VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

Acusado de abuso sexual foi eliminado do BBB e Bial diz que ele cometeu ‘infração’

16 de janeiro de 2012 às 21h00

Por: Conceição Oliveira, no twitter: @maria_fro

De acordo com o blog de Patrícia Kogut em O Globo.com, às 20:19: “O modelo Daniel, de 31 anos, acaba de ser eliminado da 12ª edição do “Big Brother Brasil”. A decisão foi tomada pela direção do programa no início da noite desta segunda-feira, 16, depois que a Polícia Civil esteve no Projac para investigar o possível abuso sexual cometido pelo participante na madrugada de domingo, 15.

A eliminação de Daniel será anunciada ao público logo mais, ao vivo.”

Pelo visto com a visita da polícia ao Projac Pedro Bial deve ter mudado sua opinião. Entretanto, não tenho dúvidas de que hoje a audiência do programa vai aumentar e mesmo com seus comentários infelizes, Bial e Boninho ficarão contentes com isso.

Gostaria de deixar algumas perguntas:

Se for confirmada a eliminação do participante Daniel do programa, qual será o caminho a ser tomado pelo MPRJ, acionado pela SPM?

Ministério da Justiça, Ministério das Comunicações, os ministros do STF e Congresso Nacional como vão agir diante de uma emissora (concessão pública) que transmite ao vivo cenas de ‘um possível abuso sexual’?

Nota do Viomundo (1): Ontem, segundo relatos, Pedro Bial referindo-se a Daniel e Monique disse que ‘o amor é lindo’. Hoje, Bial avisando que o participante Daniel havia sido eliminado disse que a ‘direção do programa’ analisou as cenas, verificou que houve ‘infração’  (sem explicar o que Daniel fez) e para encerrar com chave de ouro, disse: ‘o show tem de continuar!’ Incrível, cenas de um suposto estupro de vulnerável na visão da Globo é ‘infração’.  O que a Globo pensa sobre você, espectador(a)? (Conceição Oliveira)

Nota do Viomundo (2): Não deixem de ler nos comentários as respostas dadas por Xad Camomila às minhas duas questões. (Conceição Oliveira)

Nota do Viomundo (3): Alguns dos patrocinadores que financiam o BBB: Avon, FIAT, Guarana Antartica, Niely (cosméticos), Unilever (OMO) cerveja Devassa. As marcas aqui listadas constam como patrocinadoras oficiais do BBB no site oficial do programa. (Conceição Oliveira)

PS do Viomundo: A Avon informa, através de sua assessoria de imprensa, que é patrocinadora da Rede Globo, mas NÃO É patrocinadora do Big Brother Brasil.

O livro da blogosfera em defesa da democracia - Golpe 16

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.

Compre agora online e receba na sua casa!

09 - mai 5

Feministas reúnem-se com Líder do Governo na Câmara para discutir MP 557/2011

Em 10/05/2012, às 9H na Câmara dos Deputados – Gabinete de Arlindo Chinaglia (PT)

01 - mai 4

MPF ajuíza ação contra TV Globo para que produza e exiba campanha sobre Direitos da Mulher

Por Conceição Oliveira, no twitter:[email protected]_fro A quem pense que com o fim do BBB12 terminou também as acusações que esta edição do programa sofreu. Mas não é bem assim. Em 2010 a rede Globo exibiu um participante do BBB prestando um serviço de desinformação e inutilidade pública ao afirmar que ‘hetero não pegavava AIDS’. Naquele […]

 

242 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Valentina

19/03/2012 - 11h36

publiquei este artigo aqui e querai saber o que vcs acharam?
SESSÃO VI, LI, OUVI E NÃO GOSTEI:
"Uma Carta do Programa BBB11 relativo sobre o Caso do suposto estupro ao vivo"

Pois é, quem estranhou da Valentina ficar quietinha mediante este fato, acertou. Era só o luto pela Cadelinha Lana, agora dou o meu chute na cara destes irresponsáveis.
Quando eu vi a Reportagem sobre o assunto numa emissora concorrente, juro que quase não acreditei.

Abrindo algumas aspas:
"Ouvir um não, tem-se que ENTENDER como um NÃO".
"PERCEBER a incapacidade de raciocinar de alguém todo ser hum…Ver artigo inteiro http://longedechupinsviolentos.blogspot.com/2012/

Responder

@Tudodobbb2012

24/01/2012 - 17h28

Só quero ver como eles vão solucionar esse caso, já que ficou provado que não teve penetração. Mas uma roçadinha, isso aconteceu. E acho que ela se arrependeu…

Nos siga no Twitter e fique sabendo todas as notícias da casa mais vigiada do Brasil em tempo real.

Responder

O Chacal

19/01/2012 - 00h20

Joao Revolta on BBB[youtube -ikgjmLeaZ8 http://www.youtube.com/watch?v=-ikgjmLeaZ8 youtube]

Responder

Marcelo

18/01/2012 - 16h32

Vejo que as postagem sugerem um debate de interesse comum . Seria legal tornar esse debate mais dinamico , bastando marcar hora e local , para que os que aqui postam possam se manifestar por voz ( existem sites oferecem esse tipo serviço gratuitamente ) detalhes ficariam a combinar , é só uma sugestão . Abçs .

Responder

luiz

18/01/2012 - 15h37

Mandem o Molina analisar as imagens e talvez veremos o que se passou sob o edredon….

Responder

leandro

18/01/2012 - 15h27

Ontem a Dilma sancionou a lei que regulamenta aplicação de verbas para saúde com muitos pontos polêmicos e o povo aqui discutindo BBB12…………progressistas………

Responder

rodrigo.aft

18/01/2012 - 14h13

VIVA AS APARÊNCIAS!!!

—————————————————————————————————————-

Aparências 1 – O DESPERTAR DA FREIRA

Num convento de freiras, daqueles bem ortodoxos, a Madre Superiora levanta da cama e exclama:
– Que noite linda! Hoje estou tão feliz que vou até tratar bem as freiras!
Então ela sai do quarto e encontra uma freira no corredor:
– Bom dia, Irmã Josefa. Está com boa aparência. E que bela camisola está a tricotar!
– Obrigada, Madre. A senhora também está muito bem, mas parece que se levantou do lado errado da cama, não!?
A Madre não gostou nada do comentário, mas continuou.
Mais adiante, ela encontrou outra freira.
– Bom dia Irmã, Maria! Você parece muito bem! E seu bordado está ficando lindo! Parabéns!
– Obrigado, Madre. A senhora também está com bom aspecto. Mas vê-se que hoje se levantou do lado errado da cama!
A Madre Superiora ficou intrigada mas seguiu o seu caminho.
Porém, todas as freiras respondiam o mesmo. Assim, quando chegou à última freira já estava irritadíssima e resolveu tirar essa história a limpo.
– Bom dia, Irmã Leonor. Por favor, seja sincera. Eu estou com ar de quem se levantou hoje do lado errado da cama?
– Sim, Madre…
– E posso saber porquê?
– É que a senhora calçou as sandálias do Padre Antônio, Madre!
————————————————————————————————————

Aparências 2 – SER OU NÃO SER?

Nosso amigo Sunda está jogando aquela conversa mole pra cima de uma gostosa no barzinho.
A certa altura da conversa, ele dispara:
– Você aceitaria fazer amor comigo por um milhão de reais?
Depois de pensar alguns segundos, ela responde:
– Por um milhão, aceitaria sim!
– E por cinquenta reais?
– Escuta aqui – responde ela, indignada. – Você está pensando que sou alguma prostituta?!
E o Sunda:
– Isso você já me respondeu na pergunta anterior. Agora é uma questão de preço…
———————————————————————————————————–

Resumindo, tem gente q acredita em aparências.

Tem gente q acredita q as pessoas q se submetem a entrar num lixo como o bbb não são prostitutinhas e prostitutinhos, e q o michê por sua perfomace sensual e sexual já foi paga ao assinarem o contrato.
Essas pessoas, homens e mulheres, se submetem (e voluntariamente!!!) a serem tratados como OBJETOS para dar lucro e prazer mórbido aos espectadores, e assim são tratadas, tanto pela emissora (blargh!!!) como pelos telespectadores(?) (blargh!!!).

Tem gente q acredita q assistir a rede esgoto, e um de seus piores programas(?) não tem nada de mais.

Tem gente q acha q os "participantes desse lixo de bbb não vão passar por cima da própria dignidade para ganhar dinheiro, NEM Q TENHAM D MENTIR DESCARADAMENTE PELA GRANA.

E tem gente q perde tempo próprio e dos outros comentaristas com comentários totalmente inúteis e inconsequentes, ou seja, falar um MONTE para dar em NADA, SÓ PRA POSAR DE "ATIVISTA" JUNTO A OUTROS(AS) INTELECTUALÓIDES "MUDERNOSOS".

Responder

Geysa Guimarães

18/01/2012 - 13h18

Nem infração nem ejaculação, simplesmente ARMAÇÃO.
Só os muito cândidos podem acreditar que a Globo exiba um segundinho sequer de cena não previamente estabelecida.

Responder

Wildner Arcanjo

18/01/2012 - 12h43

Tenho uma pergunta a fazer, se durante o inquérito a fulana admite que foi consensual (por motivos diversos e do contrário improváveis) como fica?

Responder

Virose

18/01/2012 - 08h13

A SURUBA DO BIAL

O Bial é um sujeiro engraçado. Ele mesmo declarou que gostava de porcaria na televisão.
Vai Bial, promove logo uma suruba. Deixa bem claro que quem não quizer participar da suruba será eliminado/a.
Na suruba do Bial ninguém vai para fora por mal comportamento. Tem muita gente que vai usar os dedos, mas isso também vale. Providencia, Bial, um estoque de vaselina.

Bial, Bial, Bial. Eita bicho escroto!

Responder

JOSE DANTAS

18/01/2012 - 07h54

Eu acho até engraçado. As pessoas criticam a Globo, fazem e acontecem, porém não conseguem esconder que servem como pilares de sustentação daquilo que condenam.
A medida que batem na Globo, revelam detalhes que somente quem é escravo daquele monopólio informativo poderia ter conhecimento, como as cenas que rolam nas novelas, "das sete", aquela outra foi na "das oito", as próprias minúcias naquele antro que é o BBB e os comentários tendenciosos do ex-casal quarenta e cinco.
Pare com isso, pessoal! vamos procurar algo mais importante para fazer, como jogar um baralho, um dominó, um papo com aquela vizinha fofoqueira já dá um panorama do que acontece pelo mundo "das novelas" e dos BBBs (não é só o da Globo). Vamos tirar a Globo da agenda!

Responder

warner vanderlei

18/01/2012 - 07h22

Quem ouviu o audio do ato, pode perceber a nitida participação dos dois na copula.
Por outro lado , antes do presumido coito, houve o estupro da nossa moral familiar brasileria, com o explicito consumo de bebidas alcoolicas, o que por si so ja deveria tiar o escroto programa do ar.

Responder

O Chacal

17/01/2012 - 20h40

"O sábio discute idéias.
O comum discute fatos
O medíocre discute pessoas."
(Provérbio Chines)

BBB é pra quem discute pessoas!

Responder

    Xad Camomila

    17/01/2012 - 22h17

    NÃO. O programa é medíocre, mas o crime praticado naquele estúdio – presenciado por milhares de pessoas – e a desfaçatez da Globo diante de mais um caso (televisionado) de violência contra a mulher ultrapassa os limites da individualidade, da intimidade dos envolvidos (Daniel e Monique) e atinge toda a coletividade.
    Vale a discussão, os emails enviados aos patrocinadores, o inquérito policial (mesmo se a moça não apresentar a representação) e, principalmente, a prestação de contas exigida pelo MPF-SP, guardião institucional da República e dos direitos do povo brasileiro.

    rodrigo.aft

    18/01/2012 - 12h51

    CERTINHO, Chacal!

    as pessoas ficam fazendo onda para parecerem politicamente corretas pq dá cartaz de "esclarecidas", "ativistas", com outros inteleluctualóides e, principalmente, fazem onda com a rede globo, para, quem sabe, serem entrevistadas pela mesma, q é o sonho de consumo de muitos "progressistas", o famoso "JOGAR PRA GALERA", ou seja, essas pessoas não jogam pelo esporte, nem pelo time, mas só para os outros as verem "aparecer", para alcançar um degrau a mais de fama, para virar "personalidade" entre outros intelectualóides.

    se fosse (com a crueza da palavra) uma NEGUINHA pobre (criança ou adulta) q foi estuprada (DE VERDADE) por um bando de 3 ou 4 marginais, muito provavelmente infectados por aids, na periferia de qquer grande cidade (como ocorre com grande frequência), essas pessoas não estariam nem aí, FINGINDO DE MORTAS com a dor alheia, pq isso não dá 'STATUS" junto a outros intelecutualóides "progressistas" ou "de esquerda", MUITO MENOS EXISTE A CHANCE DE SEREM ENTREVISTAS PELA REDE GLOBO (como já falei, o sonho de consumo para quem só se mexe se tiver VISIBILIDADE), então elas não PERDEM TEMPO com isso,

    então, para essas pessoas, como é "MUDERNO" na comunidade virtual parecerem "preocupadézimas" com alguma causa "social", então vamos nos preocupar com as causas sociais q dão VISIBILIDADE, não para quem precisa de verdade, mas não dá status de "ativista", coisa de pessoas mUdernas, "ligadas com seu tempo e nas causas sociais".

    isso já vem desde meu tempo de centro acadêmico… a maioria do povo "cabeça", metido a intelectualóide, ligado a causas "de esquerda" ou "agendas progressistas", só ficava nos eventos, centros acadêmicos, shows ou assembléias no tempo de máxima exposição…

    preparar os eventos, fazer trabalho burocrático não visível, fazer a limpeza física, dar assistência a colegas (mesmo de outra tendência ideológica), fazer trabalho de campo de verdadeiro cunho social (q não tivesse FRUTOS POLÍTICOS ou STATUS junto a outros intelectualóides) não era com eles….

    vc pode ver aqui, nesse blog, e em outros "progressistas", qdo sai uma notícia sobre "gentinha miúda", que não envolva HOLOFOTES nem REDE ESGOTO, quase NENHUMA, repito quase NENHUMA dessas pessoas "ativistas" se dá ao trabalho de postar, ao menos, uma mensagem de solidariedade, muito menos perder tempo para ficar escrevendo 10 ou 20 comentários.

    sempre tinha uns TROUXAS (como eu e outros(as) verdadeiramente abnegados) para carregar o piano, fazer o trabalho "pesado e sem visibilidade", pois os "iluminados", "as estrelas" só apareciam qdo os holofotes eram ligados e sumiam assim q eram desligados… bem como nas festas, sejam da "patota", sejam políticas; esse povo SEMPRE aparecia um pouco depois da festa começar e saia um pouco antes da festa acabar (pra não ter o risco de alguém pedir ajuda no trabalho "braçal")… legaw, não?

    essa rede esgoto é um lixo, esse bbb é um lixo, as pessoas q se submetem a participar são um lixo e as pessoas q assistem são um lixo!
    o q se espera de um lugar q só tem lixo?
    as pilantrinhas (e pilantrihOs) q se propõe a participar sabem q vai rolar de tudo; qual a surpresa e o alvoroço agora???

    como já disse, o MICHÊ dos homens e mulheres já foi pago ao aceitarem entrar no programa, e não há inocentes nisso, nem quem organiza, nem quem se submete.

    pela falta de caráter das pessoas q entram num programa(?) como o bbb, se fosse para estuprar a mãe ou irmã de 13 anos, mas pagando bem, QUEM MAL TEM?
    e se pagar mais um pouco, vão a público dizer q ela, a mãe e a irmã "di menó" não foram abusadas coisa nenhuma, e as pessoas não viram o q viram, mas viram o q não deviam ter visto….
    entendeu? não? nem eu!
    mas como dinheiro e "fama" são corruptores dos humanos invertebrados (sem caráter, sem consciência, q rastejam pelo chão), nada q não fosse previsível: as pessoas se submetem e ainda justificam seu rastejamento…

    e ainda finge indignação para não dar bandeira de depravada pra conhecidos e a galera em geral…. simples! SIMPLES ASSIM!!!

    (depois q o leite ferveu e derramou, TODO MUNDO sabe dizer "ei, ei, o leite ferveu… precisamos fazer alguma coisa". Por q não mostrou TODA essa preocupação ANTES do leite ferver ou derramar? Afinal o bbb já está em cartaz SÓ há 12 anos. Haja cinismo e hipocrisia para aparecer a qquer custo…)

Mailson

17/01/2012 - 20h30

Estupro = infração. Que beleza!

Ameaçaram (ou prometeram uma boa grana?) a estuprada e ela está jurando que não foi estuprada.

Inicialmente ela disse que não se lembrava de nada, nem mesmo se tinha dormido com alguma roupa, pois fora dormir embriagada.

Agora ela já se lembra de tudo. É como disse o Bial: o dinheiro é lindo, ou melhor, o amor é lindo.

So falta a Playboy entrar na jogada. Ou seja, a estupradinha do BBB poderá ficar rica. Que zona!

Responder

O Chacal

17/01/2012 - 20h16

a mídia estimula a baixaria e o sexo,e depois se comporta como guardiã da moral e bons costumes?

Responder

Afinal, Ibope do BBB12 caiu ou subiu? | Maria Frô

17/01/2012 - 19h11

[…] Acusado de abuso sexual foi eliminado do BBB e Bial diz que ele cometeu ‘infração’ […]

Responder

Isenção

17/01/2012 - 19h09

Os patrocinadores são beneficiados com isenção fiscal? Quais são as isenções? Para jogar 103 milhões naquilo?

Responder

    Xad Camomila

    18/01/2012 - 13h59

    Isenção fiscal? Por que? O que tem a ver… tributo com patrocínio? Alguém falou disso?

JOSE DANTAS

17/01/2012 - 18h52

Na verdade qualquer um que caia fora significa menos um na disputa por aquela grana, não importa o motivo. Que bom seria se todos os estupros que acontecem pelo mundo a fora fossem naquelas circunstâncias.
A Globo vende aquilo que compram.
Se fosse possível mostrar um assassinato divulgado previamente, podem ter certeza que seria batido todos os recordes de audiência.

Responder

André

17/01/2012 - 17h09

"BBB12": Monique negou estupro em depoimento à polícia

A gaúcha Monique Amin, 23, negou ter sido estuprada por Daniel Echaniz, 31, no "Big Brother Brasil 12".

Em depoimento à polícia, os dois disseram que houve consentimento. Ela afirmou que estava consciente durante a troca de carícias e que não houve penetração. Cada um foi ouvido por cerca de uma hora e meia.

Monique estava acompanhada de quatro advogados; Daniel estava sozinho.

O delegado Antônio Ricardo, do 32º DP, Taquara, zona oeste do Rio, deu entrevista coletiva sobre o caso nesta terça-feira (17). A jovem assistiu à gravação dos 25 minutos em que ficou sob o edredon com Daniel para dizer o que aconteceu.

"Eles confirmaram que se tocaram debaixo dos cobertores, com consentimento dos dois. Mas se precisar vamos ouvi-los novamente", disse o delegado, que não descartou uma acareação.

Monique não quis fazer o exame de corpo de delito.

O delegado disse que pretende seguir investigando se Daniel a molestou quando Monique estava dormindo. "A linha de invetigação é se ela estava inconsciente", explicou o delegado.

Calcinha, endredon e sunga foram recolhidos pela polícia. O delegado pretende agora analisar o material, além do vídeo e dos depoimentos.

"Não posso fazer uma análise agora para não tomar uma decisão precipitada", disse.

Por ora, o delegado descartou a prisão de Daniel. "Não vamos falar em prisão agora."
http://f5.folha.uol.com.br/televisao/1035535-bbb1

XXXXXXXXXXXXXXXXXXX

"Em depoimento à polícia, os dois disseram que houve consentimento. Ela afirmou que estava consciente durante a troca de carícias e que não houve penetração. "

"Em depoimento à polícia, os dois disseram que houve consentimento. Ela afirmou que estava consciente durante a troca de carícias e que não houve penetração. "

O que houve de verdade foi parcialidade e falta de prudência, inclusive aqui nesse blog, por meio das feministas raivosas e apressadas.

Só saiu porque é NEGRO…

Responder

    JOSE DANTAS

    17/01/2012 - 18h59

    Acusação de estupro sem penetração é o caminho para o estupro por intenção. E se isso pega…

Yarus

17/01/2012 - 16h51

Divulgue:
Estamos enviando emails aos patrocinadores pedindo que deixem de patrocinar baixaria.
Enviem vocês também, quanto mais, melhor. Ao invés de só reclamar, vamos agir conforme podemos.
http://www.ambev.com.br/pt-br/a-ambev/canais-de-c
http://www.unilever.com.br/resource/faleconosco/i
http://www.niely.com.br/Contato.aspx
http://www.fiat.com.br/fale-com-a-fiat/
http://www.devassa.com.br/contato.php

Responder

Luci

17/01/2012 - 16h33

E o povo da Cracolãndia tomando cacetada, tiro, perseguição, opressão, enquanto isso na TV, com patrocinio de 103 milhões!!!!!!!!!!!!!! Esta empresas deveriam investir para resolver a questão social da Cracolândia. Investir milhões no BBB é incentivar vulgaridades e violação de direitos humanos.

Responder

Luci

17/01/2012 - 16h19

Pedro Bial peça para sair, seu tempo já passou.

Responder

Julio_De_Bem

17/01/2012 - 16h02

Que me de um negativo quem nunca transou com uma bebada. E quem nunca transou bebado \o/

Responder

pedro

17/01/2012 - 15h58

energético da Ambev não conheço não compro; Avon, lamentável que patrocine este programa e com estupro contra uma mulher, acho que a clientela dela na maioria é mulher, deveriam boicitar esta marca;
FIAT – Fui I ludido Agora é Tarde nunca foi tão certo o significado desta sigla; Guaraná Antarctica, este eu vou deixar de comprar, era preferido por minha família; Niely não conheço este produto mas deve ser uma merda como o programa que patrocinam e Unilever hoje mesmo já disse aqui em casa para ninguém comprar mais esta marca; Cerveja Devassa, a marca já diz tudo que se espera deste tipo de marca?, Fusion se for carro não posso fazer boicote por não ter dinheiro para comprá-lo; e Assollan nunca prestou é imitação; agora pergunto onde está O MINISTÉRIO PÚBLICO??O CONGRESSO NACIONAL????? e quanto ao estupro faz tempo que a globo estupra os cerébros dos brasileiros……

Responder

    VALTER

    17/01/2012 - 17h47

    Um dos apoiadores do amoral, vulgar e deseducador programa, o sabão OMO, anuncia porque apóia o tal programa: "PORQUE SE SUJAR FAZ BEM". Precisaria de um slogan mais adequado?

    Junior

    17/01/2012 - 23h07

    Rachei de rir com o seu comentário, principalmente da Assolan, ashusahusahusa…

    No mais, faz tempo que parei com refrigerantes, senão pararia de tomar Guarana Antarctica também… O resto nem sei o que é praticamente…

Luiz Moraes

17/01/2012 - 15h51

censura nos comentários? Os textos dos jornalistas são censurados? As imagens da Tv são censuradas? Vejo violência em níveis absurdos, temas repetidos exaustivamente para formar opinião etc. Onde está a censura?

Responder

Luiz Moraes

17/01/2012 - 15h49

Eu não assisto isso. O povo é muito, muito ignorante. Não é só esse programa, mas a fazenda também é ruim e os objetivos tanto da Globo quanto da Record é audiência. O que eles mostram? festas regadas a bebidas que o bispo condena em sua pregações, insinuações sexuais, exploração da beleza feminina – temas aos quais, os evangélicos sérios condenam e não assistem.

Responder

Pancho Villa

17/01/2012 - 14h58

Apesar de todas as evidências graves, não descarto, até a última hora, a possibilidade de que isso é mais um embuste publicitário.

Mesmo assim, resta saber se terão coragem de peitar um embuste publicitário desenhado com essas cores.

Responder

José Ruiz

17/01/2012 - 14h39

Reclame com os patrocinadores:: não seja cliente de quem estimula baixaria
http://www.ambev.com.br/pt-br/a-ambev/canais-de-chttp://www.unilever.com.br/resource/faleconosco/ihttp://www.niely.com.br/Contato.aspx http://www.fiat.com.br/fale-com-a-fiat/ http://www.devassa.com.br/contato.php

Texto copiado do comentário do M. Sky

Gostaria de saber qual é a posição da XXXXXXX em relação ao estupro que ocorreu no BBB logo após uma festa patrocinada por vocês.

Ademais, gostaria também de saber o que justifica a XXXXXXX continuar a patrocinar um programa como o BBB que foi conivente e omisso com o abuso sexual contra a participante, já que a produção do programa nada fez para impedir o abuso e nem mesmo tomou as medidas cabíveis depois dele, uma vez que somente com a intervenção da polícia é que começou a tratar do assunto com seriedade. Por que a produção do programa não levou a participante Monique para fazer um exame toxicológico e um exame de corpo delito logo após o ocorrido? Sei que essas perguntas não cabem à XXXXXXX responder, mas cabe à XXXXXXX justificar o porquê de continuar patrocinando um programa em que é conivente com esse tipo de acontecimento.

De minha parte a imagem da XXXXXXX restou muito prejudicada. E pelo que tenho lido pela internet, essa não é uma opinião isolada.

Responder

Marcelo Ramos

17/01/2012 - 14h30

Também acho que têm que ir bem mais devagar, segurar a onda mesmo, as pessoas que já estão até citando o código penal. Como bem comentou um dos presentes, a moça e o rapaz se embebedaram até as tampas. E quando as preliminares estavam acontecendo, a moça correspondeu. Por excesso de alcool, a moça dormiu. Se ela tivesse ficado acordada até o fim, seria sexo consensual. Por fim, digo: vamos devagar, principalmente com a hipocrisia. Vamos deixar as investigações e julgamentos para polícia e ministério público.

Responder

    Xad Camomila

    18/01/2012 - 14h01

    Houve estupro?

    Sim, houve.

    Segundo o §1º do artigo 217 do Código Penal, é estupro de vulnerável fazer qualquer tipo de sexo (vaginal, oral, anal, etc, com ou sem penetração, já entre heterossexuais ou homossexuais, homens ou mulheres) com menores de 14 anos e também “com alguém que, por enfermidade ou deficiência mental, não tem o necessário discernimento para a prática do ato, ou que, por qualquer outra causa, não pode oferecer resistência”.

    Uma pessoa completamente alcoolizada não pode oferecer resistência, que o vídeo mostra claramente essa situação.

Maria

17/01/2012 - 14h27

Regulação da mídia já! Boicote aos patrocinadores do programa. Autoridades acordem, ninguém quer censura e sim respeito, comportamento ético. Com a desculpa de que se quer censurar as empresas jornalísticas que mamaram nas tetas da ditadura se acham no direito de tentar boicotar o projeto de regulação da mídia e continuam a manchar a dignidade daqueles que não se submetem a seus interesses. Exigidos providências!

Responder

Carlos

17/01/2012 - 14h13

Não estou defendendo o tal de Daniel e nenhum estuprador, mas acho que esta história está é muito mal contada. O que aconteceu foi um linchamento cibernético anterior às devidas investigações que devem ser feitas pela polícia. Não custa relembrar um caso famoso: Escola de Base.

Quem entra naquele tal de BBB sabe muito bem que não está entrando num convento e quem seleciona os participantes não quer gente que não esteja disposta a qualquer coisa pra se dar bem na vida. A rede globo, através de seu BBB, elevou a cafajestice, promiscuidade, falta de escrúpulos e alcoolismo à categoria de lider de audiência. Como dizia o sábio Vicente Matheus, "quem sai na chuva é pra se queimar". Antes de propor o "capamento" do rapaz, convém aguardar os resultados de investigações perícias.

Responder

Hélio Pereira

17/01/2012 - 14h07

"O amor é lindo",principalmente o amor da Globo em fazer e promover baixarias visando aumentar a audiência e faturar com um estupro ao vivo em Rede Nacional !
Se os anunciantes tivessem um pingo de descência cancelariam seus contratos imediatamente com esta emissora e exigiriam a demissão sumária de Pedro Bial.
Se a Igreja que tanto falou em Moral,ética e Bons costumes tivesse a descência que cobrou da Presidente Dilma na ultima campanha iria sair as Ruas contra este absurdo,mas infelizmente o Padre Marcelo não resiste a um microfone e uma câmera da Globo,os Bispos de Aparecida e de Guarulhos tratam os "Filhos de Dr Roberto Marinho" como Santos,ate o Pastor Silas Malafaia antes tão critico desta emissora não resistiu ao "charme" da Globo.
Paulo Bernardo parece funcionário da Rede Globo e não Ministro das Comunicações e com certeza nada fara contra este absurdo!
Zé Cardoso amigão de Daniel Dantas,como ministro da Justiça também vai fechar os olhos a este fato ,embora estupro seja um crime inafiançável,parece que na visão de José Eduardo Martins Cardoso a Globo pode tudo.

Responder

Sagarana

17/01/2012 - 14h04

Não sei por que tantas dúvidas. Ao que me consta ações criminais são PRIVATIVAS do MP. À Globo não caberia nada além de eliminar o candidato, e foi o que ela fez. Vocês estão parecendo o Amaury Jr. Quanta desinformação.

Responder

    Xad Camomila

    18/01/2012 - 14h05

    "A Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão em São Paulo, órgão do Ministério Público Federal abriu hoje um procedimento para "apurar divulgação de cena com possível abuso sexual por parte de participante do Big Brother Brasil BBB12, com violação aos princípios constitucionais da Comunicação Social e ofensa aos direitos da mulher".

    O procedimento não é de natureza criminal. O possível crime ocorrido no estúdio em que é gravado o programa já é objeto de apuração da Polícia Civil e do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro.

    A natureza da investigação do MPF é cível."

    A íntegra da notícia esta aqui no Viomundo. Que tal dar uma lida, Sagarana?

Elias SP SP

17/01/2012 - 13h59

E tem mais. Se realmente for confirmado que houve estupro dentro da TV Globo, o diretor Boninho e a TV Globo devem ir às barras dos tribrunais (como se dizia antigamente).

Responder

baader

17/01/2012 - 13h55

energético da Ambev (o que é isso? alcoólico?); Avon (lamento por quem consome);
FIAT (sempre foi visto como lixo – na Alemanha, ninguém compra); Guaraná Antarctica (que pena); Niely (cosméticos) e Unilever (OMO): sobre esta empresa, já escreveu Hobsbawm: destrói o país que pisa. Cerveja Devassa (não provei ainda e acho que não farei), Fusion (carro?) e Assolan (já se disse: melhor o original). ou tomamos as rédeas nas mãos, sabendo comprar, ou teremos que aguentar mais um lixo "campeão de audiência". a escolha é nossa. (quanto às leis, bem, aí temos os judiciários envolvidos com a bandidagem, inclusive a de toga – ou tou inventando? dias melhores virão…)

Responder

Elias SP SP

17/01/2012 - 13h50

Se o todo poderoso Boni, que alavancou a TV Globo quando foi diretor, considera o BBB o pior programa da emissora, e ele é pai do Boninho, diretor do BBB, o que podemos esperar desse rebotalho?

