VIOMUNDO

Diário da Resistência


Nota de esclarecimento
Você escreve

Nota de esclarecimento


28/01/2022 - 21h32

Nota de esclarecimento

Em 21 de setembro de 2015, o Viomundo publicou esta reportagem de Conceição Lemes: Médica faz política contra Dilma à beira do leito de paciente infartado, alcoólatra e pobre, internado em UPA.

A médica é Lara Passos Ramalho Arruda, que trabalhava na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) Vila Magini, em Mauá, no ABC paulista.

Conforme determinado na sentença proferida pelo juiz Antônio Carlos de Figueiredo Negreiros, esclarecemos:

1) em nenhum momento a reportagem teceu quaisquer considerações sobre a qualidade do atendimento médico prestado por Lara Passos Ramalho Arruda naquela ocasião;

2) a matéria teve como único foco o proselitismo político praticado pela médica em unidade pública de saúde junto ao leito de paciente gravemente enfermo, segundo informação de sua filha, Lucineia Amélia de Freitas;

3) a repórter teve o cuidado de contatar mais de uma vez a médica antes de publicar a matéria, informando-a sobre a denúncia realizada pela filha do paciente que se encontrava sob seus cuidados, abrindo espaço para que apresentasse sua versão dos fatos, não tendo a mesma interesse em fazê-lo.

4) a repórter somente narrou os fatos denunciados pela filha do referido paciente, cumprindo o seu dever profissional jornalístico de informação.





2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Helena

02 de fevereiro de 2022 às 15h45

Hoje, eu gostaria imensamente de saber qual a opinião dessa médica sobre a situação que a Saúde Pública do país está passando nesse mísero (des)governo Bozo. Ela está feliz com toda essa situação que está passando a classe médica frente a essa pandemia?

Responder

Zé Maria

29 de janeiro de 2022 às 15h36

Essa sentença judicial foi uma injustiça.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding