VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Política

O MST vai ao Planalto


23/08/2011 - 21h41

A foto é do blog do Planalto.

Talvez não resolva nada. Talvez nenhuma reivindicação seja atendida.

Mas, cabe perguntar: O que faria o presidente Serra?

PS do Viomundo: Para manter, como diz um comentarista, seu caráter ambidestro, na mesma data o governo Dilma recebeu Kátia Abreu no palácio, com direito a encontrar a presidente.

Aqui a pauta de reivindicações do Movimento dos Sem Terra

“Vozes silenciadas” confirma exclusão do MST como fonte jornalística

MST peita grilagem da Cutrale

Stédile: O que faz a Globo na associação do agronegócio?

A violência contra quilombola em Minas Gerais

Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - A mídia descontrolada e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


11 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

JOSE DANTAS

25 de agosto de 2011 às 15h23

Uma coisa tem que ficar clara nesse País: o MST não é o Povo Brasileiro, asim como o PIG e as elites também não são.
O PIG é sacana, porém ao mostrar aquela lamentável cena onde as "máquinas" dos "sem nada" destroem um pomar de laranjeiras, na realidade está contando uma verdade de maneira inequívoca.
Os agricultores, sobretudo os menos favorecidos, amam a terra e o que nela existe. As árvores frutíferas também são natureza e tem vida como qualquer outro ser pertencente ao reino animal ou vegetal. Uma coisa é desmatar para explorar alguma atividade produtiva que acabará beneficiando muita gente, outra coisa é destruir o que já está implantado, numa demonstração de que aquilo não tem nenhum valor e se é assim, por que lutar pela posse de terra? Existem muito mais sem terras nesse País do que os profissionais organizados nessa área. A identidade do trabalhador do campo está nos calos que carrega nas mãos, os demais apenas empunham suas bandeiras.

Responder

EUNAOSABIA

24 de agosto de 2011 às 12h01

Governo sem agenda e sem autoridade dá nisso… tem que capitular mesmo… além de aceitar a ilegalidade e uma afronta a lei como algo comum.

Responder

Fernando

24 de agosto de 2011 às 11h14

Serra não recebria os militantes.

Mas na prática não faria a menor diferença, pois Dilma não atenderá nenhuma exigência.

Responder

FrancoAtirador

24 de agosto de 2011 às 09h06

.
.
A Kabrita é do PSDemB, agora é da B.A.S.E.,

Base Agroindustrial de Sustentação das Elites.
.
.

Responder

Raphael Tsavkko

24 de agosto de 2011 às 02h47

Se dilma pode não fazer nada (e não fez nada além de reduzir grana pra Reforma Agrária em seu governo), pra que perguntar o que faira Serra?

Serra daria porrada, Dilma recebe e provavelmente não fará nada. Alguma dessas opções é boa?

Responder

José Américo

24 de agosto de 2011 às 00h31

Por que a Presidenta não recebe pessoalmente o MST? Tem que receber a DEMO radical Kátia Abreu e não o povo que vota nela? Que tipo de respeito ela quer exigir da sociedade – digo, povão – com essa postura? Esse centrismo exarcebado, além da docilidade com empresários e a super-elite, nos fazem perder a crença nos governos que se dizem de esquerda apenas na hora de pedir o voto.

Como o Azenha diz, não podemos ser a esquerda que a direita adora, porém, por outro lado, pelo visto não podemos ser a esquerda que a esquerda governista adora: domesticada, passiva e dócil, acomodada sob os teclados de um computador. Já passou da hora de movimentos sociais se organizarem e exigirem uma mudança firme de orientação do governo, pautada pelo interesse público e do povo.

Responder

SILOÉ-RJ

24 de agosto de 2011 às 00h17

Como ela é parlamentar possívelmente já havia agendado a reunião ANTES, não é dificil imaginar o que ela foi defender: Os entêresses dos "AGRICULTORES", incluindo a COCA- COLA, atual dona da CUTRARE, que explorou como GRILEIRA as terras EM QUESTÃO, que é da UNIÃO, por anos à fio sem pagar nem um TOSTÃO.
Já o lider MST como representante legal da categoria foi reclamar o que lhes é de direito já que aquelas terras a quase um século se destinavam à reforma agrária.
Vamos aguardar para ver que braço a PRESIDENTA QUEBRARÁ.

Responder

    leandro

    24 de agosto de 2011 às 08h57

    "Já o lider MST como representante legal da categoria"
    Essa é de morrer de rir. Como ser "representante legal" de um movimento ilegal, sem CNPJ, sem registro, sem ninguem que fiscalize o dinheiro que o governo envia atraves de ong's, repasses, etc… O dia que eles prestarem contas como todos nós, terão o direito igual a todos também. Se legalizem e parem de desviar tanto dinheiro, dinheiro de nossos impostos sem nenhum tipo de controle ou prestação de contas.

Gerson Carneiro

23 de agosto de 2011 às 22h21

Recordar é viver. Ops! Com o PSDB é morrer.

<img src=http://4.bp.blogspot.com/_bLWjwM28CKc/S6rcTAaj1FI/AAAAAAAACqg/wvvpeRJiTyU/s1600/confronto-pm-serra.jpg>

Responder

Gerson Carneiro

23 de agosto de 2011 às 22h19

"O que faria o presidente Serra?"

Nunca é tarde para lembrar.

[youtube DZoPj5p7Nsg http://www.youtube.com/watch?v=DZoPj5p7Nsg youtube]

Responder

Deixe uma resposta para Gerson Carneiro

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.