VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Emir Sader: “No mínimo, está havendo manipulação na margem de erro”

28 de setembro de 2010 às 23h43

por Conceição Lemes

O Datafolha divulgou pesquisa nesta terça-feira pesquisa dizendo que Dilma Rousseff (PT) caiu três pontos percentuais em relação ao último levantamento, realizado em 21/22 de setembro. Neste, ela tinha 49%. No de hoje, 46%. O candidato José Serra (PSDB) manteve os 28% da semana passada. Já Marina Silva (PV) teria subido de 13% para 14%. Portanto, um ponto percentual.

Desde cedo, essa pesquisa, claro, está sob bombardeio intenso na internet. Conversamos sobre o assunto com o sociólogo político Emir Sader, professor da Universidade Federal Fluminense (UFF).

Viomundo – Como o senhor avalia as pesquisas divulgadas ao longo desta campanha?

Emir Sader – A evolução foi muito convergente. Começou com um recall forte da parte do Serra. Mas com preferências de votar na candidata do Lula. Então, era previsível que no decorrer da campanha houvesse transferência de intenção de voto do Serra para a Dilma. Foi o que aconteceu.

A Dilma está hoje na casa dos 50% e o Serra na, dos 25%  para baixo. Aparentemente a  grande intenção de votos que o Serra tinha no começo  era recall mesmo. Até porque, todos nós vimos, ele desmoronou. Tudo o que se propalava sobre o governo Serra foi por água abaixo. Ele está perdendo na capital e no estado no Estado de São Paulo.

Viomundo – O que achou da pesquisa do Datafolha de hoje?

Emir Sader – Anômala. Ela botou 3% a menos para a Dilma e 1% a mais para a Marina. Enquanto as pesquisas em geral dão 10% de vantagem para Dilma em relação à soma dos outros candidatos, o Datafolha deu 4%. Enquanto o Datafolha cogita o segundo turno, Sensus, Vox Populi e Ibope continuam jurando que vai dar Dilma no primeiro turno.

Viomundo – O Datafolha vai manter isso até o final?

Emir Sader – Não dá para saber. Afinal, não nos esqueçamos que a dona Judith Brito, executiva da Folha e presidente da Associação Nacional de Jornais (ANJ), disse que eles são um partido político. Mas é possível que o Datafolha tenha feito esta operação, veiculada hoje, depois faça o ajuste final, para não perder o pouco de credibilidade que ainda tem. Se chegar  à eleição com a diferença de 2% e resultado for 8%, 10% , vai pesar muito para o lado do Datafolha.

Viomundo – Qual o objetivo da operação de hoje?

Emir Sader — Tentar oxigenar o Serra. Só que não tem que bote vida  no Serra. Esse mesmo jogo aconteceu na véspera das prévias do PSDB.  O Datafolha aumentou 9 pontos percentuais  para o Serra na pesquisa divulgada naquela ocasião.

Viomundo – O Datafolha sai arranhado dessa campanha eleitoral?

Emir Sader — Acho que já saiu. Aconteceram duas coisas. Primeira, a Dilma subiu e o Datafolha resistiu ao máximo a reconhecer esse dado. Segunda, na véspera da convenção do PSDB, o Datafolha cravou uma subida de 9 pontos em favor de José Serra, sem que nada tivesse acontecido. Considerando os vínculos políticos, ideológicos e orgânicos que a Folha tem com o Serra, dá para desconfiar.

O mínimo que se pode dizer é que, na margem de erro, está havendo manipulação. Afora os critérios de pesquisa, como se é na rua, se é por telefone. O fato é que tem uns ajustes aí muito estranhos.

Aliás, o Datafolha questionava a veracidade das outras pesquisas e foi o Datafolha que tive de se ajustar aos outros. Tem muito mais coerência a evolução do Vox Populi e do Sensus. E o Ibope teve a grandeza de fazer autocrítica. De modo que eu acho que o Datafolha está muito mal na parada.

Viomundo — O que teremos na reta final?

Emir Sader – Lexotan (risos). Falando sério. Recomendaria calma. Quem está empenhado num candidato, intensificar o trabalho. Mas, sobretudo, tentar desmentir os boatos, as falsidades que andam espalhando por aí.

Nota do Viomundo: Amanhã publicaremos a segunda parte desta entrevista. O professor Emir Sader falará sobre Marina Silva (PV).

