VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Altamiro Borges: Falsos moralistas, abatidos um a um, escapam das manchetes dos jornalões
Você escreve

Altamiro Borges: Falsos moralistas, abatidos um a um, escapam das manchetes dos jornalões


06/04/2015 - 09h01

Os mosqueteiros da ética

Demóstenes foi o primeiro da turma a exibir seu telhado de vidro

Imbassahy, o casto, e a grana do metrô!

Por Altamiro Borges, em seu blog

A vida dos falsos moralistas não está nada fácil. Num dia eles posam de éticos; no outro, são denunciados por supostas falcatruas.

Antônio Anastasia, chefão da campanha do cambaleante Aécio Neves, Agripino Maia, presidente nacional do DEM, e Ronaldo Caiado, o senador demo-ruralista, tiveram suas fantasias udenistas rasgadas recentemente.

Já neste domingo (5), a Folha tucana informa que “empreiteiras são acusadas de desvios no metrô de Salvador”.

Sem manchete de capa ou título garrafal, a matéria revela que a roubalheira teve início da gestão de Antônio Imbassahy, ex-prefeito da capital baiana.

Atualmente, o famoso “carlista” é líder da bancada federal do PSDB e um das vozes mais estridentes do parlamento no combate à “corrupção petista”. Haja cinismo!

Segundo a matéria, “empreiteiras envolvidas no esquema de corrupção da Petrobras também foram acusadas pelo Ministério Público Federal de terem superfaturado o metrô de Salvador em 1999, maior obra da gestão do atual vice-presidente da CPI da Petrobras, deputado Antônio Imbassahy (PSDB-BA), à época prefeito da capital baiana. O TCU (Tribunal de Contas da União) detectou sobrepreço de ao menos R$ 166 milhões, em valores da época, e responsabilizou gestores indicados por Imbassahy… Irregularidades nas obras levaram o Ministério Público a mover duas ações – que acabaram suspensas porque o Superior Tribunal de Justiça considerou ilegais os grampos telefônicos da Operação Castelo de Areia e derrubou o caso. O Ministério Público, porém, recorre no Supremo Tribunal Federal”.

As obras do metrô baiano foram executadas por um consórcio formado pela Andrade Gutierrez, Camargo Corrêa e Siemens. “Mas documentos apreendidos apontam ainda, segundo a investigação, que foi formado um consórcio oculto com outras empreiteiras que também participariam das obras: Odebrecht, OAS, Queiroz Galvão, Constran e Alstom. Dessas, só a Alstom não aparece como associada ao ‘clube’ da Lava Jato, mas é apontada como integrante de cartel no Metrô de São Paulo… Nas eleições do ano passado, Antônio Imbassahy recebeu doações de R$ 30 mil da Braskem, empresa ligada à Odebrecht, R$ 250 mil da OAS e R$ 76,8 mil da UTC. A CPI da Petrobras, que já tem mais de um mês de funcionamento, não aprovou nenhum requerimento para convocar representantes dessas empresas ou para quebrar sigilos delas”. Pura coincidência!

As denúncias sobre desvio de dinheiro público nas obras do metrô de Salvador são antigas. Mas elas nunca foram investigadas.

As empreiteiras levaram 14 anos para entregar apenas 7,5 quilômetros de trilhos e consumiram mais de R$ 1 bilhão na suspeita construção.

O ex-prefeito Antônio Imbassahy, responsável pelas obras, sempre ficou impune e hoje se traveste de paladino da ética. A sorte dos udenistas de plantão é que eles contam com a seletividade da mídia e com a parcialidade de Justiça. Mas um dia a casa cai!

PS do Viomundo: O tucano é vice-presidente da CPI da Petrobras!

Leia também:

Iná Camargo: A origem da confusão ideológica que vivemos





18 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

marco

22 de dezembro de 2015 às 13h59

Sr.Altamiro Borges.Estou me valendo do VIOMUNDO,blog que consigo acessar facilmente,já que a maioria deles,instruem o internauta,em INGLÊS,com os quais eu não concordo,nem com a maneira que respiram,e não lhes entendo o idioma,para lhe colocar uma questão,que se ler o que escrevo,talvez me entenda.Amiúde,lendo matérias diversas nos blogs,a maioria que não consigo acessar,me deparo com a insistência de todos,ao atribuir aos homens públicos e privados o ato de fazer POLÍTICA.Especificamente li a pouco,um articulista afirmando que o JUIZ GILMAR MENDES,tem com frequência,feito POLÍTICA NO SUPREMO.Ora,sr.Altamiro,POLÍTICA é uma relação entre pessoas,e somente não se faz,no VASO SANITÁRIO,desde que sós.Ora,o que o Sr.Gilmar faz,assim como todos os outros no mesmo viés,e PARTIDARIZAÇÃO.Até para que o POVO não trate POLÍTICA,como coisa feita pelos eleitos,e subestime a POLÍTICA,acho que devemos em nome da POLITIZAÇÃO do povo,não trata-la como se fora,MERA TOMADA DE PARTIDO,e sim como um ato de inter-relação entre pessoas,que tratam de defender seus interésses,em qualquer circunstância.POLÍTICA E PARTIDO,são coisas diferentes.Saudações…de um sujeito que faz política e não é de nenhum PARTIDO,senão o de meus interésses.

