Lula viveu um momento bom? Estável?
    E a crise de 2008? você estava onde quando o mundo entrou em crise? Acorda, amigo!!!

Panambi

17/09/2010 - 09h02

Parabéns a eles!!!!

Responder

Maria Lucia

17/09/2010 - 09h01

A leitura desse documento nos enche de esperanças de vermos um Brasil melhor.
Parabéns aos Batistas!

Responder

Jairo_Beraldo

17/09/2010 - 08h51

Em contra partida, os pastores da Assembleia de Deus, seguem seu ritual de demonização de Dilma e do PT.

Responder

    dukrai

    17/09/2010 - 10h37

    não por acaso a igreja que Marina Cara de Pau é filiada

    Maria José Rêgo

    17/09/2010 - 21h35

    Pensei que a Marina fosse da Assembléia de Deus. Por falar em Marina li hoje que pediu para eleitores de Vitória-ES vatarem no 45. Mais tarde pediu desculpas. Não sei não, acho que a Marina está só cumprindo tabela nestas eleições.

    Maya

    17/09/2010 - 12h47

    Você não conhece a verdade ou age de má fé. O presidente da Convenção das Assembleias de Deus de Madureira, com mais de seis milhões de mebros, apoia Dilma (Manoel Ferreira). A Convenção de Missões, ou São Cristóvão, com dez milhões de membros, não se pronunciou a favor de nenhum candidato. Marina Silva é membro de uma Igreja Assembleia de Deus filiada à essa convenção. Muitos batistas se posicionam contra Dilma, sim, assim como muitos católicos, muitos assembleianos e outros, de várias denominações. Isso se chama consciência política! Glória a Deus por isso! Na Alemanha de Hitler, com esse mesmo discurso desta carta da "Aliança de Batistas", as igrejas se calaram com o mesmo argumento, fato do qual se arrependem até hoje. Omissão, diante do mal, é que é crime.

    Jairo_Beraldo

    17/09/2010 - 16h44

    Não tenho o hábito de afirmar o que não posso provar. Tenho um irmão que é da Assembleia Madureira. Tenho noção do que falo.

Érica Teixeira

17/09/2010 - 08h50

Excelente! Uma arejada no obscurantismo de algumas denominações evangélicas

Responder

Shirlei Petrorenzo

17/09/2010 - 08h22

Puxa até que enfim, alguém se manifestou!! Sou Batista também!!! Particularmente, afirmo, aos irmãos de outras igrejas que me bombardeiam todo dia com essas conversas: que não vivemos no Antigo Testamento escolhendo lideres para nossa nação como no livro bíblico Reis e Juizes.Afirmo para eles que as profecias que Jesus deixou foram: "O fim dos tempos chegará", Tempos horríveis" , e não é por causa dos votos de ninguém e sim por causa do pecado do mundo.( Evangelho Mateus 24:15) o fim dos tempos não é para quem vota nesse ou naquele partido politico, é para (segundo as escrituras) aos que ficarem na Grande tribulação, que segundo Jesus, os que creem nele e cumprem seus mandamentos, não participarão.Segundo os Evangelhos existem 2 vindas para acontecer uma delas para os tempos normais ,Ev.Mateus 24:38 até 44 como os de Noé (comiam,bebiam e casavam e nem perceberam) assim será a primeira vinda de Jesus. Os evangélicos confundem (propositadamente) a cabeça dos fiés para obterem votos aos partidos que eles apóiam,isso é crueldade. Parabéns, pela matéria!

Responder

Deixe uma resposta