VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Marcelo Zero, em modo ironia: Novo relatório revela que o PT aparelhou o FMI; confira organograma
Política

Marcelo Zero, em modo ironia: Novo relatório revela que o PT aparelhou o FMI; confira organograma


13/10/2020 - 22h07

O PT Aparelhou o FMI

Por Marcelo Zero*

O marxismo cultural, essa ideologia nefasta idealizada por Gramsci, Marcuse, Adorno e outras mentes perversas, dá, cada vez mais, mostras de sua solerte capacidade de dominar outrora respeitáveis instituições multilaterais.

Com efeito, o atual plano diabólico dos comunistas de dominar o mundo pela conquista da superestrutura, plasmado no globalismo que enfraquece o Estado-Nação e destrói os valores cristãos, únicos valores legítimos da Humanidade, avança cruel e triunfantemente, tal qual um Átila Vermelho, um Gengis Khan leninista.

Prova cabal disso é o último relatório do FMI sobre as perspectivas da economia mundial, o World Economic Outlook de 2020, recentemente divulgado.

Certamente concebido em algum porão globalista, sob os efeitos dos miasmas que emanam dos subterrâneos da Pennsylvania Avenue, em Washington, o relatório destila subliminarmente ideias e propostas incompatíveis com as leis naturais que regem a economia e com os valores liberais que fundamentam a civilização ocidental.

Em seu Sumário Executivo, pode-se ler a seguinte arrepiante passagem:

Os governos devem fazer tudo o que estiver ao seu alcance para combater a crise de saúde e mitigar a profunda recessão, ao mesmo tempo em que devem se preparar para ajustar sua estratégia política, à medida que a pandemia e seu impacto na atividade evoluam.

No caso em que as regras fiscais puderem restringir a ação governamental, sua suspensão temporária deveria ser efetuada…

Prorrogar os vencimentos da dívida pública e manter taxas de juros baixas, na medida do possível, ajudaria a reduzir o serviço da dívida e liberaria recursos para serem redirecionados aos esforços de mitigação da crise.

Embora a adoção de novas medidas de incremento de receita durante a crise seja difícil, os governos  precisam considerar o aumento de impostos progressivos sobre os indivíduos mais ricos e aqueles relativamente menos afetados pela crise (incluindo o aumento de alíquotas de impostos sobre faixas de renda mais altas, grandes fortunas, ganhos de capital, e patrimônio), bem como mudanças na tributação que garantam que as empresas paguem impostos proporcionais à lucratividade.

Os países também devem cooperar na concepção de tributação internacional das empresas para responder aos desafios da economia digital.

Como se vê, trata-se de ataque frontal aos eternos princípios da economia liberal e aos sagrados direitos do capital, que intenta restituir o Estado intervencionista como pseudo demiurgo da prosperidade.

Sem dúvida alguma, é uma peça elaborada por criptocomunistas que seguem os deletérios ensinamentos daquele Lorde inglês, que intentou controlar e conduzir, com objetivos populistas, a infalível mão de Adam Smith.

Contudo, investigação mais aprofundada revela a origem específica do novo relatório do FMI.

Há pouco tempo, o PT, partido comprometido, assim como Marx, com o satanismo, como bem nos ensina Daniel Chagas Torres em “A Cristofobia no Século XXI”, lançou seu “Plano de Reconstrução e Transformação do Brasil”, o qual propõe os mesmos anátemas veiculados agora pelo FMI.

Coincidência? Claro que não.

A clara influência do plano do PT no relatório do FMI demonstra que o comunismo petista apoderou-se da burocracia globalista encastelada no FMI, conforme fica evidenciado na figura abaixo.

Não temos provas, mas, assim como Deltan e Moro, modernos cavaleiros Templários, temos convicção divina. E alguma imaginação.

Não se enganem, a civilização ocidental corre risco de ser tragada de vez pelo Maelstrom do marxismo cultural. A verdadeira e mortal pandemia é a do “comunavírus”; não a do Covid.

Esta última ceifa apenas corpos velhos e aposentados, inúteis para a reprodução do capital. Já a primeira destrói jovens almas cristãs, indispensáveis à defesa da única civilização possível.

Agrava muito esse risco o fato de que Trump, o novo Messias, como bem o define Ernesto Araújo, chanceler impoluto e soberano, incontaminado pelo Iluminismo, deverá perder o posto que lhe cabe por direito natural.

A conspiração globalista vem tendo êxito na promoção da candidatura de Joe Biden, escrava da agenda do marxismo cultural e dos interesses de Beijing, de Moscou, de Wellington e do ambientalismo vermelho.

Assim sendo, parece que a nova batalha dos Campos Cataláunicos, que anteporá o Átila Vermelho à Cristandade Ocidental, deverá ocorrer em 2022, em terras brasileiras, quando o fogo sagrado do liberalismo viril e cristão combaterá as florestas gayzistas da solidariedade e da igualdade

Antes disso, porém, o Plano de Reconstrução e Transformação do Brasil do PT, com seus tentáculos globalizantes, terá de entrar no Index Librorum Prohibitorum.

Chega de luz, razão e fatos. Queremos as brumas da Terra plana e as fake news das redes unidimensionais.

Viva la Muerte!

*Marcelo Zero é sociólogo e especialista em Relações Internacionais



Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

14 de outubro de 2020 às 19h28

Um texto digno do Astrólogo da Virgínia,
pela pena do nosso Reverendo Araújo,
Templário da Cruzada Cristã Ocidental.

Responder

germano

14 de outubro de 2020 às 10h42

Mais do que a cloroquina, na atual situação parece que rir é o melhor remédio. Saravá!

Responder

Zé Maria

13 de outubro de 2020 às 23h31

Fazer Ironia na Internet é um Enorme Risco. Mas vamos lá …

Responder

Zé Maria

13 de outubro de 2020 às 23h28

Com Certeza. O PT também aparelhou as ONGs FAO/ONU e OMC.
Sem falar nas Organizações de Direitos Humanos e nos Organismos
de Proteção Ambiental do Planeta e a Imprensa Internacional.

2019: desgoverno Bolsonaro/Mourão
“Relator da ONU Acusa Brasil de Desmantelar Instituições e Controles Ambientais”
https://br.reuters.com/article/idBRKBN1YH28Z-OBRDN
https://www.huffpostbrasil.com/entry/onu-brasil-meio-ambiente_br_5df3edb7e4b03aed50ee1e1d

2015: Governo Dilma Rousseff (PT)
FAO e Organização Mundial do Comércio [OMC] reforçam
cooperação em comércio e segurança alimentar

A Organização Mundial do Comércio (OMC) e a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) vão reforçar a cooperação em questões relacionadas ao comércio e a segurança alimentar, oferecendo assistência mútua em tópicos relevantes, tais como o funcionamento dos mercados internacionais de grãos.
O diretor-geral da OMC, Roberto Azevêdo, se reuniu na última sexta-feira (17), em Genebra, com o diretor-geral da FAO, José Graziano da Silva, para o anúncio desse acordo.
“A segurança alimentar está estreitamente relacionada ao comércio e é, portanto, um elemento importante do nosso trabalho na OMC”, disse Azevêdo.
“Estou muito satisfeito de que agora podemos melhorar o nosso trabalho sobre essa questão crucial que afeta a tantas pessoas por meio de uma parceria mais estreita com a FAO”.
Durante o encontro os dois também discutiram a atual situação das negociações comerciais da Rodada de Doha, e os esforços que os governos estão fazendo para conseguir um bom resultado.
“Estou profundamente comprometido para continuar a desenvolver o nosso trabalho em conjunto com a OMC, já que a segurança alimentar e o comércio podem jogar juntos um importante papel com intuito de contribuir com o mandato da FAO”, disse Graziano da Silva.
https://brasil.un.org/pt-br/69245-fao-e-organizacao-mundial-do-comercio-reforcam-cooperacao-em-comercio-e-seguranca-alimentar

https://brasil.un.org/pt-br/71819-brasil-e-fao-contribuem-para-programa-escolar-de-alimentacao-sustentavel-no-caribe

https://brasil.un.org/pt-br/71793-brasil-e-fao-participam-de-seminario-em-cuba-para-discutir-politicas-agricolas-e-ambientais

https://brasil.un.org/pt-br/69791-acabar-com-fome-e-desnutricao-sao-prioridades-afirma-o-brasileiro-graziano-da-silva-chefe-da

https://brasil.un.org/pt-br/71778-relatorio-da-onu-destaca-compromisso-brasileiro-na-conservacao-do-solo-e-fim-do-desmatamento

https://brasil.un.org/pt-br/68968-brasil-responde-por-mais-de-50-da-reducao-global-de-emissao-de-carbono-entre-2001-e-2015-diz

Responder

Morvan

13 de outubro de 2020 às 23h21

Armaria! Não tem como escapar do ouro sino-moscovita. O marxismo cultural e a cristofobia são a pá de cal na civilização tão preconizada e levada acabo, digo, a cabo, pelos redentores do Prelado de Sião. T´sconjuro. Armaria.

Responder

Deixe uma resposta para Zé Maria

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!