Responder

L. Souza

11 de maio de 2015 às 10h45

Deviam ter, pelo menos, a dignidade de ficarem calados.

Responder

Gilson

03 de maio de 2015 às 14h13

Tenho certeza :Um dia a casa cai

Responder

Sérgio Rodrigues

06 de abril de 2015 às 17h40

Conselho aos que vão depor nessa CPI:

– Façam um dossiê de cada deputado e senador participante antes de ir!…

Responder

ronaldo

06 de abril de 2015 às 14h57

E agora imbaça ai? Com que moral esse pau mandado carlista participa De uma cpi?

Responder

Adilson

06 de abril de 2015 às 13h08

São esses corruptos que estão à frente do movimento do dia 15/03 e querem promover outro movimento anticorrupção no dia 12/04, é muita hipocrisia. Aliás, esse tucano tem a cara de pau de participar da CPI da Petrobras, mas com qual moral?

Responder

Gustavo

06 de abril de 2015 às 13h07

vai ver este aí está esperando um “tusta” por fora para acabar com esta CPI também. Quem sabe uns 10 milhões…

Responder

Sérgio Rodrigues

06 de abril de 2015 às 13h02

Esquema de corrupção da Petrobras ?….Essa abordagem só reforça o discurso da oposição de direita e do PIG. Não existe nem nunca existiu esquema de corrupção da Petrobras.

O esquema foi montado fora da sua governança pelos dirigentes pegos na Operação Lava Jato. Caso de polícia mesmo!…

O dinheiro da Lava Jato era das empreiteras envolvidas que pagavam as propinas acertadas com os malfeitores.

Uma pequena fração das suas bonificações(Parte que compõe o BDI)- Lucro.

São dois canalhas que pegos com a mão na botija fogem, por falta de caráter, das suas responsabilidades pessoais.

Responder

Sidnei Brito

06 de abril de 2015 às 12h53

Um tucano vivo?
Ora, vocês vão dizer, todos os tucanos são ‘vivos’!
Não, eu estou querendo dizer literalmente ‘vivo’, ou seja, que ainda não bateu as botas.
Isso é incrível!

Responder

Edgar Rocha

06 de abril de 2015 às 12h30

Sem base moral para dar um golpe branco, via impeachment ou via judiciário, restam às forças conservadoras a deflagração do terror contra a sociedade, a fim de incitar o clamor por ordem social. Pela via do Governo Federal, óbvio, este terror não virá. Restam os governos estaduais e suas fortes milícias, que somadas dão um conjunto muito maior do que o exército. E a já tão mencionada por mim “arma secreta” ou regra três da política nacional: o crime organizado e a força do tráfico. Já falei isto tantas vezes que estou desistindo de insistir. realmente, eu devo estar errado. Meu pânico em relação a isto deve ser apenas fruto de minha vida cotidiana. Penso pequeno e não vejo a extensão real do problema que me aflige. Só pode ser isto. Espero estar errado no que vejo, com toda a sinceridade do mundo. Até porque, se fosse verossímil tal pensamento, o que poderia ser feito pra impedir o conflito direto? O governo fez a opção por conciliar. No mínimo, tentarão conciliar de novo.
Uma certeza, eu tenho. Sendo a crise política uma estratégia de enfraquecimento das instituições inserida num projeto muito mais amplo orquestrado pelo império americano e, dada a relevância do Brasil no quadro econômico mundial, as forças conservadoras aliadas aos interesses externos estão dispostas a levar a cabo esta empreitada de uma forma ou de outra. Não vão desistir deste projeto. Resta saber qual será o próximo passo, se os aliados internos não têm moral nem inteligência suficientes para fazer como na Ucrânia. Nem terão apoio popular para seguir a “primavera Árabe”. Restará a forma consagrada de controle em terras tupiniquins: a truculência?

Responder

Aristeu Alves Lima

06 de abril de 2015 às 12h17

Este é o problema do PT.
Wagner assumiu e encontrou uma sala cheia de inquéritos e nada fez.
Esta história do metrô de Salvador, como diria o Mino Carta, aqui na Bahia, até o reino mineral tem conhecimento que as malfeitorias começaram sob o carlismo, de quem Imbassahy tinha delegação para prefeiturar, sem um passo atrás do chefão.
Por esta e outras é que o PT está se ferrando.

