VIOMUNDO

Diário da Resistência


PML: PSDB recebeu 42% das doações das empreiteiras da Lava Jato. E agora, Moro?
Política

PML: PSDB recebeu 42% das doações das empreiteiras da Lava Jato. E agora, Moro?


30/03/2015 - 11h42

sergio-fernando-moro.2_0

E agora, Sérgio Moro?

Segundo pesquisa, PSDB recebeu 42% das doações das grandes empreiteiras da Lava Jato aos partidos

por Paulo Moreira Leite, em seu blog

A descoberta de que o conjunto das empreiteiras investigadas na Lava Jato responde por 40% das doações eleitorais aos principais partidos políticos do país – PT, PMDB, PSDB – entre 2007 e 2013 é uma dessas novidades imensas à espera de providências a altura.

Permite uma nova visão sobre as denúncias envolvendo a Petrobrás, confirma uma distorção absurda nas investigações e exige uma reorientação no trabalho da Justiça e do Ministério Público.

É o caso de perguntar: e agora, Sérgio Moro? O que vamos fazer, Teori Zavaski?

Explico.

Conforme o Estado de S. Paulo, entre 2007 e 2013 as 21 maiores empresas da Lava Jato repassaram R$ 571 milhões a petistas, tucanos, peemedebistas. Desse total, 77% saíram dos cofres das cinco maiores, que estão no centro das investigações: Andrade Gutierrez, Queiroz Galvão, Camargo Corrêa, Grupo Odebrecht e OAS.

Segundo o levantamento, o Partido dos Trabalhadores ficou com a maior parte, o que não é surpresa. As doações ocorreram depois da reeleição de Lula. Cobrem aquele período do calendário político no qual Dilma Rousseff conquistou o primeiro mandato e Fernando Haddad venceu as eleições municipais de São Paulo. Mas o PSDB não ficou muito atrás. Embolsou 42% do total. Repetindo para não haver dúvidas: conforme análise do Estado Dados, de cada 100 reais enviados aos partidos, 42 chegaram aos cofres tucanos.

Gozado, não?

Agora dê uma olhada na relação de beneficiários denunciados na Lava Jato e pergunte pelos tucanos. O personagem mais ilustre, senador Sérgio Guerra, já morreu. É acusado de ter embolsado dinheiro para inviabilizar uma CPI. Infelizmente, não está aqui para defender-se – o que permite imaginar até onde pode chegar a largura de suas costas.

O outro implicado é o senador Antônio Anastasia, aliado número 1 de Aécio Neves, forte candidato a um carimbo de “falta de provas” amigo nas próximas etapas do percurso.

Como chegaremos aos 42%? Alguém vai investigar, vai explicar? Ninguém sabe. Nem uma pista.

Onde estão as delações premiadas, as prisões preventivas?

Apoiado na delação premiada de Paulo Roberto Costa, que chegou à diretoria da Petrobras com proteção do lendário Severino Cavalcanti, do PP pernambucano, a investigação concentrou-se no condomínio Dilma-Lula e legendas aliadas. Esbarrou no PSDB, de vez em quando, quase sem querer, por acaso. E só.

A descoberta da fatia de 42% do PSDB na Lava Jato pode ser mais útil do que se imagina.

Deixando de lado, por um momento, a demagogia moralista que tenta convencer o país que todo político é ladrão cabe reconhecer um aspecto real e relevante.

Estamos falando de um sistema no qual todos os partidos se envolvem na busca de recursos financeiros para tocar as campanhas. Todos. São as mesmas empresas, com os mesmos clientes, com os mesmos doadores que se ligam às mesmas fontes.

Isso quer dizer o seguinte: ou todos são tratados da mesma forma, conforme regra elementar da Justiça, ou teremos, na Lava Jato de 2015, o mesmo tratamento preferencial dispensado aos tucanos do mensalão PSDB-MG. Não dá para dizer que um recebe “propina” e o outro ” verba de campanha,” certo?

Acho errado por princípio criminalizar as campanhas financeiras dos partidos políticos. Por mais graves que sejam suas distorções – e nós sabemos que podem ser imensas – elas envolvem recursos indispensáveis ao funcionamento do regime democrático. Mesmo a Nova República, que substituiu o regime militar, nasceu com auxílio de um caixa clandestino formado pelos maiores empresários e banqueiros do país, na época. Não conheço ninguém que, mesmo informado dessa situação, sentisse nostalgia da suposta — sim, suposta e apenas suposta — moralidade do regime dos generais.

Se queremos uma democracia emancipada do poder econômico, precisamos de novas regras – como financiamento público, como proibição de contribuições de empresas – para isso. E temos de ter regras transitórias para caminhar nessa direção, que não joguem fora a criança junto com a água do banho, certo?

Mas não é isso o que tem ocorrido. Pelo contrário. A tradição é criminalizar os indesejáveis, submetidos a penas rigorosas, e poupar amigos e aliados, através de uma prática conhecida.

Comparece-se a AP 470 com o mensalão PSDB-MG.Julgados pelo mesmo crime que conduziu importantes dirigentes do Partido dos Trabalhadores a prisão, os acusados da versão tucana sequer foram julgados – até hoje. Muitos já tiveram a pena prescrita. Não faltam acusados que dormem o sono dos justos com a certeza de que jamais correrão o risco de qualquer condenação. Os acusados tucanos que forem condenados – se é que isso vai acontecer um dia — terão direito a um julgamento com segundo grau de jurisdição, que foi negado aos principais réus do PT. A última notícia do caso é que a juíza que presidiu o julgamento em primeira instancia aposentou-se antes de terminar o serviço e ninguém foi nomeado para seu lugar. Se esse filme parece velho, lembre das denúncias que envolvem as obras do metrô paulista.

Muito instrutivo, não?

 Leia também:

Maria Inês Nassif: O precedente Joaquim Barbosa gerou Sérgio Moro 

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



44 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

sergio paulo

24 de novembro de 2016 às 14h35

Que Deus nos livre do Sergio Mouro. Do contrário seremos condenados por crimes já mais praticados.

Responder

carlos

08 de fevereiro de 2016 às 12h15

E agora, Sérgio Moro?O artifício muito utilizado pelos tribunais fez com que o salário do magistrado chegasse a R$ 77.423,66, no mês de abril. Desse total, R$ 43.299,38 foram referentes a pagamentos de férias, 13º salário, atrasados e outros. No valor bruto, estavam incluídos ainda R$ 5.176,73 de auxílios para ajudar nas despesas com alimentação, transporte, moradia e saúde. O levantamento, feito pelo DIA no portal do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (PR, SC e RS), mostra que, de janeiro a julho deste ano, Moro recebeu, por quatro vezes, rendimentos superiores a R$ 63 mil. Nos meses sem gratificação (março, maio e junho), o salário do magistrado, que é lotado na 13ª Vara Federal de Curitiba, não passou de R$ 36 mil. Além dele, há juízes cujos vencimentos ultrapassam R$ 100 mil por mês.

O expediente de criação de penduricalhos foi criticado pelo deputado federal Wadih Damous (PT-RJ). “A limpeza deveria começar pela remuneração desses juízes e desembargadores que recebem acima do teto constitucional, em manobras que não fazem bem à democracia e à moralidade”, disse. As informações sobre o descumprimento do teto salarial na magistratura foram publicadas, na última semana, no site Consultor Jurídico. A análise foi feita pelo procurador federal Carlos André Studart Pereira, a pedido da Associação Nacional dos Procuradores Federais (Anpaf), e enviada a parlamentares. De acordo com a reportagem, o teto que deveria limitar o aumento de salário, na verdade, se tornou piso para magistrados. Se em outro lugar esse vagabundo estaria na cadeia.

Responder

    thila

    10 de abril de 2016 às 21h38

    E o pior é que eles são contra o Bolsa Família. Dá para acreditar?

ROBERTO STARCK LEMOS

22 de agosto de 2015 às 20h25

QUANDO ESTE “CIRCO” FOI ARMADO EU JÁ DIZIA QUE TUDO RELACIONADO AO PSDB IA CAIR NAS COSTAS DO DEFUNTO. NÃO DEU OUTRA.

