VIOMUNDO

Diário da Resistência


Você escreve

Urariano Mota: Os bens de Jarbas Vasconcelos


08/07/2010 - 01h15

Os bens de Jarbas Vasconcelos

Urariano Mota, no Direto da Redação

Jarbas Vasconcelos, vocês lembram, é aquele senador que, com indignação à altura da revista Veja, um dia afirmou nas páginas amarelas que o Bolsa Família servia apenas para gerar malandros ou incentivar as pessoas do povo para a vadiagem. E como prova declarou que conhecia um garçom que deixara de trabalhar pra viver da “bolsa esmola” de Lula, como pode ser visto aqui.

Naquela altura, o bravo senador era um varão de Plutarco, segundo as páginas e imagens da imprensa amarela em inglês e marrom no Brasil. Indignado, ele protestava contra os desonestos, bandidos e ladrões do seu partido, a falar para o Jornal Nacional e a Folha de São Paulo… Paro um pouco pra notar que escrevi “bandidos do seu partido” num ato falho. Isso pode ser interpretado como bandidos da laia do insigne senador, mas tal não foi minha intenção, creiam: quis apenas dizer “bandidos” que existem no partido onde o senador ainda se encontra, o PMDB. Entendam.

Então? como perguntam os paulistas. Então, meus pacientes amigos, o senador apresentou ontem a sua última declaração, devo dizer, a declaração atualizada de bens ao TRE de Pernambuco:

“Jarbas Vasconcelos – Candidato a Governador

Obras de arte (jóias, quadros, objetos de arte) – R$198.217,20
Camarote nº1 do Estádio Adelmar da Costa Carvalho – R$11.254,68
Casa no Rosarinho – R$100.000,00
Apartamento Pier Mauricio de Nassau – R$130.000,00
Saldo Conta Corrente Banco Real – R$547,24
Saldo Conta Corrente Banco do Brasil – R$1.441,60
Casa no Janga – R$120.000,00
Conta Corrente Banco do Brasil – R$341,98
Automóvel Peugeot, fab.2009 mod. 2010 – R$35.690,00
Banco Santander Real fundo de investimento renda fixa – R$215.296,30
Apartamento Pier Mauricio de Nassau ( a ser pago em parcelas) – R$ 403.771,85”

Para dizer o mínimo, a declaração acima, assim como aquela sobre o garçom malandro, peca pela falta de verossimilhança. Ainda que por lei os candidatos não sejam obrigados a fornecer uma cópia da declaração de Imposto de Renda à Justiça Eleitoral, nós, comuns mortais, bem que podemos comparar os valores declarados com os do mundo real. Em se tratando de Jarbas Vasconcelos, paladino da boa moral, o que dizer do que ele afirma e firma? Primeiro, na sua declaração a parcela real é maior que o todo da soma de Plutarco. A saber: os dois apartamentos valem, no mundo imoral dos imóveis, algo em torno de 1.700.000 reais. (Informações da Moura Dubeux). Esses dois apartamentos dignos de um senador vão além do total 1.216.560,85 informado acima. É natural, eles estão no mais alto prédio do Recife, digamos.

Segundo, na parcela obras de arte então, Jarbas Vasconcelos dá um show de modéstia. Ou de esquecimento. Montaigne ensinava que a primeira qualidade do mentiroso é ter boa memória. Pelo visto, Jarbas Vasconcelos leu e esqueceu a lição, pois no que ele declara como 198 mil reais existem mais que bois e bonecos do mestre Vitalino. Em artigo publicado na revista Continente, pudemos ver que nas paredes de sua casinha no Rosarinho (que ele avalia em cem milzinhos), existem quadros de João Câmara, Reynaldo Fonseca, Cícero Dias, Siron Franco, Vicente do Rego Monteiro e Aldemir Martins. Bom gosto, reconheçamos, mas um só Vicente do Rego Monteiro e um modesto Cícero Dias, por exemplo, podem custar mais que 198 mil cangaceiros de barro. Mas o nobre senador esqueceu.

