VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

Rogério Correia: “Lamaçal” da Samarco perdeu destaque para o furto de três escavadeiras

16 de janeiro de 2016 às 14h47

samarco-e-a-lama-da-semana-nao-esqueça-mariana-rogerio-correia-640x640

Rogério Correia, em sua página

Mais de dois meses após a maior tragédia ambiental da história brasileira, fatos importantes como os indiciamentos da mineradora Samarco e seus responsáveis; a apresentação à Justiça de um relatório incompleto; denúncias de morosidade apresentadas durante reunião de Comissão e o rompimento do dique construído para conter os rejeitos, formam o “lamaçal da semana”. Porém, perderam destaque na “grande mídia” para o furto de 3 equipamentos utilizados pela Prefeitura de Mariana para a limpeza da lama.

Vamos aos fatos.

No início da semana, terça-feira (12/01), mesmo após ter o prazo de entrega prorrogado, a Samarco apresentou um relatório incompleto à Justiça.

Chamado de Plano de Segurança, esse relatório foi exigido pela Comissão de Barragens e Ministério Público de Minas Gerais, e o mesmo deveria conter a previsão de consequências e medidas emergenciais concretas a serem adotadas em cada cenário. Em caso de novo desastre, a Samarco ficaria obrigada a executar o que estaria no papel.

No entanto, o estudo enviado pela Samarco não detalha quais medidas que seriam tomadas caso aconteçam novos rompimentos.

Já na quarta-feira, 13, mineradora Samarco, Vale e Vogbr são indiciadas pela Polícia Federal, além do diretor-presidente e 6 diretores, por: “tornar área, urbana ou rural, imprópria para ocupação humana”, “dificultar o uso público de praias”, “causar poluição hídrica” e “lançamento de resíduos em desacordo com as exigências estabelecidas”.  

Ainda na mesma quarta, durante reunião da Comissão de Barragens, realizada na ALMG, prefeitos, secretários e defensores públicos dos municípios atingidos foram unânimes na reclamação sobre a lentidão da mineradora em tomar providências concretas.

A demora na apresentação de uma proposta de reassentamento das vítimas que, até hoje, ainda se encontra em “fase de estudos”; o pequeno número de vítimas beneficiadas pelo cartão-auxílio, e o irrisório número de casas construídas foram algumas das reivindicações acrescentadas à principal: a morosidade da Samarco.

Outra questão apresentada pelo defensor público de Direitos Humanos em Mariana, Vladimir de Souza Rodrigues, foi o fato de se condicionar a Gestão de Riscos unicamente às mãos da própria mineradora.

“Não podemos deixar exclusivamente na mão da empresa a questão da Gestão de Riscos. Fizemos um levantamento e a maior reclamação dos moradores foi que no dia dessa épica tragédia, quando a barragem rompeu, não houve nenhum tipo de aviso, nenhum alarme. Isso é inaceitável. As vítimas só conseguiram se salvar porque  cada morador foi avisando ao outro”, declarou Vladimir.

E por fim, na quinta-feira, 14, uma forte chuva leva a culpa pela queda do dique construído pela Samarco para contenção de rejeitos da barragem.

Portanto, a lama continua escorrendo pela barragem de Santarém, desde o rompimento, ou seja, há mais de 70 dias.   

Leia também:

Mino Carta: Vazamentos da PF provam que a PF trabalha contra o governo

O livro da blogosfera em defesa da democracia - Golpe 16

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.

Compre agora online e receba na sua casa!

 

5 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Urbano

29/01/2016 - 14h58

A luta dantesca e eterna para se evitar, de todas as formas, o ultraje da honestidade…

Responder

FrancoAtirador

16/01/2016 - 16h54

.
.
Isso já está parecendo Sabotagem.
.
.

Responder

eduardo

16/01/2016 - 15h40

Poderia ser uma boa ideia ver esse povo do judiciario , da PF, MPF, PGR que adora prender, arrebentar , de pás e enxadas nas mãos construindo umas barreirinhas junto com os magnatas das empresas e da midia.

Responder

Deixe uma resposta