Responder

Leo

20 de agosto de 2015 às 19h31

Algum delator mencionou o PSDB, DEM e partidos da oposição como recebedores de dinheiro proveniente de lavagem de dinheiro?
.
Não estou defendendo a oposição, pois ela simplesmente inexiste. No Brasil, em verdade, temos partidos irmãos simplesmente disputando o poder, nada mais que isso. Mas é preciso dizer que a teia de denúncias que envolve o PT na Lava-Jato é algo assombroso.

Responder

Araujo

13 de agosto de 2015 às 00h28

É…como diz o PHA. isso não vem ao caso!

Responder

José

04 de abril de 2015 às 19h47

Em qualquer país do mundo, Moro já teria sido, no mínimo, afastado do cargo. No Japão estaria preso e teria que ressarcir os cofres públicos por ter causado, propositalmente, a anulação do processo. No Brasil virou estrela do PiG e herói dos zumbis conservadores. No fim, acredito que o processo deva ser anulado, não porque a lei assim manda por causa das irregularidades praticadas por Moro, mas porque o PSDB está envolvido.

Responder

Elias

01 de abril de 2015 às 11h12

Mídia partidarizada, vá lá, Justiça, não. Por que só agora vem a público que o PSDB levou quase a metade (42%) das doações das empreiteiras. Sem contar a Vaza Jato que vem sustentando as manchetes dos jornais dia após dia.

Responder

Ajuricaba da Amazônia

31 de março de 2015 às 22h46

ASSUSTADORAS, essas notícias. !!!!!!!!!!!

Vale apenas conhecer e tentar compreender essas notícias e informações. Elas, tem tudo a ver com a matéria em questão. De uma forma ou de outra. Meditem sobre isso, e instrua seus filhos, netos, família, parentes, aos amigos e mostrem aos irmãos da igreja ao político de sua confiança, enfim, tome uma atitude sobre o assunto, pois é ele o pai e a mãe de todos os conflitos entre os seres humanos.

http://ihu.unisinos.br/noticias/536331-o-1-dos-mais-ricos-detem-a-metade-da-riqueza-mundial-diz-relatorio

http://www1.folha.uol.com.br/saopaulo/2014/08/1494444-1-mais-rico-de-sp-abocanha-20-da-renda-da-cidade-ha-dez-anos-eram-13.shtml

Responder

Ajuricaba da Amazônia

31 de março de 2015 às 22h11

Acho que o Brasil e seu povo são muito maiores do que o dr. Moro. Afinal, segundo a CF, em nossa visão de leigo, quem tem a responsabilidade de administrar imparcial e igualitariamente, a justiça para todos os cidadãos brasileiros é o Poder Judiciário, representado e gerido como autoridade máxima, pelo STF.
Aí sim, na qualidade de cidadãos, preocupados com a repetição do julgamento da AP-470 pelo STF, devemos perguntar à Instituição STF e aos seus Ministros o seguinte: se é verdade que alguns dos depoimentos das delações premiadas dos indiciados na LAVA-JATO, citam políticos da base governista e da oposição envolvidos no esquema e, também, se alguns depoimentos dizem que as propinas na Petrobras, iniciaram em meados da década de 1990, no governo tucano, por que as investigações na Empresa, não levaram em conta a origem e o período integral dos ilícitos, trazendo para depor sobre o corrido, as autoridades tucanas da época?
Como exemplo de imparcialidade e justiça, isso, seria complementado com os depoimentos dos implicados do governo atual, para que cada um, sem distinção perante a lei, pague se julgado culpado, pelos crimes praticados.

Responder

    Maurilio

    16 de abril de 2015 às 00h20

    Corrupção do psdb, é corrupção boa e sempre válida, mas a do pt não tem perdão! Aliás, segundo esses, foi o pt quem criou a corrupção no Brasil! Um bando de HIPÓCRITAS, se rouba nesse país há muito tempo, inclusive na ditadura militar, só que nunca era investigado, sempre encoberto ou engavetado. A maioria desses políticos que aí estão, e há muito tempo na política, são bandidos! Raríssimas exceções! Como esses tem muitos amiguinhos no judiciário, sempre escapam!!!