Na sua declaração ao TRE, o ínclito Jarbas só perdeu mesmo para o deputado federal Raul Jungmann, candidato a senador na sua chapa (de Jarbas). Raul, o ex-comunista da escola de Roberto Freire, declarou possuir bens num total de…. 17 mil reais. Notem que Raul recebe salários acima de 20 mil reais há dois mandatos e não tem, coitado, sequer uma casa pra morar, nem mesmo um fusca pra chamar de seu.

Dizer o quê diante desse modelo de pobreza, honra e virtude? – Para o PPS e assemelhados o cinismo não mata.





81 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

“Bolsa Vagabundagem” é tri-campeã « Ficha Corrida

11 de outubro de 2011 às 08h53

[…] PHA esqueceu de mencionar Jarbas Vasconcelos e seu […]

Responder

Jarbas Vasconcelos, o Pinóquio da Globo « Ficha Corrida

21 de agosto de 2011 às 10h08

[…] dos meios de comunicação que os protegem. Junto dos grupos mafiomidiáticos não há salvação. Jarbas Vasconcelos, o paladino da moralidade da Globo, é aquele mesmo Senador que se revoltou com o Bolsa Família, […]

Responder

jose

11 de julho de 2010 às 22h34

Nós esclarecidos sofremo e vamos continuar sofrendo, pois a culpa não é dele e sim
do povão que passa fome e ainda não acordou tambem não está interessado em acordar
com a mentira desses picaretas, o povão se sente quando precisa de um hospital mas
não adoecem todos de uma vez normalmente deve ser de dez em dez por isso que eles
continuam no poder, pra eles só a morte ai sim o coitado do espirito passa direto para
as trevas.

Responder

Ed.

10 de julho de 2010 às 14h15

A não ser que seja imóvel muito antigo, desconheço imóveis de um bom padrão ("padrão senador"), num lugar privilegiado, que custem, por baixo, há mais de 10 anos atrás, menos do que R$ 250 mil, seja em capitais como SP, RJ, Recife, Fortaleza (onde sondei há uns 10 anos e o "menor" que encontrei estava em cerca de 300 mil. A receita obriga a atualização se nao me engano, a valores monetários de 1996 (14 anos). Lembrar tambem que tudo, incluindo dinheiro vivo ou em conta corrente é só a foto do dia 31/dez. No dia anterior ou seguinte, "tudo pode acontecer"…
Além de declarações "humildes', todos sabemos que a maioria dos bens e direitos dessa gente estão de fato espalhados entre parentes e outros laranjas. Mas eles estão "certos"… é "distribuição de riqueza"…

Responder

André Frej

09 de julho de 2010 às 23h23

Oferecerei o dobro ao Senador para adquirir o Pier Maurício de Nassau.

Responder

PFiga

09 de julho de 2010 às 16h57

É impressionante a "cara de pau" de alguns senhores senadores e deputados. O que acho incrível é que a Justiça Eleitoral e o Ministério Público ficam caladinhos e não se pronunciam! Cadê a tal da ONG "Transparência Brasil", cujo principal financiador e criador da ONG, era o senhor Augusto Carvalho (PPS-DF) que foi Secretário de Saúde do governador ARRUDA (DEMO). FARISEUS!!!!!!!

Responder

Spok da Silva

09 de julho de 2010 às 12h57

Que me desculpem os outros Jarbas, mas este só serve para mordomo. De Serra!

Responder

darocha

09 de julho de 2010 às 11h57

delicia de internet ! nao livra a cara-dura de nenhum ! ficamos sabendo de tudo ! a rede ha de nos livrar desta corja de politicos sujos como este pernambucano ( nos gauchos temos varios tambem, nao se engane).

Responder

Albany Sampaio Jr.

09 de julho de 2010 às 11h44

O Caro Uraniano precisa ir em Lisboa e visitar alguns hoteis…

Responder

Urbano

08 de julho de 2010 às 23h53

O jarbarrabás vãsconselhos é tão austero quanto criativo, pois o slogan de campanha dele é: ´Pernambuco pode mais'. Então, pela criatividade se pode medir a austeridade.

Responder

    Marat

    09 de julho de 2010 às 17h33

    Com o PSDB/PFL tudo pode mais: pode mais é se danar!!!

Sérgio

08 de julho de 2010 às 23h41

O senador paladino da ética mente muito pessoal. Nunca que um camarote no campinho do Sport vale em torno de 11 mil Reais… aquilo não vale nem R$ 1.000,00!!!!!

Responder

Go Oliveria

08 de julho de 2010 às 23h29

Pelo visto, os dois, tanto Jarbas quanto Raul, estão fazendo um esforço danado para se candidatar com sucesso ao Bolsa Família!

Responder

Mauro Silva

08 de julho de 2010 às 21h33

Caro Azenha
Grande dúvida: arquivo essa notícia na pasta 171-político ou na 171-cara-de-pau?

Responder

Francisco Giseldo

08 de julho de 2010 às 20h49

Pelo que eu vejo, se não for reeleito acho que vai recorrer ao bolsa familia.

Responder

Marcio Gaspar

08 de julho de 2010 às 20h28

KKKKK . Raul Jungmann 17 mil reais em bens. Ta faltando muito zero a direita ai neste numero hein!!!!

Responder

Vieira

08 de julho de 2010 às 20h24

O problema e que apartamento nas torres gêmeas, como ficou conhecido o edifício aqui em Recife, onde o Jarbas tem dois apartamentos. Mesmo comprando na planta não existe esse valor de R$ 130.000,00.

Responder

    Rogerio Lins

    08 de julho de 2010 às 21h04

    do R$150.000,00, agora

Carlos do Janga

08 de julho de 2010 às 17h56

Concordo com o ponto referente a Declaração de Bens, ou seja, o valor informado deverá ser o valor de aquisição.
O problema é que como ele conseguiu pagar apenas R$ 130.000,00, obteve algum desconto especial para senador??
E a casa no bairro do Janga, Paulista/PE. Na declaração do ano anterior foi informada por R$ 60.000,00 e este ano dobrou para R$ 120.000,00, Certamente ele vai dizer que fez benfeitorias. kkkkkkk o problema é que que mora neste bairro e passa pela casa do ilustre sabe que mesmo informando o valor da casa a preço de custo/aquisição está mentindo. Minha humilde casinha foi comprada por um valor acima da "casinha" do Senador

Responder

    Eduardo Dantas

    08 de julho de 2010 às 20h31

    Esse prédio milhonário em que o nosso ínclito senador conseguiu um modesto desconto simplesmente foi contruído de forma ilegar, a revelia do plano diretor da cidade do recife!

    Rogério Lins

    08 de julho de 2010 às 21h11

    sou corretor de imóveis da cidade de Pernambuco, o edf. Pier na própria tabela da Moura Dubex esta avaliado em 800.000,00, a casa do Rosarinho a avaliação por baixo R$500.000,00 e a casa no janga R$200.000,00, qual quer outro valor para baixo e mentira, a justiça eleitoral até a fiscal deveria investigar é um absurdo um deboche com as pessoas que fazem este pais.

Marat

08 de julho de 2010 às 17h27

Como que um homem de humildade franciscana possui tantos bens??? Será que isso não é "trolóló de petista"? – rsrsrs

Responder

Vieira

08 de julho de 2010 às 15h49

O esse Raul Jungmann é um debilóide ou é um cínico. Veja o salário e mordomia de um deputado federal.

2. Quanto eles embolsam?

Os deputados ganham mais R$ 3 000 por mês de auxílio-moradia e R$15 000 mensais de “verba indenizatória”, que inclui o ressarcimento de gastos tão variados como os de combustível e TV a cabo (por isso mesmo, estão sendo contestados pela Justiça). Além do 13º, eles recebem uma espécie de 14º e 15º como “ajuda de custo”. Dividindo tudo por 12 meses (incluindo o salário e o 13º), o valor mensal bruto passa para R$ 39 390.
3. Quanto eles custam para a gente?
Pelo menos R$ 98 728,08. Além dos vencimentos, cada um tem R$ 50 815,62 para pagar os assessores, mais R$ 4 268,55 para despesas postais e telefônicas e verba de transporte aéreo que oscila hoje entre R$ 4 253,91 e R$ 16 938,44. Isso sem contar as despesas médicas, todas reembolsadas, o direito a publicações, o material de escritório e as despesas comuns de manutenção da Câmara.

