VIOMUNDO

Diário da Resistência


Rádio

Benevides: O esqueleto no armário


26/10/2010 - 23h44

Benevides diz que a Folha tem esqueleto no armário

Atualizado em 03 de março de 2009 às 18:00 | Publicado em 27 de fevereiro de 2009 às 20:04

do Viomundo antigo

Trecho da conversa da jornalista Conceição Lemes com a socióloga Maria Victoria Benevides. Ela começa falando sobre a repercussão do ataque que ela sofreu da “Folha de S. Paulo” por discordar do uso de “ditabranda” para caracterizar o regime militar brasileiro.

victoria

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



12 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Bernardo Kucinski: E quem foi mesmo que financiou a repressão? « Viomundo – O que você não vê na mídia

21 de maio de 2012 às 17h36

[…] Maria Victoria Benevides: O esqueleto no armário […]

Responder

Reginaldo

17 de maio de 2011 às 17h54

Azenha, ai nao tem conversa nenhuma, tem monólogo chatissimo. A jornalista limita-se a um "hã-hã-hã-hã" permanente. Quanto ao contéudo, é tudo fato, mas já era faz tempo. Eu já sabia do envolvimento da Folha com a repressão no início dos anos 70. A folha nao te mais esqueleto no armário. Já virou cinza.

Responder

Heber

09 de março de 2011 às 07h47

Simples… reforma política, os políticos serão mantidos e controlados por quem os indica. Assim conselhos regionais, sindicatos, bancos, empreiteiras, associações de garis, clubes de futebol, cassinos etc, arcarão com o ônus da indicação e serão responsáveis por sua (deles) atuação, a vigorar a partir de 2018. Destarte, passaremos a ter um mínimo de controle e produtividade para esta inútil (até agora) profissão. Todas as despesas operacionais (transporte, secretáriass, telefone, viagens internacionais e eventual suborno), deixarão de ser debitados do governo. De cada câmara municipal sairão os representantes estaduais e destes os federais.

Responder

Luci

18 de fevereiro de 2011 às 18h47

A professora Maria Victoria Benevides é corajosa, tem autoridade moral e intelectual para exigir respeito da FSP, em honra a memória, verdade e justiça. Ela é.

Responder

João Carlos

27 de outubro de 2010 às 23h16

Gente, já pensou apoiar um candidato do qual só se espera "armação", baixarias, sordidez, mentiras, falsidade, envolvimento com vários casos cabeludos de corrupção (Alstom, Paulo Preto, Operação Caribe, doações de milhões à editora Abril em troca de apoio, obras do Metrô, Roboanel, sem contar o que ainda não sabemos).
E, inexplicavelmente, os paulistas o elegeram para vários cargos ao longo dos anos. Dá pra entender?

Responder

    Druida

    28 de outubro de 2010 às 08h34

    Desconfio que é alguma substância que a direita dissolve na água que os paulistas bebem, só pode ser isso…

    Geraldo Azevedo

    09 de março de 2011 às 07h11

    Caro João Carlos, cada dia que passa aumenta a minha perçepcao de que a apuração das urnas eletrônicas estão realmente "viciadas" …

Baixada Carioca

27 de outubro de 2010 às 15h03

Vocês já perceberam que onde tem preconceito, manipulações, ataques a personalidades, conluio com autoritarismo a FSP está metida no meio? O panfletinho fascista sô!

Responder

Henrique

27 de outubro de 2010 às 12h46

Oi Azenha, desculpe mas queria mandar esse link de um trabalhador brasileiro, ele fez uma canção pra Dilma. É bem bacana.
http://www.youtube.com/watch?v=t3qEv9HtVEU

Responder

Benevides: O esqueleto no armário | Viomundo – O que você não vê … | Media Brasileiro

27 de outubro de 2010 às 11h21

[…] See original here: Benevides: O esqueleto no armário | Viomundo – O que você não vê … […]

Responder

mellkk

27 de outubro de 2010 às 09h14

Dilma no Caminho da Luz.

Dilma levará o país a Era do Conhecimento:
Conheça o blog: http://causadoconhecimento.wordpress.com/

Responder

    Banjo Maligno

    27 de outubro de 2010 às 14h10

    … caminho da luz??? era do conhecimento??? eita-ferro… esse papo dá meeeedoooo…


Deixe uma resposta para Bernardo Kucinski: E quem foi mesmo que financiou a repressão? « Viomundo – O que você não vê na mídia

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.