VIOMUNDO

Diário da Resistência


Depois de titubear, Globo abraça Marielle. Por quê? Amadeu, Fernando Morais e Leandro Fortes explicam
Reprodução You Tube
Falatório Política

Depois de titubear, Globo abraça Marielle. Por quê? Amadeu, Fernando Morais e Leandro Fortes explicam


16/03/2018 - 13h34

A infame disputa de narrativas

por Sergio Amadeu, no Facebook

A Globo e a revista Veja começaram a disputar a narrativa sobre a execução da militante negra e vereadora do PSOL, Marielle Rocha.

As direções desses órgãos promovem a descontextualização dos fatos, desvirtuam a história e agridem a memória e a luta de Marielle.

Tentam retirar o conteúdo político, anti-racista, feminista, em defesa dos direitos humanos, querem anular sua militância de esquerda.

Ela era do PSOL.

Foi assessora do Freixo que anda com seguranças para evitar um ataque das forças paramilitares.

A Veja vai mais longe e destaca a frase de Temer na capa.

Temer falando de atentado à democracia (sic).

Já a Globo faz de tudo para mostrar que a execução foi para desmoralizar a ação militar no Rio.

Cinismo sem fim. Um insulto de quem é capaz de tudo.

por Fernando Morais, no Facebook

A cobertura destinada pelo Jornal Nacional ao assassinato da vereadora Marielle Franco é uma escancarada tentativa de compra de indulgências pela moribunda Rede Globo.

Agora é tarde.

A família Marinho e as Organizações Globo são inimigas do Brasil e dos brasileiros e assim serão tratadas.

2013 DE NOVO

por Leandro Fortes, no Facebook

A Globo e seus acólitos iniciaram um movimento explícito — e escandaloso — para capturar a morte de Marielle Franco, de forma a controlar a narrativa do fato, da mesma forma que fez, com total sucesso, com as chamadas “jornadas” de 2013.

A capa de O Globo com “Marielle presente” não é uma homenagem, é um escárnio.

O Grupo Globo jamais se preocupou com as bandeiras de Marielle, nem muito menos com os grupos sociais que ela defendeu até morrer.

Marielle nunca teve voz nem presença nessa mídia simbolizada pela Globo, muito pelo contrário: a Globo e seus mervais, kamels e jabores sempre estiveram do lado oposto do discurso e da vida de Marielle.

O que se pretende é capitalizar a comoção popular, com repercussões internacionais, de modo a controlar as reações políticas internas e evitar a construção de um argumento sólido contra a intervenção federal, no Rio, e, por extensão, o golpe.

A edição do Jornal Nacional (que não vejo, por determinação médica), festejada por muita gente boa nas redes, é a revelação em si desse movimento.

Ou alguém acredita mesmo que o JN está em lágrimas por conta de uma militante negra, favelada e socialista, em plena ditadura fardada nas comunidades cariocas?

O povo não é bobo.

E a Globo, menos ainda.

PS do Viomundo: Além de tudo, a Globo trata de rachar a esquerda. Ela quer prender Lula de qualquer maneira, como objetivo central do golpe que ajudou a promover: impedir que alguém de esquerda ganhe as eleições em 2018, com uma proposta que coloque em xeque a receita neoliberal. Mas, ao se mostrar simpática — agora — a Marielle, ainda que como ícone despolitizado, ela tenta ganhar créditos na esquerda não petista para prender Lula. Diferentemente do bordão, a Globo acha mesmo que o povo é bobo.

Leia também:

Professores vão às ruas para deter reforma da Previdência de Doria

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



30 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Francisco de Assis

17 de março de 2018 às 12h46

O povo brasileiro tem o maior orgulho de ter na sua tv a maior e melhor emissora de televisão do mundo. Por isso são mas de 1 milhão de uns por dia que assiste a tv Globo por isso os outros ficam com tanto ciúme e raiva que só querem meter o pau na Globo tem mas que respeitar e tirar o chapéu pra Globo porque quem tem Globo tem tudo. As outras e sites besta é que chupe e aprenda a fazer tv como a tv dos brasileiros a tv Globo e ponto final.

Responder

    leonardo-pe

    17 de março de 2018 às 23h15

    e eu é tenho VERGONHA DO SEU COMENTARIO! passou Recibo. só falta mamadeira e chupeta pro infantil. esse gosta de ser humilhado por essa PODRE IMPRENSA!

    Policarpo

    18 de março de 2018 às 09h14

    A BBC que se cuide!!!!

Misael

17 de março de 2018 às 09h09

Eu fico perplexo o pessoal mete o pau na rede globo e porque continua assistindo tal emissora? Depois vem e desce o pau no referido canal de televisão, você está dando audiência pra eles sem perceber, pare de falar da rede globo e mude de canal e vá assistir jornal em outra emissora porque quando você reclama do jornalismo da rede globo é porque você assistiu e deu audiência pra eles.Existem outros meios de comunicação fica dica.

Responder

    Marcos duarte

    17 de março de 2018 às 12h00

    Vc falou tudo. Parabéns por não fazer parte desses cegos da globosta!

mllll

17 de março de 2018 às 08h16

Mais um assunto sobre essa porra de morte, que é o FDP que fica dando audiência???? Depois que acontece alguma coisa e a criminalidade do país, morreu, morreu camarada, já era, bando de fdp

Responder

Laercio gomes de barros

17 de março de 2018 às 07h30

Choraaa petistas…..a globo é sinsera..aceita q doi menos!!!!

Responder

    leonardo-pe

    17 de março de 2018 às 23h13

    sua cara de pau misturada com cinismo assusta. que pessoa PODRE.

FRANCISCO IZOEME LEITAO

17 de março de 2018 às 06h29

Todos aqui são fãs da globo, se criticam é porquê conhecem bem ela, se fosse uma emissora qualquer jamais alguém falaria.

Responder

Roberto

17 de março de 2018 às 06h01

Será que esta moça era tão inocente assim?

Responder

EDVAN CORREIA

17 de março de 2018 às 02h06

A GLOBO Está Dando Muito Destaque Para O Caso Do Assassinato Da Marielle Franco, O Que É Bastante Curioso. É Possível Que Esse Destaque Todo Da GLOBO Seja Pra Dar Visibilidade Maior Ao PSOL Contra O Lula Ou O Candidato Que Lula Indicar. O PSOL Oportunista Está Aproveitando Ao Máximo Essa Cobertura Para Aparecer. Mas, A Esquerda Não Pode Fazer O Jogo Da GLOBO E Ficar Contra O PSOL Sob Risco De Se Desunir E Cair Numa Manobra Que Vai Prejudicar Tanto O PT Como O PSOL. Temos Que Demonstrar Para O PSOL Que A “Simpatia” Da GLOBO Tem Apenas Este Objetivo: Nos Dividir E Favorecer O Partido Maçônico Da GLOBO Que É O PSDB.

Responder

Fabiano Barreto

16 de março de 2018 às 21h02

Assisti toda a edição do Jornal Nacional de ontem e acho que as intenções da emissora vão um tanto além do que foi especulado aqui. Segue uma breve reflexão que compartilhei numa mídia multitudinal …

‘Com Lula praticamente fora da corrida presidencial, a morte da vereadora serve indiretamente para prejudicar a plataforma eleitoral de Jair Bolsonaro ao dramatizar o tema dos direitos humanos perante o eleitorado.

Muito provavelmente, ao contrário dos casos denunciados por Marielle, o crime será esclarecido. Na pior das hipóteses, algum bode expiatório será apontado para aplacar a descrença da população nas instituições. Ainda que policiais ou milicianos sejam eventualmente acusados e condenados, a dinâmica que rege a violência estrutural brasileira não sofrerá qualquer alteração.

Bolsonaro será mantido sob ataque, dando espaço à política pastoral dos neoliberais ávidos, porém, com poucas chances de chegarem à presidência. Assim é o desejo dos 4 poderes.

Não há o menor sinal de civilidade ou humanidade no sensacionalismo global. A realidade é que os golpistas estão tentando colocar o sangue de uma mulher negra a serviço de seus interesses políticos’.

Responder

    valdir favato

    15 de março de 2019 às 08h15

    A globo é tão esquerdista quanto todos os partidos de direita, so tem uma pauta
    descontruir e impedir a governabilidade do governo Bolsonaro , Marielle é só mais uma possibilidade deles continuarem a fazer uma critica de forma indireta mas constante ao atual governo, motivo principal – os cofres publicos estão secando para a grande mídia, principalmente para as Organizações Globo. Não se iludam eles estão atras de dinheiro e no momento falar a lingua da extrema-esquerda é a melhor opção para a Globo, na epoca de FHC eles eram radicalmente contra o PT

Marcia Flesher

16 de março de 2018 às 20h44

Será que o povo sabe da descoberta do controle remoto?

Responder

Caracol

16 de março de 2018 às 18h18

Filhos da puta!
Filhos da puta!
Filhos da puta!

Responder

Luiz

16 de março de 2018 às 17h09

Ou a sociedade se une em prol da destruição completa desse grupo criminoso que se intitula “Rede Globo”, ou essa organização criminosa vai destruir o Brasil e os Brasileiros. Não questão de se, mas de quando. Essa organização criminosa já perdeu os limites. Ou vamos para o enfrentamento direto com essa organização criminosa, ou seremos tragados pelo ódio e destruição. GLOBO NUNCA MAIS.

Responder

    leonardo-pe

    17 de março de 2018 às 23h12

    JÁ DESTRUIU!essa infelizmente é a verdade!

Carlos Augusto Fiuzza

16 de março de 2018 às 15h15 Responder

Carlos Augusto Fiuzza

16 de março de 2018 às 15h08

Obsessão por um tal de genocídio negro: Apesar de sabermos que a esmagadora maioria dos assassinatos contra negros são cometidos pelos próprios civis negros e não por agentes de segurança do Estado ou por pessoas brancas, o Movimento Negro do Brasil insiste em dizer que existe um tal de genocídio negro. Segundo o IBGE, 40 mil negros e pardos morrem por ano por conta de homicídios, o que dá por volta de 0,04% da população negra e parda. Isso significa que se nenhum outro negro nascesse, demorariam 2500 anos para a etnia ser extinta no Brasil. Logo, podemos ver que esse é o genocídio mais lento da história, ainda mais se compararmos com o de judeus europeus, que tiveram 60% de sua gente morta em apenas 5 anos.
Além disso, estudos mostram que dos 60 mil casos de homicídio no Brasil em 2017, só 3 mil foram cometidos por policiais com ou sem farda, ou seja, apenas 5% dos homicídios foram cometidos por agentes do Estado. Os outros 95% dos assassinatos no Brasil foram cometidos por civis contra civis. Isso significa que o tal genocídio negro é basicamente preto matando preto em briga de rua ou acerto de contas

Responder

    Carlam Vigouroux

    16 de março de 2018 às 20h28

    E se levarem em consideração os negros e negras que morrem a cada dia por falta de atendimento médico adequado, falta de informação e de formação, de fome, de banzo, de condições de más de higiene e sanitárias, etc.?

    Carlam Vigouroux

    16 de março de 2018 às 20h31

    E se levarem em consideração os negros e negras que morrem a cada dia por falta de atendimento médico adequado, falta de informação e de formação, de fome, de banzo, de más condições de higiene e sanitárias, etc.?

Carlos Augusto Fiuzza

16 de março de 2018 às 15h03

Negra… mulher… negra… mulher… negra… mulher..
“Agora apresentando [alguma acadêmica de esquerda], ela é negra e mulher!!”
Eu sei!
Eu consigo enxergar, saco!
Pra que ficar sublinhando a quantidade de melanina na pele e o órgão genital que a pessoa carrega como se fosse algum tipo de cartão de virtuosidade.

O fato de ser preta e mulher teve nada a ver com a morte. O motorista era branco e homem.

Responder

    Raphael

    17 de março de 2018 às 13h44

    Você é burro assim mesmo ou está fingindo? O alvo era a Marielle, o motorista morreu como efeito colateral, por ter sido atingido pelos tiros que eram pra ela.

Edilson

16 de março de 2018 às 15h03

A globo atira para depois perguntar quem é
Finge se a favor dos trabalhadores
Ela faz parte do capital financeiro quer matar as pessoas de fome como está fazendo no país, depois manda um programinha para o Luciano Huck, reformar uma casinha , e comover as pessoas que assistem

Responder

    Dudu Trevisan

    16 de março de 2018 às 23h36

    E fácil agora toda desgraça agora tem um nome Rede Globo, tudo que acontece no Brasil e culpa da Rede Globo, a corrupção e culpa da Rede Globo, o PT e culpa da Rede Globo, o Lulinha nove dedos e culpa Rede Globo.
    E por isso que este país não vai para frente porque não resolve os problemas e mais fácil colocar a culpa nos outros.
    JA disse um cara nos anos 70 o povo brasileiro não sabe votar e a prova está aí para quem dúvida.

Nelson

16 de março de 2018 às 15h01

Um pequeno erro, Azenha, no PS: “[…] impedir que alguém de esquerda ganhe as eleições em 2016”.

São as eleições de 2018 que a direita não quer perder.

De resto, o que temos é a Globo agindo como Globo, a Veja agindo como Veja, a mídia em geral agindo como mídia hegemônica. Sem surpresas.

Responder

    Conceição Lemes

    16 de março de 2018 às 17h24

    Obrigadíssima, Nelson. Já corrigimos. abs

Lukas

16 de março de 2018 às 14h51

E o samba de uma nota só continua: Globo, Globo, Globo, Globo!!!!

Vocês não veem nada a não ser a Globo.

Globo, Globo, Globo…

Buuuuuuu! rs

Responder

    JULIO CEZAR DE OLIVEIRA

    17 de março de 2018 às 09h49

    lukinha agora que você desabafou,pode voltar pra frente da televisão,assistir o louro jose e esperar novas instrucões da globo.

    Lukas

    17 de março de 2018 às 23h03

    Juju, você sabe que os blogs de esquerda fazem ordem unida, não é. Assim, volte para ela senão a Globo vai puxar seu pé de noite.

    Buuuuu!!!


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.