 

34 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Carlos

05/10/2010 - 13h02

O senhor Sader deveria pedir desculpas ao Datafolha, que foi quem se aproximou mais do resultado final do 1º turno…

Responder

    Lucio

    05/10/2010 - 13h21

    Marina é uma potência (como já ando lendo em alguns – agora antigos- combatentes da velha mídia ).A mídia nunca teeve nada a ve com isso. Aliás, estão procurando que teve a idéia da bater na mídia.Datafolha? Sempre esteve certo. Agora é mudar o discurso para agradar religiosos e classe média que adora a TV GLOBO. Falar mal dela? Nem pensar.

    Lucio

    05/10/2010 - 13h22

    Tudo igual. Tudo como sempre foi.

Josnei Di Carlo

30/09/2010 - 03h31

Quem disse que José Serra não pode ter sua Weslian, é o Datafolha.

Responder

VITAL PARAÍBA

29/09/2010 - 18h48

BOA NOITE, Azenha o que temos que fazer nestes três dias que ainda restam, é intensificar a campanha, são muitos boatos e mentiras espalhados pelo Brasil, participei de todas as campanhas de LULA para presidente, já vi e vivi de tudo, levei pedradas, fui expulso a base de pedradas para não fazer campanhas para LUla, ouvi tambem muitas mentiras sobre ele, mas confesso com sinceridade, NUNCA ANTES EM UM CAMPANHA VI TANTA MENTIRAS CONTRA UMA CANDIDATA OU CANDIDATO, o que temos que fazer é intensificar as visitas distribuir panfletos e jornais ficar atento nos sites de relacionamentos e postar respostas sobre os Boatos, é o que estou fazendo, voltei a ser MILITANTE DE NOVO COMO ERA NOS PRIMEIRAS CAMPANHAS DE LULA… vamos Mostrar que ao invés de desistimular eles nos "assanharam" e agora eles vão ter a nossa guerrida militancia que tantas vezes virou campanhas perdidas em favor de DILMA PRESIDENTE…

Responder

Elias São Paulo SP

29/09/2010 - 14h44

A sigla que Paulo Henrique Amorim criou: PIG = Partido da Imprensa Golpista serve também para Partido do Instituto Golpista.

Responder

sergio

29/09/2010 - 14h02

A Folha e seu instituto fajuto de pesquisas não tem mais nada a perder. Depois de tudo o que fizeram, tanto um quanto o outro, com fichas falsas, manipulações, omissões, mentiras, escandalização do nada, assassinatos de reputações, pesquisas fajutas … eles tem mais que continuar a insistir no erro. Pior seria tentar mudar o rumo em que estavam, pois ai as suspeitas passariam a não serem mais suspeitas. A má-fé ficaria comprovada, e ai não teriam argumentos. Agora quanto a errar, vão sempre alegar que talvez o metódo, sempre o metódo, não era tão bom e que podem corrigir. Às noticias fantasiosas sempre vão poder jogar nas costas do fonte, sempre o fonte, e por ai a fora. E os incautos continuarão a comprar estas porcarias.

Responder

Baixada Carioca

29/09/2010 - 13h24

Isso só significa dizer que a Globo, o Globo, a Folha e o Estadão acreditam que podem influenciar nas populações mais pobres. Então aguardem que vem mais datafolha por aí e não me supreenderia se dessem um substantivo crescimento para o tucano.

Responder

    Jairo_Beraldo

    29/09/2010 - 17h05

    E como o pobre, não le jornal, não ve telejornal,porque não tem tempo, vai dar em nada. Podem até dizer que Serra virou. Vão passar só mais vexames.

Veja a “derrota” simultânea de Dilma nos jornalões | Viomundo - O que você não vê na mídia

29/09/2010 - 10h18

[…] Ou seja, como dizem um leitor do Viomundo e o Emir Sader, parece mesmo que o Datafolha é a verdadeira bala de prata. Leia aqui o que Sader diz a respeito. […]

Responder

ruypenalva

29/09/2010 - 09h59

Está havendo manipulação da honestidade. Para um grupo editorial que ja teve credibilidade e bons e isentos jornalistas isso é lamentável, caberia uma ação do Ministério Público para ver se isso, não tenho dúvidas que foi, encomendado. Interessante que o Serra comentando as pesquisas em que Dilma caiu no DF disse: Não vejo problemas, pois existem pesquisas compradas. Será que essa em questão era uma das compradas a que Serra se referia?

Responder

afcervantes

29/09/2010 - 09h47

Olha eu acho que estas pesquisas da Datafolha pergunta para o eleitor o que ela quer ouvir, eu acho que o numero de entrevistas por "telefone" é na maior parte no reduto eleitoral do serra. Mas as urnas vão mostrar que a população do mocambo que foi para o sobrado é maior que os gatos pingados da casa grande.

