VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Datafolha: Dilma abre 13 pontos e tem 45% dos votos válidos
Política

Datafolha: Dilma abre 13 pontos e tem 45% dos votos válidos


26/09/2014 - 19h22

Captura de Tela 2014-09-26 às 19.19.33

Captura de Tela 2014-09-26 às 19.20.04

Da Folha

Captura de Tela 2014-09-27 às 00.03.41

PS do Viomundo: Os erros na identificação dos partidos (Aécio do PT e Marina do PSD) foram cometidos pela Folha.

Leia também:

Em entrevista a blogueiros, Dilma promete segundo mandato “mais combativo” e regulação econômica da mídia

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



25 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Cecília

30 de setembro de 2014 às 08h34

Esse povinho brasileiro tem que se lascar mesmo…já estou imaginando a nova Venezuela…o estilo PT de governar arruinou a economia da Argentina e da Venezuela..só falta o Brasil..show..quem viver verá..

Responder

    rioberto ravena

    03 de outubro de 2014 às 02h16

    Cecília Tristoncha,

    Pede a volta de FHC! Ou você quer a Marina de Washington?

Marat

27 de setembro de 2014 às 23h02

Tem que acabar logo essa porcaria, e a Dilma matar essa infeliz fanática religiosa e vendida pro moneyteísmo no primeiro turno… Chega de boçais, empregadinhos de Washington!!! Precisamos nós mesmos resolvermos nossos problemas, nossas misérias e nossos erros. Yankees, go home!!!!!!!

Responder

Maria Maria

27 de setembro de 2014 às 20h18

É natural que a Dilma cresça, porque além de ter metade do tempo de programa eleitoral, o Aécio, a Marina e os outros só falam no PT e na Dilma. O eleitor só escuta isso: PT e Dilma.

Responder

Elias

27 de setembro de 2014 às 15h42

Tudo bem. Sem salto alto. Sem “já ganhou”. Apenas um humilde e rouco : Dá-lhe Dilma!

Responder

FrancoAtirador

27 de setembro de 2014 às 12h45

.
.
Rio Grande do Sul

Latifundiária da RBS/Globo desaba

e Tarso (PT) decola para a reeleição.

Olívio Dutra (PT) ruma para o Senado.

Dilma Vana dá capote em MariNécaFaia.

(http://paranacomdilma.com/2014/09/26/tarso-pt-reage-e-empata-com-ana-amelia-no-rio-grande-do-sul-aponta-datafolha)

Margem de Erro
do DataFrias
no RS é de 3%

(http://imgur.com/ZYSnWSu)
i.imgur.com/ZYSnWSu.jpg
.
.

Responder

    FrancoAtirador

    27 de setembro de 2014 às 23h48

    .
    .
    Ana Amélia e seu Homem de Seis Milhões de Dólares

    Por Milton Ribeiro, no Sul21

    …pesquisa do Ibope realizada na semana passada … coloca Ana Amélia Lemos na primeira colocação para o Governo do Estado.

    A pesquisa indica uma polarização entre os nomes de do atual governador Tarso Genro e de Ana Amélia.

    O que vemos é que, em plena semana de descomemoração dos 50 anos do Golpe, a ex-esposa de um senador biônico da ARENA é alçada como a mais provável governante de nosso estado para o quadriênio de 2015-2018.
    É pra matar!

    O termo biônico
    No seriado Cyborg — O Homem de Seis Milhões de Dólares, o Coronel Steve Austin (vivido por Lee Majors) recebeu implantes eletrônicos que lhe salvaram a vida após grave acidente.
    O tais implantes custaram seis milhões de dólares.
    Então, dotado capacidades ultra-ampliadas, ele passou a trabalhar como agente especial do governo americano.
    Tornou-se melhor e mais forte do que todo mundo.
    Era o “homem biônico”, que podia tudo.

    Transposta para nosso mundo político dos anos 60 e 70, tal designação serviu para apontar quem ascendeu ao poder sem o desgaste de uma campanha eleitoral.
    Ou seja, que foi indicado pelo governo militar.
    Os biônicos são aqueles que foram investidos em cargos [que deveriam ser] normalmente obtidos por sufrágio.

    Como surgiu esta excrescência?
    Ora, quando a ditadura viu que o MDB, partido único de oposição, estava ficando grandinho demais, resolveu indicar pessoas que a apoiavam para cargos chave.
    Sem eleição.
    Foi a forma de se manterem no poder sem dissolver o Congresso novamente.

    Tais indicações garantiram a continuidade do regime e impediu que os objetivos traçados pelos militares fossem atrapalhados pelo povo.

    Um destes biônicos foi Octávio Omar Cardoso, falecido marido de Ana Amélia Lemos.
    Ele foi senador biônico pelo estado do Rio Grande do Sul entre os anos de 1983 e 1987.
    Era suplente de Tarso Dutra e assumiu após a morte do titular, quando, ex-arenista, já era do PDS.

    Dizer que ela não tem nada a ver com isso é quase análogo a dizer que o PP não tem nada a ver com a ARENA.

    Para que não sabe, a Arena tornou-se PDS, depois PPB e depois PP, o partido da senadora.

    Então Ana Amélia era casada com o senador que ninguém elegeu, escolhido a dedo pelos militares da ditadura.

    É claro que a senadora não forma gêmeos siameses com seu ex-marido — talvez ela esteja grudada apenas à RBS –, porém o amor ao mesmo partido e ao latifúndio, agora agronegócio, permanecem.

    Ana Amélia é hoje uma bonita senhora de 69 anos que enfrenta um governador que teve bom desempenho econômico, com um PIB que teve crescimento maior que o dobro do nacional, mas que é malvisto pelos professores e pelo Bloco de Luta, que sistematicamente apanha da Brigada Militar estadual.

    Tarso também perdeu oportunidades de ouro na área da Cultura, deixando a inauguração da Sala Sinfônica da Ospa para o próximo governo e a Biblioteca Pública em obras eternas.

    Desta forma, decepcionou setores habitualmente amigos das esquerdas.

    Será uma disputa complicada, mas votar num filhote da ditadura como Ana Amélia?
    Pelamor…

    (http://miltonribeiro.sul21.com.br/2014/04/09/ana-amelia-e-seu-homem-de-seis-milhoes-de-dolares)
    .
    .
    E se pensarmos que Lasier Martins poderá ser eleito para o senado,

    melhor mudar logo nossa sigla estadual de RS para RBS…

    (https://br.noticias.yahoo.com/blogs/eita/ao-cumprimentar-lasier-martins–jovem-finge-choque-no-rs-150001797.html)
    .
    .
    (http://cloacanews.blogspot.com.br)
    .
    .

Marat

27 de setembro de 2014 às 10h03

Marina mudou de ideia? Mudou de partido? Assim tão já?

Responder

Saint Clair

27 de setembro de 2014 às 09h47

O PLANO SECRETO DA DIREITA espoliadora no Brasil é entregar o BNDES/BB/CAIXA/PETROBRÁS ao ITAÚ. Aécio e Eduardo ficaram calados, não revelaram o covarde plano, veio Marina e deu com a lingua nos dentes, não era pra falar. Eh… tá tudo revelado! OTÁRIOS serão os eleitores se cairem nas conversas perversas da Globo, da Folha, do Estadão, da RBS, da JovemPanNews, da Veja, da IstoÉ e outras papagaias. Quando Marina despontou nas pesquisas o Pero Vaz de Caminha e o Cabral dela, o DATAfolha e a mídia mercenária gritaram, “terra à vista” vamos acabar com o PT/Dilma e levar o ouro e as florestas desses zémanés tupiniquins. Mas Deus é grande, PT e Dilma vencerão porque o povo já percebeu a maracutaia entreguista PSB/PSDB/ITAÚ e seus aliados da imprensa poderosa e covarde.

Responder

Notívago

27 de setembro de 2014 às 08h44

Band-News: a bagunça proposital na divulgação das pesquisas

O Band-News está anunciando o resultado de todas as pesquisas da semana, ao mesmo tempo.

Mas omite o resultado da última pesquisa Datafolha de ontem que mostra que a Dilma subiu 6% com relação a última pesquisa do mesmo instituto, e que agora 13% separa a Dilma da Marina. E quando aparece a pesquisa Datafolha é sobre São Paulo, mas não sobre a eleição presidencial. Com esta confusão proposital o eleitor não percebe que a Dilma vem crescendo nos últimos dias e que poderá ganhar a eleição ainda no PRIMEIRO turno.

O objetivo da bagunça proposital é, pois, exatamente este: esconder em um cipoal de números que a Dilma tem chance de ganhar a eleição ainda no PRIMEIRO turno.

Responder

    Da Silva

    28 de setembro de 2014 às 15h59

    Sobre a pesquisa acima, o JN (Jornal Nojento do PIG) só considerou a margem de erro de 2% quando há empate técnico (Dilma X Marineca) em eventual segundo turno. No entanto, omitiu que essa margem dá vitória a Dilma no 1º turno.

    Nessa reta final todos à rua de vermelho! É DILMA 13 NO 1º TURNO!

Notívago

27 de setembro de 2014 às 08h29

Viúva Porcina gravará programa para ajudar a Marina

E haja blá-blá-blá sobre o morto que estaria no céu torcendo pela Marina.

Acho que a mulher de Eduardo Campos prestaria um bom serviço ao Brasil se em vez de fazer propraganda eleitoral esclarecesse os brasileiros sobre o escândalo envolvendo o avião da família.

Ou o avião que matou o Campos não era da família? Se não era, de quem era?

Responder

Francisco

27 de setembro de 2014 às 04h17

Os demais candidatos que se acautelem: Marina deve estar pedindo ajuda da “providência divina”…

Responder

Marat

27 de setembro de 2014 às 00h01

Datafalha… até nas legendas!

Responder

Marat

27 de setembro de 2014 às 00h00

Será que foi a mesma equipe que fez material didático para o governo de SP, onde havia um mapa com dois Paraguais?

Responder

Marat

26 de setembro de 2014 às 23h59

Erros estranhos…

Responder

Aristides Bartolomeu Novaes

26 de setembro de 2014 às 21h23

A questão é tão importante que, em face da eleição vindoura, para presidente do Brasil, não podemos esmorecer na reta final, e evitar o já ganhou.
Vamos colocar os trabalhadores na rua, até a vitória!

Responder

FrancoAtirador

26 de setembro de 2014 às 20h38

.
.
DataFrias
25-26/9/2014

Espontânea

Dilma Vana Rousseff (PT) = 33% (+3)

MariNéca (ITAÚ) = 21% (-3)

Aério Naves (PSDB) = 14% (+2)

Outros = 2% (+1)

Brancos/Nulos = 5% (-1)

Indecisos = 25% (-1)
.
.
Tudo isso com a Margem de Erro

forçando a barra por um 2º Turno.
.
.
Aécio do Pt e Marina do Psd

é muito desespero do Otavinho.
.
.
Conceição/Azenha

Os gráficos do R7

estão muito bons:

(http://noticias.r7.com/eleicoes-2014/datafolha-dilma-amplia-vantagem-sobre-marina-no-primeiro-turno-26092014)
.
.
DILMA VANA NO 1º TURNO!
.
.

Responder

MAAR

26 de setembro de 2014 às 20h18

Visto que o uso da propaganda subliminar contida na profusão de pesquisas eleitorais divulgadas prossegue num crescendo, é importante reiterar os aspectos que demonstram a necessidade de avaliar com a devida ponderação os resultados veiculados.

O aspecto mais relevante de tal ponderação deriva do fato de que os resultados obtidos em qualquer pesquisa de opinião variam fortemente em função dos locais pesquisados.

Decorre que é preciso não perder de vista que uma pesquisa como esta de que trata o artigo em tela apresenta resultados colhidos em apenas 12 das 27 unidades federativas que compõem a República do Brasil. E, os dados exibidos acima mostram o quanto as preferências do eleitorado variam de um estado para outro.

Portanto, não é difícil entender que é muito fácil influenciar os resultados da média nacional através da simples seleção dos estados incluídos na pesquisa.

Este mesmo fenômeno, da grande variação das preferências do eleitorado de um estado para outro, ocorre também entre os diferentes municípios. E os institutos de pesquisa conhecem, com base em amplo histórico de pesquisas anteriores, a distribuição das preferências em cada estado e município.

Então, resulta evidente que a seleção intencional de estados e municípios pode influenciar os resultados de uma pesquisa, para induzir a aparente verificação de uma pseudo “tendência” do eleitorado.