Responder

valentin

17/01/2012 - 13h45

Concordo com quem disse que esse lance foi uma jogada de marketing. Tubo combinado. Tudo dominado.
Com certeza a globo consegui o intento. Transformar M. em alguma coisa que as pessoas fiquem falando.
Com certeza já está providenciando um super advogado pro cara se safar dessa, e a coitadinha fica como vitima com um discurso que comove e convece pato a beira d`agua.
Chame o Cansei pra dá um jeito nisso.

Responder

Fábio Mello

17/01/2012 - 13h41

Só vai dar alguma coisa se a vítima representar contra o eliminado, o que eu acho improvável. A questão maior é que o BBB caiu em desgraça. A repercussão está sendo forte, mundial.

Responder

Luci

17/01/2012 - 13h40

Rede Globo provou de seu próprio veneno, ofertado à sociedade brasileira há décadas.Fica demonstrado que aquela programação é caso de polícia não sómente pelo episódio da semana, mas pelo global.
O povo brasileiro merece respeito e programação que cumpra o que a Constituição Federal define para os meios de comunicação. Basta à violência, vazio e vulgaridades na TV patrocinado por quem é parte do capitalismo sem compromisso com ética, informação e valores humanos essenciais a uma sociedade desenvolvida.

Responder

Luiz Oliveira

17/01/2012 - 13h37

O filhote do Boni tem que ser preso por incentivar o estupro. E toda a produção do programa presente na ocasião do estupro também tem que ser indiciada. E o MC sair do marasmo eterno que permeia sua "não atuação" e tomar uma atitude enérgica contra essa estupradora do povo brasileiro, a nefanda globo

Responder

marreta

17/01/2012 - 13h36

Os patrocinadores do BBB12 são cúmplices de estupro, boicote total a eles!

Responder

Diego Alexandre

17/01/2012 - 13h33

Tá. Mas… cadê a prova? Cadê o, como diz o PHA, o "grampo do áudio"? Foi feito exame de corpo de delito? Tem testemunho? O tal vídeo é assim conclusivo para que se possa desprezar outras provas? Não creio… Daniel é inocente. E o será até o trânsito em julgado de uma sentença penal condenatória.
Só penso que um site ótimo como é este não pode acusar injustamente um ser humano com o nítido propósito de atingir a Rede Globo de televisão…

Responder

italo

17/01/2012 - 13h05

O monopólio não teme a concorrência. Eles conseguem convencer que um 'dossiê falso contra o PSDB' pode valer 2 milhões, que uma bolinha de papel causa traumatismo craniano e mandato de 4 anos, que mesmo sem o dinheiro envolvido nas barganhas das privatizações aparecer o livro do Amaury, campeão de vendas, é só 'privataria falsa contra o PSDB', agora abuso sexual mediante consumo excessivo de alcool pode se tornar uma infração, uma masturbação involuntária. Não vai dar em nada, vai dar um par de cesta básica para uma entidade qualquer e pronto, e ponto.

Responder

André

17/01/2012 - 12h48

"Se ele fosse loirinho isso não teria acontecido", diz mãe de Daniel

Em conversa por telefone com o Terra, Aparecida Echaniz, mãe do modelo Daniel, que foi expulso do reality Big Brother Brasil 12 após supostamente ter estuprado a colega de confinamento Monique, disse que acredita em racismo contra seu filho: "se ele fosse loirinho isso não teria acontecido". Aparecida também comentou que Boninho, o diretor do programa, se solidarizou com a família de Daniel e justificou a expulsão do paulista dizendo que precisava dar alguma satisfação ao público, que estava protestando nas redes sociais.
"Um assunto tão corriqueiro no BBB como ficar embaixo do edredom com alguém só tomou essa proporção por racismo contra o meu filho e também por indecisão da Monique que uma hora sabe o que fez e logo depois já diz que não se lembra de nada", afirmou Aparecida.

Questionada sobre as cenas protagonizadas por Monique e Daniel, ela foi enfática: "eu vi que o edredom se movia, mas isso não quer dizer que rolou sexo. A Monique tem que agir com maturidade porque já é bastante grande para saber o que fez ou não fez. Assisti às cenas mais de uma vez e lembro perfeitamente dela conversando com o Daniel e também me lembro que foi a Monique quem chamou o Daniel para se deitar com ela".

Para Aparecida, o público só começou a se manifestar pela expulsão de Daniel porque a mãe de Monique, Claudia Amin, "plantou esta sementinha" sobre um possível estupro.

Sobre o filho, Aparecida contou que ainda não teve contato com ele e se disse ansiosa para lhe dar um abraço e mostrar que a família e os amigos confiam na integridade de Daniel e estão do lado do rapaz. "A única informação que temos é que ele está em hotel, mas não sei nome nem localização, e que está abalado com o que foi dito a ele no momento de sua expulsão. E só sabemos disso porque meu filho caçula foi até o Projac na noite da última segunda-feira (16) e descobriu isso tudo por lá".

@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@

Racismo do público e principalmente da suposta "vítima", se fosse um branco e loiro, ela estariam com ele agora mesmo fazendo um casal lá dentro.

Como foi um NEGRO, ela se envergonhou do que fez e disse que "nao viu nada".

Responder

italo

17/01/2012 - 12h48

Imprensa livre é isso? Quando aquele que informa, via concessão pública, tenta convencer leitores e eleitores que uma bolinha de papel causa traumatismo craniano, atestada por perito, e mandato de 4 anos, ou o fato de incentivar o consumo de álcool à ponto de não ter certeza de suposto estupro 'ao vivo, sem cortes'. Daqui a pouco vamos ter que procurar o procon para conseguir informação sem armadilhas.

Responder

Luci

17/01/2012 - 12h44

Os patrocinadores, presidente da organização Globo, apresentador e diretor do programa são co autores se estupro houve. São todos responsáveis por impor a violência e degradação humana.
O Governo deve urgentemente resposta à sociedade porque esta emissora tem o privilégio de receber dos cofres públicos verbas milionárias de propaganda? Porque recebe verbas de publicidade e expõe programação de tão baixo nível? Revertam o dinheiro que se investe na Globo repassem para a saúde.

Responder

Fausto

17/01/2012 - 12h39

Dai ao PIG o que é do PIG, o chiqueiro! PIGlobo, a libertinagem na imprensa que ameaça a liberdade de imprensa… BBB – TV Globo tudo a ver! A Globosta dá ao seu público o que ele gosta! Eu me recuso a ver a Globo, quanto mais BBBaixaria… BBB- A masturbaçao nacional-Antonio Veronese: http://www.youtube.com/watch?v=lzefF9i_Ucw
E as práticas ilegais das Organizações Globo são protegidas por quem? http://www.youtube.com/watch?feature=player_embed

Responder

Mateus Lobato

17/01/2012 - 12h37

Sugestão:
Existe um projeto de lei de regulação das mídias, cujo o Paulo Henrique Amorim, apelidou de "Ley de Medios". Pois bem, a sugestão é criar uma petição online ou qualquer outro tipo de abaixo-assinado para que dê celeridade a votação dela e compartilhasse o link entre os blogueiros progressistas.
Eu mesmo não só assinara, mas compartilharia o link no Twitter, Facebook e onde mais conseguir compartilhar.

Responder

Adilson

17/01/2012 - 12h29

Depois que o Boni falou pro Bial que o BBB era um lixo, e depois desse episódio esse programa podia era aproveitar e acabar de vez.

A sociedade brasileira não merece todo mês de janeiro ter que se preocupar em tirar seus filhos da sala pra não ter que ver cenas de incentivo (incentivo sim!) a orgias, a droga, a misoginia a futilidade e a violência.

Que acabe de uma vez por todas o PIOR PROGRAMA DA HISTÓRIA DA TV BRASILEIRA!

Responder

ricardo

17/01/2012 - 12h21

Não tenho dúvida de que isso foi mais uma jogada de marketing para alavancar a audiência do programa, como se o mesmo já não tivesse superado todos os limites da falta de ética e da idiotice.

No entanto, concordo com a ideia de alertar os patrocinadores sobre o descontentamento dos consumidores para, quem sabe, vermos alguma coisa sendo feita a respeito.

Responder

angelo

17/01/2012 - 12h20

Que porra de tv é essa que omite socorro?! Nem um filho de Deus ou da p*** pra impedir.

Responder

Jairo_Beraldo

17/01/2012 - 12h13

Quanta futilidade….tanta coisa boa pra falar e este assunto inutil. Acho que o intuito é dizer que todo macho é mau carater e toda femea a santinha puritana.

Responder

    Xad Camomila

    17/01/2012 - 13h03

    Jairo: vc vai me desculpar, mas o assunto NÃO é fútil. Não é possível ficar quieto diante de uma emissora de TV, que transmite um crime, cujo vídeo foi assistido por milhares de pessoas, e fingir que nada aconteceu. Ou dizer que a culpa é da vítima porque ela bebeu – ao contrário de um famoso dito popular, a lei protege a incolumidade física de todos, sem exceção, inclusive a dos bêbados. Também não adianta dizer que a culpa é dos idiotas que assistem a um programa idiota como o BBB. Isso não resolve o problema e não apaga o que aconteceu.

    "Debaixo do edredom
    Está rolando o clima entre Daniel e Monique debaixo do edredom. Ele se mexe, parece acariciar a sister, mas a loira não se move.

    Essa mensagem foi exibida para quem assina o pay-per-view do Big Brother Brasil 12, realizado pela Rede Globo de Televisão. Ela é uma prova da irresponsabilidade da emissora com as pessoas na casa, ao mostrar que, mesmo tendo percebido que Monique estava dormindo, inconsciente, as pessoas que trabalham na produção do programa não fizeram nada. Ou melhor, fizeram: criaram as condições para o estupro, omitiram socorro e lucraram com sua exibição. "

    Houve estupro?

    Sim, houve.

    Segundo o §1º do artigo 217 do Código Penal, é estupro de vulnerável fazer qualquer tipo de sexo (vaginal, oral, anal, etc, com ou sem penetração, já entre heterossexuais ou homossexuais, homens ou mulheres) com menores de 14 anos e também “com alguém que, por enfermidade ou deficiência mental, não tem o necessário discernimento para a prática do ato, ou que, por qualquer outra causa, não pode oferecer resistência”.

    Uma pessoa completamente alcoolizada não pode oferecer resistência, que o vídeo mostra claramente essa situação. Como quem assiste ao programa já percebeu, quem participa dele tem amplo incentivo para abusar de bebidas alcoólicas durante essas festas. Mas, como se pode perceber no caso da Monique, depois de ficarem vulneráveis não podem contar com a ajuda de ninguém. O fato de ela não se lembrar de nada no dia seguinte só confirma essa tese.

    Então é isso, caríssimo.

    George

    17/01/2012 - 13h08

    O ass unto não não é fútil, trata-se de um abuso sexual transmitido ao vivo por uma emissora de tv que concesssionária pública…

    Arautto

    17/01/2012 - 13h48

    Não concordo com você. Quando se trata de questões morais e valores, ambos são iguais, tem muito homem honesto, mas tem um bando de mulher safada também.

    Jairo_Beraldo

    17/01/2012 - 14h08

    Os falsos moralistas estão aí me criticando, porque assistem a esta futilidade, onde certa vez dando uma espiada, o tal Bial chamava esses devassos de 'NOSSOS HEROIS" ….ora, me poupe, só vi tamanha barbarie, quando eles chamam a Xuxa de "NOSSA RAINHA"…tem coisa pior na TV que a Globo…os que assistem a Globo. Eu não assito, portanto não vou entrar em merito algum. Até as novelas desta emissora são devassas, imundas e são seguidas por muitos aqui que querem me atirar pedras.

Maria Dirce

17/01/2012 - 12h10

A vítima coitadinha (sic) disse que sentiu tesão pelo estuprador.A vítima continuará no reality na boa possivelmente beijando outros e se embebedando novamente.O moço com 31 anos com a vida acabada e perigas pegar uma grade e ser mulherzinha de detentos perigosos.E os diretores globais que promoveram o bacanal ao vivo???? continuam ilesos? a Globo continuará com o bbbb13,Aliás ja falam de substitudo para o moço, afinal como disse o Bial o show tem que continuar!!!!!!

Responder

    JULIETA VIEIRA

    17/01/2012 - 13h18

    CONCORDO COM VCE MARIA ALICE…EU VI A TAL CENA E ELA ESTAVA GOSTANDO…DEPOIS ESCUTEI ELA FALANDO E VI QUANDO A MESMA DISSE QUE FICOU COM TESÃO. DEVERIAM SAIR OS DOIS…ELA FOI TÃO CULPADA QUANTO ELE.

Xad Camomila

17/01/2012 - 11h48

Gente!
Um grupo de mulheres – jornalistas e simpatizantes – ligado ao blog Defesa da Mulher vai se reunir hoje, às 13h, em frente ao Projac, centro de produções da TV Globo, em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio. O grupo, que tem mais de 4.900 seguidores no Facebook, está chamando participantes através da rede social, de email e também do Twitter. Elas escreveram uma carta e pretendem entregar à TV Globo.

O portal R7 deu a notícia e publicou a íntegra da carta, que tem o título ELA TEM O DIREITO DE SABER:
http://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/noticias/gr

Elas estão denunciando o Daniel pelo estupro de vulnerável (art. 217-A, CP) e a Globo por crime de omissão de socorro (art. 135, CP). Segue um trecho da matéria do R7, que explica bem a intenção do grupo:

"Estamos convocando todas as pessoas através da rede. A situação do estupro não se esgota na expulsão do rapaz, não é só isso. Nós estamos reivindicando que a Rede Globo preste contas pelo crime de omissão de socorro, que faça uma retratação e peça desculpa pelo ocorrido. Isso tudo foi tratado com uma leviandade muito grande. As cenas foram editadas e o Pedro Bial [apresentador do reality show] falava que existia amor, “o amor é lindo” era a frase que ele mais usava. Ele colocava isso o tempo todo como se fosse uma coisa mais corriqueira, quando na verdade não é. "

Eu deixei um comentário no blog delas (http://wjdwdefesadamulher.blogspot.com), falando sobre o crime de escrito ou objeto obsceno (art. 234, par. único, II, art. 234, CP) que eu falei no meu comentário de ontem, pedindo mais esclarecimentos, se alguma delas puder me dar. É que publiquei esse mesmo comentário sobre o caso BBB, no meu blog e, como ele tem muitos visitantes do jurídico, até pedi que alguém deixasse um aviso, se eu tivesse falado alguma (ou muita) besteira. Vi que muitos já passaram por lá, mas ninguém falou nada. É isso. Abraço.

Responder

Pedro Maranhão

17/01/2012 - 11h46

Não se esqueçam que na casa há menos camas do que o número de participantes. A Globo incentiva a promiscuidade, distribuindo bebidas alcoolicas e seleciona participantes de caráter duvidoso para lucrar com isso. E os patrocinadores concordam com isso, aproveitando para lucrar também.

Quem são os responsáveis por este estupro? Quem ganha com i$$o?

No vídeo com o áudio dos 2 do youtube (com 2´14" de duração) fica muito claro que houve sexo, e que ela sentiu dor, apesar de estar em estado semi-inconciente.

Responder

De Paula

17/01/2012 - 11h39

Vulnerável, segundo o Aurelio é o que ( ou quem) pode ser vulnerado, mas prá isso é preciso que ainda não esteja, o que alí com certeza não era o caso; agora, se êle aproveitou-se de uma vulnerada bebum o que se aplica é a máxima popular "… de bêbado não tem dono" Êle não cometeu crime algum; apenas chegou primeiro.

Responder

    Arautto

    17/01/2012 - 13h49

    BOOOOOOOOOOOOOA !! Goste dessa!!!

Colombo

17/01/2012 - 11h34

A melhor forma de protesto é diretamente com os patrocinadores.
Mensagens de repúdio às marcas que se aliam a este tipo de programa.
Mensagens em redes sociais informando quem patrocina a baixaria.
E o melhor: estimular um boicote aos produtos patrocinadores.

A blogosfera poderia incentivar este boicote.

Responder

schmidt

17/01/2012 - 11h29

Rede Globo e estupro na TV, tudo a ver…
Programas padrão de qualidade Rede Globo: Big Brother, UFC e AI, SE TE PEGO…. delicion!!!

Responder

fabio

17/01/2012 - 11h27

Escutem o áudio e tira suas conclusões sobre o estupro. http://www.insoonia.com/audio-vazado-da-monique-n

Responder

Marcelo Ramos

17/01/2012 - 11h25

Enquanto as pessoas admitirem "brincar no lixo" para subir de vida; enquanto existir empresas que crêem que suas vendas vão aumentar anunciando no lixo, o nível desse lixo vai continuar(?) caindo… esse tipo de comportamento já era altamente estimulado, com festas regadas à vodka e estímulo a amassos debaixo do edredon. Repito, a audiência que o programa dá justifica a piora…. a teoria é "quanto pior melhor".

Responder

luiz pinheiro

17/01/2012 - 11h23

As duas principais diretrizes atuais do "entretenimento" da Rede Globo: 1) Exploração do sexo como atividade meramente mecânica, impessoal, na qual tanto faz que o (a) parceiro (parceira) esteja acordado (a) ou dormindo; 2) Apologia da ultraviolência, das lutas marciais sem regras nem limites – o Galvão Bueno em pessoa já foi convocado para animar os MMC e os FFA sei lá o que da vida, a busca da brutalidade máxima, desumana – ontem, segunda-feira 16, passou às 22 horas no canal Brasil da NET (66), um filme co-produção Brasil-Estados Unidos tendo como tema um ringue de lutas até a morte, de preferência a mais sangrenta possível, entre parrudos neo-gladiadores da era internética, reduzidos à condição de galos de briga, de cães assassinos, para o deleite sádico de uma platéia de entusiasmados burgueses.

Responder

italo

17/01/2012 - 11h22

Quando se juntam, o Poder e a tv, roubo de dinheiro público se torna desvio de recursos devido à imprevistos e não há punição. Apropriação indevida de recursos públicos, ainda que caracterizada com provas robustas, se devolvido o dinheiro ou parte dele, não há punição. Para ser crime e ter punição é necessário que o PIG atue, denuncie, não deixe de informar nem mesmo os 'erros' dos amigos. Não reclamem que não temos justiça, temos sim, a justiça do PIG, a justiça do PSDB, a do DEM, de banqueiros, de tribunais de justiça.

Responder

Fernando

17/01/2012 - 11h12

Uma pena o cara ser negro e a mulher branca, isso só vai aumentar o preconceito.

Responder

luiz pinheiro

17/01/2012 - 11h06

Tem certeza que foi "infração", Biau? Não terá sido mera e singela "contravenção"?

Responder

italo

17/01/2012 - 11h06

O que vale é a imagem, quem controla a imagem é a globo, já vivemos isso antes, um ataque com bolinha de papel pode causar traumatismo e mandato de 4 anos, atestada por perito. Em pouco tempo e de acordo com as imagens que escolheram para gente ver todos acreditaremos que não foi estupro e sim uma brincadeira de masturbar sem se identificar ou consentir. Nós vamos continuar aceitando corrupção enquanto não tivermos um canal, onde organizados possamos discordar do pensamento único imposto por um monopólio que emperra o Brasil há mais de 40 anos.

Responder

paulo

17/01/2012 - 11h04

A minha duvida é se a sociedade Brasileira vai aceitar , sem indignação , as explicações do Bial.
Gostaria de saber se a Globo, que transmitiu ao vivo e em cores esse possível estupro, ficara completamente impune
Esses anos todos o povo Brasileiro assistiu troca de casais , foi , (a meu juízo) induzido a considerar bonito e normal o triangulo amoroso protagonizado por Diego “alemão’ e outras tantas situações consideradas próprias desse tipo de teatro de horrores que se intitula Big Brother.
O acontecido depois desta festa regada a muito álcool , pode finalmente chamar as autoridades e a sociedade a se pronunciar de forma construtiva.
Antes da policia chegar o ocorrido era uma demonstração de que o amor é lindo, depois da visita da policia o rapaz havia infringido as regras do programa, gostaria de saber quais regras são essas , porque a impressão que tenho é de que a regra é muito mais liberal que a da musica Vale Tudo, do inesquecível Tim Maia, no Big Brother Brasil me parece que a tal regra diz que vale tudo, exceto se desandar em caso de policia .

Responder

Paulo Ribeiro

17/01/2012 - 10h57

E ainda existem pessoas contrárias ao Conselho Federal de Comunicação e à análise prévia dos programas jornalísticos e de entretenimento…..

O Brasil está na contramão do restante do planeta. Enquanto por aqui se defende a total liberdade para a permissividade, com apologia explícita para o consumo de álcool, drogas e o sexo livre, o governo chinês acertadamente decidiu intervir na programação de TV das emissoras locais no sentido de evitar exatamente isso que estamos presenciando.

O que virá depois do BBB?

Responder

    Marcelo

    18/01/2012 - 16h23

    Analise previa é censura , regular a midia é torna-la responsavel pelo que divulga . Censura e regulação são coisas diferentes .

    Ana Parreira

    08/02/2012 - 21h50

    Paulo, eu teria dificuldades em elogiar o governo chinês, pois a China é pior que uma ditadura, mantendo o Tibet subjugado, com incríveis atrocidades cometidas contra os tibetanos, há mais de 50 anos. É por essas e outras atrocidades que a China censura e proíbe imagens, e não por qualquer outra questão. Muitos cidadãos tibetanos estão presos, outros foram mortos, mulheres estupradas, tudo porque portavam uma simples foto do Dalai Lama. E o mundo não faz nada!
    Mas concordo com você de que o Brasil está na contramão de boa parte do planeta, tolerando e incentivando o consumo de drogas, sexo livre e muitas outras coisas. Estamos vivendo tempos sombrios. Abraço.

LuisCPPrudente

17/01/2012 - 10h48

A Rede Globo é uma organização mafiosa que ganha dinheiro promovendo estupro.

A lei brasileira permite que uma pessoa física ou jurídica ganhe dinheiro promovendo estupro?

A mafiosa Rede Globo cometeu o crime de promover o estupro, induziu o estupro e não fez nada para impedir o estupro. Essa organização mafiosa ganhou dinheiro e vai ganha mais dinheiro com o aumento da audiência do seu programa-lixo BBB.

A Rede Globo admitiu o estrupro ao expulsar o participante do seu bordel (o programa-lixo BBB) ela é ré confessa, porntanto o ministério público, o Ministério das Comunicações e o Ministério da Justiça têm que tomar providências prática e concretas contra o lucro ilícito da mafiosa Rede Globo.

Responder

Carlos A

17/01/2012 - 10h40

Gentes: mudem de canal: vocês vão sobreviver! Eu fiz isto em dezembro de 1989, quando 'ela' elegeu o Fernando Collor de Mello!

Responder

    msky

    17/01/2012 - 12h10

    A questão não é só mudar de canal. É utilizar os canais de comunicação e começar a exigir qualidade. Você mudou de canal e a televisão mudou alguma coisa? Só isso não basta!
    Eu gosto de assistir televisão, mas fico extremamente irritada com a péssima qualidade dos programas. E isso em praticamente todos os canais.

    Catarina

    17/01/2012 - 14h45

    E vai pra qual? Tudo porcaria!!! Quando não são baixarias como esta, as demais emissoras também nos "brindam" com toda espécie de lixo; inclusive lixo religioso!!! Não concordo com esta solução. Temos é que brigar para que as coisas realmente mudem e não ficar usando de paliativos, que não nos acrescentam em nada, apenas para rechaçar a todo-poderosa.

João-PR

17/01/2012 - 10h34

Há muito tempo (não me recordo ao certo, mas faz mais de dez anos) fizemos um acordo aqui em casa: ninguém assiste ao BB ou qualquer outro "reality show". Diga-se de pássagem a TV, aqui em casa, fica mais tempo desligada do que ligada.
Explico: como temos pouco tempo em casa, e a programação da TV aberta, no seu todo, está um lixo, resolvemos a questão de outra forma: cada um tem o seu computador aqui, e nos informamos/divertimos pela internet.
Na TV aberta mesmo, só os jogos dos campeonatos de futebol, porque afinal ninguém é de ferro.
Quanto ao BBB: essa porcaria de programa deveria ser banido da televisão brasileira. O BBB incita os sentimentos mais baixos do ser humano. Fora BBB!

Responder

    AntoniO

    17/01/2012 - 12h44

    Não se esqueça da exceção à regra. A TV Brasil é aberta e é a única "assistível" sem efeitos colaterais!

    João-PR

    18/01/2012 - 23h03

    Em minha cidade não pego a TV Brasil. Logo, não posos opinar a respeito da programação da mesma.

Severino Prazeres

17/01/2012 - 10h33

Trata-se de duplo estupro. Estupros assassinos cometidos pelos ministérios da comunicação e da justiça, contra a sociedade. Uma rede de TV de concessão pública exibindo estupro ao vivo. Agora essa de estupro de vulnerável é piada. Vulnerável é uma criança é um adolescente é um drogado. Que os caras estupram, que a polícia ataca com cavalos e cachorros. Dois adultos, de sexos opostos, depois de encherem cara vão dormir juntos. Vai no quê? quanta inocência! É natural meu caro. Nego comeu e pronto. Agora, pera aí. Fumar em público não pode. O cara pode ir preso. Tem até lei pra isso. Mostrar estupro pra todo o Brasil pela Rede Globo, pode!

Responder

Leo

17/01/2012 - 10h27

Recomendo a leitura do tijolaco.com, do Brizola Neto, cito aqui um trecho:

"Intependente da responsabilização daquele rapaz, que depende de prova, há algo evidente: a emissora assumiu o risco, ao promover a embriaguez, a exploração da sexualidade, o oferecimento de “quartos” para manifestação desta sexualidade, a atitude consciente de vulnerar seus participantes a atos não consentidos. É irrelevante a ausência de reação da jovem, ainda que não por embriaguez. Se a emissora provocou, por todos os meios e circunstâncias, a possibilidade de sexo não consentido, é dela a responsabilidade pelo que se passou, porque não adiante dizer que aquilo deveria parar “no limite da responsabilidade”. "

Temo que o foco seja desviado, dando responsabilidade apenas ao rapaz ou, pior, à vítima (como sói acontecer no nosso país machista). Não que ele não tenha culpa, comprovada a falta de consentimento da vítima, ele é culpado e ela vítima, sem nenhuma outra leitura possível que não seja essa. Porém, havendo ou não consentimento, a culpa da tragédia é da Globo, seja por colocar (como bem disse o deputado Brizola) a mulher nesse estado vulnerável (e ainda vigiar, sem interferir) ou por incitar a prática sexual irresponsável (se houve consentimento), a título de pão e circo… Cada vez mais a Globo transforma a TV brasileira numa Roma moderna, com seus "gladiadores modernos" (UFC) e com seus Calígulas voyeurs (BBBs).

Outro ponto que parece ter passado um pouco desapercebido da maioria é o fato da Globo não explicar oq houve aos participantes em nome do ´jogo´ (parece ter dito que a vítima, ao ir conversar com a produção, foi procurar apenas um dentista, entre outras coisas, uma banalização da mentira). Ora, se houve estupro, todos têm que saber, sobretudo as mulheres… Têm o direito de saber os perigos da ´casa´… A vítima não pode então conversar, desabafar sobre o ocorrido?!?!?!

Nunca assisti ou acompanhei o BBB, mas espero que essa tragédia acenda a luz vermelha da sociedade sobre o papel da televisão, seus limites e seus deveres para com a sociedade e até sobre o machismo…

Responder

Jose Antonio Batata

17/01/2012 - 10h08

As empresas que patrocinam o BBB ( Bacanal no Bordel do Bial) devem se manifestar sobre o estupro da Jovem. A GLOBO transmitiu o estupro mas foram as empresas que financiaram. Qual a posição das mresas agora??? A JOVEM tem que fazer exame de AIDS e Gravidez.

Responder

Sônia

17/01/2012 - 09h19

Não assisto ao BBB. Tomei conhecimento do ocorrido pela redes sociais e, o fato de Bial ter classificado a saída de um dos participantes do programa BBB como "infração" às regras do programa não me surpreende. O que choca é saber que a casa é vigiada 24 horas e, mediante o que ocorria embaixo do edredon, ninguém ter impedido a ação. Tudo em nome da audiência. Então, se estivesse ocorrendo ali um estrangulamento, por exemplo, deixariam a moça morrer para que o programa continuasse a ter audiência?
Gente, diretor do programa, emissora e patrocinadores só podem ser doentes ao propiciar ao público essa baixaria e, por isso, devem ser responsabilizados criminalmente. Mas serão? Duvido muito. Qualquer crítica é considerada como atentado à liberdade de expresão, até mesmo crime cometido ao vivo.
pode ser que esse episódio lamentável sirva, pelo menos, para que a autoridades promovam a regulação da mídia.

Responder

José Ruiz

17/01/2012 - 09h19

Alguém comentou aí embaixo e tem fundamento: o resultado desse episódio será o aumento da audiência… é preciso ser muito estúpido para assistir BBB, mas até entre estes a audiência estava derrubada… pode ser a retomada de alguns pontos no Ibope… será que a Globo deixaria passar um conteúdo que ela não quisesse? Sei lá… depois que a Folha publicou a fantasiosa estória do Lula estuprando um colega de cela, eu espero tudo dessa turma… bandidagem não tem limites…

Responder

Jose Mario HRP

17/01/2012 - 09h05

Essa porcaria de programa maniaco depressivo tinha é que ser bloqueada.
Fico tentando calcular a condição mental dessa turma que ve essa josta!
Acabou dando nessa coisa lamentável!

Responder

Jose Antonio Batata

17/01/2012 - 08h55

Os políticos moralistas da Direita estão calados. Eles estão com medo de atacar e sofrerem retaliação do PIG. São falsos moralistas , agora que o PIG defende o estupro do BBB eles ficam calados. Onde está o Malafaia????

Responder

Jose Paulo

17/01/2012 - 08h39

Isso não é o mundo real. É um programa de televisão!
Se houver um assassinato em uma novela, a polícia vai prender o ator assassino?

Responder

Observador

17/01/2012 - 04h13

como estava escrito ontem no site do Paulo Henrique Amorim, urubu que dorme com morcego acorda de cabeça pra baixo………. Tem quase uns dois anos que não assisto a mais nada da Globo, e só a alguns poucos programas de outras emissoras abertas. Na tv por assinatura que fiz, escolho o que quero ver, sempre noticiário que não seja Globo, documentários, filmes dignos, etc. Informação eu colho é na internet ig (de esquerda), uol/terra (pra ver o que a direita está divulgando), viomundo, conversa afiada e luis nassif (pra saber a verdade sobre os principais fatos nacionais e internacionais). Me libertei da Globo, isso era uma doença, e que ataca a milhões de brasileiros.

Responder

Yarus

17/01/2012 - 04h04

BBB? Tô Fora!

Já assistiu o vídeo rock pauleira (nos Tucanos) de Dilma e Lulão?

"Dilma é pop: vídeo-montagem com rock foi visto quase 3 milhões de vezes
Caiu na rede em outubro passado uma montagem em vídeo bem feita e bem humorada (mas respeitosa), misturando uma música da banda de rock “System of a Down” com discursos da campanha de 2010 da presidenta Dilma, e com Lula nos “backing vocals”.
E não é que o vídeo já foi visto 2,8 milhões de vezes.

Há quem não goste da música banda, mas os dilmistas e lulistas não podem reclamar da letra." http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com/2012
http://www.youtube.com/watch?feature=player_embed

Responder

    luiz pinheiro

    17/01/2012 - 11h35

    Voto no Lula, voto na Dilma, e gostei do video.

Jussara

17/01/2012 - 03h38

Eu já fiz minha parte. Escrevi para os 5 principais patrocinadores: Unilever, Guaraná Antarctica, Niely Cosmeticos, FIAT e Cerveja Devassa, dizendo que haviam perdido uma cliente e que eu iria divulgar minha mensagem para todos os meus contatos.
Se todos os leitores dos blogs sujos fizerem o mesmo, penso que alguma coisa poderá mudar.

Responder

    José Ruiz

    17/01/2012 - 09h12

    Parabéns Jussara, vou seguir seu conselho… espero que outros também o façam… essas empresas são muito sensíveis à opinião pública…

    Jose Antonio Batata

    17/01/2012 - 10h04

    Você está certa, as empresas que patrocinaram este escândalo precisam se manifestar.

    Jose Antonio Batata

    17/01/2012 - 10h14

    Quem será o responsável se a moça estiver grávida? Por quê não fizeram exame de AIDS na Jovem? Por quê não deram a pílula do dia seguinte?? por quê ela não foi encaminhada para o IML???

    giovanna vargas

    17/01/2012 - 11h05

    perfeito, farei o mesmo.

    André

    17/01/2012 - 11h27

    Isso realmente faria alguma diferença se todos os indignados aderissem, dinheiro é única coisa que produz algum efeito nesse mundo, pro bem ou pro mal, concordo com vc.

    M. Sky

    17/01/2012 - 11h50

    Também estou fazendo isso. Esse é o email que mandei para a AMBEV:

    Gostaria de saber qual é a posição da AMBEV em relação ao estupro que ocorreu no BBB logo após uma festa patrocinada pelo Fusion Energy Drink.
    Ademais, gostaria também de saber o que justifica a Ambev continuar a patrocinar um programa como o BBB que foi conivente e omisso com o abuso sexual contra a participante, já que a produção do programa nada fez para impedir o abuso e nem mesmo tomou as medidas cabíveis depois dele, uma vez que somente com a intervenção da polícia é que começou a tratar do assunto com seriedade. Por que a produção do programa não levou a participante Monique para fazer um exame toxicológico e um exame de corpo delito logo após o ocorrido? Sei que essas perguntas não cabem à AMBEV responder, mas cabe à AMBEV justificar o porquê de continuar patrocinando um programa em que é conivente com esse tipo de acontecimento.

    De minha parte a imagem da AMBEV, sobretudo do Guaraná Antártica e do Fusion Energy Drink restaram muito prejudicados. E pelo que tenho lido pela internet, essa não é uma opinião isolada.

    M.sky

    17/01/2012 - 12h04

    Para Niely mandei a mesma mensagem, mas complementei com o seguinte:

    De minha parte a imagem da Niely ficou muito prejudicada, sobretudo por ser um produto destinado principalmente para as mulheres. E pelo que tenho lido pela internet, essa não é uma opinião isolada.
    Aliás, como é que vou me sentir à vontade usando um shampo de uma empresa que patrocina um programa que é conivente e omisso num caso de estupro de mulher vulnerável??? Aliás, as providências que a produção do BBB foram em decorrência da denúncia dos internautas e depois pela visita da polícia civil (que certamente se mobilizou após a denúncia dos telespectadores).

    Novamente pergunto, como a Niely se justifica para suas consumidoras? Como explica para suas consumidoras que está patrocinando um programa que é conivente e omisso com um caso de estupro????

Aracy_

17/01/2012 - 02h52

O BBB é caso de polícia. Que coisa mais abjeta sendo transmitida por uma concessão pública de TV.
Já mandei e-mail para a Fiat protestando contra o patrocínio da montadora ao programa. A Unilever está com o "fale conosco" do site fora do ar. Agora é entupir os SACs dos patrocinadores de protestos.

Responder

    Aline C Pavia

    17/01/2012 - 10h58

    Ontem o "fale conosco" do Guaraná Antarctica tb estava fora do ar.

    Aracy_

    17/01/2012 - 14h45

    Olha só a resposta da Fiat:
    Agradecemos o recebimento de seu e-mail, contendo observações, comentários e/ou solicitações diversas, sobre o “reality show”, promovido e realizado pela Rede Globo de Televisão, o Big Brother Brasil. Na oportunidade, esclarecemos-lhe que, alcançamos sua residência, na qualidade de patrocinador desse programa, visando podermos apresentar-lhe os nossos mais diversos modelos e lançamentos, sendo que as regras e condições são estabelecidas pelos realizadores e produtores do show, tendo seus patrocinadores que cumpri-las, como firmado. Esperamos que esteja apreciando os produtos FIAT, sendo que encontra-se a seu dispor toda a Rede de Concessionárias FIAT, em todo o País, apta a mostrar-lhe todas as demais vantagens que você ainda não conhece sobre os carros FIAT. Para tal colocamos à sua disposição nossa Central de Relacionamento Fiat pelo telefone 0800.7071000. Atenciosamente, Filipe André CENTRAL DE RELACIONAMENTO FIAT

Tiago Tobias

17/01/2012 - 02h45

O Paulo Bernardo é um molengão. Não vai fazer nada. Se der um passo numa suposta tentativa de regular o PIG, os PIGUENTOS vão dizer que é censura. E o governo como sempre, vai recuar.

Por isso eu digo, dos ministros da Dilma, os únicos que se salvam é a Maria do Rosário e o brilhante Celso Amorim.

O governo do PT não tem ministro. Tem é sinistro.

Responder

    beattrice

    17/01/2012 - 10h45

    AMÉM.

cin

17/01/2012 - 02h07

pra mim estah eh tudo armado… Os tres (menina, globo e o carinha) tudo 71….

Responder

    Sebastião Medeiros

    17/01/2012 - 02h34

    Se for armação,a Rede Globo não estaria fazendo apologia do estupro ?

willforlife

17/01/2012 - 02h05

antes que apaguem? http://www.youtube.com/watch?v=ugObKMuwgFg

Responder

Nádia Leal Silva

17/01/2012 - 02h03

Já fui vitima de ESTUPRO e posso garantir que não tem nada a ver com o acontecido no BBB. Monique, tu não tens ideia do que é ser estuprada. Menina, vc é maior, culta, civil e psicologicamente capaz. Vc festou com o rapaz, flertou e se embriagou com ele. Vc foi pra CAMA com esse homem. Altos amassos com o dito cujo e, na hora do vamos ver, se fez de morta sem se opor em nenhum momento às investidas do menino. Fetiche? Talvez. No outro dia, sem a mínima cara de traumatizada, alega que não sabia se manteve relações (Imagina! Nós, mulheres, sabemos quando algo aconteceu). Se essa zinha quer saber o que é estupro de incapaz, ela deveria ser bolinada e abusada por enfermeitos inescrupulosos após sofrer um acidente e não conseguir se opor à invasão do seu corpo por quem deveria guardar pela sua saúde. Eu me sinto aviltada quando vulgarizam o termo estupro para fins midiáticos e comerciais. Punição já para o rapaz, pra moça e para os diretores de TV responsáveis. Tudo em nome da dignidade das verdadeiras vítimas desse tipo de violência.

Responder

    vladimir lacerda

    17/01/2012 - 08h53

    Show de bola. Representam um papel e não foi a "vítima" que reclamou,mas o público.Bando de gente que nunca se viram a se abraçar,trocar carícias e etc e depois dá nisto. Porcaria pura.Acabaram a carreira talentosa de mais um modelo e artista.Quem sabe com isto o Brasil perdeu um Oscar no futuro.

    msky

    17/01/2012 - 12h38

    Nádia, tanto o caso dela quanto o seu são estupro sim. A diferença é que vc estava consciente e lembra do que aconteceu, e isso torna tudo mais doloroso.
    O contexto em que você a moça do bbb foram violentadas são bem diferentes, mas ambas tiveram o corpo invadido sem o consentimento em uma situação em que não podiam sequer esboçar qualquer reação. O crime é o mesmo. O fato de uma moça flertar com um rapaz durante a festa e deitar na mesma cama que ele não quer dizer que ela aceitou transar com ele. Então, uma mulher que bebe está pedindo para um homem estuprá-la? Então o fato beber ou ficar bêbada autoriza qualquer pessoa que seja abusar do seu corpo? É óbvio que não. E quem se aproveita de uma situação dessas é mau caráter.
    Entenda, não estou desmerecendo sua dor, mas não concordo com seus argumentos.

    Marcia Costa

    17/01/2012 - 13h17

    ´Sou solidaria a você. Pelo fim da hiprocrisia!

    Xad Camomila

    18/01/2012 - 14h06

    Houve estupro?
    Sim, houve.

    Segundo o §1º do artigo 217 do Código Penal, é estupro de vulnerável fazer qualquer tipo de sexo (vaginal, oral, anal, etc, com ou sem penetração, já entre heterossexuais ou homossexuais, homens ou mulheres) com menores de 14 anos e também “com alguém que, por enfermidade ou deficiência mental, não tem o necessário discernimento para a prática do ato, ou que, por qualquer outra causa, não pode oferecer resistência”.

    Uma pessoa completamente alcoolizada não pode oferecer resistência, que o vídeo mostra claramente essa situação.

    JOSE DANTAS

    19/01/2012 - 15h25

    Você garante que a moça não pode oferecer resistência?

beattrice

17/01/2012 - 01h24

A quem tenha a informação solicito um esclarecimento.
Segundo consta,
em uma peça ficcional da própria GLOBO, uma das novelas, ocorreu nas últimas semanas
um episódio semelhante, em que um dos personagens teria adentrado no quarto em dormia
uma garota embriagada em uma festa, teve relações não consentidas com ela,
portanto seria igualmente uma situação de estupro, e posteriormente a moça descobriu-se grávida.
Na trama o personagem decide casar-se com a moça para resolver o assunto.
E a família da moça concorda.

Responder

    willforlife

    17/01/2012 - 02h02

    essa vítima infeliz é duplamente vítima : primeiramente do alcoolismo e do estupro. que seus familiares tenham misericórdia. que as pessoas que se apaixonaram por ela compreendam, que os crentes não a condenem. excepto se admitir o vacilo…quanto ao cara, as trevas o esperam… vítima do álcool, e da sedução "macabra e involuntária" das mulheres. vai levar uma cana. seus respectivos advogados tem cada qual 50% de levar uma bolada.
    mas se estivessem numa balada, ambos acordariam e iriam para suas casas satisfeitos por viver mais uma noite intensa…

    Michele

    17/01/2012 - 11h17

    Me desculpe, mas se ela não estivesse embriagada não seria estuprada. Não estou justificando o crime dele, mas mostrando que vc é quem abre a porta do mal para sua vida…

    beattrice

    17/01/2012 - 12h59

    Se a conversa é "sobre abrir a porta do mal" melhor direcionar o GPS para o confessionário do padre ou o papo com o pastor.

    willforlife

    17/01/2012 - 16h23

    houve uma reviravolta: em depoimento vazado na web, ela diz que houve as preliminares e durante, acabou dormindo de tão chapada. já está sendo divulgado o resultado do exame de corpo de delito: não houve penetração.
    e agora globo? e pra retirar a acusação de estuprador ? e a garota ? quem vai acreditar nela, mesmo com o resultado do exame?
    essa globo é mesmo uma fanfarrona…
    considerando seu comentário Michele, as portas nem sempre é vc é quem abre. muitos convidam e a abrem para vc…que acho que foi o caso.

    Xad Camomila

    17/01/2012 - 16h54

    Não muda NADA (com ou sem penetração; é o mesmo crime). Houve estupro?

    Sim, houve.

    Segundo o §1º do artigo 217 do Código Penal, é estupro de vulnerável fazer qualquer tipo de sexo (vaginal, oral, anal, etc, com ou sem penetração, já entre heterossexuais ou homossexuais, homens ou mulheres) com menores de 14 anos e também “com alguém que, por enfermidade ou deficiência mental, não tem o necessário discernimento para a prática do ato, ou que, por qualquer outra causa, não pode oferecer resistência”.

    Uma pessoa completamente alcoolizada não pode oferecer resistência, que o vídeo mostra claramente essa situação.

    willforlife

    17/01/2012 - 20h06

    o tal de sed lex dura lex. tá certo.
    mas isso seria aplicável se fossem um casal de fato por exemplo? estupro é algo muito repugnante, mas tecnicamente, aquilo tá muito confuso. em um momento do vídeo tive a impressão dela ter puxado-o para si….
    Mas enfim, agora essa polêmica não vai se tornar show se depender de mim. deixo para os especialistas…

    Rosario Vieira

    17/01/2012 - 10h34

    Realmente aconteceu isto na novela. Uma novela das 7 horas. Horário livre.
    Na trama o Flabela escreveu o episódio. No BBB o ambiente é favorável para ocorridos deste tipo. Jovens no auge da sexualidade, bebida, muita bebida e muita promiscuidade… Além da permissividade. Vejam o histórico das outras edições. Porcaria, muita procaria.

Jonas Resende

17/01/2012 - 01h19

Quando parece que o tal bbb não pode ser pior do que já é, ele consegue ser ainda pior. Mas a globo vai, a cada dia um pouquinho mais, descendo a ladeira, embora não seja perceptível, mas está acontecendo, vide a audiência , que cai ano após ano.

Responder

Zuleica Jorgensen

17/01/2012 - 01h14

Muitos colocam a culpa pela existência desse tipo de programa em cima do povo que assiste TV. Não vêem que a população, em regra, assiste ao que lhe é ofertado em termos de diversão. Aliás assim acontece desde os tempos de Roma, quando o povo era chamado para assistir às lutas entre gladiadores ou ao martírio dos cristãos jogados aos leões. Já se disse muitas vezes que o povo quer pão e circo.
A exigência de programação de melhor nível só ocorrerá na medida em que a população for se tornando mais educada e tiver acesso a outros tipos de entretenimento.
Os que repisam nessa idéia são os mesmos que acham que o tráfico de drogas tem como culpados os viciados, como se esses surgissem antes dos traficantes.
Mas há aí uma diferença que não pode deixar de ser ressaltada: a programação da TV, como concessão publica que é, pode ser regulada pelo poder público, que tem como obrigação exigir da operadora de TV um mínimo de qualidade no que leva ao ar. Mas no Brasil parece que o Governo é que é concessão da poderosa Rede Globo.

Responder

dulcelea neves nunes

17/01/2012 - 01h04

até quando o b b b deixara de ser mal ezemplo ? nudez , bebidas , sexo palavroes , não é dizer quen não quer , não ve ,não é assim si é para ver quem aguenta, mas tempo confinado para ganhar uma nota preta ponha estas pessõas para ralar ai sim faz jus a grana que vai ganhar,,, melhorem a imagem do programa tem crianças que gostom de assistir pensem bem!!!

Responder

Carolina

17/01/2012 - 00h33

O BBB estupra ideologicamente os espectadores todos os dias… não é de se espantar essa posição tomada.

Responder

Marcio H Silva

17/01/2012 - 00h24

Percebo muitos comentários clamando por justiça neste episódio. Vou colocar a barba de molho.
O escritório ( um dos mais tradicionais ) de advocacia da família zveiter defende a rede globo ( a Oi também ). Luiz Zveiter, desembargador e atual presidente do TRE-RJ e outrora presidente do TJ-RJ tem grande influencia no MP-RJ e nos tribunais de Justiça do estado. Amicíssimo do Governador, influenciou o MP-RJ para acusar em tempo record os bombeiros do RJ no episódio da invasão do quartel central. A Juiza da Justiça Militar, em tempo record também, em petição totalmente irregular condenou os Bombeiros por vários crimes. Hoje estão anistiados. Quero VER É AGORA, contra a platinada como será o comportamento da justiça do RJ em relação a este episódio visto por milhares de Brasileiros e que já culminou com o afastamento do programa do sujeito envolvido. Não é só SP que tem justiça ruim não, o mal está propagado por todo o país….

Responder

    pperez

    17/01/2012 - 20h01

    Concordo com vc Marcio e digo mais acho que armaram essa trampana toda para além de subir mais ainda os pontos de audiencia, ou melhor ,a vazão do esgoto do BBB se desvie o foco sobre as tramoias de Serra/FHC & cia no privataria !!

    Xad Camomila

    18/01/2012 - 13h57

    O problema agora é o MPF-SP. Quero ver a Globo se livrar dele! Pra min, o procedimento aberto ontem é indicativo de ação civil pública. Quero ver!

kimparanoid

17/01/2012 - 00h21

Acho que a solução mais honesta para o caso seria suspender o programa (com ou sem a anuência da emissora) até que tudo fosse esclarecido.

A despeito das contradições do Bial e da produção do reality show, a eliminação do suposto estuprador (não vou condenar ninguém antes da apuração dos fatos) foi a solução mais conveniente para a Globo: por um lado, acha um culpado e sacia o clamor público por justiça; por outro lado, pode continuar tranquilamente com seu "espetáculo".

Enquanto isso, as questões mais relevantes que esse episódio suscitou tendem a cair novamente no esquecimento: o machismo e as opressões às mulheres, bem como a falta de controle social sobre os meios de comunicação.

Responder

Bernardete Ribeiro

17/01/2012 - 00h16

Eu tenho certeza de que nada absolutamente nada vai acontecer. A demonstração foi a própria tuação do Bial e dos participantes. Nenhuma declaração. Tudo apagado!

Responder

Robert

17/01/2012 - 00h09

tirar já a concessao da globo
abaixo essa rede de debeis mentais

Responder

Sebastião Medeiros

17/01/2012 - 00h02

A Rede Globo chegou ao fundo do ESGOTO !
Será que o ESGOTO GLOBAL não tem FUNDO ?

Responder

Augusto

16/01/2012 - 23h56

Ou seja, a sexualidade-inconsequente, isto é, aquela que não acarreta uma punição estatal, é um direito presumido e exclusivo do homem. No caso da mulher, dependerá da existência do elemento "honestidade" em sua personalidade, que terá de ser necessariamente provada. Se a mulher não puder provar concretamente que é honesta, segundo um entendimento social mediano, não terá direito à proteção legal, caso em que o homeme poderá agir legitimamente.

Responder

Paulo Cesar Alves

16/01/2012 - 23h55

Está provado..Ninguém pode tudo o tempo inteiro..A Globo nunca mais será a mesma.Quem diria,o rapaz " emprestou a voz,à Globo ao afirmar que era contra as cotas..Agora vamos ver como " o dono da voz " se comportará..quanto ao eliminado..Justiça em cima dele..em casca,esse movimento vai pegar mais algumas pessoas..Essa é a " cultura " que uma concessão pública faz entrar na casa de muitos brasileiros..!!

Responder

Marcelo

16/01/2012 - 23h52

Kkkkkkkkkk …. Tem gente que leva a sério esse programa.

Responder

Guilherme Souto

16/01/2012 - 23h48

Não canso de repetir… Como alguém pode acreditar num programa como esse? Parafraseando o Serra: "Lixo, lixo, lixo,… E nós aqui comentando lixo.
Fui !!

Responder

Augusto

16/01/2012 - 23h46

Azenha, só que tem um problema aí. Veja o que diz o Código Penal sobre o tema:

"Art. 215. Ter conjunção carnal com mulher honesta, mediante fraude:

Pena – reclusão, de dois a seis anos."

Logo, a questão se limita a saber se uma mulher, hipoteticamente falando, é honesta ou não. Se for honesta, a ação é ilegal. Mas, ao inverso, se a for desonesta, o defloramento é legítimo, estando plenamente autorizado por lei.

Podemos não concordar com a lei. Mas, de qualquer forma, é a lei.

Responder

    Marcia

    17/01/2012 - 06h11

    Sem essa! Defendendo o estuprador? Até uma mulher casada pode ser estuprada pelo marido. Se é por questão de desonestidade, então todo político corrupto poderia ser estuprado?

    rodrigo.aft

    17/01/2012 - 08h34

    a MAIORIA dos políticos ESTUPRA a população TODA HORA, pois falam uma coisa e fazem outra, traindo não só a palavra, mas o bolso da população (CRÉDULA e OTÁRIA).

    por q as pessoas afetadas (98 ou 99% da população) não vai dar queixa sobre o ATO PORNOGRÁFICO NÃO CONSENSUAL a q foram submitidas sem consentimento?

    por q, como já falei, o(a) brasileiro(a) médio(a) é CORNO(A) CONVICTO!A)!!!!!!!!!

    (sabe q está sendo engado, lesado e traído e não faz nada de efetivo para mudar, muito pelo contrário, fica resmungando pelos cantos, tipo pinguço tomando umas pra "esquecer" e depois volta, VOLUNTARIAMENTE, ao convívio do ESTUPRADOR-POLÍTICO e fala meio sem convicção: — não vai fazer isso de novo comigo, ta?! ao q nosso político padrão responde: — fica sossegado(a)… pode confiar em mim… não vai doer nada!!!)

    resumindo, não sei pra q toda essa hipócrita comoção…. no bbb só vão prostitutinhas e prostitutinhos, E TODOS SABEM DISSO!!!!
    e TODOS sabem o q vai rolar!!!!

    o MICHÊ pelo sexo com o cara (daniel? sei lá!) já foi pago pela rede esgoto AO ELES ACEITAREM PARTICIPAR… vcs querem q o cara pague de novo???
    como já comentei, TODOS (os trouxas protagonistas do bbb e os trouxas q assistem essa degenerescência) já sabiam o q iria rolar, OU NÃO???

    OU
    — O BBB É UMA REUNIÃO DE CRIANÇAS VIRGENS E CASTAS E
    — A REDE ESGOTO SEGUE ALGUM PRINCÍPIO ÉTICO,
    — O PÚBLICO Q ASSISTE ISSO É QUALIFICADO, O
    — GOVERNO NÃO É OMISSO,
    — OS PATROCINADORES DESCONHECIAM O PROGRAMA Q PATROCINAM
    E EU NÃO ESTAVA SABENDO???

    ou somos todos muito ingênuos, ou somos todos muito hipócritas….

    deixem um sodomizar, torturar e matar o outro nesse lixo de bbb sem ficar enchendo o saco dos demais comentaristas com esses comentários piegas, hipócritas, travestidos de singela preocupação com o próximo, tipo… oh, eu não sabia! oh, q maldade! oh, a mocinha nem sabia o ia rolar!
    (nossa, q infantilismo bossal travestido de altruísmo).

    se querem ajudar o próximo, tem outros lugares e pessoas MUITO MAIS (E VERDADEIRAMENTE) NECESSITADAS, NÃO?

    um péssimo dia (aos envolvidos e preocupados com essa palhaçada de bbb)!!!

    um ótimo dia para as pessoas de bom senso!!!

    Candido Glospan

    17/01/2012 - 11h36

    Brilhante!

    João

    17/01/2012 - 12h21

    rodrigo
    Você vai levar umas 100 negativadas. Como que você expõe os que "não" assistem o BBB dessa maneira? Eles adoram o BBB, mas como tem de combater o PIG fazem todo esse faz de conta. Teve um que só foi assistir porque leu o artigo aqui…rsssss.

    Adriano

    17/01/2012 - 07h03

    Augusto,

    Você anda bastante desinformado, pois desde 2009 a redação do 215 mudou. Esta aberração de classificar mulher como honesta não existe mais:

    "Art. 215. Ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com alguém, mediante fraude ou outro meio que impeça ou dificulte a livre manifestação de vontade da vítima:

    Pena – reclusão, de 2 (dois) a 6 (seis) anos."

    Fernando

    17/01/2012 - 08h53

    O Código Penal foi reformado e essa aberração chamada mulher honesta foi removido. Tal termo gerava uma valoração subjetiva que acabava por deixar impune muitos crimes, hoje não existe mais.

    Jose Mario HRP

    17/01/2012 - 09h03

    mulher honesta?
    Faz tempo que isso já não consta da lei.

    Xad Camomila

    17/01/2012 - 13h10

    Augusto: o "mulher honesta" – graças aos deuses! – foi retirado do caput do art. 215, do CP, justamente, porque implicava num julgamento de quem era "honesta" ou "não honesta". A redação do artigo foi alterada pela lei 12.015 de 7 de agosto de 2009. É só vc olhar um Código Penal atualizado:
    http://www.amperj.org.br/store/legislacao/codigos

    O art. 215, ficou assim:
    "Violação sexual mediante fraude:
    Art. 215. Ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com alguém, mediante fraude ou
    outro meio que impeça ou dificulte a livre manifestação de vontade da vítima:
    Pena – reclusão, de 2 (dois) a 6 (seis) anos.
    Parágrafo único. Se o crime é cometido com o fim de obter vantagem econômica, aplica-se
    também multa."

Antonio

16/01/2012 - 23h44

Está se mostrando mais do que necessário um marco regulatório, ou Lei dos Médios como alguns chamam.
Não concordo com a proibição pura e simples de programas deste gênero, seria censura. De forma alguma deveriam ser transmitidos pela TV aberta e sim por canais pagos. Quem quiser assistir e ver o que o ser humano tem de pior, que pague por isso. E pague caro!
O próprio apresentador em entrevista recente afirmou despir-se da roupagem de jornalista para poder ser apresentador deste programa. Jornalista ele diz ser!
Cá comigo tenho minhas dúvidas pois seu último trabalho, foi escrever a biografia do patrão recentemente falecido. Distorceu fatos históricos para agradar os herdeiros cevando uma possível indicação para a direção de jornalismo do grupo. Plantou, se vai colher é outra história e um JORNALISTA não faz o que fez para bajular os patrões. Ao menos deveria preservar sua dignidade profissional!
Nós temos muito pouco poder em relação ao poder econômico da Globo, mas podemos fazer muito. Trabalhar para uma campanha que terá muito mais efeito do que simplesmente proibir o programa.
VAMOS NOS UNIR, INCLUSIVE COM A COLABORAÇÃO DO BLOG PARA QUE SEJAM DIVULGADAS AS EMPRESAS PATROCINADORAS E AO MESMO TEMPO PEDINDO QUE DEIXEMOS DE CONSUMIR OS PRODUTOS E SERVIÇOS DOS ANUNCIANTES.
Da minha parte, ano passado escrevi à fabricante de autos, informando que na próxima troca a opção será por outra marca. Fiat não!
Neste ano deixamos de usar o sabão em pó anunciado. Escolhemos outra marca que se mostrou tão boa quanto e CUSTA MENOS!
Façamos o mesmo com a cerveja, com o refrigerante e com todos os produtos e serviços que contribuem para que programas deste tipo continuem na TV aberta.
Precisamos deixar de esperar que um Pai da Pátria qualquer resolva nossos problemas!
A proibição ou a retirada do ar deve vir pela falta de patrocínio que vai doer no bolso de quem espera lucro com programas deste tipo.

Responder

Ana Paula

16/01/2012 - 23h34

Aluno da USP fumando um baseado no estacionamento vai parar na delegacia , mas falar que vai buscar ecstasy em rede nacional na Globo pode? Não foi a Globo que fez a caça às bruxas aos universitários da USP?

Responder

Marcelo de Matos

16/01/2012 - 23h30

A nota do Viomundo fala em "estupro de vulnerável". Como assim? A Monique não é "de maior"?

Responder

    Flávia

    17/01/2012 - 00h51

    Do post: http://direito.folha.com.br/1/post/2011/6/fazer-s

    a lei diz que é estupro de vulnerável fazer sexo com quem “por qualquer outra causa, não pode oferecer resistência”. Como com os enfermos, aqui a lei não faz uma lista dos casos possíveis, mas ela diz ao magistrado que ele deve condenar sempre que alguém não está sob controle de suas faculdade mentais, físicas ou emocionais. E alguém que está alcoolizado (ou drogado) certamente não está sob controle de suas faculdade mentais. Para deixar claro: fazer sexo com alguém bêbado (ou drogado) é estupro. Qualquer tipo de sexo (vaginal, oral, anal etc). Essas pessoas, segundo a lei, não sabem o que estão fazendo. Reparem que o suspeito, na matéria acima, diz que a sua vítima consentiu. Isso não importa. Não funciona como defesa porque ela estava embriagada e é o mesmo caso do menor de 14 anos ou do deficiente mental: eles não têm capacidade de consentir. Estão vulneráveis.

    Marcelo de Matos

    17/01/2012 - 13h17

    Obrigado pelas explicações. O problema é se a mulher fingir de bêbada, usufruir da situação e ainda ferrar com o otário.

    Carlos Willian

    17/01/2012 - 00h57

    Estupro de vulnerável

    Art. 217-A. Ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 (catorze) anos: (Incluído pela Lei nº 12.015, de 2009)

    Pena – reclusão, de 8 (oito) a 15 (quinze) anos.

    § 1o Incorre na mesma pena quem pratica as ações descritas no caput com alguém que, por enfermidade ou deficiência mental, não tem o necessário discernimento para a prática do ato, ou que, por qualquer outra causa, não pode oferecer resistência.
    Código Penal Brasileiro, o parágrafo primeiro explica a vulnerabilidade dela…
    Estuda um pouco mais direito e esquece o BBB !!!!!!!!

Constantino

16/01/2012 - 23h26

Este caso está com um cheiro de armação… Audiência sobe, o cara ganha um cala-boca pra não revelar nenhum detalhe sórdido num programa sensacionalista e popularesco de uma emissora qualquer da tv aberta e a garota "vence" a disputa do "programa"…

Responder

    conceição oliveira

    17/01/2012 - 00h23

    Olá Constantino
    Se houve estupro é o Horror, e 'armar um estupro' numa concessão pública é igualmente o horror.
    Como disse aqui: http://www.viomundo.com.br/blog-da-mulher/bbb12-e

    "seria bom que não fosse permitido à TV Globo insinuar que é ‘amor’ e ‘lindo’ cenas que em tudo parecem ser abuso sexual."

@luisk2017

16/01/2012 - 23h23

Repugnante tratar a mulher como "vítima propiciatória"! Atenuar responsabilidade do cara e da Globo também!

Responder

Marat

16/01/2012 - 23h23

Eu nunca havia assistido aquilo ali. Hoje fiz questão de ver, para analisar o "programa"… O que mais me surpreendeu foi ver um Pedro Bial gaguejando, falando coisas erradas. Parecia assustado ou sem treino de script.
Outro fato que me chamou a atenção foi a semelhança do programa com o excelente livro "Dr. Fischer de Genebra", de Graham Greene, onde se narram as aventuras de pessoas que se sujeitam a tudos os tipos de humilhação em troca de alguns presentes (caros, até!). É isso, por enquanto. Ah, nota zero para o Big Brother: Lixo no seu mais elevado grau!

Responder

    André

    17/01/2012 - 00h32

    Marat, já li esse livro e há muitos anos digo que existe um livro do Gran Greene que todos os que assistem o BBB deveriam ler. No entanto, durante todos esses anos nunca fui capaz de me lembrar do nome do livro. Agora, por casualidade, vejo essa sua menção ao livro e, além disso, associando ao BBB. Realmente, Dr Fischer precisa ser lido por todos que assistem o BBB! (e não só por eles, claro.)

    Marat

    17/01/2012 - 07h58

    André, o livro também é conhecido como "a festa da bomba". Que bom que você também o leu!
    Os coitados ali, que participam daquele circo de horrores, deveriam lê-lo. Talvez um ou dois tenham a capacidade de entender ao menos alguma coisinha daquela bela leitura!
    Abraços

    beattrice

    17/01/2012 - 10h43

    Já que vc pretende se dedicar a este tipo de "entretenimento" Marat sugiro que vc assista também ao "Mulheres Ricas" na BAND, é tal qual imperdívellllllll.

    Marat

    17/01/2012 - 12h55

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK… já me indicaram esse "programa" – KKKKKKKKKKKKKKKK – Meu Deus, esse, acho que só assisto com a cabeça transbordando de Whisky – rsrsrsrsrs – Abraços

    Vlad

    17/01/2012 - 00h41

    Ihhhh !!!!…assistiu? com som e tudo?
    Rápido…leia um livro do Paulo Coelho (até o final), senão será irreversível a compulsão por continuar assistindo. Após a leitura seu cérebro terá zerado e esquecido do BBB e vc pode começar a pensar novamente, aos poucos. Mas não se deixe cair na tentação…nada de TV por pelo menos 90 dias.

    Não há de quê.

    º,..,º

    Marat

    17/01/2012 - 08h01

    Vlad, assisti, e não vou perder mais nenhum – rsrsrsrs – vou mandar até fazer camiseta com o nome de minhas prediletas – rsrsrsrs.
    Agora o complemento com um livro do Paulo Coelho deverá ser fantástico, e em seguida algum livro de auto-ajuda (sem onanismos hein) com dicas de como fazer amigos, conquistar mulheres, comportar-se em público etc. – rsrsrsrsrs – Realmente estão tentando a todo custo idiotizar as pessoas. Aquele programa, Vlad é o filet da excrescência. Lamentável!
    Abraços

    Marat

    17/01/2012 - 08h02

    Prezado Dracul, só agora entendi o º,..,º – rsrsrs, fiquei (mais) lento – rsrsrsrs
    Que Van Helsing nunca te pegue – rsrsrsrs – Abraços

    tiago tobias

    17/01/2012 - 11h13

    Marat, tira um raio-x do seu cérebro. Deve ter diminuído de tamanho depois dessa.

    Marat

    17/01/2012 - 12h55

    Tiago, não consigo nem formar mais palavras – rsrsrsrsrs

Ana Paula

16/01/2012 - 23h23

Eu vi as cenas do abuso cometido pelo meliante. De indignar! A vítima não se manifestou? A vítima pode ver o vídeo?

Responder

Ana Paula

16/01/2012 - 23h22

Gostaria de disponibilizar este link no qual um dos participantes do BBB diz que vai buscar ecstasy na dispensa:
http://www.megavideo.com/?v=YWO19JJF

A Globo se supera!

Responder

    Ana Paula

    17/01/2012 - 01h55

    Errata: despensa.

Luci

16/01/2012 - 23h20

Se houve estupor os patrocinadores são responsáveis.O Ministro das Comunicações terá que AGIR.
Fatos lamentáveis e gravíssimos estão ocorrendo, parece esquema montado para desestabilizar.
Neste momento a Comunidade do Pinheirinho está apreensiva e se houver a reintegração de posse será um drama, um retrocesso. Desalojar 1500 famílias para garantir "posse" a quem especulou. É o fim do fim.
A elite não faz justiça, mas mantém e amplia desigualdades.

Responder

Luciano Prado

16/01/2012 - 23h17

Será que vai ser necessário ocorrer um homicídio nessa baixaria para que a Justiça impeça de vez sua exibição?

Responder

beattrice

16/01/2012 - 23h17

Até onde a TV brasileira vai cair?
Até quando os jornais brasileiros vão mentir?
Até quando as rádios brasileiras vão ser repartidas entre políticos?
Até quando não houver um governo que lute pelo Marco Regulatório
das Comunicações como ele "luta" pelo que é de interesse de certos setores dele.

Responder

    warner vanderlei

    18/01/2012 - 07h24

    Parabens pelo brilhante comentario.

Vale tudo por audiência | Cão Uivador

16/01/2012 - 23h15

[…] participante acusado de abuso foi expulso do BBB pela produção do programa, e provavelmente terá de se explicar à polícia (que foi aos estúdios da Rede Globo para […]

Responder

Helder

16/01/2012 - 23h12

E a rede Globo não largar seus "usos e costumes", só que agora o telespectador não é mais ingênuo…

Mandaram o cara embora e não deram uma justificativa plausível, é mole?

Essa rede Globo, faz o que quer e nada acontece.

Responder

    Gaiola

    17/01/2012 - 16h54

    Ele entrou na gaiola por livre e espontânea vontade, deverá responder por seus atos. Agora ele se conscientizará o que significa "Nós não somos racistas " do Kamel.
    Ele que se defenda e diga o que significa os bastidores.
    Supostamente haverá prisão, é o mínimo, o episódio ocorreu em nível nacional, tem situação de flagrância e muito mais. Imagino o coror, corre para a impunidade. Os donos do poder estão em apuros.
    Pois é não há o que manipular, com a Internet, não dá.

Augusto

16/01/2012 - 23h09

Nada.

Responder

Marcio H Silva

16/01/2012 - 23h05

A Globo realmente acha que você, espectador, é um completo idiota. (Conceição Oliveira).
Cara Conceição, a Globo realmente acha, não, tem certeza de que quem assiste o BBB é idiota, imbecil e ignorante ( ignora muitas coisas nos bastidores da tv, das leis vigentes e das leis de marketing ).

Responder

    Leo

    17/01/2012 - 10h31

    MAs não foi isso que o próprio Bial disse isso? que ele têm que virar mané (povo brasileiro, na acepção dele) pra poder apresentar o programa?

Vlad

16/01/2012 - 22h50

Ué?!
Não é aqui o altar do "só condene após as provas e a decisão juciial passada em julgado" blá, blá, blá, blá?
O que aconteceu dessa vez que já condenaram sumariamente e já chamam o rapaz de estuprador?
Racismo? Imagina! Of course not.

Responder

    Conceição Oliveira

    16/01/2012 - 23h13

    Olá Vlad onde nos meus dois textos sobre o assunto o acusado foi condenado?

    Ambos textos focam como um suposto estupro de vulnerável ocorrido no sábado foi tratado até e durante o anúncio da eliminação do participante pela emissora, assim como comentários machistas justificam o 'suposto estupro'.

    Vlad

    16/01/2012 - 23h22

    Referi-me aos comentários e não aos seus textos, Conceição.

    Ana Paula

    16/01/2012 - 23h46

    Conceição, outra participante do reality show, a Mayara, afirmou que foi "bolinada" pelo Daniel na madrugada de sábado pra domingo, segundo o site Terra.

    giane

    16/01/2012 - 23h16

    Sabe, Vlad, é de conhecimento das melhores famílias que a prática do sexo é permitida no BBB. Sendo assim, eu acho que quando o Pedro Bial vem ao vivo dizer que o rapaz foi eliminado por cometer uma "infração" ele e a rede globo estão reconhecendo a ocorrência de sexo sem consentimento, compreende?.

    Vlad

    16/01/2012 - 23h33

    giane,
    É quase certo que a Globo não tenha certeza se foi ou não estupro. A única que "talvez" saiba é a suposta vítima.
    E, na dúvida, creio que seria impossível manter o rapaz no programa, pois mesmo o sensacionalismo tem limite para funcionar…como um remédio forte, em dose exagerada, vira veneno.
    Isso é o que eu acho pelo que li nessas últimas horas.
    Mas confesso que não sou expert nesse programa e posso estar "por fora".

Tiago Tobias

16/01/2012 - 22h40

Estava na sala com meu pai agora de pouco, assistindo o BBBobo e o Bial disse que após uma análise criteriosa, foi concluído que o comportamento do tal Daniel foi incompatível com o regulamento do programa.

Engraçado, ontem o Bial, ao ver as cenas da festa, tinha dito sobre o caso: O amor é lindo.

O Bial já cobriu a queda do muro de Berlim.

Seria lindo se agora ele cobrisse a queda do império Globo.

Responder

    Leo

    17/01/2012 - 10h29

    Acho que ele prefere escrever a biografia dos outros Marinhos… Têm gente que ainda acredita que ele é jornalista? Na verdade hoje eu tenho dúvidas se algum dia ele foi jornalista…

Xad Camomila

16/01/2012 - 22h34

Oi, gente! Só para esclarecer (ou melhor, só pra dar um "começo de resposta") pras pergunta que a Conceição deixou no fim do post.

O Daniel vai responder pelo crime de ESTUPRO DE VULNERÁVELl, nos termos do art.217-A, §1o, do Código Penal (pena: reclusão, de 8 a 15 anos). Trata-se de CRIME HEDIONDO que não admite fiança tampouco transação penal (uma espécie de acordo, oferecido pelo MP, pra evitar que o processo seja iniciado). Esse crime admite a concessão da liberdade provisória, se não estiverem presentes os requisitos da prisão preventiva. Quer dizer, pode ser que ele responda o processo em liberdade.

Se ele for condenado, a pena será cumprida inicialmente em regime fechado (penitenciária). Como é crime hediondo, os requisitos para a progressão de regime e o livramento condicional são mais severos:

– ele precisará cumprir 2/5 da pena, em regime fechado, se for réu primário (e 3/5, se for reincidente), para ter direito à progressão para o semi-aberto (ex., passar o dia solto e voltar à noite pra dormir na cadeia).
– já o livramento condicional demanda o cumprimento de mais de 2/3 da pena, se ele não for reincidente em crime hediondo.

Bem, a Rede Globo – pessoa jurídica de direito privado – deverá responder, na pessoa do seu diretor, pelo crime de ESCRITO OU OBJETO OBSCENO, nos termos do parágrafo único, inciso II, do art. 234, do Código Penal:

"Art. 234 – Fazer, importar, exportar, adquirir ou ter sob sua guarda, para fim de comércio, de distribuição ou de exposição pública, escrito, desenho, pintura, estampa ou qualquer objeto obsceno:

Pena – detenção de 6 meses a 2 anos, ou multa

Parágrafo único. Incorre na mesma pena quem:
(…)
II – realiza em lugar público ou acessível ao público, representação teatral, ou exibição cinematográfica de caráter obsceno, ou qualquer outro espetáculo que tenha o mesmo caráter"

Bom, foi exatamente por conta do art. 234 do CP que a Globo tirou o vídeo do ar, assim que as manifestações começaram. Ela fez isso para não prolongar o dano à coletividade.

Por fim, a vítima poderá entrar com uma ação civil "ex delicto", que vai tramitar numa vara cível, onde ela irá pleitear uma indenização pelo dano moral sofrido, já que um número gigantesco de pessoas assistiu ao vídeo.

Espero ter ajudado um pouco.

Responder

    Conceição Oliveira

    16/01/2012 - 22h47

    Obrigada, Xad Camomila, vamos acompanhar.

    ricardo

    16/01/2012 - 23h49

    uma pequena observação : No inicio este mesmo cidadão , declarou para uma moça não sei o nome dela , em conversa na sala do bbb12, que em uma determinada localidade entre amigos ou coisa assim acendeu um mandela fumou não sei o termo exato , e fopi questionado sobre o tal mandela outra pessoa respondeu que isso era "dar 2" ( fumar ou cherar alguma droga ) entendo que isso já diz a personalidade do cara e outra na festa ele afirmou para mayara q não era de ficar só nas preliminares que era de ir ate as finalizações diz ele na conversa com mayara , , . então depois ocorre isso, e aí como fica ? deveriam ver essas partes tambem abraços amigos é só um comentario amigos nada mais

    Xad Camomila

    17/01/2012 - 05h37

    Ricardo, olha só, o Direito Penal não pune auto-lesão, a não ser que ela sirva de meio para execução de outros crimes.
    Exemplo: o sujeito, pretendendo obter indenização ou valor de seguro, fere o próprio corpo, mutilando-se; é estelionato (art. 171, § 2o., inc. V, do CP), isso em razão da proteção ao patrimônio da empresa seguradora.
    Por isso, qualquer pessoa pode declarar, publicamente, que é usuário de droga (como no caso do Fabio Assunção). A lei de drogas (11.343/06 pune tráfico e porte.
    Outra coisa: o fato de o sujeito ser usuário não significa que ele irá cometer um crime. Isso ai é preconceito, juízo de valor.

    Fernando

    17/01/2012 - 09h05

    Uma dúvida a seus lúcidos esclarecimentos. O crime de Estupro ou Atentado Violento ao pudor é de Ação Pública Condicionada ou Incondicionada? Isso faz toda a diferença, visto que dependeria de denuncia da vítima para a Ação Penal ser instaurada.

    Xad Camomila

    17/01/2012 - 10h28

    Fernando: em regra, nos crimes contra a liberdade sexual a ação penal é pública condicionada à representação do ofendido (quer dizer, a pessoa pode ou não dar início ao processo).

    Porém, se a vítima é menor de 18 anos ou pessoa vulnerável, a ação penal é pública incondicionada.

    No caso BBB, o ocorrido encaixa-se ao crime do art. 217-A, rt. 217-A, § 1o., do CP, porque a moça estava bêbada e adormecida (a vulnerabilidade vem daí).

    Então, basta a notícia do crime – diretamente assistindo ao vídeo ou por alguém que faça uma denúncia formal -, para que o Ministério Público do Rio de Janeiro (local do fato) possa ingressar com a ação contra o agressor. Certo?

    De Paula

    17/01/2012 - 11h11

    Mas afinal, eles não foram colocados lá prá isso mesmo? As chamadas para o programa não eram um convite ao voyeurismo? Ou os tele-espectadores estariam sendo convocados para uma convenção de congregados marianos?

    Xad Camomila

    17/01/2012 - 16h57

    Program é programa. Crime é crime.

    Fernando

    17/01/2012 - 13h26

    Xad Camomila, nesse caso a vulnerabilidade da vítima é relativa ao momento em que ocorreu o ato, assim quando cessa a sua embriaguez ela está apta a representar o fato perante as autoridades, acho que só os completamente incapazes que entrariam nessa hipótese, nesse caso acho que a ação penal dependeria da representação da vítima.

    Xad Camomila

    17/01/2012 - 17h57

    Fernando, você está certo. Ainda bem que eu não coloquei Processo Penal no comentário principal aqui (ufa!), mas botei no meu blog (tóin!). Vou publicar esse seu comentário lá no Xad Camomila, como esclarecimento, ok?

    Então, fica assim: a ação penal é pública condicionada à representação do ofendido; pode ser dirigida ao juiz, MP ou autoridade policial; prazo decadencial de 6 meses, contados da data em que ela tomou conhecimento (da autoria) do fato. Certo?