Responder

voxetopinio

08 de julho de 2010 às 17h59

Uraniano, Azenha e todos do Viomundo. Podem deixar que a resposta pra Jarbas será dada na eleição. Vai ser uma lapada de primeiro turno só. Daquelas que faz o povo pensar: "Pra que sair de casa pra votar? Se a gente já sabia que ia dar nisso? Foi só pra botar no papel e registrar, né?"

Ele voltou pra se candidatar a contragosto, vai sair da política a contragosto também.

Responder

Klaus

08 de julho de 2010 às 17h52

Quanto aos imóveis, na Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física, o contribuinte deve declara-los pelo valor original, não sendo possível atualizá-los. Não sei se a legislação eleitoral considera o valor declarado ou o corrigido.

P.S. O que Dilma faz com tanto dinheiro vivo em casa? R$113.000,00 ! Onde ela guarda, debaixo do colchão?

Responder

    Jairo_Beraldo

    08 de julho de 2010 às 16h25

    113.000,00 é troco, Klaus. Voce tem cada uma!

    klaus

    08 de julho de 2010 às 22h44

    Sinceramente, vc conhece alguem que tenha tanto dinheiro vivo guardado em casa, em notas mesmo? Se é troco (ou dinheiro de pinga como dizemos em Minas), me empresta?

    Ed.

    10 de julho de 2010 às 14h01

    Milhares de demotucanos, donos de mídia e seus representados tem cofres em suas mansões e coberturas com quantias (não declaradas) bem maiores do que essa. Ou vc acha que não? É parente do Atilio Innocenti?

    Exilado

    08 de julho de 2010 às 17h19

    O mesmo que eu fiz para comprar minha outra casa. Não foi R$ 113 mil, mas sim, 60 mil. Minha madrinha guarda seu dinheiro no COLCHÃO!. Meu pai não confia em bancos (com razão ,se não forem públicos!). Porque isso é estranho?

Alceste Pinheiro

08 de julho de 2010 às 17h45

O governador do Rio declarou que possui uma casa em Mangaratiba no valor de 200 mil reais. Uma casa modesta, sem dúvida. No mesmo condomínio do técnico Parreira. Um dos mais caros do Litoral Sul. Basta procurar para ver o valor de umimóvel no local. E não declarou os dosi aprtyamentos no LÇeblon, bairro mais caro do Rio de Janeiro.
Não vi o Uraniano se referir a isso. Claro, é explicável, O Serginho Cabralzinho apoia o Lula.
Isenção baixou ai e ficou.

Responder

    Acteon Guei

    08 de julho de 2010 às 16h36

    Cada um cuida do seu, ó meu! Faça como o Urariano, colha os dados do Sergio Cabral e escreva um artigo igual ao do Urariano! Não vai faltar quem edite e publique.

    Alceste Pinheiro

    08 de julho de 2010 às 18h34

    Duvido que publiquem, Guei. Talvez algum saite da direita, mas esses não me interessam.
    A mim basta o recado aqui para que saibam que se é muito estreito com uns e muito frouxo com outros, desde que um seja adversário, e o outro, aliado, ainda que eventual.

Guararapes

08 de julho de 2010 às 17h31

É por essa e outras que o Jarbas será eleito governador novamente!

Responder

    Jairo_Beraldo

    08 de julho de 2010 às 16h25

    Governador onde?