Tô de Olho na oPósição

31 de março de 2015 às 17h22 Responder

Tô de Olho na oPósição

31 de março de 2015 às 17h03

Se Barusco afirmou, e somente a pequena torcida do América Futebol Clube aqui no Rio de janeiro acreditou, que a corrupção “institucionalizada” na Petrobras começou em 2003, porque não acreditar no contrário, ou seja, que até 2003 ela era institucionalizada e passou a ser, depois disso, um hábito pessoal e de que há uma vingança em curso?
Isto me faz lembrar da história do meliante que te rouba a carteira e, apontando em tua direção, grita: -“pega ladrão”!

Responder

Marat

31 de março de 2015 às 09h02

Verba pública, Antônio??? Logo se sê que você se “orienta” pelo PIG… Olhe, ainda está em tempo de discernir o que é correto e o que não é! Creio que você não seja burro, apenas mal-intencionado…

Responder

ros

31 de março de 2015 às 00h09

Devolve o premio, moro!

Responder

C.Paoliello

30 de março de 2015 às 23h42

Este juizinho tucano do Paraná se acha o mais inteligente, o mais sabido, o mais esperto, o mais culto, o mais bonito, o de mais conhecimento, etc. entre TODOS OS JUÍZES. Para ele não haveria lugar no STF nem como seu presidente vitalício pois ele acha que deveria estar pelo menos na Corte Penal Internacional de Haia e como seu presidente eterno. Não menos que isso. Mas ao perseguir pessoas só porquê são ligados a determinado partido e proteger outras também por serem ligados a outro determinado partido revela sua mentalidade atrasada, anti-republicana e antidemocrática, ou seja, ele não serve nem pra ser juíz de primeira instância no Paraguai.

Responder

Antonio

30 de março de 2015 às 23h28

Lamentável este blog.
Então como o PSDB recebeu verba das empresas dá direito aos petralhas de arrombar os cofres públicos.
Hipocrisia é pouco para este site sustentado com verba pública.

Responder

    Julio Silveira

    31 de março de 2015 às 10h52

    Hipocrisia é querer criminalisar um, e esconder o outro que comete atos iguais, por simpatia.
    Hipocrisia é não querer saber os pecados que compromete a quem se gosta, apenas pelo desejo de participar de um linchamento de quem não gosta baseado no mesmo tipo de pecado.

    Celso

    31 de março de 2015 às 10h53

    Antonio (coxinha) qual o problema do site ser sustentado por verba publica (se é que isso é verdade)? Os BLOGS da marginal não são?A midia que vc defende não é? Vai plantar coquinho cara pálida!!!!

    José

    04 de abril de 2015 às 19h51

    Esse é um zumbi conservador. Rede Globo, SBT e Band são sustentados como mesmo? E o lixão tóxico (Veja) que vc come todos os dias? Até no blog do herói dos conservadores já vi anúncio da Caixa. É por isso que são zumbis, não tem cérebro para pensar.

Marat

30 de março de 2015 às 23h23

Só acreditarei que existe Justiça quando um maçom mandar pender outro maçom.

Responder

    José

    04 de abril de 2015 às 19h52

    Morrerás sem acreditar… como todos nós que até aguardamos a prisão de um certo tucano mensaleiro.

Euler

30 de março de 2015 às 22h12

O esquema ou complô Moro-Globo-procuradores-e-PF-do-Paraná, assim mesmo, tudo junto, já está cansado de saber dessa revelação. Quem não sabia era o povão. E é isso que pode preocupar esses elementos. A operação Lava Jato foi montada com objetivos muito bem definidos: destruir a Petrobras para vendê-la a preço de banana e o pré-sal a tiracolo; e desestabilizar o governo Dilma, forçando ou a derrota eleitoral (perderam, apesar de toda campanha midiática criminosa durante as eleições); ou uma crise institucional e econômica e política que paralisasse o governo (isso de certa forma o complô conseguiu); ou a derrubada do governo por impeachment ou o seu “sangramento” (Aloysio Nunes, de ex-guerrilheiro a baba ovo da direita golpista) até o final do mandato.

Tudo o mais nessa operação é sensacionalismo midiático. Vamos aos números: de acordo com o MP, a corrupção na Petrobras, em 10 anos ou mais, custou cerca de R$ 2 bilhões aos cofres públicos. E virou novela da Globo durante vários meses. Já a recente operação Zelotes, que descobriu R$ 5 bilhões de sonegação de bancos e outros ricaços, podendo chegar a R$ 19 bilhões, ou seja, 10 vezes mais que a corrupção na Petrobras, não mereceu nenhuma atenção da mídia golpista. Nada. O mesmo em relação ao esquema do HSBC; ou do Trensalão de SP, ou do Mensalão dos tucanos em MG, ou do helicóptero dos Perrelas com 500 quilos de pasta base de cocaína. E o caso do paladino da ética no senado – mais um, depois de Demóstenes/Veja – Agripino Maia? A mídia nem fala neste assunto. E etc, etc., etc. Ora, que moral tem essa mídia, e parte da justiça, e da PF, e do MP para se falar em combate à corrupção?

O que existe no Brasil é o combate político e ideológico ao PT, à esquerda em geral, aos movimentos sociais, e ao governo Dilma, por mais que ele se esforce para adotar medidas neoliberais e para agradar as elites. Eles têm ódio é de qualquer projeto que queira garantir o mínimo de melhorias para os de baixo.

Responder

    Zé Celso

    23 de agosto de 2015 às 01h02

    Belíssima explanação. Sintetizou brilhantemente toda essa tramóia do quarto poder.

Marat

30 de março de 2015 às 21h25

Acho que já morei… este juiz é parcial. Morou?

Responder

Cláudio

30 de março de 2015 às 19h13

Ouvindo A Voz do Bra*♥S♥*il e postando:
.
Mais um outro poema (acróstico) para a defenestradora de tucanus:
.
Duas vezes contra o espectro atro
Inscreveu já seu nome na história
Lutando contra mídia venal & Cia e seu teatro
Mulher forte de mais uma vitória
A deixar tucanus na ó-posição de quatro ! ! ! ! de quatro ! ! ! ! de quatro ! ! ! ! DE QUATRO ! ! ! !
.
**** ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥
**** ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥
♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥ ****
♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥ ****
.
************* Abaixo o PIG brasileiro — Partido da Imprensa Golpista no Bra*♥S♥*il, na feliz definição do deputado Fernando Ferro; pig que é a míRdia que se acredita dona de mandato divino para governar.
.
************* Lei de Mídias Já!!!! **** “Com o tempo, uma imprensa [mídia] cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma” **** Joseph Pulitzer. **** … “Se você não for cuidadoso(a), os jornais [mídias] farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” **** Malcolm X. Ley de Medios Já ! ! ! !
.
************* “O propósito da mídia não é de informar o que acontece, mas sim de moldar a opinião pública de acordo com a vontade do poder corporativo dominante.”. Noam Chomsky.
.
************* “A população geral não sabe o que está acontecendo, e nem sequer sabem que não sabem”. Noam Chomsky.
.
.
.
************* Poemas engajados de Cláudio Carvalho Fernandes (anarcoexistencialismo):
.
.
**** Poema “Desalienando a ma$$ificaçãø Coisificante” /
.
É melhor /
ser um, mesmo que zero, à esquerda /
do que, títere-palhaço, a penas só faz-ser número$ à direita
.
.
.
**** Poema “Bistância” /
.
Tele Visão /
Tele Vazão /
Tele Vazio
.
.
.
**** Poema “Cem Rimas” /
(para o PT e o PSTU) /
.
A vida passa de graça /
E fica ainda mais rica /
Nos olhos de esperança /
Que às mãos multiplicam
.
.
.
**** Poema “Clic” /
.
A luz /
Assombra /
As sombras
.
.
.
**** “Poema Z” /
.
Penso /
Logo(S) /
Rexisto
.
****

Responder

Carlos

30 de março de 2015 às 18h48

Ainda tem gente que acredita e sonha que os demostucanosdebostas, serão condenados pela justiça brasileira. Esqueçam a justiça brasileira são eles.

Responder

Laura

30 de março de 2015 às 18h03

Juiz Moro? ” Se quiser a gente tira “. São esses fatos que estão manchando a “honra” da justiça brasileira. Exigimos imparcialidade e que sejam punidos todos, independente dos “amigos”. Assim deve agir a justiça de um país. Não se pode mais tolerar que a justiça não pratique a “JUSTIÇA”. Exigimos isenção já!

Responder

Fabio SP

30 de março de 2015 às 16h35 Responder

Julio Silveira

30 de março de 2015 às 14h16

O judiciário mais que suspeito, já parece comprometido. Será que nesse poder também não tem ninguém que recebe, ou recebeu de forma indireta, pela caixinha das doações partidárias, para afiliados, ou associados, aos partidos? Dá para desconfiar, e não seria de se duvidar.

Responder

Romanelli

30 de março de 2015 às 12h54

Acho que não entendi ainda ..o jornalista esta pedindo Justiça célere e isonômica, ou anistia geral, ampla e indistinta ?

Então, o que vemos neste artigo ? Será que é pra cobrarmos justiça e CANA pra todos, ou será que é mais do mesmo, do “se eles podem, nós também podemos” ..ou, quem sabe, será que é o “somos todos iguais” contraditando o antes “somos diferentes” ?
.
ou será que é o rouba e deixa roubar ? ..hum, já sei, isso seria Caixa 2 de campanha, usado por todos, cuja ausência a democracia não se manteria nem sobrevive, é isso ?
.
Então deixo pensar: Será que se a nossa justiça focar em todos os 4 principais partidos ordinários (PT, PSDB, PMDB e PP ..fora os anões fisiológicos ..com todos efetivamente sendo considerados CULPADOS, será que para o jornalista estaria tudo bem ?
.
..ou será que pra ele, pra ficarmos com esta “democratura rastaquera, plutocrática e oligarca”, desproporcional e inconsequente, será que ainda deveríamos lutar pela anistia pra todos ?
.
..Será que inexistiria ali – já que todos fazem o mesmo – o crime de concussão ? O da COOPTAÇÃO política havida pela troca do trafico de influência e de poder, da partilha indevida, do abuso do poder econômico talvez ? ..quem sabe a formação de quadrilha se resumiria a uma coreografia junina e a corrupção ativa e/ou passiva, ou o atentado contra a própria essência do que deveria ser a ética na política deveria ser revista, flexibilidade pra caber enriquecimento ilícito dentro dela né, quem sabe ?
.
Então, o que pensa o jornalista que antes de defender e se justificar, passou a jogar tudo no ventilador também e a atacar, antes mesmo de explicar ? ..AFINAL, será que ele é daqueles que se eu der CONSULTORIA FANTASMA, caracterizando advocacia administrativa por exemplo, será que se eu a fizer mas pagar imposto, branqueando todo tipo de segeira e ato rasteiro, será que então estará tudo bem ?
.
então, o que pensa o jornalista ? só pra saber…

Responder

    Malcona X

    30 de março de 2015 às 17h20

    Oi Romanelli,

    Você por algum acaso não faz perguntas aos seus pares. Nunca. Faz aos que não são seus pares. Pois terei paciência, já o conheço de outros blogs de esquerda. Deus me dê paciência para explicar o que vc não entendeu, acima.

    quem sabe se com as minhas palavras certeiras e frases curtas, não consigo explicar o que dezenas ainda não conseguiram, ou você não tem paciência de ler as respostas obvias.

    Pois vamos a primeira lição pra ti. Pare de fazer perguntas e leia novamente. É o que fazemos. Lemos duas, três, e até mais vezes se não entendemos.

    Almir

    31 de março de 2015 às 07h12

    Você está muito nervoso. Aqui vai a oração da propina (feita por quem você idolatra) pra você se acalmar.
    https://www.youtube.com/watch?v=WK0dzsV9YWU

FrancoAtirador

30 de março de 2015 às 12h36

.
.
O PSDB recebeu R$ 137,9 milhões de empreiteiras.
.
Esse valor corresponde a 42% das contribuições privadas
declaradas pelo PSDB ao Tribunal Superior Eleitoral.
.
Os maiores repasses foram feitos
pela Andrade Gutierrez
pela Queiroz Galvão
pela Camargo Corrêa
pela Odebrecht e
pela OAS.
.
Essas empresas foram responsáveis por 77% das doações feitas
pelas empreiteiras investigadas aos três partidos entre 2007 e 2013.
.
.

Responder

roberto

30 de março de 2015 às 12h08

Por favor, encontrem urgentemente um buraco de avestruz para o morinho enfiar a cabeça. Vai nessa morinho, é a única saída!

Responder

Deixe uma resposta para roberto

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.