VIOMUNDO

Diário da Resistência


PT: Derrotados nos tribunais, Folha e Globo vão insistir na campanha de mentiras contra Lula; editoriais tentam manter tribunal da mídia
Política

PT: Derrotados nos tribunais, Folha e Globo vão insistir na campanha de mentiras contra Lula; editoriais tentam manter tribunal da mídia


26/08/2021 - 13h44

Derrotados na Justiça, Folha e Globo querem manter tribunal da mídia contra Lula

Depois de liderar a campanha de mentiras da Lava Jato, não se conformam diante da inocência do ex-presidente, proclamada em 17 decisões judiciais, inclusive pelo STF, de forma inapelável

PT Nacional

Em seus editoriais de hoje, Folha e Globo tentam restabelecer o tribunal da mídia contra Lula.

Depois de liderar a campanha de mentiras da Lava Jato, não se conformam diante da inocência do ex-presidente, proclamada em 17 decisões judiciais, inclusive pelo STF, de forma inapelável.

Invertem o princípio consagrado na Constituição, para seguir aplicando a Lula uma presunção de culpa que nunca foram capazes de demonstrar com fatos.

A Folha se agarra a uma tese esdrúxula, de que não teria havido julgamento do “mérito” das mentiras da Lava Jato que a mídia criou e reproduziu. Tenta reduzir a inocência de Lula a “questões de técnica judicial”.

Vamos desenhar pra Folha entender: quando a Justiça rejeita uma denúncia por ausência de “justa causa”, por falta de fundamento, o mérito está julgado. Quando é feita de forma ilegal, é a denúncia que não presta.

O Globo segue lamentando o fim da Lava Jato, liderada pelo ex-juiz Sergio Moro que o jornal consagrou com seus prêmios e numa cobertura voltada a fazer dele o herói que nunca foi.

Vamos desenhar pro Globo também: o STF decidiu por clara maioria que Moro foi parcial e suspeito em relação a Lula, a partir de sete argumentos irrefutáveis, listados no acórdão. Os processos anulados referem-se a Lula, exclusivamente, como é do bom Direito Penal.

Quase cinco meses depois das decisões do STF que restabeleceram a inocência do ex-presidente, os dois jornalões, especialmente a Folha, reconhecem afinal que não há mais artifícios jurídicos para impedir o povo de votar em Lula, como ocorreu em 2018.

O arsenal da Lava Jato esgotou-se em seu mar de nulidades, ilegalidades, arbitrariedades, parcialidade, suspeição; no lawfare do qual Folha e Globo foram atores essenciais do princípio ao fim.

Os editoriais de hoje avisam o que já era previsto: que os jornalões e seus grandes braços eletrônicos não se conformam com o primado da Justiça e da Lei e pretendem seguir na campanha contra o projeto de transformação do Brasil que Lula e o PT representam.

Mesmo derrotados nos tribunais, vão insistir na campanha de mentiras, como sempre fizeram desde que Lula ousou desafiá-los na criação do PT para ser a voz da classe trabalhadora.

É essa disputa pela verdade que queremos e vamos fazer, antes, durante e depois da campanha eleitoral.

Por isso lançamos, em 12 de agosto, o projeto Memorial da Verdade, que os jornalões censuraram. Vamos debater, ponto por ponto, todas as falsas acusações que fizeram ao PT, a Lula e aos nossos governos.

Vencemos na Justiça e vamos disputar o julgamento da História e o julgamento da sociedade brasileira.

Conheça os fatos e os argumentos para rebater as mentiras da mídia. Baixe o livro Por que Lula é Inocente e por que tentaram destruir o maior líder do País.

BAIXE AQUI O LIVRO

Da Redação





12 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Sebastião Farias

28 de agosto de 2021 às 21h08

Povo brasileiro, não se iluda, essas pessoas e organizações sempre foram fiéis ao lado que defendem que, é o mesmo de antes de 1930, o do atraso; contra a CF; contra a unidade da nação e a igualdade cidadã e, do bem-estar do povo; contra a soberania nacional; contra a democracia e o estado de direito e; sempre a favor do caos e dos golpes políticos de plantão; contra a família cristã e; a favor de toda desigualdade e contra a justiça imparcial.
Para o cidadão brasileiro consciente e, preocupado em conhecer o perfil e projeto de dominação dessas forças impatrióticas que, até hoje atuam e atrasam o Brasil e, impedem seu projeto de nação soberana (Artigo 3° da CF), ao lê os links abaixo, vai saber p. ex., que até 1934, as mulheres não votavam no Brasil. Acordem e ajam enquanto é tempo.
https://alemdarena.blogspot.com/2019/03/links-para-historia-do-brasil-de-1894.html?m=1 ;
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm ;
Sebastião Farias
Um cidadão brasileiro nordestinamazônida

Responder

Sebastião Farias

27 de agosto de 2021 às 14h28

Povo brasileiro, não se iluda, essas pessoas e organizações sempre foram fiéis ao lado que defendem que, é o mesmo de antes de 1930, o do atraso; contra a CF; contra a unidade da nação e a igualdade cidadã e, do bem-estar do povo; contra a soberania nacional; contra a democracia e o estado de direito e sempre; a favor do caos e dos golpes políticos de plantão; contra a família cristã e; a favor de toda desigualdade e contra a justiça imparcial.
Sebastião Farias
Um cidadão brasileiro nordestinamazônida

Responder

jucemir rodrigues da silva

27 de agosto de 2021 às 01h42

Os jornalões, porta-vozes autorizados da alta burguesia sempre golpista, estão desesperados porque inda não encontraram uma terceira via que preste.

Responder

Maradona

27 de agosto de 2021 às 00h33

Ou salva as ‘moes’ ou os anéis.
Será que o jornalao aceita uma decisão que envolve milhões e até 1 bilhão de reais sem recorrer ao Supremo ?
Qdo a coisa é muito viciada todo mundo percebe que está sendo passado para trás. VERMELHO 17.

Responder

Zé Maria

26 de agosto de 2021 às 22h05

Os dias e as noites na Guantánamo do Dr. Moro

“Um advogado” faz denúncia que o C Af encaminha ao Ministro da Justiça, à PGR
e ao Conselho Nacional de Justiça.

Por PHA, no C Af: (https://youtu.be/uyz-W645oGQ)
República Morinha: “ou confessa ou apodrece!”

Responder

Damião Lima

26 de agosto de 2021 às 20h31

Por isso que sempre digo que não vale a pena assinar esses jornaloes (Estadão – o mais a direita de todos eles, O globo e Folha).
Na verdade se vc ler bem as entrelinhas da notícia – os ricos, ricaços mesmo, detestam é o povo pobre e não o Lula somente, detestam o Lula tb, mas sobretudo o que e QUEM ele representa mesmo que muitos não se vejam representados por ele.
É manter o Status Quo para os ricaços do país. Pois qto mais baixo o valor do trabalho os ricos prosperam cada vez mais e mais a custa do suor alheio. Nosso.
Vejam o caso dessa doméstica baba que se jogou do 3° andar na Bahia para fugir da patroa tirana.
Infelizmente o povo é só vendo BBB, novela, futebol de jogador milionário qdo não bilionário. Completamente alienado á política de verdade.
Política para o povão é se Lula roubou ou não.
O povo nem percebe que falta um insumo no hospital público, ou um bisturi, ou uma luva cirúrgica – e não percebe que não é o Lula ou a Dilma ou o PT que administra aquele estado do país ou cidade.
O povo é meio alheio ao que acontece a sua volta, mas sabe muito bem quem foi para o Paredão no BBB, só não percebe (ele povo) que quem vai para o paredão todo dia é o povo e muitas vezes alvo de projéteis (balas) de polícia, de milícia ou de traficante mesmo.
A Justiça só vale se fizer o que os ricaaaços do país querem que a Justiça faça, se não querem bater no juiz do Supremo.
Acho que o Brasil sempre vai ser assim.

QDO é que a decisão da Justiça vale afinal ?
No primeiro grau, no segundo grau, no terceiro grau, no *quarto grau ?
São vários juízes sérios tomando decisões sérias.
Qdo vale a decisão ?
O reu pode recorrer ou não ?
Vão me desculpar, mas por causa disso ninguém mais sério quer investir no Brasil.
Se o país não atrair investimentos estrangeiros e continuar a perder empresas dia a dia vai ter sérios problemas de caixa ainda mais com o teto de gastos só para o povão. Pois os de cima esquece teto.
Os ricos querem que a Justiça faça o que eles querem.
Viola-se o princípio do juiz independente.
Se não tiver gente que lê o jornal digital agora, cai o preço do anúncio.
E esses jornais não tão nem aí com nós. Se o povo come osso ou não. Nem ligam.
7 anos depois sobrevivem de pressionar o Supremo.
Se só sai empresa do país e não entra vai ter problema de caixa no futuro.
Bora lá ver o BBB !

Responder

    Zé Maria

    27 de agosto de 2021 às 06h55

    Presidente.Castello enfrenta dificuldade
    com o Semi=Presidencialismo Peruano

    O Congresso do Peru, controlado pela oposição de direita,
    retomará nesta sexta-feira (27) um debate polarizado
    para decidir se concede ou não um voto de confiança
    ao gabinete ministerial do presidente de esquerda
    Pedro Castillo.

    no plenário do Congresso os planos do novo governo e pediu o voto de confiança, imprescindível para que o gabinete se mantenha em funções, segundo a Constituição.

    “Viemos à Câmara não só para pedir um voto de confiança […], mas para [pedir] que afastemos nossas diferenças para resolver uma das mais graves crises políticas, econômicas e de saúde das últimas décadas”, disse Bellido, um engenheiro e parlamentar de esquerda de 41 anos, cuja nomeação como chefe de Gabinete foi amplamente questionada pela oposição.

    Depois da exposição de quase três horas de Bellido e uma pausa para o almoço, teve início um áspero debate entre os legisladores que se estendeu por muitas horas.

    “O discurso foi um conto de fadas (…) Não estamos em condições de dar um voto de confiança”, disse o legislador Jorge Montoya, almirante reformado e líder da bancada do partido de ultradireita Renovação Popular.

    “É impossível dar um segundo de confiança ao gabinete”, afirmou Hernando Guerra García, líder da bancada da Força Popular, partido de Keiko Fujimori, a quem Castillo derrotou no segundo turno de 6 de junho.

    Waldemar Cerrón, do governista Peru Livre, pediu um voto a favor do governo como uma “demonstração de que lutamos contra a corrupção, a injustiça”.

    Enquanto isso, do lado de fora do Congresso, dezenas de manifestantes contra e a favor do governo eram mantidos à distância pela polícia.

    – Mensagem em quéchua –

    Bellido, natural da região andina de Cusco -a capital do antigo império inca-, começou a apresentar os planos do novo governo falando em quéchua e aimará, línguas ancestrais que ainda são faladas por cerca de cinco milhões de 33 milhões de peruanos e que também são idiomas oficiais do país, assim como o espanhol.

    Isso levou Alva a interrompê-lo e pedir-lhe que falasse apenas em espanhol para que todos os 124 legisladores presentes pudessem entendê-lo.

    “Isso é uma demonstração de que nosso país ainda não entendeu que há povos profundos que têm culturas, idiomas de diferentes setores”, afirmou Bellido, que retomou sua fala em espanhol.

    “Nosso governo não tenta copiar os modelos adotados em outros países”, disse Bellido em uma alusão tácita aos que os acusam de fazer parte do chamado “socialismo do século 21” da Venezuela e da Bolívia.

    “Nossos objetivos imediatos são combater a pandemia de covid-19 e reativar nossa economia”, acrescentou.

    -Primeira baixa –

    As disputas entre o novo governo e a oposição já custaram o cargo do ministro das Relações Exteriores, Héctor Béjar. Ele foi substituído por Óscar Maúrtua, diplomata de carreira sem laços com a esquerda que já havia ocupado o posto há 15 anos.

    Os rivais de Castillo esperavam, no entanto, que ele fizesse mais mudanças em seu gabinete de 19 membros antes de se submeter ao voto de confiança – algo que o presidente rejeitou.

    “O presidente Castillo percebe que ceder diante da oposição e pôr os ministros que eles querem seria uma fragilidade. Assim, não conseguiria governar”, disse à AFP o analista político Hugo Otero.
    [GZH]

Sandra

26 de agosto de 2021 às 18h43

2015 Viomundo – Jornalista Luíz Carlos Azenha
Para Lula, “cabe ao PT denunciar essas manobras”.
https://www.viomundo.com.br/politica/lula-pede-ao-partido-que-denuncie-manobras-criterio-da-midia-e-o-da-criminalizacao-pt.html

Responder

Zé Maria

26 de agosto de 2021 às 18h02

Parece que as Pesquisas Eleitorais
– que demonstram Ampla e Persistente
Vantagem do ex-Presidente LULA sobre
os Candidatos da Direita Neoliberal –
estão afetando a Imprensa de Mercado.

A Globo e a Mídia FasciPaulista esqueceram rápido do Genocídio Insalubre e da Corrupção no Ministério da Doença do (des)Governo Bolsonaro/Guedes/Mourão.

O NeoFascismo Anti-LuloPetista fala mais alto.

Responder

Deixe uma resposta para Zé Maria

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding