VIOMUNDO

Diário da Resistência


Marcelo Zero: Ao se apropriar do 7 de setembro, Bolsonaro já rompeu a Constituição e as regras democráticas
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Política

Marcelo Zero: Ao se apropriar do 7 de setembro, Bolsonaro já rompeu a Constituição e as regras democráticas


04/09/2021 - 18h22

Um Gigantesco Crime

Por Marcelo Zero*

Bolsonaro apropriou-se do 7 de setembro para fins políticos próprios.

Tivesse ele se apropriado do Cristo Redentor ou da Petrobras, o crime seria menor.

Essa data deveria ser, como sempre foi, uma grande festa cívica que incluísse todos os brasileiros, independentemente de colorações partidárias ou de preferências ideológicas.   

Mas, neste ano, o 7 de setembro será uma manifestação exclusiva de bolsonaristas, em apoio ao “Mito” e, pior ainda, em desafio ou ultimato às instituições democráticas.

Fala-se muito em se evitar tumultos ou quebra-quebras, mas o grande quebra-quebra já foi feito, sem que ninguém protestasse. 

Ao se apropriar do 7 de setembro, ao cometer esse gigantesco peculato simbólico e político, Bolsonaro quebrou a Constituição, as leis, a tradição e as regras do convívio democrático.

Fico imaginando a tristeza dos pais que não poderão levar seus filhos ao 7 de setembro porque não querem se associar a um ato político-partidário de desafio à democracia.

Se isso não é crime de responsabilidade, não sei mais o que possa ser.

É típico de movimentos de índole fascista se arvorarem em detentores de uma espécie de monopólio do amor à Pátria.

Os bolsonaristas acham que eles são os únicos patriotas. Portanto, eles são os únicos qualificados a participar do 7 de setembro. Eles são os únicos “verde-amarelos”, o resto é gentalha de outra coloração.  

Quem faz oposição, quem deles discorda, não é brasileiro. São meros traidores, que deveriam deixar o país ou, como disse candidamente o Presidente, ir para a “ponta da praia”, expressão de caserna para designar execuções.

Na ditadura havia o lema “Brasil: ame-o ou deixe-o”. Mas o Brasil do lema de natureza fascistoide não era, na realidade, o país. Era, isto sim, a própria ditadura. Quem dela não gostasse tinha de ir para o exílio ou “desaparecer”.

Bolsonaro faz pior. Ao se apropriar do 7 de setembro, coisa que nem a ditadura fez, Bolsonaro, indo além de Luiz XIV, proclama: o Brasil sou eu!

Agrava o crime o fato de que, nesse próximo 7 de setembro, há pouca independência a se comemorar.

A política externa e a política de defesa do bolsonarismo apequenaram o país, sedimentaram uma relação de subserviência em relação a setores da extrema-direita dos EUA e transformaram o Brasil numa espécie de pária internacional.

A subserviência ideológica ao “trumpismo”, a alienação de setores produtivos estratégicos, a abertura incondicional da economia, o desinvestimento na integração regional e no BRICs, a inserção de nossas Forças no Comando Sul dos EUA, a entrega da Base de Alcântara etc. limitam comemorações de uma verdadeira independência. 

E parecem indicar que o “amor à Pátria” dos bolsonaristas não está refletido em suas práticas.

Independentemente do que venha acontecer na próxima terça-feira, este 7 de setembro já entrou para a História como o 7 de setembro mais triste.

Em vez de uma data de júbilo, de alegria, de inclusão, de união de todos os brasileiros, Bolsonaro conseguiu a trágica proeza de transformá-la em data de temor, de ódio, de divisão entre brasileiros e de ultimato à democracia.

Não há crime maior do que esse.

*Marcelo Zero é sociólogo e especialista em Relações Internacionais.





14 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Marys

06 de setembro de 2021 às 07h49

O golpe já foi dado há 5
anos. Os fascistas só estão festejando no dia da Pátria deles, enquanto milhares de brasileiros morrem de fome e por falta de vacinas
https://youtu.be/22TSga3-YmA

Responder

Henrique Martins

05 de setembro de 2021 às 17h09

URGENTE
AVISO AOS NAVEGANTES DE ESQUERDA
Já faz alguns meses que não comento no blog pois não estou acompanhando mais nenhuma noticia do país e nem passo perto da TV porque eu estava adoecendo. Fico sabendo de uma coisa ou outra porque a minha irmã me conta.
Mas agora com essa tentativa de golpe por Bolsonaro em 7 de setembro vim aqui no blog para dizer o seguinte:
Quando Collor caiu na bobeira de pedir ao povo para ir às ruas de verde e amarelo pra defender o governo dele o povo saiu de preto. Lembram?
Pois é. Agora é o momento de um contra-ataque deste tipo. O povo tem que sair às ruas para exigir a renúncia dele e não para defendê-lo conforme ele está delirando.
A informação pelas redes sociais é ultra veloz e se vocês dos movimentos de esquerda ainda não prepararam um contra ataque ainda está em tempo.
Como eu já disse a vocês mais de uma vez Bolsonaro não deixará o poder por impecheament e sim por exigência do povo. Neste sentido, os paulistas vão ser cruciais na derrocada dele. Vocês têm agora uma baita chance de fazer o tiro sair pela culatra. A propósito, Renato Russo já dizia: ‘Que país é esse’. Quem sabe ler um pingo é letra!

RECADO PARA CRSTINA SERRA
A senhora está redondamente enganada. Nós temos que latir mais alto que os cães do nazifascismo simplesmente porque somos a maioria e democracia é o governo da maioria. Ora, é mamão com mel ele colocar uns gatos pingados na rua e depois falar que o povo está com ele. Não cabe covardia num momento destes Cristina. Estamos escutando esse homem latir e proferir impropérios deste o dia em que tomou posse. Estamos vendo calados esse homem destruir a floresta Amazônica, conspirar para o povo pegar Covid, conspirar contra os outros dois poderes da República, destruir a educação, enxovalhar a honra do país perante as demais nações e tantas outras coisas mais. CHEGA dona Cristina! Outro dia ouvi um senhor idoso como eu xingando na fila do caixa do supermercado que o povo não precisa de fuzil e sim de comida. Daí eu pensei: isso é sinal de que nem tudo está perdido e nem todos os brasileiros são cegos. Portanto, se os nossos jovens não fizerem nada neste momento trágico da história do país somos nós os idosos que teremos que fazer para salvar o futuro deles. Portanto, ainda que doente estarei nas ruas no dia 7 de setembro para enfrentar esses canalhas. Canalhas sim! Diga com quem tu andas que te direi quem és! Quem defende esse canalha é tão canalha quanto ele.
Não se preocupe: Se houver o confronto que a senhora teme Bolsonaro será responsalizado e CAIRÁ! Afinal, foi ele quem começou….

A propósito, quando li sobre a participação do PSDB com míseros 300 militantes do partido na Avenida Paulista me deu uma vontade danada de rir.
Ora, um partido que já presidiu o país defender a democracia no país com 300 militantes está totalmente fracassado e se Deus quiser nunca mais terá chances de presidir o país. Feche as portas PSDB. Um partido com 300 militantes está morto há muito tempo. Portanto, a esquerda não deve contar com vocês. Muito pelo contrário, ela deve aproveitar para tirar vocês do páreo de uma vez por todas.

ATÉ QUANDO ESPERAR
Por Plebe Rude
Não é nossa culpa
Nascemos já com uma bênção
Mas isso não é desculpa
Pela má distribuição
Com tanta riqueza por aí, onde é que está
Cadê sua fração
Com tanta riqueza por aí, onde é que está
Cadê sua fração
Até quando esperar
E cadê a esmola que nós damos
Sem perceber que aquele abençoado
Poderia ter sido você
Com tanta riqueza por aí, onde é que está
Cadê sua fração
Com tanta riqueza por aí, onde é que está
Cadê sua fração
Até quando esperar a plebe ajoelhar
Esperando a ajuda de Deus
Até quando esperar a plebe ajoelhar
Esperando a ajuda de Deus
Posso
Vigiar seu carro
Te pedir trocados
Engraxar seus sapatos
Posso
Vigiar seu carro
Te pedir trocados
Engraxar seus sapatos
Sei
Não é nossa culpa
Nascemos já com uma bênção
Mas isso não é desculpa
Pela má distribuição
Com tanta riqueza por aí, onde é que está
Cadê sua fração
Até quando esperar
A plebe ajoelhar
Esperando a ajuda do divino Deus

Responder

Valdeci Elias

04 de setembro de 2021 às 22h17

Quando ele respeitou , a Constituição e as regras democráticas ? Existe surpresa , ao se analisar um zumbi , e chegar a conclusão que está morto ?

Responder

Zé Maria

04 de setembro de 2021 às 22h08

Alguns Governadores Estaduais e Membros do
Congresso Nacional e do Poder Judiciário estão
menosprezando a potencialidade e a capacidade
das Propositais Agressões Físicas, coordenadas
pelas Polícias Militares Bolsonaristas, contra os
manifestantes de Esquerda, especialmente
no DF e em SP.

Responder

    Zé Maria

    04 de setembro de 2021 às 22h13

    A Culpa do Sangue Inocente Escorrido,
    por Decorrência da Ação dos Psicopatas
    Fascistas Bolsonaristas, é deles.
    Fascista Autoritário Anti-Democrático
    não tem que ter liberdade de expressão
    ou de manifestação, tem que ser preso.

    Zé Maria

    04 de setembro de 2021 às 23h05

    PROCURADORIA DE JUSTIÇA MILITAR EM BRASÍLIA-DF, por meio da PROMOTORIA DE JUSTIÇA MILITAR enviou, nesta quinta-feira (2/9), ao secretário de Segurança Pública do Governo do Distrito Federal (GDF), Júlio Danilo, e ao Comandante-Geral da POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL (PMDF), coronel Márcio Vasconcelos, uma recomendação para que seja proibida a participação de policiais militares da ativa, que não estejam em serviço, nas manifestações previstas para o feriado da Independência do Brasil de 7 de Setembro.

    A Corte Militar constituída por TRÊS PROMOTORES solicitou que TODO O EFETIVO OPERACIONAL da POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL (PMDF) fique de prontidão e que seja suspensa a concessão de qualquer tipo de dispensa ENTRE 6 e 8 DE SETEMBRO.

    Além disso, o efetivo deverá ser colocado em condições de pronto emprego para o policiamento e segurança das manifestações públicas na zona central de Brasília em 7 de Setembro e para a manutenção da paz e da ordem nas demais áreas do DF. [SIC]

    https://www.correiobraziliense.com.br/cidades-df/2021/09/4947358-mp-recomenda-proibicao-de-policiais-militares-em-manifestacao-de-7-de-setembro.html

Zé Maria

04 de setembro de 2021 às 21h49

.
Uma Besta da RBS/Globo, que em Política não passa
do senso comum neoliberal tucano, escreveu nesta
semana que ‘Bolsonaro não é o problema do Brasil’,
que ‘o real problema do país se chama polarização’ [SIC].

O Deputado Luiz Fernando Mainardi (PT=RS)
rebateu o [email protected] de ZH, do seguinte modo:

“A visão de que a polarização é a base dos nossos males
é uma velha narrativa da chamada terceira via.
Igualar os polos, nesta conjuntura, significa
dar legitimidade ao fascismo, que, como sabemos,
é a negação da democracia.
Bolsonaro é o principal problema do Brasil sim.
Não é preciso entender de política para perceber.
Bolsonaro não polariza, ele ameaça.
Bolsonaro não dialoga, ele quer impor a sua visão.
Bolsonaro é um neofascista. Impedir o
desenvolvimento do fascismo no Brasil
é a principal tarefa de qualquer democrata.
A polaridade atual é essa: democracia X autoritarismo.
De que lado tu estás?”.
.
.

Responder

Zé Maria

04 de setembro de 2021 às 20h54

“A Demência Golpista de Bolsonaro”

“Já chamei Bolsonaro de muita coisa:
genocida, ecocida, sabotador-geral da República,
agente de infecção, parceiro do vírus, arruaceiro.
De fato, ele é tudo isso. Mas o qualificativo
que melhor o define é terrorista.”

“Com sua base de apoio derretendo,
melhor faria a oposição se o deixasse
latindo sozinho neste feriado.”

Jornalista Cristina Serra

Íntegra:
https://pbs.twimg.com/media/E-aLuO8WUAAoDqQ?format=jpg

Responder

Zé Maria

04 de setembro de 2021 às 20h24

https://twitter.com/i/status/1434187218877403137

R$ 7,00, o Litro, de Setembro.
Se apropriaram até da Bomba de Gasolina.

https://pbs.twimg.com/media/E-dthNrXMAsD2CS?format=jpg

Responder

Zé Maria

04 de setembro de 2021 às 18h59

Esses Bandidos Fascistas ainda têm a Ousadia e o Desplante
de se confundirem com a Pátria Brasileira. Mas serão Varridos.

Responder

Deixe uma resposta para Henrique Martins

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding