VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Você escreve

Lobista da guerra, “especialista” em Síria, mentiu que era doutora


12/09/2013 - 15h53

Elizabeth O’Bagy, especialista em Síria citada por Kerry e por McCain nos depoimentos, demitida por alegar ter feito Ph.D

por Michael Calderone, no Huffington Post

Durante os depoimentos da semana passada no Comitê  de Relações Exteriores do Senado sobre a possibilidade de ataques militares contra a Síria, o senador John McCain (republicano do Arizona) leu um trecho de um “importante editorial da Dra. Elizabete O’Bagy” que ele descreveu como “analista da Síria do Instituto para o Estudo da Guerra”. Esse grupo demitiu O’Bagy na quarta-feira depois de descobrir que ela mentiu ao dizer que tinha um Ph.D.

O’Bagy, de 26 anos, apareceu recentemente na CNN e na Fox News como especialista em Síria, mas ganhou prestígio na semana passada quando McCain e o secretário de Estado John Kerry citaram o trabalho dela diante de membros do Congresso quando discutiam a possibilidade de intervenção militar na Síria. O’Bagy escreveu [no Wall Street Journal] que “contrariamente a vários relatos da mídia, a guerra na Síria não está sendo travada completamente, ou predominantemente, por islamistas perigosos ou radicais da Al-Qaeda”. Para McCain e Kerry, ambos defendendo a intervenção, o artigo serviu para tratar da preocupação com a origem dos grupos que lutam contra o presidente da Síria, Bashar Assad, e se eles são hostis aos interesses dos Estados Unidos.

Mas o Journal foi criticado por publicar o artigo sem revelar o papel de O’Bagy como diretora política da Força Tarefa da Emergência Síria (STEF), um grupo de Washington que fez lobby na Casa Branca e no Congresso em apoio aos rebeldes sírios.

O’Bagy disse ao The Daily Caller que recebeu dinheiro como consultora e não era funcionária do grupo. Ela também disse que não estava diretamente envolvida no lobby. Porém, trabalhou com o grupo para ajudar a conseguir uma visita dos comandantes do Exército de Libertação da Síria a McCain, em maio.

O STEF não respondeu aos pedidos de comentário sobre o papel de O’Bagy na organização.

Alguns especialistas questionaram as conclusões de O’Bagy sobre a Síria. Charles Lister, um analista de Oriente Médio da IHS Janes’s Terrorism Insurgency Centre, criticou o artigo no tweeter e argumentou que a Síria é muito complexa para ser vista como “um único conflito”.

E enquanto Kerry falava no Congresso sobre a “enorme”  experiência de O’Bagy cobrindo a Síria, Janine di Giovanni, correspondente internacional veterana que fez matérias no local, sugeriu que a jovem pesquisadora havia “exagerado tremendamente sua experiência dentro da Síria”.

Di Giovanni disse ao HuffPost que tem certeza que O’Bagy leu sobre a história da Síria e sobre a família Assad, e que ela teve alguma experiência no país, “mas não tanto quanto que ela levou Kerry e outros a acreditar”.

“Nós que trabalhamos na Síria como jornalistas e pesquisadores formamos um grupo bem pequeno”, disse di Giovanni.

“Nós somos todos super cautelosos. Protegemos uns aos outros. É um trabalho muito difícil e é muito difícil trabalhar nessa guerra. Não é uma guerra para se começar no ramo. Muitas pessoas ficaram bastante chocadas quando uma Ph.D de 26 anos, dita especialista em Síria, apareceu sem nunca ter trabalhado na região e sem que alguém tivesse ouvido falar nela, e apareceu na CNN e em outras redes como especialista em Síria”.

Quem leu esta também gostou de:

Igor Ojeda: Professora que desprezou Bolívia ostenta títulos obscuros

Abaixo, sugerido pelo Luc, vídeo da campanha pela Terceira Guerra Mundial de apoiadores de Barack Obama (é humor, gente). A nós, do Viomundo, lembrou aqueles apoiadores do PT que acham que o partido não erra nunca, nem quando se comporta como irmão siamês do PSDB:



Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


18 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

1 One

26 de setembro de 2013 às 11h00

Sem um PHD como se pode dar credibilidae a uma mentira? Eis a questão pra lá de brasileira também.

Responder

Caracol

14 de setembro de 2013 às 19h32

Cada um tem a Maristela Basso que merece.

Responder

Isabela

14 de setembro de 2013 às 11h40

Mentirosos oficiais em defesa da guerra: isso acontece desde o século XIX; a imprensa marrom que estimulou a opinião pública americana na guerra contra a Espanha em defesa da independência de Cuba, é um caso exemplar!

Responder

Luis Fernando

14 de setembro de 2013 às 11h12

Aqui no Brasil tem gente que jura ter diploma de economista. E tem gente que ainda acha que foi o melhor ministro da Saúde.

Responder

Guanabara

13 de setembro de 2013 às 16h45

Adorei o video! Mostra que ainda há vida inteligente nos EEUU, e que tem gente que, apesar da nacionalidade, tem senso crítico e entende o que acontece no mundo (ou seja, estes não são os Hommer Simpson do Bonner, que ele diz ter aqui também – mas ainda prefiro a Britney do Moore).

Agora, quanto à Síria, com O’Bagy ou sem O’Bagy dá na mesma. Eles vão invadir de qualquer jeito, devido à “national security”, sempre ela (tipo a “sustentabilidade” da Marina, serve pra qualquer coisa). Já foi guerra contra o comunismo, contra as drogas, contra o terror, guerras preventivas, imposição de democracia, retirada de democracia, armas de destruição em massa, armas químicas (a bola da vez…)e o IV reich vai andando e o resto do mundo não faz nada porquê tá todo mundo com o rabo preso…

Responder

Mardones

13 de setembro de 2013 às 11h37

Mentir para defender seus interesses. Slogan dos EUA. k k k k

Responder

Karl

13 de setembro de 2013 às 09h53

A Dra. Elizabeth O’Bagy mandou recado dizendo que voces todos são uns frustrados, ignorantes, mal acabados e que não sabem nem ler nem escrever.
Ela já esta CONTRATADA PELA TV CULTURA e manda beijos para Maristela K. Basso, Pondé, Augusto Nunes, Villa e outros doutores formados e de boa familia(Prof Hariovaldo deve saber dessa transação).
Além do que, ela será assessora de nosso amado Dr. Serra, que lhe possibilitará concorrer e ganhar uma cadeira de imortal, lá na ABL, ao lado de outros Imortais, como Merval e FHC.
De resto,
vão lamber sabões seus bobões(bela rima)

Responder

Seabra

13 de setembro de 2013 às 08h30

Excelente vídeo: padrão global!

Responder

Mário SF Alves

12 de setembro de 2013 às 23h07

“A nós, do Viomundo, lembrou aqueles apoiadores do PT que acham que o partido não erra nunca, nem quando se comporta como irmão siamês do PSDB:…”
_________________________________
Pombas, Azenha, assim não dá, assim não pode.
____________________________________________
Abs.
Mário.

Responder

Márcio Gaspar

12 de setembro de 2013 às 22h41

E enquanto Kerry falava no Congresso sobre a “enorme” experiência de O’Bagy cobrindo a Síria” com 26 anos ?!?!? Precisa o dobro desta idade para começar e muita, mas muita pesquisa e estudo para começar a fazer analises sobre a Síria ou qualquer outro país de uma região tão conturbada. Não é só ficar nos livros, tem que ir para campo,pisar no país, viver lá….

Responder

Neto

12 de setembro de 2013 às 22h10

Tradução perfeita, Viomundo. Valeu, Azenha! Fico devendo. Parece que o espírito americano baixou em vc: Não entenda nada! kkkkkkkkkkkkkkkkkk
Tenha respeito com os seus leitores… TRADUZA!

Responder

Edgar Rocha

12 de setembro de 2013 às 22h05

Elizabeth O’Basso?

Responder

    Mário SF Alves

    12 de setembro de 2013 às 23h12

    É a própria. Só deslocou o foco. Sabe tudo de Bolívia e tem PhD em Síria. Garota excepcional. Vladimir [Putin] explica.

Marat

12 de setembro de 2013 às 22h04

Todos sabe que eu odeio os EEUU, porém, tenho que admitir que aqui no nosso Brasilsão, quem mente sempre alcança postos elevados!

Responder

wendel

12 de setembro de 2013 às 20h06

E em alguns que ainda se surpreendem!
O império, se especializou em manipular a opinião interna e internacional, com a ajuda da “grande” imprensa”, e muito ainda acreditam!
A NSA, CIA, MOSSAD MI6 e vários outros que desconhecemos, pois vivem na sombra, so trabalham para derrubar governos hostis ao império!

Responder

Luca K

12 de setembro de 2013 às 18h29

O ‘instituto para o estudo da guerra'(bocejo) nada mais é do q um think-tank sionista. Podem pesquisar. Kerry e McCain são criminosos de guerra e se houvesse justiça no mundo, seriam enforcados.

Responder

    Mário SF Alves

    12 de setembro de 2013 às 23h16

    Se fosse o ano de 1789, na França, poderíamos incumbir o Marat dessa função… que tal?

    Marat

    14 de setembro de 2013 às 20h39

    Ha ha ha ha ha… Mas, decerto estes criminosos merecem um julgamento, contudo, a justiça sempre servirá ao poder.
    Abraços… que eu vou cortar… a barba!


Deixe uma resposta para Caracol

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!