Responder

Armando do Prado

29/09/2010 - 09h37

Claro que está havendo manipulação, alem de falta de caráter da CBN que soma a margem de erro para o Serra e Rubnei e tira a mesma margem de erro para a Dilma.
Dia 3 de outubro será o acerto das contas com esses falsários.

Responder

Remindo Sauim

29/09/2010 - 09h18

O Emir está corretíssimo, o Datafolha está manipulando a margem de erro, assim depois dos resultados finais do 1º turno e a Dilma eleita, vão dizer que estava tudo dentro desta margem. Eles sabem que não tem mais chance, mas o ódio é maior que o raciocínio.

Responder

Marat

29/09/2010 - 09h10

Precisamos criar o Trofeu PIG (anual?), com os seguintes quesitos:
1) Mentiras/Falácias – Hour concour – Veja (sempre);
2) Manipulação de dados – Folha e Datafolha;
3) Redações capciosas – Dora Kramer, Eliane Cantanhêde;
4) Sofismas – muitos e muitos jornalistas
5) Abuso de poder – Rede Globo
6) Embustes;
7) Defesa de interesses estadunidenses;
8) Lesa-pátria;
9) Falsidade ideológica;
10) Erros primários
Vamos criar o troféu?

Responder

    Bonifa

    29/09/2010 - 10h59

    Sofismas aí temos muitos candidatos, mas nenhum como o Waack. Embuste, com essa do Estadão, é ele sem dúvida. A desfesa de interesses fica com o Sardemberg, o homem é americanófilo até pendurado na forca. Lesa-pátria é o Mainard, que se escafedeu. Falsidade ideológica fica com o Mitre. Erros primários, com a Míriam.

    Jairo_Beraldo

    29/09/2010 - 16h59

    Merval Pereira é o maior deles. De um conduta "moral e ética" irretocável!

    Carlos

    29/09/2010 - 16h34

    E o de "Defensor do Código de Ética dos Jornalistas" (diplomados) fica com quem?

Carlos Carvalho

29/09/2010 - 08h44

Concordo com o Sader. O dataFolha é a bala de prata. Vai manter a idéia de segundo turno ate o dia das eleições. Mas para isso fazer sentido teria que ter esquema Proconsult, que parace ser inviável hoje. Mas no domingo quando sentir pela pesqusia de boca de urna que não deu resultado, vai anunciar a Dilma "como a primeira mulher a ser presidente do Brasil", para não ficar totalmente desacreditada enquanto instituto de pesquisa.

Responder

José Manoel

29/09/2010 - 08h43

AZENHA: O ESQUEMA É SIMPLES! O DATAFALHA PEGA AS MARGENS DE ERRO, ELEVA-AS A UMA MARGEM MAIOR E COLOCA O ZÉ CAIXÃO E A NEO SERINGUEIRA NAOLIMITE SUPERIOR E A DILMA NO LIMITE INFERIOR. VÊ SE NÃO FECHA A CONTA!!!!!

Responder

Julio Silveira

29/09/2010 - 08h35

Me desculpe professor mas até um leigo como eu já tinha cantado a pedra.
Eles vão tentar inflar a Marina. A globo já começou, hoje mesmo no bom dia????Brasil percebi aumento no tempo de exposição e uma apresentação da candidata onde ela aparece como conquistadora do titulo do campeonato brasileiro dando a volta ao gramado com a taça na mão.
A Dilma teve menos tempo até que o Plinio.
Essa é nossa rede maior de teve que prega a democracia, desafia até a lei na distribuição igual de tempo.
Dilma que se cuide no debate deles.

Responder

    Bonifa

    29/09/2010 - 11h04

    A Globo já tava inflando a Marina há um mês atrás, quando apresentou centenas de reportagens com queimadas por todo o Brasil. Quando chegava a hora de afinar as reportagens, a Marina já estava lá, a salvadora das matas.

    Jairo_Beraldo

    29/09/2010 - 17h02

    Eu não assisto a Globo. Mas soube que ela colocou o Paglia, fazendo papel de pagliaço, em um avião e fez reportagens no interior do país, mostrando tudo de ruim que tem por estes rincões. Acabou a série? Colou? Teve repercussão?

santel gomes

29/09/2010 - 08h27

Esse Datafolha é a preparação da fraude que haverá domingo e o Ibope de hoje dará consistência à fraude.

Responder

Robson Porto

29/09/2010 - 06h59

Dudu, você tem toda razão em relação à Marina. Vamos se ela realmente mostra personalidade própria ou se continuará fazendo o triste papel de Tiririca dos ricos…

Responder

    Bonifa

    29/09/2010 - 11h04

    Tiririca pode não parecer, mas merece respeito.

Márcia Aranha

29/09/2010 - 06h46

Pois é… E apenas corroborando com o pensamento central do Prof. Sader, a Folha, que é a mesma coisa que Datafolha, volta a fazer SPAM impresso…

No texto abaixo da manchete principal (prá variar um pouco, mais cacetada na Dilma…) o jornal afirma que uma das causas da queda (sic) de Dilma é a reação de grupos religiosos ao "fato" da candidata ser a favor do aborto…

Enquanto isso, Dra. Cureau continua querendo saber quem banca a Carta Capital…

Responder

RONALD

29/09/2010 - 01h31

CARAS(OS).
Li a um tempo atraz no I CHING….. o medo de sentir sede na beira do poço de água….
rapaz….preocupação de perder a eleição não deve ser principalmente nossa, eleitores do trio PTLULADILMA…
essa preocupação deve ser principalmente dos tucanos e do PIG que com certeza estão deseperados…..
nunca baichar a guarda….mas quem tem que entrar em neurose são eles e não nós…..
LULA E DILMA LÁ…..E NÓS AQUI…..VIGILANTES…FELIZES….E VENCEDORES

Responder

Maurício Gil

29/09/2010 - 01h12

Em seu blog, o Prof. Emir lembra de mais um empecilho nesta eleição: a complicação para o povão votar devido a grande quantidade de votações – a presidencial é a sexta da fila. Isso realmente causa muita confusão e muito voto anulado. As pessoas simples não sabem sequer a sequência da votação; nervosos, acabam apertando qualquer tecla. Sei de vários casos da eleição de 2006. Tenho um primo trabalhando para os tucanos que me confidenciou que eles estão apostando não só no crescimento das abstenções (pela exigência dos dois documentos) como também na dificuldade do povão votar devido a complexidade de nomes e cargos. A confusão irá ajudá-los: já que eles não têm votos, precisam tirar daqueles que os possuem.
Não vai ser fácil. Haja coração.

Responder

duducoutinho

29/09/2010 - 00h52

Esta havendo muito mais que isso…E vai ficar pior no debate. E só espero que tenhamos um domingo tranquilo, sem agressividade de eleitores, nem provocações babacas de "atentados contra liberdade de imprensa"

Azenha, o Alckmin hoje foi atacado 90% do tempo no debate, e quando tentou se defender não foi muito bem.

Temo pelo mesmo no debate presidencial. Só não sei como a população reagirá quando ver a Dilma sendo atacada por todos.

Para mim, dependendo do numero de pessoas que assistiram o debate(as 23:00 dava 20%) teremos segundo turno em São Paulo. Chato o Alckmin ter tanto tempo pra perguntar ao Mercadante e fugir, parece que o marqueteiro dele deve ter pedido pra só atacar na TV onde o Mercadante não pode responder na hora.

Marina vai dizer finalmente a que veio no ultimo debate. Ela não tem compromisso nenhum com a campanha de Dilma, sabemos e não a criticamos por isso, óbvio. Mas se ficar fazendo dobradinha com Serra pra tirar votos de Dilma, mostrará que ela é adepta do vale-tudo, que ela tanto criticou na campanha!

Responder

    Paulo

    29/09/2010 - 07h51

    O data folha foi o último a reconhecer o crescimento da Dilma, a ponto de processar o Vox Populis, entretanto está sendo o primeiro a dizer que Dilma está caindo.
    Não é estranho ?

    Sebastião Rodrigues

    29/09/2010 - 08h05

    Eu pergunto o que a Marina tem a ganhar com isto? Atacando a Dilma e favorecendo o Serra. Isto só a empurrará para o ostracismo. A não ser que ela queira voltar pra sua terra o Acre e candidatar uma vaga de vereadora na sua cidade (parece Xapuri). E a Firma NATURA terá sua imagem arranhada por patrocinar uma candidata desta que além de não ganhar ainda será píchada como traidora da nação. Porque votar nesta turma dos Tucanodemos é ser considerado traidor do povo brasileiro!

    Baixada Carioca

    29/09/2010 - 13h27

    O Plínio também tucanou. Minha preocupação também com o debate de quinta feira na Globo é com a performance da Dilma. Para mim ela não sabe debater. Estão muito presa às orientações dos marqueteiros e, se ela titubear como no debate da Record, Ali Kamel destrói a imagem da Dilma com uma edição cirúrgica para o Jornal Nacional do dia seguinte.

    Jairo_Beraldo

    29/09/2010 - 17h03

    Tanto que o Zé maria do PSTU está na frente dele nas intenções de votos em todas as pesquisas.

Deixe uma resposta