VIOMUNDO

Diário da Resistência


Grito dos Excluídos reúne 4 mil em SP contra extermínio de jovens
Política

Grito dos Excluídos reúne 4 mil em SP contra extermínio de jovens


07/09/2013 - 20h17

A concentração foi na Praça Oswaldo Cruz . A passeata passou pela  Avenida Paulista, desceu a Avenida Brigadeiro Luís Antônio,  terminando no Ibirapuera. Fotos:  Laerte Moreira. No seu Flicker, há muito mais.

por Beatriz Pasqualino

repórter da Radioagência Nacional 

São Paulo – Uma das pautas do Grito dos Excluídos no protesto de hoje (7) é a violência na periferia. Para os representantes do grupo, o que ocorre atualmente pode ser classificado como “extermínio” da juventude brasileira, principalmente dos negros. No Parque Ibirapuera, onde cerca de 4 mil manifestantes realizam um ato, está sendo distribuído um panfleto condenando esse tipo de ação.

“Há um tema gravíssimo que temos que resolver já: a violência policial contra os jovens. Hoje temos um instrumento que encobre essa violência, que é o chamado auto de resistência. É por meio dele que o policial mata o jovem e depois diz que foi porque teve resistência. Nós estamos tentando aprovar no Congresso Nacional uma lei que investigue quando há auto de resistência”, disse o deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP).

Com relação ao Programa Mais Médicos, os manifestantes avaliam que os profissionais que chegaram no Brasil nos últimos dias são muito bem-vindos, porque vão garantir acesso à saúde e aos cuidados básicos para a população mais carente.

“Infelizmente, mesmo pagando, os médicos brasileiros se recusam a ir para a periferia. O programa nacionalizou o debate do acesso à saúde e estabeleceu uma agenda com a solidariedade de diversos países, especialmente com Cuba. A gente condena e repudia o preconceito com que os médicos cubanos foram tratados por um conjunto de profissionais liderados por setores dos conselhos regionais de medicina. Esses médicos estrangeiros serão muito bem-vindos”, avalia Benedito Roberto Barbosa, diretor da Central de Movimentos Populares.

Edição: Andréa Quintiere

Leia também:

Guilherme de Alcantara: Resposta a O Globo sobre greve no Rio

Fernando Brito: A Globo se defende em Nuremberg

Tariq Ali: A revolta dos vassalos do Reino Unido

Fátima Oliveira:”Vou chamar a polícia para deixar de ser safado”

CA da USP: Declaração de Maristela Basso sobre a Bolívia é degradante

Weissheimer: A caixa preta da relação da mídia com a ditadura





15 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Gerson Carneiro

08 de setembro de 2013 às 13h18

E ninguém estava com máscara.

Responder

    Liz Almeida

    08 de setembro de 2013 às 18h07

    Bem observado, Gerson!

    As máscaras só servem pra causar tumulto, violência, e ajudar marginais a se infiltrarem. É a minha opinião.

Biru-biru

08 de setembro de 2013 às 09h33

Muito bem organizada a passeata. Parabéns!

Responder

Marcilio Serrano

08 de setembro de 2013 às 07h58

Marat,

Não é só do PIG não… é de certos comentaristas do BLOG também que simplesmente somem, como por exemplo o Rodrigo Leme e o Lulipe. Depois ainda insistem que os seus comentários tem conteúdo.

Responder

    renato

    08 de setembro de 2013 às 11h21

    Marcílio, sem eles não tem graça.
    Sem eles é como haver uma manifestação sem quebra quebra,
    Não dá Ibope.
    Fica monótono.
    Vamos fazer uma passeata, ” VOLTA LULIPE”.

    Marcilio Serrano

    08 de setembro de 2013 às 14h24

    Renato,

    Desculpas mas discordo.

    Quero interposição de idéias, pode ser até de Direita mas a argumentação tem que ter conteúdo se não cai no vazio.

    Tem conservadores que respeito como por exemplo o Claudio Lembo e o Delfim Neto.

    No mais já basta o PIG.

    Mesmo assim obrigado pela resposta, bom domingo a todos por este país continente, meu, seu …nosso BRASIL. Viva a Presidenta Dilma e mais um mandato.

Mailson

08 de setembro de 2013 às 07h57

MARAT, não se espante porque o objetivo é exatamente este: provocar a intervenção militar no país sob o argumento de que a Dilma é incompetente para coibir a depredação do patrimônio privado e público pelos black blocs da vida. Enquanto isso não acontece, o PIG tenta, e está até certo ponto conseguindo, desgastar a imagem da Dilma aqui dentro entre os membros da classe média que se orientam pelas novelas da Globo, e também no exterior.

E saiba que os tucanos larápios de São Paulo envolvidos no escândalo do propinoduto da Siemens são blindados pela mídia tupiniquim de norte a sul do país, e não apenas pela mídia paulista. Se eu fosse me informar sobre o assunto (sobre a corrupção nos Governos do PSDB dos senhores Mario Covas, José Serra e Geraldo Alckmin) nos jornais que circulam em minha cidade, que fica muito distante de São Paulo, eu jamais saberia de nada. A blindagem é, portanto, nacional, porque se a candidatura de Serra decolar para Presidente da República, ela será uma candidatura nacional. Por isso que durante as manifestações, as câmeras só mostram os cartazes que agridem os políticos (de uma maneira indiscriminada) e a Dilma.

E a polícia torna-se violenta apenas quando bate nos black bostas, já que os assassinatos dos jovens da periferia de São Paulo não tem a menor importância para este povo (Alckmin, Serra, etc), ou melhor, os assassinatos nas periferias das grandes cidades são até necessários porque são eles que alimentam o programa do Datena (Rede Bandeirantes) e outros programas de violência de menor audiência no país inteiro.

A mídia brasileira é cúmplice da barbárie que alimenta seus programas e seus sonhos. O principal sonho é o da voltar ao poder pelas mãos dos candidatos mais corruptos e fascistas que esse país tem em bom estoque, desde que eles lhes propiciem (aos donos dos meios de comunicação) mais ganhos de poder e grana. Isto é o que nós podemos chamar de um quadrilha super organizada, mas infelizmente o Barbosa continua cochilando.

Responder

    Marat

    08 de setembro de 2013 às 18h11

    Falou tudo, Mailson…
    Não nos esqueçamos também da cumplicidade do judiciário, especialmente o STF com o pessoal da Casa-grande!

katiusca

08 de setembro de 2013 às 00h21

O QUE ASSISTIR VIA NINJAS HOJE, 7 DE SETEMBRO , PAÍS A FORA , FOI O VANDALISMO SELVAGEM DA POLICIA CONTRA JOVENS,USO DE ARMAS DE CHOQUE,TASER,ATÉ CAPSULA DE BALA LETAL FORAM MOSTRADAS , QUE NÃO APARECE NA MíDIA OFICIAL.GENTE FERIDA NO OLHO, DEDOS QUEBRADOS POR BALA DE BORRACHA, SANGUE NA AVENIDA… SEM FALAR NA AGRESSÃO GRATUITA COM GÁS DE PIMENTA NA PINHEIRO MACHADO , PARA QUE NÃO CHEGASSEM AO PALACIO LARANJEIRAS ,RIO DE JANEIRO, IMPEDIMENTO ILEGAL ,FERINDO O DIREITO DE IR E VIR DOS MANIFESTANTES . É PRECISO URGENTEMENTE UM POSICIONAMENTO DO ESTADO EM RELAÇAO A ESTA VIOLENCIA CONTRA O POVO QUE TOMA UMA MAIOR VISIBILIDADE , PORQUE CHEGOU AO ASFALTO DAS GRANDES CIDADES . HÁ URGENCIA NISTO POIS HÁ UM ÓDIO VISIVEL QUE SE ALIMENTA , DESTE PROCESSO DE VIOLENCIA QUE NÃO DÁ MAIS PARA SUPORTAR. QUEREMOS UMA POLICIA RESPEITOSA, CIDADÃ …

Responder

    renato

    08 de setembro de 2013 às 11h30

    Manifestação sem gás lacrimogênio, spray pimenta, bordoada, agora jato de água, cacete, convenhamos, não tem graça nenhuma. Daí nem vou.
    Só não vale quebrar as coisas dos outros.
    AGORA A VERDADE, é muito dinheiro que o estado paga quando as coisa não saem de acordo. É muito policial na ruas que depois faz falta no patrulhamento.´
    Aumentar um contingente só para atender a manifestações, equivalem a morte de um jovem numa noite quando assaltado e etc.
    Depois não adianta sair com faixas. Há que ser coerente, dar uma segurada nos egos…Organizar-se para evitar gastos do Estado.

    edir

    08 de setembro de 2013 às 14h40

    Voces querem o direito de ir e vir quebrando tudo que aparecem na frente ? O estado do RJ tem aproximadamente 16 milhöes de habitantes, a cidade maravilhosa tem 6 milhöes e 11 milhöes a regiäo metropolitana do Rio. Voces tem aparecido ultimamente nos quebra quebra com menos de 1 mil pseudos “manifestantes”, atrablhando o trânsito, tirando o direito do trabalhador de ir e vir, e vem reclamar da violencia da policia ? Voces säo mesmo fiéis ao Bolsonaro, custe o que custar. Extremistas, radicais,nazistas, fascistas menoria e querem ainda ter o direito de manifestar e querem ainda o aplauso do povo ?

Leo

07 de setembro de 2013 às 21h20

Recife
Publicado em 07/09/2013

O protesto que estava ocorrendo de forma pacífica na Praça do Derby foi reprimido por policiais fazendo uso de balas de borracha, cassetetes, bombas de gás lacrimogêneo e spray de pimenta contra manifestantes.
Videorreportagem: Bernardo Dantas/DP/D.A Press; Edição de imagens: Roberta Cardoso

http://www.youtube.com/watch?v=HxGdUYpG8jE

Responder

Marat

07 de setembro de 2013 às 21h00

Azenha, sou um leitor assíduo e um entusiasta de seu Blogue… Não veremos uma matéria sequer no PIG, quando a manifestação não for contra o governo federal… Me espanta e assusta o silêncio da imprensa burguesa quando há manifestações contra o Governo de SP!

Responder

Deixe uma resposta para Marat

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding