VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

Altamiro Borges: Fascista mirim de Temer embolsava R$ 14 mil mensais

09 de janeiro de 2017 às 10h43

Captura de Tela 2017-01-09 às 10.41.48

Temer exonera o seu jovem facínora

Por Altamiro Borges, em seu blog

O covil golpista de Michel Temer só reúne trastes da pior espécie — de bandidos profissionais, a abutres rentista, a fascistas convictos. Sete ministros já foram defecados — a maioria por denúncias de corrupção. Nesta sexta-feira (6), mais um traste caiu.

O Secretário Nacional de Juventude do governo ilegítimo, Bruno Júlio, “pediu demissão” após a repercussão de suas declarações facínoras ao jornalista Ilimar Franco, do jornal O Globo.

Questionado sobre a massacre no Presídio de Manaus, que resultou na morte de 56 pessoas, o jovem fascista disse que “tinha era que matar mais”. Nem o “fujão” Michel Temer, que se acovardou diante da barbárie, poderia sustentar tamanha escrotidão.

Na entrevista, o fascistóide disse que as mortes no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) foram positivas. “Eu sou meio coxinha sobre isso. Sou filho de polícia, né? Tinha era que matar mais. Tinha que fazer uma chacina por semana”.

Ele também rechaçou as críticas à chacina, feitas pela ONU e pelo Papa Francisco. “Isto me deixa triste. Olha a repercussão que esse negócio do presídio teve e ninguém está se importando com as meninas que foram mortas em Campinas. Os santinhos que estavam lá dentro, que estupraram e mataram: coitadinhos, oh, meu Deus, não fizeram nada! Para, gente! Esse politicamente correto que está virando o Brasil está ficando muito chato”.

Sobre a violência machista, o ex-secretário de juventude do Judas Michel Temer deve entender um bocado. Conforme relembra o blogueiro do jornal O Globo, “Bruno Júlio é investigado por agredir a sua mulher em Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Civil mineira, em outras duas investigações, ele foi acusado de lesão corporal pela ex-mulher e de assédio sexual por uma funcionária. A denúncia de agressão foi feita pela companheira do secretário em abril do ano passado na 1ª Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, em Belo Horizonte. Segundo a polícia, a vítima relatou que Bruno Júlio a puxou pelo cabelo e deu tapas em seu rosto”.

“Em outro caso, registrado como lesão corporal, Bruno Júlio é suspeito de agredir com socos, tapas, chutes e puxões de cabelo a mulher com quem tinha uma união estável em março de 2014. À época, ela ainda relatou à polícia que foi ameaçada com uma faca porque o então companheiro não aceitava o fim do relacionamento. Na ocasião, por meio de nota, ele confirmou que teve um relacionamento com a mulher, com quem teve uma filha… Em novembro de 2015, o secretário foi acusado de assédio sexual por uma funcionária. Na denúncia, a mulher contou que era ameaçada de demissão caso não saísse com ele”.

O fascista mirim perdeu o cargo — e o salário de R$ 13.974,20. Quantos outros facínoras ainda se locupletam no covil golpista?

Leia também:

A propaganda enganosa de Temer sobre a Previdência

O livro da blogosfera em defesa da democracia - Golpe 16

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.

Compre agora online e receba na sua casa!

 

5 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

antonio inacio de lima

13/01/2017 - 23h08

Bandido só conhece bandido. Como todos nós sabemos, o TRAÍRA, quando foi secretário de justiça São Paulo, sempre conviveu com eles e devido ao fato, sempre foi convicto em afirmar que conhece ” bandidos”. Vejam quem compõe o seu ministério.

Responder

Mauricio

09/01/2017 - 22h10

E depois os fascistas de plantão ficam bravos e fazem beicinho quando são acusados pela onda de ódio que varre o país e causa tragédias bizarras, de Campinas a Manaus. Ou terão a audácia de dizer que esse pedaço de excremento não é um coxinha fascista, se o próprio admite isso? Aliás, outro idiota também disse algo parecido, aquele Roger do “Fracasso a rigor”.

Responder

Mauricio

09/01/2017 - 20h33

Tem um safado do MBL (movimento dos boçais livres) que também arrumou uma boquinha nessa quadrilha que tomou o poder de assalto. E os incautos ainda acreditavam que os “meninos do MBL” estavam combatendo a corrupção….

Responder

FrancoAtirador

09/01/2017 - 12h03

.
.
‘Bandido Bom é Bandido Crucificado’

https://pbs.twimg.com/media/C1ux6fWWQAAbsrW.jpg
.
.

Responder

Paulo

09/01/2017 - 11h57

Dois Canalhas/Salafrários, legítimos Coxinhas.

Responder

Deixe uma resposta