    Xad Camomila

    18/01/2012 - 01h50

    Fernando: O Direito deixa a gente em cada uma… olha isso:

    "A promotora Christiane Monnerat disse que, se houver indício de que Monique não tinha capacidade de reação, o Ministério Público pode denunciar o caso, independente da vontade dela. "

    Essa é a promotora do caso. Putz! Será, então, que é ação penal pública incondicionada ??? Quer dizer, o que eu tinha dito antes? Eu estava certa e vc errado? Cara, puxa o freio de mão do trem que eu quero descer!!!
    http://odia.ig.com.br/portal/diversaoetv/bigbroth

    Fernando

    18/01/2012 - 11h42

    É Xad Camomila, li bastante a respeito e me parece que a ação nesses casos é incondicionada mesmo. De fato o Direito é cheio de meandros! Abraço!

    Marcos

    17/01/2012 - 00h56

    Uma dúvida: se o programa entupiu o cara de birita, ele também não pode processar a Globo pela indução a toda essa promiscuidade? Afinal, fica claro por que eles não interferiram no ato. Uma transa já na primeira semana, com certeza, faria a audiência bombar.

    Xad Camomila

    17/01/2012 - 04h31

    Bom, eu acho que não. No Direito, "induzir" é incutir na cabeça da pessoa uma ideia pra que ela cometa um determinado crime, ideia esta que até então ela não tinha; "instigar" é reforçar uma ideia que a pessoa já tinha; "auxiliar" é dar um auxílio material pra prática do crime (ex. emprestar a arma pra alguém que o sujeito sabe que pretende usá-la num roubo).

    Uma outra coisa que vc falou é o fato de o programa ter liberado a bebida, incentivando o consumo. Isso tem a ver com uma teoria – Teoria da Imputação Objetiva – que, entre outras coisas, diz que "nem toda ação perigosa é proibida pelo Direito". É preciso fazer um ponderação entre a necessidade de proteção de determinado bem jurídico e o interesse geral de liberdade. Por exemplo, embora dirigir um carro possa eventualmente causar acidentes (e matar pessoas), a conduta de "dirigir" é permitida. Da mesma forma, o consumo de bebida alcoólica é permitido (mesmo em excesso), embora possa causar dependência e outros problemas; é o chamado "risco permitido".

    Outra coisa que vc falou tem a ver com uma "conduta omissiva" da Globo, que não impediu a consumação do estupro. Isso é um problemão (tem muita discussão no Direito sobre isso). Aqui tem duas coisas distintas: "participação por omissão" e "conivência impunível".

    Só existe participação por omissão quando a colaboração é eficaz para a ocorrência do resultado. Exemplo: o funcionário de uma loja sabe que duas pessoas vão praticar um furto e, ao sair, deixa de trancar a porta, agindo com dolo, as pessoas entram e cometem o furto (o funcionário responde como partícipe). Agora, se alguém apenas se omite de maneira que não coopere objetivamente para o resultado, é só "conivência impunível" (não é partícipe). Ex: o sujeito fica sabendo que vai ocorrer um furto na loja em que ele trabalha e não faz nada pra impedir.

    Mas vamos aguardar. Pra mim, a conduta da Globo é a do art. 234, par. único do CP. Não vai dar participação ou co-autoria (por omissão) no crime de estupro de vulnerável.

    Marcos, espero ter ajudado e não complicado. Inté

    Paulo

    17/01/2012 - 10h53

    Xad camomila,

    A Globo não teria maior responsabilidade por armar toda a situação com o fornecimento de bebidas e quartos, estimular certos comportamentos e ainda por lucrar com tudo isso?

    Diante do fato do alegado estupro, a Globo não apenas se omitiu e deixou o fato se consumar, como também continuou transmitindo a consumação do estupro. Isso não agrava a situação da Globo?

    Eu desconfio fortemente que a Globo instrui os particiopantes àquele comportamento limite, é difícil prover pelos contratos de confidencialidade que os participantes assinam. Se fosse provado que a Globo instruiu e estimulou esse comportamento lascivo e libidinoso, a sua responsabilidade não seria maior?

    Existe alguma ação que nós cidadãos comuns poderíamos tomar junto ao Ministério Público, por exemplo uma Ação Civil Pública ou outro remédio constitucional?

    Desde já agradeço.

    Xad Camomila

    17/01/2012 - 22h38

    Paulo, acho que foi pensando na possibilidade de uma ação civil pública que o MPF-SP abriu hoje um "procedimento" para apurar eventual "lesão aos princípios constitucionais da Comunicação Social e ofensa aos direitos da mulher" A notícia tá aqui no Viomundo. Inté.

    Adriano

    17/01/2012 - 07h07

    Marcos,

    Quando você está com a cara entupida de birita você sai por aí estruprando? Ou melhor, você acha que é normal encher a cara de birita e sair estuprando? A Globo tem responsabilidade com o ocorrido, mas sua argumentação é terrível.

    Maurício

    17/01/2012 - 11h45

    Creio que não há como a "pessoa jurídica" ser autora do crime tipificado no art. 234 do Código Penal, uma vez que, como se sabe, só existe imputabilidade penal da pessoa jurídica nos crimes ambientais.
    Por outro lado, não há como responsabilizar seu diretor, por não tratar-se de crime societário ou tributário, sob pena de responsabilidade objetiva, rechaçada no direito penal. Ou não?

    Xad Camomila

    17/01/2012 - 19h13

    Médio (e, ainda por cima, tenho umas dúvidas). Para a teoria da ficção jurídica, de Savigny, a pessoa jurídica não tem existência real, não tem vontade própria. Logo, não pode ser sujeito ativo de crime. Já a teoria da realidade (orgânica ou organicista), de Gierke, sustenta que a pessoa jurídica é um ente autônomo e distinto de seus membros, dotado de vontade própria. Então, é sujeito de direitos e obrigações, como a pessoa física.
    Como a teoria de Gierke é mais aceita no Direito, começa o debate sobre a possibilidade de a pessoa jurídica ser sujeito ativo de crime. Aqui, há duas correntes: uma pela impossibilidade e a outra pela possibilidade.
    Com a opção pela segunda corrente (a da possibilidade), pode-se dizer que a CF admitiu a resp. penal da pessoa jurídica nos crimes contra a ordem econômica e financeira, economia popular e meio ambiente.
    A lei 9.605/98 cuidou dos crimes ambientais. Mas as leis 1.521/51 (economia popular), 7.492/86 (sist. financ. nacional) e 8.176/91 (ordem econômica) só cuidaram da responsabilidade penal das pessoas físicas. Isso sem falar nos crimes previstos no CDC, recaindo sobre pessoas jurídicas.
    Daí, a minha dúvida sobre a não aplicação do art. 234 para as pessoas jurídicas. É isso.

    Marcio

    17/01/2012 - 14h08

    Mas a "vítima" afirmou que não foi estuprada, que não sentiu nada, que está tudo bem com ela e sua vagina, e que acordou com vontade de "amar" o Daniel…. Para com isso. Tá dominado! è só pra incentivar a audiência. Ou algum gajo do Ministerio Público vai peitar a Globo?????

    Xad Camomila

    17/01/2012 - 22h28

    O MPF-SP peitou! Foi demais; bela sacada! Pegaram pelo cível: direitos das mulheres. Não passa pela vontade da vítima (de representar ou não o Daniel) e o risco pra Globo é bem maior do que na área penal. Vida longa ao Ministério Público Federal! A notícia tá aqui no Viomundo mesmo.

Gerson Carneiro

16/01/2012 - 21h55

Globo expulsa o estuprador do BBB.

E quanto aos estupradores da garota de 13 anos, filhos de donos da RBS, a Globo abafa.

Hipocrisia Mode ON

Responder

    Klaus

    16/01/2012 - 23h22

    Conceição não condenou ainda, mas o Gerson já.

    Cesar Constantino

    17/01/2012 - 00h58

    E você está defendendo estuprador! Cúmplice de criminoso!

    Gerson Carneiro

    17/01/2012 - 01h14

    Oras, estupro é igual corrupção. Assim como não pode haver corrupção sem corruptor, não pode haver estupro sem estuprador. É uma questão elementar, meu caro Klaus.

    msky

    17/01/2012 - 12h44

    Gerson, tu tá sabendo que o blogueiro (Mosquito) que denunciou o caso do estupro cometido pelo filho do Sérgio Sirotsky (RBS) foi encontrado morto em Florianópolis?
    Pois é, encontraram ele morto, enforcado com um lençol na casa dele. Não havia sinais de arrombamento, mas a porta da casa estava aberta. A polícia está tratando como suicídio, mas o povo não acredita muito. Não havia sequer uma carta de suicídio….e olha que o Mosquito era blogueiro, hein.
    Aliás, o "suicídio" do Mosquito aconteceu no mesmo mês em que um vereador do interior de SC (Marcelino Chiarello, PT) foi morto, mas no local do crime haviam simulado um suicídio. Chiarello já havia feito várias denúncias de corrupção contra a administração municipal, comandada pelo DEM.

    Gerson Carneiro

    17/01/2012 - 16h24

    Estou, msky. Cheguei a conhecê-lo pessoalmente e pela disposição e determinação que ele demonstrou ter (estava adoentado no I Encontro de Blogueiros em São Paulo, em agosto de 2010, e ainda assim estava lá) não acredito na versão de suicídio.

    Horridus Bendegó

    17/01/2012 - 12h50

    Os estupros perpetrados por senhorios da Casa Grande contra a Senzala nunca se puniram.
    E continuam impunes.
    Como eu digo, ( e também o Mino Carta) falta-nos a correição de uma revolução em nossa História.

    O Chacal

    17/01/2012 - 13h08

    e sobre esse caso o Amilton Alexandre(Mosquito) morreu de forma estranha.

    msky

    17/01/2012 - 13h57

    muito estranha mesma a morte do Mosquito. Tão dizendo que foi suicídio, mas eu duvido.
    Geralmente os suicidas deixam uma carta (ou várias), ou pelo menos um bilhete de adeus. No caso do Mosquito, não encontraram nada, nem um bilhete, nenhuma carta, nem mesmo um email ou qqer outro documento virtual. E olha que ele era um blogueiro, uma pessoa que estava sempre a escrever…Como é que uma pessoa assim se mataria sem deixar nem ao menos uma justificativa por isso, ou um pedido de desculpas por estar se matando (isso é algo comum em casos de suicídio).

    fabio

    17/01/2012 - 13h43

    Só um detalhe o blogueiro responsável por denunciar o caso da RBS apareceu morto final de 2011,
    por suposto suícidio.

AntoniO

16/01/2012 - 21h52

Estão seguindo o conselho do Maluf:
Estupra, mas não mata!
Aliás, há muito tempo o Brasil vem sendo estuprado pela globo.

Responder

Gerson Carneiro

16/01/2012 - 21h44

A audiência do BBB vai aumentar ou diminuir com o estupro?

"Aumentar".

Ah tá, eu só queria saber.

Eu estou achando é pouco.

Quem dorme com porcos come farelo.

Responder

    Luci

    17/01/2012 - 14h00

    Gerson é o passaporte do fim, uma emissora que o público não respeita pelo baixo nível de programação e por impor baixarias, não se mantém. "A Casa caiu". Em qualquer outro país seriam responsabilizados pela violência que propagam.Não é programa é difusão de VIOLÊNCIA.
    Os patrocinadores capitalistas do mal investiram 103 milhões no BBB. Quanto pior mais incentivo.

Marat

16/01/2012 - 21h37

Refletindo melhor, já sei o que acontecerá:
A Coitada aceitará uma indenização milionária. Com isso voltará atrás (no bom sentido) e dirá que houve sexo consensual. O cara passará uma noite (se tanto) numa delegacia, um advogado pagará a fiança e algum jurista especializado em habeas corpus dará um jeitinho.
Para fechar com chave de lata, a Globo terá um audiência enoooooorrrrrrrrrrrrrrrme e vai lucrar muito com isso.
Pesadelo? Não! É nosso Brasil da direita (eu tô fora dessa turma!!!)

Responder

    oliveira mendes

    17/01/2012 - 11h09

    Rapaz você é sutil. Substanciou o que seria verbo!

    m.sky

    17/01/2012 - 11h31

    Marat, esqueceu de falar do linchamento público e virtual desse tal Daniel. Vai ser lembrado para sempre como o cara que estuprou uma mulher no BBB. Vai ser algo tipo Mayara Petruso, mas muito pior, pq todo mundo já conhece o rosto desse rapaz.
    Vamos ver o que vai acontecer, acho que esse rapaz vai tentar sumir do mapa por um bom tempo. Mas a internet não deixa ninguém esquecer….

    Marat

    17/01/2012 - 12h53

    Prezado Sky, os valores éticos estão muito abaixo dos valores financeiros em nossa sociedade impregnada de capitalismo.
    Uma ou outra apresentadora de programas televisivos popularescos, falsamente exaltada, tentará linchar o otário, o mesmo se dará com algum apresentador de programas tipo Datena… Isso durante um tempinho. O cara vai (cheio da nota) para algum outro país e, no máximo em dois anos tudo estará esquecido. Até lá já estaremos no Big B… 17 ou 18, e muitas outras coisas cruéis e estúpidas terão ocorrido… Imagino que no BBB do futuro o Bial ou algum outro subjornalista/apresentador atirará aviõezinhos de papel, e oferecerá grana para quem praticar as piores escatologias ou algo que o valha! Abraços

Marat

16/01/2012 - 21h31

Esse tipo de programa só existe por dois motivos: 1) Há os que desejam participar; 2) Há os que assistem e apóiam. Infelizmente uma parcela enorme da população perde seu tempo com aquilo, e a Globo se entope (mais ainda) de dinheiro dos incautos… Pena!

Responder

    Gersier

    17/01/2012 - 11h40

    Dos incautos não,dos otários. Frase de um senhor de meia idade numa padaria hoje cedo:"tantos problemas para serem discutidos seriamente no Brasil e parte da população perdendo tempo com esse programa de baixaria que a globo transmite".

Maldoror__

16/01/2012 - 21h28

Acaso esse garoto BBBobo for criminalizado por estupro sua vidinha vai acabar. vai virar mulher de bandido. tem que acabar é com essas festas regadas a álcool neste programa vagabundo. Isso sim!

Responder

Gerson Carneiro

16/01/2012 - 21h15

Na tela da TV no meio desse povo
A gente vai ser evr na Globo
Na tela da TV no meio desse povo
A gente vai se ver, na GLOBO

Vem! Pra ser feliz!

[youtube 3f0qJ5-tFaE http://www.youtube.com/watch?v=3f0qJ5-tFaE youtube]

E quanto a criança de 13 anos estuprada por filhos de proprietários da Globo?
Será que os participantes do BBB sabem disso?

Responder

    Flávia

    16/01/2012 - 21h55

    Pois é, Gerson… quase ninguém ficou sabendo disso. A Globo, só pra variar um pouco, foi tendenciosa e deixou de falar a respeito. Eu, pelo menos, não vi nenhuma reportagem sobre.

tabnarede

16/01/2012 - 21h14

"O histórico de barbaridades no BBB já não é novo, mas quais serão os limites do programa após um suposto estupro em cadeia nacional? Como será interpretada pelas autoridades públicas e pelos telespectadores a omissão da Globo diante do caso? A emissora, de forma tirânica e desleal, seguiu com o espetáculo, reduzindo o episódio, através de seu fiel porta-voz, Pedro Bial, a “muito amor”. Através de uma edição impregnada de machismo e, por que não, de moralismos arcaicos, deixou Monique à mercê da situação e sequer prestou contas ao público, que ainda debate intensamente nas redes sociais a saída/punição de Daniel". Por Ana Flávia C. Ramos – "A mídia que estupra" (no TABNAREDE – http://tabnarede.wordpress.com/2012/01/16/a-midia

Responder

    willforlife

    17/01/2012 - 02h26

    sem falar do sadismo das câmeras. lamentável.

Deixe uma resposta