Além disso, muito provavelmente os dados colhidos na maioria das pesquisas eleitorais refletem resultados relativos a parcelas da população que frequenta locais de mais fácil acesso, e áreas mais centrais de cada localidade. Isto implica no fato de que as pesquisas tendem a captar em menor escala a opinião de parcelas da população cuja presença é menos frequente nos locais mais acessíveis para os entrevistadores.

Por outro lado, é importante observar que, nas pesquisas divulgadas cotidianamente, há sempre mais estados mais bem localizados e com perfil mais desenvolvido, do que o contrário. E certamente o mesmo ocorre em relação aos municípios pesquisados, e também às áreas pesquisadas em cada município.

Portanto, as conclusões que deve ser extraídas das ponderações ora expendidas são óbvias. Visto que a preferência do eleitorado pela reeleição se mostra mais predominante em áreas menos desenvolvidas e menos acessíveis, a conclusão inescapável é no sentido de que os resultados das urnas deverão ser muito mais favoráveis à candidatura petista do que sugerem os resultados das pesquisas divulgadas com extenuante frequência. E isto resulta das metodologias de pesquisa utilizadas.

Para encerrar, cabe reiterar que não constitui nenhuma novidade o uso de pesquisas dirigidas para fins de propaganda eleitoral subliminar, donde a percepção de que o alarde midiático compõe um teatro de factóides.

Todavia, de tudo isso, o mais importante é estimular a militância dos defensores da reeleição, para prosseguirmos na promoção de uma campanha limpa, pautada pelo debate objetivo das questões mais relevantes, referentes ao significado e às implicações da trajetória histórica de cada um dos candidatos à presidência, e dos respectivos grupos políticos e econômicos que apoiam cada candidatura, bem como na evidenciação das realizações e propostas de governo. E vamos, assim, redobrar os esforços, mais e mais, para garantir a reeleição no primeiro turno.

Responder

Flavio de Oliveira Lima

26 de setembro de 2014 às 20h09

Se a falha ta falando isso, a diferença é maior.

Responder

Fabio Passos

26 de setembro de 2014 às 20h08

O PiG ainda tenta salvar marina.
O datafraude sempre mente e tenta favorecer a direita.
O pilantra do frias faz qualquer negócio para promover o retrocesso.

A liderança de Dilma deve ser ainda maior.

Vamos lutar para Dilma levar no primeiro turno!

Responder

    Mário SF Alves

    28 de setembro de 2014 às 12h24

    Eu, se fizesse parte do bloco histórico de poder hegemônico [existe isso?], politicamente fisiológico, pró interesses alienígenas publicamente inconfessáveis, daria por encerrada a questão, e rapidinho pedia o encerramento da conta e o passar da régua.

    Motivo?

    Quanto mais o tempo passa, quanto mais os candidatos do capitalismo-financeiro se expõem nesta campanha eleitoral, mais e mais tornam-se evidentes suas fraquezas, suas fragilidades políticas e os tais deploráveis compromissos publicamente inconfessáveis.

    Quanto mais o tempo passa, mais e mais os sacrossantos candidatos preferenciais da grande mídia comercial – ilegalmente partidária e portanto fora-da-lei, e que há quase uma década vem nos martelando com o cansativo, suspeitíssimo e racionalmente insustentável “tudo e todos contra o PT”- revelam-se santinhos do pau ôco.

Rosa L.

26 de setembro de 2014 às 19h35

Como a Folha e seu instituto de pesquisa mentem e manipulam informações sistematicamente, para favorecer as candidatuas adversárias, a vantagem da Dilma deve ser muito maior. Aposto que ela vai ser reeleita no primeiro turno, com não menos de 60% dos votos válidos.

Responder

    eduardo souto jorge

    26 de setembro de 2014 às 19h49

    Rosa, depois da morte do Eduardo, quando na segunda pesquisa a Marina estava com 50%e a Dilma 40% no segundo turno, fiz uma analogia com um corpo caindo do 20o andar de um edificio, analisando as pesquisas seguintes. Ou seja, quando o corpo chegou ao 10o andar, ainda nao estava morto , mas fatalmente iria chegar no terreo. E esta sendo assim com a Marina. As pesquisas foram dourando a pirula, aos poucos, como se estar em queda no 10o andar fosse algo bom.hahahah!!!


Deixe uma resposta para Notívago

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.