    Guararapes

    08 de julho de 2010 às 22h59

    Em meu estado. A propósito, você sabe onde fica o monte dos Guararapes?

    giovannigouveia

    09 de julho de 2010 às 10h28

    NA minha pré adolescência costumava andar de skate por lá… Já que eu morava no outro lado do Aeroporto (IPSEP, bairro que, aliás, Jarbasta e Terezinha também moraram)
    E Jarbasta vai "ganhar o que luzia ganhou na capoeira"…

    marcelo

    09 de julho de 2010 às 10h35

    Guararapes, sou pernambucano, moro em Olinda e conheço muito bem o Monte dos Guararapes. Em relação ao "nosso" senador, ele não será eleito governador em outubro próximo, gaças a Deus e as pessoas interessadas por um Pernambuco melhor. Acredito que a derrota será por mais de um milhão e quinhentos mil votos. Ainda mais, os eleitores do nosso Estado não elegerão os senadores da oposição, com isso Marco Maciel vai ter cuidar das empresas, as quais ele é sócio (dono), não morrerá de fome, pois é muito rico. Por falar no outro candidato, JUlgman, este vai se transferir para o município de São Paulo, deve ganhar um cargo de secretário junto ao irmão Roberto Freire. Caso Kassab perca a próxima eleição, com certeza Julgaman e Roberto Freire vão entrar para o Bossa Família. Será? Vamos esperar as próximas cenas. Um grande abraço. Marcelo.

Rodolfo cabral

08 de julho de 2010 às 17h14

Esses apartamentos do Senador no Pier Maurício de Nassau valem mais que 1 milhão cada um.

Vale ressaltar que a obra já foi embargada várias vezes. Primeiro por causa do dano arquitetônico causado por duas torres imensas no meio do Bairro histórico de São José, no Centro do Recife. Depois por causa de fraudes no leilão do terreno.

Inclusive circula à boca pequena que as torres só não foram ainda demolidas porque gente graúda comprou os humildes apartamentos, como senador Jarbas.

Segue relato do caso: http://acertodecontas.blog.br/atualidades/o-blog-…

Responder

Julio Silveira

08 de julho de 2010 às 12h22

Será que o Pernambucano tá enxergando? Ou acha natural o cara ser "esperto", enquanto ludibria para se passar por igual a população.

Responder

Estevam Silva

08 de julho de 2010 às 12h20

Atacando de advogado do diabo, se ele seguiu a lógica da declaração de imposto de renda, os valores declarados não são os atuais e sim os valores pagos pelos bens. A valorização ou o lucro só é apurado no momento da venda dos bens. Essa é a maneira correta de declarar bens para a receita.

Responder

tivibrasil

08 de julho de 2010 às 12h11

Gente., essa crítica é absurda. É obrigação legal declarar ao Imposto de Renda o valor da aquisição do imóvel sem qualquer correção monetária ou de mercado, até para que seja pago imposto de renda quando da venda.

O Jarbas Vasconcelos merece crítica política. Esse moralismo tosco e mal informado pega mal

Responder

    Mario

    08 de julho de 2010 às 13h26

    Eu ia dizer o mesmo que você e os colega abaixo e acima disseram. Não é possível que esse pessoal nunca fez um imposto de renda na vida.

    giovannigouveia

    08 de julho de 2010 às 16h56

    NENHUM apartamento naquele prédio foi vendido/comprado por R$130.000,00

Manoel

08 de julho de 2010 às 12h07

Não é por nada não, mas se os valores informados são os mesmos constantes da declaração de Imposto de Renda (não sei se a Justiça Eleitoral tem alguma exigência adicional), os valores de bens e direitos devem ser informados pelo valor de aquisição, ou seja, seu valor histórico, por determinação da própria RFB. O valor declarado na DIRPF não reflete, portanto o valor de mercado, atualizado, do bem ou direito. Só se acrescenta ao valor de aquisição eventuais benfeitorias.

Responder

Carlos.

08 de julho de 2010 às 11h56

Tem garçon que para de trabalhar para vier de bolsa-família; tem gente que para de trabalhar para viver de bolsa-senado…

Responder

DiAfonso

08 de julho de 2010 às 11h54

Veja, em imagens, os bens declarados por Jarbas Vasconcelos ao TRE… O bichim é póbi de marré, marré… http://profdiafonso.blogspot.com/2010/07/ei-senad…

Responder

Farpa

08 de julho de 2010 às 11h29

O PPS consegue o milagre de ser um partido mais podre do que os "DEMOS". Pernanbuco que já nos deu tantos brasileiros ilustres e indispensáveis ao país, como por exemplo mais atual, o presidente Lula, infelizmente também gerou excrescências como Jarbas Vasconcelos e Raul Jungmann.

Responder

    LuizCarlosDias

    08 de julho de 2010 às 11h58

    Por favor não esqueça do Roberto Freire, aquele que fez convenção no Rio? porque não no RECIFE? e nem serra apareceu.kkkkk Dilma neles

    Melchíades A. Prado

    08 de julho de 2010 às 18h13

    Cara, e o Bob Freire, o ex-comunista profissional que "trabalha" para a Prefeitura de São Paulo?

sergio

08 de julho de 2010 às 11h26

esse políticos citados são todos desonestos, maluf é uma santa!

Responder

Zé Cabudo

08 de julho de 2010 às 11h21

E alguém ainda acredita que esses casos são a exceção? Vejam o que saiu no portal O Tempo (de MG), sobre os candidatos mineiros: http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoti…
Sonegação é uma prática amplamente disseminada no Brasil. Ninguém escapa dos números surreais, nem o Patrus. O Hélio Costa (PMDB) – que, pra mim está empatado com o Anastasia (PSDB) como o pior candidato – ironicamente é o único que fez uma declaração próxima da crível (deve estar arrependido). Por aqueles números, até eu, com meu pobre (e honesto) salarinho de funcionário público de quinta categoria, tenho patrimônio maior ou muito maior que alguns candidatos.

Responder

Marat

08 de julho de 2010 às 10h46

Isso é o que eu chamo de Bolsa-Vagabundagem…. com eles o Brasil pode mais: Pode mais é se danar!!!

Responder

César

08 de julho de 2010 às 10h13

Peramordideus, mataste a pau! Vou rir, mas é coisa pra se chorar………… de raiva, revolta.

Responder

Benedito

08 de julho de 2010 às 10h08

Pois, pelas declarações do José Serra e do Índio do Brasil, percebe-se que eles não têm casa própria. Eles têm embarcação, escritórios, terrenos, casas de praia e de campo, mas não têm casa própria nas cidades onde residem. Aí, eu pergunto: de quem é a mansão no bairro nobre de Alto de Pinheiros onde o Serra mora há anos e anos? Ele paga aluguel? Se paga, ele declara isso no IRPF? Ou mora de favor? Favor de quem?

Responder

Gerson Carneiro

08 de julho de 2010 às 13h08

"Apartamento Pier Mauricio de Nassau ( a ser pago em parcelas)"

Faltou o nobre senador declarar que adquiriu esses singelos imóveis através do programa "Minha Casa Minha Vida".

Responder

Gerson Carneiro

08 de julho de 2010 às 13h05

É um paradoxo: observando os saldos das contas correntes declarados posso concluir que eu ganho menos do que o nobre senador e tenho mais dinheiro do que ele.

Responder

    Jairo_Beraldo

    08 de julho de 2010 às 16h28

    Cumpadi, nun fica se expondo anssim…tem sequestradô misturadu cun nóis aqui…

    Gerson Carneiro

    08 de julho de 2010 às 18h24

    Cumpadi, o fulano só tem R$341,98 na conta corrente. Não é pra fazer piada?!

    Gerson Carneiro

    08 de julho de 2010 às 22h10

    Cumpadi, se é pra fazer piada, vamo fazer.

carlos hely

08 de julho de 2010 às 09h19

REALMENTE E UM ABSURDO COMO ELES MENTEM! fiquei impressionado com o patrimonio de serra tambem. Para um sujeito que tem mais de 20 anos mamando na teta dos governos e da população brasileira ter um patrimonio de aproximadamente 1,3 milhão é brincadeira! DO QUE ELES TEM MEDO?

Responder

giovannigouveia

08 de julho de 2010 às 09h00

Rapaz, não tenho tanta grana assim não, mas um ap no Pier Maurício de Nassau por 130 mil eu viro minhas tripas pra comprar, nem que seja a casinha do faxineiro…

O prédio é uma dessas duas torres:
http://www.google.com.br/images?q=pier%2Bmaur%C3%…

Responder

Bonifa

08 de julho de 2010 às 08h58

o Jarbinha pode perder à vontade porque ainda tem o mandato de senador. Mas o tempo passa voando e sua carreira artística acabará em quatro anos. Entretanto, nestas eleições, Jarbinha fez um imenso favor a Pernambuco. Tirou do mundo das artes políticas, definitivamente, este atentado terrorista que atende pelo nome de Raul Jungmann.

Responder

Reinaldo

08 de julho de 2010 às 08h45

Estou pensando em ficar rico investindo em imóveis de políticos:

Um apê do Jarbas vale R$ 130 mil pra ele…. Para os outros vale R$ 350 mil.

O outro vale R$ 403 mil… e achei dois anúncios de apartamentos iguais. Um a R$ 720 mil (à vista). O outro é mais caro ainda. A tal casa tem uma casa vizinha… que está sendo vendida pelo triplo do preço. Tudo isso numa busca de alguns minutos pelo google.

Responder

    beattrice

    08 de julho de 2010 às 10h24

    O Serra também pode oferecer algumas unidades para você comercializar. E não se esqueça do haras do Sérgio Guerra declarado como terra nua, este pode render uma grana para garantir o whisky 25 anos até dos netinhos.

    Daniel

    08 de julho de 2010 às 13h16

    Gostei da ideia. Pego um empréstimo de 100 mil reais com um agiota, compro a casa do Jarbas, vendo por 500 mil, pago 200 mil para o agiota e ainda fico com 300 mil reais. Olha que ótimo negócio! E posso fazer o mesmo com os imóveis de quase todos os candidatos Brasil afora. Ficarei rico!!!

Leider_Lincoln

08 de julho de 2010 às 08h28

Ah, os apoios do Mais Preparado dos Brasileiros. O que rouba, mas faz. O que pede para estuprar, mas não matar. E agora os que têm, mas não declaram. Oxalá ele se candidate, mas não se eleja.

Responder

Carlos

08 de julho de 2010 às 08h19

Padrão de Globo/Veja de político.
Pelo menos, dizem que Jungmann Jarbas terão derrotas líquida e certa.

Responder

    Tavaresdemello

    08 de julho de 2010 às 12h19

    Aqui em Recife, não temos dúvidas disso!

    Jarbas é candidato contratado para animar o palanque do vampiro paulista e qto a Jungman… se Sérgio Guerra pulou fora da barca…

    Tô confiante até em aposentar Marco Maciel!

carlos augusto

08 de julho de 2010 às 07h42

SONEGÔMETRO JÁ. Criaram o impostometro,o pedagiometro.Vamos medir qto os brancos de olhos azuis sonegam para manter seu mísero patrimonio adiquirido sem correspondente renda.Se assim não fosse não estariam gritando ,sacaneando ,mentindo para reconquistar o poder.Nunca lembraram que patrimonio e dinheiro é consequencia de trabalho duro e não das vigarices a que estão acostumados.

Responder

Gerson Carneiro

08 de julho de 2010 às 10h35

Fiquei impressionado com os saldos das contas correntes. Estamos apenas no início do mês. Pelo jeito ele vai precisar de empréstimo ou doações para chegar até o final do mês sem passar necessidades. Pega leve, tenha dó do Senador.

Pela localização dos apartamentos e pelos preços, dá até para sonhar em adquirir um desses através do programa Minha Casa Minha Vida.

Conta Corrente Banco do Brasil – R$341,98. Gente vamos colaborar senão o coitado vai passar necessidade esse mês.

Responder

nancy lima

08 de julho de 2010 às 06h47

povo do Recife mãos a obra,vamos mandar os dois prá um bom descanso,quem sabe recuperam a memória.

Responder

Antonio Lyra Filho

08 de julho de 2010 às 06h33

Ninguém entendeu, Raul Jungmann é um franciscano.

Responder

Roberto Locatelli

08 de julho de 2010 às 06h24

Eles vivem em outro mundo, diferente daquele mundo que habitamos nós, os simples mortais.

Responder

Rubens

08 de julho de 2010 às 02h21

Pô, Azenha, não morro de amores pelo cara, mas vamos ser justos: o valor dos imóveis é o que deve constar da declaração de IR do "vestal", ou seja, o valor de aquisição, mais benfeitorias e prestações pagas. A Receita não admite qualquer "correção monetária" dos valores declarados, como todos nós sabemos, pelo que os valores declarados não correspondem, em absoluto, com os atuais valores de mercado. Ignorar isso é coisa de Reinaldo Azevedo, Noblat et caterva…

Responder

    Christian Schulz

    08 de julho de 2010 às 11h44

    Não senhor, na própria declaração de IR há espaço para valoração do imóvel, em números absolutos, mesmo que seja apenas da inflação.

    Tá lá assim: "Valor em dezembro / ano x
    Valor em dezembro / ano x+1"

    Compete ao declarante avaliar seu imóvel, afinal não queremos um governo xereta fazendo isso por nós, certo?

    Mario

    08 de julho de 2010 às 16h45

    Errado. O valor deve ser o mesmo, salvo benfeitorias e prestações pagas, se há valor financiado. Por isso voc~e pode informar valores nos dois dias, para esses casos. Se o imóvel não sofreu alterações e está quitado deve ser informado apenas o valor de aquisição. Eu tenho a Instrução Normativa que disciplina isso, mais tarde eu posto seu nº, se quiser conferir.

    Mario

    08 de julho de 2010 às 13h54

    Achei:
    http://www.receita.fazenda.gov.br/legislacao/ins/…

    Instrução Normativa nº 84, arts.5º a 8º (este último determina expressamente que os valores não estão sujeitos à correção).

    Klaus

    08 de julho de 2010 às 17h56

    Vc está errado. Informe-se. O valor nos dois anos x e x+1 tem que ser o mesmo. Quem valoriza seu imóvel como vc imagina deixa de pagar o ganho de capital quando da venda. Se todos pudesem fazer isto todos os anos não se pagaria imppsto de renda quando da venda do imóvel. O Mário abaixo está correto.

    Francisco Giseldo

    08 de julho de 2010 às 21h10

    Errado, vá no Manual do Imposto de Renda 2010 pagina 23 e 24 item d, vai ver que ele fala ali, que o lucro é o valor da venda menos de aquisição, se o imóvel for adquirido em parcelas é permitido acrescentar esses valores a cada ano, mas não é permitido valor pelo valor de mercado.Neste caso a receita pode se assim quiserem provas destes pagamentos. Embora como a dispensa de cobrança de IR se for o imóvel residencial e se no prazo de 180 dias o produto da venda for para adquirir outro. http://www.receita.fazenda.gov.br/publico/program…

    Tavaresdemello

    08 de julho de 2010 às 12h10

    Amigo, meu apartamento, de 103 metros quadrados no Parnamirim, bairro próximo (muito próximo) ao de Jarbas, vale mais do que o valor declarado pelo senador referente a sua Casa no Rosarinho. Rosarinho é "bairro nobre", classe média alta do Recife, e casa por lá, tá mais pra mansão. Só com base nessa referência, dá pra ter uma idéia da honestidade da declaração de bens do senador…

    Ed.

    10 de julho de 2010 às 14h26

    Vc quis dizer correção de mercado, pois imóveis adquiridos antes de 1996 ( se não me engano) devem ser corrigidos monetariamente. E todo imóvel pode ser acrescido em valor de benfeitorias devidamente comprovadas. Todos os ajustes de valor deverão ser feitos no eventual momento da venda. O interesse óbvio de qualquer contribuinte é tentar aumentar o valor ao máximo, caso tencione vendê-lo algum dia, pois só há isenção de lucro imobiliário sobre um único imóvel, cujo valor seja aplicado em 180 dias. Senão, o Leão morde…


Deixe uma resposta para Carlos

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Blogs & Colunas
Mais conteúdo especial para leitura