Responder

Fabio Silva

06 de abril de 2015 às 11h38

Que grave, ein! Na seção “Painel”, de Vera Magalhães na Folha, Valdir Rossoni do PSDB (PR) assume publicamente que o PSDB do Paraná controla o juiz Sérgio Moro: “Foro. Tucanos do Paraná decidiram reagir aos petistas que aventam a possibilidade de impeachment do governador Beto Richa (PSDB). “Eles têm motivos de preocupação: é do Paraná que saem as acusações de que o PT é o maior beneficiário do desvio da Petrobras”, provoca o deputado Valdir Rossoni (PSDB-PR)”.

Afinal, como o tucano paranaense poderia afirmar que impedir o governador é o mesmo que atacar a Lava à Jato sem assumir que o governo local controla o poder judiciário?

http://painel.blogfolha.uol.com.br/2015/04/06/pesquisa-do-pt-mostra-derretimento-de-base-social-e-causa-perplexidade/

Responder

Morvan

06 de abril de 2015 às 11h13

Bom dia.

Carissimi del Vi O Mundo:

Embaça, Ahê!
Este era, até então, um dos mais pavlovianos arfantes por “ética” (dos outros, c´est à dire!). Claro que todos sabemos que estes canalhas só têm discurso, udenista, claro. Mas o ‘guizo no pescoço do gato’ é fazer esta obviedade — para nós — chegar até os lobãotomizados do PIG.

Saudações “Dilma, Vamos De Coração Valente; Enfrentar Os Golpistas E Defender A PetroBrás“,
Morvan, Usuário GNU-Linux #433640. Seja Legal; seja Livre. Use GNU-Linux.

Responder

    Snowden

    06 de abril de 2015 às 12h05

    Vamos Morvan. Mas como convencer a Luciana Genro e pai de que o PT não é tão ruim quando comparado a lista do HSSSSSSSSSBC, ao Assalto ao Trem de São Paulo, ao Assalto aos Bens Públicos -vulgo Privataria,
    ao escândalo do Tietê, a máfia do asfalto…….a Trasnnordestina que não anda…..

Álvares de Souza

06 de abril de 2015 às 10h34

Baiano que sou, aguardava, impaciente, a desmoralização desse crápula. Sentia ânsia de vômito, asco, quando esse “paladino” assacava suas injúrias contra a Petrobrás, Dilma e Lula. Aqui, todos nós sabíamos quem era o comandante, o pau mandado, o feitor da corrupção que sumiu com o dinheiro do metrô. Muito se saberá daqui para a frente o que foi também os governos do DEM e seus aliados na Bahia. E, como a história só se repete sob a forma de tragédia, o “grampinho”, o neto do capitão do mato que reinou na Bahia durante quase meio século, pretende ser governador do Estado, resgatando o legado, ungido pelo divino, que o avô lhe deixou.

Responder

Geraldo Franco

06 de abril de 2015 às 10h32

Quase que por definição “elite” implica em poder e poder sem controle de parte alguma que não seja o dele mesmo ou de seu possuidor. Dante se repete em toda a parte, lá mesmo na Itália, já se denunciou o seu próprio dantesino, vestido das pelúcias de seu ex- qualquer coisa cujo nome não pronuncio pra não falar palavrão: era e é uma falcatrua andante, acusado, foi reconhecido culpado de FRAUDE !!! “Frode” como chamam lá desde os tempos de antanho. Coisa feia! Coisa imunda! Coisa de rato de esgoto! Pode ser que já tenha comprado a sua saída da culpa essa, pois já reapareceu na mídia internacional, via RAI-Uno. Os daqui, hipócritas e mascalzone, são os mesmos, só que vestidos de roupa de praia e de bikini. A praga da humanidade se adequa às suas necessidades infectas.

Responder

denis tenorio

06 de abril de 2015 às 10h23

A mídia está esticando o máximo possível a lava jato, enquanto joga a população contra DILMA, para no final, quando o caos estiver instalado, eles terem moeda de troca com o pt, no caso, vai ser, um governador PR, dois senadores MG, como o pt se caga com medo da globo e do psdb, vai deixar isso acontecer.

Responder

Paulo Henrique Rocha

06 de abril de 2015 às 09h58

Olhem isto, e por favor divulguem:
Em um artigo (dentre muitos outros de cunho moralista) que este senhor escreveu no jornal O Tempo, com o sugestivo nome de “O fundo da imoralidade”, ele termina assim:
“No Brasil, a corrupção existiu e persistirá como expressão e conduta das elites políticas deste país.
Como escreveu Dante Alighieri no primeiro momento da “Divina Comédia”: “No meio do caminho de minha vida, me encontrei numa selva escura (lamentando) que a via certa eu havia perdido”. Ele se queixava no século XIII da imoralidade das elites em Florença; chegasse hoje aqui, certamente acrescentaria alguns quintos ao inferno para abrigar as elites políticas brasileiras, cuja impunidade começa agora a ser testada.”(Vittorio Medioli)
Acho que ele se esqueceu de falar das elites empresariais…

http://g1.globo.com/minas-gerais/noticia/2015/02/ex-deputado-federal-vittorio-medioli-e-condenado-por-evasao-de-divisas.html

Responder

Deixe uma resposta para L. Souza

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding